O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Orientações para a Disciplina de Estágio Supervisionado II (3).pptx

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 94 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais recentes (20)

Anúncio

Orientações para a Disciplina de Estágio Supervisionado II (3).pptx

  1. 1. Estágio Supervisionado II Engenharia de Produção Prof. Dsc. Eduardo Videla
  2. 2. Objetivo • Orientar quanto à montagem da pasta da Disciplina Estágio Supervisionado II – Engenharia de Produção; • Orientar quanto aos procedimentos de entrega dos documentos e avalições da disciplina; • Responder as dúvidas inerente ao desenvolvimento do estágio.
  3. 3. Acessando o AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) • Ao acessar o ambiente virtual de aprendizagem essa será a configuração da apresentação da disciplina.
  4. 4. Acessando o AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) • Essa é a visão que o Professor tem da disciplina.
  5. 5. Objetos de Aprendizagem • Na aba Objetos de Aprendizagem estão disponibilizados todos os documentos que devem ser baixados. • É só clicar sobre o nome e baixar o documento.
  6. 6. Objetos de Aprendizagem • Todos os documentos devem ser preenchidos, assinados e carimbados.
  7. 7. Pasta de Estágio Supervisionado • Ao término do estágio supervisionado deverá ser montada uma pasta de estágio que deverá conter obrigatoriamente:
  8. 8. Composição de Pasta de Estágio • 00 - Capa e Contracapa • 01 - Carta de Apresentação • 02 - Termo de Compromisso para Estágio Curricular • 03 - Termo de Aceitação do Discente • 04 - Ficha de Acompanhamento de Estágio • 06 - DECLARAÇÃO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO • Convênio Estágio Curricular DEAD – Opcional • Relatório de Estágio Supervisionado II (corrigido e aprovado) Material de Apoio • META • Regulamento de Estágio • Lei de Estágio – Lei Federal n° 11.788, de 25 de setembro de 2008.
  9. 9. Vendo em detalhes cada documento • Serão apresentados agora cada documento da pasta de estágio.
  10. 10. 00 - Capa e contracapa
  11. 11. Tirando Dúvidas!  O que colocar no campo estágio curricular? Resposta: Estágio Supervisionado II  O que colocar no campo data de entrega? Resposta: Nesse campo o aluno pode colocar a data de finalização de seu estágio supervisionado ou a data do prazo final para postagem da pasta. NOTA: O prazo final para postagem da pasta de estágio é informado pelo Professor logo no início do semestre.
  12. 12. 00 - Capa e contracapa
  13. 13. Tirando Dúvidas!  O que colocar no campo turma? Resposta: 7174
  14. 14. 01 - Carta de Apresentação Carimbar demonstrando o recebimento da carta
  15. 15. 02 - Modelo Termo de Compromisso para Estágio Curricular
  16. 16. 02 - Modelo Termo de Compromisso para Estágio Curricular Descrição de Atividades
  17. 17. Informação Importante!  O Termo de Compromisso de Estágio é o documento que oficializa o estágio supervisionado.  Todos os estágios em território nacional são regulamentados pela Lei Federal n° 11.788, de 25 de setembro de 2008.  Se o aluno quer fazer o estágio na própria empresa que é funcionário e a empresa tem como política interna não assinar o termo de compromisso de estágio, o aluno tem que realizar seu estágio supervisionado em outra empresa e/ou instituição.
  18. 18. 03 - Termo de Aceitação do Discente
  19. 19. Tirando Dúvidas!  O Termo de aceitação do discente é o documento em que a empresa aceita o aluno como estagiário. Perguntas Frequentes! 1 – O documento tem que ser assinado obrigatoriamente pelo Diretor da empresa, conforme está no documento? Resposta: Não. O ideal é que seja, mas em muitas empresas o aluno não tem acesso à diretoria, nesses casos deve conter o nome do responsável pela gerência.
  20. 20. Perguntas Frequentes! 2 – Quem é o Supervisor de Campo? Resposta: O Supervisor de Campo é o profissional que vai ser acompanhar o estagiário, delegando atribuições e verificando o desenvolvimento das atividades. 3 – O Supervisor de Campo tem obrigatoriamente que ser inscrito no CREA? Resposta: Não O Supervisor de Campo tem a obrigatoriedade de ter proficiência comprovada na área que está orientando o estagiário.
  21. 21. 04 - Ficha de acompanhamento de estágio
  22. 22. Tirando Dúvidas!  A carga horária máxima diária para realização de atividades de estágio é de 6 horas. Concluindo... Em uma semana (segunda à sexta-feira), o estagiário vai cumprir 30 horas de atividades de estágio.
  23. 23. 06 - Modelo - DECLARAÇÃO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO
  24. 24. Tirando Dúvidas!  No documento de Declaração de Conclusão de Estágio Supervisionado é obrigatório conter a assinatura do supervisor do estágio e do carimbo da empresa. NOTA: Declarações colocadas na pasta de estágio sem esses itens serão desconsideradas e o aluno será reprovado por não comprovar a conclusão de seu estágio supervisionado.
  25. 25. Relatório de Estágio Supervisionado II • Orientações para elaboração do relatório.
  26. 26. Tirando Dúvidas!  O relatório de estágio supervisionado é o documento que demonstra em detalhes todas as atividades realizadas durante o estágio supervisionado.  É um trabalho acadêmico e, por esse motivo, deve seguir as normas da ABNT.
  27. 27. NORMAS DA ABNT PARA O RELATÓRIO DE ESTÁGIO!  Fonte: Times New Roman ou Arial;  Tamanho da Fonte: 12;  Espaçamento entre linhas: 1,5;  Numeração: Todas as páginas numeradas, menos a capa.
  28. 28. Orientações para elaboração do Relatório de Estágio O relatório deverá conter as seguintes partes:  Capa;  Página de Rosto;  Sumário;  Capítulo 1 - Descrição e caracterização da empresa e/ou negócio objeto do estágio;  Capítulo 2 - Descrição das atividades desenvolvidas no estágio, com uma análise destas atividades fundamentadas nos conteúdos ministrados durante o curso;  Capítulo 3 – Relato de experiência das atividades desenvolvidas nos estágios I e II com Introdução (objetivo, metodologia e justificativa), Relato de experiência das atividades realizadas, Discussão, Conclusão e Referências Bibliográficas;  Capítulo 4 – Conclusões e sugestões para os problemas diagnosticados no estágio II;  Referências bibliográficas.  Anexo – Registro fotográfico das atividades desenvolvidas no estágio II.
  29. 29. Relatório de Estágio Supervisionado II • Apresentação do modelo para elaboração do relatório de estágio supervisionado I.
  30. 30. Relatório de Estágio Supervisionado I • Capa e Folha de Rosto
  31. 31. A capa deve conter:  Cabeçalho  Nome do aluno  Identificação do relatório  Informações de rodapé com: local, mês e ano.
  32. 32. A folha de rosto deve conter:  Cabeçalho  Nome do aluno  Identificação do relatório  Texto padrão de apresentação do relatório  Nome do Professor Orientador  Informações de rodapé com: local, mês e ano.
  33. 33. NOTA!  Faça a capa e a folha de rosto seguindo o modelo. Não acrescente ou retire nada, apenas siga o modelo, tanto na formatação, quanto no conteúdo do texto.  Alguns alunos modificam por conta própria a formatação do relatório. Isso implica diretamente na nota final do aluno.
  34. 34. Relatório de Estágio Supervisionado II • Sumário
  35. 35. Orientações para elaboração do Relatório de Estágio O Sumário deverá conter obrigatoriamente os tópicos abaixo (Nem mais e nem menos):  Capítulo 1 - Descrição e caracterização da empresa e/ou negócio objeto do estágio;  Capítulo 2 - Descrição das atividades desenvolvidas no estágio, com uma análise destas atividades fundamentadas nos conteúdos ministrados durante o curso;  Capítulo 3 – Relato de experiência das atividades desenvolvidas nos estágios I e II com Introdução (objetivo, metodologia e justificativa), Relato de experiência das atividades realizadas, Discussão, Conclusão e Referências Bibliográficas;  Capítulo 4 – Conclusões e sugestões para os problemas diagnosticados no estágio II  Referências bibliográficas.  Anexo – Registro fotográfico das atividades desenvolvidas no estágio II.
  36. 36.  O Sumário deve conter exatamente as informações do modelo.  Devem ser preservados os nomes dos capítulos.
  37. 37. DICA PARA CRIAÇÃO DO SUMÁRIO!  Crie um Sumário Automático Como criar um sumário automático no Word?  Siga os passos indicados nos próximos slides
  38. 38. Passo 1: Posicione o cursor na página onde você quer criar seu sumário automático
  39. 39. Passo 2: Selecione o título. Nesse momento vai aparecer uma marcação no “Título I” na na barra de ferramentas. Clique em Título I (conforme indicado pela seta). Repita a operação para todos os títulos do relatório.
  40. 40. OBSERVAÇÃO!  Em subtítulos a marcação na barra de ferramentas vai para Título 2.  Clique nessa opção quando for incluir subtítulos.
  41. 41. OBSERVAÇÃO!  Em subtítulos de subtítulos a marcação na barra de ferramentas vai para Título 3.  Clique nessa opção quando for incluir subtítulos de subtítulos.
  42. 42. DICA PARA CRIAÇÃO DO SUMÁRIO!  Finalizadas as etapas anteriormente mostradas, retorne à página que você quer criar o sumário automático.
  43. 43. DICA PARA CRIAÇÃO DO SUMÁRIO!  Clique em Referências (Barra de Ferramentas) e depois clique na seta embaixo da palavra sumário (lado esquerdo da Barra de Ferramentas).  Irão aparecer vários estilos para sumário, escolha um estilo e clique sobre ele.
  44. 44.  Retorne à página que criou o sumário automático e posicione o cursor sobre o título do sumário.  Clique novamente em Referências e depois em Atualizar Sumário (conforme indicado nas setas).
  45. 45.  Vai aparecer uma caixa de opções. Selecione: Atualizar o índice inteiro.  Após selecionar, clique em OK.
  46. 46.  O sumário automático de seu relatório de estágio supervisionado I está criado e atualizado!
  47. 47. Relatório de Estágio Supervisionado II • Capítulo I
  48. 48.  Orientações Importantes de formatação 1 – Coloque o título sempre na primeira linha da página; 2 – Justifique o texto, ou seja, deixe o texto alinhado. 3 – Não deixe os títulos e/ou subtítulos em uma página e o texto em outra.
  49. 49. O QUE É JUSTIFICAR?  É clicar no comando da barra de ferramentas indicado pela seta.  Essa ferramenta do Word faz com que o texto fique alinhado.
  50. 50. COMANDO DE JUSTIFICAR
  51. 51. ORIENTAÇÕES SOBRE CONTEÚDO DO CAPÍTULO I  No capítulo I é para fazer a descrição da empresa ou instituição em que o estágio for realizado.  Nesse capítulo devem ser colocados obrigatoriamente os tópicos:
  52. 52. ORIENTAÇÕES SOBRE CONTEÚDO DO CAPÍTULO I  Breve histórico: Data de fundação e/ou início das atividades;  Segmento(s) de atuação;  Classificação (pequeno, médio ou grande porte);  Principais atividades;  Localização geográfica e regiões de atendimento (se atende um público local, regional, nacional ou também faz exportações);  Grau de risco e número de funcionários;  Estrutura organizacional.
  53. 53. NOTA!  A fim de ilustrar melhor o capítulo, podem ser colocadas fotos da empresa, desde que indicadas as fontes e os créditos das imagens.  Imagens sem fontes e créditos implicarão na diminuição da nota final do relatório.
  54. 54. NOTA!  O capítulo I do relatório de estágio supervisionado tem que ter no mínimo uma página completa.  Relatórios recebidos com meia página de texto ou sem contemplar todos os tópicos exigidos serão considerados errados, implicando diretamente na nota final do relatório.
  55. 55. Relatório de Estágio Supervisionado II • Capítulo II
  56. 56. Orientações Importantes de formatação 1 – Coloque o título sempre na primeira linha da página; 2 – Justifique o texto, ou seja, deixe o texto alinhado. 3 – Não deixe os títulos e/ou subtítulos em uma página e o texto em outra.
  57. 57. ORIENTAÇÕES SOBRE CONTEÚDO DO CAPÍTULO II  No capítulo II é para descrever todas as atividades desenvolvidas no estágio.  O ponto principal desse capítulo é correlacionar as atividades com os conteúdos ministrados durante o curso, ou seja, correlacionar a aplicação prática das atividades de estágio com as disciplinas que fundamentaram o conhecimento.
  58. 58. EXEMPLO  No estágio supervisionado II realizei atividades junto ao departamento de controle de qualidade, realizando o planejamento das inspeções dos lotes das peças depois de fabricadas. Pude utilizar durante essas atividades os conceitos aprendidos nas disciplinas de Engenharia da Qualidade e Planejamento e Controle da Produção (o aluno fez a conexão entre as atividades que realizou e as disciplinas que teve, isso é fundamentar as atividades nos conteúdos ministrados).
  59. 59. NOTA!  A fim de ilustrar melhor o capítulo, podem ser colocadas imagens, desde que indicadas as fontes e os créditos das imagens.  Imagens sem fontes e créditos implicarão na diminuição da nota final do relatório.
  60. 60. NOTA!  O capítulo II do relatório de estágio supervisionado tem que ter no mínimo duas páginas completas.  Relatórios recebidos com menos páginas de texto ou sem realizar a correlação entre as atividades desenvolvidas e os conteúdos ministrados, serão considerados errados, implicando diretamente na nota final do relatório.
  61. 61. Relatório de Estágio Supervisionado II • Capítulo III
  62. 62. Orientações Importantes de formatação 1 – Coloque o título sempre na primeira linha da página; 2 – Justifique o texto, ou seja, deixe o texto alinhado. 3 – Não deixe os títulos e/ou subtítulos em uma página e o texto em outra.
  63. 63. ORIENTAÇÕES SOBRE CONTEÚDO DO CAPÍTULO II  No capítulo III é para relatar as atividades realizadas nos estágios I e II.  Esse capítulo tem a formatação de um artigo científico, pois os melhores trabalhos podem ser publicados na revista científica da Universo.
  64. 64. ORIENTAÇÕES SOBRE CONTEÚDO DO CAPÍTULO II  O objetivo, a metodologia e a justificativa fazem parte da introdução.  Esse relatório tem duas referências bibliográficas, uma é específica do capítulo III e outra é do relatório todo e vem após o capítulo IV.
  65. 65. ORIENTAÇÕES SOBRE CONTEÚDO DO CAPÍTULO II  O que é discussão? Resposta: Na discussão você tem que argumentar, ou seja, fundamentar as atividades realizadas no estágio com os conceitos aprendidos em sala de aula e levando em consideração o que os autores conceituam em relação à área que você atuou.
  66. 66. Relatório de Estágio Supervisionado II • Capítulo IV
  67. 67. Orientações Importantes de formatação 1 – Coloque o título sempre na primeira linha da página; 2 – Justifique o texto, ou seja, deixe o texto alinhado. 3 – Não deixe os títulos e/ou subtítulos em uma página e o texto em outra.
  68. 68. ORIENTAÇÕES SOBRE CONTEÚDO DO CAPÍTULO IV  No capítulo IV o aluno faz a conclusão de seu estágio, isto é, ele disserta sobre o que aprendeu nas disciplinas e o que aplicou na prática.  Nesse capítulo do relatório de estágio o aluno tem que relatar as dificuldades encontradas, as oportunidades oferecidas pela empresa, como era o ambiente de trabalho, se desenvolveu a maior parte das atividades em equipe ou individualmente, como foram delegadas as tarefas, se atendeu ao deadline estipulado, se atingiu as metas propostas pela empresa.
  69. 69. ORIENTAÇÕES SOBRE CONTEÚDO DO CAPÍTULO IV  Da mesma forma, no capítulo IV o aluno faz sugestões sobre o estágio supervisionado, de acordo com as observações realizadas na empresa.
  70. 70. ORIENTAÇÕES SOBRE CONTEÚDO DO CAPÍTULO IV  Esse é um capítulo para o aluno fazer uma conclusão de seu estágio.
  71. 71. NOTA!  A fim de ilustrar melhor o capítulo, podem ser colocadas imagens, desde que indicadas as fontes e os créditos das imagens.  Imagens sem fontes e créditos implicarão na diminuição da nota final do relatório.
  72. 72. NOTA!  O capítulo IV do relatório de estágio supervisionado tem que ter no mínimo uma página completa.  Relatórios recebidos com meia página de texto ou sem contemplar todos os tópicos exigidos serão considerados errados, implicando diretamente na nota final do relatório.
  73. 73. Relatório de Estágio Supervisionado II • Referências Bibliográficas
  74. 74. ORIENTAÇÕES SOBRE REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS!  Essa é uma parte essencial do relatório de estágio supervisionado e onde os alunos apresentam mais problemas.  A colocação errada e/ou ausência de referências bibliográficas contribuem para a diminuição da nota final e até para a reprovação do aluno.
  75. 75. ORIENTAÇÕES SOBRE REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS!  O relatório de estágio supervisionado é um trabalho acadêmico e, por esse motivo, tem que apresentar referências bibliográficas.
  76. 76. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ERRADAS! Serviço realizado pela Labodiesel Recuperação de Injetores LTDA ME. Pesquisa realizada no setor de Planejamento e projeto Labodiesel Procedimento de soldagem - Labodiesel
  77. 77. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ERRADAS! Curso_PS_Avanço_Físico_Custos - SAP FIC_FISCAIS_V03 GITEC Versão 2.25 SIGEM4 Manual_do_Usuário Completo UP_APOSTILA_PMBOK_2015_V15
  78. 78. Orientações para elaboração do Relatório de Estágio As Referências Bibliográficas deverão ser colocadas conforme modelo abaixo: (Rigorosamente em ordem alfabética) ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS – ABNT NBR 13.463: 1995. Coleta de resíduos sólidos. Rio de Janeiro, setembro de 1995, 3p. BRASÍLIA. Lei 6.938, de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Diário oficial da União, Brasília, p.16509, 2 de set de 1981. BRUYNE, Paul de; HERMAN, Jacques & SCHOUTHEETE, Marc de. Dinâmica da pesquisa em Ciências Sociais. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1977. CALDERONI, Sabetai. Os Bilhões Perdidos no Lixo. São Paulo: Humanitas Publicações FFLCH/USP, 1997. CANELAS, A. Impactos Econômicos da Exploração e Produção após a Abertura da Indústria Petrolífera Brasileira. Conferência Rio Oil and Gás 2004. Organização: Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás – IBP. CAPRA, Fritjof. A teia da vida/Fritjof Capra. – São Paulo: Editora Cultrix, 1996. CEMPRE/IPT. Lixo Municipal: Manual de gerenciamento integrado; Nilza Silva Jardim; ET alii. 1ª Ed., publicação IPT 2163. – São Paulo 1995. EIGENHEER, Emílio Maciel. Coleta seletiva de lixo/organização: Emílio Maciel Eigenheer. – Rio de Janeiro: In-Fólio, 2003.
  79. 79. Orientações para elaboração do Relatório de Estágio Quando as Referências Bibliográficas forem relacionadas à sites consultados, as mesmas deverão ser colocadas conforme modelo abaixo: ABNT. NBR 15.524 Disponível em: ˂ https://www.target.com.br/produtos/normas-tecnicas/40483/nbr15524-1-sistema- de-armazenagem-parte-1-terminologia ˃ Acesso em: 18 de maio de 2018. BLOG LOGÍSTICA. Disponível em: ˂ http://www.bloglogistica.com.br ˃ Acesso em: 01 de junho de 2018. FABRIMETAL. Disponível em: ˂ http://www.sistemadearmazenagem.com.br/normas-da-abnt-para-a-armazenagem ˃ Acesso em: 18 de maio de 2018. .
  80. 80. Relatório de Estágio Supervisionado II • Anexo – Registro Fotográfico das Atividades Desenvolvidas no Estágio II.
  81. 81. ORIENTAÇÕES SOBRE O ANEXO!  Como o próprio nome diz, nessa parte do relatório é para colocar fotos desenvolvendo as atividades durante o estágio e não documentos e planilhas.
  82. 82. Relatório de Estágio Supervisionado II • Envio da pasta de estágio no ambienta virtual.
  83. 83. POSTAGEM DA PASTA DE ESTÁGIO NO AMBIENTE VIRTUAL!  A pasta de estágio supervisionado é o documento para a avaliação final do estágio.  Deve ser postada até o prazo final, estipulado no início do semestre e deve atender as seguintes exigências:
  84. 84. POSTAGEM DA PASTA DE ESTÁGIO NO AMBIENTE VIRTUAL! 1 – A pasta de estágio deve ser em PDF. 2 – Todos os documentos devem estar devidamente preenchidos; assinados e carimbados e o relatório de estágio corrigido e aprovado pelo Professor da disciplina; 3 – Antes da postagem o aluno deve verificar o tamanho final de seu arquivo, tendo em vista o limite para envio.
  85. 85. Postagem da pasta de estágio • Essa é a visão que o aluno tem da página de postagem.
  86. 86. Relatório de Estágio Supervisionado II • Atividades Complementares.
  87. 87. Atividades Complementares Art. 8º As cargas horárias máximas para cada tipo de Atividade Complementar estão descritas abaixo: § 1º Atividades ligadas ao ensino I – Monitoria –exercida de acordo com o regulamento da monitoria – 60h; II – Atualização profissional – cursos realizados em área afim – Máx. 30h por curso; III - Estágio não obrigatório na área ou em áreas afins – 60h; IV - Disciplinas cursadas na UNIVERSO em áreas de interesse fora do currículo. Até 2 (duas) disciplinas – Máx. 60h por disciplina. V – Disciplinas de Graduação em outro curso afim – Até 2 (duas) disciplinas – Máx. 60h por disciplina. § 2º Atividades ligadas à pesquisa I – Iniciação científica (exceto trabalho de conclusão de curso) – 60h II – Trabalhos publicados em revista – 45h por publicação III – Apresentação de trabalhos em eventos acadêmicos – 20h por apresentação
  88. 88. § 3º Atividades ligadas à extensão I – Participação em projetos de extensão acadêmica na UNIVERSO – 45h por projeto; II – Trabalho voluntário em eleições: Presidente de mesa, Supervisor de local de votação 1º mesário, 2º mesário, 1º secretário, escrutinador – 15h por evento; III - Participação como representante de turma - Até 5 (cinco) participações – 15h por participação; IV – Eventos na área de Engenharia – Participação como ouvinte em congressos, jornadas de áreas afins (até 10 eventos) – 5h por evento; V – Eventos de áreas afins – Participação como ouvinte em congressos, jornadas de áreas afins (até 10 eventos) – 5h por evento; VI – Visitas técnicas a empresas e a feiras tecnológicas – 5h por evento; VI – Participação em comissão coordenadora ou organizadora de eventos acadêmico- científicos ou projetos, cursos e eventos de extensão realizados no âmbito do respectivo curso de graduação da UNIVERSO – 30h; VII – Participação em comissão coordenadora ou organizadora de eventos acadêmico- científicos ou projetos, cursos e eventos de extensão em outra IES – 30h; VIII - Trabalhos Sociais ou Ações Sociais – 4h. IX - Atividades em ONG’s – 60h. X – Participação como espectador de eventos culturais, tais como sessões de teatro, shows musicais, cinema e exposições relacionados a qualquer outro curso de graduação (máximo de 10h) – 2h.
  89. 89. Eduardo Videla

×