SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 84
Prof. Douglas Barraqui

PERÍODO DEMOCRÁTICO
1985-2013
Eleições de 1985
Paulo Maluf Vs Tancredo Neves





Eleições indiretas;
Colégio eleitoral (Membros do
Congresso Nacional e representantes da
Assembléia Legislativa);
Tancredo é eleito (vice José Sarney)
"Façam de mim o que quiserem - depois
da posse"!





Agenda de campanha bastante
extenuante;
Dores abdominais;
Passou por 7 operações;
José Sarney
e a “Constituição Cidadã”
José Sarney (1985-1990)
ECONOMIA

Década de 80 – “Década Perdida”
Cruzeiro – Cruzado – Bresser – Verão

José Sarney
“Constituição Cidadã”
CONSTITUIÇÃO DE 1988
SISTEMA POLÍTICO:

Republica Presidencialista Representativa;

Sistema Federalista;

Divisão dos 3 poderes;
SISTEMA ELEITORAL:

Eleições Diretas;

Voto Obrigatório;
SISTEMA SOCIAL:

“Todos são iguais perante a lei”

Direitos Sociais
“Direito do Povo, Dever do Estado”
Collor Vs Lula
Collor (1990-1992)


Primeiro presidente eleito de forma
direta pós Regime Militar;



NEOLIBERALISMO
Abertura Econômica;
Privatizações;
Controle dos gastos públicos;
Estado Mínimo;

-

PLANO COLLOR
- Congelamento das contas correntes por
18 meses;

Collor (1990-1992)
-

Tráfico de Influência;
Corrupção
Collor e o Impeachment






Primeiro presidente Impeachmado;
1992 – Para não ser cassado, Collor
renunciou;
2006 – eleito senador por Alagoas;
Itamar Franco (1992-1995)
Collor renuncia, assume seu vice
Itamar Franco;
ECONOMIA:

Desafio: controlar a inflação

O Plano Real


-

FHC – Ministro da Fazenda;
Plano real (equiparar a moeda
brasileira ao Dollar)
CRUZEIRO – URV – REAL
Fernando Henrique Cardoso 1995-2003



Política Neoliberal:
Privatizações:



1997 – medida
provisória garantindo
a reeleição;



1999 foi reeleito;



Quadruplicou a
divida externa;
Fernando Henrique Cardoso 1995-2003
AÇÕES SOCIAIS:

Bolsa Escola;

Auxílio Gás;

Bolsa Alimentação;

Cartão Alimentação;
CRISE DO GOVERNO:

Comemorações de 550 anos do
Descobrimento do Brasil;
- Não convidou representantes das
comunidades indígenas e negras;

CNBB – plebiscito pelo fim do
pagamento da dívida externa;
- 95% votaram SIM

Lula (2003-2011)





PROMESSA DE CAMPANHA:
Crescimento econômico – Elevar o
PIB em 5%;
Distribuição de renda

Cenário:
- Inflação baixa;
- Baixo índice de desemprego;
- Risco país baixo;

Lula (2003-2011)
PAC
1º) Energia:

Hidrelétricas;

Bio-combustíveis;

Proálcool
2º) Infra-estrutura social-urbana:

Saúde;

Alimentação;

Educação;

Saneamento;
2º) Logística:

Rodovias;

Ferrovias;

Portos;

Aeroportos ;

Hidrovias;
Lula (2003-2011)

PROBLEMAS ENFRENTADOS:

Juros elevados;

Elevada carga tributária;

Dívida pública elevada;

Gargalos da economia:
- Transporte;
- Energia;

“Quero ter todo brasileiro fazendo três
refeições por dia”.

Lula (2003-2011)
MEDIDAS ASSISTENCIALISTAS

PROGRAMAS SOCIAIS:
- Bolsa Família;
- Fome Zero;
- Primeiro Emprego;
Redução da pobreza e distribuição de
renda
- Redução da taxa de pobreza
- 40% em 1990
- 9,1% em 2006
Lula (2003-2011)





CRISE DO GOVERNO
Mensalão;
“Apagão aéreo“;
Escândalo dos cartões corporativos;
Caso Erenice Guerra;
Pérolas do presidente Lula
Pergunta: E o que é ser antiamericano, agora,
presidente?
“Oli, eu passei tanto tempo da minha vida,
achando que ser antiamericano era não
beber Coca-Cola. Depois eu fui
ficando mais maduro e percebi que,
quando a gente levanta de madrugada,
e tem uma Coca-Cola gelada na
geladeira, não tem nada melhor."
Falando na inauguração do Restaurante
Pérolas do presidente Lula

“Foi uma surpresa. Quem chega em
Windhoek não parece que está em
um país africano. Poucas cidades
do mundo são tão limpas, tão
bonitas arquitetonicamente e tem
um povo tão extraordinário como
tem essa cidade”
Lula ao se despedir na capital da
Namíbia;
Pérolas do presidente Lula
”Tinha preconceitos sobre Blair
porque tudo o que eu sabia sobre
ele tinha lido na imprensa
brasileira. E tudo o que Blair
sabia sobre mim era o que
Fernando Henrique tinha contado
pra ele”.
Dando a entender que a imprensa
brasileira deturpa os fatos
Pérolas do presidente Lula
“Quando se aposentarem, não fiquem
em casa atrapalhando a família,
procurem alguma coisa para
fazer. Se ficar disputando
espaço no sofá com o neto, sua
vida vai ficar chata.”
(Na cerimônia do Estatuto do Idoso);
Pérolas do presidente Lula
Discurso na cerimônia alusiva à colheita
de mamona para a produção de
Biodiesel, em Canto do Buriti, Piauí,
4 de agosto de 2005.
"Então eu vim aqui trazer uma
mensagem positiva para vocês,
uma mensagem que eu já falei na
fábrica, lá em Floriano, mas eu
vou ler aqui, porque eu pensei que
vocês estavam lá. Se eu soubesse
que vocês estavam aqui, e não lá,
eu não tinha feito o discurso lá,
tinha deixado para fazer aqui."
Pérolas do presidente Lula
Falando aos atletas paraolímpicos:
"Estou vendo aqui companheiros
portadores de deficiência física.
Estou vendo o Arnaldo Godoy
sentado, tentando me olhar, mas
ele não pode me olhar porque ele
é cego. Estou aqui à tua
esquerda, viu, Arnaldo! Agora,
você está olhando pra mim... "
Fonte - Site da Radiobras, 27/06/2003.
Dilma Rousseff (2011- atual)


Dilma Rousseff no
Governo Lula:

- Ministra de Minas e Energia
- Ministra-Chefe da Casa Civil
do Brasil
Eleições de 2010:
“Candidata do Lula”

Dilma Rousseff (2011- atual)
ECONOMIA:

Segmento à política econômica do
Governo Lula;


Inflação relativamente controlada;



Corte de impostos sobre a cesta
básica. (governo deixou de arrecadar
7,4 bilhões de reais por ano);
Desoneração do IPI e do setor de
telecomunicações (Tecnologia 4G)





Sexta economia mundial;
Dilma Rousseff (2011- atual)
PROGRAMAS SOCIAIS:

Brasil sem Miséria:
- Promover a inclusão social;
- Aumentar a produtiva da
população
extremamente pobre;
- Público alvo: a camada da
população que vive em extrema
pobreza.
- Cursos profissionalizantes;
- Encaminhamento ao emprego;
- Acesso a serviços públicos;
Dilma Rousseff (2011- atual)
PROGRAMAS SOCIAIS:

Brasil Carinhoso
- Famílias com criança de até 6
anos;
- integra o Plano Brasil Sem
Miséria
- Aumento de vagas nas creches
- cuidados adicionais na saúde,
suplementação de vitamina A,
ferro e medicação gratuita
contra asma.
- Renda mensal de no mínimo de
R$ 70 por pessoa da família.
Dilma Rousseff (2011- atual)
PROTESTOS ATUAIS
MOTIVO INICIAL: aumentos nas
tarifas de transporte público;

Gastos com a copa do mundo;
(Previsão 23 Bilhões)
- Copas da África do Sul: 7,7 bilhões;
- Copas do Japão: 10,1 bilhões;
- Copas da Alemanha: 10,7 bilhões;
- Copas do Brasil: 28,5 bilhões

Casos de corrupção:
- 69º lugar em Ranking de 176 países.

Referências:



Projeto Araribá;
Projeto Telaris;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Janio quadros e joão goulart
Janio quadros e joão goulartJanio quadros e joão goulart
Janio quadros e joão goulartharlissoncarvalho
 
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo Valéria Shoujofan
 
Imperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIXImperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIXRodrigo Luiz
 
Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Elton Zanoni
 
Primeira República
Primeira RepúblicaPrimeira República
Primeira Repúblicaisameucci
 
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)Edenilson Morais
 
Duas décadas de mudanças e permanências
Duas décadas de mudanças e permanênciasDuas décadas de mudanças e permanências
Duas décadas de mudanças e permanênciasGlasiely Virgílio Silva
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasilFabiana Tonsis
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaEdenilson Morais
 
PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917josafaslima
 
Brasil Contemporâneo - Prof. Medeiros
Brasil Contemporâneo - Prof. MedeirosBrasil Contemporâneo - Prof. Medeiros
Brasil Contemporâneo - Prof. MedeirosJoão Medeiros
 
Do bandeirantismo à exploração aurífera.
Do bandeirantismo à exploração aurífera.Do bandeirantismo à exploração aurífera.
Do bandeirantismo à exploração aurífera.Privada
 
Ditadura Militar no Brasil
Ditadura Militar no BrasilDitadura Militar no Brasil
Ditadura Militar no BrasilEmanuel Leite
 
O governo Fernando Collor (1990-1992)
O governo Fernando Collor (1990-1992)O governo Fernando Collor (1990-1992)
O governo Fernando Collor (1990-1992)Edenilson Morais
 
A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )Isaquel Silva
 

Mais procurados (20)

Janio quadros e joão goulart
Janio quadros e joão goulartJanio quadros e joão goulart
Janio quadros e joão goulart
 
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
 
Imperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIXImperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIX
 
Aula ditadura militar
Aula ditadura militarAula ditadura militar
Aula ditadura militar
 
Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)
 
Primeira República
Primeira RepúblicaPrimeira República
Primeira República
 
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Duas décadas de mudanças e permanências
Duas décadas de mudanças e permanênciasDuas décadas de mudanças e permanências
Duas décadas de mudanças e permanências
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasil
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
 
PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917
 
Brasil Contemporâneo - Prof. Medeiros
Brasil Contemporâneo - Prof. MedeirosBrasil Contemporâneo - Prof. Medeiros
Brasil Contemporâneo - Prof. Medeiros
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
 
Do bandeirantismo à exploração aurífera.
Do bandeirantismo à exploração aurífera.Do bandeirantismo à exploração aurífera.
Do bandeirantismo à exploração aurífera.
 
Ditadura Militar no Brasil
Ditadura Militar no BrasilDitadura Militar no Brasil
Ditadura Militar no Brasil
 
O governo Fernando Collor (1990-1992)
O governo Fernando Collor (1990-1992)O governo Fernando Collor (1990-1992)
O governo Fernando Collor (1990-1992)
 
A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )A Nova República (1985 )
A Nova República (1985 )
 
Ditadura Militar no Brasil
Ditadura Militar no BrasilDitadura Militar no Brasil
Ditadura Militar no Brasil
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
 

Destaque

Da espada a república oligarquica
Da espada a república oligarquicaDa espada a república oligarquica
Da espada a república oligarquicaDouglas Barraqui
 
Brasil Pós-Ditadura Militar
Brasil Pós-Ditadura MilitarBrasil Pós-Ditadura Militar
Brasil Pós-Ditadura MilitarPaulo Alexandre
 
Redemocratização do brasil pós ditadura militar
Redemocratização do brasil pós ditadura militarRedemocratização do brasil pós ditadura militar
Redemocratização do brasil pós ditadura militarIsabel Aguiar
 
O REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO IO REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO IIsabel Aguiar
 

Destaque (8)

Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
Governos democráticos
Governos democráticosGovernos democráticos
Governos democráticos
 
Da espada a república oligarquica
Da espada a república oligarquicaDa espada a república oligarquica
Da espada a república oligarquica
 
Idade Média
Idade MédiaIdade Média
Idade Média
 
Brasil Pós-Ditadura Militar
Brasil Pós-Ditadura MilitarBrasil Pós-Ditadura Militar
Brasil Pós-Ditadura Militar
 
Redemocratização do brasil pós ditadura militar
Redemocratização do brasil pós ditadura militarRedemocratização do brasil pós ditadura militar
Redemocratização do brasil pós ditadura militar
 
O REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO IO REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO I
 

Semelhante a Período Democrático 1985-2013

Comissão da verdade e AI-5.
Comissão da verdade e AI-5.Comissão da verdade e AI-5.
Comissão da verdade e AI-5.Paes Viana
 
22º Encontro de Líderes - Carlos Melo
22º Encontro de Líderes - Carlos Melo22º Encontro de Líderes - Carlos Melo
22º Encontro de Líderes - Carlos MeloCNseg
 
Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair Aguilar
  Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair Aguilar  Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair Aguilar
Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair AguilarAltair Moisés Aguilar
 
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014Helena Morita
 
Manifesto aos brasileiros de boa vontade POR GABRIEL BIRKHANN
Manifesto aos brasileiros de boa vontade POR GABRIEL BIRKHANNManifesto aos brasileiros de boa vontade POR GABRIEL BIRKHANN
Manifesto aos brasileiros de boa vontade POR GABRIEL BIRKHANNGabriel Dos Santos Birkhann
 
A década perdida
A década perdidaA década perdida
A década perdidaBeba Gatosa
 
15. brasil aula sobre ditadura militar
15. brasil aula sobre ditadura militar15. brasil aula sobre ditadura militar
15. brasil aula sobre ditadura militarDarlan Campos
 
Mais Um Artigo Para Ler E Refletir
Mais Um Artigo Para Ler E RefletirMais Um Artigo Para Ler E Refletir
Mais Um Artigo Para Ler E RefletirPriscila Angel
 
Fundamentos serviço social lula e neo - 1 º semestre
Fundamentos serviço social   lula e neo - 1 º semestreFundamentos serviço social   lula e neo - 1 º semestre
Fundamentos serviço social lula e neo - 1 º semestreDaniele Rubim
 
Geografia 3ano3bim Colégio Bimbatti
Geografia 3ano3bim Colégio BimbattiGeografia 3ano3bim Colégio Bimbatti
Geografia 3ano3bim Colégio BimbattiJunior Oliveira
 
2012 nova república
2012  nova república2012  nova república
2012 nova repúblicaMARIANO C7S
 

Semelhante a Período Democrático 1985-2013 (20)

Comissão da verdade e AI-5.
Comissão da verdade e AI-5.Comissão da verdade e AI-5.
Comissão da verdade e AI-5.
 
22º Encontro de Líderes - Carlos Melo
22º Encontro de Líderes - Carlos Melo22º Encontro de Líderes - Carlos Melo
22º Encontro de Líderes - Carlos Melo
 
Unidade14
Unidade14Unidade14
Unidade14
 
Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair Aguilar
  Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair Aguilar  Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair Aguilar
Luiz Inácio Lula da Silva - Prof. Altair Aguilar
 
Slide pronto
Slide prontoSlide pronto
Slide pronto
 
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014
Revisão ENEM - Ciências Humanas 2014
 
Manifesto aos brasileiros de boa vontade POR GABRIEL BIRKHANN
Manifesto aos brasileiros de boa vontade POR GABRIEL BIRKHANNManifesto aos brasileiros de boa vontade POR GABRIEL BIRKHANN
Manifesto aos brasileiros de boa vontade POR GABRIEL BIRKHANN
 
A década perdida
A década perdidaA década perdida
A década perdida
 
15. brasil aula sobre ditadura militar
15. brasil aula sobre ditadura militar15. brasil aula sobre ditadura militar
15. brasil aula sobre ditadura militar
 
Brasil 1985 até itamar
Brasil 1985 até itamarBrasil 1985 até itamar
Brasil 1985 até itamar
 
Verdade seja dita
Verdade seja ditaVerdade seja dita
Verdade seja dita
 
Mais Um Artigo Para Ler E Refletir
Mais Um Artigo Para Ler E RefletirMais Um Artigo Para Ler E Refletir
Mais Um Artigo Para Ler E Refletir
 
Luis inácio da silva lula
Luis inácio da silva    lulaLuis inácio da silva    lula
Luis inácio da silva lula
 
Collor
CollorCollor
Collor
 
Fundamentos serviço social lula e neo - 1 º semestre
Fundamentos serviço social   lula e neo - 1 º semestreFundamentos serviço social   lula e neo - 1 º semestre
Fundamentos serviço social lula e neo - 1 º semestre
 
O brasil (2)
O brasil (2)O brasil (2)
O brasil (2)
 
O governo de José Sarney
O governo de José SarneyO governo de José Sarney
O governo de José Sarney
 
Geografia 3ano3bim Colégio Bimbatti
Geografia 3ano3bim Colégio BimbattiGeografia 3ano3bim Colégio Bimbatti
Geografia 3ano3bim Colégio Bimbatti
 
2012 nova república
2012  nova república2012  nova república
2012 nova república
 
Governolula
GovernolulaGovernolula
Governolula
 

Mais de Douglas Barraqui

FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?Douglas Barraqui
 
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLADouglas Barraqui
 
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADESOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADEDouglas Barraqui
 
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃO
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃOA BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃO
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃODouglas Barraqui
 
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGA
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGAOS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGA
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGADouglas Barraqui
 
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTAS
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTASFORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTAS
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTASDouglas Barraqui
 
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBER
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBERSOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBER
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBERDouglas Barraqui
 
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIALMÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIALDouglas Barraqui
 
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?Douglas Barraqui
 
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINAHIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINADouglas Barraqui
 
História da américa anglo saxônica
História da américa anglo saxônicaHistória da américa anglo saxônica
História da américa anglo saxônicaDouglas Barraqui
 
Revolução Socialista na China e a Guerra do Vietnã
Revolução Socialista na China e a Guerra do VietnãRevolução Socialista na China e a Guerra do Vietnã
Revolução Socialista na China e a Guerra do VietnãDouglas Barraqui
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilDouglas Barraqui
 
Releitura das obras de Nice Nascimento Avanza
Releitura das obras de Nice Nascimento AvanzaReleitura das obras de Nice Nascimento Avanza
Releitura das obras de Nice Nascimento AvanzaDouglas Barraqui
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasDouglas Barraqui
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraDouglas Barraqui
 

Mais de Douglas Barraqui (20)

FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - MÓDULO 01 - O QUE É O SER HUMANO?
 
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
 
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADESOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE
SOCIOLOGIA: CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE
 
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃO
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃOA BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃO
A BUSCA PELA VERDADE: SÓCRATES E PLATÃO
 
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGA
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGAOS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGA
OS PRIMÓRDIOS DA FILOSOFIA GREGA
 
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTAS
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTASFORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTAS
FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS ABSOLUTISTAS
 
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBER
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBERSOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBER
SOCIOLOGIA - DURKHEIM E WEBER
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIALMÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
MÓDULO 01 – POSITIVISMO E REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
 
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
 
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINAHIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
HIROSHIMA - BIANCA REIS - DARWIN COLATINA
 
SEGUNDA GRANDE GUERRA
SEGUNDA GRANDE GUERRASEGUNDA GRANDE GUERRA
SEGUNDA GRANDE GUERRA
 
História da américa anglo saxônica
História da américa anglo saxônicaHistória da américa anglo saxônica
História da américa anglo saxônica
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Revolução Socialista na China e a Guerra do Vietnã
Revolução Socialista na China e a Guerra do VietnãRevolução Socialista na China e a Guerra do Vietnã
Revolução Socialista na China e a Guerra do Vietnã
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
Grandes Navegações
Grandes NavegaçõesGrandes Navegações
Grandes Navegações
 
Releitura das obras de Nice Nascimento Avanza
Releitura das obras de Nice Nascimento AvanzaReleitura das obras de Nice Nascimento Avanza
Releitura das obras de Nice Nascimento Avanza
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persas
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
 

Último

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoprofleticiasantosbio
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 

Último (20)

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 

Período Democrático 1985-2013

  • 1. Prof. Douglas Barraqui PERÍODO DEMOCRÁTICO 1985-2013
  • 2. Eleições de 1985 Paulo Maluf Vs Tancredo Neves    Eleições indiretas; Colégio eleitoral (Membros do Congresso Nacional e representantes da Assembléia Legislativa); Tancredo é eleito (vice José Sarney)
  • 3. "Façam de mim o que quiserem - depois da posse"!    Agenda de campanha bastante extenuante; Dores abdominais; Passou por 7 operações;
  • 4.
  • 5. José Sarney e a “Constituição Cidadã” José Sarney (1985-1990) ECONOMIA  Década de 80 – “Década Perdida” Cruzeiro – Cruzado – Bresser – Verão 
  • 6. José Sarney “Constituição Cidadã” CONSTITUIÇÃO DE 1988 SISTEMA POLÍTICO:  Republica Presidencialista Representativa;  Sistema Federalista;  Divisão dos 3 poderes; SISTEMA ELEITORAL:  Eleições Diretas;  Voto Obrigatório; SISTEMA SOCIAL:  “Todos são iguais perante a lei”  Direitos Sociais “Direito do Povo, Dever do Estado”
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13. Collor (1990-1992)  Primeiro presidente eleito de forma direta pós Regime Militar;  NEOLIBERALISMO Abertura Econômica; Privatizações; Controle dos gastos públicos; Estado Mínimo; - PLANO COLLOR - Congelamento das contas correntes por 18 meses; 
  • 14. Collor (1990-1992) - Tráfico de Influência; Corrupção
  • 15.
  • 16. Collor e o Impeachment    Primeiro presidente Impeachmado; 1992 – Para não ser cassado, Collor renunciou; 2006 – eleito senador por Alagoas;
  • 17.
  • 18. Itamar Franco (1992-1995) Collor renuncia, assume seu vice Itamar Franco; ECONOMIA:  Desafio: controlar a inflação 
  • 19.
  • 20. O Plano Real  - FHC – Ministro da Fazenda; Plano real (equiparar a moeda brasileira ao Dollar) CRUZEIRO – URV – REAL
  • 21.
  • 22. Fernando Henrique Cardoso 1995-2003   Política Neoliberal: Privatizações:  1997 – medida provisória garantindo a reeleição;  1999 foi reeleito;  Quadruplicou a divida externa;
  • 23. Fernando Henrique Cardoso 1995-2003 AÇÕES SOCIAIS:  Bolsa Escola;  Auxílio Gás;  Bolsa Alimentação;  Cartão Alimentação; CRISE DO GOVERNO:  Comemorações de 550 anos do Descobrimento do Brasil; - Não convidou representantes das comunidades indígenas e negras;  CNBB – plebiscito pelo fim do pagamento da dívida externa; - 95% votaram SIM 
  • 24. Lula (2003-2011)    PROMESSA DE CAMPANHA: Crescimento econômico – Elevar o PIB em 5%; Distribuição de renda Cenário: - Inflação baixa; - Baixo índice de desemprego; - Risco país baixo; 
  • 25. Lula (2003-2011) PAC 1º) Energia:  Hidrelétricas;  Bio-combustíveis;  Proálcool 2º) Infra-estrutura social-urbana:  Saúde;  Alimentação;  Educação;  Saneamento; 2º) Logística:  Rodovias;  Ferrovias;  Portos;  Aeroportos ;  Hidrovias;
  • 26. Lula (2003-2011) PROBLEMAS ENFRENTADOS:  Juros elevados;  Elevada carga tributária;  Dívida pública elevada;  Gargalos da economia: - Transporte; - Energia; 
  • 27. “Quero ter todo brasileiro fazendo três refeições por dia”. Lula (2003-2011) MEDIDAS ASSISTENCIALISTAS  PROGRAMAS SOCIAIS: - Bolsa Família; - Fome Zero; - Primeiro Emprego; Redução da pobreza e distribuição de renda - Redução da taxa de pobreza - 40% em 1990 - 9,1% em 2006
  • 28. Lula (2003-2011)     CRISE DO GOVERNO Mensalão; “Apagão aéreo“; Escândalo dos cartões corporativos; Caso Erenice Guerra;
  • 29. Pérolas do presidente Lula Pergunta: E o que é ser antiamericano, agora, presidente? “Oli, eu passei tanto tempo da minha vida, achando que ser antiamericano era não beber Coca-Cola. Depois eu fui ficando mais maduro e percebi que, quando a gente levanta de madrugada, e tem uma Coca-Cola gelada na geladeira, não tem nada melhor." Falando na inauguração do Restaurante
  • 30. Pérolas do presidente Lula “Foi uma surpresa. Quem chega em Windhoek não parece que está em um país africano. Poucas cidades do mundo são tão limpas, tão bonitas arquitetonicamente e tem um povo tão extraordinário como tem essa cidade” Lula ao se despedir na capital da Namíbia;
  • 31. Pérolas do presidente Lula ”Tinha preconceitos sobre Blair porque tudo o que eu sabia sobre ele tinha lido na imprensa brasileira. E tudo o que Blair sabia sobre mim era o que Fernando Henrique tinha contado pra ele”. Dando a entender que a imprensa brasileira deturpa os fatos
  • 32. Pérolas do presidente Lula “Quando se aposentarem, não fiquem em casa atrapalhando a família, procurem alguma coisa para fazer. Se ficar disputando espaço no sofá com o neto, sua vida vai ficar chata.” (Na cerimônia do Estatuto do Idoso);
  • 33. Pérolas do presidente Lula Discurso na cerimônia alusiva à colheita de mamona para a produção de Biodiesel, em Canto do Buriti, Piauí, 4 de agosto de 2005. "Então eu vim aqui trazer uma mensagem positiva para vocês, uma mensagem que eu já falei na fábrica, lá em Floriano, mas eu vou ler aqui, porque eu pensei que vocês estavam lá. Se eu soubesse que vocês estavam aqui, e não lá, eu não tinha feito o discurso lá, tinha deixado para fazer aqui."
  • 34. Pérolas do presidente Lula Falando aos atletas paraolímpicos: "Estou vendo aqui companheiros portadores de deficiência física. Estou vendo o Arnaldo Godoy sentado, tentando me olhar, mas ele não pode me olhar porque ele é cego. Estou aqui à tua esquerda, viu, Arnaldo! Agora, você está olhando pra mim... " Fonte - Site da Radiobras, 27/06/2003.
  • 35.
  • 36.
  • 37.
  • 38. Dilma Rousseff (2011- atual)  Dilma Rousseff no Governo Lula: - Ministra de Minas e Energia - Ministra-Chefe da Casa Civil do Brasil Eleições de 2010: “Candidata do Lula” 
  • 39. Dilma Rousseff (2011- atual) ECONOMIA:  Segmento à política econômica do Governo Lula;  Inflação relativamente controlada;  Corte de impostos sobre a cesta básica. (governo deixou de arrecadar 7,4 bilhões de reais por ano); Desoneração do IPI e do setor de telecomunicações (Tecnologia 4G)   Sexta economia mundial;
  • 40. Dilma Rousseff (2011- atual) PROGRAMAS SOCIAIS:  Brasil sem Miséria: - Promover a inclusão social; - Aumentar a produtiva da população extremamente pobre; - Público alvo: a camada da população que vive em extrema pobreza. - Cursos profissionalizantes; - Encaminhamento ao emprego; - Acesso a serviços públicos;
  • 41. Dilma Rousseff (2011- atual) PROGRAMAS SOCIAIS:  Brasil Carinhoso - Famílias com criança de até 6 anos; - integra o Plano Brasil Sem Miséria - Aumento de vagas nas creches - cuidados adicionais na saúde, suplementação de vitamina A, ferro e medicação gratuita contra asma. - Renda mensal de no mínimo de R$ 70 por pessoa da família.
  • 42. Dilma Rousseff (2011- atual) PROTESTOS ATUAIS MOTIVO INICIAL: aumentos nas tarifas de transporte público;  Gastos com a copa do mundo; (Previsão 23 Bilhões) - Copas da África do Sul: 7,7 bilhões; - Copas do Japão: 10,1 bilhões; - Copas da Alemanha: 10,7 bilhões; - Copas do Brasil: 28,5 bilhões  Casos de corrupção: - 69º lugar em Ranking de 176 países. 
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46.
  • 47.
  • 48.
  • 49.
  • 50.
  • 51.
  • 52.
  • 53.
  • 54.
  • 55.
  • 56.
  • 57.
  • 58.
  • 59.
  • 60.
  • 61.
  • 62.
  • 63.
  • 64.
  • 65.
  • 66.
  • 67.
  • 68.
  • 69.
  • 70.
  • 71.
  • 72.
  • 73.
  • 74.
  • 75.
  • 76.
  • 77.
  • 78.
  • 79.
  • 80.
  • 81.
  • 82.
  • 83.