SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Baixar para ler offline
GEOLOGIA
GEOFÍSICA
MÉTODOS SÍSMICOS
BACIAS E ROCHAS
GEOLOGIA
CONCEITO DE GEOLOGIA
É a ciência natural que através de ciências exatas e do uso de
ferramentas específicas, investiga o meio natural do planeta, interagindo
com a Biologia em vários aspectos.
Outro conceito define como ciência que
estuda a origem da Terra, seus materiais
e as suas transformações
Mas enfim a Geologia tem um papel
marcante e decisivo na qualidade da
ocupação e aproveitamento dos recursos
naturais que compreendem desde os
solos onde se planta, se constrói , até os
recursos energéticos e matérias primas
industriais
OBJETIVOS DA GEOLOGIA
•Estudos das características do interior e da superfície da Terra,
em várias escalas;
•Compreensão de processos físicos, químicos e físico-químicos
que levaram o planeta a ser como o observamos;
• Definição da maneira adequada de utilizar materiais como fonte
de matéria prima e energia para a melhoria da qualidade de vida;
•Resolução de problemas ambientais causados anteriormente e
estabelecimentos de critérios para evitar danos futuros ao meio
ambiente, nas várias atividades humanas.
GEOLOGIA ASSOCIADA AO PETRÓLEO
PESQUISA
Reconhecimento da Bacia Sedimentar
e estuda a possibilidade de potenciais
acúmulos de petróleo e gás.
EXPLORAÇÃO
Examinar amostras, verifica e elabora
testes e acompanha todo o processo
de perfuração
PRESERVAÇÃO
Orientação garantindo convivência
adequada e harmoniosa com o meio
ambiente
GEOFÍSICA
GEOFÍSICA
É uma ciência voltada a compreensão da estrutura, composição e
dinâmica do planeta Terra. Ela estuda as partes profundas da terra que
não podemos observar diretamente.
Dividida em:
Geofísica Pura
Investiga as propriedades físicas da
Terra e sua constituição interna e partir
de fenômenos físicos ligado a ela
Geofísica Aplicada
Estuda as ocorrências ou estruturas
geológicas, relativamente pequenas,
localizadas na crosta terrestre
GEOLOGIA X GEOFÍSICA
GEOLOGIA
GEOFÍSICA
É o estudo da Terra através das
observações diretas de rochas que estão
na superfície ou amostras retiradas de
poços perfurados com esta finalidade,
visando analisar sua estrutura, composição
e história geológica.
É o estudo daquelas partes profundas da
Terra que não podemos ver através de
observação direta, medindo suas
propriedades físicas com instrumentos
sofisticados e apropriados disponibilizados
na superfície.
MÉTODOS SÍSMICOS
MÉTODOS SÍSMICOS
ONDAS SÍSMICAS
Qualquer vibração mecânica percebida pelos sentidos humanos que parte
de uma fonte geradora e se propaga até onde possa ser detectado.
MÉTODOS SÍSMICOS
Baseia-se na emissão de ondas sísmicas artificiais em sub-superfície ou
no mar captando os ecos depois de percorrerem determinada distância
para o interior da crosta terrestre e então retornando para a superfície.
Como podem ser gerados?
Explosivos
Ar comprimido
Queda de pesos
Vibração
É o principal método utilizado
na prospecção de gás e
petróleo por fornecerem
detalhes e estrutura da crosta,
bem como de propriedades
físicas da camadas que a
compõem.
Método que observa o comportamento das ondas sísmicas após
penetrarem na crosta e serem refletidas à superfície e então
detectadas por sensores.
REFLEXÃO
Geofones
Sensores Hidrofone
Sísmica de Reflexão
REFRAÇÃO
As informações obtidas por
este método geralmente trazem
informações pouco detalhadas
das regiões abaixo da
superfície, situadas entre o
ponto de detonação e o ponto
de captação
Método que observa o comportamento das ondas sísmicas que
propagam-se em uma sub-superfície e viajam a grandes distâncias ,
sendo captadas por sensores.
Sensores Geofones
Hidrofon
e
Sísmica de Refração
EXPLORAÇÃO SÍSMICA
PETROBRÁS
VÍDEO
 http://www.youtube.com/watch?v=Re8t-
knWQ5k
 http://www.youtube.com/watch?v=_2dA6hXF-
zQ
 http://www.youtube.com/watch?v=tMtypnHud
L4&list=PLKvy0yfI0KBjfitdJLGPfM7E8fnwDo2Ei
BACIAS SEDIMENTARES
BACIAS SEDIMENTARES
BACIAS SEDIMENTARES são depressões na superfície que com o
tempo, foram sendo preenchidas por sedimentos.
SEDIMENTO
Detrito rochoso resultante da erosão, que é depositado quando
diminui a energia do fluído que o transporta
(ação do ar, água ou geleiras)
Exemplo
Fragmentos de conchas
Restos de animais
Recifes de corais
Ossos
BACIAS SEDIMENTARES
BACIAS SEDIMENTARES
PODEM SE DIVIDIR EM 3 TIPOS:
• Constituídos por sedimentos do meio terrestre
• Constituídos por sedimentos do meio marítimo
• Constituídos por sedimentos de ambos os meios
As bacias sedimentares, assim como a maior parte do relevo terrestre, são
áreas que estão em constante processo de renovação. Devido ao depósito
constante de sedimentos, ou a outros fatores tectônicos, elas continuam
cedendo espaço para mais camadas de sedimentos que vão sendo
depositados. Só que este movimento é muito lento e não pode ser percebido
facilmente podendo levar alguns milhares de anos para ocorrer
BACIAS SEDIMENTARES NO BRASIL
As bacias sedimentares brasileiras totalizam 6.436.200 km2
76% - Terrestre
24% - Plataforma Continental
Grande extensão
O Brasil tem cerca de 60% do seu território
ocupado por bacias sedimentares
Bacia do Amazonas
Menor extensão
Bacia do Parnaíba
Bacia do Paraná
Bacia do Pantanal
Bacia S. Francisco
Bacia do Recôncavo
Muito pequenas
Bacia de Curitiba
Bacia de Taubaté
Bacia de S. Paulo
ROCHAS SEDIMENTARES
ROCHAS SEDIMENTARES
As rochas sedimentares são formadas a partir da pressão exercida
sobre as partículas de sedimentos carregados e depositados
pela ação do ar (vento), água ou geleiras.
Conforme ao sedimentos se acumulam, eles vão se compactando,
através da pressão e se solidificam.
Podem ser formados por:
Minerais herdados – rochas pré-existentes
Minerais de néo-formação
Deposição de materiais de origem biogênica
ROCHAS MATRIZ OU GERADORAS
ROCHAS MATRIZ OU GERADORAS
São rochas sedimentares que são formadas através das
modificações geológicas. Com o passar do tempo essas rochas
vão adquirindo temperatura e pressão adequadas para a formação
e transformação de minerais e fósseis
Por possuir essas
características as rochas matriz
são adequadas para a
formação inicial da substância
que futuramente dará origem
ao óleo cru (petróleo), após a
formação desse óleo ele migra
através dos poros até as
rochas reservatório.
ROCHAS RESERVATÓRIO
ROCHAS RESERVATÓRIO
É uma formação que ocorre após a produção do petróleo nos
poros das rochas sedimentares, resultante da decomposição de
matéria orgânica e de condições físico-químicas
(Tempo – Temperatura – Pressão)
QUESTIONÁRIO
1) Qual a diferença entre Geologia e Geofísica?
2) Como a Geologia está associada ao petróleo?
3) O que são Métodos sísmicos?
4) Qual a diferença entre Reflexão e Refração?
5) O que são Bacias Sedimentares?
6) Como as Bacias Sedimentares podem ser constituídas?
7) Como estão divididas as Bacias Sedimentares no Brasil?
8) O que são rochas sedimentares?
9) O que são rochas matriz ou geradoras?
10) O que são rochas reservatório?
ATÉ A PRÓXIMA
AULA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 4 petróleo prof. pedro ibrapeq
Aula 4 petróleo prof. pedro ibrapeqAula 4 petróleo prof. pedro ibrapeq
Aula 4 petróleo prof. pedro ibrapeqPedro Monteiro
 
Introdução à perfilagem de poços
Introdução à perfilagem de poçosIntrodução à perfilagem de poços
Introdução à perfilagem de poçosSydney Dias
 
Operações de perfuração de poços de petróleo
Operações de perfuração de poços de petróleoOperações de perfuração de poços de petróleo
Operações de perfuração de poços de petróleoCláudia Melchíades
 
Geoquímica Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica   Distribuição dos elementos químicosGeoquímica   Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica Distribuição dos elementos químicosmarciotecsoma
 
Aula 08 auxiliar de mineração (métodos de lavra) ll
Aula 08 auxiliar de mineração (métodos de lavra) llAula 08 auxiliar de mineração (métodos de lavra) ll
Aula 08 auxiliar de mineração (métodos de lavra) llHomero Alves de Lima
 
Reservatórios de Petróelo
Reservatórios de PetróeloReservatórios de Petróelo
Reservatórios de PetróeloAnderson Pontes
 
Perfuração, Completação e Recuperação de Petróleo e Gás
Perfuração, Completação e Recuperação de Petróleo e GásPerfuração, Completação e Recuperação de Petróleo e Gás
Perfuração, Completação e Recuperação de Petróleo e GásAnderson Pontes
 
Aula classificação dos solos
Aula classificação dos solosAula classificação dos solos
Aula classificação dos soloskarolpoa
 
Geoquímica: uma introdução
Geoquímica: uma introduçãoGeoquímica: uma introdução
Geoquímica: uma introduçãoOficina de Textos
 
Métodos de perfuração aula
Métodos de perfuração aulaMétodos de perfuração aula
Métodos de perfuração aulaPublicaTUDO
 
geologia introdução
geologia introduçãogeologia introdução
geologia introduçãoRenata Nunes
 
Completação de Petróleo e Gás
Completação de Petróleo e GásCompletação de Petróleo e Gás
Completação de Petróleo e GásAnderson Pontes
 
Ambientes de Sedimentação e Tempo Geológico
Ambientes de Sedimentação  e Tempo GeológicoAmbientes de Sedimentação  e Tempo Geológico
Ambientes de Sedimentação e Tempo GeológicoYago Matos
 

Mais procurados (20)

Aula 4 petróleo prof. pedro ibrapeq
Aula 4 petróleo prof. pedro ibrapeqAula 4 petróleo prof. pedro ibrapeq
Aula 4 petróleo prof. pedro ibrapeq
 
agentes de transporte
agentes de transporteagentes de transporte
agentes de transporte
 
Introdução à perfilagem de poços
Introdução à perfilagem de poçosIntrodução à perfilagem de poços
Introdução à perfilagem de poços
 
Geoquímica Aula 1
Geoquímica   Aula 1Geoquímica   Aula 1
Geoquímica Aula 1
 
Operações de perfuração de poços de petróleo
Operações de perfuração de poços de petróleoOperações de perfuração de poços de petróleo
Operações de perfuração de poços de petróleo
 
Geoquímica Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica   Distribuição dos elementos químicosGeoquímica   Distribuição dos elementos químicos
Geoquímica Distribuição dos elementos químicos
 
Aula 08 auxiliar de mineração (métodos de lavra) ll
Aula 08 auxiliar de mineração (métodos de lavra) llAula 08 auxiliar de mineração (métodos de lavra) ll
Aula 08 auxiliar de mineração (métodos de lavra) ll
 
Introdução a geologia
Introdução a geologiaIntrodução a geologia
Introdução a geologia
 
Reservatórios de Petróelo
Reservatórios de PetróeloReservatórios de Petróelo
Reservatórios de Petróelo
 
Perfuração, Completação e Recuperação de Petróleo e Gás
Perfuração, Completação e Recuperação de Petróleo e GásPerfuração, Completação e Recuperação de Petróleo e Gás
Perfuração, Completação e Recuperação de Petróleo e Gás
 
Aula classificação dos solos
Aula classificação dos solosAula classificação dos solos
Aula classificação dos solos
 
Geoquímica: uma introdução
Geoquímica: uma introduçãoGeoquímica: uma introdução
Geoquímica: uma introdução
 
Métodos de perfuração aula
Métodos de perfuração aulaMétodos de perfuração aula
Métodos de perfuração aula
 
Injeção de vapor
Injeção de vaporInjeção de vapor
Injeção de vapor
 
Lei da darcy
Lei da darcyLei da darcy
Lei da darcy
 
Potencial espontâneo
Potencial espontâneoPotencial espontâneo
Potencial espontâneo
 
geologia introdução
geologia introduçãogeologia introdução
geologia introdução
 
Completação de Petróleo e Gás
Completação de Petróleo e GásCompletação de Petróleo e Gás
Completação de Petróleo e Gás
 
Geologia geral
Geologia geralGeologia geral
Geologia geral
 
Ambientes de Sedimentação e Tempo Geológico
Ambientes de Sedimentação  e Tempo GeológicoAmbientes de Sedimentação  e Tempo Geológico
Ambientes de Sedimentação e Tempo Geológico
 

Destaque

Aula 5 ExploraçãO Do PetróLeo G&G Anp
Aula 5 ExploraçãO Do PetróLeo G&G AnpAula 5 ExploraçãO Do PetróLeo G&G Anp
Aula 5 ExploraçãO Do PetróLeo G&G AnpBruno Silva
 
Ondas sísmicas power point
Ondas sísmicas power pointOndas sísmicas power point
Ondas sísmicas power pointFilipaFonseca
 
Ciencias naturales y sus campos de conocimientos
Ciencias naturales y sus campos de conocimientosCiencias naturales y sus campos de conocimientos
Ciencias naturales y sus campos de conocimientosRuben Dominguez
 
Aula 4 ExploraçãO Do PetróLeo G&G Anp
Aula 4 ExploraçãO Do PetróLeo G&G AnpAula 4 ExploraçãO Do PetróLeo G&G Anp
Aula 4 ExploraçãO Do PetróLeo G&G AnpBruno Silva
 
Bacias Sedimentares - Geologia 12º ano
Bacias Sedimentares - Geologia 12º anoBacias Sedimentares - Geologia 12º ano
Bacias Sedimentares - Geologia 12º anoMarisa Ferreira
 
Aula 6 petróleo- prof. pedro
Aula 6   petróleo- prof. pedroAula 6   petróleo- prof. pedro
Aula 6 petróleo- prof. pedroPedro Monteiro
 
Maual Técnico mineraçãoApostila tminerac3a7c3a3o
Maual Técnico mineraçãoApostila tminerac3a7c3a3oMaual Técnico mineraçãoApostila tminerac3a7c3a3o
Maual Técnico mineraçãoApostila tminerac3a7c3a3ohomertc
 
Pré-sal: folheto
Pré-sal: folhetoPré-sal: folheto
Pré-sal: folhetoFatoseDados
 
Delcídio do Amaral - 2010 Assembléia Legislativa - Campo Grande - Divisão dos...
Delcídio do Amaral - 2010 Assembléia Legislativa - Campo Grande - Divisão dos...Delcídio do Amaral - 2010 Assembléia Legislativa - Campo Grande - Divisão dos...
Delcídio do Amaral - 2010 Assembléia Legislativa - Campo Grande - Divisão dos...Delcídio do Amaral
 
15 aula torres de perfuração e equipamentos
15 aula torres de perfuração e equipamentos15 aula torres de perfuração e equipamentos
15 aula torres de perfuração e equipamentosHomero Alves de Lima
 
01 Aula a História do Petróleo no Brasil
01 Aula a História do Petróleo no Brasil01 Aula a História do Petróleo no Brasil
01 Aula a História do Petróleo no BrasilHomero Alves de Lima
 
Mineração e DNPM (The Brazilian Mining Sector and The Mineral Agency)
Mineração e DNPM (The Brazilian Mining Sector and The Mineral Agency)Mineração e DNPM (The Brazilian Mining Sector and The Mineral Agency)
Mineração e DNPM (The Brazilian Mining Sector and The Mineral Agency)Saulo Melo
 
Museu da Escola de Lavra
Museu da Escola de LavraMuseu da Escola de Lavra
Museu da Escola de LavraMargarida Mota
 
Perfuração de poços de petróleo - artigo
Perfuração de poços de petróleo - artigoPerfuração de poços de petróleo - artigo
Perfuração de poços de petróleo - artigoalbertopsouza
 
07 aula campos de petróleo e plataformas
07 aula campos de petróleo e plataformas07 aula campos de petróleo e plataformas
07 aula campos de petróleo e plataformasHomero Alves de Lima
 

Destaque (20)

Aula 5 ExploraçãO Do PetróLeo G&G Anp
Aula 5 ExploraçãO Do PetróLeo G&G AnpAula 5 ExploraçãO Do PetróLeo G&G Anp
Aula 5 ExploraçãO Do PetróLeo G&G Anp
 
Ondas sísmicas power point
Ondas sísmicas power pointOndas sísmicas power point
Ondas sísmicas power point
 
Ondas sísmicas
Ondas sísmicasOndas sísmicas
Ondas sísmicas
 
Ciencias naturales y sus campos de conocimientos
Ciencias naturales y sus campos de conocimientosCiencias naturales y sus campos de conocimientos
Ciencias naturales y sus campos de conocimientos
 
Aula 4 ExploraçãO Do PetróLeo G&G Anp
Aula 4 ExploraçãO Do PetróLeo G&G AnpAula 4 ExploraçãO Do PetróLeo G&G Anp
Aula 4 ExploraçãO Do PetróLeo G&G Anp
 
ExercíCios
ExercíCiosExercíCios
ExercíCios
 
Bacias Sedimentares - Geologia 12º ano
Bacias Sedimentares - Geologia 12º anoBacias Sedimentares - Geologia 12º ano
Bacias Sedimentares - Geologia 12º ano
 
Aula 6 petróleo- prof. pedro
Aula 6   petróleo- prof. pedroAula 6   petróleo- prof. pedro
Aula 6 petróleo- prof. pedro
 
Petróleo pps
Petróleo ppsPetróleo pps
Petróleo pps
 
Maual Técnico mineraçãoApostila tminerac3a7c3a3o
Maual Técnico mineraçãoApostila tminerac3a7c3a3oMaual Técnico mineraçãoApostila tminerac3a7c3a3o
Maual Técnico mineraçãoApostila tminerac3a7c3a3o
 
Pré-sal: folheto
Pré-sal: folhetoPré-sal: folheto
Pré-sal: folheto
 
Delcídio do Amaral - 2010 Assembléia Legislativa - Campo Grande - Divisão dos...
Delcídio do Amaral - 2010 Assembléia Legislativa - Campo Grande - Divisão dos...Delcídio do Amaral - 2010 Assembléia Legislativa - Campo Grande - Divisão dos...
Delcídio do Amaral - 2010 Assembléia Legislativa - Campo Grande - Divisão dos...
 
02 aula cadeia de fornecimento
02 aula cadeia de fornecimento02 aula cadeia de fornecimento
02 aula cadeia de fornecimento
 
15 aula torres de perfuração e equipamentos
15 aula torres de perfuração e equipamentos15 aula torres de perfuração e equipamentos
15 aula torres de perfuração e equipamentos
 
01 Aula a História do Petróleo no Brasil
01 Aula a História do Petróleo no Brasil01 Aula a História do Petróleo no Brasil
01 Aula a História do Petróleo no Brasil
 
Mineração e DNPM (The Brazilian Mining Sector and The Mineral Agency)
Mineração e DNPM (The Brazilian Mining Sector and The Mineral Agency)Mineração e DNPM (The Brazilian Mining Sector and The Mineral Agency)
Mineração e DNPM (The Brazilian Mining Sector and The Mineral Agency)
 
02 aula industria do petróleo
02 aula industria do petróleo02 aula industria do petróleo
02 aula industria do petróleo
 
Museu da Escola de Lavra
Museu da Escola de LavraMuseu da Escola de Lavra
Museu da Escola de Lavra
 
Perfuração de poços de petróleo - artigo
Perfuração de poços de petróleo - artigoPerfuração de poços de petróleo - artigo
Perfuração de poços de petróleo - artigo
 
07 aula campos de petróleo e plataformas
07 aula campos de petróleo e plataformas07 aula campos de petróleo e plataformas
07 aula campos de petróleo e plataformas
 

Semelhante a 03 aula métodos sismicos

Trabalho Geologia geral [2]
Trabalho Geologia geral [2]Trabalho Geologia geral [2]
Trabalho Geologia geral [2]Marcelo Lois
 
resumo de geologia 10 ano
resumo de geologia 10 anoresumo de geologia 10 ano
resumo de geologia 10 anoDiogo Batista
 
Aula 04 - Geologia e Geofísica - Parte 1 de 2
Aula 04 - Geologia e Geofísica - Parte 1 de 2Aula 04 - Geologia e Geofísica - Parte 1 de 2
Aula 04 - Geologia e Geofísica - Parte 1 de 2Victor Cals
 
Geografia - Estudos sobre as características geológicas da Terra
Geografia - Estudos sobre as características geológicas da TerraGeografia - Estudos sobre as características geológicas da Terra
Geografia - Estudos sobre as características geológicas da TerraSilvio Araujo de Sousa
 
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoResumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoVitor Perfeito
 
Datação Das Rochas
 Datação Das Rochas Datação Das Rochas
Datação Das Rochastmar
 
A medida do tempo e a história da terra
A medida do tempo e a história da terraA medida do tempo e a história da terra
A medida do tempo e a história da terraClaudia Martins
 
temas12e3geologia.doc
temas12e3geologia.doctemas12e3geologia.doc
temas12e3geologia.doccliapinheiro4
 
Prof Demétrio Melo - Geografia TD Brasil: Estrutura Geológica, Relevo e Minerais
Prof Demétrio Melo - Geografia TD Brasil: Estrutura Geológica, Relevo e MineraisProf Demétrio Melo - Geografia TD Brasil: Estrutura Geológica, Relevo e Minerais
Prof Demétrio Melo - Geografia TD Brasil: Estrutura Geológica, Relevo e MineraisDeto - Geografia
 

Semelhante a 03 aula métodos sismicos (20)

Geologia
GeologiaGeologia
Geologia
 
Trabalho Geologia geral [2]
Trabalho Geologia geral [2]Trabalho Geologia geral [2]
Trabalho Geologia geral [2]
 
resumo de geologia 10 ano
resumo de geologia 10 anoresumo de geologia 10 ano
resumo de geologia 10 ano
 
1 ano geologia
1 ano geologia1 ano geologia
1 ano geologia
 
Aula 04 - Geologia e Geofísica - Parte 1 de 2
Aula 04 - Geologia e Geofísica - Parte 1 de 2Aula 04 - Geologia e Geofísica - Parte 1 de 2
Aula 04 - Geologia e Geofísica - Parte 1 de 2
 
Agentes formadores do relevo
Agentes formadores do relevoAgentes formadores do relevo
Agentes formadores do relevo
 
Geografia - Estudos sobre as características geológicas da Terra
Geografia - Estudos sobre as características geológicas da TerraGeografia - Estudos sobre as características geológicas da Terra
Geografia - Estudos sobre as características geológicas da Terra
 
Geologia brasileira
Geologia brasileiraGeologia brasileira
Geologia brasileira
 
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoResumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
 
A Importância da Geologia
A Importância da GeologiaA Importância da Geologia
A Importância da Geologia
 
Litosfera
LitosferaLitosfera
Litosfera
 
Glossário - Tema I
Glossário - Tema IGlossário - Tema I
Glossário - Tema I
 
01 - Resumo 1.docx
01 - Resumo 1.docx01 - Resumo 1.docx
01 - Resumo 1.docx
 
Datação Das Rochas
 Datação Das Rochas Datação Das Rochas
Datação Das Rochas
 
Glossario
GlossarioGlossario
Glossario
 
Vida na terra
Vida na terraVida na terra
Vida na terra
 
A medida do tempo e a história da terra
A medida do tempo e a história da terraA medida do tempo e a história da terra
A medida do tempo e a história da terra
 
Apostila Geologia - Pedologia - sol213
Apostila Geologia - Pedologia - sol213Apostila Geologia - Pedologia - sol213
Apostila Geologia - Pedologia - sol213
 
temas12e3geologia.doc
temas12e3geologia.doctemas12e3geologia.doc
temas12e3geologia.doc
 
Prof Demétrio Melo - Geografia TD Brasil: Estrutura Geológica, Relevo e Minerais
Prof Demétrio Melo - Geografia TD Brasil: Estrutura Geológica, Relevo e MineraisProf Demétrio Melo - Geografia TD Brasil: Estrutura Geológica, Relevo e Minerais
Prof Demétrio Melo - Geografia TD Brasil: Estrutura Geológica, Relevo e Minerais
 

Mais de Homero Alves de Lima

Aula 01 curso de administração de hotel
Aula 01 curso de administração de hotelAula 01 curso de administração de hotel
Aula 01 curso de administração de hotelHomero Alves de Lima
 
Livro completo de administração de empresa
Livro completo de administração de empresaLivro completo de administração de empresa
Livro completo de administração de empresaHomero Alves de Lima
 
Simulado de matemática e suas tecnologias
Simulado de matemática e suas tecnologiasSimulado de matemática e suas tecnologias
Simulado de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologias
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologiasSimulado de linguagens, códigos e suas tecnologias
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Simulado de ciências humanas e suas tecnologias
Simulado de ciências humanas e suas tecnologiasSimulado de ciências humanas e suas tecnologias
Simulado de ciências humanas e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologias
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologiasSimulado de ciências da natureza e suas tecnologias
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Caderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redaçãoCaderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redaçãoHomero Alves de Lima
 
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologias
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologiasCaderno de exercícios de matemática e suas tecnologias
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 09 de matemática e suas tecnologias
Aula 09 de matemática e suas tecnologiasAula 09 de matemática e suas tecnologias
Aula 09 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 08 de matemática e suas tecnologias
Aula 08 de matemática e suas tecnologiasAula 08 de matemática e suas tecnologias
Aula 08 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 07 de matemática e suas tecnologias
Aula 07 de matemática e suas tecnologiasAula 07 de matemática e suas tecnologias
Aula 07 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 06 de matemática e suas tecnologias
Aula 06 de matemática e suas tecnologiasAula 06 de matemática e suas tecnologias
Aula 06 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 05 de matemática e suas tecnologias
Aula 05 de matemática e suas tecnologiasAula 05 de matemática e suas tecnologias
Aula 05 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 04 de matemática e suas tecnologias
Aula 04 de matemática e suas tecnologiasAula 04 de matemática e suas tecnologias
Aula 04 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 03 de matemática e suas tecnologias
Aula 03 de matemática e suas tecnologiasAula 03 de matemática e suas tecnologias
Aula 03 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 
Aula 02 de matemática e suas tecnologias
Aula 02 de matemática e suas tecnologiasAula 02 de matemática e suas tecnologias
Aula 02 de matemática e suas tecnologiasHomero Alves de Lima
 

Mais de Homero Alves de Lima (20)

Aula 01 curso de administração de hotel
Aula 01 curso de administração de hotelAula 01 curso de administração de hotel
Aula 01 curso de administração de hotel
 
Livro completo de administração de empresa
Livro completo de administração de empresaLivro completo de administração de empresa
Livro completo de administração de empresa
 
Sumulando uma prova do enem
Sumulando uma prova do enemSumulando uma prova do enem
Sumulando uma prova do enem
 
Simulado de matemática e suas tecnologias
Simulado de matemática e suas tecnologiasSimulado de matemática e suas tecnologias
Simulado de matemática e suas tecnologias
 
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologias
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologiasSimulado de linguagens, códigos e suas tecnologias
Simulado de linguagens, códigos e suas tecnologias
 
Simulado de ciências humanas e suas tecnologias
Simulado de ciências humanas e suas tecnologiasSimulado de ciências humanas e suas tecnologias
Simulado de ciências humanas e suas tecnologias
 
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologias
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologiasSimulado de ciências da natureza e suas tecnologias
Simulado de ciências da natureza e suas tecnologias
 
Caderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redaçãoCaderno de ecercícios de redação
Caderno de ecercícios de redação
 
Aula 02 redação
Aula 02 redaçãoAula 02 redação
Aula 02 redação
 
Aula 01 redação
Aula 01 redaçãoAula 01 redação
Aula 01 redação
 
Conteúdo programático redação
Conteúdo programático redaçãoConteúdo programático redação
Conteúdo programático redação
 
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologias
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologiasCaderno de exercícios de matemática e suas tecnologias
Caderno de exercícios de matemática e suas tecnologias
 
Aula 09 de matemática e suas tecnologias
Aula 09 de matemática e suas tecnologiasAula 09 de matemática e suas tecnologias
Aula 09 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 08 de matemática e suas tecnologias
Aula 08 de matemática e suas tecnologiasAula 08 de matemática e suas tecnologias
Aula 08 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 07 de matemática e suas tecnologias
Aula 07 de matemática e suas tecnologiasAula 07 de matemática e suas tecnologias
Aula 07 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 06 de matemática e suas tecnologias
Aula 06 de matemática e suas tecnologiasAula 06 de matemática e suas tecnologias
Aula 06 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 05 de matemática e suas tecnologias
Aula 05 de matemática e suas tecnologiasAula 05 de matemática e suas tecnologias
Aula 05 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 04 de matemática e suas tecnologias
Aula 04 de matemática e suas tecnologiasAula 04 de matemática e suas tecnologias
Aula 04 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 03 de matemática e suas tecnologias
Aula 03 de matemática e suas tecnologiasAula 03 de matemática e suas tecnologias
Aula 03 de matemática e suas tecnologias
 
Aula 02 de matemática e suas tecnologias
Aula 02 de matemática e suas tecnologiasAula 02 de matemática e suas tecnologias
Aula 02 de matemática e suas tecnologias
 

Último

Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 

Último (20)

Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 

03 aula métodos sismicos

  • 3. CONCEITO DE GEOLOGIA É a ciência natural que através de ciências exatas e do uso de ferramentas específicas, investiga o meio natural do planeta, interagindo com a Biologia em vários aspectos. Outro conceito define como ciência que estuda a origem da Terra, seus materiais e as suas transformações Mas enfim a Geologia tem um papel marcante e decisivo na qualidade da ocupação e aproveitamento dos recursos naturais que compreendem desde os solos onde se planta, se constrói , até os recursos energéticos e matérias primas industriais
  • 4. OBJETIVOS DA GEOLOGIA •Estudos das características do interior e da superfície da Terra, em várias escalas; •Compreensão de processos físicos, químicos e físico-químicos que levaram o planeta a ser como o observamos; • Definição da maneira adequada de utilizar materiais como fonte de matéria prima e energia para a melhoria da qualidade de vida; •Resolução de problemas ambientais causados anteriormente e estabelecimentos de critérios para evitar danos futuros ao meio ambiente, nas várias atividades humanas.
  • 5. GEOLOGIA ASSOCIADA AO PETRÓLEO PESQUISA Reconhecimento da Bacia Sedimentar e estuda a possibilidade de potenciais acúmulos de petróleo e gás. EXPLORAÇÃO Examinar amostras, verifica e elabora testes e acompanha todo o processo de perfuração PRESERVAÇÃO Orientação garantindo convivência adequada e harmoniosa com o meio ambiente
  • 7. GEOFÍSICA É uma ciência voltada a compreensão da estrutura, composição e dinâmica do planeta Terra. Ela estuda as partes profundas da terra que não podemos observar diretamente. Dividida em: Geofísica Pura Investiga as propriedades físicas da Terra e sua constituição interna e partir de fenômenos físicos ligado a ela Geofísica Aplicada Estuda as ocorrências ou estruturas geológicas, relativamente pequenas, localizadas na crosta terrestre
  • 8. GEOLOGIA X GEOFÍSICA GEOLOGIA GEOFÍSICA É o estudo da Terra através das observações diretas de rochas que estão na superfície ou amostras retiradas de poços perfurados com esta finalidade, visando analisar sua estrutura, composição e história geológica. É o estudo daquelas partes profundas da Terra que não podemos ver através de observação direta, medindo suas propriedades físicas com instrumentos sofisticados e apropriados disponibilizados na superfície.
  • 10. MÉTODOS SÍSMICOS ONDAS SÍSMICAS Qualquer vibração mecânica percebida pelos sentidos humanos que parte de uma fonte geradora e se propaga até onde possa ser detectado. MÉTODOS SÍSMICOS Baseia-se na emissão de ondas sísmicas artificiais em sub-superfície ou no mar captando os ecos depois de percorrerem determinada distância para o interior da crosta terrestre e então retornando para a superfície. Como podem ser gerados? Explosivos Ar comprimido Queda de pesos Vibração
  • 11. É o principal método utilizado na prospecção de gás e petróleo por fornecerem detalhes e estrutura da crosta, bem como de propriedades físicas da camadas que a compõem. Método que observa o comportamento das ondas sísmicas após penetrarem na crosta e serem refletidas à superfície e então detectadas por sensores. REFLEXÃO Geofones Sensores Hidrofone Sísmica de Reflexão
  • 12. REFRAÇÃO As informações obtidas por este método geralmente trazem informações pouco detalhadas das regiões abaixo da superfície, situadas entre o ponto de detonação e o ponto de captação Método que observa o comportamento das ondas sísmicas que propagam-se em uma sub-superfície e viajam a grandes distâncias , sendo captadas por sensores. Sensores Geofones Hidrofon e Sísmica de Refração
  • 14.  http://www.youtube.com/watch?v=Re8t- knWQ5k  http://www.youtube.com/watch?v=_2dA6hXF- zQ  http://www.youtube.com/watch?v=tMtypnHud L4&list=PLKvy0yfI0KBjfitdJLGPfM7E8fnwDo2Ei
  • 16. BACIAS SEDIMENTARES BACIAS SEDIMENTARES são depressões na superfície que com o tempo, foram sendo preenchidas por sedimentos. SEDIMENTO Detrito rochoso resultante da erosão, que é depositado quando diminui a energia do fluído que o transporta (ação do ar, água ou geleiras) Exemplo Fragmentos de conchas Restos de animais Recifes de corais Ossos
  • 18. BACIAS SEDIMENTARES PODEM SE DIVIDIR EM 3 TIPOS: • Constituídos por sedimentos do meio terrestre • Constituídos por sedimentos do meio marítimo • Constituídos por sedimentos de ambos os meios As bacias sedimentares, assim como a maior parte do relevo terrestre, são áreas que estão em constante processo de renovação. Devido ao depósito constante de sedimentos, ou a outros fatores tectônicos, elas continuam cedendo espaço para mais camadas de sedimentos que vão sendo depositados. Só que este movimento é muito lento e não pode ser percebido facilmente podendo levar alguns milhares de anos para ocorrer
  • 19. BACIAS SEDIMENTARES NO BRASIL As bacias sedimentares brasileiras totalizam 6.436.200 km2 76% - Terrestre 24% - Plataforma Continental Grande extensão O Brasil tem cerca de 60% do seu território ocupado por bacias sedimentares Bacia do Amazonas Menor extensão Bacia do Parnaíba Bacia do Paraná Bacia do Pantanal Bacia S. Francisco Bacia do Recôncavo Muito pequenas Bacia de Curitiba Bacia de Taubaté Bacia de S. Paulo
  • 21. ROCHAS SEDIMENTARES As rochas sedimentares são formadas a partir da pressão exercida sobre as partículas de sedimentos carregados e depositados pela ação do ar (vento), água ou geleiras. Conforme ao sedimentos se acumulam, eles vão se compactando, através da pressão e se solidificam. Podem ser formados por: Minerais herdados – rochas pré-existentes Minerais de néo-formação Deposição de materiais de origem biogênica
  • 22. ROCHAS MATRIZ OU GERADORAS
  • 23. ROCHAS MATRIZ OU GERADORAS São rochas sedimentares que são formadas através das modificações geológicas. Com o passar do tempo essas rochas vão adquirindo temperatura e pressão adequadas para a formação e transformação de minerais e fósseis Por possuir essas características as rochas matriz são adequadas para a formação inicial da substância que futuramente dará origem ao óleo cru (petróleo), após a formação desse óleo ele migra através dos poros até as rochas reservatório.
  • 25. ROCHAS RESERVATÓRIO É uma formação que ocorre após a produção do petróleo nos poros das rochas sedimentares, resultante da decomposição de matéria orgânica e de condições físico-químicas (Tempo – Temperatura – Pressão)
  • 26. QUESTIONÁRIO 1) Qual a diferença entre Geologia e Geofísica? 2) Como a Geologia está associada ao petróleo? 3) O que são Métodos sísmicos? 4) Qual a diferença entre Reflexão e Refração? 5) O que são Bacias Sedimentares? 6) Como as Bacias Sedimentares podem ser constituídas? 7) Como estão divididas as Bacias Sedimentares no Brasil? 8) O que são rochas sedimentares? 9) O que são rochas matriz ou geradoras? 10) O que são rochas reservatório?