Slidejapo 111011184021-phpapp01

881 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
881
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slidejapo 111011184021-phpapp01

  1. 1. Introdução• Em 1895 é assinado o Tratado de Amizade, Comércio e Navegação entre o Brasil e o Japão.• O deputado japonês Tadashi Nemoto esteve no Brasil e recomendou o envio de japoneses ao Brasil por situações financeiras.
  2. 2. Introdução Cartaz de propaganda da imigração de japoneses para o Brasil
  3. 3. Introdução• São Paulo deu apoio á vinda dos japoneses, e em 1906, Ryu Mizuno, chegou para inspecionar regiões agrícolas e um ano depois assina um acordo com o Estado de São Paulo para introduzir três mil imigrantes nos próximos três anos.
  4. 4. Introdução Ryu Mizuno (centro), que organizou a primeira viagem de imigrantes japoneses ao Brasil
  5. 5. Chegada japonesa e crescimento agrícola• Com 781 japoneses a bordo, o navio Kasato- maru aporta em Santos;• A imigração na cafeicultura começa com péssimos resultados;• Começam a surgir núcleos agrícolas formados por imigrantes;• Agricultores radicados na cidade de Cotia fundam uma Cooperativa Agrícola, em 1926.
  6. 6. Chegada japonesa e crescimento agrícola O navio Kasato Maru atracado no Porto de Santos, 1908
  7. 7. Chegada japonesa e crescimento agrícola Imigrantes japoneses no Kasato Maru, Porto de Santos, 1908
  8. 8. influência da Segunda Guerra Mundial• A Segunda Guerra Mundial reduz a ação dos imigrantes;• Escolas são fechadas e a população não pode ouvir a transmissão de rádio do Japão e nem mesmo falar seu idioma;• A notícia do final da guerra cria uma controvérsia na comunidade japonesa, relatando que o Japão saiu vitorioso;
  9. 9. influência da Segunda Guerra Mundial• Em várias regiões brasileiras surgem grupos que sustentavam a vitória japonesa, mais tarde, conhecidos como Kachi-gumi. Família de imigrantes japoneses
  10. 10. Período Pós Guerra• Após a guerra houve relançamento dos jornais em idioma japonês;• Jovens deixam a agricultura para estudar e se dedicar ao comércio nas grandes cidades;• Campanhas foram realizadas para levantar fundos para ajudar o Japão derrotado pela guerra;• Em 1952 é assinado o Tratado de Paz entre o Brasil e o Japão.
  11. 11. Associações culturais e esforço familiar• Surgem os clubes urbanos, onde se pode dançar e praticar futebol de salão e tênis de mesa;• A necessidade de maior espaço físico leva à criação de clubes, como o Nippon Country Club em Arujá;• As famílias agrícolas estabelecidas procuram novas oportunidades buscando novos espaços para seus filhos;
  12. 12. Associações culturais e esforço familiar• Grande número de nikkeis (descendentes de Japoneses nascidos fora do Japão) ocupam vagas nas melhores universidades do País. Símbolo do Nippon Country Club em Arujá - SP
  13. 13. Associações culturais e esforço familiar Time de Futebol do Nippon Country Club em Arujá - SP
  14. 14. Crescimento econômico• Indústrias contratam mão-de-obra estrangeira para os trabalhos mais pesados ou repetitivos;• Disso, resultou o movimento “dekassegui” por volta de 1985, que com o passar dos anos, surgiram muitas empresas especializadas em agenciar os mesmos;• Em 2004, pela primeira vez, o primeiro-ministro Junichiro Koizumi visita o Brasil e se emociona em Guatapará, o berço da imigração japonesa.
  15. 15. Principais Costumes• Miscigenação da cultura dos nipo-brasileiros demorou mais para acontecer;• Atualmente, cerca de 30% dos nipo-brasileiros são frutos de um relacionamento entre um japonês e um não-japonês;  Os nipo-brasileiros aperfeiçoaram técnicas agrícolas, pesca e expandiram a avicultura;  Trouxeram novas frutas e vegetais;
  16. 16. Principais Costumes  Trouxeram muitos esportes, e jeitos de elaborar uma história em quadrinhos;  Alguns imigrantes foram muito bem sucedidos em suas carreiras profissionais. Luta de Judô
  17. 17. Principais Costumes Um rosto desenhado no estilo do mangá.
  18. 18. Principais Costumes As várias marcas que a empresa SAKURA alimentos possui
  19. 19. Região que mais predominam• Estabeleceram-se inicialmente no estado de São Paulo e depois no Pará, onde se desenvolve importante núcleo produtor de pimenta-do-reino (Tomé-Açu);• Na cidade de São Paulo, foram se concentrando num bairro — a Liberdade, lugar da qual, existe a maior concentração de japoneses;
  20. 20. Região que mais predominam Foto do Bairro da liberdade em São Paulo
  21. 21. Região que mais predominam• Atualmente, existem no Brasil 1,5 milhão de japoneses e descendentes, sendo 80% no Estado de São Paulo e a maioria na capital (326 mil segundo o censo de 1988);• Outros focos importantes de presença japonesa no Brasil são o Paraná, o Pará e o Amazonas.
  22. 22. Preconceitos• Talvez não muito enfatizado nos tempos de hoje, mas o preconceito contra os japoneses existiu e era muito acentuado;• Pensava-se que os orientais seriam como uma praga, se espalhando étnica e culturalmente pelo país;
  23. 23. Preconceitos• Após as bombas de Hiroshima e Nagasaki o Japão sofreu um rápido desenvolvimento em todas as áreas, o que tornou esse país um dos mais avançados tecnologicamente, passando a ser respeitados na maior parte do mundo por sua capacidade de reinventar a forma de vida.
  24. 24. Preconceitos
  25. 25. Preconceitos
  26. 26. Presença na Cultura de nossa Cidade• Sem dúvida, nossa cidade também tem aspectos difundidos da cultura japonesa, afinal quem nunca jogou videogame ou assistiu um desenho animado na TV?• Também temos sua participação na culinária, à maioria das pessoas gosta de comer morangos, uma maçã ou até vergamotas (tipo pocã);• Mais difícil de serem encontrados, mas não impossível. Existem japoneses em Videira, seja por oferta de trabalho ou simplesmente por escolha.

×