Opus pac - Sistema Brasileiro de Unitarização de Doses

1.309 visualizações

Publicada em

Apresentado no IV Fórum Internacional sobre segurança do paciente

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.309
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Opus pac - Sistema Brasileiro de Unitarização de Doses

  1. 1. Sistema Brasileiro de Unitarização de Doses
  2. 2. O Sistema Opus Unitariza Ou seja, Customiza. embala e rotula. Personaliza. Adapta-se a mensagem por segurança. Diferencia a apresentação. + Serve de back-up, se o outro sistema falhar. Coloca alertas. Informa a Enfermagem a forma de administração. Estimula cumprir com as boas praticas. Comunica melhor!
  3. 3. Processos Simplificados
  4. 4. Onde instalar o processo de unitarização?
  5. 5. O mais comum dos erros chama-se: Erro de Comunicação Solução: • Padronização diferenciada • Foco na comunicação • Ser redundante
  6. 6. Como é a situação hoje...
  7. 7. Administração SEM Leitura
  8. 8. No mercado brasileiro existem: • 1.500 fármacos • 5.000 nomes comerciais • 20.000 apresentações de formas e embalagens diferentes. • 43 % dos casos têm similaridade de Cor e Forma, com algum outro medicamento.
  9. 9. Temos criado um sistema paraInduzir à leitura do texto da Unitarização.
  10. 10. Administração COM Leitura
  11. 11. O Sistema Opus inverteu o caminho mais fácil eestá forçando a Leitura.O mais fácil e mais rápido está em Ler.
  12. 12. Comparativa
  13. 13. Próximo passo:Elaborar um Protocolo deConfecção de Etiquetas
  14. 14. Possibilidade de inserir ALERTAS • Medicamento de Estreito Índice Terapêutico • Medicamento Alvo • Medicamento Precipitador • Medicamento Potencialmente Interativo • Medicamento Potencialmente Perigoso. • Monitorize Alergia. • Etc.
  15. 15. Aviso de Boas Práticas: • Horário é MUITO importante! • Medicamento de Horário Estrito • Evite colocar nos mesmos horários vários medicamentos intravenosos • Evite misturar medicamentos na mesma solução ou no mesmo recipiente • Evite administrar nos mesmo horários medicamentos que possuem os mesmos efeitos tóxicos • Obedecer o intervalo de 2 horas na administração de antiácidos e outros medicamentos • Evite associar grupos de "medicamentos alvo" e "precipitadores" nos mesmos horários de administração.
  16. 16. Obrigado! 10

×