[Sermão] Reconciliação: Algo necessário, possível e disponível

3.674 visualizações

Publicada em

Sermão

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.674
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.595
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[Sermão] Reconciliação: Algo necessário, possível e disponível

  1. 1. Sermão 07 de Dezembro de 2014 | www.exegesebiblia.blogspot.com.br p. 1 RECONCILIAÇÃO I. UMA NECESSIDADE A TODA HUMANIDADE CAÍDA “Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça.” (Isaías 59:2) 1. O termo hebraico traduzido ao português como “separação” neste verso é “bâdal” e significa literalmente “cortar fora”. Este verbo (ação) aparece na ordem de fazer divisão entre o santo e o profano, entre o puro e o imundo (Levítico 20:25). 2. Portanto, quando peco contra Deus, entrego nas mãos de Satanás um poderoso bisturi que ele usa para me cortar fora da pessoa de Cristo. Agora estou longe, cortado, separado. E posso estar nessa condição sendo membro regular da igreja. 3. Nesta situação, a Bíblia nos descreve como “estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas” (Colossenses 1:21).
  2. 2. Sermão 07 de Dezembro de 2014 | www.exegesebiblia.blogspot.com.br p. 2 II. ALGO POSSÍVEL E DISPONÍVEL ATRAVÉS DA JUSTIÇA DE CRISTO “Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida; e não apenas isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, por intermédio de quem recebemos, agora, a reconciliação.” (Romanos 5:10-11) 1. Reconciliação se refere a restauração de um relacionamento quebrado. É algo pessoal e não coletivo. A melhor forma de reconciliar uma igreja com Deus se dá quando cada um o faz pessoalmente. No tempo de Jonas, Nínive não recebeu o castigo de Deus porque cada cidadão se reconciliou com Deus (Jonas 3:5-10). 2. Nas relações humanas, a reconciliação se faz mediante a remoção daquilo que causava a disputa. Como nós somos incapazes de remover nossos pecados, também somos incapazes de nos reconciliar com Deus.
  3. 3. Sermão 07 de Dezembro de 2014 | www.exegesebiblia.blogspot.com.br p. 3 3. “Agora, porém, vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis” (Colossenses 1:22). 4. A expiação dos nossos pecados por Jesus na cruz foi decisivamente importante para a reconciliação fosse possível, pois em Cristo Deus iniciou e completou a nossa reconciliação com Ele. 7. A morte substitutiva de Jesus na cruz foi o método utilizado por Deus para prover reconciliação. Mas qual foi o motivo? “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.” (Romanos 5:8) 8. O amor de Deus não significa fazer vista grossa para o pecado ou simplesmente descartá-lo, mas resolvê-lo. Não se trata de anistia complacente, mas de verdadeiro perdão e reconciliação, graças à cruz de Cristo. O Pai é o autor da reconciliação, o Filho é o consumador e o Espírito é o transformador dessa possibilidade em realidade.
  4. 4. Sermão 07 de Dezembro de 2014 | www.exegesebiblia.blogspot.com.br p. 4 9. Reconciliação é um ato de Deus, motivado por Seu amor, em virtude do qual o Senhor não leva mais em conta as nossas transgressões. Tem que ver não somente com nossa atitude para com Deus, mas também com a atitude de Deus para conosco, em resultado da qual Ele não nos vê mais como inimigos nem numa condição de inimizade. 10. Então, qual é a nossa parte da reconciliação? A mudança de atitude da parte do pecador, que envolve deixar de ser inimigo de Deus, ocorre como efeito da obra reconciliatória de Cristo e não a causa dela. 11. No texto lido, Paulo diz que por intermédio de Cristo Jesus: “[...] recebemos, agora, a reconciliação” (Romanos 5:11). Reconciliação é algo a ser recebido e não produzido, pois o texto indica que a reconciliação já existia antes de a experimentarmos. O que foi feito, foi feito sem a necessidade da participação humana. Isso é a graça de Deus.
  5. 5. Sermão 07 de Dezembro de 2014 | www.exegesebiblia.blogspot.com.br p. 5 APELO  A reconciliação é uma necessidade, é uma possibilidade e encontra-se disponível a todos nós.  Só teremos paz quando estivermos reconciliados com Deus (Romanos 5:1).  Algum pecado recente em sua vida te faz sentir a necessidade de se reconciliar com Deus? Reconciliai-vos já com Deus! LOUVOR CONGREGACIONAL  Hinário Adventista n.° 337 – Sou forasteiro aqui  Coletânea Jovem de 2012 - Restaura P.S.: Este sermão teve inspiração no texto contido no capítulo “Cristo: Pessoa e Obra” do Tratado de Teologia Adventista, subtítulo “A Obra Expiatória de Cristo: O Ensino do Novo Testamento” (p. 203- 205). Este material pode ser adquirido a um preço simbólico através do site http://www.cpb.com.br/.

×