Nono passo

413 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
413
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nono passo

  1. 1. PASSO 9CURA HÁMUITOESPERADA
  2. 2. LEITURABIBLICAGÊNESIS33:1-11
  3. 3. E levantou Jacó os olhos e olhou, e eis que vinha Esaú, e quatrocentoshomens com ele. Então, repartiu os filhos entre Leia, e Raquel, e as duasservas. E pôs as servas e seus filhos na frente e a Leia e a seus filhos,atrás; porém a Raquel e José, os derradeiros. E ele mesmo passouadiante deles e inclinou-se à terra sete vezes, até que chegou a seuirmão. Então, Esaú correu lhe ao encontro e abraçou-o; e lançou-se sobreo seu pescoço e beijou-o; e choraram. Depois, levantou os seus olhos, eviu as mulheres e os meninos, e disse: Quem são estes contigo? E eledisse: Os filhos que Deus graciosamente tem dado a teu servo.Então, chegaram as servas, elas e os seus filhos, e inclinaram-se.E chegou também Leia com seus filhos, e inclinaram-se; e, depois,chegaram José e Raquel e inclinaram-se. E disse Esaú: De que te servetodo este bando que tenho encontrado? E ele disse: Para achar graça aosolhos de meu senhor. Mas Esaú disse: Eu tenho bastante, meu irmão; sejapara ti o que tens. Então, disse Jacó: Não! Se, agora, tenho achadograça a teus olhos, peço-te que tomes o meu presente da minha mão,porquanto tenho visto o teu rosto, como se tivesse visto o rosto de Deus;e tomaste contentamento em mim. Toma, peço-te, a minha bênção, que tefoi trazida; porque Deus graciosamente ma tem dado, e porque tenho detudo.GÊNESIS 33:1-11
  4. 4. FIZEMOS REPARAÇÕESDIRETAS DOS DANOSCAUSADOS A TAISPESSOAS, SEMPRE QUEPOSSÍVEL, SALVOQUANDO FAZÊ-LOSIGNIFICASSEPREJUDICÁ-LAS, OU AOUTREM.
  5. 5. Voltar a uma pessoa aQuem prejudicamos dámedo.Os anos passados,a faltade comunicação elembrançasde RAIVA e troca deemoções de ódio mesmoque façamos algumContrato através de umterceiro,ainda assimhaverá tensão até queencontremos aquelapessoa frente a frente.
  6. 6. Esse foi o caso de JACÓQuando voltava para verESAÚ.Jacó temia perder a vida.com o passar do tempo,ambos mudaram.Quando Jacó viu seu irmão,Descobriu que ainda tinhaAfeto, apesar de ambosRECORDAREM DA DOR.
  7. 7. CUMPRINDO A PROMESSAII Samuel 9:1-9
  8. 8. E disse Davi: Há ainda alguém que ficasse da casa de Saul,para que lhe faça bem por amor de Jônatas? E havia um servo na casade Saul cujo nome era Ziba; e o chamaram que viesse a Davi, e disse-lhe o rei: És tu Ziba? E ele disse: Servo teu.E disse o rei: Não háainda algum da casa de Saul para que use com ele de beneficência deDeus? Então, disse Ziba ao rei: Ainda há um filho de Jônatas, aleijadode ambos os pés. E disse-lhe o rei: Onde está? E disse Ziba ao rei:Eis que está em casa de Maquir, filho de Amiel, em Lo-Debar. Então,mandou o rei Davi e o tomou da casa de Maquir, filho de Amiel, deLoDebar. E, vindo Mefibosete, filho de Jônatas, filho de Saul, a Davi,se prostrou com o rosto por terra e se inclinou; e disse Davi:Mefibosete! E ele disse: Eis aqui teu servo. E disse-lhe Davi: Nãotemas, porque decerto usarei contigo de beneficência por amor deJônatas, teu pai, e te restituirei todas as terras de Saul, teu pai, etu de contínuo comerás pão à minha mesa.Então, se inclinou e disse:Quem é teu servo, para tu teres olhado para um cão morto tal comoeu? Então, chamou Davi a Ziba,moço de Saul, e disse-lhe: Tudo o quepertencia a Saul e de toda a sua casa tenho dado ao filho de teusenhor.
  9. 9. Quantas pessoasAinda estãovivendo a margemdas NOSSASpromessasnão cumpridas?É tardedemais paravoltar agoraou para tentarcumpri-las?
  10. 10. O REI DAVI, tinha feito umapromessa a seu amigo Jonatas.Mefibosete, o único filho vivode Jonatas, tinha convividoum longo tempo com a dor deuma promessaNÃO CUMPRIDA por Davi.isso tinha moldado seu estilode vida,sua condição emocionalE a maneira como pensava arespeito de si. Seu avô, o reiSaul, tinha maltratado Daviantes de Davi se tornar Rei.talvez Mefibosete tivessemedo de que Davi relembroue cumpriu sua promessa.
  11. 11. PROVAVELMENTE,haja pessoasconhecidas nossas que foramafetadas por promessas quenão cumprimos.É importante que tentemoscumprir as promessas quefizemos. Quando nãopodemos cumpri-la,o mínimoque podemos fazer Éperguntar o que nossanegligência causou aspessoas quedesapontamos ou nosDESCULPAR por não termoscumpridos asPROMESSAS
  12. 12. DEIXANDO O PASSADO PARA ATRÁS!A mulher de Lóé um exemplode pessoaque nãoconseguiu andarpara frenteporque ficavaolhando o queestava perdendo
  13. 13. EZEQUIEL33;10-16
  14. 14. EZEQUIEL 33:10-16Tu, pois, filho do homem, dize à casa de Israel:Assim falais vós, dizendo: Visto que as nossas prevaricações e osnossos pecados estão sobre nós, e nós desfalecemos neles, comoviveremos então? Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor JEOVÁ, que nãotenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta doseu caminho e viva; convertei-vos, convertei-vos dos vossos mauscaminhos; pois por que razão morrereis, ó casa de Israel? Tu, pois,filho do homem, dize aos filhos do teu povo: A justiça do justo não ofará escapar no dia da sua prevaricação; e, quanto à impiedade doímpio, não cairá por ela, no dia em que se converter da suaimpiedade; nem o justo, pela justiça, poderá viver no dia em quepecar. Quando eu disser ao justo que certamente viverá, e ele,confiando na sua justiça, praticar iniqüidade, não virão em memóriatodas as suas justiças, mas na sua iniqüidade, que pratica, elemorrerá. Quando eu também disser ao ímpio: Certamente morrerás;se ele se converter do seu pecado e fizer juízo e justiça, restituindoesse ímpio o penhor, pagando o furtado, andando nos estatutos davida e não praticando iniqüidade, certamente viverá, não morrerá. Detodos os seus pecados com que pecou não se fará memória contra ele;juízo e justiça fez, certamente viverá.
  15. 15. Quando andamos pelo caminho errado, chegamos a lugarese experimentamos perdas devastadoras. Quando prosseguimos por essecaminho, colocamos em perigo a própria vida convém nos perguntar se jánão fomos longe demais.È realmente possível um novo caminho de vida,mesmo se abandonamos nossos velhos caminhos do pecado e fizemosReparações? Mesmo sob as leis do Antigo Testamento, Houve esperançapara aqueles que abandonaram o pecado e fizeram reparações. Háesperança para cada pessoa que se afasta do pecado do nosso passadoser apagados por uma Nova vida futura.
  16. 16. MATEUS5;23-25
  17. 17. Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar eaí te lembrares de que teu irmão tem algumacoisa contra ti, deixa ali diante do altar a tuaoferta, e vai reconciliar-te primeiro comteu irmão, e depois vem, e apresenta a tuaoferta. Concilia-te depressa com o teuadversário, enquanto estás no caminho comele, para que não aconteça que o adversário teentregue ao juiz,e o juiz te entregue aooficial, e te encerrem na prisão.
  18. 18. TODOS NÓS SOFREMOSRUPTURAS NO NOSSORELACIONAMENTOCOM OS OUTROS. A RUPTURATENDE A NOS SOBRECARREGARE, FACILMENTE, PODE NOSLEVAR DE VOLTA A NOSSAADICÇÃO. A RECU-PERAÇÃO NÃO É COMPLETA ATÉQUE TODAS AS AREAS DARUPTURA ESTEJAM REPARADAS.1 João 4:20.MUITO DA RECUPERAÇÃOENVOLVEREPARAR AS RUPTURAS NANOSSA VIDA. ISSO EXIGE QUENOS FAÇAMOS AS PAZES COMDEUS CONOSCO E COM OUTROSDE QUEM NOS AFASTAMOS.
  19. 19. ASSUNTOS NÃO RESOLVIDOS NOS RELACIONAMENTOS PODEM NOSIMPEDIR DE ESTAR EM PAZ COM DEUS E CONOSCO. ENQUANTOPASSAMOS PELO PROCESSO DE REPARAÇÃO, DEVEMOS MANTER NOSSAMENTE E CORAÇÃO, ABERTOS A RELACIONAMENTOS QUE PRECISAM DEATENÇÃO.NÃO DEVEMOS DEMORAR PARA IR AO ENCONTRO DAQUELESQUE OFENDEMOS E PROCURAR REPARAR O DANO QUE CAUSAMOS.
  20. 20. DEVOLVENDOOQUE DEVEMOSLUCAS19:1-10
  21. 21. E eis que havia ali um homem, chamado Zaqueu; e era este um chefe dospublicanos e era rico. E procurava ver quem era Jesus e não podia, porcausa da multidão, pois era de pequena estatura. E, correndo adiante, subiua uma figueira brava para o ver, porque havia de passar por ali. E, quandoJesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu,desce depressa, porque, hoje, me convém pousar em tua casa. E,apressando-se, desceu e recebeu-o com júbilo. E, vendo todos isso,murmuravam, dizendo que entrara para ser hóspede de um homem pecador.E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aospobres metade dos meus bens; e, se em alguma coisa tenho defraudadoalguém, o restituo quadruplicado. E disse-lhe Jesus: Hoje, veio a salvação aesta casa, pois também este é filho de Abraão. Porque o Filho do Homemveio buscar e salvar o que se havia perdido.
  22. 22. Quando estamos alimentando anossa adicção, é fácil que asnossas necessidades nos consumam.A única coisa que Importa éconseguir o que desejamos comtanto desespero,talvez tenhamosde mentir, enganar, matar ouroubar, mas nada disso nos detém.Acabamos nos transformandoem“saqueadores” da nossa família ecomunidade dos outros.Zaqueu tinha o mesmo problema. Asua ânsia por riqueza o levou atrair seu próprio povo, cobrandoimpostos para o governo romano.O seu próprio povo o odiava econsiderava um ladrão,fraudador e traidor.Mas, quando Jesus lhe estendeu amão, ele mudou radicalmente.
  23. 23. ZAQUEU fez mais do que apenasDevolver o que havia tomado. Pelaprimeira vez em muito tempo, ele viuas necessidades dos outros e quis serUm “doador”. Reparar as nossasfalhas inclui devolver o que tomamos,Sempre que possível. Alguns de nóstalvez aproveitemos a oportunidadePara fazer algo mais, devolvendomais do que tomamos.Quandocomeçamos a ver as necessidades dosoutros e decidimos responder a elas,a nossa auto-estima aumentará.Percebemos que podemos dar aosoutros em vez de ser somente umacarga.
  24. 24. ASSUNTONÃOCONCLUÍDOFILEMOM13-16
  25. 25. E tu torna a recebê-lo como aomeu coração.Eu bem o quisera conservarcomigo,para que, por ti, meservisse nas prisões do evangelho;mas nada quis fazer sem o teuparecer, para que o teu benefícionão fosse como por força, masvoluntário. Porque bem pode serque ele se tenha separado de tipor algum tempo, para que oretivesses para sempre, não jácomo servo; antes, mais do queservo,como irmão amado,particularmente de mim e quantomais de ti, assim na carne comono Senhor.
  26. 26. Algumas vezes, precisamosterminar assuntos não concluídosantes de poder avançar para novasoportunidades da vida.Algunspossivelmente tenhamos deixadoum rastro de leis violadas erelacionamentos rompidos. A nossanova vida não nos isenta deobrigações passadas.Enquanto oapóstolo Paulo estava na prisão,levou um escravo fugitivo a umanova vida em Cristo.Depois, Pauloe enviou de volta ao seu Senhor,mesmo que Onésimo corresse orisco de perder a vida por causado que havia feito.
  27. 27. Como seu antigoSenhor era amigoDe Paulo e irmão nafé, Paulo eOnésimo tinham aesperança de teConseguir o perdãopara o escravoFugitivo. Onésimo foiportador deUma carta de Paulopara o seu Senhor
  28. 28. ANTES DE PODER SEGUIR UM NOVO CAMINHO, DEVEMOS ENFRENTAR OSASSUNTOS DO PASSADO QUE AINDA ESTEJAM PENDENTES. ISSO INCLUIPROCURAR DEVOLVER O QUE DEVEMOS,RESOLVER OS PROBLEMAS COM A LEI ERETORNAR AS PESSOAS DAS QUAIS TENHAMOS FUGIDO.NÃO PODEMOS TERCERTEZA DE QUE RECEBEREMOS O PERDÃO DAS PESSOAS, MAS PODEMOS ESPERARPOR ELE.
  29. 29. EM ALGUNS CASOS, TALVEZ NOS SURPREENDAMOSAO ENCONTRAR PERDÃO E LIBERDADE DA ESCRAVIDÃODO NOSSO PASSADO.PASSADO
  30. 30. 2 Pedro2:18-25Umcoraçãohumilde
  31. 31. Vós, servos, sujeitai-vos com todo o temor ao senhor,não somente ao bom e humano, mas também ao mau;porque é coisa agradável que alguém, por causa daconsciência para com Deus,sofra agravos, padecendoinjustamente. Porque que glória será essa, se,pecando, sois esbofeteados e sofreis? Mas, sefazendo o bem, sois afligidos e o sofreis, isso éagradável a Deus. Porque para isto sois chamados, poistambém Cristo padeceu por nós,deixando-nos oexemplo, para que sigais as suas pisadas, o qual nãocometeu pecado, nem na sua boca se achou engano, oqual, quando o injuriavam, não injuriava e, quandopadecia, não ameaçava, mas entregava-se àquele quejulga justamente, levando ele mesmo em seu corpo osnossos pecados sobre o madeiro, para que, mortospara os pecados, pudéssemos viver para a justiça;epelas suas feridas fostes sarados.
  32. 32. O passo agora analisamos dá o enfoque no CUIDADO COMO OUTRO, CUIDADO COM OUTRAS PESSOAS, não somosmais o centro de nossos objetivos:“Nada façais por contenda ou por vanglória,mas por humildade; cadaum considere os outros superiores a si mesmo. Não atente cada umpara o que é propriamente seu,mas cada qual também para o que é dosoutros.” 2 Filipenses 2:3-4

×