SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Como promover o sucesso da aprendizagem do aluno e sua permanência na escola?
Hermivânia Ribeiro Mendes
Vaniamendes38@hotmail.com
PALAVRA – CHAVE: Desenvolvimento, Estímulo, Auto-Avaliação
Dos princípios básicos que orientam a prática pedagógica contemporânea a que garante
o sucesso da aprendizagem do aluno e sua permanência na escola, no meu ponto de vista e
através de estudo que fiz pode- se afirmar que o: SOCIOINTERACIONISTAS na visão de
Vygotski é um princípio que cumpre o objetivo, pois o ser humano é capaz de desenvolver - se
através de diversos fatores que são:
• Amparo social
• Aprendizagem promove desenvolvimento
• Relação interpessoal
• Experiência coletiva
• Reorganização
• Reformulação
• Ampliação do conhecimento
Este trecho explica muita coisa:
(...) Uma noção importante do sociointeracionismo*é a de que toda criança apresenta
dois níveis de desenvolvimento. Um deles diz respeito àquilo que ela já alcançou e o
outro, ao que pode vir a alcançar caso receba estímulo e apoio. Para os
sociointeracionistas, o bom ensino é aquele que incentiva o aparecimento de novas
formas de pensar, sentir e perceber o real, permitindo aos alunos acesso a novos níveis
de aprendizagem. Um ensino adequadamente organizado “puxa para frente” o
desenvolvimento dos alunos, promovendo-o. (...) modulo IV, Unidade 1. Pag. 18
É viável que o professor considere o aprendizado que o aluno traz de casa e com
algumas intervenções desperta nele o interesse de aprender coisas novas. Sempre
pensando nas tecnologias de ensino oferecidas atualmente para que este aluno tenha
interação com meio e desta forma a cada novo aprendizado ele estará crescendo o nível
de desenvolvimento.
A aprendizagem deve ser significativa para que o aluno possa se interessar em
aprender e permanecer na escola.
O que acontece muito na maioria da desistência do aluno da escola é que ele não
ver sentido algum em está na escola, pois o que ele sabe da sua vida cotidiana é muito
mais interessante pra ele. E esta visão é que o professor deve buscar compreender de
forma que busque organizar seus conteúdos onde possam ir de encontro com a
realidade, não abandonar os conteúdos formativos e levar o ensino de forma informal,
não, é ajustar seus métodos de ensino aplicando os conteúdos de maneira clara e
buscando um paralelo entre o real e o formal.
Quando o aluno percebe que sua opinião tem valor diante de uma questão
levantada na explicitação de algum conteúdo ele se sentirá valorizado e verá sentido no
que sabe e no que pode aprender ainda neste contexto educacional.
Ao observar o trecho do texto a seguir pode-se tirar algumas conclusões
vejamos:
(...) Quando o estilo cognitivo do aluno é entendido, ele pode aprender melhor.
Isso quer dizer que o professor precisa identificar os modos pelos quais cada aluno se
apropria do conhecimento: se de forma impulsiva ou reflexiva; de maneira flexível ou
rígida; se consideram poucas ou muitas variáveis ao mesmo tempo. Diferentes
abordagens podem ser empregadas no desenvolvimento dos conteúdos, de maneira a
atender à forma como o aluno aprende. Por exemplo: o aluno de estilo impulsivo tende a
responder a primeira coisa que lhe vem à cabeça, sem parar para pensar. Caberá ao
professor conduzir o ensino de modo a levar esse aluno a dedicar maior tempo a analisar
o problema, a identificar seus aspectos centrais e a levantar as hipóteses mais plausíveis
para sua solução. (...)
Algo muito interessante e que pode promover o sucesso da aprendizagem do
aluno, é fato de o professor propor situações de aprendizagem onde o aluno possa
pensar refletir e chegar a uma conclusão. Pois toda atividade em que temos
oportunidade de refletir conseguimos há um aprendizado. Não colocar coisas fáceis
demais que o aluno já sabe porem não precisa refletir para resolver, nem coisas
complicadas demais onde se torna impossível de se resolver, é um paralelo entre o
possível e o impossível.
REFERÊNCIAS BIBIOGRAFICA:
PROGESTÃO: como promover, articular e envolver a ação das pessoas no processo de
gestão escolar?Módulo II / Luiz Fernandes Dourado, Marisa Ribeiro Teixeira Duarte;
Coordenação geral Maria Aglaê de Medeiros Machado. Brasília: Consed – Conselho
Nacional de Secretários de Educação, 2001.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Metodologia do ensino e aprendizagem de línguas
Metodologia do ensino e aprendizagem de línguasMetodologia do ensino e aprendizagem de línguas
Metodologia do ensino e aprendizagem de línguasJohn Wainwright
 
Antes de ser aluno é uma criança aprendiz simone helen drumond
Antes de ser aluno é uma criança aprendiz simone helen drumondAntes de ser aluno é uma criança aprendiz simone helen drumond
Antes de ser aluno é uma criança aprendiz simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Eronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo ivEronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo ivVania Mendes
 
Apresentação ermione
Apresentação ermioneApresentação ermione
Apresentação ermioneermiteixeira
 
Metodologias e técnicas de ensino
Metodologias e técnicas de ensinoMetodologias e técnicas de ensino
Metodologias e técnicas de ensinoMárcio Melânia
 
Apresentação slideshare
Apresentação slideshareApresentação slideshare
Apresentação slidesharevidalmelo
 
A avaliação da aprendizagem no processo construtivo do
A avaliação da aprendizagem no processo construtivo doA avaliação da aprendizagem no processo construtivo do
A avaliação da aprendizagem no processo construtivo doclaudiagiaretta
 
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma todaSugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma todaProfª Fabi Sobrenome
 
Estratégias para motivar os alunos
Estratégias para motivar os alunosEstratégias para motivar os alunos
Estratégias para motivar os alunosLugaraoAfecto
 
Guia prático de Competências Socioemocionais
Guia prático de Competências SocioemocionaisGuia prático de Competências Socioemocionais
Guia prático de Competências SocioemocionaisManoel Luis Fr. BELEM
 

Mais procurados (17)

Capitulo 01
Capitulo 01Capitulo 01
Capitulo 01
 
Metodologia do ensino e aprendizagem de línguas
Metodologia do ensino e aprendizagem de línguasMetodologia do ensino e aprendizagem de línguas
Metodologia do ensino e aprendizagem de línguas
 
Antes de ser aluno é uma criança aprendiz simone helen drumond
Antes de ser aluno é uma criança aprendiz simone helen drumondAntes de ser aluno é uma criança aprendiz simone helen drumond
Antes de ser aluno é uma criança aprendiz simone helen drumond
 
Tecnologias no construtivismo
Tecnologias no construtivismoTecnologias no construtivismo
Tecnologias no construtivismo
 
Perfil do professor do futuro
Perfil do professor do futuroPerfil do professor do futuro
Perfil do professor do futuro
 
Eronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo ivEronilde ensaio modulo iv
Eronilde ensaio modulo iv
 
As7 leisdo ensino
As7 leisdo ensinoAs7 leisdo ensino
As7 leisdo ensino
 
Apresentação ermione
Apresentação ermioneApresentação ermione
Apresentação ermione
 
Metodologias e técnicas de ensino
Metodologias e técnicas de ensinoMetodologias e técnicas de ensino
Metodologias e técnicas de ensino
 
Apresentação slideshare
Apresentação slideshareApresentação slideshare
Apresentação slideshare
 
A avaliação da aprendizagem no processo construtivo do
A avaliação da aprendizagem no processo construtivo doA avaliação da aprendizagem no processo construtivo do
A avaliação da aprendizagem no processo construtivo do
 
Metodologias cepav planejamento
Metodologias cepav planejamentoMetodologias cepav planejamento
Metodologias cepav planejamento
 
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma todaSugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda
 
Reavaliando Conceitos
Reavaliando ConceitosReavaliando Conceitos
Reavaliando Conceitos
 
Estratégias para motivar os alunos
Estratégias para motivar os alunosEstratégias para motivar os alunos
Estratégias para motivar os alunos
 
Guia prático de Competências Socioemocionais
Guia prático de Competências SocioemocionaisGuia prático de Competências Socioemocionais
Guia prático de Competências Socioemocionais
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
 

Destaque

ENSAYO DE COMPUTACIÓN UTPL JESSICA OCHOA
ENSAYO DE COMPUTACIÓN UTPL JESSICA OCHOAENSAYO DE COMPUTACIÓN UTPL JESSICA OCHOA
ENSAYO DE COMPUTACIÓN UTPL JESSICA OCHOAyssyk
 
Mi rúbrica de evaluación
Mi rúbrica de evaluaciónMi rúbrica de evaluación
Mi rúbrica de evaluaciónAdriana De Armas
 
Apresentação da p i
Apresentação da p iApresentação da p i
Apresentação da p iVania Mendes
 
Presentacion con diapositiva
Presentacion con diapositivaPresentacion con diapositiva
Presentacion con diapositivaSalud Lemus
 
Sd clínicos 207
Sd clínicos 207Sd clínicos 207
Sd clínicos 207yssyk
 
2011 cartagena diarios Paulo oliveira massa
2011 cartagena diarios Paulo oliveira   massa2011 cartagena diarios Paulo oliveira   massa
2011 cartagena diarios Paulo oliveira massaSip Sipiapa
 
Tarea 4 (nelson)sp.Plataformas de aprendizaje
Tarea 4 (nelson)sp.Plataformas de aprendizajeTarea 4 (nelson)sp.Plataformas de aprendizaje
Tarea 4 (nelson)sp.Plataformas de aprendizajenelsonhernandez2000
 
Curriculum night spanish
Curriculum night spanishCurriculum night spanish
Curriculum night spanishAudrey Colwell
 
El oso grizzly_criado_en_familia
El oso grizzly_criado_en_familiaEl oso grizzly_criado_en_familia
El oso grizzly_criado_en_familiaalea_1978
 
República bolivariana de venezuela guia
República bolivariana de venezuela guiaRepública bolivariana de venezuela guia
República bolivariana de venezuela guianerysbel
 
StrengthsProfile-3256618
StrengthsProfile-3256618StrengthsProfile-3256618
StrengthsProfile-3256618Jacob Landgraf
 

Destaque (20)

Metodo de estudio
Metodo de estudioMetodo de estudio
Metodo de estudio
 
ENSAYO DE COMPUTACIÓN UTPL JESSICA OCHOA
ENSAYO DE COMPUTACIÓN UTPL JESSICA OCHOAENSAYO DE COMPUTACIÓN UTPL JESSICA OCHOA
ENSAYO DE COMPUTACIÓN UTPL JESSICA OCHOA
 
Sociedad del conocimiento
Sociedad del conocimientoSociedad del conocimiento
Sociedad del conocimiento
 
Mi rúbrica de evaluación
Mi rúbrica de evaluaciónMi rúbrica de evaluación
Mi rúbrica de evaluación
 
Mitsubishi Fuso - C.A.M. Porto
Mitsubishi Fuso - C.A.M. PortoMitsubishi Fuso - C.A.M. Porto
Mitsubishi Fuso - C.A.M. Porto
 
Apresentação da p i
Apresentação da p iApresentação da p i
Apresentação da p i
 
Grupo Ibergest
Grupo IbergestGrupo Ibergest
Grupo Ibergest
 
Presentacion con diapositiva
Presentacion con diapositivaPresentacion con diapositiva
Presentacion con diapositiva
 
Sd clínicos 207
Sd clínicos 207Sd clínicos 207
Sd clínicos 207
 
2011 cartagena diarios Paulo oliveira massa
2011 cartagena diarios Paulo oliveira   massa2011 cartagena diarios Paulo oliveira   massa
2011 cartagena diarios Paulo oliveira massa
 
Tarea 4 (nelson)sp.Plataformas de aprendizaje
Tarea 4 (nelson)sp.Plataformas de aprendizajeTarea 4 (nelson)sp.Plataformas de aprendizaje
Tarea 4 (nelson)sp.Plataformas de aprendizaje
 
Tarea. oscar m. ortiz
Tarea. oscar m. ortizTarea. oscar m. ortiz
Tarea. oscar m. ortiz
 
P R
P  RP  R
P R
 
Bbom tropaelite
Bbom tropaeliteBbom tropaelite
Bbom tropaelite
 
Importanc..
Importanc..Importanc..
Importanc..
 
Curriculum night spanish
Curriculum night spanishCurriculum night spanish
Curriculum night spanish
 
El oso grizzly_criado_en_familia
El oso grizzly_criado_en_familiaEl oso grizzly_criado_en_familia
El oso grizzly_criado_en_familia
 
Trabajo plantas
Trabajo plantasTrabajo plantas
Trabajo plantas
 
República bolivariana de venezuela guia
República bolivariana de venezuela guiaRepública bolivariana de venezuela guia
República bolivariana de venezuela guia
 
StrengthsProfile-3256618
StrengthsProfile-3256618StrengthsProfile-3256618
StrengthsProfile-3256618
 

Semelhante a Como estimular o sucesso e permanência do aluno na escola

Metodologia do ensino superior
Metodologia do ensino superiorMetodologia do ensino superior
Metodologia do ensino superiorJOSUE DIAS
 
Universidade federal de pelotas artigo quétlin morgana ferreira
Universidade federal de pelotas    artigo quétlin morgana ferreiraUniversidade federal de pelotas    artigo quétlin morgana ferreira
Universidade federal de pelotas artigo quétlin morgana ferreirapedagogianh
 
O desafio do aprendiz autônomo no processo de construção do conhecimento.2
O desafio do aprendiz autônomo no processo de construção do conhecimento.2O desafio do aprendiz autônomo no processo de construção do conhecimento.2
O desafio do aprendiz autônomo no processo de construção do conhecimento.2aninhaw2
 
Resumo do livro pedagogia de autonomia
Resumo do livro pedagogia de autonomiaResumo do livro pedagogia de autonomia
Resumo do livro pedagogia de autonomiaMarciafaria13
 
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...LindsaiSantosAmaralB
 
Andragogia apresentação
Andragogia apresentaçãoAndragogia apresentação
Andragogia apresentaçãoElisabete DSOP
 
DIDATICA Didática i aula
DIDATICA Didática i   aulaDIDATICA Didática i   aula
DIDATICA Didática i aulaLeandro Pereira
 
Dinamizando a prática psicopedagógica mediante o estudo das inteligências múl...
Dinamizando a prática psicopedagógica mediante o estudo das inteligências múl...Dinamizando a prática psicopedagógica mediante o estudo das inteligências múl...
Dinamizando a prática psicopedagógica mediante o estudo das inteligências múl...Amanda Paiva
 
Concepção renovada não diretiva
Concepção renovada não diretivaConcepção renovada não diretiva
Concepção renovada não diretivaJoemille Leal
 
Psicopedagogia on line __ portal da educação e saúde mental __
   Psicopedagogia on line __ portal da educação e saúde mental __   Psicopedagogia on line __ portal da educação e saúde mental __
Psicopedagogia on line __ portal da educação e saúde mental __Cristina Ferreira
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalhothaispb
 
Currículo do desenvolvimento humano
Currículo do desenvolvimento humanoCurrículo do desenvolvimento humano
Currículo do desenvolvimento humanoThaís SantAna
 
Ensaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo ivEnsaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo ivVania Mendes
 

Semelhante a Como estimular o sucesso e permanência do aluno na escola (20)

didatica no ensino superios 3
didatica no ensino superios 3didatica no ensino superios 3
didatica no ensino superios 3
 
Metodologia do ensino superior
Metodologia do ensino superiorMetodologia do ensino superior
Metodologia do ensino superior
 
Universidade federal de pelotas artigo quétlin morgana ferreira
Universidade federal de pelotas    artigo quétlin morgana ferreiraUniversidade federal de pelotas    artigo quétlin morgana ferreira
Universidade federal de pelotas artigo quétlin morgana ferreira
 
Painel comparativo
Painel comparativoPainel comparativo
Painel comparativo
 
Paper 4 do eja
Paper 4 do ejaPaper 4 do eja
Paper 4 do eja
 
O desafio do aprendiz autônomo no processo de construção do conhecimento.2
O desafio do aprendiz autônomo no processo de construção do conhecimento.2O desafio do aprendiz autônomo no processo de construção do conhecimento.2
O desafio do aprendiz autônomo no processo de construção do conhecimento.2
 
Resumo do livro pedagogia de autonomia
Resumo do livro pedagogia de autonomiaResumo do livro pedagogia de autonomia
Resumo do livro pedagogia de autonomia
 
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...
Metodologias Ativas como proposta estratégica para a o desenvolvimento de apr...
 
Andragogia apresentação
Andragogia apresentaçãoAndragogia apresentação
Andragogia apresentação
 
DIDATICA Didática i aula
DIDATICA Didática i   aulaDIDATICA Didática i   aula
DIDATICA Didática i aula
 
PPT_Tutoria(1).pptx
PPT_Tutoria(1).pptxPPT_Tutoria(1).pptx
PPT_Tutoria(1).pptx
 
Dinamizando a prática psicopedagógica mediante o estudo das inteligências múl...
Dinamizando a prática psicopedagógica mediante o estudo das inteligências múl...Dinamizando a prática psicopedagógica mediante o estudo das inteligências múl...
Dinamizando a prática psicopedagógica mediante o estudo das inteligências múl...
 
Concepção renovada não diretiva
Concepção renovada não diretivaConcepção renovada não diretiva
Concepção renovada não diretiva
 
aprender e ensinar
aprender e ensinaraprender e ensinar
aprender e ensinar
 
2010 2462010174147
2010 24620101741472010 2462010174147
2010 2462010174147
 
Psicopedagogia on line __ portal da educação e saúde mental __
   Psicopedagogia on line __ portal da educação e saúde mental __   Psicopedagogia on line __ portal da educação e saúde mental __
Psicopedagogia on line __ portal da educação e saúde mental __
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Metodos pres.pptx
Metodos pres.pptxMetodos pres.pptx
Metodos pres.pptx
 
Currículo do desenvolvimento humano
Currículo do desenvolvimento humanoCurrículo do desenvolvimento humano
Currículo do desenvolvimento humano
 
Ensaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo ivEnsaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo iv
 

Mais de Vania Mendes

Ensaio maraia nilsa modulo v
Ensaio maraia nilsa modulo vEnsaio maraia nilsa modulo v
Ensaio maraia nilsa modulo vVania Mendes
 
Ensaio hermivânia módulo v
Ensaio hermivânia módulo vEnsaio hermivânia módulo v
Ensaio hermivânia módulo vVania Mendes
 
Ensaio eronilde modulo v
Ensaio eronilde modulo vEnsaio eronilde modulo v
Ensaio eronilde modulo vVania Mendes
 
Ensaio eliana módulo v
Ensaio eliana módulo vEnsaio eliana módulo v
Ensaio eliana módulo vVania Mendes
 
Ensaio aline modulo v
Ensaio aline modulo vEnsaio aline modulo v
Ensaio aline modulo vVania Mendes
 
Ensaio eliano modulo iii
Ensaio eliano modulo iiiEnsaio eliano modulo iii
Ensaio eliano modulo iiiVania Mendes
 
Ensaio eliane modulo iv
Ensaio eliane  modulo ivEnsaio eliane  modulo iv
Ensaio eliane modulo ivVania Mendes
 
Ensaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo ivEnsaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo ivVania Mendes
 
Ensaio eliane modulo iv
Ensaio eliane  modulo ivEnsaio eliane  modulo iv
Ensaio eliane modulo ivVania Mendes
 
Aulas de-ensino-religioso
Aulas de-ensino-religiosoAulas de-ensino-religioso
Aulas de-ensino-religiosoVania Mendes
 
Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3Vania Mendes
 

Mais de Vania Mendes (14)

Ensaio maraia nilsa modulo v
Ensaio maraia nilsa modulo vEnsaio maraia nilsa modulo v
Ensaio maraia nilsa modulo v
 
Ensaio hermivânia módulo v
Ensaio hermivânia módulo vEnsaio hermivânia módulo v
Ensaio hermivânia módulo v
 
Ensaio eronilde modulo v
Ensaio eronilde modulo vEnsaio eronilde modulo v
Ensaio eronilde modulo v
 
Ensaio eliana módulo v
Ensaio eliana módulo vEnsaio eliana módulo v
Ensaio eliana módulo v
 
Ensaio aline modulo v
Ensaio aline modulo vEnsaio aline modulo v
Ensaio aline modulo v
 
Ensaio eliano modulo iii
Ensaio eliano modulo iiiEnsaio eliano modulo iii
Ensaio eliano modulo iii
 
Ensaio eliane modulo iv
Ensaio eliane  modulo ivEnsaio eliane  modulo iv
Ensaio eliane modulo iv
 
Ensaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo ivEnsaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo iv
 
Ensaio eliane modulo iv
Ensaio eliane  modulo ivEnsaio eliane  modulo iv
Ensaio eliane modulo iv
 
A mãe esquecida
A mãe esquecidaA mãe esquecida
A mãe esquecida
 
Ser mãe é uma
Ser mãe é umaSer mãe é uma
Ser mãe é uma
 
Aulas de-ensino-religioso
Aulas de-ensino-religiosoAulas de-ensino-religioso
Aulas de-ensino-religioso
 
Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3
 
A mãe esquecida
A mãe esquecidaA mãe esquecida
A mãe esquecida
 

Como estimular o sucesso e permanência do aluno na escola

  • 1. Como promover o sucesso da aprendizagem do aluno e sua permanência na escola? Hermivânia Ribeiro Mendes Vaniamendes38@hotmail.com PALAVRA – CHAVE: Desenvolvimento, Estímulo, Auto-Avaliação Dos princípios básicos que orientam a prática pedagógica contemporânea a que garante o sucesso da aprendizagem do aluno e sua permanência na escola, no meu ponto de vista e através de estudo que fiz pode- se afirmar que o: SOCIOINTERACIONISTAS na visão de Vygotski é um princípio que cumpre o objetivo, pois o ser humano é capaz de desenvolver - se através de diversos fatores que são: • Amparo social • Aprendizagem promove desenvolvimento • Relação interpessoal • Experiência coletiva • Reorganização • Reformulação • Ampliação do conhecimento Este trecho explica muita coisa: (...) Uma noção importante do sociointeracionismo*é a de que toda criança apresenta dois níveis de desenvolvimento. Um deles diz respeito àquilo que ela já alcançou e o outro, ao que pode vir a alcançar caso receba estímulo e apoio. Para os sociointeracionistas, o bom ensino é aquele que incentiva o aparecimento de novas formas de pensar, sentir e perceber o real, permitindo aos alunos acesso a novos níveis de aprendizagem. Um ensino adequadamente organizado “puxa para frente” o desenvolvimento dos alunos, promovendo-o. (...) modulo IV, Unidade 1. Pag. 18 É viável que o professor considere o aprendizado que o aluno traz de casa e com algumas intervenções desperta nele o interesse de aprender coisas novas. Sempre pensando nas tecnologias de ensino oferecidas atualmente para que este aluno tenha
  • 2. interação com meio e desta forma a cada novo aprendizado ele estará crescendo o nível de desenvolvimento. A aprendizagem deve ser significativa para que o aluno possa se interessar em aprender e permanecer na escola. O que acontece muito na maioria da desistência do aluno da escola é que ele não ver sentido algum em está na escola, pois o que ele sabe da sua vida cotidiana é muito mais interessante pra ele. E esta visão é que o professor deve buscar compreender de forma que busque organizar seus conteúdos onde possam ir de encontro com a realidade, não abandonar os conteúdos formativos e levar o ensino de forma informal, não, é ajustar seus métodos de ensino aplicando os conteúdos de maneira clara e buscando um paralelo entre o real e o formal. Quando o aluno percebe que sua opinião tem valor diante de uma questão levantada na explicitação de algum conteúdo ele se sentirá valorizado e verá sentido no que sabe e no que pode aprender ainda neste contexto educacional. Ao observar o trecho do texto a seguir pode-se tirar algumas conclusões vejamos: (...) Quando o estilo cognitivo do aluno é entendido, ele pode aprender melhor. Isso quer dizer que o professor precisa identificar os modos pelos quais cada aluno se apropria do conhecimento: se de forma impulsiva ou reflexiva; de maneira flexível ou rígida; se consideram poucas ou muitas variáveis ao mesmo tempo. Diferentes abordagens podem ser empregadas no desenvolvimento dos conteúdos, de maneira a atender à forma como o aluno aprende. Por exemplo: o aluno de estilo impulsivo tende a responder a primeira coisa que lhe vem à cabeça, sem parar para pensar. Caberá ao professor conduzir o ensino de modo a levar esse aluno a dedicar maior tempo a analisar o problema, a identificar seus aspectos centrais e a levantar as hipóteses mais plausíveis para sua solução. (...) Algo muito interessante e que pode promover o sucesso da aprendizagem do aluno, é fato de o professor propor situações de aprendizagem onde o aluno possa pensar refletir e chegar a uma conclusão. Pois toda atividade em que temos oportunidade de refletir conseguimos há um aprendizado. Não colocar coisas fáceis
  • 3. demais que o aluno já sabe porem não precisa refletir para resolver, nem coisas complicadas demais onde se torna impossível de se resolver, é um paralelo entre o possível e o impossível. REFERÊNCIAS BIBIOGRAFICA: PROGESTÃO: como promover, articular e envolver a ação das pessoas no processo de gestão escolar?Módulo II / Luiz Fernandes Dourado, Marisa Ribeiro Teixeira Duarte; Coordenação geral Maria Aglaê de Medeiros Machado. Brasília: Consed – Conselho Nacional de Secretários de Educação, 2001.