Urbanização e Produção Cultural
Urbanização Urbanização    é um processo de agrupamento das características rurais de uma localidade ou região, para cara...
Urbanização A história das cidades, em geral, remete a períodos longínquos  da Antiguidade, sendo que as primeiras cidade...
Às 10 cidades mais antigas do mundo Vamos às 10 cidades mais antigas do mundo. 1º Jericó. Antiga Canaã, atual Jordânia, ...
Urbanização brasileira
Urbanização brasileira O processo de urbanização no Brasil começa na década de 40. A  expansão das atividades industriais...
Produção cultural
Interculturalismo O interculturalismo consiste em pensar que nós nos  enriquecemos através do conhecimento de outras cult...
Etnocentrismo Cultural O etnocentrismo é a atitude pela qual um indivíduo ou um grupo social, que se considera o sistema ...
Relativismo cultural Princípio que afirma que todos os sistemas  culturais são intrinsecamente iguais em valor, e  que os...
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Urbanização e produção cultural
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Urbanização e produção cultural

1.155 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.155
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Urbanização e produção cultural

  1. 1. Urbanização e Produção Cultural
  2. 2. Urbanização Urbanização é um processo de agrupamento das características rurais de uma localidade ou região, para características urbanas. Usualmente, esse fenômeno está associado ao desenvolvimento da civilização e da tecnologia. Demograficamente, o termo denota a redistribuição das populações das zonas rurais para assentamentos urbanos. O termo também pode designar a ação de dotar uma área com infraestrutura e equipamentos urbanos, o que é similar a significação dada à urbanização pelo Dicionário Aurélio - Século XXI: "conjunto dos trabalhos necessários para dotar uma área de infra- estrutura (por exemplo, água, esgoto, gás, eletricidade) e/ou de serviços urbanos (por exemplo, de transporte, de educação, de saúde)".
  3. 3. Urbanização A história das cidades, em geral, remete a períodos longínquos da Antiguidade, sendo que as primeiras cidades teriam surgido entre quinze a cinco mil anos atrás, dependendo das diversas interpretações sobre o que delimita exatamente um antigo assentamento permanente e uma cidade. As primeiras verdadeiras cidades são por vezes consideradas grandes assentamentos permanentes nos quais os seus habitantes não são mais simplesmente fazendeiros da área que cerca o assentamento, mas passaram a trabalhar em ocupações mais especializadas na cidade, onde o comércio, o estoque da produção agrícola e o poder foram centralizados. Sociedades que vivem em cidades são frequentemente chamadas de civilizações. O ramo da História direcionada ao estudo da natureza histórica das cidades e do processo de urbanização é a História urbana
  4. 4. Às 10 cidades mais antigas do mundo Vamos às 10 cidades mais antigas do mundo. 1º Jericó. Antiga Canaã, atual Jordânia, 5.000 a.C. 2º Ur. Antiga Babilônia, atual Iraque, 5.000 a.C. 3º Uruk. Antiga Babilônica, atual Iraque, 5.000 a.C. 4º Susa. Antiga Elam, atual Irã, 4.000 a.C. 5º Hierakonpolis. Egito, 4.000 a.C. 6º Kisch. Antiga Babilônia, atual Iraque, 4.000 a.C. 7º Nippur. Antiga Babilônia, atual Iraque, 4.000 a.C. 8º Lagsch. Antiga Babilônia, atual Iraque, 4.000 a.C. 9ºAnau. Rússia, 3.500 a.C. 10º Tróia. Turquia, 3.100 a.C.
  5. 5. Urbanização brasileira
  6. 6. Urbanização brasileira O processo de urbanização no Brasil começa na década de 40. A expansão das atividades industriais em grandes centros atrai trabalhadores das áreas rurais, que veem na cidade a possibilidade de rendimentos maiores e melhores recursos nas áreas de educação e saúde. O censo de 1940, o primeiro a dividir a população brasileira em rural e urbana, registra que 31,1% dos habitantes estavam nas cidades. O Brasil deixa de ser um país essencialmente agrícola no final da década de 60, quando a população urbana chega a 55,92%. Para essa mudança contribui a mecanização das atividades de plantio e colheita no campo - que expulsa enormes contingentes de trabalhadores rurais - , e a atração exercida pelas cidades como lugares que oferecem melhores condições de vida, com mais acesso a saúde, educação e empregos.
  7. 7. Produção cultural
  8. 8. Interculturalismo O interculturalismo consiste em pensar que nós nos enriquecemos através do conhecimento de outras culturas e dos contatos que temos com elas e que desenvolvemos a nossa personalidade ao encontrá-las. As pessoas diferentes deveriam poder viver juntas apesar de terem culturas diferentes. É a aceitação e o respeito pelas diferenças, crer que se pode aprender e enriquecer através do encontro com outras culturas. A ONU é uma organização que integra pessoas de culturas diferentes, que lutam por um bem comum, ajudando a integrar outras culturas noutras comunidades.
  9. 9. Etnocentrismo Cultural O etnocentrismo é a atitude pela qual um indivíduo ou um grupo social, que se considera o sistema de referência, julga outros indivíduos ou grupos à luz dos seus próprios valores. Pressupõe que o indivíduo, ou grupo de referência, se considere superior àqueles que ele julga, e também que o indivíduo, ou grupo etnocêntrico, tenha um conhecimento muito limitado dos outros, mesmo que viva na sua proximidade.
  10. 10. Relativismo cultural Princípio que afirma que todos os sistemas culturais são intrinsecamente iguais em valor, e que os aspectos característicos de cada um têm de ser avaliados e explicados dentro do contexto do sistema em que aparecem. A comunidade Hippie é um exemplo de relativismo cultural, são respeitados pela sociedade e respeitam-na, mas não vivem segundo os seus costumes e ideais, e vivem sem seguir as tendências da sociedade.

×