Instituto Nikola Tesla - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

1.162 visualizações

Publicada em

Nikola Tesla, Energia sem Fio
Energia Solar Fotovoltaica e Termica nas comunidades isoladas
http://www.tesla.org,br

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.162
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Instituto Nikola Tesla - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

  1. 1. INSTITUTO NIKOLA TESLA INDENPÊDENCIA ENERGÉTICA
  2. 2. INVENÇÕES DE NIKOLA TESLA http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org
  3. 3. Desenvolvimento da humanidade esta feito pelo progreso tecnologica, a nova era da informação colletiva esta baseada no trabalho e visao de Nikola Tesla, para transmitir energia ate localidades mais distantes do planeta. Nikola Tesla com mais de 300 patentes fundou o mundo de hoje e ainda, quando voces ligam luz nas suas casas, voces usam pelo menos 4 patentes dele: • A corrente alternada • Campo magnetico rotativo • Geradores de corrente alternada • Transformadores de alta potencia A ultima meta do trabalho de Tesla – Indenpendencia Energetica, ainda não materializou e agora, no momento de mudança climatica e problema global de usos de recursos energeticos de carbonio todas regiões tem que ter consciencia a questao de segurança energetica – um mundo de futoro sem petroleo. • Pesquisa de novas tecnologias energéticas e novas fontes de energia • Pesquisa de tecnologias de energia sem fio • Implementação de projeto de teste do sistema planetário de Tesla • Implementação de tecnologias de ativação do campo energético terrestre http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org TORRE DE TESLA TRANSMISSÃO GLOBAL DE ENERGIA SEM FIO METAS NIKOLA TESLA
  4. 4. O Instituto Nikola Tesla como meta tem conscietização da população em geral sobre assuntos de independencia energetica e implementação dos projetos usando tecnologias sustentaveis dos energias renovaveis. Fortalecimento de comunidades rurais e uma meta dentro de objetivo de decentralizaçao de sistemas de geraçao e distribuiçao de energia para que nos desenvolvemos varios projetos. Nos temos parceiros fora do Brasil, em principio na Russia – Instituto de Electrificaçao Agricola em Moscou, com fontes de patentes baseados nas tecnologias de metodo resonante de transmisao da potencia. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org PROJETOS: - Fortalecimento de comunidades rurais com objetivo de descentralização de sistemas de geração e distribuição de energia - Prototipo de micro usina hidrelétrica baseada na vórtice gravitacional - Cozinha comunitária Solar - Arvore Solar – Conscientizaçao de populaçao e serviço publico de uso da energia solar - Campo de teste de transmissão global da energia sem fio utilizando método resonante patenteado por Nikola Tesla
  5. 5. Instituto Nikola Tesla tem desenvolvido cursos e certificaçao para cooperativas rurais, e pequenos produtores agricolos sobre uso de energias renovaveis. Nossa meta e aplicar tecnologias sustentaveis nas zonas rurais e urbanas com menor impacto ambiental possivel, dentro de paradigma de Noosfera e proteçao de riquesas da biosfera planetaria. Laboratorio do Instituto Nikola Tesla em Brasilia • Nikola Tesla e Visão de Energia Livre • Fontes Alternativas de Energia - Inovação Tecnológica • Mundo sem Petróleo e Vehiculos Eléctricos • Cooperativas e Independência Energética • Biosfera e Inovaçao nas Sistemas de Vida do Futuro • Tecnologias da Consciência • Bioeletrografia Aplicada e diagnóstico do campo da energia humana http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org Cursos desenvolvidos por Instituto Nikola Tesla
  6. 6. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org Laboratório do Instituto Nikola Tesla, Brasília
  7. 7. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org Laboratório do Instituto Nikola Tesla, Brasília
  8. 8. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org Laboratório do Instituto Nikola Tesla, Brasília
  9. 9. RESSONÂNCIA ONDAS ESTACIONÁRIAS NA CAVIDADE RESSONANTE RESSONÂNCIA ACÚSTICA A ressonância acústica é a tendência de um sistema acústico de absorver mais energia quando ele é forçado ou accionado a uma frequência que corresponde a uma das suas próprias frequências naturais de vibração (a sua frequência de ressonância). Uma onda sonora é criada como um resultado de um objecto vibratório. Todos os objetos têm uma freqüência natural ou grupo de freqüências nas quais eles gostam de vibrar. Alguns objectos vibram ou zumbidam de uma única frequência natural, ao passo que outros têm muitos "modos" de vibração e podem vibrar em qualquer um ou todos esses modos de vibração. Uma flauta ou antena de rádio tende a vibrar em uma única freqüência. Ressonância é uma vibração induzida em um objeto e significa som e reverberação, como um eco. http://www.institutotesla.org RESSONÂNCIA DE BOBINA DE TESLA http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org
  10. 10. TORRE DE TESLA WARDENCLYFFE (EUA) SISTEMA MUNDIAL SEM FIO DE TESLA Plano final de Tesla foi para a torre para transmitir sem fio telegrafia, telefonia e energia elétrica em todo o mundo. A torre seria aproveitar a ressonância terrestre, e, em seguida, poder relé para outras torres localizadas estrategicamente, assim eletrizantes mesmo as áreas mais remotas do globo de forma gratuita. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org
  11. 11. Transmissor Amplificador de Tesla Wardenclyffe (EUA) A torre de madeira subiu 187 pés sobre uma grande eixo que descia 120 pés para ancorar profundamente a antena. O chão sob a torre foi com passagens subterrâneas. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org
  12. 12. Em funcionamento, uma poderosa corrente flui através da terra entre os dois terminais aterrados. O acoplamento entre dois terminais elevadas do transmissor é por indução electrostática ou, no caso de um transmissor de alta potência, por verdadeira condução eléctrica através do plasma. Há também um certo grau de acoplamento indutivo magnético entre os dois ressonadores. O tipo e dois transmissor é particularmente bem adequado para a excitação de modos de ressonância de terra. TRANSMISSÃO DE ENERGIA SEM FIOS http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org
  13. 13. Nikola Tesla Laboratório de Colorado Springs EUA http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org Pequena réplica da Torre de Tesla - EUA Laboratório de Engenharia Nuclear Brookhaven
  14. 14. Tesla começou a construir Wardenclyffe em 1900 com 150,000 dólares investidos pela JP Morgan. A construção do laboratório foi projetado pelo arquiteto famoso Stanford White. Ele construiu uma torre de energia 56 metros, mas nunca foi totalmente realizado e em 1917 foi dinamitada pelo governo de EUA, com medo de que estava sendo usado por espiões alemães. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org
  15. 15. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org Laboratório do Instituto Nikola Tesla, Brasília TESLA 3000 – TRANSMISSOR DE ENERGIA AMPLIFICADOR
  16. 16. SISTEMA GLOBAL DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA PROJETO RESSONÂNCIA TERRESTRE TESLA.ORG.BR TESLA.ORG.BR
  17. 17. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org PROJETO RESSONÂNCIA TERRESTRE
  18. 18. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org PROJETO RESSONÂNCIA TERRESTRE Protótipo de transmissor amplificador de Tesla, potência 250kVA
  19. 19. Irradiância solar global média com locais de usinas de Cooperativa Tesla Energia (Brasil, México, Chade, China, Austrália) http://www.teslaenergia.com.brCooperativa Global Tesla Energia A fim de tornar o sistema solar global operacional, é necessário organizar o fluxo de energia elétrica transcontinental em terawatts (TW). Na criação do sistema de energia global vai ser utilizada tecnologia de ressonância para transmissão de energia eléctrica. A humanidade será capaz de unir e concentrar suas reservas de energia e tecnologias, a m de criar condições de vida adequadas para cada pessoa e realização de importantes projetos cientícos e técnicos na Terra e no espaço. SISTEMA GLOBAL DE ENERGIA SOLAR
  20. 20. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org A Cooperativa Global Tesla Energia nasceu da ideia de construção de Usinas Termosolares em locais no planeta com elevada radiação solar. O projeto-piloto da Cooperativa será encampado no Brasil e pretende oferecer, distribuir e transmitir energia de forma livre e descentralizada. A descentralização e geração de energia livre é um esforço conjunto do Instituto Nikola Tesla em Brasília e Tesla Energia Brasil Ltda. O protótipo da instalação é baseado no método ressonante de onda guiada de transmissão de energia a longa distância utilizando um fio único o e aplicações de transmissão de energia por indução a curta distância. COOPERATIVA TESLA ENERGIA http://www.facebook.com/TeslaEnergyCooperative
  21. 21. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org SISTEMAS DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA SEM FIOS
  22. 22. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org SISTEMAS DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA SEM FIOS
  23. 23. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org MÉTODOS RESSONANTES PARA A TRANSMISSÃO DE POTÊNCIA ELÉTRICA 0 I, A V, I l V kmlkmkHzfln 15605 4 0    Г V=0 С D2 R SD1 С   ...3,2,1,0, 4 12  nnl  0 I, A V, I l V 0 I, A V, I l V kmlkmkHzfln 15605 4 0    Г V=0 С D2 R SD1 С D2 R SD1 С R SD1 С   ...3,2,1,0, 4 12  nnl 
  24. 24. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org MÉTODOS RESSONANTES PARA A TRANSMISSÃO DE POTÊNCIA ELÉTRICA
  25. 25. "Essa confluência crítica – a “bifurcação” da trajetória evolutiva – vem quando as flutuações que foram previamente corrigidas pelo auto-estabilização de feedbacks negativos dentro do sistema saem fora de controle: elas quebram a estrutura do sistema. Em seguida, o sistema entra em um período de caos. E isso resulta ou na desintegração do sistema em seus componentes individualmente estáveis (quebra) ou na evolução rápida em direção a um tipo de sistema que é resistente às flutuações que desestabilizavam o sistema anterior (Avanço). "Ervin Laszlo, Caminhos para a civilização planetária (2006) http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br De acordo com Vernadsky, a biosfera se tornou uma força real geológica que está mudando a face da terra, e da biosfera está mudando para a Noosfera. Na interpretação de Vernadsky (1945), a Noosfera, é uma nova etapa evolutiva da biosfera, quando a razão humana irá proporcionar um maior desenvolvimento sustentável, tanto da humanidade quanto do meio ambiente global: "Uma nova característica é transmitida para o planeta por esta poderosa força cósmica. As radiações que fluem sob a Terra fazem com que a biosfera assuma propriedades desconhecidas na superfíce de outros planetas sem vida e, assim, transforme a face da Terra ... Na sua vida, na sua morte e na sua decomposição, um organismo circula seus átomos através do biosfera repetidas vezes. " Vladimir Vernadsky, Biosfera, 1926 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E MEIO AMBIENTE GLOBAL
  26. 26. O pico da produção mundial de petróleo apresenta um problema de risco de gerenciamento sem precedentes. Quanto mais o pico se aproxima, mais os preços dos combustíveis líquidos e a volatilidade dos preços aumenta dramaticamente e, sem atenuação desse quadro, os custos econômicos, sociais e políticos serão imprevisíveis. Os combustíveis fósseis não são o único recurso importante que estão se esgotando rapidamente. Neste século, veremos o fim do crescimento e o declínio em todas as seguintes áreas: População, produção de grãos (total e per capita), produção de urânio, estabilidade climática, disponibilidade de água doce per capita, terras cultiváveis para produção agrícola, psicultura, extração anual de alguns metais e minerais (incluindo o cobre, platina, prata, ouro e zinco). O quadro geral é causado pela interação mútua do excesso de consumo e a escassez emergente. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br A CRISE GLOBAL Pico do Petróleo
  27. 27. Auto-suficiência alcançada com a ajuda de eletricidade, calor e combustível a partir de energias renováveis em combinação com os comportamentos de poupança de energia é visto como o único caminho para estabelecer um sistema energético sustentável. Muitas comunidades e regiões em diferentes países aceitaram estes desafios e criaram o objetivo de alcançar auto-suficiência energética através da utilização de energias renováveis. No final, a auto-suficiência deve ser alcançada em uma escala global. A mudança do sistema de energia para uma estrutura mais descentralizada com base em energias renováveis é caracterizada por diferentes elementos como novas oportunidades tecnológicas, maior envolvimento dos cidadãos, fornecimento de energia regional, a chance de valor acrescentado criado em uma região, o emprego aumentou, assim como por tomada de decisão política os processos que estão cada vez mais presentes nos governos locais. Portanto, para a implementação de energia renovável auto-suficiência para ser bem sucedido, numerosos fatores ecológicos, econômicos, técnicos e sociais têm de ser tomadas em consideração, tornando indispensável uma análise interdisciplinar. Reservas da Biosfera - BrasilProjeto Eden – Reino Unido http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br
  28. 28. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br O Brasil abriga o maior sistema fluvial do mundo em termos de volume: o rio Amazonas possui 4.087 quilômetros de comprimento, sendo que mais de metade está localizada em terras brasileiras. A hidrovia transporta cerca de 20% da quantidade de água doce do mundo para o Oceano Atlântico, e a área coberta por suas afluentes triplica de tamanho durante o curso de um ano. O Aquífero Guarani, que existe no subsolo dos países Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai é um dos sistemas mais importantes do mundo. Aquíferos são uma fonte importante de água doce. Nomeado pelo povo Guarani, abrange 1.200.000 km², com volume de cerca de 40.000 km³, espessura entre 50 m e 800 m e profundidade máxima de cerca de 1.800 m. Estima-se que contém cerca de 37,000 km³ de água. Brasil possui o maior potencial hídrico da Terra
  29. 29. O vórtice de água gravitacional: - Aumenta a área de superfície de água - Maximiza a velocidade do fluxo de água - Divulga contaminantes na água - Concentra energia de rotação no centro do anel de forma a ser utilizada para geração de energia com a turbina simples http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br MICRO GERAÇÃO DE ENERGIA HIDRELÉTRICA
  30. 30. Plano de construção de sistema de geração de energia eletrica atraves de um modelo de micro-usina, baseada na vortice gravitacional da agua. Modelo de tecnologia sustentavel para fornecimento de energia renovavel de forma a baixo custo. O sistema é útil para a colocação em áreas rurais, com o fluxo de água com pequena queda. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br MICRO GERAÇÃO DE ENERGIA HIDRELÉTRICA
  31. 31. Turbina hidrocinética de 1KW na corredeira de Caranã, Municíipio Mazagão Amapá (2006) http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br MICRO GERAÇÃO DE ENERGIA HIDRELÉTRICA
  32. 32. BRASIL - POTENCIAL SOLAR E EÓLICO http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br
  33. 33. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br Radiação solar global diária média anual típica (MJ/m2.dia) O Brasil possui uma irradiação solar anual em superfícies horizontais de cerca de 1.500 até 2.400 kWh/m². Em mérito de comparação, esse valor seria cerca de 900- 1.220 kWh/m² na Alemanha e 1.200-1.850 kWh/m² na Espanha. A área com a menor irradiação solar no sul do Brasil se encontra até 20% mais irradiadas do que a área mais irradiada da Alemanha.
  34. 34. O aproveitamento da energia solar aplicado a sistemas que requerem temperaturas mais elevadas ocorre por meio de concentradores solares, cuja finalidade é captar a energia solar incidente numa área relativamente grande e concentrá-la numa área muito menor, de modo que a temperatura desta última aumente substancialmente. A superfície refletora (espelho) dos concentradores tem forma parabólica ou esférica, de modo que os raios solares que nela incidem sejam refletidos para uma superfície bem menor, denominada foco, onde se localiza o material a ser aquecido. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br APROVEITAMENTO DA ENERGIA SOLAR
  35. 35. COLETORES SOLARES http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br
  36. 36. Coletores solares (concentradores) produzem alta temperatura a converter água em vapor para a transferência de calor Uso: Pode complementar sistemas convencionais de vapor ou gas – Cozinhas comunitárias – Calor de processos industrias – Esterilização e Lavanderia – Refrigeração Poupança e retorno de investimento - O sistema de 100 m2. pode salvar 5.000-10.000 litros de diesel ou 600-1200 cilindros de GLP por ano, dependendo do tipo de tecnologia utilizada – Retorn de investimento em 4-6 anos, dependendo da aplicação - Mais de 140 sistemas de diferentes capacidades instaladas até agora. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br APLICAÇÃO DOS REFLETORES SCHEFFLER NOS PROCESSOS INDUSTRIAIS CONCENTRADOR SOLAR DE FOCO FIXO ESPELHO SCHEFFLER ENTRADA DE ÁGUA ENTRADA DE ÁGUA SAÍDA DE VAPOR REFLETOR RAIOS SOLARES RECEBEDOR
  37. 37. O sistema inclui 10 concentradores de Scheffler de 10m2, gerando cerca de 350 kg de vapor por dia e cerca 6 kg/cm2 de pressão. Tapi Produtos Alimentares tinha instalado com sucesso e usaram a energia solar para a sua gama de produtos que inclui geléias e xaropes INDÚSTRIA DE ALIMENTOS TAPI, GUJARAT (INDIA) – CALOR DE PROCESSO INDUSTRIAL http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br APLICAÇÃO DOS REFLETORES SCHEFFLER NOS PROCESSOS INDUSTRIAIS
  38. 38. Em vez de usar o gás para a produção do xarope de cozinha da cooperativa está equipada com reflectores de seis Scheffler 10m². Cada reflector de luz concentrados para um segundo reflector (no interior do edifício), que ajuda a distribuir a energia uniformemente em torno da parte inferior do recipiente de cozedura. O buraco de setup é projetada para processar até 200 l de suco por dia. Os gasots de combustível serão economizados. Isso pode levar tanto a um preço mais baixo de venda do produto ou a um maior lucro (com preço de venda iguais ou superiores). Uma idéia é comercializar o xarope especificamente como um "produto solar." UM EXEMPLO DE USO DE ENERGIA SOLAR PARA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS: PRODUÇÃO COOPERATIVA DE XAROPE DE AGAVE NO MÉXICO http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br APLICAÇÃO DOS REFLETORES SCHEFFLER NA PRODUÇÂO RURAL
  39. 39. PADARIAS COMUNITÁRIAS SOLARES NO ALTIPLANO ARGENTINO Financiado por BMZ (Ministério Alemão para Cooperação Técnica e Econômica) cinco padarias comunitárias solares foram construídos nos povoados do altiplano argentino. O objetivo é substituir o uso de arbustos como fonte de calor em fornos tradicionais. Cada família prepara o seu pão uma vez por semana em seu próprio forno de adobe, utilizando, em média, 30 kg de arbustos. Devido às condições climáticas extremas áridas e população crescente, o impacto da recolha de lenha é cada vez mais visível. Para proteger a vegetação esparsa, um forno de padaria solar foi desenvolvido utilizando um concentrador Scheffler com 8 m² área de refletor. O forno tem um volume de cerca de 200 litros. Com uma potência de entrada de cerca de 3 kW atinge temperaturas de até 350 ° C. Em alternativa, o forno pode ser movido de lado sobre carris e permite a sua utilização como placa de cozimento. Para cozinhar, um novo tipo de fogão de cerâmica foi desenvolvido. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br APLICAÇÃO DOS REFLETORES SCHEFFLER NA PRODUÇÂO RURAL
  40. 40. O forno de padaria é projetado para um 8 m² Scheffler refletor. A latitude do local é de 22 ° sul. Com uma altura de foco resultante de 78 cm, o forno deve ser colocado sobre uma base de 40 cm, dando um acesso confortável para a câmara de cozedura. A câmara de cozedura mede 60 x 60 x 60 cm. Todo o sistema é totalmente construído a partir de materiais que estão disponíveis na Argentina. O forno funciona sem ventilação activa. Fluxo de ar de convecção é realizado por uma chaminé de 1 metro de comprimento, o que conduz o fluxo de ar para o topo da câmara de cozedura. A partir daqui, o ar passa através das partes de transferências de produtos do cozimento da sua energia térmica e deixa a câmara na parte inferior. Um armazenamento pebblebed situa-se em o fundo, o que ajuda a conservar a energia térmica do ar de circulação. Quando o ar tinha passado através da cama de pedras re-entra no receptor do refletor Scheffler. O receptor é coberto por um revestimento de cerâmica de vidro com anti-reflexo e uma dimensão de 30 cm x 30 cm. O próprio receptor é construído a partir de chapas de ferro, que é dobrado em um perfil zic- zac. De 3 cm largura do canal e 35 cm de profundidade, raios focalizados, que entram a partir do refletor para o receptor zic-zac, são refletidas mais profundo dentro. Isto melhora a eficiência uma vez que as perdas de radiação de alto as temperaturas de operação são minimizados e a resistência ao fluxo de ar é mínima. Numa temperatura de 300 graus a eficiência do sistema consistindo do reflector conjugado com o receptor zic zac-se revelar a aprox. 40%. Assim, o poder disponivel no forno é de cerca de 1.200 W. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br
  41. 41. SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO – BOMBA DE ENERGIA SOLAR TÉRMICA http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br Um coletor solar gera vapor para acionar uma motor bomba simples. Pode levantar 12000 litros por dia de um poço de 7,5 m que pode irrigar cerca de 4000m2.
  42. 42. SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO – BOMBA DE ENERGIA SOLAR TÉRMICA http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br A “Bomba de Água Solar” (Sunpulse Water) é optimizada para o bombeamento autónomo de água com uma profundidade de até 100m, ou para bombear água para terrenos mais elevados. Também pode ser o principal motor para uma variedade de outras aplicações, tais como: Condução de moagens de cereais, serras mecânicas, condução de compressores de ar para armazenar ar comprimido a ser usado em ferramentas pneumáticas, para oxigenação da água, condução de gerador para produzir electricidade. Pormenores técnicos Trabalho com o fluido: Ar. Pressão interna: próxima da pressão atmosférica. Cilindro: 2 m de diâmetro, 50 cm de altura. Temperatura do lado quente: superior a 100 º C Arrefecimento: refrigeração da água bombeada. Controlo: sistema de controlo de eixo único. Capacidade de bombeamento num país com 2000 horas de sol por ano: Irrigação com cerca de 400 mil litros por dia, ou cerca de 80 mil litros por dia a uma profundidade de bombeamento de 10 metros, ou cerca de 25 mil litros por dia a uma profundidade de bombeamento de 30 metros, ou cerca de 15 mil litros por dia a uma profundidade de bombeamento de 50 metros. Estimativa de vida útil de trabalho: aproximadamente 30 anos.
  43. 43. ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA A eletricidade é produzida nos painéis fotovoltaicos, que por sua vez vai para o inversor – responsável por deixá-las com as características da rede elétrica. Ao ser instalada em edificações, a eletricidade solar pode ser utilizada em eletrodomésticos e lâmpadas, trazendo enormes benefícios. O Brasil é um local privilegiado para uma indústria fotovoltaica devido à abundância de Sol e das maiores reservas de silício do mundo. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br
  44. 44. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br
  45. 45. SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO DIAGRAMA DE UM SISTEMA FOTOVOLTAICO DE BOMBEAMENTO COM APLICAÇÕES PARA CONSUMO HUMANO, ANIMAL E IRRIGAÇÃO http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br
  46. 46. SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO Dimensionamento e Custo do sistema Uma análise criteriosa deve ser feita confrontando o custo de extensão da rede elétrica convencional para alimentação de uma bomba comum ou, movida a diesel, versus o bombeamento solar. Essa comparação deve levar em conta não apenas o investimento inicial, mas também os gastos de operação e manutenção, além das características específicas do local e do poço. Na prática o custo do sistema de bomba solar pronto para instalar varia de R$ 1.500 (para alturas manométricas até 42 metros e vazão de 290 litros/hora) até mais de R$ 20.000 (para alturas manométricas até 250 metros). http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br
  47. 47. MICROGERAÇÃO DE ENERGIA RENOVÁVEL http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br A microgeração consiste na produção descentralizada de energia em pequena escala pelo próprio consumidor, através de painéis solares fotovoltaicos, aerogeradores, microturbinas, etc.
  48. 48. SISTEMA AUTÔNOMO http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br Um Sistema Fotovoltaico Autônomo depende unicamente do sol para fornecer potência elétrica às suas cargas. Esse tipo de sistema PV, geralmente, possui um sistema de armazenamento de energia que, na maioria das vezes, é constituído por um Banco de Baterias. Os sistemas PV autônomos são a solução para o problema de eletrificação de locais remotos, onde as concessionárias não chegam, seja por inviabilidade técnica ou financeira. Nesses casos, deve-se levar em conta o custo do sistema fotovoltaico em comparação às linhas de distribuição para levar a energia elétrica ao local. As vantagens dos sistemas PV autônomos, sem considerar os benefícios ambientais, são: - Alta confiabilidade. Um sistema PV bem elaborado fornece energia de forma ininterrupta. - Baixa manutenção. Se comparado com outros sistemas de geração de energia, as tarefas de manutenção são menores. Por não possuírem partes móveis, os sistemas PV podem receber manutenção em períodos mais espaçados. - Fonte de energia inesgotável. O combustível dos sistemas PV é a energia do sol. Mesmo em locais com auto nível de pluviosidade, um sistemas PV corretamente arquitetado pode funcionar de maneira estável. É o caso das estações retransmissoras de telecomunicações. - Livre de ruídos eletromagnético e sonoro. O que é benéfico tanto para sistemas de telecomunicação, quanto para instalações residenciais. - Produção de energia que não libera resíduos ou gases nocivos.
  49. 49. APLICAÇÕES DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS SISTEMAS HÍBRIDOS http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br
  50. 50. Os sistemas fotovoltaicos conectados à rede elétrica fornecem eletricidade para o consumidor junto com a rede elétrica tradicional. Toda a eletricidade produzida a partir do Sol pode ser usada para o consumo próprio. Quando existe luz do Sol o consumidor usa a energia elétrica produzida localmente. Nos períodos em que não existe luz solar o consumidor continua sendo abastecido normalmente pela rede elétrica pública. O sistema fotovoltaico conectado à rede não utiliza baterias para armazenamento de energia, pois a própria rede elétrica é utilizada como meio de armazenamento. Toda a energia gerada pelo sistema fotovoltaico é imediatamente injetada na rede elétrica, sendo consumida internamente ou exportada para a concessionária, de acordo com os níveis de geração e consumo instantâneos. SISTEMA CONECTADO À REDE http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br
  51. 51. A energia que você produz a mais do que você consome pode ser inserida na Rede Pública. Basta instalar um inversor e um medidor bidirecional junto a suas placas fotovoltaicas e comunicar a consessionária. De acordo com o volume de energia produzida você recebe créditos que servirão como descontos em sua próxima conta de luz. A Resolução Normativa 482 da ANEEL - ou simplesmente Resolução 482 ANEEL – estabeleceu as condições gerais para a conexão à rede da microgeração (potência instalada menor que 100kWp) e minigeração (potência instalada entre 100kWp e 1MWp) distribuída no Brasil e criou o Sistema de Compensação de Energia. Este permite que sistemas fotovoltaicos – e outras formas de geração de energia a partir de fontes renováveis com até 1MW de potência instalados em residências e empresas – se conectem a rede elétrica de forma simplificada, atendendo o consumo local e injetando o excedente na rede, gerando créditos de energia. Desta forma, é possível praticamente zerar a conta de luz com o uso da energia solar, pagando apenas o custo de disponibilidade da rede.Quando um sistema fotovoltaico estiver gerando eletricidade, esta será consumida no local. Caso a geração seja maior que o consumo, o excedente é injetado na rede elétrica, gerando créditos de energia. Quando a geração for menor do que o consumo, será utilizada a energia da própria rede elétrica. Os créditos de energia possuem o mesmo valor da eletricidade da rede e podem ser utilizados para abater o consumo, diminuindo assim o valor da conta de energia. PEQUENO PRODUTOR DE ENERGIA ELÉTRICA http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br
  52. 52. O Instituto de Tecnologias Sustentáveis Nikola Tesla, com seus membros associados está iniciando um MOVIMENTO POPULAR PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM MODELO NACIONAL DE ENERGIAS RENOVÁVEIS. Por favor, faça parte de rede de apoio institucional de cidadãos, empresas e governo na criação do novo paradigma de independência energética: A riqueza Sustentável ao Alcance da Sociedade! CRIAÇÃO DO PLANO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DE ENERGIAS RENOVÁVEIS COM FUNDO DE INVESTIMENTO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE SOLUÇÕES NACIONAIS DE USO DE ENERGIAS RENOVÁVEIS CRIAÇÃO DE MODELOS DE MICRO‐GERAÇÃO DE ENERGIA USANDO RECURSOS ENERGÉTICOS RENOVÁVEIS CRIAÇÃO DE UM MODELO NACIONAL DE FINANCIAMENTO DE EQUIPAMENTOS DE ENERGIA SOLAR PARA CASAS POPULARES E COOPERATIVAS DE PRODUTORES FAMILIARES FORTALECIMENTO DE COMUNIDADES RURAIS E INDÍGENAS COM OBJETIVO DE DECENTRALIZAÇAO DE SISTEMAS DE GERAÇÃO E DISTRIBUIÇAO DE ENERGIA CRIAÇÃO DE COOPERATIVAS DE ENERGIAS RENOVÁVEIS CONSCIENTIZAÇÃO DE POPULAÇÃO SOBRE O USO DE ENERGIAS LIMPAS E SUSTENTABILIDADE OBJETIVOS POR FAVOR ASSINE ESTA CAMPANHA http://chn.ge/1fdNIPg http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org
  53. 53. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org
  54. 54. AGROENERGIAPRODUTOR SOLAR http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.tesla.org.br O projeto Baixas foi concebido como um canteiro hidropônico, de cerca de 100m2, levando-se em conta a extrema escassez de água na região, nos períodos de seca. Com a hidroponia é possível recircular água, potencializando seu uso, direcionando-a para as raízes das plantas, com o mínimo de desperdício. Pela inexistência de rede elétrica, foram utilizados módulos de energia solar fotovoltaica para alimentar uma pequena bomba d’água de 12v cc, que faz a recirculação da água no sistema. O tipo de cultura escolhido foi a pimenta, por sua adequação ao sistema hidropônico, resistência e principalmente seu alto valor agregado quando comercializada em forma de vinagrete e/ou desidratada em secadores termo-solares, para comercialização como condimento.
  55. 55. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org ALDEIA SOLAR” é um conceito inovador, desenvolvido para utilizaçao de tecnologias sustentaveis nas comunidades rurais e indígenas com atençao na proteçao de meio ambiente. Trata se aplicaçao de tecnologias de energia solar térmica e fotovoltaica nas areas onde tem necessidade de gasto de energia com visão de substituiçao de fontes de energia non-renovavel como gas e petroleo, e também nas localidades sem acesso a rede elétrica estadual.
  56. 56. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org
  57. 57. http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org ”ALDEIA SOLAR” tem como objetivo a introduzir tecnologias modernas para ajudar o fortalecimento de communidades indigenas, com o foco a construção de um habitat auto- sustentavel. Modelo de ALDEIA SOLAR e um SISTEMA INTEGRADO de uso de energia solar para moradias, casas comunitarias e para produção e processamento de alimentos. Estudo de caso feito na aldeia KUNTAMANÃ demonstra utilização de gasolina com geradores eletricos de combuistivel. Acesso a combustivel não existe permanente durante o ano e gastos a compra e transporte pressionam economia local de comunidades a busca de soluçoes de energias renovaveis.
  58. 58. Boris Petrovic é um cientista e pesquisador do Sistema Integrado da Terra e filósofo noosférico. É engenheiro de sistemas de tele-automação, e parente do cientista Nikola Tesla, tendo estudado com profundidade a camada de magnetosfera da Terra, a ionosfera e a re-conexão magnética. Ele está associado com a Sociedade Serviana Nikola Tesla em Belgrado (Sérvia), com a Fundação Científica Tesla na Filadélfia, e é membro fundador do Fórum Noosférico. Através de um programa de cooperação com o Instituto ISRICA – Instituto de Pesquisa Científica Internacional para Antropo- Ecologia Cósmica, em Novosibirsk, Rússia e com a Fundação da Lei do Tempo em Oregon, EEUU, ele trabalha com as pesquisas sobre consciência cósmica e sobre os métodos de acesso aos estados alterados e intensificados da consciência, inclusive o tempo não-linear e a telepatia. A pesquisa realizada no seu laboratório em Belgrado sobre a transferência de tecnologia sem fio de Tesla, revela o campo de energia potencial que existe de “localidade instantânea” que subjaz nossa realidade. Boris Petrovic é um dos fundadores do Instituto Nikola Tesla em Brasília. Instituto Nikola Tesla, fundado em 2012, é uma organização científica sem fins lucrativos com o objetivo de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias de • Novas fontes da energia • Transferencia de energia sem fio e • Bio-Resonancia Palestras de Boris Petrovic no Brasil nos eventos internacionais: 2012 – Salvador – Simposio Internacional sobre Consciencia “Consciencia Planetaria” 2013 – Sao Paulo – ExpoQuantum “O Augmento da Energia Humana” 2014 – Porto Alegre – Feira Internacional de Software Livre “Instituto Nikola Tesla e Visao da Indenpedencia Energatica” 2014 – Gramado – Conferência Internacional de Saúde Quântica “Noosfera e Consciencia Planetaria” http://www.facebook.com/NikolaTeslaInstitute http://www.institutotesla.org Presidente do Instituto
  59. 59. The Tesla Science Foundation, Philadelphia, EUA http://teslasciencefoundation.org Laboratorio Dr. Korotkov, Rússia http://www.korotkov.org The Albert Einstein and Nikola Tesla Scientific Foundation, Bangkok, Tailândia http://www.einsteinandtesla.com Instituto de Electrificaçao Agricola em Moscou http://www.viesh.ru VORTEX ENERGY / ЭНЕРГИЯ ВИХРЯ http://evgars.com Parceiros Фонд Возрождения Технологий Николы Тесла (Dnipropetrovsk, Ucrânia) http://www.teslatech.com.ua The Institute of new cosmology and the science of time, Servia http://www.n01a.org The Noosphere Forum http://www.noosphereforum.org LAELC Reativos Ltda, Brasil http://www.laelc.com.br

×