SlideShare uma empresa Scribd logo

O homem e a vida espiritual

Helio Cruz
Helio Cruz
Helio CruzEditor em http://espiritual-espiritual.blogspot.com/

Mensagem espírita

O homem e a vida espiritual

1 de 11
Baixar para ler offline
O homem e a vida espiritual
Estamos neste mundo corpóreo, considerado como de expiações e 
provas, para passar por experiências que nos são adequadas, tendo em 
vista o aprendizado e a evolução do nosso ser, onde crer ou não crer 
em nossa natureza espiritual não é essencial para que vivamos essas 
experiências. 
Crer ou não crer em Deus também não é essencial para que o homem 
seja capaz de viver neste mundo. A vida lhe foi dada e ele terá que 
vivê-la. Portanto, não importa como ele percebe essa vida ou deixa de 
crer sobre ela.
A fé, entretanto, significa o repositório dos valores morais que ajudam 
a nortear a caminhada terrestre. Dependendo daquilo que se creia, 
pode-se assumir diante do mundo uma postura que contraria a moral 
necessária à harmonia universal. A fé refletida pelas crenças ajuda o 
homem a construir seu caminho, motivando-o e impulsionando-o no 
sentido de uma vida proveitosa. 
Aquele que não crê na vida espiritual tem mais dificuldade para 
justificar as necessidades de harmonia com valores morais.
A fé espírita é apoiada na lógica e no princípio de que o Universo está 
em constante evolução. Mesmo com tantos conflitos, essa evolução se 
dá na Humanidade, dia após dia, ano após ano. É algo incontestável. 
Basta olharmos para a história da vida no planeta e constatarmos 
através de inúmeras formas que a evolução nunca parou, independente 
da vontade do homem. 
Os seres espirituais utilizam-se do corpo para viverem experiências sob 
condições limitantes de sentidos e de movimentos, necessitando 
aprender do que seja compartilhar com seus semelhantes a obra da 
Criação.
Algumas pessoas só acreditam naquilo que os seus cinco sentidos 
materiais conseguem perceber. É a chamada regra de São Tomé: “Ver 
para crer”. 
Para estas pessoas, torna-se difícil crer na vida após a morte, ou 
mesmo crer em Deus, o que me parece um contrassenso. Como não 
crer em Deus, o Criador de todas as coisas, se os nossos sentidos estão 
constantemente a observar o dia e a noite, a chuva e o sol, as árvores, 
os pássaros, as estrelas. Como negar então a existência do Criador se 
estas coisas não foram feitas pelo homem, que mais nada é do que 
simples criatura?
Segundo a teoria materialista, nossa alma é a sede da inteligência e o 
princípio da vida material orgânica, mas se aniquila com a morte. Estes 
que assim pensam acham que depois da morte nada resta, e que a alma 
é criada junto com o corpo. 
Os espiritualistas, no entanto, acreditam que a alma é a causa da 
inteligência, mas independente da matéria. Creem que a alma 
sobrevive a morte. Assim pensam todos aqueles que professam as 
chamadas religiões não materialistas: judeus, árabes, budistas e todas 
as religiões orientais.

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUAL
Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUALEae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUAL
Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUALPatiSousa1
 
A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525
A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525
A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525Daniel de Melo
 
4 aula introdução a apresentação dos trabalhos dos alunos
4   aula introdução a apresentação dos trabalhos dos alunos4   aula introdução a apresentação dos trabalhos dos alunos
4 aula introdução a apresentação dos trabalhos dos alunosSergio Lima Dias Junior
 
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...Daniel de Melo
 
Espiritualidade e diferente d
Espiritualidade e diferente d Espiritualidade e diferente d
Espiritualidade e diferente d Luciana Syuffi
 
Espiritualidade e diferente de religião
Espiritualidade e diferente de religiãoEspiritualidade e diferente de religião
Espiritualidade e diferente de religiãoSilvia Figueiredo
 
Espiritualidade e religiao
Espiritualidade e religiaoEspiritualidade e religiao
Espiritualidade e religiaoIrene Aguiar
 
Espiritualidade e valores cristãos para a saúde nonoai2015
Espiritualidade e  valores cristãos para a saúde nonoai2015Espiritualidade e  valores cristãos para a saúde nonoai2015
Espiritualidade e valores cristãos para a saúde nonoai2015Antônio Diomário de Queiroz
 
Religião e espiritualidade
Religião e espiritualidadeReligião e espiritualidade
Religião e espiritualidadeArmin Caldas
 
Religio e espiritualidade mvr
Religio e espiritualidade  mvrReligio e espiritualidade  mvr
Religio e espiritualidade mvrRogerio Oliveira
 
Religiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidadeReligiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidadelinpiao
 
Religiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidadeReligiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidadeJoão Lamim
 
Religiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidadeReligiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidadeelizacouto
 
Religio e espiritualidade.
Religio e espiritualidade.Religio e espiritualidade.
Religio e espiritualidade.cursotomorrow
 

Mais procurados (20)

Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUAL
Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUALEae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUAL
Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUAL
 
EAE 111
EAE 111EAE 111
EAE 111
 
A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525
A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525
A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525
 
Espiritismo
EspiritismoEspiritismo
Espiritismo
 
05 ciclo basico
05 ciclo basico05 ciclo basico
05 ciclo basico
 
4 aula introdução a apresentação dos trabalhos dos alunos
4   aula introdução a apresentação dos trabalhos dos alunos4   aula introdução a apresentação dos trabalhos dos alunos
4 aula introdução a apresentação dos trabalhos dos alunos
 
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...
 
Espiritualidade e diferente d
Espiritualidade e diferente d Espiritualidade e diferente d
Espiritualidade e diferente d
 
Espiritualidade e diferente de religião
Espiritualidade e diferente de religiãoEspiritualidade e diferente de religião
Espiritualidade e diferente de religião
 
Espiritualidade e religiao
Espiritualidade e religiaoEspiritualidade e religiao
Espiritualidade e religiao
 
Espiritualidade e religião
Espiritualidade e religiãoEspiritualidade e religião
Espiritualidade e religião
 
Espiritualidade e valores cristãos para a saúde nonoai2015
Espiritualidade e  valores cristãos para a saúde nonoai2015Espiritualidade e  valores cristãos para a saúde nonoai2015
Espiritualidade e valores cristãos para a saúde nonoai2015
 
Religião e espiritualidade
Religião e espiritualidadeReligião e espiritualidade
Religião e espiritualidade
 
Religião e espiritualidade mvr
Religião e espiritualidade  mvrReligião e espiritualidade  mvr
Religião e espiritualidade mvr
 
Religio e espiritualidade mvr
Religio e espiritualidade  mvrReligio e espiritualidade  mvr
Religio e espiritualidade mvr
 
Religiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidadeReligiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidade
 
Religiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidadeReligiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidade
 
Religiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidadeReligiao e espiritualidade
Religiao e espiritualidade
 
Religio e espiritualidade.
Religio e espiritualidade.Religio e espiritualidade.
Religio e espiritualidade.
 
Outro
OutroOutro
Outro
 

Destaque

A Ostra e a Pérola(Audio)
A Ostra e a Pérola(Audio)A Ostra e a Pérola(Audio)
A Ostra e a Pérola(Audio)Maria André
 
Estrelinhas verdes
Estrelinhas verdesEstrelinhas verdes
Estrelinhas verdesLuis Eduardo
 
O homem integral fatores de perturbação
O homem integral   fatores de perturbaçãoO homem integral   fatores de perturbação
O homem integral fatores de perturbaçãofespiritacrista
 
Desenvolvimento da autoconsciência 6
Desenvolvimento da autoconsciência 6Desenvolvimento da autoconsciência 6
Desenvolvimento da autoconsciência 6Fatoze
 
Leonardo pereira em busca do homem integral
Leonardo pereira em busca do homem integralLeonardo pereira em busca do homem integral
Leonardo pereira em busca do homem integralLeonardo Pereira
 
Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014
Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014
Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014grupodepaisceb
 
Evolução Espiritual
Evolução EspiritualEvolução Espiritual
Evolução EspiritualSamuel Filho
 
Influência do Espiritismo no Progresso
Influência do Espiritismo no ProgressoInfluência do Espiritismo no Progresso
Influência do Espiritismo no Progressoigmateus
 
Mediunidade através dos tempos, A-2,0h
Mediunidade através dos tempos, A-2,0hMediunidade através dos tempos, A-2,0h
Mediunidade através dos tempos, A-2,0hhome
 
Provas e Expiações no Lar
Provas e Expiações no LarProvas e Expiações no Lar
Provas e Expiações no Larigmateus
 
Segundo Módulo - Aula 08 - Lei do progresso I
Segundo Módulo - Aula 08 - Lei do progresso ISegundo Módulo - Aula 08 - Lei do progresso I
Segundo Módulo - Aula 08 - Lei do progresso ICeiClarencio
 
Transição planetária
Transição planetáriaTransição planetária
Transição planetáriaMarcos Accioly
 
Espiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
Espiritismo - Uma Nova Era para a HumanidadeEspiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
Espiritismo - Uma Nova Era para a Humanidadeigmateus
 
História e Evolução da Mediunidade
História e Evolução da MediunidadeHistória e Evolução da Mediunidade
História e Evolução da MediunidadeCriamix
 
Reflexões sobre a grande transição planetária
Reflexões sobre  a  grande  transição planetáriaReflexões sobre  a  grande  transição planetária
Reflexões sobre a grande transição planetáriaFEEAK
 

Destaque (20)

A Ostra e a Pérola(Audio)
A Ostra e a Pérola(Audio)A Ostra e a Pérola(Audio)
A Ostra e a Pérola(Audio)
 
Estrelinhas verdes
Estrelinhas verdesEstrelinhas verdes
Estrelinhas verdes
 
O homem integral fatores de perturbação
O homem integral   fatores de perturbaçãoO homem integral   fatores de perturbação
O homem integral fatores de perturbação
 
Desenvolvimento da autoconsciência 6
Desenvolvimento da autoconsciência 6Desenvolvimento da autoconsciência 6
Desenvolvimento da autoconsciência 6
 
Leonardo pereira em busca do homem integral
Leonardo pereira em busca do homem integralLeonardo pereira em busca do homem integral
Leonardo pereira em busca do homem integral
 
O homem integral
O homem integralO homem integral
O homem integral
 
Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014
Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014
Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014
 
O homem integral
O homem integralO homem integral
O homem integral
 
Evolução Espiritual
Evolução EspiritualEvolução Espiritual
Evolução Espiritual
 
O Homem Integral - Capítulo 7
O Homem Integral - Capítulo 7O Homem Integral - Capítulo 7
O Homem Integral - Capítulo 7
 
Influência do Espiritismo no Progresso
Influência do Espiritismo no ProgressoInfluência do Espiritismo no Progresso
Influência do Espiritismo no Progresso
 
Mundos Inferiores
Mundos InferioresMundos Inferiores
Mundos Inferiores
 
Os superiores e os inferiores
Os superiores e os inferioresOs superiores e os inferiores
Os superiores e os inferiores
 
Mediunidade através dos tempos, A-2,0h
Mediunidade através dos tempos, A-2,0hMediunidade através dos tempos, A-2,0h
Mediunidade através dos tempos, A-2,0h
 
Provas e Expiações no Lar
Provas e Expiações no LarProvas e Expiações no Lar
Provas e Expiações no Lar
 
Segundo Módulo - Aula 08 - Lei do progresso I
Segundo Módulo - Aula 08 - Lei do progresso ISegundo Módulo - Aula 08 - Lei do progresso I
Segundo Módulo - Aula 08 - Lei do progresso I
 
Transição planetária
Transição planetáriaTransição planetária
Transição planetária
 
Espiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
Espiritismo - Uma Nova Era para a HumanidadeEspiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
Espiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
 
História e Evolução da Mediunidade
História e Evolução da MediunidadeHistória e Evolução da Mediunidade
História e Evolução da Mediunidade
 
Reflexões sobre a grande transição planetária
Reflexões sobre  a  grande  transição planetáriaReflexões sobre  a  grande  transição planetária
Reflexões sobre a grande transição planetária
 

Semelhante a O homem e a vida espiritual

O homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritualO homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritualHelio Cruz
 
Por que se vive3
Por que se vive3Por que se vive3
Por que se vive3jmeirelles
 
Perfil do espiritismo
Perfil do espiritismoPerfil do espiritismo
Perfil do espiritismolucrislopes
 
Por que se vive
Por que se vivePor que se vive
Por que se vivejmeirelles
 
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritual
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritualCapitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritual
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritualMarta Gomes
 
Resenha de estudos espiritas 11
Resenha de estudos espiritas 11Resenha de estudos espiritas 11
Resenha de estudos espiritas 11MRS
 
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do SerAltruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do SerAlexandre Rudalov
 
Religião – Racionalidade incoerente
Religião – Racionalidade incoerenteReligião – Racionalidade incoerente
Religião – Racionalidade incoerenteDiego Góes
 
Entendendo a vida evo consolador
Entendendo a vida evo consoladorEntendendo a vida evo consolador
Entendendo a vida evo consoladormarciot
 
Evolução segundo espiritismo
Evolução segundo espiritismoEvolução segundo espiritismo
Evolução segundo espiritismoAilton Guimaraes
 
Nascer e morrer educacao consciencial do espirito
Nascer e morrer   educacao consciencial do espiritoNascer e morrer   educacao consciencial do espirito
Nascer e morrer educacao consciencial do espiritoJose Augusto Castro Chagas
 
Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10Candice Gunther
 
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos   e suas repercussões espirituaisTransplante de órgãos   e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituaisEduardo Henrique Marçal
 
Transplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões EspirituaisTransplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões EspirituaisEduardo Henrique Marçal
 
A religiao interior
A religiao interiorA religiao interior
A religiao interiorIvan Andrade
 

Semelhante a O homem e a vida espiritual (20)

O homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritualO homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritual
 
Por que se vive3
Por que se vive3Por que se vive3
Por que se vive3
 
Perfil do espiritismo
Perfil do espiritismoPerfil do espiritismo
Perfil do espiritismo
 
05 ciclo basico
05 ciclo basico05 ciclo basico
05 ciclo basico
 
Universalismo crstico apostila - 009 - 2011 - lar
Universalismo crstico   apostila - 009 - 2011 - larUniversalismo crstico   apostila - 009 - 2011 - lar
Universalismo crstico apostila - 009 - 2011 - lar
 
O valor do tempo
O valor do tempoO valor do tempo
O valor do tempo
 
Por que se vive
Por que se vivePor que se vive
Por que se vive
 
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritual
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritualCapitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritual
Capitulo III Retorno da vida corporea a vida espiritual
 
09 egoismo
09 egoismo09 egoismo
09 egoismo
 
09 egoismo
09 egoismo09 egoismo
09 egoismo
 
Resenha de estudos espiritas 11
Resenha de estudos espiritas 11Resenha de estudos espiritas 11
Resenha de estudos espiritas 11
 
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do SerAltruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
 
Religião – Racionalidade incoerente
Religião – Racionalidade incoerenteReligião – Racionalidade incoerente
Religião – Racionalidade incoerente
 
Entendendo a vida evo consolador
Entendendo a vida evo consoladorEntendendo a vida evo consolador
Entendendo a vida evo consolador
 
Evolução segundo espiritismo
Evolução segundo espiritismoEvolução segundo espiritismo
Evolução segundo espiritismo
 
Nascer e morrer educacao consciencial do espirito
Nascer e morrer   educacao consciencial do espiritoNascer e morrer   educacao consciencial do espirito
Nascer e morrer educacao consciencial do espirito
 
Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10
 
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos   e suas repercussões espirituaisTransplante de órgãos   e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituais
 
Transplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões EspirituaisTransplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
 
A religiao interior
A religiao interiorA religiao interior
A religiao interior
 

Mais de Helio Cruz

O pior inimigo
O pior inimigoO pior inimigo
O pior inimigoHelio Cruz
 
Entusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidadeEntusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidadeHelio Cruz
 
A candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueireA candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueireHelio Cruz
 
O credor incompassivo
O credor incompassivoO credor incompassivo
O credor incompassivoHelio Cruz
 
O poder das palavras
O poder das palavrasO poder das palavras
O poder das palavrasHelio Cruz
 
A virtude os superiores e os inferiores
A virtude   os superiores e os inferioresA virtude   os superiores e os inferiores
A virtude os superiores e os inferioresHelio Cruz
 
Universidade de amor
Universidade de amorUniversidade de amor
Universidade de amorHelio Cruz
 
A parentela corporal e espiritual
A parentela corporal e espiritualA parentela corporal e espiritual
A parentela corporal e espiritualHelio Cruz
 
O dom esquecido
O dom esquecidoO dom esquecido
O dom esquecidoHelio Cruz
 
Dia nacional da caridade
Dia nacional da caridadeDia nacional da caridade
Dia nacional da caridadeHelio Cruz
 
O progresso espiritual
O progresso espiritualO progresso espiritual
O progresso espiritualHelio Cruz
 
Viver para deus
Viver para deusViver para deus
Viver para deusHelio Cruz
 
O Marco inicial do Espiritismo
O Marco inicial do EspiritismoO Marco inicial do Espiritismo
O Marco inicial do EspiritismoHelio Cruz
 
A quaresma e o espiritismo
A quaresma e o espiritismoA quaresma e o espiritismo
A quaresma e o espiritismoHelio Cruz
 
Os nossos julgamentos
Os nossos julgamentosOs nossos julgamentos
Os nossos julgamentosHelio Cruz
 
Sal da terra e luz do mundo
Sal da terra e luz do mundoSal da terra e luz do mundo
Sal da terra e luz do mundoHelio Cruz
 
Realismo no novo ano
Realismo no novo anoRealismo no novo ano
Realismo no novo anoHelio Cruz
 
A Astrologia e o Espiritismo
A Astrologia e o EspiritismoA Astrologia e o Espiritismo
A Astrologia e o EspiritismoHelio Cruz
 

Mais de Helio Cruz (20)

O pior inimigo
O pior inimigoO pior inimigo
O pior inimigo
 
Entusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidadeEntusiasmo e responsabilidade
Entusiasmo e responsabilidade
 
A candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueireA candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueire
 
O credor incompassivo
O credor incompassivoO credor incompassivo
O credor incompassivo
 
O poder das palavras
O poder das palavrasO poder das palavras
O poder das palavras
 
A virtude os superiores e os inferiores
A virtude   os superiores e os inferioresA virtude   os superiores e os inferiores
A virtude os superiores e os inferiores
 
O peso da luz
O peso da luzO peso da luz
O peso da luz
 
Universidade de amor
Universidade de amorUniversidade de amor
Universidade de amor
 
A parentela corporal e espiritual
A parentela corporal e espiritualA parentela corporal e espiritual
A parentela corporal e espiritual
 
O dom esquecido
O dom esquecidoO dom esquecido
O dom esquecido
 
Dia nacional da caridade
Dia nacional da caridadeDia nacional da caridade
Dia nacional da caridade
 
Marta e maria
Marta e mariaMarta e maria
Marta e maria
 
O progresso espiritual
O progresso espiritualO progresso espiritual
O progresso espiritual
 
Viver para deus
Viver para deusViver para deus
Viver para deus
 
O Marco inicial do Espiritismo
O Marco inicial do EspiritismoO Marco inicial do Espiritismo
O Marco inicial do Espiritismo
 
A quaresma e o espiritismo
A quaresma e o espiritismoA quaresma e o espiritismo
A quaresma e o espiritismo
 
Os nossos julgamentos
Os nossos julgamentosOs nossos julgamentos
Os nossos julgamentos
 
Sal da terra e luz do mundo
Sal da terra e luz do mundoSal da terra e luz do mundo
Sal da terra e luz do mundo
 
Realismo no novo ano
Realismo no novo anoRealismo no novo ano
Realismo no novo ano
 
A Astrologia e o Espiritismo
A Astrologia e o EspiritismoA Astrologia e o Espiritismo
A Astrologia e o Espiritismo
 

Último

4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptxMarta Gomes
 
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
DIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docxDIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docx
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docxJose Moraes
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxRodrigoTavares484059
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxjoseciceroroberto197
 
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.cecilcavalcanti
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoNilson Almeida
 
Novena De Santo Onofre
Novena De Santo OnofreNovena De Santo Onofre
Novena De Santo OnofreNilson Almeida
 
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptxLição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptxCelso Napoleon
 
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialOração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialJuniorCavecchia
 
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadeordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadececilcavalcanti
 
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo MiguelLimpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo MiguelNilson Almeida
 
Novena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNovena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNilson Almeida
 
Oração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeOração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeNilson Almeida
 

Último (20)

Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdfCarta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
 
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
DIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docxDIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docx
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
 
Orações Vocacionais
Orações VocacionaisOrações Vocacionais
Orações Vocacionais
 
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
 
Novena A São José
Novena A São JoséNovena A São José
Novena A São José
 
Novena De Santo Onofre
Novena De Santo OnofreNovena De Santo Onofre
Novena De Santo Onofre
 
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptxLição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
 
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialOração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
 
Invocação À Luz
Invocação À LuzInvocação À Luz
Invocação À Luz
 
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadeordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
 
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
 
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo MiguelLimpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
 
Orações Vocacionais
Orações VocacionaisOrações Vocacionais
Orações Vocacionais
 
Novena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNovena De Santa Teresinha
Novena De Santa Teresinha
 
Oração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeOração Da Sobriedade
Oração Da Sobriedade
 

O homem e a vida espiritual

  • 2. Estamos neste mundo corpóreo, considerado como de expiações e provas, para passar por experiências que nos são adequadas, tendo em vista o aprendizado e a evolução do nosso ser, onde crer ou não crer em nossa natureza espiritual não é essencial para que vivamos essas experiências. Crer ou não crer em Deus também não é essencial para que o homem seja capaz de viver neste mundo. A vida lhe foi dada e ele terá que vivê-la. Portanto, não importa como ele percebe essa vida ou deixa de crer sobre ela.
  • 3. A fé, entretanto, significa o repositório dos valores morais que ajudam a nortear a caminhada terrestre. Dependendo daquilo que se creia, pode-se assumir diante do mundo uma postura que contraria a moral necessária à harmonia universal. A fé refletida pelas crenças ajuda o homem a construir seu caminho, motivando-o e impulsionando-o no sentido de uma vida proveitosa. Aquele que não crê na vida espiritual tem mais dificuldade para justificar as necessidades de harmonia com valores morais.
  • 4. A fé espírita é apoiada na lógica e no princípio de que o Universo está em constante evolução. Mesmo com tantos conflitos, essa evolução se dá na Humanidade, dia após dia, ano após ano. É algo incontestável. Basta olharmos para a história da vida no planeta e constatarmos através de inúmeras formas que a evolução nunca parou, independente da vontade do homem. Os seres espirituais utilizam-se do corpo para viverem experiências sob condições limitantes de sentidos e de movimentos, necessitando aprender do que seja compartilhar com seus semelhantes a obra da Criação.
  • 5. Algumas pessoas só acreditam naquilo que os seus cinco sentidos materiais conseguem perceber. É a chamada regra de São Tomé: “Ver para crer”. Para estas pessoas, torna-se difícil crer na vida após a morte, ou mesmo crer em Deus, o que me parece um contrassenso. Como não crer em Deus, o Criador de todas as coisas, se os nossos sentidos estão constantemente a observar o dia e a noite, a chuva e o sol, as árvores, os pássaros, as estrelas. Como negar então a existência do Criador se estas coisas não foram feitas pelo homem, que mais nada é do que simples criatura?
  • 6. Segundo a teoria materialista, nossa alma é a sede da inteligência e o princípio da vida material orgânica, mas se aniquila com a morte. Estes que assim pensam acham que depois da morte nada resta, e que a alma é criada junto com o corpo. Os espiritualistas, no entanto, acreditam que a alma é a causa da inteligência, mas independente da matéria. Creem que a alma sobrevive a morte. Assim pensam todos aqueles que professam as chamadas religiões não materialistas: judeus, árabes, budistas e todas as religiões orientais.
  • 7. A Doutrina Espírita é espiritualista, mas diferencia-se de outras seitas cristãs por crer que a alma não apenas sobrevive após a morte como também é pré-existente à vida. A Doutrina Espírita é reencarnacionista. Em “O Livro dos Espíritos” encontramos os seguintes pontos básicos de nossa crença, de nossa fé: Deus é eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom. Assim, Deus é justiça. Criou o Universo, que abrange todos os seres: animados e inanimados; materiais e imateriais.
  • 8. Os seres materiais constituem o mundo visível ou corpóreo, e os imateriais o mundo invisível ou dos espíritos. O mundo dos espíritos é o mundo normal, primitivo, eterno, preexistente e sobrevive a tudo. O mundo corporal é secundário, poderia deixar de existir ou não ter jamais existido, sem que isso se altere a existência do mundo espiritual.
  • 9. A alma é o espírito encarnado, sendo o corpo apenas o seu envoltório. Portanto, o espírito não é um ser indefinido. É um ser real. Esta é a nossa crença, e nela está a base de nossa fé e o apoio dos valores que norteiam nossas ações. No meu entendimento, não pode o homem moderno, o homem do século XXI, dizer que crê apenas naquilo que vê. A Ciência evoluiu tanto, e já deu demonstrações factíveis que muita coisa existe além daquilo que o homem é capaz de perceber através dos seus sentidos materiais.
  • 10. As ondas eletromagnéticas, responsáveis pelas transmissões de rádio, de televisão, de telefonia celular, são exemplos do que estou me referindo. Ninguém vê a onda de televisão, mas a voz e a imagem de quem está falando chegam e se reproduzem em nossos aparelhos. Portanto, são reais. Não é porque nem todos conseguem ver ou perceber a presença do mundo espiritual que ele não exista. Sabemos que os nossos sentidos são todos materiais. Aqueles que conseguem perceber além da matéria são considerados como possuidores de um sexto sentido. Portanto, não se trata de ver para crer, mas ao contrário, de crer para ver, e a visão neste caso tem o sentido de perceber a natureza do mundo espiritual à nossa volta.
  • 11. Os princípios contidos em O Livro dos Espíritos e a doutrina cristã trazida por Jesus, o Mestre dos Mestres, são o grande consolo que podemos usufruir neste mundo de expiações e provas. Que Deus nos permita compreender e manter nossa fé na vida futura e na evolução espiritual. Que possamos converter nossas ações em utilidade para o mundo em que vivemos. Muita Paz! Meu Blog: http://espiritual-espiritual.blogspot.com.br

Notas do Editor

  1. Helio Cruz
  2. Helio Cruz
  3. Helio Cruz
  4. Helio Cruz
  5. Helio Cruz
  6. Helio Cruz
  7. Helio Cruz
  8. Helio Cruz
  9. Helio Cruz
  10. Helio Cruz
  11. Helio Cruz