Pontos gatilho

47.730 visualizações

Publicada em

Documento de apoio ao curso de Massagem Terapêutica e Desportiva. Introdução à temática das disfunções neuromusculares e sua importância para o técnico de massagem.

Publicada em: Educação
6 comentários
126 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
47.730
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.686
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
6
Gostaram
126
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pontos gatilho

  1. 1. Definição: Um ponto gatilho é um ponto de hiperirritabilidade no interior do músculo esquelético, desenvolvendo dor pronunciada mesmo quando sujeito a pressão moderada. Hugo Pedrosa / 2009
  2. 2. Os eventos mais comuns que precipitam o desenvolvimento do ponto-gatilho são: 1 – Tensão mecânica exercida sobre a estrutura (stresse repetido); 2 – Circulação dificultada (isquémia); 3 – Trauma / resposta inflamatória local; 4 – Falta de mobilidade prolongada; 5 – Stresse emocional; Hugo Pedrosa / 2009
  3. 3. Uma área de ponto-gatilho está situada, com frequência, numa faixa compacta de fibras musculares. A palpação através da faixa pode obter o que é chamado de resposta contráctil (sensação de “ressalto” das fibras musculares). Associado ao desenvolvimento de pontos-gatilho está o padrão característico de dor referida e a restrição de movimento associada à dor miofascial. Hugo Pedrosa / 2009
  4. 4. Hugo Pedrosa / 2009
  5. 5. Os factores que potenciam o desenvolvimento de pontos-gatilho são reflexos, mecânicos e sistémicos: Os factores reflexos incluem os seguintes: • Sensibilidade da pele nas áreas do ponto-gatilho • Disfunção da articulação • Disfunção visceral • Vasoconstrição Hugo Pedrosa / 2009
  6. 6. Os factores que potenciam o desenvolvimento de pontos-gatilho são reflexos, mecânicos e sistémicos: Os factores mecânicos incluem os seguintes: • Desvio postural na posição de pé • Desvio postural na posição sentada • Desvio na forma de andar • Falta de mobilidade • Stresse profissional • Sapatos e roupas apertadas ou que se ajustam mal Hugo Pedrosa / 2009
  7. 7. Os factores que potenciam o desenvolvimento de pontos-gatilho são reflexos, mecânicos e sistémicos: Os factores sistémicos incluem os seguintes: • Disfunção enzimática, metabólica ou endócrina • Infecção crónica • Insuficiências de dieta • Stresse psicológico Hugo Pedrosa / 2009
  8. 8. Chaitow e DeLany sumarizam estes grupos de factores como: 1 - Uso repetido 2 - Falta de uso 3 - Desuso 4 - Abuso Independentemente do evento que precipitou o aparecimento do ponto-gatilho, o evento inicial acredita-se que seja uma disfunção na sinapse entre o motoneurónio e a fibra muscular. Hugo Pedrosa / 2009
  9. 9. Procedimento terapêutico / Ligação à massagem Os terapeutas de massagem encontram, em geral, pontos-gatilho durante a palpação e/ou massagem geral, utilizando tanto a palpação leve como a profunda (movimentos deslizantes com alguma pressão associada). Notas importantes: - A dor causada durante o tratamento deve estar dentro de uma zona de conforto. - O músculo deve estar relaxado. - Os pontos-gatilho que estão muito activos quanto à dor referida produzida não precisam de pressão exagerada Hugo Pedrosa / 2009
  10. 10. Procedimento terapêutico / Ligação à massagem O processo terapêutico tem como objectivo eliminar a hiperirritabilidade, pela interrupção mecânica das terminações nervosas sensitivas que medeiam a actividade do ponto-gatilho. Quando se estiver a usar a técnica de pressão directa, o terapeuta deve sustentar a compressão o tempo suficiente para estimular as fibras do fuso muscular. Hugo Pedrosa / 2009
  11. 11. Hugo Pedrosa / 2009
  12. 12. Procedimento terapêutico / Ligação à massagem - O procedimento deve terminar quando o cliente informar que a dor referida acabou ou quando o terapeuta sentir um quot;alívioquot; no tecido. - Recomenda-se uma pressão variável em vez de pressão mantida constantemente do início ao fim, para evitar irritação adicional na área do ponto-gatilho. Trata-se de uma cuidadosa mudança de pressão com um propósito específico. Hugo Pedrosa / 2009
  13. 13. Procedimento terapêutico / Ligação à massagem * Sensibilidade do terapeuta - O terapeuta aplica mais pressão quando o tecido mostra que está a relaxar e aceita mais pressão. - Quando o terapeuta sente que os tecidos estão a tornar-se tensos, a pressão é reduzida. Após o tratamento: - Pesquisa para se descobrir e tratar gatilhos satélites ou embrionários. - Imediatamente após o tratamento, calor sobre a região pode ser calmante e útil. - A área vai precisar de descanso durante alguns dias. Hugo Pedrosa / 2009
  14. 14. Hugo Pedrosa / 2009
  15. 15. 1 - Quantidade de pressão numa escala de 1 a 10: Deveremos apontar para o 6 2 - Número de pontos a tratar numa sessão: 6a8 3 - Efeitos colaterais Dor/sensibilidade nas 24 a 48 horas seguintes Hugo Pedrosa / 2009
  16. 16. Passos a respeitar: 1 – Localização. 2 – Posicionar o músculo da melhor forma para o acesso mais correcto. 3 – Explorar a nossa posição (princípios de mecânica corporal). 4 – Aplicar pressão directa numa escala de 6. 5 – Pressionar durante aproximadamente 90 segundos. 6 – Aliviar a pressão a aplicar ligeiro estiramento durante 15 a 30 segundos. Hugo Pedrosa / 2009
  17. 17. Trabalho prático: Com base na imagem de apoio: 1 - Identificar o ponto gatilho relativo ao músculo quadrado lombar; 2 - Compressão directa sobre o ponto; Nota: É importante respeitar as directrizes específicas Para esta forma de terapia neuromuscular. Hugo Pedrosa / 2009
  18. 18. Uma bibliografia de referência Hugo Pedrosa / 2009

×