3º passo (1 parte)

131 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
131
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3º passo (1 parte)

  1. 1. “Decidimos entregar nossa vontade e nossas vidas aos cuidados de Deus, da maneira como nós O compreendíamos.”
  2. 2. Trabalhamos os Passos Um e Dois — nos rendemos e demonstramos nossa boa vontade para tentar algo novo. Isso nos alimentou com um forte sentimento de esperança. Mas, se não traduzirmos imediatamente nossa esperança em ação, ela desaparecerá, e retornaremos ao ponto de partida. A ação de que precisamos é trabalhar o Terceiro Passo. A ação central no Passo Três é uma decisão. A idéia de tomar essa decisão pode nos deixar apavorados, especialmente quando analisamos o que estamos decidindo fazer neste passo. Tomar uma decisão, qualquer decisão, é uma coisa que a maioria de nós não fazia há muito tempo.
  3. 3. A decisão do Terceiro Passo pode ser grande demais para ser tomada em um único salto. Nossos medos e pensamentos perigosos aonde eles nos conduzem podem ser aliviados, dividindo-se o Terceiro Passo em uma série de etapas menores e separadas. Este Passo é só mais um trecho do caminho da recuperação da nossa adicção. Tomar a decisão do Terceiro Passo não significa, necessariamente, que mudaremos completa e repentinamente todo o nosso modo de viver. Mudanças fundamentais nas nossas vidas acontecem gradualmente quando trabalhamos nossa recuperação, e todas elas requerem nossa participação.
  4. 4. É significativo este passo nos sugerir entregarmos nossa vontade e nossas vidas aos cuidados de Deus, da maneira como o compreendemos. Essas palavras são particularmente importantes. Trabalhando o Terceiro Passo, estamos permitindo que algo ou alguém cuide de nós. Não que vá nos controlar ou conduzir nossas vidas por nós. Este Passo não nos sugere que nos tornemos robôs sem cérebro e sem capacidade de viver nossas próprias vidas, nem permite que cedam a tal impulso aqueles de nós que considerem tal irresponsabilidade atraente. Em vez disso, estamos tomando a simples decisão de mudar de direção, de parar de nos desgastar tentando fazer tudo acontecer como se estivéssemos encarregados do mundo. Estamos aceitando que um Poder maior do que nós tomará conta da nossa vontade e das nossas vidas melhor do que nós o fizemos.
  5. 5. Estamos avançando no processo espiritual de recuperação, começando a investigar o que a palavra “Deus” significa para nós como indivíduos. Neste passo, cada um de nós terá que chegar a algumas conclusões sobre a sua concepção do significado da palavra “Deus”. Nossa compreensão não tem que ser complexa ou completa. Não precisa ser igual à de nenhuma outra pessoa. Podemos descobrir que temos certeza do que Deus não é para nós, mas não do que Deus é — e está tudo bem. A única coisa essencial é começarmos a busca que nos permitirá uma compreensão mais profunda, à medida que nossa recuperação continua. Nosso conceito de Deus crescerá à medida que crescemos na nossa recuperação. Trabalhar o Terceiro Passo nos ajudará a descobrir o que funciona melhor para nós.

×