SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Interpretação de texto
DICAS PARA MELHORAR A INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS
01) Ler todo o texto, procurando ter uma visão geral do assunto;
02) Se encontrar palavras desconhecidas, não interrompa a leitura;
03) Ler, ler bem, ler profundamente, ou seja, ler o texto pelo menos
duas vezes;
04) Inferir;
05) Voltar ao texto quantas vezes precisar;
06) Não permitir que prevaleçam suas ideias sobre as do autor;
07) Fragmentar o texto (parágrafos, partes) para melhor
compreensão;
08) Verificar, com atenção e cuidado, o enunciado de cada questão;
09) O autor defende ideias e você deve percebê-las;
Que console um cantador
A natureza na fumaça se mistura
Morre a criatura
E o planeta sente a dor
O desespero
No olhar de uma criança
A humanidade
Fecha os olhos pra não ver
televisão de fantasia e violência,
aumenta o crime
Cresce a fome e o poder.
Boi com sede bebe lama
Barriga seca não dá sono
Eu não sou dono do mundo
Mas tenho culpa, porque sou
Filho do dono.
Filho do Dono
Composição: Petrúcio Amorim
Não sou profeta
Nem tão pouco visionário
Mas o diário
Desse mundo tá na cara
Um viajante
Na boleia do destino
Sou mais um fio
Da tesoura e da navalha
Levando a vida
Tiro verso da cartola
Chora viola
Nesse mundo sem amor
Nesse mundo sem amor
Desigualdade
Rima com hipocrisia
Não tem verso nem poesia
1) Na frase: “Nem tão pouco visionário...”, a palavra destacada não pode ser
substituída sem prejuízo de significado por:
a) Utópico b) Sonhador
c) Idealista d) Realista.
2) A expressão: “Boi com sede bebe lama”, nos remete a ideia de:
a) Obrigação. b) Necessidade.
c) Calúnia. d) Comprometimento
03) Analisando o texto como um todo, podemos afirmar que o eu – lírico:
a) Não se coloca no grupo que destrata o mundo.
b) Se nega a acreditar que exista poluição.
c) Não vê culpa nas pessoas pela atual situação do planeta.
d) Se coloca como detentor de uma parcela de culpa.
4) Qual a opção que apresenta uma expressão que retifica a
criatividade do eu – lírico.
a) Levando a vida tiro verso da cartola.
b) Sou mais um fio da tesoura e da navalha.
c) A humanidade fecha os olhos pra não ver.
d) Barriga seca não dá sono.
5) “A humanidade fecha os olhos pra não ver”, representa uma ideia
de:
a) Prepotência.
b) Intolerância.
c) indiferença.
d) Depreciação.
Oh, coitado, foi tão cedo
Deus me livre, eu tenho medo
Morrer dependurado numa cruz
Eu não sou besta pra tirar onda de herói
Sou vacinado, eu sou cowboy
Cowboy fora da lei
Durango Kid só existe no gibi
E quem quiser que fique aqui
Entrar pra historia é com vocês!
Cowboy Fora da Lei
Raul Seixas
Composição: Cláudio Roberto / Raul Seixas
Mamãe, não quero ser prefeito.
Pode ser que eu seja eleito
E alguém pode querer me assassinar
Eu não preciso ler jornais
Mentir sozinho eu sou capaz
Não quero ir de encontro ao azar
Papai não quero provar nada
Eu já servi à Pátria amada
E todo mundo cobra minha luz
06) Analisando o seguinte trecho: “Eu não preciso ler jornais, Mentir sozinho eu
sou capaz” podemos afirmar que para o eu – lírico:
a) Os jornais são repletos de verdades absolutas.
b) Só se aprende a mentir lendo jornais.
c) Os jornais estão cheios de fatos inverídicos.
d) Todo jornal só fala a verdade.
07) Analisando a letra da música como um todo, qual opção apresenta uma
afirmação correta.
a) O eu – lírico faz questão de ser um herói.
b) O eu – lírico não tem medo de ser herói.
c) O eu – lírico almeja uma vida política
d) O eu – lírico não pretende bancar o herói.
08) A expressão: “Cowboy fora da lei”, nos dar uma ideia de alguém que:
a) Cumpre todas as regras do poder legislativo.
b) Adulterar as leis não as seguindo corretamente.
c) Não sabe desobedecer a uma lei federal.
d) É um rei o faroeste.
09) Na frase: “Durango Kid só existe no gibi”, pode-se afirmar que expressa a
mesma ideia de que:
a) Só existem heróis nas HQs.
b) Todos os heróis estão na vida real.
c) Apenas o Cowboy está no gibi.
d) Não existe mais cowboy.
10) “Entrar pra historia é com vocês!”: não tem a mesma
significação que:
a) Imortalizar-se.
b) Inesquecível.
c) Memorável.
d) ser esquecido.
Emília (Fundo de Quintal)
Eu quero uma mulher que saiba lavar e cozinhar
E que de manhã cedo me acorde na hora de trabalhar
Só existe uma e sem ela eu não vivo em paz
Emilia, Emilia, Emilia eu não posso mais
Ninguém sabe igual a ela preparar o meu café
Não desfazendo das outras Emília é mulher
Papai do céu é quem sabe
A falta que ela me faz
Emilia Emilia, Emilia eu não posso mais
Minha Musa
(Zeca pagodinho)
Ela me traz o café na cama
Me ama como ninguém
Me chama meu preto meu
nego meu dengo meu bem
Me aclama
reclama, declama, reclama
Vive sempre a reclamar de
ingratidão me acusa
Faz tudo direito mas não leva
jeito de ser minha musa
Prepara a muqueca na hora
do almoço
Se faz de dendeca até pra
falar
Ela diz que já faz parte do meu show
E vive cantando a canção do Cazuza
Faz direito mas não leva jeito pra ser
minha musa
Me alisa sorrindo que nem monalisa
Na transa me trança que nem
Rapunzel
É tão Julieta que não vê “mutrêta”
Não vê erro meu e me põe lá no céu
Que coisa mais linda mais cheia de
graça
É ela que passa a calça e a blusa
Faz tudo direito mas não leva jeito pra
ser minha musa
TODO O AMOR QUE HOUVER NESSA VIDA
Cazuza
Eu quero a sorte de um amor tranquilo
Com sabor de fruta mordida
Nós na batida, no embalo da rede
Matando a sede na saliva
Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia que a gente não vive
Transformar o tédio em melodia (...)
ATIVIDADE
Atividade
TEXTO I
Não existe essa coisa de um ano sem Senna, dois anos sem
Senna… Não há calendário para a saudade. (Adriane
Galisteu, no Jornal do Brasil)
1) Segundo o texto, a saudade:
a) aumenta a cada ano.
b) é maior no primeiro ano.
c) é maior na data do falecimento.
d) é constante.
2) A repetição da palavra não exprime:
a) dúvida
b) convicção
c) tristeza
d) confiança
TEXTO II
Passei a vida atrás de eleitores e agora busco os
leitores. (José Sarney, na Veja, dez/97)
3) Deduz-se pelo texto uma mudança na vida:
a) esportiva
b) intelectual
c) profissional
d) sentimental
4) O autor do texto sugere estar passando de:
a) escritor a político
b) político a jornalista
c) político a romancista
d) político a escritor
5) Infere-se do texto que a atividade inicial do autor foi:
a) agradável
b) duradoura
c) simples
d) honesta
6) O trecho que justifica a resposta ao item anterior é:
a) e agora
b) os leitores
c) passei a vida
d) atrás de eleitores
7) A palavra ou expressão que não pode substituir o termo agora é:
a) recentemente
b) no momento
c) presentemente
d) neste instante
TEXTO III
Os animais que eu treino não são obrigados a fazer o que vai contra a
natureza deles. (Gilberto Miranda, na Folha de São Paulo, 23/2/96)
8) O sentimento que melhor define a posição do autor perante os animais é:
a) fé
b) respeito
c) solidariedade
d) amor
9) O autor do texto é:
a) um treinador atento
b) um adestrador frio
c) um treinador qualificado
d) um adestrador consciente
10) Segundo o texto, os animais:
a) são obrigados a todo tipo de treinamento.
b) são treinados dentro de determinados limites.
c) não fazem o que lhes permite a natureza.
d) não são objeto de qualquer preocupação para o autor.
1 – D
2 – B
3 – C
4 – D
5 – B
6 – C
7 – A
8 – B
9 – C
10 – B
GABARITO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
Angela Santos
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
A. Simoes
 
Questões sobre o alienista
Questões sobre o alienistaQuestões sobre o alienista
Questões sobre o alienista
ma.no.el.ne.ves
 

Mais procurados (20)

Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdfFICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
FICHA - GÊNEROS LITERÁRIOS - EXERCÍCIOS - Gabarito.pdf
 
Quiz português 9° ano
Quiz português 9° anoQuiz português 9° ano
Quiz português 9° ano
 
Aula intertextualidade
Aula intertextualidadeAula intertextualidade
Aula intertextualidade
 
LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 32 | 3ª SÉRIE | TEXTO ARGUMENTATIVO: FATO E OPINIÃO
 LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 32 | 3ª SÉRIE | TEXTO ARGUMENTATIVO: FATO E OPINIÃO LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 32 | 3ª SÉRIE | TEXTO ARGUMENTATIVO: FATO E OPINIÃO
LÍNGUA PORTUGUESA | SEMANA 32 | 3ª SÉRIE | TEXTO ARGUMENTATIVO: FATO E OPINIÃO
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagem Figuras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Poema 6º ano
Poema 6º anoPoema 6º ano
Poema 6º ano
 
Realismo e naturalismo
Realismo e naturalismoRealismo e naturalismo
Realismo e naturalismo
 
Ppt realismo (1)
Ppt realismo (1)Ppt realismo (1)
Ppt realismo (1)
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
atividade com tipos de argumentos.docx
atividade com tipos de argumentos.docxatividade com tipos de argumentos.docx
atividade com tipos de argumentos.docx
 
Gênero Textual: Conto
Gênero Textual: ContoGênero Textual: Conto
Gênero Textual: Conto
 
Oracoes Subordinadas
Oracoes SubordinadasOracoes Subordinadas
Oracoes Subordinadas
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
 
AULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMA
AULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMAAULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMA
AULA 07 - CARTA ARGUMENTATIVA - PPT - ATUALÍSSIMA
 
Questões sobre o alienista
Questões sobre o alienistaQuestões sobre o alienista
Questões sobre o alienista
 
Morfologia. Palavras Variáveis e Invariáveis
Morfologia. Palavras Variáveis e InvariáveisMorfologia. Palavras Variáveis e Invariáveis
Morfologia. Palavras Variáveis e Invariáveis
 
SLIDES – TIRINHAS.
SLIDES – TIRINHAS.SLIDES – TIRINHAS.
SLIDES – TIRINHAS.
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
 
Efeitos de sentido decorrentes do uso dos sinais de pontuação, notações e out...
Efeitos de sentido decorrentes do uso dos sinais de pontuação, notações e out...Efeitos de sentido decorrentes do uso dos sinais de pontuação, notações e out...
Efeitos de sentido decorrentes do uso dos sinais de pontuação, notações e out...
 

Destaque

9º ano E. F. II - Interpretação de Texto
9º ano E. F. II - Interpretação de Texto9º ano E. F. II - Interpretação de Texto
9º ano E. F. II - Interpretação de Texto
Angélica Manenti
 
Aula 02 interpretação de textos
Aula 02 interpretação de textosAula 02 interpretação de textos
Aula 02 interpretação de textos
Marluci Brasil
 
Compreensão e interpretação de textos
Compreensão e interpretação de textosCompreensão e interpretação de textos
Compreensão e interpretação de textos
welton santos
 
Interpretação de texto profª elizangela 3º ano noite
Interpretação de texto profª elizangela 3º ano noiteInterpretação de texto profª elizangela 3º ano noite
Interpretação de texto profª elizangela 3º ano noite
luzitania
 
Interpretação e leitura de textos slides professora elzimar oliveira
Interpretação e leitura de textos  slides   professora elzimar oliveiraInterpretação e leitura de textos  slides   professora elzimar oliveira
Interpretação e leitura de textos slides professora elzimar oliveira
Elzimar Oliveira
 
Interpretação de Texto
Interpretação de TextoInterpretação de Texto
Interpretação de Texto
Rita Borges
 
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikar
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas KashalikarGinipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikar
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikar
abhishekka
 
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10A derrota política do lulo petismo fsp-05out10
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10
Dagobah
 

Destaque (20)

9º ano E. F. II - Interpretação de Texto
9º ano E. F. II - Interpretação de Texto9º ano E. F. II - Interpretação de Texto
9º ano E. F. II - Interpretação de Texto
 
Interpretação De Texto
Interpretação De TextoInterpretação De Texto
Interpretação De Texto
 
Aula 02 interpretação de textos
Aula 02 interpretação de textosAula 02 interpretação de textos
Aula 02 interpretação de textos
 
COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO TEXTUAL
COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO TEXTUALCOMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO TEXTUAL
COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO TEXTUAL
 
Dicas de interpretação de textos
Dicas de interpretação de textosDicas de interpretação de textos
Dicas de interpretação de textos
 
Compreensão e interpretação de textos
Compreensão e interpretação de textosCompreensão e interpretação de textos
Compreensão e interpretação de textos
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto
 
Interpretação de texto fábula
Interpretação de texto fábulaInterpretação de texto fábula
Interpretação de texto fábula
 
Tecnica De Interpretação
Tecnica De InterpretaçãoTecnica De Interpretação
Tecnica De Interpretação
 
Interpretação de texto profª elizangela 3º ano noite
Interpretação de texto profª elizangela 3º ano noiteInterpretação de texto profª elizangela 3º ano noite
Interpretação de texto profª elizangela 3º ano noite
 
Competência leitura (Interpretação de texto)
Competência leitura (Interpretação de texto)Competência leitura (Interpretação de texto)
Competência leitura (Interpretação de texto)
 
Interpretação e leitura de textos slides professora elzimar oliveira
Interpretação e leitura de textos  slides   professora elzimar oliveiraInterpretação e leitura de textos  slides   professora elzimar oliveira
Interpretação e leitura de textos slides professora elzimar oliveira
 
Interpretação de Texto
Interpretação de TextoInterpretação de Texto
Interpretação de Texto
 
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikar
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas KashalikarGinipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikar
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikar
 
Seminário Mariza
Seminário MarizaSeminário Mariza
Seminário Mariza
 
Vitória x derrota
Vitória x derrotaVitória x derrota
Vitória x derrota
 
Vitoria ou derrota
Vitoria ou derrotaVitoria ou derrota
Vitoria ou derrota
 
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10A derrota política do lulo petismo fsp-05out10
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10
 
Porque monavie - 19 inquestionáveis motivos para ser um dos nossos
Porque monavie - 19 inquestionáveis motivos para ser um dos nossosPorque monavie - 19 inquestionáveis motivos para ser um dos nossos
Porque monavie - 19 inquestionáveis motivos para ser um dos nossos
 
Praticas de inclusão digital
Praticas de inclusão digitalPraticas de inclusão digital
Praticas de inclusão digital
 

Semelhante a Interpretação de texto iii

2012 prova vestibulinho
2012   prova vestibulinho2012   prova vestibulinho
2012 prova vestibulinho
Duda Campos
 
Redacao 8serie-ef
Redacao 8serie-efRedacao 8serie-ef
Redacao 8serie-ef
sachagomes
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
cepmaio
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
cepmaio
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
cepmaio
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
Alvaro Morais
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
cepmaio
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
cepmaio
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
cepmaio
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
cepmaio
 
Gabarito 1o. bim português i
Gabarito 1o. bim   português iGabarito 1o. bim   português i
Gabarito 1o. bim português i
Ligia Amaral
 
Módulo avulso (gregório de matos)
Módulo avulso (gregório de matos)Módulo avulso (gregório de matos)
Módulo avulso (gregório de matos)
stuff5678
 
Módulo avulso VIII (gregório de matos)
Módulo avulso VIII (gregório de matos)Módulo avulso VIII (gregório de matos)
Módulo avulso VIII (gregório de matos)
Priscila Santana
 

Semelhante a Interpretação de texto iii (20)

Simulado de Língua Portuguesa 3º ano
Simulado de Língua Portuguesa  3º anoSimulado de Língua Portuguesa  3º ano
Simulado de Língua Portuguesa 3º ano
 
2012 prova vestibulinho
2012   prova vestibulinho2012   prova vestibulinho
2012 prova vestibulinho
 
Gramática Prof. Fernando Santos
Gramática   Prof. Fernando SantosGramática   Prof. Fernando Santos
Gramática Prof. Fernando Santos
 
Redacao 8serie-ef
Redacao 8serie-efRedacao 8serie-ef
Redacao 8serie-ef
 
Prova 9-ano
Prova 9-anoProva 9-ano
Prova 9-ano
 
Processo seletivo-solido-2014-prova-9-ano-fundamen5150150
Processo seletivo-solido-2014-prova-9-ano-fundamen5150150Processo seletivo-solido-2014-prova-9-ano-fundamen5150150
Processo seletivo-solido-2014-prova-9-ano-fundamen5150150
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
 
Conotação e denotação
Conotação e denotaçãoConotação e denotação
Conotação e denotação
 
Aula 4
Aula 4 Aula 4
Aula 4
 
Texto
TextoTexto
Texto
 
Gabarito 1o. bim português i
Gabarito 1o. bim   português iGabarito 1o. bim   português i
Gabarito 1o. bim português i
 
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO.pptx
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO.pptxQUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO.pptx
QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO.pptx
 
Módulo avulso (gregório de matos)
Módulo avulso (gregório de matos)Módulo avulso (gregório de matos)
Módulo avulso (gregório de matos)
 
Módulo avulso VIII (gregório de matos)
Módulo avulso VIII (gregório de matos)Módulo avulso VIII (gregório de matos)
Módulo avulso VIII (gregório de matos)
 

Interpretação de texto iii

  • 2. DICAS PARA MELHORAR A INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 01) Ler todo o texto, procurando ter uma visão geral do assunto; 02) Se encontrar palavras desconhecidas, não interrompa a leitura; 03) Ler, ler bem, ler profundamente, ou seja, ler o texto pelo menos duas vezes; 04) Inferir; 05) Voltar ao texto quantas vezes precisar; 06) Não permitir que prevaleçam suas ideias sobre as do autor; 07) Fragmentar o texto (parágrafos, partes) para melhor compreensão; 08) Verificar, com atenção e cuidado, o enunciado de cada questão; 09) O autor defende ideias e você deve percebê-las;
  • 3. Que console um cantador A natureza na fumaça se mistura Morre a criatura E o planeta sente a dor O desespero No olhar de uma criança A humanidade Fecha os olhos pra não ver televisão de fantasia e violência, aumenta o crime Cresce a fome e o poder. Boi com sede bebe lama Barriga seca não dá sono Eu não sou dono do mundo Mas tenho culpa, porque sou Filho do dono. Filho do Dono Composição: Petrúcio Amorim Não sou profeta Nem tão pouco visionário Mas o diário Desse mundo tá na cara Um viajante Na boleia do destino Sou mais um fio Da tesoura e da navalha Levando a vida Tiro verso da cartola Chora viola Nesse mundo sem amor Nesse mundo sem amor Desigualdade Rima com hipocrisia Não tem verso nem poesia
  • 4. 1) Na frase: “Nem tão pouco visionário...”, a palavra destacada não pode ser substituída sem prejuízo de significado por: a) Utópico b) Sonhador c) Idealista d) Realista. 2) A expressão: “Boi com sede bebe lama”, nos remete a ideia de: a) Obrigação. b) Necessidade. c) Calúnia. d) Comprometimento 03) Analisando o texto como um todo, podemos afirmar que o eu – lírico: a) Não se coloca no grupo que destrata o mundo. b) Se nega a acreditar que exista poluição. c) Não vê culpa nas pessoas pela atual situação do planeta. d) Se coloca como detentor de uma parcela de culpa.
  • 5. 4) Qual a opção que apresenta uma expressão que retifica a criatividade do eu – lírico. a) Levando a vida tiro verso da cartola. b) Sou mais um fio da tesoura e da navalha. c) A humanidade fecha os olhos pra não ver. d) Barriga seca não dá sono. 5) “A humanidade fecha os olhos pra não ver”, representa uma ideia de: a) Prepotência. b) Intolerância. c) indiferença. d) Depreciação.
  • 6. Oh, coitado, foi tão cedo Deus me livre, eu tenho medo Morrer dependurado numa cruz Eu não sou besta pra tirar onda de herói Sou vacinado, eu sou cowboy Cowboy fora da lei Durango Kid só existe no gibi E quem quiser que fique aqui Entrar pra historia é com vocês! Cowboy Fora da Lei Raul Seixas Composição: Cláudio Roberto / Raul Seixas Mamãe, não quero ser prefeito. Pode ser que eu seja eleito E alguém pode querer me assassinar Eu não preciso ler jornais Mentir sozinho eu sou capaz Não quero ir de encontro ao azar Papai não quero provar nada Eu já servi à Pátria amada E todo mundo cobra minha luz
  • 7. 06) Analisando o seguinte trecho: “Eu não preciso ler jornais, Mentir sozinho eu sou capaz” podemos afirmar que para o eu – lírico: a) Os jornais são repletos de verdades absolutas. b) Só se aprende a mentir lendo jornais. c) Os jornais estão cheios de fatos inverídicos. d) Todo jornal só fala a verdade. 07) Analisando a letra da música como um todo, qual opção apresenta uma afirmação correta. a) O eu – lírico faz questão de ser um herói. b) O eu – lírico não tem medo de ser herói. c) O eu – lírico almeja uma vida política d) O eu – lírico não pretende bancar o herói.
  • 8. 08) A expressão: “Cowboy fora da lei”, nos dar uma ideia de alguém que: a) Cumpre todas as regras do poder legislativo. b) Adulterar as leis não as seguindo corretamente. c) Não sabe desobedecer a uma lei federal. d) É um rei o faroeste. 09) Na frase: “Durango Kid só existe no gibi”, pode-se afirmar que expressa a mesma ideia de que: a) Só existem heróis nas HQs. b) Todos os heróis estão na vida real. c) Apenas o Cowboy está no gibi. d) Não existe mais cowboy.
  • 9. 10) “Entrar pra historia é com vocês!”: não tem a mesma significação que: a) Imortalizar-se. b) Inesquecível. c) Memorável. d) ser esquecido.
  • 10. Emília (Fundo de Quintal) Eu quero uma mulher que saiba lavar e cozinhar E que de manhã cedo me acorde na hora de trabalhar Só existe uma e sem ela eu não vivo em paz Emilia, Emilia, Emilia eu não posso mais Ninguém sabe igual a ela preparar o meu café Não desfazendo das outras Emília é mulher Papai do céu é quem sabe A falta que ela me faz Emilia Emilia, Emilia eu não posso mais
  • 11. Minha Musa (Zeca pagodinho) Ela me traz o café na cama Me ama como ninguém Me chama meu preto meu nego meu dengo meu bem Me aclama reclama, declama, reclama Vive sempre a reclamar de ingratidão me acusa Faz tudo direito mas não leva jeito de ser minha musa Prepara a muqueca na hora do almoço Se faz de dendeca até pra falar Ela diz que já faz parte do meu show E vive cantando a canção do Cazuza Faz direito mas não leva jeito pra ser minha musa Me alisa sorrindo que nem monalisa Na transa me trança que nem Rapunzel É tão Julieta que não vê “mutrêta” Não vê erro meu e me põe lá no céu Que coisa mais linda mais cheia de graça É ela que passa a calça e a blusa Faz tudo direito mas não leva jeito pra ser minha musa
  • 12. TODO O AMOR QUE HOUVER NESSA VIDA Cazuza Eu quero a sorte de um amor tranquilo Com sabor de fruta mordida Nós na batida, no embalo da rede Matando a sede na saliva Ser teu pão, ser tua comida Todo amor que houver nessa vida E algum trocado pra dar garantia E ser artista no nosso convívio Pelo inferno e céu de todo dia Pra poesia que a gente não vive Transformar o tédio em melodia (...)
  • 14. TEXTO I Não existe essa coisa de um ano sem Senna, dois anos sem Senna… Não há calendário para a saudade. (Adriane Galisteu, no Jornal do Brasil) 1) Segundo o texto, a saudade: a) aumenta a cada ano. b) é maior no primeiro ano. c) é maior na data do falecimento. d) é constante. 2) A repetição da palavra não exprime: a) dúvida b) convicção c) tristeza d) confiança
  • 15. TEXTO II Passei a vida atrás de eleitores e agora busco os leitores. (José Sarney, na Veja, dez/97) 3) Deduz-se pelo texto uma mudança na vida: a) esportiva b) intelectual c) profissional d) sentimental 4) O autor do texto sugere estar passando de: a) escritor a político b) político a jornalista c) político a romancista d) político a escritor
  • 16. 5) Infere-se do texto que a atividade inicial do autor foi: a) agradável b) duradoura c) simples d) honesta 6) O trecho que justifica a resposta ao item anterior é: a) e agora b) os leitores c) passei a vida d) atrás de eleitores 7) A palavra ou expressão que não pode substituir o termo agora é: a) recentemente b) no momento c) presentemente d) neste instante
  • 17. TEXTO III Os animais que eu treino não são obrigados a fazer o que vai contra a natureza deles. (Gilberto Miranda, na Folha de São Paulo, 23/2/96) 8) O sentimento que melhor define a posição do autor perante os animais é: a) fé b) respeito c) solidariedade d) amor 9) O autor do texto é: a) um treinador atento b) um adestrador frio c) um treinador qualificado d) um adestrador consciente 10) Segundo o texto, os animais: a) são obrigados a todo tipo de treinamento. b) são treinados dentro de determinados limites. c) não fazem o que lhes permite a natureza. d) não são objeto de qualquer preocupação para o autor.
  • 18. 1 – D 2 – B 3 – C 4 – D 5 – B 6 – C 7 – A 8 – B 9 – C 10 – B GABARITO