[Justificação pela Fé] Cinco aspectos da justiça de Deus

2.100 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.100
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
312
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
103
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[Justificação pela Fé] Cinco aspectos da justiça de Deus

  1. 1. www.facebook.com/ExegeseBibliaTRATA A TODOS COM IGUALDADE“[...] Porque não há distinção, pois todos pecaram ecarecem da glória de Deus.” (Romanos 3:22-23)Fonte: Dr. Mario Veloso. Comentário Bíblico Homilético: Romanos (CPB, 2011, p. 68)“A igualdade era indispensável como critério de justiça e como expressãode misericórdia. [...] A igualdade do trato divino é também uma respostaà igualdade dos seres humanos na desgraça. Uma desgraça dupla: todospecaram e todos, com sua maneira de ser, afastaram-se do caráterdivino. No princípio, Deus criou todos, tão integrados ao Seu própriocaráter, que, em tudo, refletiam Sua personalidade. [...] Mas quando opecado entrou na existência humana, toda humanidade foi perdendo suasemelhança divina. Precisava ser recuperada. Cada pessoa da famíliahumana possuía essa mesma necessidade e Deus ofereceu a todos ajustiça pela fé, sem distinção de pessoas.”
  2. 2. www.facebook.com/ExegeseBibliaENTREGOU SUA JUSTIÇA GRATUITAMENTE“[...] Sendo justificados gratuitamente, por Sua graça.”(Romanos 3:24)Fonte: Dr. Mario Veloso. Comentário Bíblico Homilético: Romanos (CPB, 2011, p. 68-69)“A graça é a capacidade de dar. Demonstra a boa vontade de quemoferece a dádiva e a alegria de quem a recebe. Expressa a misericórdiade Deus e Sua disposição de perdoar. A boa-nova da graça, reveladaem Jesus Cristo, como diz Paulo, ‘é o poder de Deus para a salvação detodo aquele que crê’ (Rm 1:26). Ninguém vende um presente. Muitomenos Deus. Sua natureza de amor O torna sempre generoso. Uma desuas grandes características é abençoar, repartir Suas abundâncias,com grandeza incomparável.”
  3. 3. www.facebook.com/ExegeseBibliaSALVA O PECADOR PELA REDENÇÃO“[...] Sendo justificados [...] mediante a redenção que háem Cristo Jesus.” (Romanos 3:24)Fonte: Dr. Mario Veloso. Comentário Bíblico Homilético: Romanos (CPB, 2011, p. 69)“A redenção, literalmente, era o resgate de um escravo perdido ou acompra de um cativo que perdeu sua liberdade na guerra. Em ambosos casos, havia um preço a pagar. Nem o escravo nem o cativo faziam opagamento. Mas o resgatador o fazia. No Antigo Testamento, oresgatador chamava-se goel. Era o parente mais próximo de umaviúva. Ao redimi-la, comprava as terras herdadas por ela, pagavadeterminado preço para lhe outorgar a oportunidade de vida de quenecessitava como também devia se casar com ela para lheproporcionar uma família presente e futura. [...] O caso mais conhecidofoi protagonizado por Rute, a moabita; e Boaz, o parente deElimeleque.”
  4. 4. www.facebook.com/ExegeseBibliaDEUS PAGOU A NOSSA REDENÇÃO: A MORTE DE JESUS“Deus O ofereceu como sacrifício para propiciaçãomediante a fé, pelo Seu sangue, demonstrando a Suajustiça.” (Romanos 3:25)Fonte: Dr. Mario Veloso. Comentário Bíblico Homilético: Romanos (CPB, 2011, p. 69-70)“Há somente duas referências à expiação: esta, relacionada a Cristo, eoutra que fala da tampa que cobre a arca. ‘Acima da arca’, diz Paulo,‘estavam os querubins da Glória, que com sua sombra cobriam a tampada arca’ (Hb 9:5). Todo o sistema de sacrifícios, no santuário, era umsimbolismo do sacrifício expiatório de Cristo. Constituía a promessa daexpiação. O sangue de todos os sacrifícios pelo pecado, de todo o ano,era simbolicamente apresentado diante da Arca do Concerto [...]. Amorte de Cristo, sacrifício expiatório real, pagou a pena pelo pecado etornou possível a salvação de todos os pecadores que nela creem.”
  5. 5. www.facebook.com/ExegeseBibliaDEUS JUSTIFICA OS QUE CREEM“[...] Para Ele mesmo ser justo e o justificador daqueleque tem fé em Jesus.” (Romanos 3:26)Fonte: Dr. Mario Veloso. Comentário Bíblico Homilético: Romanos (CPB, 2011, p. 70)“Se Deus justificasse automaticamente todos os pecadores somentepelo fato de serem pecadores, mesmo que o sacrifício de Jesus tenhasido feito por todos eles, seria injusto diante deles mesmos. Por quejustificar aquele que já se considera justo e não tem nenhuminteresse na justificação de Cristo, a qual considera desnecessária? Seo pecador crê no sacrifício expiatório de Jesus, Deus não deixa de serjusto quando o justifica.”

×