SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
Administração
De Empresa
Aula 08:
PREMISSAS DA TEORIA PREMISSAS DA TEORIA
=> Em função dessas premissas, a Teoria Y desenvolve um estilo
de direção muito aberto e dinâmico, extremamente
democrático. Utilizando-se desse estilo, administrar passa a ser
um processo
de criar oportunidades, libertar potencialidades, remover
obstáculos, encorajar o crescimento individual e proporcionar
orientação quanto a objetivos.
=> A administração, segundo a Teoria Y, caracteriza-se pelos
seguintes aspectos:
a)A motivação, o potencial de desenvolvimento, a capacidade de
assumir responsabilidade, de dirigir o comportamento para os
objetivos da empresa, todos esses fatores estão presentes nas
pessoas. Não foram criados nas pessoas pela administração. A
administração precisa proporcionar condições para que as
pessoas reconheçam e desenvolvam, por si mesmas, estas
características.
b)A tarefa essencial da administração é criar condições
organizacionais e métodos de operação por meio dos quais as
pessoas possam atingir melhor os seus objetivos pessoais,
dirigindo seus próprios esforços em direção aos objetivos da
empresa.
=> A Teoria Y representa o moderno estilo de direção apregoado
pela Teoria Comportamental ou de Relações Humanas, onde se
propões um estilo de direção francamente participativo e
democrático, baseado nos valores humanos e sociais.
=> Enquanto a Teoria X é uma administração por meio de
controle impostos ao indivíduo, a Teoria Y é uma administração
por objetivos que realça a iniciativa individual.
=> A Teoria X se fundamenta em uma série de pressuposições
errôneas acerca do comportamento humano e apregoa um
estilo de direção mediante fiscalização e o controle rígido
(cumprimento do horário de trabalho, execução de tarefas por
meio de métodos ou rotinas e procedimentos padrões, medidas
disciplinares etc.).
=> Segundo a Teoria Y, administrar é um processo de criar
oportunidades, liberar potenciais rumo ao auto-
desenvolvimento das pessoas.
- A avaliação e a - Avaliação e
X
· As pessoas são
Y
·As pessoas são
esforçadas e gostam de ter
preguiçosas por natureza. o que fazer.
· O trabalho é uma
·As pessoas evitam o atividade tão natural como
trabalho. brincar ou descansar.
·As pessoas evitam a · As pessoas procuram e
responsabilidade, a fim de aceitam responsabilidades
se sentirem mais seguras. e desafios.
· As pessoas podem ser
·As pessoas precisam ser auto-motivadas e auto-
controladas e dirigidas. dirigidas.
· As pessoas são · As pessoas são criativas
ingênuas e sem iniciativa. e competentes.
TEORIA Z
=> É a teoria de liderança e direção de William Ouchi, que
acentua planejamento a longo prazo, decisão por consenso e
lealdade forte e mútua entre chefe e empregados.
=> A chave para aumentar a produtividade é ter os empregados
interessados, com o uso de técnicas como a de círculos de
qualidade, desenvolvimento de habilidades interpessoais
e ampliação das oportunidades e desenvolvimento da carreira.
=> Ouchi comparou a indústria japonesa e a americana, e
constatou as seguintes diferenças:
ORGANIZAÇÕES
JAPONESAS
- Os empregos são
vitalícios.
ORGANIZAÇÕES
AMERICANAS
- Os empregos são a
curto prazo.
b) Sistema de Comunicação => Bastante precário. As
promoção rápidas.
-Rumos da carreira
especializados.
- Técnicas de
controle explícitas.
-Responsabilidade
individual.
-Preocupação com
partes da
organização.
promoção são lentas.
-As carreiras não são
especializadas.
- Utilizam-se de
técnicas de controle
implícitas ou de auto-
controle.
-Responsabilidade
coletiva.
-Preocupação com
toda a organização.
Sistemas de Administração
SISTEMAS DE ADMINISTRAÇÃO
=> Não existe um sistema único de administração. Varia de
acordo com inúmeras variáveis, que acabam diferenciando
cada uma das formas de administração.
=> Existem pelo menos 4 sistemas administrativos, a saber:
· Sistema Autoritário-Coercitivo;
· Sistema Autoritário-Benevolente;
· Sistema Consultivo;
· Sistema Participativo.
1. SISTEMA AUTORITÁRIO-COERCITIVO
=> É um sistema administrativo autocrático e forte, coercitivo e
arbitrário, e que controla rigidamente tudo o que ocorre dentro
da empresa. É o sistema mais duro e fechado.
=> Suas principais características são:
a) Processo Decisorial => Totalmente centralizado na cúpula da
empresa. Todas as ocorrências imprevistas e não-rotineiras
devem ser levadas à cúpula para resolução, e todos os eventos
devem ser decididos exclusivamente pela cúpula da empresa. O
nível institucional fica sobrecarregado com a tarefa decisorial.
rotinas e sujeitas à aprovação posterior, prevalecendo o aspecto
comunicações ocorrem sempre verticalmente, no sentido
descendente, predominando ordens e raramente
orientações. Não existem comunicações laterais. As
pessoas não são solicitadas a gerar informações, o que faz
com que as decisõescúpula se baseiem em informações limitadas etomadas na
geralmente
Interpessoal
considerado
incompletas e errôneas. c)
=> O relacionamento entre
prejudicial ao bom andamento
Relacionamento
as pessoas é
dos trabalhos. A
cúpula empresarial vê com desconfiança as conversas informais
entre as pessoas e procura coibi-las ao máximo. A organização
informal é abafada/escondida. Para evitá-la, os cargos e tarefas
são definidos para isolar as pessoas umas das outras e evitar o
seu relacionamento. d) Sistema de Recompensas e Punições =>
Há uma ênfase nas punições e nas medidas disciplinares,
gerando um ambiente de temor e desconfiança. As pessoas
precisam obedecer às regras e aos regulamentos internos à
risca e executar suas tarefas de acordo com os
métodos e procedimentos em vigor. Se as pessoas cumprirem
fielmente as suas obrigações, elas não estão fazendo nada
mais que a sua obrigação. As recompensas são raras e,
quando eventualmente ocorrem, são predominantemente
materiais e salariais.
=> Esse sistema geralmente é encontrado em empresas que
utilizam mão-de-obra intensiva e tecnologia rudimentar, onde o
pessoal empregado é de nível extremamente baixo, como
ocorre na área de produção das empresas de
construção civil, pavimentação de estradas etc.
2. SISTEMA AUTORITÁRIO-BENEVOLENTE
=> É um sistema administrativo autoritário, porém mais suave do
que o coercitivo. No fundo, é um sistema autoritário-coercitivo
mais condescendente e menos rígido.
=> As principais características do sistema autoritário-
benevolente são:
a) Processo Decisorial => É centralizado na cúpula
administrativa, permitindo pouca delegação quanto a decisões
de pequeno porte e de caráter rotineiro e repetitivo, baseadas
em
Comunicações => São previstas comunicações
centralizador.
b)Sistema de Comunicações => É relativamente precário,
prevalecendo as comunicações verticais e descendentes, embora
a cúpula se oriente em comunicações ascendentes, vindas dos
escalões mais baixos, como retroação (feedback) de suas
decisões.
c) Relacionamento Interpessoal => A organização tolera que as
pessoas se relacionem entre si, em um clima de
condescendência relativa. A organização informal é considerada
ainda uma ameaça aos interesses e objetivos da empresa. d)
Sistemas de Recompensas e Punições => Ainda há ênfase nas
punições e nas medidas disciplinares, mas o sistema é menos
arbitrário e oferece algumas recompensas materiais e
salariais mais freqüentes, e raras recompensas do tipo simbólico
ou social.
=> O sistema autoritário-benevolente é freqüentemente
encontrado em empresas industriais que utilizam tecnologia
mais apurada e mão-de-obra mais especializada, mas mantendo
ainda
alguma forma de coerção para não perder o controle sobre
o comportamento das pessoas (como no caso da área de
produção e montagens de empresas industriais).
2. SISTEMA CONSULTIVO
=> É um sistema que pende mais para o lado Participativo do que
para o lado Autocrático. Representa um gradativo abrandamento
da arbitrariedade organizacional.
=> As principais características do Sistema Consultivo são:
a) Processo Decisorial => É do tipo participativo e consultivo.
Participativo porque as decisões específicas são delegadas aos
diversos níveis hierárquicos e devem orientar-se pelas políticas e
diretrizes definidas pelo nível institucional para
balizar/nortear todas as decisões e ações dos demais níveis.
Consultivo porque a opinião e os pontos de vista dos
níveis inferiores são considerados na definição das políticas
e diretrizes que os afetam, muito embora essas decisões
sejam posteriormente submetidas à aprovação da cúpula da
empresa. b) Sistemas de
importante para o efetivo relacionamento entre as pessoas. As
verticais no sentido descendente (mais voltadas para orientação
ampla do que para ordens específicas) e ascendente, bem
como comunicações laterais entre os pares.
c)Relacionamento Interpessoal =>O temor e a ameaça de
castigos e sansões disciplinares não existem. A confiança
depositada nas pessoas já é bem mais elevada, embora ainda
não completa e definitiva. A empresa cria condições favoráveis a
uma organização informal sadia e positiva.
d)Sistemas de Recompensas e Punições => Há ênfase nas
recompensas materiais (como incentivos salariais, atrativos de
promoções e novas oportunidades profissionais) e
simbólicas (como prestígio e status), embora
eventualmente ocorram punições e castigos.
=> O sistema consultivo é usualmente empregado em empresas
de serviços (como é o caso dos bancos e financeiras) e em
certas áreas administrativas de empresas industriais mais
organizadas e avançadas em termos de relações com
empregados.
3. SISTEMA PARTICIPATIVO
=> É o sistema administrativo democrático por excelência. É o
mais aberto de todos os sistemas.
=> As principais características do sistema participativo são:
a)Processo Decisorial => As decisões são totalmente delegadas
aos níveis organizacionais. Embora o nível institucional defina as
políticas e diretrizes, ele apenas controla os resultados, deixando
as decisões totalmente a cargo dos diversos níveis hierárquicos.
Apenas em ocasiões de emergência os altos escalões assumem
decisivamente, porém sujeitando-se à ratificação explícita dos
grupos envolvidos.
b)Sistema de Comunicações => As comunicações fluem em
todas as direções e a empresa faz investimentos em sistemas de
informação, pois são básicos para sua flexibilidade e eficiência.
c)Relações Interpessoais => O trabalho é quase totalmente
realizado em equipes. A formação de grupos espontâneos é
relações interpessoais baseiam-se principalmente na
confiança mútua entre as pessoas e não em esquemas
formais (como
descrições de cargos, relações formas previstas no organograma
etc.). O sistema permite participação e envolvimento grupal
intensos, de modo que as pessoas se sintam responsáveis pelo
que decidem e fazem em todos os níveis hierárquicos. d) Sistema
de Recompensas e Punições => Há uma ênfase nas
recompensas, principalmente as simbólicas e sociais, embora
não sejam omitidas as recompensas materiais e salariais. Muito
raramente ocorrem punições, as quais quase sempre são
decididas e definidas pelos grupos envolvidos.
=> O sistema participativo é adotado em empresas que utilizam
sofisticada tecnologia e onde o pessoal é extremamente
especializado e desenvolvido (como é o caso de empresas de
serviços de propaganda, de consultoria etc.), onde os
profissionais desenvolvem uma atividade extremamente
complexa.
Estrutura Organizacional
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
=> Organização pode ser entendida sob dois aspectos distintos,
a saber:
1.Organização como uma entidade social ou empresa, na
qual as pessoas interagem entre si para a consecução de
objetivos comuns e específicos.
2. Organização como função administrativa.
=> A organização como entidade social ou empresa, pode ser
visualizada sob dois aspectos:
a) organização formal: é a organização constituída formal e
oficialmente; dispõe de contrato social, objetivos claramente
definidos, etc.; b) organização informal: é a organização que
emerge espontânea e naturalmente entre as pessoas; forma-se
a partir das relações de amizade; pode surgir, também, de
uma distorção causada pelo administrador, na organização
formal.
tomada de decisão, mediante definição dos níveis de autoridade
=> A organização como uma função administrativa significa um
processo (envolve planejamento, direção e controle) de
estruturação que envolve conjunto de atribuições, atividades e
recursos (humanos e materiais) destinados a atingir os objetivos
pré-estabelecidos.
=> É através da organização que a empresa reúne e integra os
seus recursos, define a estrutura das áreas funcionais,
estabelece a divisão do trabalho, define os níveis de autoridade e
responsabilidade, etc.
=> Cada empresa tem o seu modo próprio de organizar sua
estrutura interna, definir as atribuições para cada unidade
administrativa, agrupar recursos, estabelecer hierarquia
de autoridade, etc.
=> Enquanto o nível institucional se preocupa com o desenho
(estrutura) organizacional no âmbito da empresa como um todo,
o nível intermediário fica com a incumbência de detalhar o
desenho dos departamentos. O nível operacional fica
com a responsabilidade de definir o desenho dos cargos e
das tarefas de produzir, que é a tarefa básica da empresa.
=> A estrutura organizacional representa os órgãos que
compõem a empresa e suas relações de interdependência,
ou seja, como as atribuições e responsabilidades serão
divididas entre os departamentos, divisões e demais unidades.
=> A principal função da estrutura organizacional é contribuir para
o alcance dos objetivos empresariais. Existem 4 maneiras para
esta contribuição:
·Como estrutura básica: pela divisão do trabalho organizacional
e da alocação dos recursos empresariais. A estrutura básica
define como serão divididas ou segmentadas as funções
dentro da empresa e o respectivo formato organizacional.
·Como mecanismo de operação: indicando aos funcionários da
empresa o que deve e o que não deve ser feito, através da
descrição de cargos, normas e procedimentos e rotinas de
trabalho, padrões de desempenho, sistemas de avaliação, etc.
· Como mecanismo de decisão: estabelecendo o processo de
a) atribuições: descrição das atribuições das unidades
e responsabilidade dos administradores e demais funcionários
da empresa.
·Como mecanismo de coordenação entre as partes: definindo
como a organização deverá harmonizar e integrar as
diversas áreas funcionais, em razão da divisão do
trabalho ou departamentalização.
DAS ESTRUTURASCARACTERÍSTICAS
ORGANIZACIONAIS
1. Quanto à diferenciação
=> Refere-se à divisão do trabalho organizacional
(estruturação) mais adequada para se atingir os objetivos
empresariais. => A estruturação de uma empresa pode ser
realizada de três maneiras distintas:
a) pela diferenciação horizontal: através da departamentalização;
b) pela diferenciação vertical: através dos níveis hierárquicos ou
escalas de autoridade; c) pela diferenciação em tarefas
especializadas: através de órgãos de staff ou assessoria. =>
Quanto maior a diferenciação, maior a heterogeneidade dentro
da organização da empresa, pois ela gera maior número
de unidades diferentes, maior número de níveis hierárquicos e
maior número de órgãos especializados ou de staff.
2. Quanto à formalização
=> É a técnica de definir como, quando e por quem as
atribuições deverão ser executadas.
=> Refere-se ao grau em que as atribuições das áreas funcionais,
as políticas, diretrizes, normas, regras, regulamentos e
disciplinando eprocedimentos são definidos e divulgados,
orientando os administradores e funcionários da empresa, na
execução de suas respectivas tarefas.
=> Quanto maior a formalização, mais a empresa se torna
burocrática, fechada, formalizada, rotinizada, bem-definida e
programada.
=> A formalização pode ser feita através de:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 4. principios de autoridade e responsabilidade.pptm
Aula 4.   principios de autoridade e responsabilidade.pptmAula 4.   principios de autoridade e responsabilidade.pptm
Aula 4. principios de autoridade e responsabilidade.pptmClaudio Parra
 
ADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacionalADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacionalGabriel Faustino
 
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura Organizacional
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura OrganizacionalAula 3 - Dimensão 1 - Estrutura Organizacional
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura OrganizacionalProf. Leonardo Rocha
 
Aula 01 administração de empresas
Aula 01 administração de empresasAula 01 administração de empresas
Aula 01 administração de empresasHomero Alves de Lima
 
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura OrganizacionalAula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura OrganizacionalProf. Leonardo Rocha
 
Desenho Organizacional
Desenho OrganizacionalDesenho Organizacional
Desenho OrganizacionalThatiana Karen
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...A. Rui Teixeira Santos
 
E book em-pdf-ufcd-0649--estrutura-e-comunicacao-organizacional
E book em-pdf-ufcd-0649--estrutura-e-comunicacao-organizacionalE book em-pdf-ufcd-0649--estrutura-e-comunicacao-organizacional
E book em-pdf-ufcd-0649--estrutura-e-comunicacao-organizacionalMaria Santos
 
Estrutura organizacional cespe
Estrutura organizacional   cespeEstrutura organizacional   cespe
Estrutura organizacional cespehugomagal
 
ADM - Modelos organizacionais
ADM - Modelos organizacionaisADM - Modelos organizacionais
ADM - Modelos organizacionaisGabriel Faustino
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacionalCorreios
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacionalClaudio Parra
 

Mais procurados (20)

Aula 4. principios de autoridade e responsabilidade.pptm
Aula 4.   principios de autoridade e responsabilidade.pptmAula 4.   principios de autoridade e responsabilidade.pptm
Aula 4. principios de autoridade e responsabilidade.pptm
 
Aula 1 organograma e departamentalizacao
Aula 1   organograma e departamentalizacaoAula 1   organograma e departamentalizacao
Aula 1 organograma e departamentalizacao
 
Trabalho de TGA I - Modelos de Organização
Trabalho de TGA I - Modelos de OrganizaçãoTrabalho de TGA I - Modelos de Organização
Trabalho de TGA I - Modelos de Organização
 
ADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacionalADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacional
 
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura Organizacional
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura OrganizacionalAula 3 - Dimensão 1 - Estrutura Organizacional
Aula 3 - Dimensão 1 - Estrutura Organizacional
 
Aula 01 administração de empresas
Aula 01 administração de empresasAula 01 administração de empresas
Aula 01 administração de empresas
 
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura OrganizacionalAula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
 
Fs006
Fs006Fs006
Fs006
 
Desenho Organizacional
Desenho OrganizacionalDesenho Organizacional
Desenho Organizacional
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 
Organização
OrganizaçãoOrganização
Organização
 
E book em-pdf-ufcd-0649--estrutura-e-comunicacao-organizacional
E book em-pdf-ufcd-0649--estrutura-e-comunicacao-organizacionalE book em-pdf-ufcd-0649--estrutura-e-comunicacao-organizacional
E book em-pdf-ufcd-0649--estrutura-e-comunicacao-organizacional
 
1
11
1
 
Estrutura organizacional cespe
Estrutura organizacional   cespeEstrutura organizacional   cespe
Estrutura organizacional cespe
 
Organização Empresarial
Organização EmpresarialOrganização Empresarial
Organização Empresarial
 
ADM - Modelos organizacionais
ADM - Modelos organizacionaisADM - Modelos organizacionais
ADM - Modelos organizacionais
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacional
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
 
Estruturas e processos organizacionais v 5.1
Estruturas e processos organizacionais  v 5.1Estruturas e processos organizacionais  v 5.1
Estruturas e processos organizacionais v 5.1
 

Semelhante a Teorias Administrativas Y e Z

TGA - Aula de Teoria Comportamental uma Sintese
TGA - Aula de Teoria Comportamental uma SinteseTGA - Aula de Teoria Comportamental uma Sintese
TGA - Aula de Teoria Comportamental uma SintesePedro Luis Moraes
 
Teoria Comportamental
Teoria ComportamentalTeoria Comportamental
Teoria Comportamentaladmetz01
 
Teoria comportamental da administração
Teoria comportamental da administraçãoTeoria comportamental da administração
Teoria comportamental da administraçãoangelaadan
 
Introdução Geral a Administração
Introdução Geral a AdministraçãoIntrodução Geral a Administração
Introdução Geral a AdministraçãoJeane Santos
 
Apresentação Webinário 3 - Gestão 3.0 e Feedback.pdf
Apresentação Webinário 3 - Gestão 3.0 e Feedback.pdfApresentação Webinário 3 - Gestão 3.0 e Feedback.pdf
Apresentação Webinário 3 - Gestão 3.0 e Feedback.pdfmariasantana771293
 
Comportamento Organizacional - Técnico em Comércio
Comportamento Organizacional - Técnico em ComércioComportamento Organizacional - Técnico em Comércio
Comportamento Organizacional - Técnico em ComércioAntonio Pinto Pereira
 
ECO - COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL.pdf
ECO - COMPORTAMENTO  ORGANIZACIONAL.pdfECO - COMPORTAMENTO  ORGANIZACIONAL.pdf
ECO - COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL.pdfProfWellingtonAleixo
 
Aula 1 Fundamentos E Conceitos
Aula 1 Fundamentos E ConceitosAula 1 Fundamentos E Conceitos
Aula 1 Fundamentos E ConceitosUniversidade
 
Atps tecnologias de gestão
Atps tecnologias de gestãoAtps tecnologias de gestão
Atps tecnologias de gestão55556681
 
Modelos de liderança 2a aula- 24/02/2011
Modelos de liderança 2a aula- 24/02/2011Modelos de liderança 2a aula- 24/02/2011
Modelos de liderança 2a aula- 24/02/2011Unip e Uniplan
 

Semelhante a Teorias Administrativas Y e Z (20)

TGA - Aula de Teoria Comportamental uma Sintese
TGA - Aula de Teoria Comportamental uma SinteseTGA - Aula de Teoria Comportamental uma Sintese
TGA - Aula de Teoria Comportamental uma Sintese
 
EXPRESS LIDER - LIDERANÇA
EXPRESS LIDER - LIDERANÇAEXPRESS LIDER - LIDERANÇA
EXPRESS LIDER - LIDERANÇA
 
Teoria Comportamental
Teoria ComportamentalTeoria Comportamental
Teoria Comportamental
 
Teoria comportamental da administração
Teoria comportamental da administraçãoTeoria comportamental da administração
Teoria comportamental da administração
 
Introdução Geral a Administração
Introdução Geral a AdministraçãoIntrodução Geral a Administração
Introdução Geral a Administração
 
Apresentação Webinário 3 - Gestão 3.0 e Feedback.pdf
Apresentação Webinário 3 - Gestão 3.0 e Feedback.pdfApresentação Webinário 3 - Gestão 3.0 e Feedback.pdf
Apresentação Webinário 3 - Gestão 3.0 e Feedback.pdf
 
Administração
AdministraçãoAdministração
Administração
 
Comportamento Organizacional - Técnico em Comércio
Comportamento Organizacional - Técnico em ComércioComportamento Organizacional - Técnico em Comércio
Comportamento Organizacional - Técnico em Comércio
 
Personalidade valores e atitudes
Personalidade valores e atitudesPersonalidade valores e atitudes
Personalidade valores e atitudes
 
ECO - COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL.pdf
ECO - COMPORTAMENTO  ORGANIZACIONAL.pdfECO - COMPORTAMENTO  ORGANIZACIONAL.pdf
ECO - COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL.pdf
 
Abordagem Neoclássica
Abordagem NeoclássicaAbordagem Neoclássica
Abordagem Neoclássica
 
Aula 1 Fundamentos E Conceitos
Aula 1 Fundamentos E ConceitosAula 1 Fundamentos E Conceitos
Aula 1 Fundamentos E Conceitos
 
4 Neocl%E1ssica
4   Neocl%E1ssica4   Neocl%E1ssica
4 Neocl%E1ssica
 
.10.10.intelig.emocional.
.10.10.intelig.emocional..10.10.intelig.emocional.
.10.10.intelig.emocional.
 
Atps tecnologias de gestão
Atps tecnologias de gestãoAtps tecnologias de gestão
Atps tecnologias de gestão
 
Gestão 3.0
Gestão 3.0 Gestão 3.0
Gestão 3.0
 
Aula ii unidade
Aula ii unidadeAula ii unidade
Aula ii unidade
 
Liderana 1210184941713462-8
Liderana 1210184941713462-8Liderana 1210184941713462-8
Liderana 1210184941713462-8
 
Modelos de liderança 2a aula- 24/02/2011
Modelos de liderança 2a aula- 24/02/2011Modelos de liderança 2a aula- 24/02/2011
Modelos de liderança 2a aula- 24/02/2011
 
Aula 07 recursos humano
Aula 07 recursos humanoAula 07 recursos humano
Aula 07 recursos humano
 

Mais de Homero Alves de Lima

Aula 01 curso de administração de hotel
Aula 01 curso de administração de hotelAula 01 curso de administração de hotel
Aula 01 curso de administração de hotelHomero Alves de Lima
 
Simulado de matemática e suas tecnologias
Simulado de matemática e suas tecnologiasSimulado de matemática e suas tecnologias
Simulado de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologias
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologiasSimulado de linguagens, códigos e suas tecnologias
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Simulado de ciências humanas e suas tecnologias
Simulado de ciências humanas e suas tecnologiasSimulado de ciências humanas e suas tecnologias
Simulado de ciências humanas e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologias
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologiasSimulado de ciências da natureza e suas tecnologias
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Caderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redaçãoCaderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redaçãoHomero Alves de Lima
 
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologias
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologiasCaderno de exercícios de matemática e suas tecnologias
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 09 de matemática e suas tecnologias
Aula 09 de matemática e suas tecnologiasAula 09 de matemática e suas tecnologias
Aula 09 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 08 de matemática e suas tecnologias
Aula 08 de matemática e suas tecnologiasAula 08 de matemática e suas tecnologias
Aula 08 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 07 de matemática e suas tecnologias
Aula 07 de matemática e suas tecnologiasAula 07 de matemática e suas tecnologias
Aula 07 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 06 de matemática e suas tecnologias
Aula 06 de matemática e suas tecnologiasAula 06 de matemática e suas tecnologias
Aula 06 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 05 de matemática e suas tecnologias
Aula 05 de matemática e suas tecnologiasAula 05 de matemática e suas tecnologias
Aula 05 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 04 de matemática e suas tecnologias
Aula 04 de matemática e suas tecnologiasAula 04 de matemática e suas tecnologias
Aula 04 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 03 de matemática e suas tecnologias
Aula 03 de matemática e suas tecnologiasAula 03 de matemática e suas tecnologias
Aula 03 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 02 de matemática e suas tecnologias
Aula 02 de matemática e suas tecnologiasAula 02 de matemática e suas tecnologias
Aula 02 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 01 de matemática e suas tecnologias
Aula 01 de matemática e suas tecnologiasAula 01 de matemática e suas tecnologias
Aula 01 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 

Mais de Homero Alves de Lima (20)

Aula 01 curso de administração de hotel
Aula 01 curso de administração de hotelAula 01 curso de administração de hotel
Aula 01 curso de administração de hotel
 
Sumulando uma prova do enem
Sumulando uma prova do enemSumulando uma prova do enem
Sumulando uma prova do enem
 
Simulado de matemática e suas tecnologias
Simulado de matemática e suas tecnologiasSimulado de matemática e suas tecnologias
Simulado de matemática e suas tecnologias
 
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologias
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologiasSimulado de linguagens, códigos e suas tecnologias
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologias
 
Simulado de ciências humanas e suas tecnologias
Simulado de ciências humanas e suas tecnologiasSimulado de ciências humanas e suas tecnologias
Simulado de ciências humanas e suas tecnologias
 
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologias
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologiasSimulado de ciências da natureza e suas tecnologias
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologias
 
Caderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redaçãoCaderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redação
 
Aula 02 redação
Aula 02 redaçãoAula 02 redação
Aula 02 redação
 
Aula 01 redação
Aula 01 redaçãoAula 01 redação
Aula 01 redação
 
Conteúdo programático redação
Conteúdo programático redaçãoConteúdo programático redação
Conteúdo programático redação
 
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologias
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologiasCaderno de exercícios de matemática e suas tecnologias
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologias
 
Aula 09 de matemática e suas tecnologias
Aula 09 de matemática e suas tecnologiasAula 09 de matemática e suas tecnologias
Aula 09 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 08 de matemática e suas tecnologias
Aula 08 de matemática e suas tecnologiasAula 08 de matemática e suas tecnologias
Aula 08 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 07 de matemática e suas tecnologias
Aula 07 de matemática e suas tecnologiasAula 07 de matemática e suas tecnologias
Aula 07 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 06 de matemática e suas tecnologias
Aula 06 de matemática e suas tecnologiasAula 06 de matemática e suas tecnologias
Aula 06 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 05 de matemática e suas tecnologias
Aula 05 de matemática e suas tecnologiasAula 05 de matemática e suas tecnologias
Aula 05 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 04 de matemática e suas tecnologias
Aula 04 de matemática e suas tecnologiasAula 04 de matemática e suas tecnologias
Aula 04 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 03 de matemática e suas tecnologias
Aula 03 de matemática e suas tecnologiasAula 03 de matemática e suas tecnologias
Aula 03 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 02 de matemática e suas tecnologias
Aula 02 de matemática e suas tecnologiasAula 02 de matemática e suas tecnologias
Aula 02 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 01 de matemática e suas tecnologias
Aula 01 de matemática e suas tecnologiasAula 01 de matemática e suas tecnologias
Aula 01 de matemática e suas tecnologias
 

Último

Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceRonisHolanda
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 

Último (20)

Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 

Teorias Administrativas Y e Z

  • 2. PREMISSAS DA TEORIA PREMISSAS DA TEORIA => Em função dessas premissas, a Teoria Y desenvolve um estilo de direção muito aberto e dinâmico, extremamente democrático. Utilizando-se desse estilo, administrar passa a ser um processo de criar oportunidades, libertar potencialidades, remover obstáculos, encorajar o crescimento individual e proporcionar orientação quanto a objetivos. => A administração, segundo a Teoria Y, caracteriza-se pelos seguintes aspectos: a)A motivação, o potencial de desenvolvimento, a capacidade de assumir responsabilidade, de dirigir o comportamento para os objetivos da empresa, todos esses fatores estão presentes nas pessoas. Não foram criados nas pessoas pela administração. A administração precisa proporcionar condições para que as pessoas reconheçam e desenvolvam, por si mesmas, estas características. b)A tarefa essencial da administração é criar condições organizacionais e métodos de operação por meio dos quais as pessoas possam atingir melhor os seus objetivos pessoais, dirigindo seus próprios esforços em direção aos objetivos da empresa. => A Teoria Y representa o moderno estilo de direção apregoado pela Teoria Comportamental ou de Relações Humanas, onde se propões um estilo de direção francamente participativo e democrático, baseado nos valores humanos e sociais. => Enquanto a Teoria X é uma administração por meio de controle impostos ao indivíduo, a Teoria Y é uma administração por objetivos que realça a iniciativa individual. => A Teoria X se fundamenta em uma série de pressuposições errôneas acerca do comportamento humano e apregoa um estilo de direção mediante fiscalização e o controle rígido (cumprimento do horário de trabalho, execução de tarefas por meio de métodos ou rotinas e procedimentos padrões, medidas disciplinares etc.). => Segundo a Teoria Y, administrar é um processo de criar oportunidades, liberar potenciais rumo ao auto- desenvolvimento das pessoas.
  • 3. - A avaliação e a - Avaliação e X · As pessoas são Y ·As pessoas são esforçadas e gostam de ter preguiçosas por natureza. o que fazer. · O trabalho é uma ·As pessoas evitam o atividade tão natural como trabalho. brincar ou descansar. ·As pessoas evitam a · As pessoas procuram e responsabilidade, a fim de aceitam responsabilidades se sentirem mais seguras. e desafios. · As pessoas podem ser ·As pessoas precisam ser auto-motivadas e auto- controladas e dirigidas. dirigidas. · As pessoas são · As pessoas são criativas ingênuas e sem iniciativa. e competentes. TEORIA Z => É a teoria de liderança e direção de William Ouchi, que acentua planejamento a longo prazo, decisão por consenso e lealdade forte e mútua entre chefe e empregados. => A chave para aumentar a produtividade é ter os empregados interessados, com o uso de técnicas como a de círculos de qualidade, desenvolvimento de habilidades interpessoais e ampliação das oportunidades e desenvolvimento da carreira. => Ouchi comparou a indústria japonesa e a americana, e constatou as seguintes diferenças: ORGANIZAÇÕES JAPONESAS - Os empregos são vitalícios. ORGANIZAÇÕES AMERICANAS - Os empregos são a curto prazo.
  • 4. b) Sistema de Comunicação => Bastante precário. As promoção rápidas. -Rumos da carreira especializados. - Técnicas de controle explícitas. -Responsabilidade individual. -Preocupação com partes da organização. promoção são lentas. -As carreiras não são especializadas. - Utilizam-se de técnicas de controle implícitas ou de auto- controle. -Responsabilidade coletiva. -Preocupação com toda a organização. Sistemas de Administração SISTEMAS DE ADMINISTRAÇÃO => Não existe um sistema único de administração. Varia de acordo com inúmeras variáveis, que acabam diferenciando cada uma das formas de administração. => Existem pelo menos 4 sistemas administrativos, a saber: · Sistema Autoritário-Coercitivo; · Sistema Autoritário-Benevolente; · Sistema Consultivo; · Sistema Participativo. 1. SISTEMA AUTORITÁRIO-COERCITIVO => É um sistema administrativo autocrático e forte, coercitivo e arbitrário, e que controla rigidamente tudo o que ocorre dentro da empresa. É o sistema mais duro e fechado. => Suas principais características são: a) Processo Decisorial => Totalmente centralizado na cúpula da empresa. Todas as ocorrências imprevistas e não-rotineiras devem ser levadas à cúpula para resolução, e todos os eventos devem ser decididos exclusivamente pela cúpula da empresa. O nível institucional fica sobrecarregado com a tarefa decisorial.
  • 5. rotinas e sujeitas à aprovação posterior, prevalecendo o aspecto comunicações ocorrem sempre verticalmente, no sentido descendente, predominando ordens e raramente orientações. Não existem comunicações laterais. As pessoas não são solicitadas a gerar informações, o que faz com que as decisõescúpula se baseiem em informações limitadas etomadas na geralmente Interpessoal considerado incompletas e errôneas. c) => O relacionamento entre prejudicial ao bom andamento Relacionamento as pessoas é dos trabalhos. A cúpula empresarial vê com desconfiança as conversas informais entre as pessoas e procura coibi-las ao máximo. A organização informal é abafada/escondida. Para evitá-la, os cargos e tarefas são definidos para isolar as pessoas umas das outras e evitar o seu relacionamento. d) Sistema de Recompensas e Punições => Há uma ênfase nas punições e nas medidas disciplinares, gerando um ambiente de temor e desconfiança. As pessoas precisam obedecer às regras e aos regulamentos internos à risca e executar suas tarefas de acordo com os métodos e procedimentos em vigor. Se as pessoas cumprirem fielmente as suas obrigações, elas não estão fazendo nada mais que a sua obrigação. As recompensas são raras e, quando eventualmente ocorrem, são predominantemente materiais e salariais. => Esse sistema geralmente é encontrado em empresas que utilizam mão-de-obra intensiva e tecnologia rudimentar, onde o pessoal empregado é de nível extremamente baixo, como ocorre na área de produção das empresas de construção civil, pavimentação de estradas etc. 2. SISTEMA AUTORITÁRIO-BENEVOLENTE => É um sistema administrativo autoritário, porém mais suave do que o coercitivo. No fundo, é um sistema autoritário-coercitivo mais condescendente e menos rígido. => As principais características do sistema autoritário- benevolente são: a) Processo Decisorial => É centralizado na cúpula administrativa, permitindo pouca delegação quanto a decisões de pequeno porte e de caráter rotineiro e repetitivo, baseadas em
  • 6. Comunicações => São previstas comunicações centralizador. b)Sistema de Comunicações => É relativamente precário, prevalecendo as comunicações verticais e descendentes, embora a cúpula se oriente em comunicações ascendentes, vindas dos escalões mais baixos, como retroação (feedback) de suas decisões. c) Relacionamento Interpessoal => A organização tolera que as pessoas se relacionem entre si, em um clima de condescendência relativa. A organização informal é considerada ainda uma ameaça aos interesses e objetivos da empresa. d) Sistemas de Recompensas e Punições => Ainda há ênfase nas punições e nas medidas disciplinares, mas o sistema é menos arbitrário e oferece algumas recompensas materiais e salariais mais freqüentes, e raras recompensas do tipo simbólico ou social. => O sistema autoritário-benevolente é freqüentemente encontrado em empresas industriais que utilizam tecnologia mais apurada e mão-de-obra mais especializada, mas mantendo ainda alguma forma de coerção para não perder o controle sobre o comportamento das pessoas (como no caso da área de produção e montagens de empresas industriais). 2. SISTEMA CONSULTIVO => É um sistema que pende mais para o lado Participativo do que para o lado Autocrático. Representa um gradativo abrandamento da arbitrariedade organizacional. => As principais características do Sistema Consultivo são: a) Processo Decisorial => É do tipo participativo e consultivo. Participativo porque as decisões específicas são delegadas aos diversos níveis hierárquicos e devem orientar-se pelas políticas e diretrizes definidas pelo nível institucional para balizar/nortear todas as decisões e ações dos demais níveis. Consultivo porque a opinião e os pontos de vista dos níveis inferiores são considerados na definição das políticas e diretrizes que os afetam, muito embora essas decisões sejam posteriormente submetidas à aprovação da cúpula da empresa. b) Sistemas de
  • 7. importante para o efetivo relacionamento entre as pessoas. As verticais no sentido descendente (mais voltadas para orientação ampla do que para ordens específicas) e ascendente, bem como comunicações laterais entre os pares. c)Relacionamento Interpessoal =>O temor e a ameaça de castigos e sansões disciplinares não existem. A confiança depositada nas pessoas já é bem mais elevada, embora ainda não completa e definitiva. A empresa cria condições favoráveis a uma organização informal sadia e positiva. d)Sistemas de Recompensas e Punições => Há ênfase nas recompensas materiais (como incentivos salariais, atrativos de promoções e novas oportunidades profissionais) e simbólicas (como prestígio e status), embora eventualmente ocorram punições e castigos. => O sistema consultivo é usualmente empregado em empresas de serviços (como é o caso dos bancos e financeiras) e em certas áreas administrativas de empresas industriais mais organizadas e avançadas em termos de relações com empregados. 3. SISTEMA PARTICIPATIVO => É o sistema administrativo democrático por excelência. É o mais aberto de todos os sistemas. => As principais características do sistema participativo são: a)Processo Decisorial => As decisões são totalmente delegadas aos níveis organizacionais. Embora o nível institucional defina as políticas e diretrizes, ele apenas controla os resultados, deixando as decisões totalmente a cargo dos diversos níveis hierárquicos. Apenas em ocasiões de emergência os altos escalões assumem decisivamente, porém sujeitando-se à ratificação explícita dos grupos envolvidos. b)Sistema de Comunicações => As comunicações fluem em todas as direções e a empresa faz investimentos em sistemas de informação, pois são básicos para sua flexibilidade e eficiência. c)Relações Interpessoais => O trabalho é quase totalmente realizado em equipes. A formação de grupos espontâneos é
  • 8. relações interpessoais baseiam-se principalmente na confiança mútua entre as pessoas e não em esquemas formais (como descrições de cargos, relações formas previstas no organograma etc.). O sistema permite participação e envolvimento grupal intensos, de modo que as pessoas se sintam responsáveis pelo que decidem e fazem em todos os níveis hierárquicos. d) Sistema de Recompensas e Punições => Há uma ênfase nas recompensas, principalmente as simbólicas e sociais, embora não sejam omitidas as recompensas materiais e salariais. Muito raramente ocorrem punições, as quais quase sempre são decididas e definidas pelos grupos envolvidos. => O sistema participativo é adotado em empresas que utilizam sofisticada tecnologia e onde o pessoal é extremamente especializado e desenvolvido (como é o caso de empresas de serviços de propaganda, de consultoria etc.), onde os profissionais desenvolvem uma atividade extremamente complexa. Estrutura Organizacional ESTRUTURA ORGANIZACIONAL => Organização pode ser entendida sob dois aspectos distintos, a saber: 1.Organização como uma entidade social ou empresa, na qual as pessoas interagem entre si para a consecução de objetivos comuns e específicos. 2. Organização como função administrativa. => A organização como entidade social ou empresa, pode ser visualizada sob dois aspectos: a) organização formal: é a organização constituída formal e oficialmente; dispõe de contrato social, objetivos claramente definidos, etc.; b) organização informal: é a organização que emerge espontânea e naturalmente entre as pessoas; forma-se a partir das relações de amizade; pode surgir, também, de uma distorção causada pelo administrador, na organização formal.
  • 9. tomada de decisão, mediante definição dos níveis de autoridade => A organização como uma função administrativa significa um processo (envolve planejamento, direção e controle) de estruturação que envolve conjunto de atribuições, atividades e recursos (humanos e materiais) destinados a atingir os objetivos pré-estabelecidos. => É através da organização que a empresa reúne e integra os seus recursos, define a estrutura das áreas funcionais, estabelece a divisão do trabalho, define os níveis de autoridade e responsabilidade, etc. => Cada empresa tem o seu modo próprio de organizar sua estrutura interna, definir as atribuições para cada unidade administrativa, agrupar recursos, estabelecer hierarquia de autoridade, etc. => Enquanto o nível institucional se preocupa com o desenho (estrutura) organizacional no âmbito da empresa como um todo, o nível intermediário fica com a incumbência de detalhar o desenho dos departamentos. O nível operacional fica com a responsabilidade de definir o desenho dos cargos e das tarefas de produzir, que é a tarefa básica da empresa. => A estrutura organizacional representa os órgãos que compõem a empresa e suas relações de interdependência, ou seja, como as atribuições e responsabilidades serão divididas entre os departamentos, divisões e demais unidades. => A principal função da estrutura organizacional é contribuir para o alcance dos objetivos empresariais. Existem 4 maneiras para esta contribuição: ·Como estrutura básica: pela divisão do trabalho organizacional e da alocação dos recursos empresariais. A estrutura básica define como serão divididas ou segmentadas as funções dentro da empresa e o respectivo formato organizacional. ·Como mecanismo de operação: indicando aos funcionários da empresa o que deve e o que não deve ser feito, através da descrição de cargos, normas e procedimentos e rotinas de trabalho, padrões de desempenho, sistemas de avaliação, etc. · Como mecanismo de decisão: estabelecendo o processo de
  • 10. a) atribuições: descrição das atribuições das unidades e responsabilidade dos administradores e demais funcionários da empresa. ·Como mecanismo de coordenação entre as partes: definindo como a organização deverá harmonizar e integrar as diversas áreas funcionais, em razão da divisão do trabalho ou departamentalização. DAS ESTRUTURASCARACTERÍSTICAS ORGANIZACIONAIS 1. Quanto à diferenciação => Refere-se à divisão do trabalho organizacional (estruturação) mais adequada para se atingir os objetivos empresariais. => A estruturação de uma empresa pode ser realizada de três maneiras distintas: a) pela diferenciação horizontal: através da departamentalização; b) pela diferenciação vertical: através dos níveis hierárquicos ou escalas de autoridade; c) pela diferenciação em tarefas especializadas: através de órgãos de staff ou assessoria. => Quanto maior a diferenciação, maior a heterogeneidade dentro da organização da empresa, pois ela gera maior número de unidades diferentes, maior número de níveis hierárquicos e maior número de órgãos especializados ou de staff. 2. Quanto à formalização => É a técnica de definir como, quando e por quem as atribuições deverão ser executadas. => Refere-se ao grau em que as atribuições das áreas funcionais, as políticas, diretrizes, normas, regras, regulamentos e disciplinando eprocedimentos são definidos e divulgados, orientando os administradores e funcionários da empresa, na execução de suas respectivas tarefas. => Quanto maior a formalização, mais a empresa se torna burocrática, fechada, formalizada, rotinizada, bem-definida e programada. => A formalização pode ser feita através de: