Módulo VII   Custos e Perdas Proveitos e Ganhos CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE GESTÃO CONTABILIDADE E FISCALIDADE Prof. Hil...
CUSTOS C/ PESSOAL <ul><li>É uma conta onde se acumulam importâncias que , no fim do ano, apresentam um montante bastante e...
Tal facto é devido a nela se registarem:  <ul><li>Remunerações que a empresa paga ao seu pessoal, incluindo os corpos gere...
Conta Custos C/ Pessoal   <ul><li>Esta cota regista uma variedade de despesas relacionadas com o pessoal ao serviço da Emp...
Descontos e encargos sobre remunerações <ul><li>Taxa Social Única  – incide, no montante de  11%  sobre as remunerações au...
<ul><li>A título facultativo, poderão ser descontadas outras importâncias na remuneração do trabalhador, tais como a quota...
Encargos de conta da entidade patronal <ul><li>Estes encargos são registados na conta Encargos s/ remunerações. </li></ul>...
Remunerações do Pessoal Adicional <ul><li>Trabalho Suplementar  é todo aquele que é prestado fora do horário de trabalho. ...
<ul><li>Se for prestado em  dia de descanso semanal obrigatório e em dia feriado : </li></ul><ul><li>100%  da retribuição ...
Valor HORA <ul><li>O valor hora de retribuição normal que serve de cálculo para a  remuneração do trabalho suplementar a p...
<ul><li>Quer o trabalhador quer a entidade patronal são obrigados a contribuir para a  </li></ul><ul><li>Segurança Social ...
Não é o patrão que paga os ordenados;  ele é apenas o intermediário.  O produto é que paga os  ordenados.  Henry Ford Bom ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Módulo Vii Custos E Proveitos C C Pessoal

3.304 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.304
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
333
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Módulo Vii Custos E Proveitos C C Pessoal

  1. 1. Módulo VII Custos e Perdas Proveitos e Ganhos CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE GESTÃO CONTABILIDADE E FISCALIDADE Prof. Hilda CUSTOS C/ PESSOAL
  2. 2. CUSTOS C/ PESSOAL <ul><li>É uma conta onde se acumulam importâncias que , no fim do ano, apresentam um montante bastante elevado. </li></ul>
  3. 3. Tal facto é devido a nela se registarem: <ul><li>Remunerações que a empresa paga ao seu pessoal, incluindo os corpos gerentes; </li></ul><ul><li>Encargos Sociais de conta da Empresa, p.ex., Segurança Social; </li></ul><ul><li>Seguros Acidentes de trabalho e doenças profissionais; </li></ul><ul><li>Despesas de carácter social obrigatórias e facultativas, tais como subsídios a cantinas, refeitórios, creches, centros desportivos e indemnizações por despedimento. </li></ul>
  4. 4. Conta Custos C/ Pessoal <ul><li>Esta cota regista uma variedade de despesas relacionadas com o pessoal ao serviço da Empresa: </li></ul><ul><ul><ul><li>Remunerações dos órgãos sociais </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Remunerações do pessoal </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Pensões </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Prémios p/ pensões </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Encargos s/ Remunerações </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Seguros de acidentes do trabalho e doenças profissionais </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Custos c/ Acção Social </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Outros custos c/ pessoal </li></ul></ul></ul>
  5. 5. Descontos e encargos sobre remunerações <ul><li>Taxa Social Única – incide, no montante de 11% sobre as remunerações auferidas pelo empregado/funcionário. Não estão abrangidos por esta taxa os abonos para falhas, as quantias pagas a título de cessação de contrato de trabalho, os subsídios de refeição… </li></ul><ul><li>Imposto de incidência s/ o </li></ul><ul><li>rendimento das pessoas </li></ul><ul><li>singulares ( IRS ) – </li></ul><ul><li>a percentagem de incidência </li></ul><ul><li>s/ remunerações (vide tabela) </li></ul>
  6. 6. <ul><li>A título facultativo, poderão ser descontadas outras importâncias na remuneração do trabalhador, tais como a quota para o sindicato, … </li></ul>
  7. 7. Encargos de conta da entidade patronal <ul><li>Estes encargos são registados na conta Encargos s/ remunerações. </li></ul><ul><li>A entidade patronal suportará de sua conta a taxa social única calculada s/ as remunerações ilíquidas do trabalhador. O seu montante obtém-se aplicando a taxa de 23,75% s/ todas as remunerações pagas aos empregados. </li></ul>
  8. 8. Remunerações do Pessoal Adicional <ul><li>Trabalho Suplementar é todo aquele que é prestado fora do horário de trabalho. </li></ul><ul><li>De acordo com a legislação em vigor, o trabalho suplementar é remunerado com os seguintes acréscimos mínimos: </li></ul><ul><li>Se for prestado em dia normal de trabalho : </li></ul><ul><li>50% da retribuição normal na primeira hora; </li></ul><ul><li>75% da retribuição normal nas horas ou fracções subsequentes. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Se for prestado em dia de descanso semanal obrigatório e em dia feriado : </li></ul><ul><li>100% da retribuição normal. </li></ul>Remunerações do Pessoal Adicional 60 ou 65 horas??
  10. 10. Valor HORA <ul><li>O valor hora de retribuição normal que serve de cálculo para a remuneração do trabalho suplementar a pagar ou das faltas a descontar é calculado com base na seguinte fórmula: </li></ul><ul><li>Remuneração ilíquida mensal x 12 </li></ul><ul><li>52 x número de horas de trabalho semanal </li></ul>OBS: 52 semanas = 1 ano
  11. 11. <ul><li>Quer o trabalhador quer a entidade patronal são obrigados a contribuir para a </li></ul><ul><li>Segurança Social </li></ul><ul><li>com 25% dos acréscimos das remunerações resultantes da prestação de trabalho suplementar. </li></ul>Remunerações do Pessoal Adicional
  12. 12. Não é o patrão que paga os ordenados; ele é apenas o intermediário. O produto é que paga os ordenados. Henry Ford Bom Trabalho! Prof. Hilda

×