Jornal do sertao 88 web

988 visualizações

Publicada em


Nesta edição o crescimento do Sertão se reflete em nossas páginas. O jornal está com 32 páginas fugindo do contexto habitual como reflexo de uma necessidade preeminente. O Sertão cresce e com ele a necessidade de ser visto. O jornal do Sertão acompanha essas demandas e procura atende-las adequadamente. Com isso aumentou a quantidade de páginas. No País as manifestações de protestos ganham às ruas demonstrando insatisfação com o modelo político atual. Os jovens mobilizaram o povo brasileiro e foram às ruas lutarem pelos seus direitos e reivindicar mudanças. Nesse contexto alguns pequenos grupos de arruaceiros se misturaram para serem confundidos como manifestante e praticarem badernas. As arenas de futebol entraram em ritmo de Copa das Confederações e receberam as seleções de vários países. O Brasil se destaca como favorito a campeão. O nordeste e particularmente o Sertão comemoram uma das festas mais tradicionais da região em homenagem aos seus santos padroeiros: Santo Antônio, São João e São Pedro. A alegria é contagiante e a manifestação empolgante! A alegria e folguedos do mês de junho mantêm a economia regional aquecida. São grandes os investimentos das prefeituras em parceria com governo do estado e federal e com a iniciativa privada, porque o retorno desses recursos aplicados nas festas juninas do Nordeste é extremamente positivo para esses segmentos. No Sertão os municípios de Arcoverde, Serra Talhada, Salgueiro e Petrolina se consolidam e começam a disputar em pé de igualdade com grandes festas juinas, como as realizadas em Caruaru, no Agreste PE e Campina Grande-PB. Outros municípios se organizaram e celebram com muita música comida de milho e animação, os santos juninos.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
988
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal do sertao 88 web

  1. 1. E-mail: jornaldosertaope@jornaldosertaope.com.brSertão de Pernambuco - Junho / 2013 - Ano VII - Número 88Sertão é só festa em junhoA região celebra Santo Antônio, São João e São Pedro e festejos em homenagem aos três santos aquecem a economia local. Pág. 27ExpoSerra tem quase 100% dosestandes vendidos Pág. 5NegóciosConfirmado início das aulas deMedicina em Serra Talhada Pág. 3EducaçãoGovernoanuncia SAMUem Afogadosda Ingazeira Pág. 22SaúdeFrutamexicana éproduzida emsolo sertanejo Pág. 4SaúdePetrolina já seprepara para oMoto Chico Pág. 12EsporteEmpresáriosinvestem noPetrolina ParkShopping Pág. 28NegóciosDivulgaçãoDivulgaçãoDivulgação
  2. 2. Médico de Família2E ntrava portãoadentro semcerimônia, e tratava odoberman pelo nome comtoda a naturalidade. Qua-se sempre era padrinho dofilho mais velho. Receitavasem examinar, tal a inti-midade com os pacientes.Hoje, tudo começa na Salade Espera. Uma senhoraque burlou os vigilantes dopeso ocupava uma cadeira(+) um quarto de cadeira,pouco se importando como vizinho nem de controlaro incômodo netinho. Umadesde 2006Ano VII Nº 88Junho de 2013Antônio Bezerra de MeloDiretor GeralFique por dentroJornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88N esta edição ocrescimento doSertão se reflete em nossaspáginas. O jornal está com 32páginas fugindo do contex-to habitual como reflexo deuma necessidade preeminen-te. O Sertão cresce e com elea necessidade de ser visto. OJornal do Sertão acompa-nha essas demandas e procuraatendê-las adequadamente.Com isso aumentou a quan-tidade de páginas. No País asmanifestações de protestosganham às ruas demonstran-do insatisfação com o modelopolítico atual. Os jovens mo-bilizaram o povo brasileiro eforam às ruas lutarem pelosseus direitos e reivindicar mu-danças. Nesse contexto algunspequenos grupos de arruacei-ros se misturaram para seremconfundidos como manifes-tantes e praticarem badernas.As arenas de futebol entraramem ritmo de Copa das Confe-derações e receberam as sele-ções de vários países. O Brasilse destaca como favorito acampeão. O nordeste e par-ticularmente o Sertão come-moram uma das festas maistradicionais da região em ho-menagem aos seus santos pa-droeiros: Santo Antônio, SãoJoão e São Pedro. A alegriaé contagiante e a manifesta-ção empolgante! A alegria efolguedos do mês de junhomantêm a economia regionalaquecida. São grandes os in-vestimentos das prefeiturasem parceria com governo doestado e federal e com a inicia-tiva privada, porque o retornodesses recursos aplicados nasfestas juninas do Nordeste éextremamente positivo paraesses segmentos. No Sertãoos municípios de Arcoverde,Serra Talhada, Salgueiro ePetrolina se consolidam e co-meçam a disputar em pé deigualdade com grandes fes-tas juinas, como as realizadasem Caruaru, no Agreste PE eCampina Grande-PB. Outrosmunicípios se organizaram ecelebram com muita músicacomida de milho e animação,os santos juninos.Alepe discute o uso do paude arara em Serra TalhadaFrancys Maia ganha votode aplausos da Assembleiafreirinha, plácida como setivesse acabado de ver Je-sus, cochilava num canto.Um “aborrecente” com ca-miseta lusitana e o sovacode fora, fazia propagandade Lubrax. A máquina dechicletes emitia todo tipode som a cada mexida donetinho gorducho. Os coposplásticos do bebedouro faci-litavam a vida do garotinhoque os amassava e desper-tava alguns de nós da sono-lência. Parece mentira, mastinha até um telefone tipoorelhão na sala, de ondeuma senhora dava ordensà cozinheira surda, sobre o“rango” do dia. Penso quecom o advento dos planosde saúde, as famílias, enjoa-das de ver avião no aeropor-to, vêm passear nas salasde espera dos consultórios.Comentam suas doenças ediscutem os diagnósticose os efeitos dos remédiosNunca um lugar teve nometão adequado – Sala de Es-pera. Caras angustiadas es-peram ser atendidas por umser estranho, cansado que,virado de lado, fará duasJosé Artur Paes Vieira de Melojapvm@jornaldosertaope.com.brO radialista ecolunista doJornal do Sertão,Francys Maia, rece-beu em junho votode aplausos na As-sembleia Legislativade Pernambuco, pe-las premiações quevem conquistandoem Serra Talhada epelos relevantes serviçosprestados à população doSertão do Pajeú. O autordo requerimento é o de-putado estadual SebastiãoOliveira (PR).Segundo o texto,Francys, que atua nas rá-dios A Voz do Sertão AMe Líder FM, ancora pro-gramas diários de grandeaudiência como o TribunaPopular e a Voz da Notícia.Ainda em sua justificativapelo voto de aplausos àObservatório JSRinaldoMarques-DivulgaçãoDivulgaçãoDistribuidor: Mourinha Representações.Fone (087) 3831.7053 - Serra Talhada-PEImpressão: Gráfica Jornal do CommercioFone (81) 3413-6274 - Recife - PETiragem: 8.000 exemplaresFormato: 25 x 28,5 cm | 32 páginasCirculação: Sertão de Pernambuco | Arcoverde, Sertâ-nia, Custódia, Serra Talhada, São José do Egito, Afogadosda Ingazeira, Floresta, Petrolândia, Sal-guei­ro, Ara-raripina, Petrolina, Triunfo, Sta. Cruz da Baixa VerdeRecife | Governo do Estado - Assembléia LegislativaSecretarias de Estado | Brasília-DF | Ministério daIntegração Nacional Distribuição gratuitaProdutor Gráficodiagramação@jornaldosertaope.com.brDaniel SigalDepto. Financeirofinanceiro@jornaldosertaope.com.brJosé BezerraColaboradores: Alberto Ursulino, HelenaConserva, Dárcio Rabêlo, Antônio Faria,Francys Maya,José Artur Paes Vieira de MeloE-mail: jornaldosertaope@jornaldosertaope.com.brwww.facebook.com/JornaldosertaoO Jornal do Sertão é umapublicação mensal da Edicom EditoraComunicação Ltda. Av. João Gomesde Lucena, 4105 - Centro - SerraTalhada-PE Sucursal: Av. Caxangá, 205sl. 903/904 - Fone (081) 3052.2719Recife - PernambucoO s problemas enfrentadospela população da zona ru-ral para se deslocar até a sededos seus municípios foi o temada audiência pública realizadapela Comissão de Cidadania daAssembleia Legislativa de Per-nambuco, no dia 17 de junho, naCâmara de Vereadores de SerraTalhada, Sertão do Pajeú. A ini-ciativa partiu do deputado Mano-el Santos, do PT.Há 45 dias, trabalhadores ru-rais da região paralisaram a BR232, em protesto contra multasda Polícia Rodoviária Federal,por não estarem com seus meiosde transporte de passageiros deacordo com normas do CódigoNacional de Trânsito. Segundo odeputado, esses paus de arara sãoutilizados por estudantes e traba-lhadores.Alguns municípios têm ônibusescolares do pro-jeto Caminho daEscola, mas nãoatendem à de-manda. Segundoo Sindicato dosTrabalhadoresRurais de Serra,mais de 17 miltrabalhadoresna cidade depen-dem desse tipode transporte nomunicípio.Os textos, fotos ou ilustrações nos espa-ços das colunas são de inteira responsa-bilidade dos respectivos colaboradores.EditorAntonio@jornaldosertaope.com.brAntônio Jose Bezerra de MeloRedaçãoredacao@jornaldosertaope.com.brDayane AlbuquerqueCinara Marques - DRT/PB1070Depto. de Marketingmarketing@jornaldosertaope.com.brHélida EnesContato Publicitáriocontato@jornaldosertaope.com.brAnderson Santosou três perguntas e aperta-rá o “enter” do computadorde mesa para, no ranger daimpressora antiga, entregarao (im)paciente uma recei-ta e dizer “faça exatamentecomo tá escrito. Boa tarde”.Fiquei duas horas na salade espera, contra cinco mi-nutos no consultório. Saíaliviado e fui à farmáciacomprar os remédios – queo farmacêutico poderia tersugerido.Francys Maia, SebastiãoOliveira argumenta que oradialista tem uma credi-bilidade muito grande naregião, por ser sempre oprimeiro a noticiar os fa-tos de utilidade pública ecolocar em debate os pro-blemas locais.O radialista FrancysMaia é também detentorde outros prêmios comoMelhor Radialista Esporti-vo e o Melhor Noticiaristada região.
  3. 3. DivulgaçãoPrefeito assina parceria e anuncia início das aulas3Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88EducaçãoAulas de medicina em Serra Talhadacomeçam em agostoO prefeito de Serra Talha-da (Sertão do Pajeú),Luciano Duque, formalizouparceria com representantesda UPE (Universidade de Per-nambuco) e garantiu o iníciodas aulas do curso de medici-na em Serra para o próximomês de agosto. A reunião ocor-rida agora em junho contou,além da participação do pre-feito e de representantes daUPE, também com a presençado gerente da XI Geres, ClovisCarvalho, e participantes re-presentando diversos municí-pios do Pajeú que fazem partede Geres.Na oportunidade, a UPEanunciou o mês de início dasaulas e liberou recursos paramontagem de laboratórios ebiblioteca específica para ocurso e, aproveitando o en-contro, Duque conclamou quequando da sua visita ao Minis-tério da Saúde e em conver-fossem sensibilizados os polí-ticos da região para buscaremrecursos a fim de se agilizar aconstrução do campus defini-tivo da UPE na Capital do Xa-xado.Na reunião, o prefeito deSerraTalhada formalizou aparceria com a Universida-de de Pernambuco liberandopara a mesma as instalaçõesda Fafopst (Faculdade de For-mação de Professores de Ser-ra Talhada), bem como todaestrutura municipal de saúde,como Nasf, PSFs, Laborató-rios, Caps, etc, que serão usa-dos pelo curso de medicina.“Nosso interesse é ver logoa tão sonhada Faculdade deMedicina de Serra Talhadafuncionando, para isso envi-daremos todos os nossos es-forços”, declarou o prefeito.Luciano Duque informou quesa com o ministro AlexandrePadilha, solicitou ao mesmoe ao Senador Hum-berto Costa (PT),que apresentassememendas coletivaspara a construção docampus da UPE nomunicípio.A reunião foi con-cluída com o com-promisso dos muni-cípios que compõema XI Geres a exemplode Betânia, Calumbi,Carnaubeira da Pe-nha, Flores, Flores-ta, Itacuruba, SantaCruz da Baixa Verde,São José do Belmon-te, Triunfo e SerraTalhada, de disponi-bilizarem seus equi-pamentos de saúdepública para uso deprofessores e alunos do cursode medicina.
  4. 4. 4 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88AgriculturaFruta mexicanamovimenta mercadodo Vale do São FranciscoArcoverde ePetrolina receberãoinvestimentos da ConabU ma fruta de origem mexicana, cul-tivada em países como Malásia eVietnã (no continente Asiático) estásendo comercializada agora em Petro-lina e no Vale do São Francisco, Sertãopernambucano. Pitaya, esse é o nomeda fruta, que tem sabor exótico e climatemperado, assim se adaptando bem aoSertão. No Brasil, a pitaya é tambémencontrada em São Paulo e no Ceará.Diferente de outras regiões do Bra-sil, a pitaya pernambucana é doce e temgrande valor de mercado por causa dasua qualidade. “Ela está sempre bemgraúda e apresentável”, informa o pro-dutor francês, Rafael Afan. O diferen-cial da fruta cultivada em Pernambucose deve ao clima e à irrigação na medi-P ernambuco vai receber um inves-timento da Companhia Nacionalde Abastecimento (Conab) de R$ 25,6milhões e Petrolina e Arcoverde, noSertão, serão beneficiadas. Na primei-ra cidade será construída uma UnidadeArmazenadora (UA), centro fundamen-tal para a execução das políticas públi-cas voltadas para a agricultura familiar.Arcoverde já possui uma UA, a qualreceberá investimentos para reforma.Em Recife também haverá reforma daUA. Com o investimento, a expectati-va é triplicar a capacidade estática doestado, que atualmente é de 977 miltoneladas.A localização da UA de Petrolina éestratégica para facilitar o transporteinterestadual de produtos, já que a ci-dade fica na fronteira oeste do estado.A instalação terá capacidade de 50 miltoneladas e receberá, principalmente,estoques estratégicos de defesa contraseca e insegurança alimentar.A medida faz parte do Plano Nacio-nal de Armazenagem, anunciado du-rante a divulgação do Plano Agrícola ePecuário 2013/2014, no último dia 4 dejunho. Em todo o país, serão investidosR$ 500 milhões para ampliar e melho-rar a capacidade pública de estocagem.Serão reformadas 84 unidades e cons-truídas outras 10.Entre as melhorias previstas estãoa reforma das instalações internas eexternas, a ampliação das capacidadescom a instalação de equipamentos maismodernos e a recuperação de outros.da certa. “A insolação e os terrenos daregião permitiram um bom desenvolvi-mento do plantio”, explica ainda Afan.A polpa da pitaya é branca e o sa-bor lembra o do kiwi. Um quilo da frutachega a ser comercializado por R$ 20.Em 2013, Rafael Afan já colheu deztoneladas da pitaya. No varejo, algunsestabelecimentos chegam a vender oquilo até por R$ 80.Durante muito tempo, a pitaya erausada apenas como elemento de deco-ração. Isso mudou com a descoberta depropriedades medicinais na fruta, queé rica em vitamina A e também regula ointestino. A pitaya é da família do cactoe precisa de muita água para desenvol-ver bem.Fruta ganhou sabor pernambucanizado e agradou o paladar localUnidades ajudarão no armazenamento e facilitarão a distribuição de alimentos em áreasque mais sofrem com a secaHélidaEnes/DivulgaçãoDivulgação
  5. 5. 5Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88NegóciosInforme14ª ExpoSerra comercializou quase 100% dos standesMavel tem presença garantida na ExposerraF alta menos de um mêspara acontecer a 14ª Ex-poSerra (Feira da Indústria,Comércio e Serviços de Ser-ra Talhada) e esta edição temtudo para ser, mais uma vez,um sucesso, tanto de públicoquanto de negócios fechados.O evento, que acontecerá nospróximos dias 11, 12 e 13 dejulho, é realizado pela Câmarade Dirigentes Lojistas (CDL)do município de Serra Talhadae é considerado uma das maio-res feiras de negócios de toda aregião sertaneja. Quase 100%dos stands já foram comercia-lizados para a ExpoSerra 2013.Com o objetivo de desen-volver o turismo comercial ede lazer do município, a feiratem uma programação comdesfiles, rodadas de negóciose atrações culturais. As atra-ções musicais já foram defini-das e a festa será comandadapor Garota Safada, Aviõesdo Forró, Gatinha Manhosa,Kennedy Brazzil Daniel SãoPaulo, Mariozan Rocha, LeyaEmanuelly, Só Pra Contrariare Joãozinho e Banda Set7. Osshows acontecerão no Pátio deEventos de Serra Talhada, lo-O grupo Mavel - Máquinase Veículos Ltda, confir-ma mais uma vez sua parti-cipação na XIV ExpoSerra –Feira da Indústria, Comércioe Serviços de Talhada, numademonstração inequívoca deconhecimento do mercado eda importância de sua partici-pação em um evento de respei-tável dimensões.Atuando no segmento au-tomotivo há mais de 50 anoscomo concessionária Merce-des Benz da região, a empresa,com matriz em Petrolina PE,decidiu, há sete anos, numavisão proativa, abrir uma filialno município de Serra Talha-da PE. A iniciativa colocadaem prática, deu tão certo quea filial responde hoje por umaparcela significativa no resul-Divulgaçãocalizado no perímetro urbanoda BR 232.Com o tema “Exponha suaempresa na Feira da Indústriae Comércio de Serra Talhada– porta aberta para os gran-des negócios”, esse ano, a ex-pectativa de vendas na feira éde aproximadamente R$ 22milhões e a estimativa de pú-blico é de 45 mil pessoas paraos três dias do evento. A Expo-Serra contará com 250 estan-des com produtos de variadossegmentos como material deconstrução, distribuidores dealimentos, medicamentos,bebidas, veículos, moda, per-fumaria e outros. Haverá tam-bém parque infantil e praça dealimentação.A feira acontece com o pa-trocínio de apoio dos Gover-nos Municipal de Serra Talha-da, do Estado de Pernambuco,Sebrae, AD Diper, Empetur,Caixa Econômica, Banco doBrasil, Banco do Nordeste,Grupo Pajeú, Tupan, Skol,Pitú, Jb Distribuidora, Feco-mércio, Senac, Sindcom, Poli-cia Militar, Policia Civil, Polí-cia Rodoviária Federal, Corpode Bombeiros e Celpe.tado total de seu faturamen-to, tornando-se uma unidadede grande importância para ogrupo.Segundo o consultor denegócios da filial de Serra Ta-lhada, Natelson Moura, parti-cipar da feira é muito impor-tante, porque ela propicia aoportunidade de fazer bonscontatos num clima de infor-malidade e descontração, per-mitindo a geração de bons ne-gócios, durante a feira e apóssua realização.“Consideramos a feira uminstrumento de Marketingimprescindível para exporos nossos produtos e servi-ços. Com nossa participaçãoampliamos a rede de relacio-namentos e fechamos bonsnegócios. Este é o sétimo anoconsecutivo quea Mavel participada feira, sempreexpondo os novoslançamentos de sualinha de comerciali-zação e mostrandoos importantes dife-renciais competiti-vos da marca Mer-cedes Benz”, afirmaMoura.A Mavel foca nadistribuição e ma-nutenção da mar-ca Mercedes Benz,além da venda decaminhões novos.Também comercia-liza peças genuínas e realizaserviços de manutenção comuma equipe de técnicos certifi-cados pela fábrica. A sede ficaem Petrolina PE, com filiaistambém no município de Ar-coverde PE e Picos, cidade doSertão do Piauí. Em Serra Ta-lhada, a Mavel atende na Av.João Gomes de Lucena, 3432,São Cristovão. Telefone paracontato é (87) 3831-3200.
  6. 6. 6 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88AgriculturaO Pontal Errado. Péssima soluçãoA Companhia de Desen-volvimento Econômicodo Vale do São Francisco edo Parnaíba (Codevasf) comtoda experiência e sabedoriaestabeleceu um modelo deocupação nos seus ProjetosPúblicos de Irrigação vitorio-so, contemplando pequenos (6a 10 hectares), médios (10 a 50hectares) e grandes (50 a 150hectares) produtores.No Projeto Nilo Coelho,localizado em Petrolina, comárea irrigada de 15 mil hecta-res, foram beneficiados 1.559pequenos produtores (unida-des familiares) e 170 empre-sas, entre médios e grandesprodutores. No Maria Teresa,também em Petrolina, comárea irrigada de 4.088 hecta-res, foram 415 unidades fami-liares e 36 empresas.A ideia de destinar lotespara grandes produtores erapara que eles ao adotaremtecnologias modernas de pro-dução, servissem de exemplopara os pequenos e médiosprodutores. Era o mode-lo mundial. Ressalte-se quetanto o grande, o médio e opequeno, todos pagam pelacompra da terra, pela águaque utilizam e pela amorti-zação dos investimentos fei-tos pelo governo. É o modelouniversal. De mãos dadas, oSetor Público (construindo ainfraestrutura hidráulica) eo privado (gerando empregoe renda com base nas cultu-ras irrigadas). É assim quese fez na Espanha, no Mé-xico, na Argentina e até nosEUA, cujos últimos projetosimplantados contemplavamunidades familiares para apopulação indígena daquelepaís.O Projeto Pontal, comárea irrigada de 7.641 hecta-res, foi concebido seguindo omodelo do Nilo Coelho e Ma-ria Tereza. O parcelamentodo projeto original previa 638lotes para os pequenos e 92lotes para empresas. Acres-cente-se que quando da desa-propriação das áreas no inicioda implantação do projeto, aCodevasf negociou com osproprietários das terras queeles poderiam ser contem-plados com lotes irrigados,desde que preenchessem osrequisitos básicos exigidospela empresa.A implantação do projetoPontal foi iniciada em 1998.Originalmente para ser im-plantado em 4 anos, o projetojá conta com quase 15 anos emconstrução, em decorrênciaora de contingenciamentosde recursos orçamentários,ora pela alocação de recur-sos aquém das necessidades.Qualquer tribunal que venhaa julgar o que acontece noPontal irá considerar um cri-me, principalmente por seruma obra estruturante loca-lizada na região semiárida. Asituação piorou desde 2003.As obras foram paralisadas apretexto de incluí-la na car-teira de projetos da ParceriaPúblico-Privada.Os donos do poder nãoquerem que o Pontal siga omesmo modelo do Nilo Coelhoe do Maria Teresa. Esse mo-delo de PPP é estranhamentesocialista. Na realidade é megacapitalista. Ao invés de benefi-ciar vários cidadãos, beneficiaapenas um grande proprietá-rio.Isso é um Pontal Errado.Uma péssima solução.*Deputado Federal por oitomandatos (DEM)/ 81 anos.Osvaldo Coelho*Itacuruba e IF Sertão capacitam piscicultoresU ma parceria entre a pre-feitura de Itacuruba, Ser-tão de Itaparica, e o CampusFloresta do Instituto Federaldo Sertão pernambucano (IFSertão – PE) possibilitou, nes-te mês de junho, a implantaçãodo curso de Formação Iniciadae Continuada (FIC) na área deProdução de Peixes – Sistemasde Cultivo e Informática Aplica-da à Piscicultura, uma das prin-cipais atividades econômicasda cidade, assim qualificando amão-de-obra especializada.O curso terá duração decinco meses e será dividido emmódulos com carga de 200 ho-ras. O público-alvo é formadode pequenos produtores da re-gião. Foram abertas 30 vagas,as quais já foram preenchidas.A capacitação para os produ-tores chegou para incrementara cadeia da piscicultura dos Produção de peixe será ainda mais viável com realização da capacitaçãoDivulgaçãomunicípios que constituem oarranjo produtivo em Pernam-buco (Itacuruba, Belém do SãoFrancisco, Floresta, Jatobá ePetrolândia).Em Itacuruba, encontra--se o sistema de produção dopeixe em fase mais avançada,com infraestrutura física eequipamentos, além das duasmaiores empresas de comer-cialização e produção de pes-cado do mundo – a NetunoInternacional e a empresaEspanhola Pesca Nova. Am-bas foram atraídas pelo climae pelo espelho d’água de 820quilômetros quadrados, for-mado pelo Lagoa de Itaparica.As empresas encontraramna cidade as condições ideaispara formação das fazendasaquícolas com capacidade deprodução de cerca de 100 miltoneladas por ano.
  7. 7. 7Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88DivulgaçãoInformeCCAA Pioneirismo e ExcelênciaH á 17 anos instalado emSerra Talhada, referên-cia em ensino de inglês e es-panhol na região, o CCAA sedestaca por formar crianças,jovens e adultos que desejamadquirir habilidades em umsegundo ou terceiro idioma.O caminho do ensino moti-vou a instalação da franquiaCCAA em Serra Talhada. Essahistória de pioneirismo e ou-sadia está quase completandoduas décadas de vida e trazem suas páginas relatos quesó uma causa nobre é capazde carregar.Os franqueados do CCAA,Tadeu Príncipe e Norma San-tana, à frente da escola desdea sua instalação no município,afirmam que os benefíciosadvindos dessa iniciativa sãoinestimáveis, assim como sãotodos os benefícios geradosatravés dos investimentos emeducação. “Imagi-nem o privilégio depoder acompanhar,através dos meuspróprios filhos,alunos do CCAAdesde as primeirasturmas, o excelen-te resultado obtidograças ao empenhode uma equipe bempreparada paraaplicar um cursocom material didá-tico e metodologiaexclusivos”, comen-ta a diretora da unidade, Nor-ma Santana.Ao longo desses anos, oCCAA Serra Talhada contacom o reconhecimento dosinúmeros clientes que passampelas suas salas de aula e que,através de depoimentos e con-quistas pessoais e profissio-nais, refletem sua satisfação.“Estudar no CCAA paramim é um grande privilégio.Além de adquirir conhecimen-tos em um segundo idioma, nomeu caso inglês, me transfor-mei em uma pessoa melhor,cultivei novas amizades e hojeposso afirmar que construíuma nova família”, diz Caroli-ne Figueiredo, 13 anos e alunado CCAA desde criança.Reconhecida pela sua me-todologia exclusiva, a escolase destaca pela qualidade deensino e excelência no atendi-mento. Totalmente equipadacom recursos audiovisuais,está preparada para atenderaos clientes mais exigentescom eficácia e resultado ga-rantido. “Sempre recebemosex-alunos e familiares em nos-sa franquia para relatar o su-cesso que obtiveram em pro-vas de seleção, viagens ao ex-terior ou em alguma entrevistade emprego, onde o inglês e oespanhol fizeram a diferença”,relata Maria José, secretáriada instituição.“A experiência de coorde-nar esta equipe tão harmonio-sa e preparada tem sido muitoprazerosa, especialmente pelofato de que ela tem buscado acada dia perfeição na realiza-ção de suas tarefas, o que re-sulta na satisfação de todos”,afirma Edson Lima, coordena-dor e professor do CCAA SerraTalhada.E é com esse espírito jo-vem e cheio de vida que oCCAA mantém e conquis-ta novos clientes há tantosanos. A cada semestre no-vas turmas se abrem e, juntocom elas, abrem-se tambémoportunidades na vida detodos os alunos que se dedi-cam ao aprendizado de outroidioma, aumentando, assim,suas chances de garantiremum currículo invejável e dis-putado pelo mercado de tra-balho.Matrículas Abertas(87) 3831-1519
  8. 8. 8 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88Antonio Faria de Freitas NetoAdvogado (antoniofaria@antoniofaria.com.br)Fone: (81) 3423-3695 | 3423-4976ColunaJurídicaNão poderíamos imaginar a humanidade sem essa figu-ra de tanta expressão, muitas vezes alvo de tanta polêmica,que é o advogado, sempre presente nos grandes eventoshistóricos, tendo papel marcante em toda a sociedade. Aonosso ver, uma das mais belas características do advogado, éo desejo, em seu íntimo, de alcançar um bem maior, que nãopode ser visto ou apalpado, por ser imaterial, incorpóreo,intáctil. Na prestação de serviços jurídicos, de modo aindamais peculiar na prestação de serviços de advocacia propria-mente dita, são as qualidades intocáveis, invisíveis, que re-almente trazem o sucesso profissional à corporação jurídicacomo um todo.Vemos no dia-a-dia profissional dos escritórios de advo-cacia, uma busca, quase obcecada, da valorização do capi-tal intelectual e humano como patrimônio jurídico âncora,incluindo-se, aí, a inteligência, o raciocínio lógico-jurídico, acultura e, principalmente, o respeito inquebrantável à ética ea honestidade irredutível e intransigente.A organização desses recursos, exclusivamente intelectu-ais, em nossa ótica, é o patrimônio mais importante do ad-vogado. Em cada caso que a ele é confiado, por maior - oumenor - que seja a celeuma ou a filigrana jurídica existente,o advogado tem, sempre, uma preocupação contumaz nosdetalhes de cada questão - e não só nos meandros - aliada auma análise refletida da otimização dos procedimentos en-volvidos, na persecução da solução mais abrangente e eficaz,no intuito de trazer um rendimento profissional satisfatórioe, muitas vezes, além do esperado pelo próprio detentor dodireito.E a satisfação profissional em atingir tais objetivos, alémde completamente impagável, ímpar, saborosa e prazerosa,torna mais feliz não só a vida dos que com ele se envolvemprofissionalmente, mas, também, do próprio advogado. Mal-grado a extensa fortuna representada pelo patrimônio intác-til não poder ser aferida anualmente em balanços contábeisdo escritório de advocacia, seu valor é, induvidosamente,um dos mais valiosos existentes, sendo uma riqueza indis-pensável, pela qual o advogado luta de forma destemida einflexível.Para apimentar mais ainda esta situação, a cada ano quese passa percebemos que esse patrimônio intáctil nunca estáperfeito, ou acabado, já que por mais que tal profissional opersiga, repetida e incansavelmente, ele se encontra em pro-cesso de plena evolução, necessitando de uma constanterenovação e reafirmação diuturnas, no decorrer dos tempos.O mais curioso de tudo é que a edificação incessante des-ses valores abstratos é a força motriz que inspira o advogado,máxime nos momentos mais difíceis, sendo a peça funda-mental e mais importante da corporação jurídica.E não pode ser diferente.Estamos à disposição para sugestões, comentários, o es-clarecimento mais aprofundado de dúvidas acerca desta ma-téria, ou outras que necessite, bem como quaisquer demaiscontatos que se fizerem necessários, que poderão ser feitosatravés do nosso site: www.antoniofaria.com.br; e-mail:O ADVOGADOSociedade já está fazendo a sua parteDivulgaçãoP etrolina lan-çou neste mêsde junho um novoprograma de arbo-rização na cidade.Denominado “Umaárvore, uma vida”,a iniciativa daAgência Municipaldo Meio Ambien-te (AMMA) tem oobjetivo de mobi-lizar a populaçãoem relação à co--responsabilidadecom a arborizaçãodo município, incentivandoa população com premiaçõespara os que cuidarem melhorde suas plantas.A primeira linha do proje-to estimula as pessoas a ado-tarem uma árvore a partir desorteio de prêmios. A segun-da, baseada na lei 1265/03,visa entregar o selo “EmpresaAmiga do Meio Ambiente” eplacas para instituições pri-vadas que, como medida miti-gadora realizem a arborizaçãode praças e espaços verdes. Jáa terceira homenageará complacas as repartições públicasque se comprometerem com aarborização em seu entorno ouinternamente.O prefeito da cidade, JúlioLóssio, ressaltou a importân-cia do incentivo no programae acredita no envolvimentode todos os petrolinenses. “Aideia do sorteio de brindes édespertar na população, emespecial nas crianças, o desejoMeio Ambientede cuidar das árvo-res. Dessa formapretendemos teruma árvore paracada pessoa na ci-dade”, afirma.Quem se inte-ressar em adquiriras mudas, deve sedirigir à AMMA,no endereço RuaTobias Barreto, nº279, Centro. Lá es-tão sendo doadasmudas e um pan-fleto educativo queorienta sobre o programa eensina a conservar as plantasde maneira correta.No ato da entrega da muda,o interessado deve responderum questionário explicando ascaracterísticas do local, onde amuda será plantada. Na opor-tunidade será assinado umtermo de compromisso. Asempresas privadas que quei-ram participar do programadevem mostrar os projetos dearborização na AMMA.Petrolina lança programade incentivo à arborizaçãoCompesa lança projetosustentávelA Compesa Petrolina lan-çou o projeto Parceirosdo Meio Ambiente, que visaestimular os estabelecimentoscomerciais da área automotivaa adotarem voluntariamenteuma prática de sustentabili-dade ambiental, a fim de evi-tar que resíduos (óleo e areia)sejam lançados nas tubulaçõesda rede de esgoto.Segundo a assistente socialda GNR São Francisco, LucyCalazans, o programa tem porobjetivo incentivar a constru-ção de caixas separadoras deóleo e areia por parte dos es-tabelecimentos a exemplo deoficinas mecânicas, lava-jatos,locais que executam serviçoscomo troca de óleo, funilaria epintura, entre outros, que pos-suem atividades relacionadas àlavagem de peças, veículos ouequipamentos sujos de óleo.“Esse é um trabalho deprevenção. A ideia é quehaja uma sensibilização eentendimento de que o dire-cionamento do óleo e areia,para as tubulações da redede esgoto são os principaiscausadores de entupimen-tos e obstruções. Isso aindainterfere na eficiência damanutenção do sistema”destacou Lucy, ressaltandoainda que o óleo recolhidopela caixa pode ser vendidopelo proprietário do estabe-lecimento, tornando-se maisuma fonte de lucro.A caixa de separação doóleo e areia é formada por trêsrecipientes feitos em alvena-ria, impermeabilizados e liga-dos por canos de 100 mm. Elesrecebem a água bruta da lava-gem de peças, faz a filtragemdesta água, e retém o óleo, li-berando assim somente a águapara a rede.A Dasa Auto Service,primeira parceira da Com-panhia neste projeto, jáconstruiu sua caixa. Para oempresário Francisco Lima,proprietário da empresa, aconstrução da caixa de se-paração foi um investimentoimportante. “A Campanha éválida, pois, além de estar-mos prevenindo futuros pro-blemas na rede de esgoto,estamos contribuindo paraa preservação do meio am-biente. Além disso, ela megarantirá mais uma renda, jáque vou ter como revenderesse óleo selecionado”, dis-se Lima, afirmando tambémque já começou a mobilizaroutros amigos donos de pos-tos de combustível e oficinaspara aderirem à campanha.
  9. 9. 9Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88DivulgaçãoMeio AmbienteParceria é considerada positiva entre Ong e PrefeituraCaatinga e Prefeitura de Granito firmam parceriaE m reunião ocorrida neste mês dejunho, com membros do Caatin-ga, uma ONG que desenvolve projetossustentáveis, e o Prefeito do municípiode Granito (Sertão do Araripe), Antô-nio de Zuita, foi firmada uma parceriapara a execução dos projetos: “Fogõesdo Araripe: Eficiência Energética naPropriedade Familiar” e “JuventudeArte Cultura”. Além disso, foi discu-tido o apoio do Caatinga na preparaçãoda Conferência da Juventude do muni-cípio, que fica a 522 Km do Recife.O Projeto Fogões do Araripe visapromover a difusão de tecnologias deconstrução de fogões mais eficientesem unidades residenciais selecionadasna mesorregião do Araripe, através deuma metodologia participativa e o usode instrutores locais (mestres fogão-zeiros), com importante redução daquantidade de lenha utilizada em cadaresidência.Em Granito serão implantados 47fogões do tipo e a Prefeitura vai cederum veículo para levar os materiais atéàs comunidades. A implantação dessatecnologia também vai capacitar pe-dreiros das comunidades para cons-trução de fogões, bem como vai gerarrenda para as famílias que construíremos aparelhos sustentáveis.Já o projeto “Juventude Arte e Cul-tura”, foca no fortalecimento e amplia-ção da produção artesanal entre jovensrurais em comunidades localizadas nosSertões do Pajeú e Araripe pernambu-cano. Com a intenção de fortalecer ogrupo de jovens de Granito, Antoniode Zuita afirmou que está em busca deações para apoiar os jovens.“Temos uma preocupação com ajuventude e vamos apoiar os gruposde jovens para melhorar a renda de-les. Vamos apoiar o espaço de comer-cialização do projeto ‘Juventude Arte Cultura’, ampliar o espaço, auxiliarna divulgação dos produtos e na com-pra do artesanato para os eventos daprefeitura, assim como as feiras lo-cais e a tradicional pega do boi”, en-fatizou.Para o Coordenador do Programade Incidência Política do Caatinga,Marcio Moura, que participou da reu-nião, são essas parcerias que possibi-litam as execuções efetivas dos traba-lhos. “A consolidação de parcerias comas prefeituras é fundamental para queas nossas ações se estruturem junto àsfamílias agricultoras e para que o po-der público cumpra com o seu papel deapoiar as ações de desenvolvimento”,salientou.
  10. 10. 10 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88SociaisDivulgação
  11. 11. 11Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88Dárcio Rabêlodarciorabelo@hotmail.com87 9159.3661“Não é o mais forte que sobrevive,nem o mais inteligente, mas o quemelhor se adapta às mudanças”.Charles DarwinO balancê do Forró VIP 2013A arte de bem receber e realizar fes-tas organizadas definitivamente não épara qualquer um. Sendo assim o colu-nista social Dárcio Rabêlo alcançou suameta em promover com “qualidade”,em maio, a 12ª edição do Forró VIP. Afesta, que aconteceu pela primeira vezno Esporte Clube de Arcoverde, deu alargada da temporada de festejos juni-nos da sociedade arcoverdense. Foi emgrande estilo que o já tradicional ForróVIP reuniu os baladeiros em uma noitede mesas em sold out. Embora a festanão tenha exigido ‘dresscode’, o xadrezimperou entre o ‘clube do bolinha’,enquanto as ‘lulus’ preferiram a velhacombinação de ‘mini’, ‘maxi colares’ esaltos altíssimos.Logo na entrada do Esporte, o Hi-bísco Motel montou um alinhado loun-ge, com serviço de maquiagem, massa-gem e outras coisas boas, mas adianteo colunista Dárcio Rabêlo recepciona-va os convidados para a grande noitede forró.Entre as atrações da noite, PetrúcioAmorim deu o diferencial do line up. Opoeta, que coleciona sucessos há déca-das, estava mesmo inspirado, fezendoo público cantar junto do começo aofim de clássicos como Meu Cenário,Cidade Grande, Anjo Querubim, Confi-dência, Devagar, Dois Rubis, Baião deNós Dois, entre outros, num show demais de 2h de duração. Os forrozeirosGeovane do Acordeon e Tempero Nor-destino também se apresentaram dei-xando o dancing lotado.O Buffet de massas funcionou per-feitamente. Destaque para a mesa daVitarella com 4 tipos de massas dife-rentes, já a Tambaú serviu 6 tipos demolhos diferentes em uma festa ‘allinclusive’. Gostoso o creme de frangoda Natto. O buffet deste ano levou as-sinatura de João Galdino. A farra, quesempre se estendia todos os anos paraalém das 4h da manhã, acabou pertodas 5h embalando a society.O Forró Vip 2013 conservou a tra-dição de uma festa bonita. De encheros olhos a decoração do evento, feitapor Willianderson Alves, que usou eabusou de elementos regionais, cau-sando para tornar o espaço um verda-deiro arraial, causando o maior frisson.Os arranjos de mesa foram elaboradospor Dark Rabelo, motivo de grandeselogios. Atração à parte, infraestrutu-ra de iluminação desenvolvida por DjPetty Formaturas e Eventos. O Esporteestava lindo por dentro e fora com umailuminação cênica de bom gosto.O Forró VIP também é um espa-ço para revelar novos talentos do for-ró. Em seu palco, já passaram nomescomo Nádia Maia, Irah Caldeira, Cezzi-nha, Assisão, Mazinho de Arcoverde,Paulinho Leite, Cristina Amaral, Mag-natas do Forró, Ki-Xodó, Cheiro de Mi-lho, Mourinha do Forro. “Geovane doAcordeon foi descoberto no Forró VIP.Nossa meta é dar oportunidade a ou-tros artistas, porque os que alcançam osucesso cobram cachês exorbitantes”,critica Dárcio.O apoio de várias empresas à festaacaba impulsionando a economia local.“Hoje a festa está no calendário turís-tico da cidade. É um prazer promoverum evento como este. O Forró VIP estápara o São João de Arcoverde assimcomo o Baile Municipal está para o Re-cife em época de carnaval”, define.Gostaria de agradecer primeira-mente a DEUS por tudo que ele fez econtinua fazendo para a concretizaçãodeste projeto durante todos esses anos.Agradecer também as empresas queapostam na nossa marca e a todos osconvidados que dão um brilho diferen-te ao Forró VIP. Obrigado!Parceiros indispensáveis: Grafi-sing, Rádio Independente FM, Pre-feitura de Arcoverde, Tambaú, Natto,Vitarella, TV Jornal, Dany Rafa, In-forshop, O Boti-cário, Avon, Cen-tro Med, Retífica,Boutique Garden,Arco Motores,Motoshop DoisIrmãos, FarmáciaSão José, Edval-do Pneus Center,Jornal Extra dePernambuco, Ar-bítrio, AKX Cons-truções, Ótica Pa-raíso, MarquinhosTIM, Farmácia daEconomia, Prefei-tura de Sertânia,Pizzaria Flor doHorizonte, Prefei-tura de Tupana-tinga, DeputadoEstadual Ângelo Ferreira e Condomí-nio Girassol.Até o próximo ano, com mais umForró VIP.Anderson Santos, contato publicitário do Jornal do Sertão, e suaesposa, Daniele Siqueira, mimando Anahy Mariane, filha do ca-sal que chegou ao mundo neste 2 de junhoDivulgação
  12. 12. Divulgação12 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88Por Francys Maya - E-mail francysmaya@hotmail.comSertãoEsportivoEducaçãoSenai Juazeiro funcionará noDistrito Industrial da cidadeSão José do Belmontesediará Jornada AcadêmicaJ á está confirmada a im-plantação de uma unidadedo Senai (Serviço Nacional deAprendizagem Industrial), nomunicípio de Juazeiro – BA eo local também já foi definido,funcionará dentro das depen-dências do Distrito Industrial doSão Francisco, ao lado do Sesi.O assunto foi divulgadoapós reunião, em junho, comrepresentantes da Federaçãodas Indústrias da Bahia (FIEB)e o prefeito de Juazeiro, IsaacCarvalho, que já havia solicita-do à FIEB a unidade, há cercade dois anos.Para determinar quais oscursos de qualificação profis-sional que serão inicialmenteimplantados na unidade doO município de São Josédo Belmonte, no Sertãode Pernambuco, receberá en-tre 26 e 28 de julho a terceiraedição da Jornada Acadêmicana cidade, que terá como tema“Língua (gens), Ensino e Iden-tidade Sociais”.Esse ano, a jornada pres-tará homenagem a Carlos An-tônio Gomes da Cruz. As ins-crições para participar do en-contro estão abertas até 30 dejunho no blog www.jornadaa-cademica2013.blogspot.com.O evento, destinado paraprofessores e alunos de gra-Colégio de aplicação conquista primeiracolocação nos jogos municipais de SerraTalhadaDepois de ser sete vezes a melhor Instituição de Ensinodo interior de Pernambuco no ENEM, o Colégio de Aplicaçãode Serra Talhada surpreende e é primeiro colocado nos 30ºJogos Escolares de Pernambuco-Fase Municipal, que aconte-ceram em maio de 2013.A equipe foi campeã nas seguintes modalidades e catego-rias: futsal mirim masculino (campeão), handebol pré-mirimmasculino (campeão), handebol pré-mirim feminino (cam-peão), handebol mirim masculino (vice-campeão), futsal pré--mirim (vice-campeão) e futsal infantil (vice-campeão), so-mando assim 63 pontos.Segundo o coordenador pedagógico do Colégio AdrianoBarros, o resultado foi recebido com muita alegria, pelo fato daescola ter apenas 325 alunos e estar fora de uma realidade dedemais escolas do município e do estado, acima de mil alunos.Ele ainda frisa acerca do trabalho do professor Dinho Du-arte que investe pesado nas categorias de base (de 10 a 14 anosde idade) da instituição. Também salienta que outras moda-lidades são desenvolvidas na escola como: atletismo, nataçãoe voleibol que seráintroduzido no se-gundo semestre. Porfim, informa que opróximo desafio doColégio será na ci-dade de Afogados daIngazeira, na fase re-gional que acontece-rá no mês julho.Prefeitura de Quixaba cadastra timesA prefeitura do município da Quixaba, no intuito de valo-rizar e apoiar os atletas quixabenses, está realizando o mape-amento para cadastros de todos os times de futebol de campoe de futsal para facilitar o apoio e incentivo aos atletas, comdistribuições de uniformes e apoio em outras necessidades.Os responsáveis pelos times de todo o município da Quixabadevem procurar a Secretaria Municipal de Cultura, Esportes eTurismo na pessoa de Aparecida Pereira.Futebol veterano valorizando em BelmonteTerminou com sucesso o Campeonato Belmontense deFutebol Master 2013, no estádio o Carvalhão. O campeão dotorneio foi a equipe do Master Real, que venceu a equipe doPeladão Esporte e Lazer por 1 x 0.Afogados na Copa PernambucoSegundo o Presidente da Liga, Charles Christian, a LigaAfogadense foi à primeira de Pernambuco a se regularizarseguindo os padrões estabelecidos pela CBF. “Ultimamos osdetalhes para inserção de Afogados no contexto do futebol.A cidade já possui um time profissional, agora nós vamos es-timular o crescimento do futebol amador,” declarou o Presi-dente da FPF, informando que a Copa Pernambuco, para atle-tas com até 23 anos, terá início no próximo dia 28 de Julho.Prefeito conseguiu trazer Senai para JuazeiroSenai, será realizado um tra-balho de consulta junto ao em-presariado local para conhecera demanda da cidade.duação e de pós-graduaçãoem Letras, Linguística, Edu-cação, Serviço Social e áreasafins, congrega atividadescientíficas fruto de pesquisasrealizadas nas universidades ecentros de ensino do municí-pio e região.É um projeto que visadespertar a reflexão do pú-blico acadêmico, professorese pesquisadores no que dizrespeito às temáticas abor-dadas e aplicadas ao contex-to social dos seus idealizado-res, como Língua, Sociedadee Educação.A previsão para início dasobras é o primeiro trimestre de2014. Inicialmente, a unidadevai utilizar prédio alugado.As atividades previstaspara a 3ª Jornada Acadêmi-ca são conferências, mesasredondas, oficinas temáticas,comunicações, minicursos eapresentação de pôster, alémde atrações culturais e sessõesde comunicação individual ecoordenada.O evento é uma realiza-ção da Biblioteca PúblicaMunicipal de São José doBelmonte, Secretaria Mu-nicipal de Educação e Pre-feitura do Município. As ta-xas de inscrições variam deR$ 25 a R$ 35.
  13. 13. Divulgação13Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88CapacitaçãoCarreta do Senac oferece cursos em JuazeiroE m julho, a Car-reta Móvel doSenac tem paradaobrigatória em Juazei-ro (BA) para formarcidadãos interessadosem aprender mais so-bre gastronomia. Deacordo com a coor-denação da institui-ção, serão oferecidosao público seis cursosentre o período de 6 a24 do mês.Entre as opçõesestão Cozinha Nor-destina, Workshopde Crepes Doces eSalgados, CulináriaItaliana, Preparaçãoe Decoração de Bolos,Workshop de Lan-ches Comerciais e Workshopde Gastronomia: SaladasTropicais. Para participar épreciso ser maior de 18 anose ter o ensino fundamentalcompleto.Cozinha Nordestina –20hPeríodo: 03/07 a 09/07Horário: 18 às 22hTaxa de Matrícula:R$ 20,00Workshop de CrepesDoces e Salgados – 3hPeríodo: 10/07Horário: 18 às 21hTaxa de Matrícula: IsentoCulinária Italiana –20hPeríodo: 11/07 a 17/07Horário: 13 às 17hTaxa de Matrícula:R$ 20,00Preparação eDecoração de Bolos(iniciantes) – 40hPeríodo: 11/07 a 24/07Horário: 18 às 22hTaxa de Matrícula:R$ 30,00Workshop de Gastro-nomia:Saladas Tropicais – 4hPeríodo: 18/07Horário: 08 às 12hTaxa de Matrícula: IsentoWorkshop de LanchescomerciaisPeríodo: 19/07Horário: 13 às 17hTaxa de Matrícula: IsentoPrefeito conseguiu trazer Senai para JuazeiroAlguns cursos têm taxa dematrícula de R$ 20. As inscri-ções podem ser feitas na sededa Associação Comercial eAgrícola de Juazeiro – (Aciaj),localizada a Praça da Miseri-Acompanhe na tabelaas opções e datascórdia, Centro da cidade, sem-pre das 8h às 12h e das 14hàs 17h. No ato da matricula énecessário apresentar cópiasdo RG, CPF e comprovante deresidência.
  14. 14. Divulgação14 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88* Helena Conserva é Professora e JornalistaPor Helena ConservaE-mail hconserva@gd.com.brblog: http://escrevehelena.blogspot.com“O Gigante Acordou”Nem todas as flores tem a mesma sorte, umas enfeitama vida e outras enfeitam a morte. Colha o dia como se fos-se um fruto maduro que amanhã estará podre. A vida nãopode ser economizada para amanhã. Acontece sempre nopresente. Por mais independente que a pessoa seja, ela sem-pre vai precisar do ar pra viver. Sonhe com a vida, mas nãoperca a vida por um sonho.Bob MarleyFlores reprimidasLara BenárioAs flores da Primavera BrasileiraFortemente reprimidasA truculência será silenciada com rosa brancaE a força militar se quebraráAnte o grito que avisa“O Gigante Acordou”O gigante que antes dormiaNo seu berço cor de anilAcorda de uma política disfarçadaDe uma ditadura amordaçadaNo meio da praça, Brasil.NegóciosEvento foi realizado pelo Grupo Ser Educacional e reuniu especialistas no segmentoCongresso Internacional deAdministração reúne públicode todo o EstadoN omes do ramo adminis-trativo, nos âmbitos na-cional e internacional, estive-ram expondo conhecimentose experiências sobre “Gestãode alta performance: O avançoda Administração Contempo-rânea”, tema central do Con-gresso Internacional de Ad-ministração que foi realizadono Centro de Convenções dePernambuco, em Olinda, masque reuniu um público de vá-rias regiões pernambucanas ede estados vizinhos.A promoção foi do GrupoSer Educacional, mantenedorda Uninassau e teve como focoa inserção do administradorcontemporâneo no mercadode trabalho. Para isso foramdiscutidas estruturas organi-zacionais consideradas im-pessoais, tradicionais, centra-lizadas e com rígida divisãopara as novas estruturas emrede, descentralizadas e tem-porárias, que se adequam àsnecessidades do ambiente noqual estão inseridas no cená-rio atual.Aguinaldo Diniz, presi-dente da Cedro Cachoeira,empresa de capital abertomais antiga do Brasil, com140 anos de trajetória, desta-cou a “Liderança e Sucessão”.Além dele, participaram aindao presidente do Citibank, Hé-lio Magalhães, o Chairman daEmbraer, Alexandre Silva e ofundador e presidente do ban-co de investimentos do BTGPactual, André Esteves.Painéis sobre empreen-dedorismo, empregabilidade,interatividade com o novoconsumidor, gestão estratégi-ca, desafios da logística, entreoutros assuntos, estiveramtambém entre os temas emdestaque.O professor Janguiê Diniz,fundador e acionista majori-tário do Grupo Ser Educacio-nal e coordenador-geral doevento, abordará o tema “AArte (dom) de Empreender”e o prefeito do Recife, GeraldoJúlio, apresentou na a palestra“Gestão de Alta Performance:Novos Paradigmas da Admi-nistração Contemporânea”.
  15. 15. DivulgaçãoRicardoMenezes/Divulgação15Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88O Vale Acordou reuniu mais de 15 mil pessoas com encerramento em frente à Prefeiturade PetrolinaEvento em Santa Cruz é considerado hoje o maior do gênero dointerior do estadoSertão também vai àsruas como em todo o PaísCidadaniaReligiãoO s protestos que marcaram estemês de junho também levarammilhares de sertanejos do estado àsruas. Arcoverde, Bodocó, Petrolândia,Serra Talhada, Petrolina que seu uniua vizinha Juazeiro-BA, organizarammanifestações com grande presença depessoas de todas as idades, sendo 20 dejunho o dia de maior concentração demanifestações na região.A pauta principal de todos os pro-testos foi a melhoria do transporte pú-A 24ª Ro-maria dasFraternidades,que acontece emSanta Cruz daVenerada (Ser-tão do Araripe),deverá reuniruma média de25 mil fieis nosdias 20 e 21 dejulho. O evento,não conta comnenhum apoioinstitucional e éconsiderado umdos maiores dointerior de Per-nambuco. A festa religiosa é bancadaapenas pelos comerciantes e famíliasda cidade e tem o apoio da Paróquia deSanta Cruz, comandada pelo padre Egí-dio Viana.Segundo um dos integrantes daorganização da Romaria, o professorEguinaldo Tavares, a programação teminício no sábado, 20 de julho, com achegada dos romeiros ao município.São esperados romeiros de Pernambu-co, Paraíba, Ceará, Bahia e Piauí.“Os romeiros ficam hospedados naCasa Paroquial da cidade e em residên-cias das famílias que acolhem a todos.Quem não quer dormir, vira a noiteparticipando da programação”, revelao professor Eguinaldo.Romaria atrai multidãoem Santa Cruz da VeneradaAinda no sábado, acontecem algu-mas missas celebradas pelo bispo emé-rito de Petrolina, Dom Frei Paulo Car-doso, e pelo atual bispo da cidade, DomManoel Reis. Frei Paulo foi o criador daRomaria. Após as celebrações tem iní-cio do show religioso com várias atra-ções, entre elas o cantor Jota Farias, deJuazeiro do Norte-CE, conhecido comoo cantor do Padre Cícero.A programação prossegue durantetoda a noite, até às 5h quando os fieisseguem em procissão saindo da IgrejaMatriz, no centro do município, até oMorro do Frei Damião num percursode 5Km. Na chegada ocorre nova cele-bração. Ao retornarem acontece o Cafédos Romeiros e a missa de encerramen-to da Romaria das Fraternidades 2013.vem sendo em todo o País, através dasredes sociais.Bodocó, no Sertão do Araripe, e Ser-ra Talhada, no Sertão do Pajeú, tambémforam às ruas. Em Serra o protesto foiintitulado “À Luta Serra Talhada” e saiudo Pátio da Feira da cidade. O de maiorreunião de manifestantes aconteceu emPetrolina, no Sertão do São Francisco,que se uniu aos manifestantes de Jua-zeiro da Bahia, cidade vizinha, promo-vendo o ato “O Vale Acordou!”.blico, a questão da mobilidade urbana,investimentos concretos em saúde eeducação e contra a corrupção na po-lítica. O movimento em Arcoverde seconcentrou na frente do Sesc da cida-de e os manifestantes se dirigiram àPraça da Bandeira, onde fica o palcoprincipal dos festejos juninos do mu-nicípio.Petrolândia, no Sertão de Itaparica,que tem pouco mais de 30 mil habi-tantes, realizou seu primeiro protestodentro da onda de manifestação peloBrasil, numa convocação feita comoSegundo a Polícia Militar, forammais de 15 mil participantes no protes-to de Petrolina e Juazeiro que reivindi-caram entre outras coisas, a meia pas-sagem para estudantes no transportede barquinha entre as duas cidades.Os manifestantes se concentram naPraça da Bandeira em Juazeiro e segui-ram pelos 900 metros da Ponte Presi-dente Dutra entre os dois municípios,passando pela Avenida Guararapes eencerrando o ato em frente da Prefei-tura da cidade onde cantaram o HinoNacional.
  16. 16. 18 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88Concessionária exclusiva daFord chega ao sertãoPneu 1000 mudade nome, agora éCassimiro PneusSeguros e emplacamentos em geralCaminhões, Ônibus, Carros,Motos, Imóveis e etcF: (87) 3831.7053 / 9902.6999 / 9940.2941Milhares de manifestantesforam às ruas do Brasil pro-testar contra o atual sistemapolítico do país e certamenteesse episódio vai entrar para ahistória.Mas um fato interessantechama muito a atenção. Emvez de paus e bandeiras quemditou a regra foi a internet como uso das redes sociais, ou seja,a juventude usou como “arma”para se manifestar smartpho-nes entre outros dispositivosmóveis. Podemos dizer que oFacebook foi a principal redesocial e a ferramenta maisusada para organizadores con-vocarem milhares de pessoasde forma simples e rápida. Anotícia se espalhou e se tornouuma das maiores manifesta-ções que o país já viu. Além doFacebook, o Twitter tambémfortaleceu o movimento.A possibilidade de moni-torar os temas mais usadosgera uma comunicação extraque é chamada de hashtags(palavras-chave ou relevan-F oi inauguradaem maio e já estáfuncionando em Ser-ra Talhada mais umaopção no comércio au-tomotivo da cidade, aconcessionária exclusi-va autorizada da Ford:Autowest. A nova lojachega ao mercado dacapital do Xaxado compreços e parcelamentosdiferenciados.O grupo empresa-rial que está coman-dando a Autowest têmampla experiência noramo, já está no merca-do de veículos há maisde 30 anos. Os empresáriossão os mesmos que adminis-tram a Autorac/Hyundai emCaruaru e Petrolina e a Mo-torac/ Honda de Caruaru,Grupo atua no mercado automotivo há mais 30 anosAlberto Ursulinoalbertoursulino@visatecnologia.comManifestações no país revelamforça das redes sociaisInformetes). Hashtags sãoaquelas palavrasou frases que ini-ciam como “#”e isso possibilitacontabilizar quan-tas vezes foi usadana rede. Por exem-plo #vemprarua,#oBrasilAcordou,#oGiganteAcordou e por aí vai.Com o curtir, comentarou compartilhar das redessociais, as massas vão se co-municando, trocando fotos evídeos numa velocidade in-crível e convocando cada vezmais pessoas para o movimen-to, esse processo é conhecidocomo ciberativismo. A políciatambém acompanha as infor-mações postadas nas redes so-A tuandodesde2010comoempresa franqueada nosegmento de renovação depneus no Sertão de Pernam-buco, a Pneu 1000 inova comfoco no desenvolvimento.Antevendo as transformaçõesimpostas pela nova conjun-tura sócio/política/econô-mica/social por que passaa região, empresa opta porinovar seu modelo de gestão.Esse novo modelo, permitirámelhor adequação às neces-sidades do mercado e tornaráa empresa mais competitivacomercialmente. Assim, eladeixa de ser uma empresafranqueada e passa a ser umfranqueador, assumindo to-tal autonomia e independên-cia. Essas mudanças levaráa Cassimiro Pneus ser maisciais e se mantém informadade tudo que acontece.Seja no Facebook ou noTwitter, aconteceu você ficasabendo. #proteste #semvio-lenvia.DivulgaçãoPesqueira, Belo Jardim, San-ta Cruz, Toritama, Limoeiro eSurubim.A nova loja está situada naAvenida João Gomes de Luce-na, Km 413, BR 232, São Cris-tovão. Mais informações atra-vés do site: www.autowest.com.br ou pelo telefone (87)3831-2001.moderna e acessível aos seusclientes. Nosso foco é o apri-moramento na prestação deserviços, destaca, Joberval.Com unidade operacionalinstalada em Serra TalhadaPE, à Avenida João Gomesde Lucena, a empresa conti-nua no mesmo endereço, coma logomarca de “CassimiroPneus”. Segundo seu diretorJoberval Cassimiro, essa mu-dança permitirá maior mobi-lidade e rapidez nas decisões.A empresa já nasce certifica-da pelo INMETRO ( InstitutoNacional de Metrologia, Qua-lidade e Tecnologia) e pelaCPRH (Agência Estadual deMeio Ambiente), comprovan-do e endossando sua capaci-dade técnica e idoneidade notratamento ambiental.
  17. 17. Divulgação19Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88CulturaC antor, compositor e poeta há30 anos, Maciel Melo lançouseu primeiro livro autobiográficonesse mês de junho. “A poeira e a es-trada”, assim é chamada a obra quefala sobre a sua infância e juventudeno Sertão e seu amor pela região. Abiografia é a comemoração dos 30anos de carreira do caboclo sonha-dor, também comemorados comum DVD e uma homenagem feitapelo São João do Recife 2013. “Ter amúsica “Rainha” na trilha da nove-la global “Flor do Caribe” também éum presente”, afirma o cantor.Maciel Melo, na sua juventude,já vendeu picolé e engraxou sapatospara ajudar o pai, agricultor e san-foneiro. De Iguaraci, município doSertão do Pajeú, saiu com destino àPetrolina, onde trabalhou em escri-tórios. Ao completar 20 anos, deci-diu entrar para a carreira de músicoe mudou-se para a capital, Recife,em 1981. Já morou em Salvador,São Paulo e no Rio de Janeiro, masMaciel Melo fala do seu amorao Sertão em biografiavoltou porque tem a alma sertanejae pernambucana.Em uma viagem à Bahia, há trêsanos, foi que começou a rascunhar olivro. Hoje, concluído, tem 200 pá-ginas e conta as histórias que o ma-tuto viu e vivenciou. Fala de quandosaiu sonhando em ser um artista re-conhecido até a sua conquista de serrespeitável entre os forrozeiros doNordeste. A prosa em tom memoria-lista é rica em detalhes e bom humor.“Na minha biografia foram ci-tados Frei Damião, Padre Cicero,Antônio Conselheiro, Antônio Sil-vino, Manoel Gerônimo, MiguelArraes de Alencar, Diógenes ArrudaCâmara, além de Pedro Maraváia,um homem que chamava a atençãodos meninos da minha infância emIguaraci, e o cenário catingueiro”,descreve Maciel. A publicação, quecusta R$ 50, conta ainda com umconsiderável acervo fotográfico,para situar as histórias da carreirade Maciel.O poeta cantador conta e canta sua vida em livro
  18. 18. 20 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88AlejandroGarcía/DivulgaçãoDivulgaçãoSertão bem representado no Miss PernambucoO Miss Pernambuco 2013acontecerá entre os dias11 e 18 de julho e o quadro decandidatas já está formado,estando o Sertão pernambu-cano muito bem representadonessa 23º edição do evento,que é realizado pela empresaMiguel Braga Produções. Aotodo, competirão 30 garotasentre 18 e 25 anos. Esse ano,a final acontece no Teatro LuizMendonça, parque Dona Lin-dú, no Recife.Seis cidades sertanejasestarão representadas. DeSerra Talhada, compete Ga-briela Leal; em Afogados daIngazeira, quem se candidataao título é Taynara Kalystra;já em Triunfo, quem apostana sua beleza é Andressa Car-neiro; em Custódia, é Annyel-le Simões; Ibimirim será re-presentada por Ísis Corrêia;e Petrolina, Sullydaianne deAlbuquerque.Todas as candidatas estão sendoacompanhadas por nutricionista, psi-cólogo e um especialista em misses,além de estarem recebendo aulas depassarela, oratória, dança e etiqueta.A representante da Capital doXaxado, Gabriela Leal, eleita a maisbonita de Serra Talhada, tem um 1,76metros de altura e 60 quilos. Ela re-presenta a empresa Jodibe na com-petição. “Eu acredito que posso tra-zer também o título de Miss Pernam-buco para a minha cidade”, afirmouGabriela.Em Triunfo, a candidata ao títulode Miss Universo Pernambuco 2013,Andressa Carneiro, tem 19 anos. Elaconcorre pela primeira vez e estána expectativa para o grande dia. A“Eu acredito que posso trazer também o título de Miss Pernambuco para a minhacidade”, disse a Miss Serra TalhadaAndressa, Miss Triunfo, é outra forte concorrente aotítulocandidata está com umaalimentação controladapara manter o padrão exigido peloconcurso e conta com o apoio deamigos e familiares para conseguir otítulo. “Sei que todas têm potencial equerem ganhar, mas que vença a me-lhor. Estou feliz em ter chegado atéaqui e agradeço ao apoio de todos”,diz Andressa.Miss PernambucoTradiçãoO município de Serra Talhada édetentor de quatro títulos. São mis-ses da cidade Cilene Aubry, MatildeTerto, Fátima Mourato e NatháliaOliveira, sendo esta última uma dasorganizadoras do Miss Serra Talha-da 2013.
  19. 19. 21Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88DivulgaçãoPetrolina sedia 14ª edição do Moto ChicoE m julho, Petrolina sedia a14ª edição do tradicionalMoto Chico. Entre os dias 11 e 14,roncos de motores irão invadir aregião do Vale do São Francisco.Motociclistas e aficionados pelomundo das duas rodas já estãona contagem regressiva para oevento, que será gratuito, nasimediações do Parque JosephaCoelho, área central da cidade. Aorganização disponibilizará áreade camping gratuita, coberta e ar-borizada, com chuveiros elétricose segurança 24h.Os quatro dias do encontro se-rão movimentados com 15 bandasde rock, muito forró, exposição deartigos para motociclistas, reven-da de peças de motos e wheeling,apresentações de manobras ra-dicais de moto. No último dia doevento, ainda será realizada uma con-fraternização dos motociclistas do Valedo São Francisco, com um churrascogratuito para os participantes, a partirde meio dia. Para os estradeiros, o even-to disponibilizará camping gratuito eseguro, com chuveiros elétricos e caféda manhã ao som de um bom forró.O encontro é organizado pela As-sociação Moto Chico, os Moto ClubesEvento também atrai quem não faz parte do mundo dos motociclistase Motociclistas do Vale do São Fran-cisco e acontecerá com o apoio doGoverno de Pernambuco, Empetur,Prefeitura de Petrolina e Cerveja NovaSchin.EsportesFesta SeguraO Moto Chico, visando teruma festa segura, apóia a cam-panha “Zoeira? Tô Fora!”, lan-çada para preservar a tradiçãode encontros para verdadeirosmotociclistas. Para participar da“Zoeira? Tô Fora!!!” é necessá-rio que o organizador de eventossiga as seguintes regras: Cam-ping em local seguro, com res-peito ao silêncio necessário parao descanso do motociclista; Proi-bir e coibir que existam acelera-ção, zerinho, wheeling amador etiros de escapamentos em meioao público, seja ele motociclistaou local; Se não for possível proi-bir, que exista um local própriopara esse tipo de performance;Não permitir a entrada de outrotipo de veículos que não sejammotocicletas na área do evento; Infor-mar através do cartaz, panfleto ou pu-blicação que o encontro faz parte dacampanha; Providenciar a segurançanecessária.
  20. 20. SEI/Divulgação22 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88Governador quer mais médicos no Estado para melhor atender apopulação do Litoral ao SertãoDivulgaçãoO Governo de Pernambucovai reforçar a rede pú-blica de saúde no interior doEstado. O Ato ocorrerá atra-vés de nomeações de médicospara melhorar e ampliar oatendimento em plantões de20 hospitais estaduais espa-lhados por Pernambuco.“Em 2007, tínhamos 27hospitais públicos. Atual-mente, são 47 unidades. Paramelhorar esse atendimento,estamos recrutando mais 350médicos”, disse o governadorEduardo Campos, na soleni-dade de nomeação ocorrida nodia 12 de junho.Durante a cerimônia, Edu-ardo ressaltou o esforço daequipe do governo em captarrecursos humanos. “Além dasbolsas em universidades par-ticulares, nós também abri-mos vagas nas instituições pú-blicas fora da Região Metro-E m setembro, os municí-pios do Sertão do Pajeúestarão recebendo unidadesdo Serviço de AtendimentoMédico de Urgência (Samu). Oanúncio foi feito em Afogadosda Ingazeira, pelo secretárioestadual de Saúde, Antônio Fi-gueira. Serão beneficiados osmunicípios São José do Egito,Tabira, Quixaba, Carnaíba,Iguaray, Itapetim, Brejinho,Tuparetama, Ingazeira, Soli-dão e Santa Terezinha, alémde Afogados.Serão duas unidades emAfogados da Ingazeira e duasem São José do Egito (umaambulância básica e umaEstado reforça rede pública de saúde no interiorSertão do Pajeú receberá unidades do SamuSaúdepolitana. Assim, o profissionalrecebe a formação e permane-ce na sua região”, disse o go-vernador, lembrando que háuma carência de mão de obraespecializada.O secretário de Saúde, An-tônio Carlos Figueira, infor-mou que 17% do orçamentodo Governo são investidos naárea. Figueira garantiu que asaúde ainda pode melhorarcom o envolvimento das pre-feituras. “Não basta só dis-ponibilizar o recurso, pois osmunicípios têm que saber in-vestir”, pontuou.O prazo para que os profis-sionais comecem a trabalhar éde 60 dias. “Essa convocação éresultado de um estudo de téc-nicos da Secretária de Saúde”,disse Eduardo, esclarecendoque a seleção previa a contra-tação 248 profissionais, mashouve um acréscimo de 102avançada, com UTI), além deuma unidade de suporte bá-sico em Tabira. Afogados daIngazeira vai atender aos mu-nicípios de Quixaba, Carnaíba,Iguaracy e Ingazeira, além deAfogados. Já as unidades deSão José do Egito atenderãoaos municípios de Itapetim,Brejinho, Tuparetama e SantaTerezinha. A de Tabira chega-rá também ao município deSolidão.A Central de Regulação192 está sendo implantada emSerra Talhada e deve entrarem funcionamento em setem-bro, junto com a instalação doSamu.médicos, devido às aposenta-dorias, licenças e exonerações.O Interior de Pernambu-co vai receber 168 profissio-nais, com destaque para asespecialidades de pediatria (31médicos), clínica médica (30)e cirurgia (30). A posse dosconvocados vai acontecer naSecretária de Administração.Na ocasião, os aprova-dos devem apresentar a có-pia e original dos seguintesdocumentos: diploma oudeclaração de conclusão decurso de medicina, carteirado Conselho de Medicina,carteira de identidade, CPF,título de eleitor, com com-provante da última eleição,certidão de nascimento e/ou casamento, certidão dereservistas para candidatosde até 45 anos, PIS/Pasep,comprovante de residência ecarteira de trabalho.No Interior, a divisão ficaassim: Regional do Agreste,de Caruaru (43); Dom Mou-ra, de Garanhuns (26); JesusNazareno, de Caruaru (23);Inácio de Sá, de Salgueiro(18); José Fernandes Salsa,de Limoeiro (16); BelarminoCorreia, de Goiana (12); Emí-lia Câmara, de Afogados daIngazeira (11); Ruy de BarrosCorreia, de Arcoverde (10);Professor Agamenon Maga-lhães, de Serra Talhada (6); eVicente Gomes de Matos, deBarreiros (3).
  21. 21. 2323Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88O protagonista do espetáculo é o ator integrante do Grupo de Xaxado Cabras de Lampião,Karl MarxDivulgação/RicardoHenriqueO s momentos finais de uma daslendas do Sertão nordestino se-rão revividos de forma especial entre24 e 28 de julho, no município de SerraTalhada, terra natal de Virgolino Fer-reira - Lampião – o Rei do Cangaço. “OMassacre de Angico – A Morte de Lam-pião” vem sendo considerado o maiorespetáculo ao ar livre já encenado noSertão.A produção será dirigida pelo ator,diretor e dramaturgo, José Pimentel,que viveu Jesus Cristo por vários anosna Paixão de Cristo de Nova Jerusa-lém, papel que ele continua encenandoaté hoje, agora na Paixão de Cristo doRecife. O espetáculo, que será gratui-to, encena a vida do rei Cangaço e foiescrito pelo pesquisador AnildomáWillans de Souza, natural de Serra Ta-lhada, conterrâneo de Lampião.Na sua versão, Anildomá dá um to-que humano à história. As apresenta-ções serão sempre às 20h, na Estaçãodo Forró (antiga Estação Ferroviária).O Massacre de Angico é uma realizaçãoda Fundação Cultural Cabras de Lam-pião, com patrocínio do Funcultura/Espetáculo reconta a vida de Lampião em Serra TalhadaCulturaGoverno do Estado de Pernambuco ePrefeitura Municipal de Serra Talhada.Em sua segunda edição, a expecta-tiva é reunir mais de 100 mil pessoasnos cinco dias da temporada. O espetá-culo terá a duração de 1h 30min. Commais de 100 artistas, o elenco é forma-do por atores de Serra Talhada, Recife,Olinda e Alagoas. O protagonista é oator, dançarino e integrante do Grupode Xaxado Cabras de Lampião, KarlMarx.“A responsabilidade desse papel égrande porque trata-se de um perso-nagem que influenciou a cultura popu-lar sertaneja, os valores morais e até omodo de viver do nosso povo. É maisdo que um desafio profissional. É quaseuma missão de vida, ainda mais quan-do se trata de Cangaço, tema polêmicoque gera divergências, contradições eaté preconceitos”, cometa Karl Marx.A históriaO espetáculo encena a vida mortede Lampião, desde o desentendimentoinicial de sua família com o vizinho fa-zendeiro, Zé Saturnino, ainda em SerraTalhada. Para evitar uma tragédia imi-nente, e que de fato aconteceu, seu pai,Zé Ferreira, fugiu com os filhos paraAlagoas, mas acabou sendo assassinadopor vingança. Para fazer justiça com aspróprias mãos, Virgolino e seus irmãosentregaram-se ao Cangaço. Temidos poruns e idolatrados por outros, os canga-ceiros serviram como denunciantes daspéssimas condições sociais daquela épo-ca, fato que o Governo via como uma do-ença que precisava ser eliminada.
  22. 22. 24 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88InformeE specialista em diagnósticos car-diológicos, a Clinicordis atua nomunicípio de Serra Talhada há seisanos e já virou referência em cardio-logia para consultas e exames comoEletrocardiograma, Ecocardiograma,Mapa e Teste Ergométrico.Comandada pelo cardiologista Jo-abe Jack de Menezes, a Clinicordisatende de segunda-feira à sexta-feira,das 7h30 às 15h. As consultas e examesdevem ser marcadas com antecedênciapelo telefone (87) 3831-6010.O Sertão de Pernambuco está bemrepresentado e atendido quandose fala em diagnósticos odontológicos.Presente em quatro municípios da re-gião, São José do Egito, Serra Talhada,Afogados da Ingazeira e Arcoverde, aFace Radiologia é especialista em Ra-diologia Odontológica e conta, ao todo,com 14 profissionais.A clínica funciona de segunda-feiraà sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h àsClinicordis é referência emdiagnósticos cardiológicosDiagnósticos Odontológicosé na Face RadiologiaMP Estofados: experiência emodernidadeMedicina de VanguardaBoutique Vitrine Concept emgrande reinauguração18h. Em Serra Talhada, está localizadana Uniclin, espaço onde estão presen-tes outras clínicas.Confira cada cidade onde a FaceRadiologia funciona e os seus respeti-vos contatos:São Jose do Egito (87) 3844.2600Serra Talhada: (87) 3831.1507Afogados da ingazeira: (87)3838.2460Arcoverde(87) 3822.3029N o ramo de fabricação há 26 anos,a MP Estofados marca presençaem Serra Talhada já há seis, se desta-cando na produção de modernos esto-fados, camas e pufs e na revenda dessesprodutos para lojas e distribuidoras.Funcionando na Rua Joaquim Con-rado Lorena e Sa, 518, no bairro deNossa Senhora da Penha, a empresafunciona das 7h30 às 17h atendendo apedidos. Os produtos da MP Estofadostambém fazem sucesso em outros esta-dos, como Paraíba e Ceará. Ao todo, sãoquatro vendedores externos que apre-sentam a marca aos outros estados.As formas de pagamento oferecidaspela MP são à vista ou com cheques. Asencomendas têm um prazo de 15 a 30dias para chegar até o cliente e/ou re-vendedor. Contato para mais informa-ções e encomendas deve ser feito pelotelefone (87) 9134.3489.C om o objetivo de atenderdemandas reprimidas deatendimentos médicos em SerraTalhada - PE e, também, viabili-zar a atração de novas especia-lidades carentes no município,Dr. Murilo Gondim, médicocardiologista e proprietário daCardiomed, clínica cardiológicade referência em Serra Talhada,está implantando um projeto deinteresse público que visa aten-der as demandas médicas daregião. Para isso, o médico estálançando um empreendimento como objetivo de tornar viável a vinda deprofissionais de diversas especialida-des de qualquer região para atendi-mento em Serra Talhada.“Com esse projeto viabilizado, omunicípio poderá contar com diversasespecialidades médicas em um só lu-gar, proporcionando maior comodidadeà população e facilidade de acesso aosprofissionais médicos”, afirma Dr. Mu-rilo. Para isso, a Cardiomed está cons-truindo um prédio com estrutura mo-derna e equipado adequadamente, ondedisponibilizará inicialmente de 11 salaspara alugar aos médicos que pretendamatender e ter seu consultório na região.em um período pré-estabelecido.“Normalmente, o que se faz é alugarum consultório ou uma sala com todasas despesas por um valor médio de R$3 mil. Nosso pensamento é alugar porhorário. Por exemplo, se o profissionalsó pode vir numa segunda-feira, pa-gará proporcional, tanto no condomí-I nstalada no Centro de Serra Talha-da há 13 anos, a Boutique VitrineConsept, loja de acessórios e moda fe-minina e masculina, foi reinauguradaneste mês de junho, após uma reformapara ampliar a estrutura da empresae assim, melhor receber os clientes. Epara aumentar as vendas, está traba-lhando com um sistema de descontopara compras à vista.Após a reforma, a Boutique agoratem o dobro do seu tamanho anterior.E para acompanhar o novo espaço, asproprietárias e administradoras daloja, Socorro Brasil e Auxiliadora Bra-sil, decidiram investir em novidades,bem como trazer grandes marcas paraos seus clientes, como Colcci, Coca-Co-la, Forum e Lisbela.A loja funciona na Rua Comandan-te Superior, 691, loja 4, das 8h às 18hde segunda-feira à sexta-feira e nossábados, das 8h às 13h e trabalha comtodos os cartões de créditosnio quanto no aluguel. Nesse caso, umaluguel de um dia por semana, custa-rá 20% do valor total acertado para omês”, explica o médico empreendedor.Com esse projeto, o custo do alu-guel será otimizado. O valor pago pelolocatário já incluirá secretária, gráfica,água, luz, aluguel e demais contas. Se-gundo Murilo, o valor da consulta pagapelo paciente será livre. “O que ele (omédico) vai cobrar por consulta é inde-pendente. Repito, ele pagará pelo horá-rio alugado”, enfatiza Murilo.O empreendimento está em fase deacabamento e o prazo de conclusão épara o final de 2013. O médico pedeque quem tiver o interesse de conhecermelhor sobre seu o novo projeto ou jáqueira reservar salas, entre em conta-to. Até o momento, estão sendo cons-truídas 11 salas, mas ainda há espaço epossibilidade de expandir para 15. Nomáximo, cada sala poderá ser alugadaa dois médicos por dia. Um para a ma-nhã e outro para a tarde.Divulgação
  23. 23. 25Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88Salgueiro inscreve para 3° Concurso de PoesiasCulturaTransporteS algueiro, município doSertão Central de Per-nambuco, está com inscriçõesabertas, até cinco de agosto,para a terceira edição do Con-curso de Poesias, que será rea-lizado na cidade, em setembro.Promovido pela Biblioteca Pú-blica Municipal Francisco Au-gusto, o concurso estimula ointercâmbio cultural das letrasna região do Sertão Central,fomentando e descobrindopoetas.A competição oferece trêscategorias para os candidatosse inscreverem. Lenice Go-mes: infanto-juvenil até 16anos, com tema livre; Albertoda Cunha Melo: para estu-dantes, também com tema li-vre; e João Cabral de MeloNeto: público livre, com otema Sertão. O limite de cadapoesia é de duas páginas. Apremiação para os vencedoresque atingirem os três primei-ros lugares variam entre R$200 e R$ 1 mil.As poesias serão avalia-das por sua originalidade,criatividade, adequações dosrecursos poéticos e linguísti-cos, domínios da gramáticada língua portuguesa, níveisfônicos ou das figuras de har-monia, semântico e lexicalou das figuras de significado,sintático e gráficovisual oudas figuras de construção, rít-mico ou métrico, correspon-dências dos recursos estilís-ticos, figuras e imagens como tema proposto pelo autor.Após a avaliação de todos osconcorrentes, deverá ser pon-tuada uma poesia entre todasinscritas. A melhor ganharáuma pontuação extra de dezpontos.O edital com todas as in-formações está no site da pre-feitura: http://www.salgueiro.pe.gov.br.T riunfo possui cerca de 150mototaxistas, os quaisoferecem o serviço de trans-porte de passageiros e enco-mendas na cidade. Em junho,essa categoria foi avisada deque precisaria se cadastrarpela Secretaria Municipal deDefesa Social e se adequar àlei municipal que regulamen-tou o serviço, além de adotarnormas de segurança e tarifas,conforme determinação da LeiNº 12.009/09 – CONTRAN eResolução 011/11 – CETRAN.Todos os motociclistas queoferecem o serviço na cidade,após o cadastramento, terãoque fazer um curso de aperfei-çoamento oferecido pelo SE-NAI Caruaru. “O cidadão triun-fense, com certeza, vai ganharum serviço de muito mais qua-lidade com a regulamentação eorganização dos mototaxistas”disse o Secretário Municipal deDefesa Social, Coronel Martins.O Secretário se reuniu comos mototaxistas e já apresentouas novas regras e os prazos de ca-dastramento. O período para secadastrar será de cinco dias, en-tre 8 e 12 de julho, com data de-finida pela terminação da placa.“Muito bom o prefeito teressa iniciativa para regula-mentar quem está trabalhan-do como mototaxista”, come-morou o mototaxista JoãoBatista.O cronograma do cadas-tramento será de acordo como último número da placa damotocicleta:08/07 - Placas com final 0-1Mototaxistas de Triunfo fazem cadastramentoUma das categorias do concurso é sobre João Cabral de Melo NetoMototaxistas têm entre 8 e 12 de julho para se cadastraremDivulgaçãoDivulgação09/07 - Placas com final 2-310/07 - Placas com final 4-511/07 - Placas com final 6-712/07 - Placas com final 8-9
  24. 24. 26 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88Após reunião, em junho, ficou decidido que Afogados da Ingazeira será a 14ª cidade de PEa ganhar um Centro de apoio às mulheresO lançamento do projeto foi no bairro Pedra Branca, a 5 km dolaboratórioAfogados da Ingazeira amplia proteçãoàs mulheres vítimas de violênciaJacobina - BA se prepara para erradicar a dengueSegurançaMeio AmbienteC hegou a hora de Afogados da In-gazeira, município do Sertão per-nambucano, ganhar um Centro Espe-cializado de Atendimento às mulheresvítimas de violência. A cidade será a14ª do Estado a receber o equipamen-to. A novidade foi anunciada em junho,após reunião na Secretaria Estadual daMulher, no Recife, com a participaçãoda secretária de Assistência Social deAfogados, Joana Darc, e da diretoraEstadual de enfrentamento à violênciade Gênero, Fábia Lopes.O Centro será uma parceria do mu-nicípio e do Estado. O governo estadualvai doar equipamentos como mobília,computadores, notebooks, aparelhosde som, TV, Fax e DVD, ar condiciona-do, além de um veículo utilitário, comcapacidade para sete passageiros. Já omunicípio coordenará os serviços deatendimento e ficará responsável porO Projeto Aedes Transgênico – PATem Jacobina, município com 80mil habitantes na região noroeste doestado da Bahia, foi lançado neste mêsde junho. A cidade, que é a primeira nomundo a liberar transgênicos em lar-ga escala para erradicação da dengue,contará com o LEMI – Laboratório deEmergência, Monitoramento e Infor-mações – onde a população acompa-nhará todo o projeto. O aedes trans-gênico foi desenvolvido pela empresainglesa, OXITEC.O projeto e sua metodologia fo-ram desenvolvidos pela Moscamed,sob a orientação da Profa. MargarethCapurro (USP). “O PAT foi idealizadonuma conversa com o Secretário deAgricultura da Bahia, Eduardo Sales.Desde 2011 temos desenvolvido o pro-DivulgaçãoDivulgaçãoalugar um imóvel para o funcionamen-to do Centro e contratar psicólogo, as-jeto. Esse laboratório servirá de basepara as atividades em Jacobina”, disseo presidente da Moscamed, Aldo Ma-lavasi.O LEMI possui 270 m² de áreatotal dividido em laboratório, com106 m²; área de lavagem, 54 m²; es-critório, 29 m²; área de expedição,32 m²; e depósito, 5 m². O labora-tório conta com três funcionáriospermanentemente envolvidos norecebimento e envio de material decoleta e liberação, além do setor ad-ministrativo. O LEMI está localizadona Avenida Paulo Souto, nº 20, bair-ro de Nazaré.Com o recurso da Secretaria deSaúde da Bahia, o projeto foi implan-tado inicialmente em cinco comunida-des de Juazeiro, no norte da Bahia. Osistente social, advogado, motorista erecepcionista, os quais atuarão na tria-resultado foi umaredução de 84 a100% nos índicesde larvas encon-tradas do mosquitoselvagem nessas lo-calidades.Com esse resul-tado, Jorge Solla,secretário de saúdeda Bahia, propôsque o projeto fosselevado até Jacobi-na, uma das onzecidades com maioríndice de dengueno estado.A Moscamed éreferência mundial em desenvolvere aplicar biotecnologia no controlede pragas que afetam a agricultura einsetos que afetam a saúde humana.gem, atendimento e acompanhamentodas mulheres vítimas de violência.“Precisamos dar um basta a todas asformas de violência, sobretudo à violênciade gênero. O centro será importante paracombater esse mal e para nos ajudar aconstruir uma cultura de paz em Afogadosda Ingazeira,” afirmou a secretária de As-sistência Social de Afogados, Joana Darc.Para dinamizar os trabalhos deapoio às mulheres na unidade, a Pre-feitura de Afogados da Ingazeira vaielaborar uma cartilha com orientaçõesàs vítimas que sofrem com a violênciadoméstica, contendo informações úteise estratégias para um plano de segu-rança pessoal. A previsão da SecretariaEstadual da Mulher e da Prefeitura deAfogados é que a unidade seja inau-gurada entre os meses de Setembro eOutubro desse ano. O local de atendi-mento ainda será divulgado.
  25. 25. 27Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88São JoãoO Sertão celebrou o mês dejunho em ritmo de forró.Arcoverde, que já se consoli-dou como um dos principaispolos de Pernambuco, teve dezdias de festa na comemoraçãoem homenagem a Santo Antô-nio, São João e São Pedro.O destaque na programa-ção de Arcoverde foi para oscantores Gaby Amarantes,Elba Ramalho, Alçeu Valen-ça, Margareth Menezes e asbandas Garota Safada, Arreiode Ouro e Noda de Cajú, alémdas duplas Cesar Menotti e Fa-biano e Victor e Léo. A cidadecontou com 10 polos e recebeuuma média de 70 mil turistas.Cerca de 4 mil empregos entrediretos e indiretos foram gera-dos nos festejos.A cidade de Salgueiro uniucompetições de sanfoneiros,quadrilhas e concurso de culi-nária junina no palco principalda festa, estruturada na Anti-ga Estação Ferroviária. Como slogan Salgueiro tá te cha-mando. Vem simbora forro-zar, o são joão da cidade, queé uma das principais do SertãoCentral, teve como atraçõesos cantores Petrúcio Amorim,Flávio Leandro e Genaro, asbandas Toca do Vale e ForróPegado, além de ter promovi-do o arrasta pé no terreiro naCasa do Sanfoneiro e no SãoJoão da Roça, que levou atra-ções para comunidades do in-terior do município como PauFerro, Umãs e Conceição dasCrioulas.Outra grande festa queatraiu a atenção dos aman-tes dos festejos dessa épocaaconteceu em Petrolina. OSão João do Vale já fez suces-Sertão celebra festejos juninosem vários pólos da regiãoso em 2012 e agora em 2013veio com outra programaçãode peso, trazendo forrozei-ros de Pernambuco, Bahia ePiauí.Em Petrolina, antes dafesta no pátio principal da Es-tação Multicultural Ana dasCarrancas, a festa celebroua cultura nordestina com osconcursos de Violeiros e San-foneiros e a Jecana (compe-tição jeguística realizada nopovoado de Capim). E esseArcoverde quer mais de 70 mil na festa este anoAtrações culturais também movimentaram o São João de AroverdeChiclete com Banana, uma das atrações do São João do Vale,em PetrolinaDivulgaçãoDivulgaçãoDivulgaçãoano teve uma novidade, o SãoJoão nas Águas, evento reali-zado nas margens do rio SãoFrancisco.A Estação MulticulturalAna das Carrancas esteve re-cheada de grandes atraçõescomo Aviões do Forró, Chi-clete com Banana, GarotaSafada, Pega Leve, as duplasJorge e Mateus, Munhoz eMariano e César Menotti eFabiano, os cantores GustavoLima, Flávio Leandro, Alci-mar Monteiro, entre outrasatrações.Na Capital do Xaxado, Ser-ra Talhada, os festejos juninosvoltaram com força total. Comfoco no resgate da cultura dasfestas populares, a cidade, queeste ano virou polo junino doEstado, comemorou os feste-jos com o tema: Xote, xaxado ebaião na terra de Lampião, emsete polos, inclusive na zonarural do município.O Polo Nordeste da Esta-ção do Forró trouxe atraçõescomo Almir Rouche, MarinaElali, Assisão, Toca do Vale,Amantes do Forró, unidoa concursos de quadrilhas,apresentações de grupos dexaxado, teatro de bonecos eatrativos que deverão colocarSerra Talhada como opção emPernambuco para celebrar ossantos festeiros.
  26. 26. 28 Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88Petrolina Park Shopping atrai lojistasNegóciosTurismoE mpresários de várioscantos do Brasil já pro-curaram ou entraram em con-tato com o stand de vendas doPetrolina Parque Shopping,que começou a funcionar nomês de maio de 2013. Todosquerem saber de que maneirafazer parte deste que prometeser um dos maiores centros devendas do Norte-Nordeste.Várias lojas âncoras egrandes redes como LojasAmericanas, Renner, Marisa,Eletroshoping, Nagem, en-tre outros empreendimentos.Além de fazer o atendimentopara a locação dos espaços, osetor também orienta quemtem recursos, quer investir emshopping, mas não sabe quecaminho tomar para fazer oinvestimento.Stand de vendas recebe entre 15 e 20 solicitações por dia para acomercialização do shoppingDivulgaçãoJankoMoura/Divulgação“Se umcliente tempoder aquisi-tivo, mas nãosabe comoexpor emshopping, agente auxiliao interessadocomo partedos nossosserviços aquino stand devendas”, ex-plicou Igor Campos, do setorde comercialização do Petroli-na Park Shopping.O novo shopping petroli-nense tem expectativa paraentrar em funcionamento nosegundo semestre de 2014.Serão 212 lojas, entre âncorase grandes, medias e pequenasestruturas, praças de alimen-tação, parque de diversão, ci-nemas e um hotel que tambémintegrará a estrutura do mall.Informações para os in-teressados em fazer parte doPetrolina Park Shopping de-vem ligar para o stand de ven-das do empreendimento noO município de Triunfotem vários pontos tu-rísticos e um dos mais visita-dos é a Cachoeira dos Pingas,distante 6 km do centro dacidade. Situada no sítio Breji-nho, se traduz por uma quedad’água de 60 metros de altura.Além dela, o lugar tem aindaoutras pequenas cachoeirasque caem em piscinas naturaisde água cristalina.Para facilitar e dinamizar oacesso ao ponto turístico, o lo-cal ganhará uma infraestruturaque inclui estacionamento, res-taurante, além de pavimenta-ção e escadarias nas trilhas. Anovidade foi anunciada em ju-nho, pela Prefeitura Municipale será financiada pela Secreta-ria de Turismo de Pernambuco.O espaço do estaciona-mento vai abrigar até 15 ve-ículos. Já o restaurante terá96 metros quadrados e ficarána parte superior da maiorqueda d’água sendo equipa-do também com banheiros. Oprojeto orçado em R$ 268 milinclui ainda a pavimentaçãodas rampas e implantação deescadarias na trilha de acesso‘às piscinas naturais.“Esta é mais uma importan-te obra para a estruturação doturismo de Triunfo. Ela foi indi-cada como prioridade pelo Con-selho Municipal de Tu-rismo e agora começa aser realizada cumprin-do o plano de metas doturismo do município”explica o Secretário deTurismo de Triunfo,Evanildo Fonseca.“O prefeito (Lucia-no Bonfim) se dirigiuaté a nós e fez o pleitodessa obra sendo umadas mais importantespara a infraestruturado Turismo aqui emTriunfo” ressaltou oSecretário de Turismode Pernambuco, Al-berto Feitosa.Cachoeira dos Pingas ganha restaurante eestrutura nas trilhasCachoeira é ponto turístico e vai ter sua estrutura melhoradaDivulgação/GilvanJeronimotelefone: (87) 3862-36620 –3862-5691. O Petrolina ParkShooping tem à frente a PlusInvestimentos em parceriacom a Class Empreendimen-tos. O shopping está sendoconstruído na Avenida Setede Setembro, SN, bairro An-tônio Cassimiro, Zona Nortede Petrolina.
  27. 27. 29Jornal do Sertão - Junho de 2013 / Edição 88HabitaçãoReligiãoV ila Bela, esse é o nome do novobairro do município de Serra Ta-lhada. Nele, irão morar 899 famíliasbeneficiadas com o programa MinhaCasa, Minha Vida. Para o seu bom fun-cionamento e para atender às necessi-dades da população, o governo munici-pal está implantando projetos voltadospara a execução de serviços de saúde,educação, inclusão social, transporte emeio ambiente.“O bairro já está ganhando os servi-ços necessários que irão garantir a boarecepção e continuidade da qualidadede vida que o local oferece às famílias”,disse o prefeito Luciano Duque. DozeE m Petrolina, no período de 14 à 19de julho, os componentes da Dio-cese de Petrolina estarão participandoda Pré-Jornada Mundial da Juventude,que será sediada na cidade sertaneja.Entre os dias 23 e 28 de julho estaráacontecendo a Jornada Mundial da Ju-ventude, no Rio de Janeiro, e milharesde jovens de todo o Brasil já estão sepreparando para o grande evento, queterá como tema “Ide e fazei discípulosentre todas as nações”.A Pré-Jornada conta com a parce-ria da Prefeitura Municipal e Diocesede Petrolina e pretende preparar osjovens e os peregrinos, que devemaportar no município, para a JornadaMundial da Juventude. O evento con-tará com uma programação diversifi-cada, incluindo shows, exposição detrabalhos missionários realizados naregião, catequese, apresentações cul-turais e visitas aos pontos turísticos dacidade.“Será um evento bastante valiosopara a juventude de Petrolina. A nossaexpectativa é que possamos reunir umpúblico de 20 mil pessoas”, salienta odiretor de Direitos Humanos e Juven-tude da secretaria de DesenvolvimentoSocial e Trabalho de Petrolina, RobsonRocha.A Jornada Mundialda Juventude se realizaanualmente nas dioce-ses de todo o mundoe prevê a cada dois outrês anos um encontrointernacional dos jo-vens com o Papa, quedura aproximadamen-te uma semana. A últi-ma edição internacio-nal da JMJ foi realiza-da em agosto de 2011,na cidade de Madrid,na Espanha, e reuniumais de 190 países.Serra Talhada ganha novo bairro: Vila BelaPetrolina se prepara para a Jornada da Juventudeagentes da Secretaria de Desenvolvi-mento Social do município foram de-signados para orientar e ambientar osnovos moradores.No novo bairro está sendo monta-do um posto avançado do Cras (Centrode Referência de Assistência Social). ASecretaria de Saúde também está pre-parando um local para oferecer atendi-mentos que são comuns a uma Unida-de Básica de Saúde da Família (USF),enquanto será construída a sede doposto médico no novo bairro.Agindo em outra frente, a Secreta-ria de Esportes já definiu calendáriopara inaugurar no Vila o projeto Aca-demia para Todos. No setor de trans-portes, a Secretaria de Serviços Públi-Prefeito visita o novo bairro e fiscaliza o ospreparativos para receber as 899 famíliasMunicípio realizará a Pré-Jornada, preparando os jovens parao evento nacionalDivulgaçãoDivulgaçãocos já fechou convênio com empresasde transportes públicos para realiza-rem a linha Vila Bela/Baixa Renda/Borborema, com previsão de fluxo deônibus de uma em uma hora.No Vila Bela também funcionará aColeta Seletiva. A Secretaria de MeioAmbiente já preparou cronograma decoleta de lixo e de materiais recicláveispara fortalecimento da cooperativa decatadores do município.E para fechar os primeiros projetosno bairro, está sendo construída umacreche modelo no novo bairro comcapacidade para atender centenas decrianças.

×