A Grécia Antiga: Período Homérico
Homero:
• O Período Homérico representa uma novafase na estruturação da sociedade grega emdecorrência da invasão dos dórios no per...
• No final do Período Pré-Homérico os dórios,povo indo-europeu, invadiram violentamentea Grécia, destruindo a estrutura co...
Dórios:
• O novo período da história da Grécia Antigarecebe a denominação de Homérico por causa dopoeta Homero, que escreveu e rev...
Os genos:
• Os Genos conquistaram grande autonomia política emconsequência da independência econômica, mesmo anova organização tendo...
• É claro que em toda relação humana, por maisque se preze pela igualdade social, sempre háexpressões que favorecem a dete...
• A organização econômica e social do Genos não foicapaz de resistir por muito tempo, as técnicas arcaicasnão davam mais c...
• A nova estrutura social era baseada em três níveis. Emprimeiro lugar estavam os eupátridas (bem-nascidos),que por serem ...
• A nova aristocracia ficou com o poder e eradenominada de fratrias, que formavam em grupo astribos. A união destas tribos...
A grécia antiga   período homérico
A grécia antiga   período homérico
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A grécia antiga período homérico

493 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
493
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A grécia antiga período homérico

  1. 1. A Grécia Antiga: Período Homérico
  2. 2. Homero:
  3. 3. • O Período Homérico representa uma novafase na estruturação da sociedade grega emdecorrência da invasão dos dórios no períodoanterior. O novo povo encerrou a culturacreto-micênica que esteve presente porséculos e em seu lugar deu início a culturagentílica.
  4. 4. • No final do Período Pré-Homérico os dórios,povo indo-europeu, invadiram violentamentea Grécia, destruindo a estrutura comercialexistente, a cultura que lá estava estabilizadae causando a migração desta população comoalternativa para sobreviver. A invasão dosdórios fez com que surgissem novas colôniasgregas em novos territórios, mas alterouradicalmente a estrutura existente na Grécia.
  5. 5. Dórios:
  6. 6. • O novo período da história da Grécia Antigarecebe a denominação de Homérico por causa dopoeta Homero, que escreveu e revelou muitasinformações sobre esta fase da história grega. Aestrutura que havia na Grécia foi toda distorcidae deu lugar para uma sociedade baseada nosGenos. Os membros dos Genos eram chamadosde Gens e dependiam da unidade familiar. Comouma organização fechada, os Genos tinham umagrande independência econômica.
  7. 7. Os genos:
  8. 8. • Os Genos conquistaram grande autonomia política emconsequência da independência econômica, mesmo anova organização tendo base familiar, toda apopulação era favorecida. O trabalho desenvolvido nanova sociedade era individual, mas o bem dacomunidade era sempre almejado. Havia um chefe quedeterminava o papel de cada um, tudo que eraproduzido era dividido igualmente entre os Gens. Aestrutura garantia que nenhum Genos sedesenvolvesse mais que outros, as famílias que tinhamdificuldade na produção eram livres para utilizarescravos ou o trabalho de artesãos.
  9. 9. • É claro que em toda relação humana, por maisque se preze pela igualdade social, sempre háexpressões que favorecem a determinadosindivíduos, o que é efeito das relações políticas.Apesar da sociedade ser igualitária, aproximidade familiar com o chefe do Genos eraque determinava o grau de importância doindivíduo na sociedade. O chefe do Genos erarespeitado por ser considerado como detentorde ‘fórmulas secretas’ que lhe permitiam fazercontato com os ancestrais e com os deuses queprotegiam as famílias.
  10. 10. • A organização econômica e social do Genos não foicapaz de resistir por muito tempo, as técnicas arcaicasnão davam mais conta de sustentar a população. Atendência era de que o Genos se dividisse emestruturas menores, o rompimento dos laçosfamiliares causava sua fragilização. Esse processofavoreceu aos possuidores de maior importânciasocial, ou seja, os parentes mais próximos do chefe doGenos. A sociedade ficou extremamente fragmentadae formada por um grupo detentor das melhorescondições sociais e econômicas, a maioria passou aviver de míseros salários e esmolas.
  11. 11. • A nova estrutura social era baseada em três níveis. Emprimeiro lugar estavam os eupátridas (bem-nascidos),que por serem mais próximos no parentesco do chefedo antigo Genos ficaram com as melhores terras,monopolizaram os equipamentos de guerra e ficaramcom todo o poder formando uma aristocracia baseadana terra. Em segundo lugar estavam os georgoi(agricultores), enquadrados em um patamar médio,ficaram com a periferia. E na camada mais baixa danova sociedade estavam os Thetas (marginais),desprovidos de terras e completamentemarginalizados.
  12. 12. • A nova aristocracia ficou com o poder e eradenominada de fratrias, que formavam em grupo astribos. A união destas tribos fez surgir as cidades-estado chamadas de Pólis. Nos século IX e VIII a.C.surgiram aproximadamente 160 pólis na Grécia, sendoque cada uma possuía seu templo em uma regiãoelevada da cidade, o qual era chamado de Acrópole.Os Basileus eram os governantes da pólis, mas tinhamo poder limitado pelos eupátridas. Tentaram dar umgolpe para tomar o poder máximo, mas foramimpedidos e substituídos pelos Arcondes, que eramindicados anualmente pelo Conselho dos Aristocratas.

×