19 aula transporte de produtos perigosos

3.295 visualizações

Publicada em

.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.295
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
252
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

19 aula transporte de produtos perigosos

  1. 1. AULA 20 TRANSPORTE DE PRODUTOS PERIGOSOS
  2. 2. Introdução AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  3. 3. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  O transporte de produtos perigosos é um caso particular do transporte de mercadorias numa cadeia de fornecimento. Durante esta atividade, vários fatores passam a serem críticos e a imprudência pode significar não só a perda de mercadoria como um elevado risco para as pessoas envolvidas no transporte e para o meio ambiente envolvente.
  4. 4. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  5. 5. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Materiais perigosos  São considerados produtos perigosos todas as matérias com propriedades:  Explosivas;  Inflamáveis;  Radioativas;  Tóxicas;  Oxidantes;  Corrosivas;  Infectantes;  Perigosas no sentido lato da palavra.  Diversos
  6. 6. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Famílias de produtos  Os materiais perigosos que podem ser transportados são: • Líquidos inflamáveis; • Sólidos inflamáveis; • Gases comprimidos; • Gases liquefeitos; • Gases dissolvidos sobre pressão
  7. 7. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  A classificação adotada para os produtos considerados perigosos, considerando o tipo de risco que apresentam e conforme as recomendações para o Transporte de Produtos Perigosos das Nações Unidas é composta das seguintes classes:  Classe 1 – Explosivos  Classe 2 – Gases  Classe 3 – Líquidos inflamáveis  Classe 4 – Sólidos inflamáveis  Classe 5 – Substâncias oxidantes  Classe 6 - Sustâncias tóxicas  Classe 7 – Materiais radioativos  Classe 8 – Corrosivos  Classe 9 – Substâncias perigosas diversas
  8. 8. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Classe 1 – Explosivos  Subclasse 1.1- Substâncias e artefatos com risco de explosão em massa.  Subclasse 1.2- Substâncias e artefatos com risco de projeção.  Subclasse 1.3- Substâncias e artefatos com risco predominante de fogo.  Subclasse 1.4- Substâncias e artefatos que não apresentam risco significativo.  Subclasse 1.5- Substâncias pouco sensíveis
  9. 9. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Classe 2 – Gases comprimidos, liquefeitos, dissolvidos sob pressão ou altamente refrigerados  Subclasse 2.1- Gases inflamáveis;  Subclasse 2.2- Gases não-inflamáveis, não-tóxicos;  Subclasse 2.3- Gases tóxicos;
  10. 10. Transporte de Produtos Perigosos  Classe 3 – Líquidos inflamáveis Sinalize corretamente sua carga perigosa, de acôrdo as as classes correspondentes AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  11. 11. Transporte de Produtos Perigosos  Classe 4 – Esta classe subdivide-se em:  Subclasse 4.1- Sólidos inflamáveis;  Subclasse 4.2- Substâncias sujeitas à combustão espontânea;  Subclasse 4.3- Substâncias que, em contato com a água, emitem gases inflamáveis AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  12. 12. Transporte de Produtos Perigosos  Classe 5 – Esta classe se subdivide em:  Subclasse 5.1- Substâncias oxidantes;  Subclasse 5.2- Peróxidos orgânicos; AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  13. 13. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Classe 6 – Esta classe se subdivide em:  Subclasse 6.1- Substâncias tóxicas (venenosas);  Subclasse 6.2- Substâncias infectantes;
  14. 14. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Classe 7 – Substâncias radioativas  Classe 8 – Corrosivos
  15. 15. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Classe 9 – Substâncias perigosas diversas  Os produtos da classe 3, 4, 5 e 8 e da subclasse 6.1 classificam-se, para fins de embalagem, segundo três grupos, conforme o nível de risco que apresentam: • Grupo de embalagem I – Alto risco; • Grupo de embalagem II – Risco médio; • Grupo de embalagem III – Baixo risco;
  16. 16. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Os códigos de risco são aqueles que indicam o tipo de intensidade do risco, são formados por dois ou três algarismos (número de risco – 0 / 2 a 0 / X). A importância do risco é registrada da esquerda para a direita. Exemplo: Código Significado 33 60 72 83 Líquido muito inflamável Substância tóxica ou nociva Gás radioativo Substância corrosiva, inflamável
  17. 17. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Quando o risco associado a uma substância puder ser adequadamente indicado por um único número, este será seguido por zero (0). A repetição de um número indica, em geral, aumento da intensidade daquele risco específico.
  18. 18. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Os painéis de segurança são placas retangulares (dimensões: 30 cm de altura x 40 cm de comprimento), na cor laranja onde são alocados os números de risco (no máximo, 4 campos na cor preta) na parte superior e o número da ONU (Organização das Nações Unidas) na parte inferior com 4 algarismos na cor preta. A letra “X”, presente em alguns painéis antes dos algarismos, significa que a substância reage perigosamente com água.
  19. 19. Transporte de Produtos Perigosos X = reage perigosamente com a água 42 = sólido inflamável 3 = desprendendo gases inflamáveis 2257 = número ONU do potássio AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  20. 20. Transporte de Produtos Perigosos 88 = altamente corrosivo 1775 = número ONU do ácido fluorbórico AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  21. 21. Transporte de Produtos Perigosos • 66 = altamente tóxico • 1670 = número ONU da perclorometilmercaptana AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  22. 22. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Rótulo de risco é um losango, em cores diversas, que apresenta símbolos e ou expressões emolduradas, referente à classe do produto perigoso. Deve conter dois campos distintos, sendo que o campo superior é destinado ao símbolo de risco e o campo inferior para o número correspondente à classe, indicação da subclasse e indicação do grupo de compatibilidade.
  23. 23. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Dimensões do rótulo de risco 1) para embalagens a) tamanho dos lados: 100 mm b) moldura: 5 mm 2) para uso em caminhões: a) tamanho dos lados: 300 mm b) moldura: 12,5 mm 3) para uso em veículos utilitários a) tamanho dos lados: 250 mm b) moldura: 12,5 mm
  24. 24. Transporte de Produtos Perigosos Modulação da moldura Nota: O número da classe ou subclasse de risco deve ser colocado no ângulo inferior da moldura do rótulo de risco. AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  25. 25. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  26. 26. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  27. 27. AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  28. 28. Documentação obrigatória para transporte terrestre de produtos perigosos Fonte: Prevenção 2011 AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS Fundamento Técnico/Legal CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo Código de Trânsito Brasileiro - CTB e Lei Nº 9.503, de 23/09/97, art.120, art. 133. C.N.H – categoria correspondente ao veículo Código de Trânsito Brasileiro - CTB e Lei Nº 9.503, de 23/09/97, art.159, . Treinamento específico para condutores de veículos transportadores de PP - Curso Mope Art. 15 do Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos; Resolução CONTRAN nº 168/04. Certificado de Capacitação para o transporte rodoviário de produtos perigosos a granel, expedido pelo INMETRO Art. 22, I do Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos; Portaria nº 197/04 do INMETRO. Documento fiscal do produto transportado Art. 22, II do Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos. Ficha de emergência e envelope para o transporte terrestre de produtos perigosos - Características, dimensões e preenchimento Art. 22, III, alíneas “a” e “b” do Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos; NBR 7503. Tacógrafo Art. 5º do Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos. Simbologia - rótulos de risco e painel de segurança Art. 2º do Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos; NBR 7500. Conjunto de equipamentos para emergências no transporte terrestre de produtos perigosos Art. 3º do Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos , NBR-9735.
  29. 29. AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS
  30. 30. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  A fiscalização do transporte rodoviário de produtos perigosos, em todo o país, é feita pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO), por meio dos órgãos integrantes da Rede Nacional de Metrologia Legal (IPEM – Instituto de Pesos e Medidas – Órgão Estadual), que atuam em conjunto com a Polícia Federal na fiscalização do transporte dessas cargas.
  31. 31. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Nessa fiscalização são verificados:  Se o veículo transportador e o equipamento, no qual a carga está acondicionada, atendem aos regulamentos técnicos exigidos para a finalidade.  Se o motorista traz consigo o Certificado de Inspeção de Produtos Perigosos, que: Quando é relacionado ao veículo, tem validade de um ano, e quando é relacionado ao equipamento que acondiciona a carga, tem de um a três anos de validade, dependendo do tipo de carga.
  32. 32. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Os órgãos delegados realizam também a verificação metrológica dos equipamentos (medição da capacidade volumétrica dos equipamentos transportadores de carga perigosa), é importante ressaltar que esta fiscalização abrange apenas os veículos e equipamentos transportadores do produto perigoso a granel, como:  Combustíveis  Corrosivos  Inflamáveis  Etc.
  33. 33. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Identificação dos produtos perigosos A identificação de riscos de produtos perigosos para o transporte rodoviário é realizada por meio da sinalização da unidade de transporte, composta por um painel de segurança, de cor alaranjada, e um rótulo de risco, bem como pela rotulagem das embalagens interna e externa. Estas informações obedecem aos padrões técnicos definidos na legislação do transporte de produtos perigosos. As informações inseridas no painel de segurança e no rótulo de risco, conforme determina a legislação, abrangem o Número de Risco e o Número da ONU, no Painel de Segurança, e o Símbolo de Risco e a Classe/Subclasse de Risco no Rótulo de Risco, conforme mostra a Figura.
  34. 34. Transporte de Produtos Perigosos Painel de Segurança e Rótulo de Risco AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS Figura 1
  35. 35. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Número de risco Conforme visto na Figura 1, o número de risco é fixado na parte superior do Painel de Segurança e pode ser constituído por até três algarismos (mínimo de dois), que indicam a natureza e a intensidade dos riscos, conforme estabelecido na Resolução n° 420, de 12/02/2004, da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT)/Ministério dos Transportes (Tabela).
  36. 36. Transporte de Produtos Perigosos AULA 20 – TRANSPORTE DE PRODUTOS  Significado dos algarismos dos números de risco Algarismo Significado 2 Desprendimento de gás devido à pressão ou à reação química. 3 Inflamabilidade de líquidos (vapores) e gases ou líquido sujeito a auto- aquecimento. 4 Inflamabilidade de sólidos ou sólido sujeito a auto-aquecimento. 5 Efeito oxidante (intensifica o fogo). 6 Toxicidade ou risco de infecção. 7 Radioatividade. 8 Corrosividade. 9 Risco de violenta reação espontânea. X Substância que reage perigosamente com água (utilizado como prefixo do código numérico).
  37. 37. LISTA DE ATIVIDADES 1Explique com suas palavras transporte de produtos perigosos. 2 Que tipo de materiais são considerados produtos perigosos? 3Quais são os materiais perigosos que podem ser transportados? 4- Qual é a classificação adotada para produtos perigosos? 5Explique código de risco. 6Defina painéis de segurança. 7- Explique rótulo de risco. 8- Defina fiscalização do transporte rodoviário de produtos perigosos. 9- Como funciona a identificação de produtos perigosos? 10- Explique números de risco.
  38. 38. FIM

×