Lógica_silogística

92 visualizações

Publicada em

fil

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
92
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lógica_silogística

  1. 1. A Lógica Silogística
  2. 2. SILOGISMO CATEGÓRICO Um silogismo categórico é um raciocínio dedutivo. Na sua forma padronizada é constituído por três proposições: as duas primeiras denominam-se premissas e a terceira conclusão.
  3. 3. TIPOS DE PROPOSIÇÕES: 1. Universais afirmativas (tipo A): Todos os S são P. Forma Canónica: «Todos os homens são mortais”. 2. Universais negativas (tipo E): Nenhum S é P. Forma Canónica: «Nenhum homem é mortal». 3. Particulares afirmativas (tipo I): Alguns S são P. Forma Canónica: «Alguns homens são mortais». 4. Particulares negativas (tipo O): Alguns S não são P. Forma Canónica: «Alguns homens não são mortais».
  4. 4. Estrutura da proposição categórica: QUANTIFICADOR SUJEITO Cópula (verbo ser) PREDICADO Determina a extensão (particular ou universal) do sujeito. Aquilo acerca do qual se afirma ou nega algo. o element o de ligação entre o sujeito e o predicad o. A qualidade ou característica que se afirma pertencer ao sujeito.
  5. 5. DIAGRAMAS
  6. 6. Exercícios 1. Identifica o tipo das seguintes proposições, e coloca-as na respetiva forma canónica.
  7. 7. a) Os homens são mortais b) Tudo o que é homem é também mortal c) Qualquer homem é mortal d) Não há ser humano que seja imortal e) Não existem homens que sejam imortais f) Há homens que são mortais g) Pelo menos há um homem que é mortal h) Nem todos os homens são músicos i) Existem homens que não são músicos
  8. 8.  Os homens são mortais  Não há homem que não seja mortal  Tudo o que é homem é também mortal  Só os homens são mortais  Qualquer homem é mortal Formulações de Proposições TIPO A
  9. 9.  Não há ser humano que seja imortal  Não existem homens que sejam imortais  Há coisas que são imortais mas nenhum homem é uma delas  Tudo o que é humano não é imortal Formulações de Proposições TIPO E
  10. 10.  Existem homens mortais  Há homens que são mortais  Pelo menos há um homem que é mortal Formulações de Proposições TIPO I
  11. 11. Formulações de Proposições TIPO O  Há homens que não são músicos  Nem todos os homens são músicos  Existem homens que não são músicos
  12. 12. Um termo está distribuído se estiver considerado em toda a sua extensão, isto é, se algo é dito acerca de todos e de cada um dos elementos da sua classe. Distribuição dos Termos Tipo de proposição SUJEITO PREDICADO A  Distribuído Não Distribuído E  Distribuído  Distribuído I Não Distribuído Não Distribuído O Não Distribuído  Distribuído
  13. 13. Distribuição dos termos Regra da quantificação do sujeito Regra da quantificação do predicado O sujeito só está distribuído (universal) nas proposições universais. (TiposAe E) O predicado só está distribuído (universal)nas proposições negativas . (Tipos E e O)
  14. 14. Forma- Padrão de um silogismo categórico: 1. Todos os homens são mortais 2. Sócrates é homem 3. Logo, Sócrates é mortal COMPOSIÇÃO DO SILOGISMO CATEGÓRICO O silogismo categórico é constituído por proposições (premissas e conclusão) e termos. As proposições afirmam ou negam de forma absoluta.
  15. 15. Um entimema é um argumento que contém pelo menos uma premissa não formulada (subentendida), normalmente designada por premissa implícita. ENTIMEMA EXEMPLO: Isabel é escorpião porque nasceu a 30 de Outubro Premissa subentendida: Todos os que nasceram a 30 de Outubro são escorpiões.
  16. 16. CLASSIFICAÇÃO DO SILOGISMO: MODO E FIGURA 1)MODO: é determinado pelo tipo de proposições que o silogismo contém. Exemplo: Nenhum ignorante é filósofo - Tipo E Algumas mulheres são filósofas - Tipo I Algumas mulheres não são ignorantes - Tipo O O MODO DESTE SILOGISMO É E, I e O.
  17. 17. FORMA DO SILOGISMO 2) FIGURA: é determinada pelo posição do termo médio nas premissas do silogismo. 1ª figura 2ª figura 3ª figura 4ª figura Premissa Maior M - T T – M M - T T - M Premissa menor t - M t – M M - t M - t
  18. 18. TERMOS
  19. 19. PROPOSIÇÕES 1. Premissa Maior (termos maior e médio) 2. Premissa Menor (termos menor e médio) 3. Conclusão (termos menor e maior) Obsº O termo menor é o Sujeito da Conclusão e o Termo Maior é o Predicado da Conclusão 1. Todos os homens são mortais 2. Sócrates é homem 3. Logo, Sócrates é mortal
  20. 20. REGRAS PARA TERMOS
  21. 21. Nenhuma conclusão se segue de duas premissas negativas. REGRAS PARA PROPOSIÇÕES Se as duas premissas forem afirmativas, a conclusão não pode ser negativa. Nenhuma conclusão se segue de duas premissas particulares.
  22. 22. REGRAS PARA PROPOSIÇÕES
  23. 23. Falácia do termo não-distribuído: o termo médio é particular nas duas premissas; Falácias da ilícita menor ( o termo menor está distribuído na conclusão mas não nas premissas) e da ilícita maior (o termo maior está distribuído na conclusão mas não na premissa). Falácias do Silogismo Categórico

×