Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira, edição concluída às 21h20                                   R$ 1,50Bebê ...
02                            Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira                                            ...
[                 Dia do Presbiteriano                                          ]                                         ...
04            Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira          Como usar as luzinhas neste NatalCRICIÚMA         ...
Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira      05                              ENTREVISTA ESPECIAL                 ...
06               Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira                                                      PAL...
Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira                 07    Suíço da Zona Sul                                  ...
08          Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira           Corinthians é bicampeão do mundo                   ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Hora do Sul

346 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
346
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hora do Sul

  1. 1. Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira, edição concluída às 21h20 R$ 1,50Bebê de oito meses morre em acidente em Rodoviam Criança estava no veículo que se envolveu em um acidente nas primeiras horas da manhã de ontem em Criciúma. PÁGINA 03 DIVULGAÇÃO /HSul m especial Aécio Neves é o entrevistado desta semana Em ent revista para os jor nais da ADI Brasil, o pré- candida- to à presidência da república disse que o at ual gover no des- preza a Federação. O senador ainda resp ondeu a out ras p er- guntas sobre o fut uro do Bra- sil. PÁGINA 05 m Zona Sul Suíço começa com 21 gols no Rincão A temporada esportiva no Bal- neário Rincão teve início nesse sábado com o pontapé do Cam- peonato de Futebol Suíço da Zona Sul. Em sua vigésima edição, o popularmente conhecido campe- onato do Kuqui, trouxe movimen- to para orla. PÁGINA 07 Festinfolc m Ballet Melipal, da Argentina, ficou com o primeiro lugar e conquistou o Pé de Ouro. PÁGINA 07
  2. 2. 02 Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira Em termos de PIB per capita, estamos na quarta posição, à PeloEstado frente do Rio Grande do Sul e do Paraná, e atrás apenas do DF, SP e RJ. Entrevista GLAUCO JOSÉ CÔRTE “Vamos entrar 2013 emFotos: Filipe Scotti/FIESC ritmo de crescimento” O presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Glauco José Côrte, faz uma avaliação do ano de 2012 e projeta as expectativas para 2013. Segundo ele, o ano que se encerra foi ruim para a indústria de uma maneira geral, e em Santa Catarina não foi diferente. Ainda assim, há muitos anúncios de investimentos, tanto da iniciativa privada quanto do poder público, e que devem começar a mostrar resultados em 2013. “Mas, se os investimentos não se confirmarem, especialmente os públicos, 2013 será mais um ano difícil”, afirmou. Santa Catarina camos em 14º, considerando vendas médias industriais do Final de ano esse dado está errado, porque no ranking nacional as transferências para estados Brasil. Na exportação nós te- o setor estaria em caos se isso e municípios e os pagamentos mos, talvez, a maior frustração, “Os últimos meses do ano sem- fosse verdadeiro. Nesse grupo “Nós, hoje, somos a sétima eco- diretos, como salários para os tanto de Santa Catarina quan- pre têm uma pequena reação, está a WEG, de Jaraguá do Sul, nomia do país, em termos de servidores federais lotados no to do Brasil. Pela primeira vez em função das encomendas que está crescendo. Vamos ter Produto Interno Bruto (PIB), estado.” em muitos anos as exportações de final de ano. Mas estamos que esclarecer isso com o IBGE. com R$ 152 bilhões. Já fomos brasileiras caíram quase 5%. acompanhando análises que No geral, chegamos a outubro a sexta, caímos para a oitava Desempenho da economia Santa Catarina, até novem- indicam que o Natal não será com 83% de utilização da capa- posição e retornamos para a catarinense em 2012 bro, teve queda de meio ponto muito forte e os gastos com cidade instalada. Nas vendas, o sétima ao ultrapassarmos o percentual. As importações, presentes serão mais discre- melhor desempenho foi de Má- Distrito Federal. E estamos “O ano de 2012 não foi bom nesse período do ano passado, tos. Por isso, não sabemos se quinas e Equipamentos, com muito próximos da Bahia, que para o país e não foi bom para tinham crescido 25%, e agora haverá alguma recuperação 28%, e o pior foi o de Produtos está em R$ 152 bilhões. Nossa o setor industrial. São poucos estão abaixo de 1%. Essa queda nesse final de ano. Mesmo que de Metal, com -17%” expectativa é que, com os in- os estados que tiveram cresci- é resultado do baixo crescimen- haja um crescimento bastante vestimentos previstos para o mento em sua produção indus- to do país e do baixo nível de expressivo, dificilmente vamos Novos investimentos estado no ano que vem, do se- trial. Somente Goiás, Bahia, investimentos. Não há nenhum fechar no azul.” tor público e do setor privado, Pernambuco e Minas Gerais. efeito ainda das mudanças nos “As expectativas para 2013, em possamos recuperar a sexta E alguns estados que têm par- incentivos fiscais estaduais, Comportamento dos termos de investimentos, são posição já em 2013. Nós temos ticipação muito representativa a chamada Guerra dos Por- segmentos industriais bastante positivas. O Banco boas perspectivas de aumen- no valor da transformação in- tos, que só vão valer em 2013. Central projeta um crescimen- to de investimentos, tanto de dustrial do país, tiveram queda Quando a economia se contrai, “Máquinas e equipamentos, to de 3,5% no ano que vem. A novas empresas quanto das já em índice maior que o de Santa as importações se reduzem.” puxado pelos compressores da possibilidade de alcançarmos instaladas. Em termos de PIB Catarina, como Rio Grande do linha branca, teve o crescimen- esse índice decorre da concre- per capita, estamos na quarta Sul (-3,6%) e São Paulo (-4,4%). Emprego to mais expressivo, de 16,5%, tização dos efeitos das medi- posição, à frente do Rio Gran- A economia praticamente se seguido por Madeira (6,2), das tomadas pelo governo, que de do Sul e do Paraná, e atrás manteve estagnada. Talvez fe- “A notícia mais positiva que Papel e Celulose (3,5%), Têxtil impactaram pouco esse ano. O apenas do Distrito Federal - chemos o ano em 1%. A última podemos dar é em relação à (3,1%) e Metalurgia (1,2%). Em governo agiu. Desonerou fo- cuja riqueza é feita em cima do estimativa da Confederação geração de emprego. Exceto contrapartida, segmentos que lha de pagamento, a situação funcionalismo público - de São Nacional da Indústria (CNI) um segmento industrial, o de têm boa participação no valor do câmbio está melhor, os ju- Paulo e do Rio de Janeiro. Em é de 0,9%. E tivemos 2,7% em Material de Transporte, todos da transformação industrial ros caíram bastante. Mas isso termos relativos, considerando 2011! Há uns dois anos o Banco os demais criaram vagas. De não foram bem em 2012. Os mexeu pouco com a competi- o território e a população do Central começou a divulgar o janeiro a outubro, conside- Minerais não Metálicos, repre- tividade da indústria quando nosso estado, certamente esta- Índice de Atividade Econômica. rando todos os setores, inclu- sentados principalmente pelo se compara com outros países. ríamos em primeiro lugar.” No caso de Santa Catarina, eles sive o público, foram abertas setor cerâmico, teve recuo de Há o anúncio de desoneração estão estimando um crescimen- 85.780 vagas, ou 9,35% abai- 6,7%. O Alimentar, em crise, da folha da construção civil e A indústria catarinense to, de janeiro a setembro, de xo do total de 2011. Já a indús- teve queda de 6,8%, seguido há a expectativa da redução 0,7%, ou seja, estamos abaixo tria catarinense abriu 31.691 pelo Vestuário (-7,9%), Plás- do custo da energia. Até aqui, “Essa é uma informação mui- da expectativa mais pessimista vagas em 2012, número 18% tico e Borracha (-9,7), Veícu- as medidas que o governo tem to importante: Santa Catarina que se tem para o PIB. No mes- superior ao de 2011. Esse in- los Automotores (-15,6%), por tomado estimulam muito mais é o estado em que a indústria mo período, o Brasil teria um cremento mesmo em um ano causa da Busscar, paralisada o consumo do que os investi- tem a segunda maior partici- crescimento de 1,2%, segundo o ruim tem três explicações: É há alguns anos, e Máquinas, mentos, e nós precisamos da pação na formação do PIB. Só Banco Central.” caro demitir; é caro também Aparelhos e Materiais Elétri- retomada dos investimentos. perdemos para o Amazonas, conseguir um novo empre- cos, que, segundo o IBGE, caiu Sem isso, o país não alcançará que tem a Zona Franca de Ma- Principais indicadores gado, uma vez que vivemos quase 42%. Acreditamos que os 3,5% projetados para 2013. naus. Estamos na frente do Rio de desempenho situação de pleno emprego; e Grande do Sul, de São Paulo, o há expectativa da indústria de Glauco José Côrte é empre- estado mais industrializado do “Comparando o mesmo perío- que a economia vai se recupe- sário e bacharel em Direito pela país, Paraná, Minas Gerais e do de 2011 com 2012, percebe- rar. Com isso, a indústria de UFSC, com especializações por Bahia. Também somos o séti- se que, de janeiro a outubro, a transformação de Santa Ca- instituições como UFSC, FGV (RJ), mo estado na arrecadação de produção industrial caiu 2,9%, tarina foi a terceira maior ge- American Graduate School of In- tributos federais. Arrecada- índice igual para o estado e radora de empregos do Brasil ternational Management (Arizona, mos R$ 19 bilhões de janeiro para o país. Nas vendas do se- nesse ano, atrás de São Paulo EUA) e IMD (Lausanne, Suíça). É a outubro. Em recebimentos tor industrial, o crescimento foi (82 mil postos) e de Minas Ge- diretor da CNI e membro do Con- de verbas entretanto, nós fi- de quase 9%, muito acima das rais (38,5 mil postos).” selho Superior Legislativo da CNI. Andréa Leonora ��or�an��o���� �� 17Dez12 CENTRAL DE DIÁRIOS PeloEstado TRINTA INTEGRADOS TRINTA INTEGRADOS peloestado@centraldediarios.com.br DIÁRIOS PRESENÇA EM www.centraldediarios.com.br INTEGRADOS 62% DE SC
  3. 3. [ Dia do Presbiteriano ] Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira 03 Famílias recebem Festinfolc termina com premiação aos vencedores termo de posse CRICIÚMA grupo mais animado. Memoria Y Esperanza, do DIVULGAÇÃO / HSul Carlos Ocerin e Daniza De- Uruguai. nitz, ambos do Ballet Meli- Para o presidente do Cio- Encerramento da quarta pal, da Argentina, foram elei- ff Brasil (Conselho Interna- edição do Festival Interna- tos Muso e Musa do evento. cional das Organizações de cional de Danças Folclóricas No Concurso de Dança de Festivais Folclóricos e Artes de Criciúma (Festinfolc), na Casais, receberam o troféu Tradicionais, Clerton Vieira, noite deste sábado no Par- Professora Terezinha Pasqua- a quarta edição significou que das Nações, contou com lini Miquilin Vanessa Brogni um avanço. “Acompanho o a premiação dos vencedores. e Ricardo Mazarona, do Gru- Festinfolc desde a segunda Os três melhores coreógra- po Folclórico Ítalo Brasileiro edição, e também festivais fos receberam os troféus Pé de Nova Veneza, Ramiro Al- de todo o país. O Festinfolc de Ouro, Pé de Prata e Pé de varez e Gemina Beleregard do está no calendário interna- Bronze. Todos os grupos fo- Ballet Melipal e Paula Souze cional dos grandes festivais ram contemplados ainda com e Rodrigo Coronel do Ballet do mundo”, considera ele. a premiação de participação. Folklorico Memoria Y Es- “E hoje serve de inspiraçãoCom os documentos em mãos cada uma das 600 famílias poderão fazer as escrituras O Ballet Melipal, da Ar- peranza, do Uruguai. Como para muito dos que estão co- gentina, ficou com o primeiro destaques foram premiados meçando, como o festival de lugar no Festival e conquistou a Cia, de Arte Universo em Fortaleza realizado em no-CRICIÚMA insegurança desses cidadãos, terras passassem a ser do mu- o Pé de Ouro. O Pé de Prata Dança, de Butiá, Rio Grande vembro”, ressalta. porque cada um que recebeu nicípio aconteceram através da foi para a Cia. de Arte Univer- do Sul, o Grupo Folclórico De acordo com o presidente esse documento hoje, pode Procuradoria. Após a conclu- so da Dança, do Rio Grande Tropeiros do Litoral, de Itape- da comissão organizadora do Mais de 600 famílias de dizer: aqui é meu chão. Não são do processo, as equipes do Sul, e o Pé de Bronze foi ma, Santa Catarina, o Grupo Festinfolc, Julio Cesar Lopes,Criciúma terão um fim de ano vão correr o risco de perder ou de assistência social da admi- entregue ao Grupo Folcló- Folclórico Alma Pampeana, a quarta edição do Festivalmais animado. Isso porque serem despejados”, afirmou. nistração pública realizaram rico Tropeiros do Litoral, de de Passo Fundo, Rio Grande poderia ter sido ainda maiorna noite dessa sexta-feira Segundo a coordenadora visitas nas residências, duran- Itapema. Os Tropeiros rece- do Sul, Ballet Melipal da Ar- se mais segmentos tivessemelas receberam do prefeito do departamento de Habita- te quase sete meses, para o le- beram também o troféu de gentina e o Ballet Folklorico apoiado o evento.e do vice-prefeito os termos ção, da secretaria do sistema vantamento sócio econômico.de posse dos seus imóveis, Social, Ana Meller, foram “Nessa pesquisa os moradores Bebê morre em acidenteos quais serão peças funda- beneficiadas 603 famílias do responderam um questionáriomentais para a obtenção das bairro Vida Nova e 14 famí- para que a gente tenha todosescrituras. O evento para en- lias do Moradas do Sol. “Com os dados das famílias e assimtrega dos documentos acon- esses termos eles obtiveram a saber de quem são as casas”,teceu no Parque das Nações posse dos imóveis para futu- detalhou Ana.Cincinato Naspolini. ramente receber as escrituras Toda a negociação reali- CRICIÚMA acidente na rodovia Jorge La- pais, que acabou colidindo Na ocasião, o prefeito res- das casas construídas no an- zada e os termos de posse cerda, no bairro Verdinho. A de frente com um microoni-saltou a importância que esses tigo terreno de uma carboní- foram viabilizados pelo Go- via liga Criciúma a BR-101. bus, cujos passageiros nadatermos de posse terão na vida fera”, explicou. verno Municipal, sem gerar Por volta das 6 horas des- Conforme o Hospital San- sofreram.dessas famílias. “Acabou a As negociações para que as custos aos moradores. te domingo, um bebê de ta Catarina, o bebê chegou à O bebê foi socorrido pelo oito meses morreu após dar unidade de saúde com para- Corpo de Bombeiros de For-Mais um entrave para o Sul entrada no Hospital Infantil da cardíaca e não resistiu aos quilhinha. O pai e a mãe da Santa Catarina, em Criciúma. ferimentos. Segundo o Corpo criança foram conduzidos ao A criança estava em um veí- de Bombeiros de Criciúma, o Hospital São José com feri- culo que se envolveu em um bebê estava no carro com os mentos graves.CRICIÚMA Decisão publicada ontem ardo Moreira. Um dos lotes na capital foi emitida com ficou com a Setep Constru- base em questionamento ções, de Criciúma. Caberia a Depois da suspensão do feito pelo consórcio Equipav/ empresa pavimentar o trechoprocesso licitatório que esco- Comsa. A empresa questio- que será construído aindalheria o gestor do Aeroporto na os argumentos usados dentro da cidade, na região Segunda-Feira: sol eRegional de Jaguaruna, mais pelo Deinfra para rejeitar a da Grande Próspera. O custo aumento de nuvensuma obra importante para o proposta apresentada para a apresentado pela Setep é de de manhã. Pancadasdesenvolvimento do Sul do obra. Segundo a empresa, foi R$ 15. 54.824,21. 7 de chuva à tarde eEstado tem o andamento dela o menor valor apresenta- Já a empresa Ivaí Engenha- MANHÃ TARDE NOITE à noite.barrado. Justiça suspendeu o do por todos os concorrentes ria de Obras, de Curitiba (PR)processo licitatório que esco-lheu as empresas responsá- ao edital, mas ainda assim a Equipav acabou excluída. faria a ligação até a 101, pas- sando pela SC-444. O valor 33º Máxima 23º Mínima FONTE: Climatempoveis pela construção da Via Os vencedores haviam sido estimado apresentado pelaRápida, nova ligação de Crici- divulgados recentemente Ivaí para a execução da obraúma com a BR-101 pelo vice Governador Edu- é de R$ 77.173.955,91. expediente DIRETOR EXECUTIVO Régis Cristiano S. da Silva FALE CONOSCO (48) 3430-1530 redacao@horadosul.com.br comercial@horadosul.com.br Representante Central de Comunicação S/S, (48) 3216-0600 Rua Santo Antonio, 680 - Centro - CEP 88811-040 | Criciúma - Santa Catarina
  4. 4. 04 Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira Como usar as luzinhas neste NatalCRICIÚMA escritas em p ort uguês, CUIDADOS advertências e inst r u- Leia se a embalagem ções de como fazer a traz alguma indicação Ap esar das opções va- manutenção das luzi- sobre qual deve ser oriadas de cores e ritmos nhas. Na hora da com- limite de plugues en-com que acendem, os pra, observe a esp essura caixados um no outro.conjuntos de luzinhas do f io (não p ode ser in- Mesmo que permita umsão um dos artigos na- ferior ao estab elecido) número maior, não co-talinos que mais ofere- e se o plugue apresenta necte mais de três emcem riscos (de cho ques, for mato adequado para série, nem divida comde curtos- circuitos e se conectar na tomada. outros aparelhos a to-de incêndios). Por isso, Verif ique se um fusível mada em que as luzesevite comprá-los em co- integrado ao plugue forem ligadas.mércios que não garan- acompanha o conjunto Ao colocar as luzinhastam sua procedência e, de luzes. na árvore, não pendureainda assim, infor me- Repare se há f ios sol- objetos ou ornamentosse se o produto passou tos ou desencapados, sobre os fios e confir-p or algum tip o de ava- se o conjunto realmen- me se não há galhosliação. Sites de entida- te contém o número que possam danificardes ligadas ao consumi- de lâmpadas anuncia- a fiação. Se alguma luzdor, como a Pro Teste do e se são reservadas queimar, faça a troca só(Associação Brasileira algumas lâmpadas de depois de tirar o pluguede Defesa do Consu- rep osição. Teste se as da tomada.midor), cost umam lis- luzinhas funcionam, se Por fim, acenda as lu-tar as marcas que não p ossuem funções pro- zinhas apenas à noite,seguem os padrões de gramadas e se acendem quando houver pessoasex igências. e apagam de for ma rit- no local. Apague duran- Atente-se, também, mada ou embaladas p or te o dia, quando for dor-se a embalagem t raz, uma música. mir e ao sair de casa.
  5. 5. Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira 05 ENTREVISTA ESPECIAL AÉCIO NEVES “Temos um governo que despreza a Federação” Ele nasceu em Belo Horizonte, no início da agitada décadaRicardo FranciscoD’Carvalho de 1960. Sempre um recordista nas urnas, teve quatro mandatos como deputado federal por Minas Gerais e por duas vezes foi governador do Estado que agora representa no Senado. Entre 2001 e 2002, exerceu a função de presidente da Câmara dos Deputados. Filiado inicialmente ao PMDB, em 1989 uniu-se aos políticos que fundaram o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), entre eles, Fernando Henrique Cardoso, Mário Covas e Franco Montoro. O ex-presidente Fernando Henrique é o mais entusiasmado defensor de sua candidatura à presidência da República nas eleições de 2014. E é esse o tema que abre a entrevista exclusiva que o senador Aécio Neves concedeu à reportagem da Central de Diários do Interior e Associação dos Diários do Interior do Brasil (CDI/ADI-BR): “O PSDB tem uma responsabilidade enorme para com o país”. Várias lideranças do rais na saúde pública do Brasil; principal deles foi ter mantido no Congresso Nacional que ção. E na base da proposta que PSDB apontam seu cada vez se gastam mais recur- a política macroeconômica do retira a incidência do PIS/CO- será constituída pelo PSDB está nome como candidato à sos nos estados e municípios, governo do presidente Fer- FINS, na verdade a exemplo do exatamente isso: fortalecimento presidência do país, mas o que são os que menos têm. En- nando Henrique e ampliado que faz os governos do PSDB de municípios e estados, porque senhor tem afirmado que tão, o PSDB tem que falar numa os programas sociais iniciados com os tributos estaduais. É o de forma descentralizada se ad- ainda não é o momento. nova Federação, onde muni- naquele governo. Mas, é claro, que o PSDB defende e é o que o ministra melhor, com mais efi- Por quê? cípios e estados se fortaleçam, há o viés autoritário do governo PSDB cobrará da presidente da ciência e com menos desvios. Aécio Neves - Na verdade, onde haja mais generosidade do PT. Não existe um cidadão República. eu recebo esse lançamento, ou nas questões centrais como brasileiro que possa ser contra Qual o seu recado essa sugestão, do presidente saúde, segurança pública. Para a diminuição da conta de luz. Ela não tem dialogado especialmente para os Fernando Henrique, do presi- se ter uma ideia, 87% de tudo Ao contrário, nós do PSDB pra- com os estados e com o municípios do interior? dente do partido, Sérgio Guer- que se gasta nessa área vêm dos ticamos isso há muitos anos. Parlamento? Aécio Neves - O Brasil não vai ra, como homenagem. Ou, cofres municipais e estaduais. Em Minas Gerais, por exemplo, Aécio Neves - Não. As medi- crescer da forma que precisa, talvez, como um esforço de uni- Temos que falar em eficiência Estado que eu governei por oito das foram tomadas de forma distribuindo riqueza e justiça ficação das forças de oposição. na gestão pública. E parcerias anos, metade das famílias não absolutamente autoritária. Al- social, se não houver um olhar Eu costumo dizer sempre que com o setor privado, parcerias paga ICMS, que é o único im- gumas delas afetando a sobrevi- muito generoso e muito claro, política é a arte de administrar com a sociedade. O governo do posto estadual sobre as contas vência de empresas, que geram em especial para os pequenos e o tempo. Uma decisão correta PT não conseguiu superar ne- de luz, porque são isentos. Nes- dividendos para o Estado. Isso médios municípios. É ali que as num tempo incorreto traz um nhum dos grandes gargalos de ses dez anos, enquanto o go- significa saúde melhor, educa- pessoas vivem. Quem dizia isso resultado que não é o desejá- infraestrutura, seja aeroportu- verno do PSDB de Minas, São ção melhor, segurança melhor era Montoro, mas Ulysses (Gui- vel. O PSDB tem uma respon- ária, portuária, ferroviária, seja Paulo, Paraná, dentre outros, e mais energia para a geração marães) repetia. As pessoas não sabilidade enorme para com o nas nossas rodovias, cada vez de novos empregos no futuro. vivem na União, não vivem no país. A associação de equívoco em pior estado. A ineficiência “O governo Portanto, o que faltou foi diálo- estado; vivem nos municípios. do governo do PT, a associação tem sido uma das principais go, mas, mesmo assim, nós es- E quando eu falo da refundação de escândalo do campo ético do marcas do PT. Tenho dito in- do PT não tamos apontando um caminho da Federação, falo de dotar os governo do PT, o crescimento ternamente, aos nossos com- conseguiu muito claro e objetivo. Para su- municípios de mais recursos, pífio da economia do governo panheiros de partido, que é a perar a meta estabelecida pelo de melhores condições para do PT demandam uma propos- hora do PSDB se reapresentar superar governo basta que o próprio que possam atender melhor as ta alternativa, um projeto alter- à sociedade, renovando seu dis- nenhum governo, que vem arrecadan- demandas de sua gente. Porque nativo para o país. E o PSDB, curso, falando dessas questões, dos grandes do cada vez mais, abra mão do a população da cidade fiscaliza como o maior partido dentre falando da questão ambiental e PIS/COFINS. A questão está muito mais os gastos feitos pelo aqueles que fazem oposição ao falando, sobretudo, da questão gargalos de resolvida e o desconto na con- prefeito do que aquele feito pelo governo, tem a responsabilida- ética, que é fundamental para infraestrutura... ta de luz será de 25%. Essa é a governador ou pelo presidente de de construir e apresentar ao que qualquer projeto de po- ... A ineficiência tem sido proposta do PSDB! da República. Portanto, a ma- país esse projeto. der possa ir adiante. Acredito triz da nossa proposta é o forta- que no momento em que nós uma das principais A Dilma virou as costas lecimento dos municípios, para Qual é o momento então? conseguirmos traduzir para os marcas do PT.” para os estados da que eles possam desenvolver, Aécio Neves - Tenho dito que, brasileiros quais são as nossas oposição? ali mesmo, novas atividades antes do anúncio de um candi- bandeiras, aí sim chegará o mo- dão esse subsídio, portanto, Aécio Neves - Não apenas da econômicas, ter uma educação dato, antes da consolidação de mento de o PSDB apresentar o essa desoneração do tributo es- oposição. O que tem acontecido de qualidade, proporcionar um um nome, nós temos que dizer seu candidato. tadual, o PT cobrou mais de dez ao longo das últimas décadas, atendimento de saúde mais ao país o que é que nós faría- impostos federais, mais de dez mas vem se agravando de forma adequado, até para evitar o êxo- mos de diferente daqueles que A presidente Dilma tributos federais sobre a conta muito clara na última década, é do permanente para os grandes estão no poder. O que o PSDB, Rousseff é considerada de luz. Nós queremos chegar ao a fragilização dos municípios, centros, onde, ilusoriamente, por exemplo, faria em relação autoritária. O senhor objetivo proposto pelo governo dos estados, e a concentração buscam melhores condições à saúde pública, caótica, hoje, acredita que faltou diálogo e ir além. O governo fala 20% cada vez maior de receitas nas de vida e não encontram. Se eu no Brasil, já que o governo do com o Congresso? de redução da conta de luz. Nós mãos da União. Hoje, grande pudesse resumir em uma frase PT vem diminuindo a sua par- Aécio Neves - Olha, eu não achamos que é possível chegar parte dos municípios brasileiros apenas uma nova visão de país, ticipação nos esforços de finan- vejo apenas defeito no governo a 25%. Basta retirar da tarifa o está quase que insolvente. In- diria que a gente tem que co- ciamento do setor. Cada vez se do PT. Certamente, eles tive- PIS e o COFINS. Eu, inclusive, felizmente, nós temos hoje um meçar com um olhar generoso gastam menos recursos fede- ram alguns acertos e, talvez o tenho um projeto tramitando governo que despreza a Federa- para as nossas cidades. Por Ricardo Francisco D’Carvalho | Edição: Andréa Leonora Esta entrevista exclusiva foi disponibilizada para publicação nos 120 diários que formam a rede CDI/ADI-BR e também nos 15 diários da Associação Paulista de Jornais (APJ). A soma desse esforço está representada na tiragem de mais de 1 milhão de exemplares/dia e potencial para atingir quase 6 milhões de leitores. A força do interior na integração editorial.
  6. 6. 06 Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL 2011 www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL 2011 Destilando veneno! Dois Forma de reivindica- Compõem Samba, hip-hop, rock países ção con- Átomo a farma- e sertanejo Força carregado ricos em sagrada física; copeia Quantidade petróleo por Gandhi (Quím.) indígena vigor indeterminada Nelson Rubens Porção de Três ao Nora Nei, cabelos quadrado cantora Você pode acompanhar o Nelson Rubens na Rede TV!, no programa TV Fama, longos e Anseio do Renunciar soltos sem-teto a algo de segunda a sexta, às 19h50’ e, aos sábados, às 20 horas "Fermen- to", em "maltase"l Testamento l Menininha... "É melhor (?) do que Por baixo Adolfo Ce- (?)-fi, drinque à receber" li, diretor base de (dito) vodca Isso vai longe! Antonia Fontenelle - viúva de Até o Neymar quer ver... Bruna Marque- teatralMarco Paulo - revela: ele deixou documento zine é hoje, disparada, a moça mais pedi-que a beneficia. E agora, Flávia Alessandra? da em revistas masculinas. Material de Gelo, em Satélite escrita que inglês de Júpiter substituiu Fronte o papiro (Anat.) Aqui está Cão, em A cegueira inglês prevenida Artefato com vita- de pesca mina A Marcelo Adnet só Utiliza a urna Gargalha Ave insetívora Move a vai para a Globo com eletrônica bicicleta Estou Ministério (aférese) a Dani Calabresa do Exército (sigla) - casal 20 do humor... Sombras; É condição final. fantasmas Conjunto Enfado Sílaba de de países emergentes "time" formado por Brasil, Partícula Rússia, Índia e China de sujeira Pontifícia (?) Powell, Universida- violonista de Católica brasileiro Cruel Autor Fruto sil- Dor nos (abrev.) vestre roxo músculos (Patol.) Alagoas Dígrafo de (sigla) "sangue" Níquel (símbolo) 50, em romanos Item do con- trato (pl.) BANCO 3/dog — ice. 5/baden. 6/melena. 7/abnegar — mialgia. 33 BANCO 3/ten — top. 4/ária — avaí — lues — rest. 5/dândi. 8/magnólia. 105 Solução U L A SSoluçãoS C L A U A N I I M I A L G M O R A A R A P U C N B A D E O T I I T E D T R O S C E S P E A N U I M E R O G M D V O T Al Culpa da Nina l Fiasco E I S E F I C I N H O M P E R G A O B R S D A R Carminha neles! “Avenida Brasil” pode Tiraram o cara errado! Rodrigo Faro seria A S E A M E L E Nvoltar em 2013 como seriado: Ágata cres- o culpado pelo fiasco da edição de verão E N N A Q U E V R EV N O I R Ã E Ice e se vinga de Carminha, que vira milio- de “A Fazenda”. Ao menos seria esta a opi- G E Gnária criando móveis reciclados. nião de Britto Jr. Dizem... Ô, da poltrona. Renato Aragão não quer parar de trabalhar e reage: “A Globo não vai conseguir me aposentar. Se colocar o pijama, morro.” É isso aí, psiti. malhação 17h30 lado a lado 18h Fatinha percebe o princípio de incêndio Zé Maria discute com Isabel. Catarina diz a no quarto e avisa a Bruno. Gil vai atrás Fernando que é importante que Laura pense de Lia e a convida para tocar com ele e que ela e Edgar estão juntos. Diva apresenta Nando. Fatinha é demitida por quase ter Luciano para Neusinha e Quequé, e comunica causado um incêndio no hostel, e Bruno fica a ambos que o ator entrará para a compa- arrasado. Marcela elogia Nando. Rita con- nhia. Edgar avisa a Zé Maria que muitos ma- vida Mathias para ir à sua festa de despe- rujos morreram na prisão. Neusinha confessa dida. Fatinha fica frustrada quando Bruno a Pessoa que teme perder o papel principal se nega a assumir um namoro com ela e do espetáculo para Diva. Elias conta a Zé procura apoio em Lia. Maria que sua mãe não gosta de Isabel. guerra dos sexos 19h salve jorge 21h Nando não consegue se explicar para Wanda entrega presentes a Junior e Lu- Roberta. Frô implora que Roberta lhe aju- cimar. Delzuite defende Pescoço. Lucimar e de. Nieta fala para Nenê que vai desco- Nilceia elogiam Wanda. Morena tem uma brir um jeito de acabar com o romance de ideia para fugir da boate e compartilha sua irmã. Otávio tenta convencer Felipe com Jéssica. Russo e Irina culpam Wanda l Acabou a conquistar a dona da Positano. Juliana pelo fracasso no leilão. Rosângela observa pede para Nieta avisar a Carolina para Morena e Jéssica conversando. Helô repre- Uma vez Flamengo, nunca mais Flamengo! ... Patrícia Amorim nadou, nadou entrar em contato com ela. Nieta se espan- ende Jô por tentar fazer uma investigação. e... Eduardo Bandeira de Mello é o novo presidente do clube. O engraçado ta com a agressividade de Roberta. Frô Barros encontra novas pistas sobre a ado- é que Patrícia era a queridinha das celebridades flamenguistas... volta para o trabalho. ção de Aisha.
  7. 7. Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira 07 Suíço da Zona Sul Esporte Bedeu Fernandes abre a temporada * Interino: Redação Futebol emocionante Antonio Rozeng / HSulBALNEÁRIO RINCÃO O que podemos acompanhar na manhã de car mínimo dá mais um bicampeonato a um ontem pela televisão força a tese de que o time brasileiro. O inglês Chelsea foi melhor futebol é emocionante. O Corinthians levou e dava a impressão de vencer a qualquer A temporada esportiva mais de 20 mil torcedores para o outro lado momento, mas não foi competente. Por isso,no Balneário Rincão teve do mundo, não fez uma boa partida, foi efi- que o futebol é emocionante, anda mais parainício nesse sábado com o ciente nas raras oportunidades e consagrou o os corinthianos. O mundo conheceu o bandopontapé do Campeonato goleiro Cássio. Além disso a vitória pelo pla- de loucos.de Futebol Suíço da ZonaSul. Em sua vigésima edi-ção, o popularmente co- m Reforços Série Anhecido campeonato doKuqui, trouxe movimento Estamos ansiosos pela lista com os dez nomes em nível Série A que serão apresentados nestapara orla, antes mesmo semana pelo gerente de futebol Rodrigo Pastana. A lista tratado a sete chaves é para que ninguémdo começo do veraneio. possa atravessar nas negociações “apalavradas”. Em se confirmado os nomes, o Criciúma mostraForam oito jogos e 21 gols que vai montar um time para brigar pelo título estadual. Único de Santa Catarina na Série A precisanos primeiros oito jogos sim entrar no catarinense para ganhar. Vamos aguardar e depois opiniar.da competição. No sábado, a única par-tida sem gols foi o empate Na manhã de ontem, jogos equilibrados nas areias do Rincão m Plano de sócios 1entre Neto Contabilidade DIVULGAÇÃO / HSule Posto Dário. A equipe venceu o equipe do Ami- Metalurgica Artes derrotouMulticópias, atual cam- gos da Bruxa por 3 a 2. o Naspolini por 3 a 2 e nopeã da competição co- Ontem pela manhã fo- complemento da rodada omeçou bem, vencendo a ram realizados mais dos Girafas empatou por 2 a 2Clínica Dr. Irani por 3 a jogos. No primeiro deles o com o Marlan por 2 a 2.0. Já o Oriente derrotoua Delta Print, por 2 a 0.Pelo mesmo placar, o Jor- XVIII Campeonato de Futebol Suíco de Areia Zona Sul (Diurno) 2012 / 2013ginho Lances perdeu para 1ª RODADA CHAVEo time da Denim. Fechan- Multicópias 3 0 Ocam A 15/12 14h30 Orient 2 0 Delta Print A 15/12 14h30do os jogos deste sábado, Neto Contabilidade 0 0 Posto Dario B 15/12 14h30a equipe do Comerciário Jorginho Lanches 0 2 Denim A 15/12 14h30 Amigos da Bruxa 2 3 Comerciário B 15/12 14h30 Inimigos da Bola 2 0 Kiane B 16/12 9hrs Naspolini 2 3 Metalúrgica Artes B 16/12 9hrs Marlan 2 2 Giraffas A 16/12 9hrs CHAVE A CHAVE B Multicópias 3 1 1 0 0 3 0 3 Inim. da Bola 3 1 1 0 0 2 0 2 Denim 3 1 1 0 0 2 0 2 Comerciário 3 1 1 0 0 3 2 1 Oriente 3 1 1 0 0 2 0 2 Matal. Artes 3 1 1 0 0 3 2 1 3071 Marlan 1 1 0 1 0 2 2 0 Netto Cont. 1 1 0 1 0 0 0 0 Girafas 1 1 0 1 0 2 2 0 Posto Dário 1 1 0 1 0 0 0 0 Jorginho Lanc 0 1 0 0 1 0 2 -2 Am. da Bruxa 0 1 0 0 1 2 3 -1 06 13 19 20 72 Delta Print 0 1 0 0 1 0 2 -2 Naspolini 0 1 0 0 1 2 3 -1 Ocam 0 1 0 0 1 0 3 -3 Kiane 0 1 0 0 1 0 2 -2 1451 Copa Sul com O Criciúma lançou na sex- o preço de R$ 100,00 na ar- Bronze, o sócio terá a cartei- ta-feira a nova modalidade quibancada coberta. Para as rinha de sócio ao pagar R$ 02 10 11 33 52 57 para sócios do Tigre. Para cadeiras, o valor será de R$ 10,00, mas não terá acesso quem quer se tornar sócio a 200,00. Na Carvoeiro Prata aos jogos e nem participar apenas 12 times 1306 partir de agora poderá en- a mensalidade será de R$ de promoções. O pagamento trar em três modalidades. A 30,00 e o associado terá será feito somente com débi- 02 09 10 29 35 Torcida Carvoeiro Ouro dará 50% de desconto na compra to em conta ou pelo cartão acesso a todos os jogos e terá de ingressos. Na Carvoeiro de crédito. 36 43 46 49 53 54 55 57 60 63 CRICIÚMA bosa; a Liga de Tubarão terá 64 82 83 91 92 três e Laguna e Urussanga m Plano de sócios 2 terão duas equipes cada. Um encontro entre os A fórmula da disputa da Uma vantagem na Carvoeiro Ouro é quanto a possibilidade de se ter dependentes com desconto. 4679 presidentes das Ligas Ama- Copa em 2013 terá modifi- Cada familiar de primeiro grau poderá se tornar sócio na arquibancada ao valor de R$ 70,00. Nas doras do Sul do Estado em cações. Na primeira fase, as cadeiras, cada dependente pagará R$ 150,00. O titular pagará o valor da categoria. Durante Tubarão esta semana defi- 12 equipes serão divididas a temporada haverá promoções diferenciadas para os sócios patrimoniais, contribuintes e abertas 500.000,00 36.704 niu alguns itens do regu- em quatro chaves de três ao público. 32.600,00 95.081 32.000,00 56.221 lamento da Copa Sul dos equipes cada e classificam- 31.600,00 66.097 Campeões de 2013. A com- se as duas primeiras para a 30.446,00 44.236 petição, que terá início no segunda fase. Desta fase até m Plano de sócios 3 dia 2 de março, reunirá 12 a fase final, as equipes se clubes das Ligas de Criciú- enfrentarão em partidas eli- Os atuais sócios serão beneficiados com valores inferiores nas mensalidades. Para esses a arqui- ma (Larm), Tubarão (LTF), minatórias de ida e volta. bancada coberta terá o valor de R$ 70,00. Aposentados e estudantes pagarão R$ 50,00. O valor Laguna (LLF) e Urussanga A Liga Urussanguense para crianças será de R$ 20,00. As mensalidades de cadeiras e sócio patrimonial terão o preço de (LUD), pois as demais não de Desportos (LUD) será a R$ 150,00. Haverá também uma modalidade de cadeira infantil, ao valor de R$ 75,00. realizaram campeonatos responsável pela organiza- federados este ano. ção da competição. O con- A Liga Atlética da Região gresso técnico da Copa será m Tudo certo Mineira (Larm) participará realizado no dia 17 de ja- com cinco equipes: Inter , neiro, em Urussanga, onde A renovação com o lateral Marlon está tudo certo. A manutenção deste importante jogador serve Grêmio Turvense, Mãe Lu- será efetuado o sorteio das para formar a base que irá disputar o Catarinense. O time para estreia, inclusive, terá pelo menos zia, Caravaggio e Rui Bar- chaves da primeira fase. a metade dos que ajudaram no acesso.
  8. 8. 08 Criciúma, 17 de dezembro de 2012 l Segunda-feira Corinthians é bicampeão do mundo DIVULGAÇÃO / HSulYokohama Fiel, que não se satisfez solto no meio, nas cos- com uma invasão históri- tas dos volantes, pois não ca. Quase 30 mil corintia- precisava acompanhar o Para delírio de sua apai- nos cantaram sem parar lateral direito Ivanovic,xonada torcida, que deu no Estádio Internacional. que avançava raramente.mais uma prova de amor A estratégia alvinegra Atuando perto de Guer-inacreditável ao tomar o na decisão foi impedir a rero, que fazia mais umaJapão, o Corinthians fez saída de bola com os téc- boa partida e levava am-1 a 0 no Chelsea, ontem, nicos volantes do Chel- pla vantagem sobre o fra-e conquistou o bicampe- sea, Ramires e Lampard. co Cahill, Emerson teveonato mundial (2000 e A ideia era que os ingleses duas oportunidades. Em2012). apostassem em bolas lon- uma delas, completando Nem as sup erstições gas, o que funcionou, mas chute do per uano, chegouajudaram os ingleses. o sistema defensivo tinha a beliscar o poste esquer-Jogando na Terra do Sol dificuldade para cortar os do do goleiro Cech.Nascente e fundado em lançamentos. A etapa derradeira co-um pub coincidentemente Assim, os primeiros mi- meçou com o Chelseachamado de The Rising nutos foram dos ingleses, ainda melhor. Hazard re-Sun em 1905, o club e não que só não marcaram com ceb eu na área e teve o ân-brilhou em Yokohama. A Cahill em escanteio por gulo fechado p elo enor-luz do lampião – sob a milagre de Cássio com a me Cássio antes que oqual nasceu o Timão na coxa. Aos poucos, no en- Corinthians se assentas-esquina das r uas Cônego tanto, o Corinthians co- se em camp o e passasseMartins e dos Imigrantes, meçou a colocar a bola no a se desdobrar no meio-em 1910 – foi mais forte chão e atacar com perigo camp o para fr ust rar ose iluminou a equip e bra- quando roubava a bola em ingleses. Alessandro ergue a taça ao lado dos companheiros para comemorar o bicampeonato mundialsileira. boa posição. Aos 23 minutos, acon- Guerrero balançou a Jorge acompanhava Cole teceu a jogada histórica. para o pé direito, foi tra- povo aliou a inteligência de Rafael Benítez de acio-rede de Petr Cech e foi pela direita, mas Emerson Paulinho tabelou com Jor- vado e, com Petr Cech no à raça. Trocou passes, nar Oscar, Azpilicueta eum monstro em campo, não tinha o posicionamen- ge, carregou pelo meio da chão, viu Guerrero balan- enervou os ingleses e não Marin. Mas, sem um so-assim como Cássio e Da- to esperado, aberto pela área e deixou para Danilo çar a rede de cabeça. perdeu o controle nem frimento extra, não serianilo, mas o astro-rei foi a esquerda. O Sheik estava finalizar. O meia cortou A partir daí, o time do mesmo com as tentativas Corinthians.

×