Conceitos de GC&I e Desafios na Gestão Pública

1.857 visualizações

Publicada em

Primeira etapa do Programa de Gestão do Conhecimento e Inovação. - Dezembro de 2009

Material de suporte preparado para capacitação dos Grupos Setoriais de Inovação na FIA

Publicada em: Educação, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

Conceitos de GC&I e Desafios na Gestão Pública

  1. 1. Primeira Etapa do Programa de Gestão do Conhecimento e Inovação Anexo V do Relatório Final – Dezembro de 2009 Material de suporte preparado para capacitação dos Grupos Setoriais de Inovação na FIA (Item 7.3.1)
  2. 2. Conceitos de GC&I e Desafios na Gestão Pública.
  3. 3. O que é Conhecimento?
  4. 4. Definições conceituais importantes EXPLÍCITA DADOS Elementos dispersos INTERPRETAÇÃO FONTE PARA PROFUNDIDADE DO SIGNIFICADO INFORMAÇÃO GRAU DE Dados organizados CONHECIMENTO Plataforma para ação TÁCITA © TerraForum
  5. 5. Definições conceituais importantes Estoque Fluxo Dados Experiência Elementos dispersos profundidade do Aprendizado Informação significado Dados organizados Grau de Criação Conhecimento Plataforma para ação Colaboração © TerraForum
  6. 6. Definições conceituais importantes O que é conhecimento?  Valores, Crenças  Fatos, Intuição, Sentimentos, Significados, Entendimentos Tácito  Avaliações, Expectativas, Insights  Know-how; know-why  Processos, Metodologias  Bancos de Dados, Sistemas de Informação Explícito  Lições Aprendidas, Melhores Práticas © TerraForum
  7. 7. O que é conhecimento? Tácito Explícito  Pessoal  Codificado  Depende do contexto  Mais fácil de comunicar e transferir  Dificuldade de imitar  Passível de transferir via  Transferência ocorre apenas por sistemas de informação meio da socialização “Não são estados distintos do mesmo conhecimento; são conhecimentos de natureza diferente.”José cláudio terra © TerraForum
  8. 8. Gestão do Conhecimento e Objetivos Estratégicos Recursos Equipamentos Objetivos Pessoas Estratégicos Conhecimentos e Competências © TerraForum
  9. 9. Como eu aprendo?
  10. 10. Como nós aprendemos?
  11. 11. conhecimento Como eu Como nós aprendo? aprendemos?
  12. 12. Trabalhador do Conhecimento: Quais habilidades ele precisa desenvolver ? © TerraForum
  13. 13. Habilidades para o trabalhador conhecimento do conhecimento  Habilidade de comunicação  Acesso efetivo à informação  Avaliação e validação da informação  Organização e proteção da informação  Atuação em Rede: Colaboração, Publicação e Disseminação da Informação © TerraForum
  14. 14. Acesso efetivo à informação conhecimento  Definição de foco e uso de conceitos associativos  Elaboração de questões pertinentes  Técnicas de busca e estratégias de busca  Uso de redes de colaboração virtual © TerraForum
  15. 15. Avaliação e validação conhecimento da informação  Capacidade de julgamento, interpretação e questionamento  Compreensão do uso de fontes e referências  Técnicas de teste e validação da informação  Uso de redes de colaboração e validação por pares © TerraForum
  16. 16. Organização e proteção conhecimento da informação  Receber, filtrar, classificar e armazenar informação  Manter atualizado lista de contatos e de “quem sabe o que”  Desenvolver métodos e rotinas para manter a informação valiosa protegida e facilmente recuperável © TerraForum
  17. 17. Atuação em Rede: Colaboração, conhecimento Publicação e Disseminação da Informação  Habilidades de escrita, comunicação oral e síntese  Publicar de forma apropriada para diferentes tipos de meios (impresso, digital, multimedia)  Decidir sobre alvos da comunicação e interação  Trabalhar de forma síncrona e assíncrona © TerraForum
  18. 18. Gestão do Conhecimento e Inovação: para saber como implementar é preciso entender suas origens... Modelos de Negócio Virtuais e Colaborativos Gestão Por Processos & Qualidade (TQM) Estímulo a Inovação Inteligência Artificial GC&I Internet • Busca Gestão do Capital • Portais Intelectual • Gestão de conteúdo • Redes Gestão da Aprendizagem sociais © TerraForum Informação Continuada
  19. 19. Definindo a Gestão do Conhecimento “Gestão do Conhecimento significa organizar as principais políticas, processos e ferramentais gerenciais e tecnológicas à luz de uma melhor compreensão dos processos de GERAÇÃO, IDENTIFICAÇÃO, VALIDAÇÃO, DISSEMINAÇÃO, COMPARTILHAMENTO, USO e PROTEÇÃO dos conhecimentos estratégicos para gerar resultados para a organização e sociedade E benefícios para os colaboradores internos e externos (stakeholders)” José Cláudio Terra © TerraForum
  20. 20. Gestão do Conhecimento como Processo Direcionamento Estratégico As iniciativas e processos que lidam com os conhecimentos organizacionais podem Governança gerar melhores resultados se contarem com uma abordagem sistêmica de Gestão do Conhecimento (GC): Codificar Criar /  Um direcionamento estratégico claro Inovar  Infraestrutura e ferramentas adequadas  Um processo estruturado e continuado Organizar para tratamento dos conhecimentos GC críticos da organização Reter Dessa forma, é possível gerar resultados para os servidores, para o governo e para a sociedade, obtendo o máximo valor a Compartilhar © TerraForum Consultores partir do conhecimento existente – ou Disseminar mesmo da criação de novos conhecimentos – na organização. Taxonomia (classificação) Infraestrutura, Ferramentas, Tecnologia
  21. 21. Maturidade da Gestão do Conhecimento e da inovãção © TerraForum
  22. 22. Compreendendo a hierarquia para a efetividade da GC Ferramentas Tecnológicas Métodos e práticas da GC Cultura Organizacional e Valores “Conceitos” sobre aprendizado organizacional, desenvolvimento de competências e inovação Visão de mundo: Papel do recurso “conhecimento” e dos ativos intangíveis para a competitividade © TerraForum
  23. 23. O que é GC no setor público?
  24. 24. Gestão do Conhecimento nos Governos dos países da OCDE Importantes Fatores que Motivam a Implementação de GC  Melhoria de eficiência do trabalho e produtividade  Aumento da transparência: agilidade no compartilhamento externo de informações  Aumento da horizontalidade e descentralização de autoridade  Promoção do conceito de “lifelong learning”  Melhoria dos relacionamentos e confiança dentro da organização e entre diferentes organizações  Tornar as organizações públicas mais atrativas para talentos Source: KM Practices in 140 government organizations )Ministires/Departments/Agencies of Central Government), OECD, GOV/PUMA (2003)1, 27th Session of the Public Management Committee, 3-4 April, 2003 © TerraForum
  25. 25. Gestão do Conhecimento nos Governos dos países da OCDE Efforts made at improving KM (increasing with higher score on the indicator) 22 Swe Group 1 20 Group 2 Fin 18 Kor Can Ice UK Nor Den Fra 16 Irl US Hun Slo Ger Group 3 Gre 14 Pol Bel 12 Por 10 8 10 12 14 16 18 20 Perception of level and quality of KM practices, organisational and cultural change (improving with higher score on the indicator) Source: KM Practices in 140 government organizations )Ministires/Departments/Agencies of Central Government), OECD, GOV/PUMA (2003)1, 27th Session of the Public Management Committee, 3-4 April, 2003 © TerraForum
  26. 26. Gestão do Conhecimento nos Governos dos países da OCDE Inexiste Equipe de Recursos 19% Humanos 16% Responsabilidade pela Equipe de Gestão da Informação e Tecnologia da do Conhecimento e Outros Informação 7% 7% Práticas de Equipe de Gestão Transferência de do conhecimento e inovação Conhecimento Alta 15% Gerência 36% © TerraForum Source: KM Practices in 140 government organizations )Ministires/Departments/Agencies of Central Government), OECD, GOV/PUMA (2003)1, 27th Session of the Public Management Committee, 3-4 April, 2003
  27. 27. O conceito de inovação evolui  Inovações tecnológicas em produtos e processos  v3 (2005)  Amplia escopo: inovações em marketing e organização  Amplia foco: inovação também  Em setores menos intensivos em P&D  No setor de serviços  No setor público
  28. 28. O que é Inovação?
  29. 29. Qual é a essência da inovação?
  30. 30. Inovação = Novidade?
  31. 31. Inovação = Criatividade?
  32. 32. Inovação = C&T?
  33. 33. Inovação tecnológica >> desenvolvimento econômico Resíduo de Solow 1957 >>1987
  34. 34. ...vale também ´abaixo do equador´
  35. 35. Expansão do escopo
  36. 36. Extraído do Manual de Oslo: 27. A inovação pode ocorrer em qualquer setor da economia, incluindo serviços governamentais como saúde e educação. 28. A inovação é também importante para o setor público. Porém, pouco se sabe sobre o processo de inovação em setores não orientados ao mercado.
  37. 37. O estereótipo do nosso setor público é...
  38. 38. ...mas em alguns temas o Brasil dá show mundial
  39. 39. ... reiterando a importância da adequação ao uso Projeto = design É onde você fica com um pé em dois mundos – o mundo da tecnologia e o mundo das pessoas (...) – e você tenta juntá-los (Mitchell Kapor)
  40. 40. Difusão das inovações Probabilidade de adoção  Vantagem em relação à situação atual  Simplicidade  Resultados observáveis  Compatível com práticas e valores vigentes  Pode ser experimentada  Conta com apoio para sua adoção E. Rogers
  41. 41. A inovação tem vários gêneros  Inovações incrementais, direcionadas pelo mercado, cumulativas  Inovações radicais, direcionadas pelo avanço científico  Inovações de ruptura (ou revolucionárias), que “mudam as regras do jogo”
  42. 42. Inovação incremental (no setor público)
  43. 43. 5 milhões de estudantes 5200 escolas 250 mil professore(a)s 50 mil técnicos (a)s
  44. 44. Inovação radical no setor público Plasma térmico para Plástico biodegradável tratamento de resíduos de cana de açúcar
  45. 45. Inovação revolucionária
  46. 46. Quem ganha com a inovação?
  47. 47. Inovar é pensar grande
  48. 48. Todos podem ganhar com a inovação Relatório UNESCO (2006): nanotecnologias podem ajudar expressivamente a alcançar cinco dos oito Objetivos do Milênio
  49. 49. Hábitats de inovação Sistema de Geração de Empreendimentos Inovadores - 2007
  50. 50. Temos em SP o maior ninho de empreendedorismo inovador da AL
  51. 51. Adespec
  52. 52. Novas fronteiras: Parque Tecnológico de São José dos Campos
  53. 53. A inovação pede passagem!
  54. 54. Desafios da Administração Pública
  55. 55. É possível o governo tomar a iniciativa de comunicar a cada cidadão individualmente os assuntos de seu interesse?
  56. 56. Não. Se o governo utilizar as formas tradicionais de comunicação
  57. 57. Portal Emprega São Paulo (https://www.empregasaopaulo.sp.gov.br/ ) Objetivos & Serviços O Portal Emprega São Paulo oferece ferramentas para convocação de vagas de emprego. Atualmente há 14.829 vagas cadastradas no Emprega São Paulo. Desde o início do projeto, em julho do ano passado, 26.665 já foram recolocados por meio da ferramenta, que tem capacidade de armazenar 4,5 milhões de currículos. Público-alvo Cidadãos do estado de São Paulo Ferramentas A ferramenta oferecida pelo Programa Emprega São Paulo convoca candidatos a vagas de emprego por e-mail ou via mensagem de celular (SMS). Desde 1º de março deste ano, foram enviadas mais de 100 mil mensagens.
  58. 58. É possível identificar todos os desperdícios na Administração Pública?
  59. 59. Não. Se continuarmos gerindo recursos de forma centralizada e usando somente a estrutura governamental.
  60. 60. Cut Waste (http://app.mof.gov.sg/cutwaste) Objetivos & Serviços aos Cidadãos O Cut Waste é um sistema oferecido pelo governo singapuriano que tem como objetivo descobrir frentes que, segundo a população, geram grandes gastos aos cofres públicos, em detrimento de outras. Público-alvo Cidadãos e residentes de Singapura Ferramentas Oferece um formulário de preenchimento para que o cidadão possa sugerir alguma ação para que o governo consiga reduzir seus custos. Disponibiliza informações sobre as ideias e sugestões que foram enviadas ou implementadas pelo poder público.
  61. 61. É possível o governo monitorar as condições de cada um dos espaços públicos em tempo real?
  62. 62. Não. Se depender somente da sua estrutura de fiscalização.
  63. 63. FixMyStreet (http://www.fixmystreet.com/ ) Objetivos & Serviços O FixMyStreet permite que os cidadãos reportem problemas em suas ruas, como buracos, pichação ou falta de iluminação, por intermédio de um mashup que agrupa a funcionalidade de um mapa com comentários. Público-alvo Cidadãos do Reino Unido Ferramentas O FixMyStreet, possui um espaço dedicado a comentários que são regulados pelos próprios usuários, que podem denunciar conteúdos ofensivos e reportar se o problema foi solucionado. O site também oferece a possibilidade de assinar RSS dos problemas de interesse do usuário. Em média são reportadas cerca de 400 queixas por semana e 600 problemas são solucionados por mês. Já foram realizados oito mil consertos, o que demonstra a eficácia dessa ferramenta para orientar as ações da administração local.
  64. 64. É possível o governo avaliar seus serviços a partir da experiência pessoal de seus usuários?
  65. 65. Não. Se utilizar os instrumentos tradicionais de avaliação.
  66. 66. Patient Opinion (http://www.patientopinion.org.uk ) Objetivos & Serviços o Patient Opinion é um canal em que os cidadãos podem compartilhar histórias e opiniões a respeito de fatos relacionados a serviços, tratamentos e quaisquer outras questões de saúde, ocorridos nos mais diversos estabelecimentos pelo país. Público-alvo Cidadãos do Reino Unido Ferramentas O portal conta também com um blog que é utilizado pela equipe do site para notificar o público sobre as ações que estão se realizando com relação ao serviço. Nele, os cidadãos podem comentar e expressar suas posições, opinando para o melhor direcionamento do serviço.
  67. 67. É possível compartilhar de forma rápida e eficaz experiências de várias esferas de governo?
  68. 68. Não. Se utilizarmos o modelo tradicional, em que as organizações não se comunicam.
  69. 69. Qvida-GOV (http://www.qvidagov.net/ ) Objetivos & Serviços O blog Qvida.Gov é uma rede que busca estimular a interação de profissionais que atuam no setor público e que estejam envolvidos com as questões de Qualidade de Vida no Trabalho. Público-alvo Servidores Públicos do estado de São Paulo Ferramentas Oferece um blog classificado em eixos temáticos com ações de qualidade de vida no setor público. Neste blog estão disponíveis ferramentas como RSS e agenda, base de dados (Google Docs).
  70. 70. É possível ter um ambiente colaborativo, integrado e de aprendizado coletivo em uma grande organização com hierarquia rígida e atuação descentralizada?
  71. 71. Não. Se os métodos e ferramentas utilizadas forem tradicionais.
  72. 72. NosGov-PM (http://nosgov-pm.ning.com ) Objetivos & Serviços O nosGov-PM é uma rede social criada pelos próprios membros da Polícia Militar com o objetivo colaborar com temas pertinentes à organização e discutir problemas comuns ao grupo da polícia militar. Público-alvo Membros da Polícia Militar do estado de São Paulo Ferramentas As ferramentas que compõem a rede social nosGov-PM são compostas por vídeos, comunidades para resolução de problemas, fórum, agenda de eventos e o blog onde todos podem debater temas relacionados à Polícia Militar.
  73. 73. É possível o cidadão participar diretamente do plano de ação do governo?
  74. 74. Sim.
  75. 75. Eupaticipo.org (http://www.euparticipo.org/) How To Live in The 21st Century (http://www.howtoliveinthe21stcentury.org.uk/ ) Objetivos & Serviços Projetos elaborados para dar voz ao cidadão, perceber quais são as preocupações e demonstrar que é possível ter uma sociedade ativa e participativa. Público-alvo Cidadãos portugueses e ingleses. Ferramentas São apresentadas ferramentas como formulários para submissão de idéias, fóruns, podcasts e vídeos, visando a manifestão de sugestões para elaboração do plano de ação por categorias.
  76. 76. Técnicas de GC&I
  77. 77. Comunidades de Prática Espaço virtual disponibilizado para troca de experiências vividas em práticas. Devem abordar uma temática diretamente ligada a um conjunto de tarefas. ...é útil para:  Aprimorar atividades;  Compartilhar informações detalhadas sobre as atividades;  Gerar inovação através de conhecimento coletivo.
  78. 78. Gestão de ideias Gestão de ideias sistematiza e organiza as ideias dos colaboradores, não somente coletar, mas implementa e gera retorno para a pessoa e a organização. ...é útil para: Melhorar processos,  Engajar colaboradores (recompensa), Proporcionar inovações  Estimular a colaboração (ranking).
  79. 79. Lições Aprendidas São narrativas que explicitam conhecimentos ou um entendimento adquirido através de uma experiência, que pode ser tanto positiva como negativa. ...é útil para:  O conhecimento adquirido com as lições aprendidas ficará documentado, ou seja, não será perdido. Evitar os mesmos erros em novos projetos. Aproveitar as idéias que deram bons resultados nos demais projetos da empresa.
  80. 80. Brainstorm O brainstorm (ou "tempestade cerebral") é uma atividade desenvolvida . para explorar a potencialidade criativa de um indivíduo ou de um grupo colocando-a a serviço de objetivos pré-determinados ...é útil para:  Desenvolvimento de novos serviços - obter idéias para novos serviços e melhorias aos serviços existentes. Resolução de problemas - consequências, soluções alternativas, análise de impacto, avaliação. Gestão de processos/projetos - encontrar oportunidades de melhoria.
  81. 81. Storytelling Storytelling é uma maneira de utilizar narrativas para compartilhar informações, conhecimentos e experiências ...é útil para:  Preservar a identidade e a história da instituição;  Formar cultura e reforçar valores;  Motivar equipes e inspirar ideias;  Humanizar a instituição com sua história própria e de personagens (colaboradores);  Avaliar serviços e políticas públicas;  Envolver, engajar e registrar.
  82. 82. Ferramentas de suporte a GC&I
  83. 83. Web 1.0 -Fluxo unidirecional - Webmaster como disseminador - Público consome informação Web 2.0 -Fluxo multidirecional - Webmaster especialista - Público produz informação - Ferramentas
  84. 84. Wiki Ferramenta web que permite construção de conteúdo colaborativo. Qualquer pessoa pode acrescentar e modificar conteúdo. A enciclopédia do futuro? • Wikipedia • Future Melbourne • Engajar cidadãos; • Valorizar redes sociais; • Resolução de problemas comuns.
  85. 85. Podcast Podcasts são transmissões em áudio disponibilizados em um site. Estas transmissões são transferíveis e, portanto, portáteis e incluem geralmente a utilização de feeds RSS que permitem que os usuários para subscrever as emissões. • Geração Móvel (professora Adelina)
  86. 86. Videocast Mesmo conceito do podcast, só que são transmissões em vídeo. • Igov Explica
  87. 87. Blog A forma abreviada do termo Web Log, um blog é um diário online que contém conteúdo e escrever o autor deseja partilhar com os outros. • IgovBrasil • Qvida • InovaMetrô • White House Blog • Blog da SGP
  88. 88. Twitter Ferramenta que permite atualizações rápidas e curtas e, se possível, a partir de uma multiplicidade de suportes diferentes. É possível atualizar o Twitter, por exemplo, pela web, por instant messaging (IM), ou até pelo celular - por short message service (SMS) ou internet móvel. •Rede viral •Rápida disseminação Exemplos: José Serra_ Poupatempo PMESP e mais 23 órgãos de governo
  89. 89. Redes Sociais Um ambiente on-line cujo objetivo é se conectar, comunicar e compartilhar informação.  Orkut  Facebook  Linkedin  NósGov  NósGov PM
  90. 90. Almoço
  91. 91. Boa tarde!
  92. 92. RECAPITULANDO PARA Direcionamento Estratégico ORIENTAR A AÇÃO... Gestão do Conhecimento Governança como Processo As iniciativas e processos que lidam com os conhecimentos organizacionais podem Codificar Criar / gerar melhores resultados se contarem Inovar com uma abordagem sistêmica de Gestão do Conhecimento (GC): Organizar  Um direcionamento estratégico claro GC  Infraestrutura e ferramentas adequadas Reter  Um processo estruturado e continuado para tratamento dos conhecimentos Compartilhar © TerraForum Consultores críticos da organização Disseminar Dessa forma, é possível gerar resultados para os servidores, para o governo e para a sociedade, obtendo o máximo valor a partir do conhecimento existente – ou Taxonomia (classificação) mesmo da criação de novos conhecimentos – na organização. Infraestrutura, Ferramentas, Tecnologia
  93. 93. Atividades práticas
  94. 94. Dicas: • Evite escolher um desafio 1 2 muito genérico (ex. Comunicação interna, apoio Enumere 2 desafios a partir Em grupos, discuta e da alta gestão). técnicas e proponha dos objetivos estratégicos e • Ações mais especificas do ferramentas de gestão atribuições da sua secretaria. Em grupos, selecionem até 2 geram resultadosinovação que conhecimento e mais desafios a serem tratados rápidos possam contribuir para a coletivamente nesta atividade. solução desses desafios.
  95. 95. Atividade 3: Compartilhar as soluções encontradas Cada grupo apresenta 1 caso da atividade anterior ao grande público.
  96. 96. Os desafios e soluções podem ser acessados pelo link: http://u.nu/8i3y3
  97. 97. Coffee break
  98. 98. Atividade 4: Gerar idéias e soluções para aplicação imediata nas dimensões da Gestão do Conhecimento e Inovação (30 min) Tecnologia Governança Capacitação da inovação Cultura da Projetos de Inovação Inovação
  99. 99. Ações Cultura da Tecnologia da Projetos de Capacitação Governança Inovação Inovação Inovação • Ciclo de • Grupos • Pesquisa e •Incubadora de •Suporte aos Palestras Setoriais de Prospecção de Inovação e Programas Inovação Técnicas e Gestão Ferramentas • Inova Day • Oficinas de •Grupos Setorial • Testes e Pilotos de Inovação Criatividade • Eventos Diversos • PDG • Métricas e definição de • Grupos papéis Setoriais de • Tutoriais Inovação On-line rede paulista de inovação em governo - iGovsp
  100. 100. Encerramento: GATI
  101. 101. Principais links mencionados Próximos Passos Idéias Cadastradas http://foruminova.tk Principais links mencionados Rede de Inovação SP www.igovsp.net Portal Emprega São Paulo https://www.empregasaopaulo.sp.gov.br/ Cut Waste - Singapore http://app.mof.gov.sg/cutwaste Fix My Street http://www.fixmystreet.com/ Patient Opinion http://www.patientopinion.org.uk Qvida-Gov http://www.qvidagov.net/ NosGov-PM http://nosgov-pm.ning.com EuParticipo.Org http://www.euparticipo.org/ Future Melbourne http://www.futuremelbourne.com.au/wiki/view/FMPlan
  102. 102. A bola da inovação está com vocês!

×