Design 
sem 
Designer 
symbolik.com.br/designsemdesigner 
Prof. Dr. Hugo Cristo 
UFES • PPGP-UFES • L OOP-UFES • PRO TOTÍP...
Por que este livro existe?
Por que este livro existe? 
Ou: por que alguém ainda discute o que é design, quem é designer etc?
A culpa é 
de vocês.
(Literalmente) 
A culpa é 
de vocês.
(Sim, da UnB) 
A culpa é 
de vocês.
P&D2002 
UnB
Heliana 
Pacheco
Patrick W. 
Jordan
Anamaria 
de Moraes
Itiro 
Iida
Faça mestrado 
na Psicologia.
Faça mestrado 
na Psicologia. 
(Misteriosamente as inscrições para o PPGP-UFES estavam abertas...)
Psicologia 
no Design?
Psicologia 
da Gestalt
Donald A. 
Norman
Viva as notas de rodapé.
Gui 
Bonsiepe
Diagrama ontológico 
do Design.
Usuário Ação efetiva 
Ferramenta 
Interface
Acoplamento estrutural.
Humberto 
Maturana
Francisco 
Varela
Cibernética, autopoiese 
e autonomia.
Leah, 
a gorila 
PLOS Biology, 3 (11), Nov 2005 
First Observation of Tool Use in Wild Gorillas
Flipper 
e a cultura 
material 
PNAS, 102 (25), Jun 2005 
Cultural transmission of tool use in bottlenose dolphins
Flipper Proteger 
Esponja 
Interface 
Leah Medir 
Vara 
Interface
Acoplamentos 
sociais?
Acoplamentos 
sociais? 
Ou: tudo isso fora do NatGeo.
Vigilante Lampião Transporte? 
Bicicleta enfeitada 
Interface
O design como estratégia de acoplamento.
Serge 
Moscovici
Teoria das 
Representações 
Sociais.
Lev 
Vygotsky
Teoria da 
Mediação 
Instrumental.
Sujeito Objeto 
Instrumento/Signo 
Mediação
Aleksei 
Leontiev
Teoria da 
Atividade.
Regras Comunidade 
Indivíduo 
Divisão do trabalho 
Meios mediadores 
produção 
consumo 
trocas distribuição 
Objeto produt...
Jean 
Piaget
Epistemologia 
Genética.
Práticas de 
Projeto 
Representações 
Sociais 
Mediação do 
pensar, fazer 
e usar 
Ações 
estruturantes
James J. 
Gibson
Teoria das 
Affordances 
e cognição corporificada.
Conhecimentos 
gerais e difusos 
Seleção e avaliação 
da pertinência funcional 
dos conhecimentos 
no desenrolar da 
Conhe...
Por que este livro existe?
Design visto pelas Ciências Cognitivas...
Φ 
R 
Corpo 
Metodologias 
Autodidatismo 
Educação 
Usar 
História do Design 
Tecnologia 
Socius 
Capitalismo 
Mercado de ...
...para (tentar) responder três perguntas:
1. 
O que é 
Design?
2. Quem são os 
designers?
3. 
Como o 
designer faz 
design?
As explicações hegemônicas:
Revolução Industrial 
Separação entre o pensar e o fazer
A pedagogia e os precursores 
O exemplar e a institucionalização da prática
Design como método e processo 
O jeito de fazer do designer
Design Thinking 
O jeito de pensar do designer popularizado
As alternativas explicativas: 
(Não há nada de novo em Vitória - ES)
Victor J. Papanek 
Toda atividade humana é design.
Christopher Alexander 
O design opera por linguagens de padrões.
Gui Bonsiepe 
Todos poderiam ser designers em seus 
respectivos campos de ação.
Obrigado BSB! 
symbolik.com.br/designsemdesigner 
hugocristo.com.br 
@hugocristo 
Prof. Dr. Hugo Cristo 
UFES • PPGP-UFES ...
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Design sem Designer - UnB 01/12/2014
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Design sem Designer - UnB 01/12/2014

595 visualizações

Publicada em

Conferência no PPGDesign da UnB

Publicada em: Design
2 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
595
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
2
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Design sem Designer - UnB 01/12/2014

  1. 1. Design sem Designer symbolik.com.br/designsemdesigner Prof. Dr. Hugo Cristo UFES • PPGP-UFES • L OOP-UFES • PRO TOTÍPICA • KFK
  2. 2. Por que este livro existe?
  3. 3. Por que este livro existe? Ou: por que alguém ainda discute o que é design, quem é designer etc?
  4. 4. A culpa é de vocês.
  5. 5. (Literalmente) A culpa é de vocês.
  6. 6. (Sim, da UnB) A culpa é de vocês.
  7. 7. P&D2002 UnB
  8. 8. Heliana Pacheco
  9. 9. Patrick W. Jordan
  10. 10. Anamaria de Moraes
  11. 11. Itiro Iida
  12. 12. Faça mestrado na Psicologia.
  13. 13. Faça mestrado na Psicologia. (Misteriosamente as inscrições para o PPGP-UFES estavam abertas...)
  14. 14. Psicologia no Design?
  15. 15. Psicologia da Gestalt
  16. 16. Donald A. Norman
  17. 17. Viva as notas de rodapé.
  18. 18. Gui Bonsiepe
  19. 19. Diagrama ontológico do Design.
  20. 20. Usuário Ação efetiva Ferramenta Interface
  21. 21. Acoplamento estrutural.
  22. 22. Humberto Maturana
  23. 23. Francisco Varela
  24. 24. Cibernética, autopoiese e autonomia.
  25. 25. Leah, a gorila PLOS Biology, 3 (11), Nov 2005 First Observation of Tool Use in Wild Gorillas
  26. 26. Flipper e a cultura material PNAS, 102 (25), Jun 2005 Cultural transmission of tool use in bottlenose dolphins
  27. 27. Flipper Proteger Esponja Interface Leah Medir Vara Interface
  28. 28. Acoplamentos sociais?
  29. 29. Acoplamentos sociais? Ou: tudo isso fora do NatGeo.
  30. 30. Vigilante Lampião Transporte? Bicicleta enfeitada Interface
  31. 31. O design como estratégia de acoplamento.
  32. 32. Serge Moscovici
  33. 33. Teoria das Representações Sociais.
  34. 34. Lev Vygotsky
  35. 35. Teoria da Mediação Instrumental.
  36. 36. Sujeito Objeto Instrumento/Signo Mediação
  37. 37. Aleksei Leontiev
  38. 38. Teoria da Atividade.
  39. 39. Regras Comunidade Indivíduo Divisão do trabalho Meios mediadores produção consumo trocas distribuição Objeto produto
  40. 40. Jean Piaget
  41. 41. Epistemologia Genética.
  42. 42. Práticas de Projeto Representações Sociais Mediação do pensar, fazer e usar Ações estruturantes
  43. 43. James J. Gibson
  44. 44. Teoria das Affordances e cognição corporificada.
  45. 45. Conhecimentos gerais e difusos Seleção e avaliação da pertinência funcional dos conhecimentos no desenrolar da Conhecimentos solução do problema específicos ativados pelo problema Atribuição de sentido aos conhecimentos com base nos resultados das ações Linguagens de Padrões Representações Sociais Pensar, fazer e usar Práticas projetuais Problema de design
  46. 46. Por que este livro existe?
  47. 47. Design visto pelas Ciências Cognitivas...
  48. 48. Φ R Corpo Metodologias Autodidatismo Educação Usar História do Design Tecnologia Socius Capitalismo Mercado de trabalho Pensar Fazer Autonomia Autopoiese Acoplamentos Estrutura Organização Sistema nervoso Ação Forma D Sentido Expressão Enunciação
  49. 49. ...para (tentar) responder três perguntas:
  50. 50. 1. O que é Design?
  51. 51. 2. Quem são os designers?
  52. 52. 3. Como o designer faz design?
  53. 53. As explicações hegemônicas:
  54. 54. Revolução Industrial Separação entre o pensar e o fazer
  55. 55. A pedagogia e os precursores O exemplar e a institucionalização da prática
  56. 56. Design como método e processo O jeito de fazer do designer
  57. 57. Design Thinking O jeito de pensar do designer popularizado
  58. 58. As alternativas explicativas: (Não há nada de novo em Vitória - ES)
  59. 59. Victor J. Papanek Toda atividade humana é design.
  60. 60. Christopher Alexander O design opera por linguagens de padrões.
  61. 61. Gui Bonsiepe Todos poderiam ser designers em seus respectivos campos de ação.
  62. 62. Obrigado BSB! symbolik.com.br/designsemdesigner hugocristo.com.br @hugocristo Prof. Dr. Hugo Cristo UFES • PPGP-UFES • L OOP-UFES • PRO TOTÍPICA • KFK

×