Jornal do sertao 86 web

493 visualizações

Publicada em

Aos poucos a chuva vem chegando ao Sertão e com
ela vem junto à renovação de forças para enfrentar e recuperar as perdas geradas pela estiagem prolongada. Plagiando Euclides da Cunha quando diz: O sertanejo é, antes de tudo, um forte, ob- servamos que para ele, basta o aparecimento de qualquer incidente exigindo-lhe o de- sencadear das energias ador- mecidas, aí, ele transfigura- -se. Colocar a casa em ordem não será tão difícil. Estão sendo construídas barragens e barreiros para que a água da chuva não se perca pelos caminhos rachados pela seca, e sim, seja retida. Os efeitos da seca são danosos, destruiu e machucou, mas, não conse- guiu abater nem tirar as for- ças que oxigenam as vitorias econômicas do Sertão nor- destino. Nesse ritmo, as ad- versidades começam a serem superadas. Em Juazeiro da Bahia, região polarizada por Petrolina PE será realizada a maior feira de fruticultura ir- rigada da América Latina (Fe- nagri e a Exposição de Capri- nos e Ovinos do Vale do São Francisco (Expovale), que a partir de agora serão reali- zadas juntas. Isso demonstra a pujança e potencialidade da região. Em Serra Talhada PE, Com uma programação artística e cultural, a cidade comemora seus 162 anos e evidencia fortemente suas riquezas e tradições que são emblemáticas para o Brasil. Com a aproximação do São João Arcoverde sai na frente e mostra a sua riqueza cultu- ral como forma de fomentar a sua economia. O São João de Arcoverde é um evento que cresce a cada ano. A previsão esse ano é de receber 700 mil visitantes, gente que vem à ci- dade prestigiar uma tradição nordestina e assim contribui com a geração de empregos e renda, gerando divisas e con- tribuindo indiretamente com o crescimento econômico da região.
Antônio José Bezerra de Melo
Diretor Geral

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
493
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal do sertao 86 web

  1. 1. E-mail: jornaldosertaope@jornaldosertaope.com.brSertão de Pernambuco - Abril / 2013 Ano VII - Número 86Serra Talhada comemora162 anos com festa culturalUm dos marcos da cultura estadual e nacional, a maior cidade do Sertão do Pajeú programou vários eventos para festejar suaemancipação política. Pág. 5Atrações nacionaisvão agitar o São Joãode Arcoverde Pág. 15Salgueiroganha primeiraUTI do SertãoCentral Pág. 7Curso formaráatores noSertão Pág. 23Governosinvestem embarragense barreiroscontra a seca Pág. 4São JoãoSaúdeCulturaSecaPotencial irrigado e da criaçãode animais movimentama 24ª Fenagri Pág. 3NegóciosEntidadelança EmpresaResponsável2013Pág. 22ACAVai começarobra doIFSertão deSerra Pág. 16EducaçãoDivulgação/NelsonAmorimDivulgaçãoDivulgação
  2. 2. Máquina do Tempo2V ocê não é umpenetra nagrande festa da velhi-ce, mas é um convidado mui-to especial, persistente quelevou a vida toda para chegarlá. Pode-se ser velho aos 15,aos 50 ou 60 anos, mas háquem só chegue à velhiceaos 80 anos. São uns chatosque atravessam a nado o RioSão Francisco e até saltam depára-quedas.Chegamos à velhice quan-do o interesse sexual desapa-rece. Quando você achar queo ato sexual é um exercíciodesde 2006Ano VII Nº 85Março de 2013Antônio Bezerra de MeloDiretor GeralFique por dentroJornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86A os poucos achuva vemchegando ao Sertão e comela vem junto à renovaçãode forças para enfrentar erecuperar as perdas geradaspela estiagem prolongada.Plagiando Euclides da Cunhaquando diz: O sertanejo é,antes de tudo, um forte, ob-servamos que para ele, bastao aparecimento de qualquerincidente exigindo-lhe o de-sencadear das energias ador-mecidas, aí, ele transfigura--se. Colocar a casa em ordemnão será tão difícil. Estãosendo construídas barragense barreiros para que a águada chuva não se perca peloscaminhos rachados pela seca,e sim, seja retida. Os efeitosda seca são danosos, destruiue machucou, mas, não conse-guiu abater nem tirar as for-ças que oxigenam as vitoriaseconômicas do Sertão nor-destino. Nesse ritmo, as ad-versidades começam a seremsuperadas. Em Juazeiro daBahia, região polarizada porPetrolina PE será realizada amaior feira de fruticultura ir-rigada da América Latina (Fe-nagri e a Exposição de Capri-nos e Ovinos do Vale do SãoFrancisco (Expovale), que apartir de agora serão reali-zadas juntas. Isso demonstraa pujança e potencialidadeda região. Em Serra TalhadaPE, Com uma programaçãoartística e cultural, a cidadecomemora seus 162 anos eevidencia fortemente suasriquezas e tradições que sãoemblemáticas para o Brasil.Com a aproximação do SãoJoão Arcoverde sai na frentee mostra a sua riqueza cultu-ral como forma de fomentar asua economia. O São João deArcoverde é um evento quecresce a cada ano. A previsãoesse ano é de receber 700 milvisitantes, gente que vem à ci-dade prestigiar uma tradiçãonordestina e assim contribuicom a geração de empregos erenda, gerando divisas e con-tribuindo indiretamente como crescimento econômico daregião.Forró dos Cantadoresesquenta o pré São Joãode ArcoverdeSertão Consig cresceem Pernambucoenfadonho, você chegou àporta da Grande Festa. Mas,fique frio e esqueça as fanta-sias de garanhão, pois a natu-reza é sábia e o seu físico estámais para o contemplativodo que executivo.Repasse a vida, lem-bre tudo de bom que con-quistou – o de ruim deixeque os seus amigos chatoslembrem a você. Nada foidado, tudo foi conquistadoe você é um vencedor, mes-mo que não seja um milio-nário ou o maior garanhãodo mundo.Pense simples e entre nafesta! Você vai se divertir!Volte à sua cidadezinha dointerior ou se você é da ca-pital, vá conhecer o interior,só por conhecer. Há quantotempo não toma um banhode rio às seis horas da ma-tina? Lembre-se que nestashoras, estava diante do espe-lho dando o nó da gravata oufazendo a maquiagem, paramergulhar num trânsito in-fernal e explodir em stress!Um chefe ranzinza esta-va esperando para torrar suapaciência. Aquele trabalhi-nho rotineiro e sacal tinhaque ser feito.Na Grande Festa tudo épossível desde que sua ima-ginação seja a mais extraor-dinária Máquina do Tempo,pois ela é capaz de lhe levarao passado, ao presente e aofuturo.Aconselho a todos: Sejamvelhos, pois é melhor e nãofaz mal, como dizia o “Me-lhoral”?José Artur Paes Vieira de Melojapvm@jornaldosertaope.com.brA Sertão Con-sig cresce acada dia. O em-preendimentofoi criado paraoferecer emprés-timo consignadona região desdejaneiro de 2010,na cidade de Flo-res. Atualmentea Consig tem suasede em SerraTalhada e já conta com lojas emmunicípios como Santa Cruz daBaixa Verde e na capital, Recife,permanecendo com a filial deFlores.A empresa tem uma linha deempréstimos para aposentados epensionistas do INSS, funcioná-rios públicos estadual e federale das Forças Armadas. Para me-lhor prosseguir com a sua pro-posta, mantém correspondênciacom bancos como o BV Financei-Observatório JSDivulgaçãoDivulgaçãoDistribuidor: Mourinha Representações. Fone(087) 3831.7053 - Serra Talhada - PEImpressão: Gráfica Jornal do Commercio - Fone(81) 3413-6274 - Recife - PETiragem: 8.000 exemplaresFormato: 25 x 28,5 cm | 24 páginasCirculação: Sertão de Pernambuco | Arcoverde,Sertânia, Custódia, Serra Talhada, São José doEgito, Afogados da Ingazeira, Floresta, Petrolândia,Salgueiro, Arararipina, PetrolinaRecife | Governo do Estado - Assembléia LegislativaSecretarias de Estado | Brasília-DF | Ministério daIntegração Nacional Distribuição gratuitaEditorAntonio@jornaldosertaope.com.brAntônio Jose Bezerra de MeloRedaçãoredacao@jornaldosertaope.com.brDayane AlbuquerqueCinara Marques - DRT/PB1070Depto. de Marketingmarketing@jornaldosertaope.com.brHélida EnesContato Publicitáriocontato@jornaldosertaope.com.brAnderson SantosProdutor Gráficodiagramação@jornaldosertaope.com.brDaniel SigalDepto. Financeirofinanceiro@jornaldosertaope.com.brJosé BezerraColaboradores: Alberto Ursulino,Helena Conserva, Dárcio Rabêlo,Antônio Faria, Francys Maya,Mayran Barbosa Ramos,José Artur Paes Vieira de MeloE-mail: jornaldosertaope@jornaldosertaope.com.brwww.facebook.com/JornaldosertaoO Jornal do Sertão é umapublicação mensal da EdicomEditora Comunicação Ltda.Av. João Gomes de Lucena,4105 - Centro - Serra Talhada-PESucursal: Av. Caxangá, 205 sl.903/904 - Fone (081) 3052.2719Recife - Pernambucora, Bradesco, BMG, BGN, Santander,Daycoval, Mercantil do Brasil e Bon-sucesso.Clientes aposentados que rece-bem um salário mínimo podem pe-dir ao banco um valor médio de R$6.600,00. O pagamento pode ser feitoem 60x R$ 203,40. O valor da parce-la é referente a 30% do salário, valorestipulado pelo INSS. Em até 72h ovalor já estará disponível na conta eas parcelas serão descontadas no be-nefício.A rcoverde, no Sertão pernambucano, que tem umdas melhores festas juninas do Estado, já está en-trando no clima de São João. Prova disso é a realiza-ção, no próximo dia 4 de maio, sábado, do “VIII Forródos Cantadores”. Esse ano, a equipe organizadora doevento trouxe o tema “O Cangaço na Capital do SãoJoão”.A festa, que será no Sport Clube da cidade, contarácom grandes atrações como Paulinho Leite, WagnerCarvalho e Nádia Maia. A festa começa a partir das22h, prometendo muito forró pé de serra, baião, xotee xaxado. As mesas custam R$ 150. Para informaçõessobre ingressos e reservas, ligar para (87) 3822.3704,(87) 3822.1280, (87) 3821.1119 ou (87) 3822.2859.
  3. 3. DivulgaçãoFeiras apresentarão todo o potencial do Vale do São Francisco3Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86NegóciosFenagri muda e deve atrair 50 mil visitantesA 24ª Feira Nacional daAgricultura Irrigada (Fe-nagri), que acontece de 14 a 19de maio, em Juazeiro-BA, vemcom uma novidade este ano. Afeira acontece junto com a 7ªExposição de Caprinos e Ovi-nos do Vale do São Francisco(Expovale). A união das duasmaiores feiras de promoçãodas principais cadeias produ-tivas do vale do São Franciscodará um novo significado aoevento.A expectativa é atrair cercade 50 mil visitantes ao Cam-pus da Universidade Fede-ral do Vale do São Francisco(UNIVASF), onde será monta-da a estrutura das duas feiras.Com o tema “Integração denegócios ampliando possibili-dades”, os dois eventos reuni-rão criadores e agricultores detodo o País.Serão mais de 100 expo-sitores e 1.200 animais ex-postos. A mostra dos animaisdes, agricultores, produtorese artesãos, irão apresentardesde produtos provenien-tes de frutas especificas daregião até o artesanato local.O Galpão será uma vitrinepara os trabalhos desenvol-ficará numambiente de6 mil metrosq u a d r a d o s ,ocupando 142baias. “Este éum exemplode que agricul-tura irrigada ecriação de ani-mais podemandar juntos,potencializan-do ainda maiso desenvolvi-mento da re-gião”, afirmouo coordenadorgeral da Fena-gri, Voldi Frei-tas.Esse ano, a agricultura fa-miliar e a economia solidáriavão difundir informações epropagar as potencialidadesda região, levando novidadespara visitantes. Instaladosnum espaço com 35 estan-vidos por cooperativas e as-sociações.A VII Expovale pretendereunir criadores com animaisde alta qualidade genética.O objetivo é transferir novastecnologias e realizar grandesnegócios. O setor de capri-novinocultura também traránovidades, como o workshopsobre a ‘Integração da Capri-nocultura e da Ovinoculturacom a Agricultura Irrigada:ampliando possibilidades’. Odebate visa afinar a estratégiade aproximar os dois setorespara atuarem juntos em proldo crescimento e do desenvol-vimento da região.Para Silvio Dória, dire-tor técnico da Associação dosCriadores de Caprinos e Ovi-nos do Sertão do São Fran-cisco (ACCOSSF), é de grandeimportância a integração daagricultura com a caprinovi-nocultura, num momento emque o Sertão passa pela piorseca dos últimos 50 anos. “Éatravés de eventos como esse,que estimulamos o potencialde toda a cadeia produtiva eoferecemos perspectivas dedesenvolvimento para o semi-árido”, declarou.
  4. 4. EduardoBraga/SEI4 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86SecaConstrução de barreiros beneficiacidades sertanejasGoverno executa obras de barragens no SertãoC omo forma de garantir ações de convivên-cia com a seca, a maior das últimas quatrodécadas e que atinge cerca de 1,2 milhões depernambucanos, a Companhia de Desenvolvi-mento dos Vales do São Francisco e Parnaíba,Codevasf, está construindo 200 barreiros emcerca de 40 municípios pernambucanos. A in-tenção é proporcionar aos moradores um perí-odo de maior tranquilidade, uma fonte hídricacapaz de matar a sede animal e ainda ajudar nastarefas domésticas.Do total pretendido, 56 barreiros foram con-cluídos e 31 estão em processo de execução. Dosprontos, alguns já acumularam água das chu-O governador EduardoCampos (PSB) visitou aregião do Pajeú e revelou queo Estado está construindo440 barragens, as quais vãoatender a população atingidapela seca. Outras 660 barra-gens chegarão a Pernambu-co através de convênio com oGoverno Federal, por meio doMinistério da Integração Na-cional, elevando para 1.100 ototal de novos reservatórios naregião semiárida.“O nosso objetivo é tornarmenos dura a época da estia-gem através da democratiza-ção do acesso a água e essasbarragens atenderão esta fina-Eduardo Campos e Fernando Bezerra vistoriam a obra da BarragemPedro d’águaJá foram construídos 56 barreiros e 31 estão em processo de execuçãovas desde o inicio de 2013, como é o caso dosbarreiros dos municípios de Araripina e Exu.Já Afrânio, Dormentes, Floresta e Salgueiro sãoalgumas das cidades que estão com as obras emandamento.A Companhia tem como meta para a me-tade do segundo semestre deste ano, a cons-trução de 113 barreiros, beneficiando SantaMaria da Boa Vista, Serra Talhada e Petrolina.Ao todo, o Ministério da Integração está in-vestindo, através da Codevasf, cerca de R$ 10milhões na obra que, quando concluída, irábeneficiar milhares de famílias do interior dePernambuco.lidade”, disse Eduardo Cam-pos, que visitou a BarragemPedra d’água, em Afogados daIngazeira, que está em cons-trução.Acompanhado por secretá-rios de estado e pelo ministroda Integração, Fernando Be-zerra Coelho, Eduardo desta-cou a parceria com o GovernoFederal para a concretizaçãodos projetos semiárido. “Al-cançaremos a média de pra-ticamente dez barragens paracada município, consolidandocapacidade de acumulaçãoequivalente a quase uma bar-ragem como a de Jucazinho,que armazena 250 milhõesde metros cúbicos, só que deuma maneira descentralizadae mais próxima das comuni-dades”, afirmou o governador.O governadorfie enalte-ceu a parceria com o Ministé-rio da Integração no esforçode enfrentamento aos efeitosda seca. “Essas barragens sãopulmões nas áreas mais re-motas de acúmulo de água,onde não chegam as aduto-ras e outras alternativas”,pontuou. “E agora o minis-tro Fernando Bezerra Coelho(Integração Nacional) estádesenhando um novo con-vênio para outras 660”, con-cluiu Campos.Divulgação
  5. 5. 5Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86EventoProgramação cultural animaaniversário de Serra TalhadaS erra Talhada comemora 162 anos de emancipação políticano dia 6 de maio e, para festejar a data, foi montada umaprogramação especial com o objetivo de consolidar a cultura domunicípio. De 3 a 6 de maio, artistas serra-talhadenses estarãodistribuídos em pólos culturais, unidos para potencializar a eco-nomia da cultura, designar mercado de trabalho para profissio-nais, valorizar o talento dos artistas populares sertanejos e, prin-cipalmente, despertar o interesse pelos seus valores.O tema da festa será “Aniversário de Serra Talhada: a cidadedo coração da gente”. Para o secretário de Cultura e Turismo domunicípio, Anil-domá Willans, apujança do ta-lento de Serraserá mostradacom toda in-tensidade. “Co-memorar seusmitos, festejardatas, celebrarfatos é comumaos povos que tem cultura e que valorizam sua história. E Ser-ra Talhada, que tem capítulos importantes em sua história, queprojeta nomes de expressão para todo Brasil, quer seja no campoda arte e da cultura, da política e da ciência, tem ensejos suficien-tes para ter um evento como esse”, destacou Anildomá.Polo Pátio da FeiraDia 03 de maio10h - Grupo de Danças Gilvan Santos e Grupode Xaxado Cabras de Lampião.Dia 04 de maio10h - Maracatu Leão da Serra (Recife) e o es-petáculo “O rapto do presente” (Olinda)Dia 05 de maio10h - Grupo Herdeiros do Cangaço e o espetá-culo: “Um boi muito Louco” (Olinda)Polo RomânticoRua 04 / Alto do Bom JesusDia 03 de maioA partir das 21h - Pitoco Brega, Lenno do Bre-ga, João Carlos e CaldasPolo Serra Talhada de todos os ritmosEstação do ForróDia 04 de maioA partir das 21h - Roberta Aureliano e BandaFulô de Maracujá (Maceió), Kennedy Bra-sil e Daniel São Paulo, Josildo Sá e Assisão Dia 05 de maioA partir das 21h - Léa Emannuely, BandaSe78, Gatinha Manhosa e Banda VizzuDia 06 de maioA partir das 20h - Léo Godoy, Banda PRC-6,Banda C.H.M e Irmão Lázaro (ex-olodum)Polo CívicoDia 06 de maio9h - Desfile Cívico e Corte do Bolo11h - Alto Swing e Kebradeira do Nordeste(Pátio da Feira)Programação Cultural do AniversárioDivulgação
  6. 6. 6 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86Alberto Ursulinoalbertoursulino@visatecnologia.comSamsung S4 chega ao Brasil em abrilA Samsung já se pronun-ciou e enviou (dia 19) àimpressa brasileira um con-vite para o lançamento doseu mais novo smartphone, oS4. O preço do aparelho já foianunciando antes mesmo dolançamento oficial e custarácerca de R$ 2.399,00, segun-do o fabricante.O aparelho que vai con-correr diretamente com oIphone 5, tem tela de 5 pole-gadas com 1080p de resolu-ção, que a Samsung chamoude Full HD Super AMOLED.O aparelho pesa 130 gramas etem 7,9 milímetros de espes-sura.Além de muito bonito elevem com um processadorquad-core de 1,9 GHz ou umprocessador de 1,6 GHz octa--core, dependendo do paísonde é lançado. O aparelhoroda Android Jelly Bean, pos-sui câmera traseira de 13 me-gapixels e dianteira de 2 mega-pixels e possui 2 GB de RAM etrês opções de armazenamentointerno: 16 GB, 32 GB ou 64GB, expansíveis via cartão mi-croSD para mais 64 GB.Algumas funções são beminteressantes, como por exem-plo, a rolagem automática detela que reconhece o olhardo usuário. Outro recurso é osmart-pause, que pára um vídeoquando percebe que o usuárionão está olhando para tela. Ou-tro bem legal é o Drama Shot,que possibilita tirar até 100 fotosem quatro segundos e fazer belsmontagens com as fotografias.O S4 promete ser mais umsucesso de vendas da Samsunge ao mesmo tempo, vai confir-mar que os aparelhos do tiposmartphone caíram no gostodos brasileiros.DivulgaçãoAgriculturaOuricuri e Araripina beneficiadaspelo Terra Legal-PernambucoT rês mil famílias do mu-nicípio de Ouricuri, noSertão do Araripe, que traba-lham na agricultura familiar,receberam títulos de proprie-dade de terra do Instituto deTerras e Reforma Agrária dePernambuco – Iterpe. Os agri-cultores não terão nenhumcusto para registrar os títulosem cartório. O Governo doEstado é quem assumirá talresponsabilidade. Em 2012, oIterpe entregou 1.300 títulosde propriedade a agricultoresde Ouricuri.A ação faz parte do TerraLegal – Pernambuco, progra-ma de ações jurídicas, físicase sociais para promover a or-ganização espacial dos imó-veis rurais ocupados e a titu-lação dos agricultores, bemcomo o reconhecimento, porparte do Estado, do direitodo agricultor à terra regula-rizada.Segundo o diretor-presi-dente do Iterpe, Getúlio Gon-dim, as terras foram regulari-zadas mediante levantamentotopográfico, demarcação deáreas e elaboração de plantasatualizadas. Para isso, foramutilizados equipamentos GPSde alta precisão e software degestão territorial – SGT.Ainda no Araripe, a Secre-taria da Agricultura e ReformaAgrária do Estado e o Iterpeabriram os processos de re-gularização fundiária em Ara-ripina, com a inauguração deum escritório regional que faráa implementação do ProgramaTerra Legal no município.A nova unidade do Iterpeno Sertão funciona na RuaJoaquim José Modesto, nº56, Centro, próximo a IgrejaMatriz de Araripina. Durantea solenidade de inauguração,neste mês de abril, foram en-tregues 100 títulos de proprie-dade a agricultores familiares.
  7. 7. 7Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86Divulgação/PMSEquipamentos modernos foram comprados para que a população possausufruir do serviço inéditoSaúdeCabrobó dispõe de atendimento cardiológicoUTI de Salgueiro expande os serviços de saúdeA cidade de Cabrobó, noSertão do São Francisco,ganhou atendimento em car-diologia, nova especialidademédica para atendimento narede básica de saúde. O novoserviço já beneficia a popula-ção e foi implantado no mu-nicípio pela Prefeitura Muni-cipal.Segundo a secretária deSaúde da cidade, Joseane Ra-faela, o objetivo dessa novamedida é proporcionar o tra-tamento de doenças decorren-tes do aparelho cardiológicoque atingem pessoas com fre-qüência nos dias atuais.“Temos a intenção de levaruma assistência diferenciadae de qualidade aos pacientescardíacos, levando em con-sideração o preocupante au-mento das doenças do apare-lho cardiocirculatório”, expli-cou a secretaria.Serão disponibilizados 80atendimentos por mês, comS algueiro, no Sertão Cen-tral de Pernambuco, deuum salto na expansão dos seusserviços de saúde com a inau-guração, no dia 8 de abril, daprimeira Unidade de TerapiaIntensiva (UTI) do municí-pio. O equipamento vai aten-der, além da maior cidade daregião, municípios que fazemparte da 7ª Gerência Regionalde Saúde. A UTI funcionará noPronto-Socorro São Francisco.A conquista foi possível devidoa uma Parceria Público Priva-da (PPP). O atendimento seráfeito pelo SUS – Sistema Úni-co de Saúde.A entrega da UTI contoucom a presença de autorida-des, a exemplo do secretárioestadual de Saúde, AntônioFigueira e do prefeito Marco-nes Sá, além de profissionaisde saúde e demais convidados.A unidade ganhou o nome domédico José Alves de CarvalhoNunes (In Memoriam) e foifestejada por todos que se fi-zeram presentes. A família domédico que dá nome ao equi-pamento também prestigiou ainauguração.O investimento foi exclusi-vamente privado, mas realizadaem uma licitação pública paracredenciamento do serviço. Pormês, serão repassados R$ 359mil para o custeio dos dez lei-tos de UTI, totalizando R$ 4,3milhões por ano. Além de Sal-gueiro, os leitos irão beneficiara população de Belém do SãoFrancisco, Cedro, Mirandiba,Serrita, Terra Nova e Verde-jante – municípios da 7ª Geres.Uma equipe multidisciplinar de40 médicos irá atuar no serviço.O diretor do pronto Socor-ro, Francisco de Assis Carva-lho, destacou que a unidade erauma solicitação antiga da co-munidade e se sentiu feliz emproporcionar essa aquisiçãoem parceria com a Prefeitura.“Essa é a primeira unidade aser inaugurada em Salgueiro eque atenderá a todos os pacien-tes da região”, assinalou.O prefeito Marcones Sádestacou a chegada da UTIcomo um marco de assistênciaà saúde prestada na região que,segundo ele, está em outro pa-tamar de complexidade médi-ca, não só com serviço da aten-ção básica, mas da média e altacomplexidade. “É isso que con-solida de vez o Sertão Centralcomo polo de serviço de saúde,tanto na promoção, prevençãoe atenção curativa”, apontou.Ainda para o prefeito, Sal-gueiro atinge essa comple-xidade que se consolida porser um serviço “que será feitocom respeito e atenção a todaa população face ao desenvol-vimento crescente do muni-cípio”. O secretário de Saúdedo Estado, Antônio Figueira,enfatizou que Salgueiro temse consolidado como polo mé-dico fundamental no SertãoCentral.“O Hospital Regional vaicontinuar avançando, princi-palmente na atenção básica,juntamente com a UPA 24H,que vai tirar aqueles casosmais simples do Regional. Eainda temos a Upae que seráentregue em dezembro, cominvestimento de R$ 10 mi-lhões”, finalizou o secretário.datas a serem pré- estabeleci-das e reguladas pela central demarcação da sede da Secreta-ria de Saúde do município. Amarcação das consultas acon-tece de segunda à sexta, tam-bém na central de marcação.
  8. 8. 8 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86Antonio Faria de Freitas NetoAdvogado (antoniofaria@antoniofaria.com.br)Fone: (81) 3423-3695 | 3423-4976ColunaJurídicaMuitas pessoas - logicamente as não operadoras de Direi-to – apresentam dificuldade acerca da distinção dos institu-tos da fraude à execução e da fraude a credores, máxime emrelação ao seu cabimento.Em palavras mais simples, a fraude, seja ela à execuçãoou contra credores, se manifesta quando o devedor começaa se desfazer de seu patrimônio, transmitindo-os a terceiros,no intuito de impedir que seus credores venham recebê-loscomo objeto de pagamento, já que diminuindo seu patri-mônio, o devedor minora, também, as garantias de seuscredores.A diferença entre as duas se dá no lapso temporal da alie-nação de bens. Se o devedor aliena seus bens, já existindocontra si processo de execução judicial, a fraude será à exe-cução; mas, se ainda não existir qualquer processo desfavordo devedor, será contra credor.Por isso, a fraude à execução tem a natureza eminente-mente processual, capitulada no artigo 593 do Código deProcesso Civil, sendo, portanto um desfalque ao Direito Pú-blico; enquanto a fraude contra credores, está capitulada noCódigo Civil, em seus artigos 106 e seguintes, sendo, assim,uma ofensa ao Direito Privado.Destarte, a fraude à execução, se manifesta dentro dopróprio processo de execução existente, sendo, assim, maisgrave que a fraude contra credor, já que visa frustrar a presta-ção jurisdicional, subtraindo o objeto que incide a execuçãojudicial.Já a fraude contra credor somente pode ser repulsadaatravés de uma ação judicial própria, ora denominada AÇÃOPAULIANA ou AÇÃO REVOCATÓRIA, a qual buscará a declara-ção de nulidade do ato fraudulentoEstamos à disposição para sugestões, comentários, o es-clarecimento mais aprofundado de dúvidas acerca desta ma-téria, ou outras que necessite, bem como quaisquer outroscontatos que se fizerem necessários, que poderão ser feitosatravés do nosso site: www.antoniofaria.com.br; e-mail: an-toniofaria@antoniofaria.com.br; ou telefone: (81) 3229-9737e 3227-5266.Breves diferenças entre osinstitutos da fraude à execuçãoe fraude à credoresCulturaDaniel Ferreira e as jornalistas que elaboraram o projeto vencedor em Assessoriade ImprensaDivulgaçãoC hegou em Salgueiro, essemês de abril, a exposiçãoAnistia e Democracia: Paraque não se esqueça, para quenunca mais aconteça. É umamostra sobre a luta pela de-mocracia durante o período daditadura militar no Brasil.Os salgueirenses poderãoconferir 30 painéis, que retra-tam através de fotografias edepoimentos um período emque a repressão e a violênciacontra a sociedade eram fre-quentes.Em Pernambuco a expo-sição já passou pelo Quartelda Polícia Militar, no Recife;Centro de Cultura da UFPE,em Caruaru; e agora fica emcartaz em Salgueiro (no IFSertão) até o dia 20 de maio.O secretário executivo deJustiça e Direitos Humanos,Paulo Moraes, destaca que aexposição faz parte das Sema-nas de Direitos Humanos eque já executou 108 ações decidadania em Pernambuco so-mente este ano.A 19ª edição de um dosmais importantes e pres-tigiados prêmios do Norte/Nordeste, o Cristina Tavares,foi concedido esse ano ao jor-nalista sertanejo Daniel Fer-reira, natural de Afogados daIngazeira.Daniel concorreuna categoria Assesso-ria de Imprensa, com otrabalho “Desarticularé retroceder – Mobi-lização pela continui-dade da parceria dogoverno federal coma ASA (Articulação noSemiárido Brasileiro)”,juntamente com asjornalistas Catarina deAngola, Fernanda CruzDe Oliveira, Gleicea-ni Nogueira, MarianaMazza e Verônica Pra-gana.O trabalho resultoude uma ação de sen-sibilização diante daopinião pública sobrea situação que colocouem prova a estratégiade convivência com osemiárido, defendidapela ASA, como a ameaça deruptura da parceria de oitoanos entre a entidade e o go-verno federal, cuja intençãofoi anunciada em dezembrode 2011.PrêmioCristina Tavares premiajornalista de Afogadosda IngazeiraExposição sobre democraciaaporta em SalgueiroPreocupados com tal situ-ação, mais de 15 mil agricul-tores familiares se reuniramem Petrolina reivindicando oapoio dos recursos. A partirdaí e através da assessoria deimprensa do grupo de jorna-listas, o projeto repercutiu namídia nacional, chamando aatenção da caminhada e tra-jetória por tudo que foi cons-truindo e conquistado pelasorganizações e famílias agri-cultoras na região semiárida.O Cristina Tavares foicriado pelo Sindicato dosJornalistas de Pernambuco(SinjoPE). Ao todo, este ano,foram inscritos 267 trabalhosque disputaram entre 14 ca-tegorias nas áreas de Radio-jornalismo, Telejornalismodocumentário, Telejornalis-mo (Reportagem, Série e Re-portagem Especial), Internet(Reportagem, ReportagemEspecial e Série Eletrônica) eAssessoria de Imprensa.
  9. 9. 9Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86Sanfoneiros parabenizamSalgueiro em FestivalDivulgação/CristianDominguesPetrolina oferececapacitação paradomésticasO músico Toninho Ferragutti deu uma oficina de formação econcerto, além de palestra e aula espetáculoC om a aprovação da PECdas domésticas no Sena-do, o município de Petrolina,em parceira com a Universi-dade Federal do Vale do SãoFrancisco, lançou o “Domés-tica Legal”. O novo programavisa orientar profissionaiscomo diaristas, arrumadeiras,cozinheiras, babás, cuidado-ras, jardineiros, porteiros,motoristas do lar, entre ou-tros com funções afins, quan-to aos seus direitos e deveres.A categoria também será qua-lificada e capacitada acerca desuas obrigações, como pos-tura no trabalho, vestuárioadequado, controle do tempona execução das atividades,entre outros.As inscrições seguem aber-tas até 3 de maio, no prédioda secretaria, localizada naAvenida Projetada, s/nº, VilaA 5ª edição do Festival daSanfona, em Salgueiro,aconteceu neste mês de abrile este ano integrou a progra-mação de eman-cipação políticado município.O evento tevepatrocínio daPrefeitura pormeio da Secre-taria de Culturae Esportes. Aseliminatóriasaconteceram naCasa do Sanfo-neiro. Além dasapresentações,o festival incluiuoficina de formação e concertocom o músico Toninho Ferra-gutti, palestra e aula espetáculocom Genário.A premiação para o 1º lugarna categoria ‘sanfona livre’, foide R$ 2 mil; para o 2º lugar,R$ 1.000 e o 3º levou R$ 500.Já na categoria ‘Sanfona de 8baixos’, houve prêmio para o 1ºlugar no valor de R$ 2 mil. Nacategoria ‘Sanfona Infanto-Ju-venil’, o 1º lugar levou R$ 1 mil.Os 12 concorrentes seapresentaram juntos no dia28, dia da abertura do Festi-val, quando teve ainda showde Antônio da Mutuca. Nodia seguinte, entraram emcena mais doze sanfoneirosna eliminatória, que encerroucom apresentações de Heri-nho Monteiroe o Kinteto doForró.De acordocom a secretá-ria de Cultura eEsportes, PaavaCarvalho, o fes-tival vem cres-cendo a cadaano em númerode inscritos eparticipação dopúblico de todaregião que pres-tigia o gênero e a proposta dofestival. “O evento é uma vitri-ne para os que querem revelarseu talento e manter cada vezmais viva a tradição da sanfo-na em nossa cultura”, afirma asecretária.Mocó, ao lado da escola Muni-cipal Eliete Araújo. O horáriode atendimento é de segunda àsexta, das 8h às 17h. Serão dis-ponibilizadas 100 vagas para oscursos, sendo duas turmas àssextas-feiras, a partir das 14h,e duas aos sábados, também apartir das 14h. As aulas estãoprevistas para começar no dia11 de maio. O curso será dividi-do em aulas teóricas e práticase terá duração de dois meses.De acordo com a secretáriada Mulher da cidade, Rosea-ne Farias, o foco maior desseprojeto é qualificar os profis-sionais, porém, sem esqueceros patrões. “Contemplar essacategoria com cursos de capa-citação, de modo a melhorarsua qualificação profissional émuito importante para os tra-balhadores e também para ospatrões”, afirma a secretária.Serviços Cultura
  10. 10. 10 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86SociaisDivulgaçãoDivulgaçãoTRIO FEMININO Socorro Pacheco, Maria José Maciel e Jo-seira Malta no maior auêCASAL Márcio e Rafaela Henrique em momento festa CLICK O vereador Warley Amaral sempre moderno e atuanteAndersonOliveiraAndersonOliveiraAndersonOliveiraAndersonOliveiraOLHA ELES Rosana e Pedro Ribeiro com Fabinho pelos salõesda cidadeAniversariantesde MaioPARABÉNS!ANIVERSARIANTES05/05 - Rômulo Cursino deSiqueira Filho06/05 - Terezinha MarianoRocha06/06 - Luana paula08/05 - Tereza Vidal08/06 - Thais Omena11/05 - João Liberato12/05 - Emiliano Leal13/05 - Rafaela Henrique15/06 - Walkis Pacheco25/ 05 - Genildo Barbosa25/05 - Nena Rocha27/05 - Caetano Neto27/06 - Dani Gois29/06 - Edileuza Feitosa30/06 - Luis Gabriel Fonseca31/05 - Elissandra FerroDupla comemoração em Serra Talhada PE No dia 06 de abril Maria Cecília, filha da empresária Estefânia Nogueira e do advo-gado Cecílio Tiburtino, recebeu elegantemente nos braços de seus pais os convidados para comemoração de seu batizado e aniversá-rio de um ano. Tudo estava perfeito. Foi uma noite memorável, regada à alegria e felicidade. Uma Festa Linda!
  11. 11. 11Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86Dárcio Rabêlodarciorabelo@hotmail.com87 9159.3661“Não é o mais forte que sobrevive,nem o mais inteligente, mas o quemelhor se adapta às mudanças”.Charles DarwinARCOVERDENSEA Gerente do SESC Arcoverde, An-dréa Marquim recebeu o Título de Ci-dadão Arcoverdense, em cerimônia naCâmara de Vereadores de Arcoverde.BLITZO comandante do 23° BPM, MajorWellington Alves, anunciou que o trân-sito de Afogados da Ingazeira e outrascidades do Pajeú, começaram a ser fis-calizado com mais intensidade. A partirde agora, carros e motos flagrados tra-fegando irregularmente e estacionadosem locais proibidos serão multados pelaPolícia Militar, que fiscaliza e realizablitz em pontos estratégicos da cidade.CANA-DE-AÇÚCARCustódia recebeu as primeiras to-neladas do bagaço da cana-de-açúcardo Governo de Pernambuco. Aos pou-cos, o sertanejo irá receber ração parasocorrer o restante do seu rebanho.TRANSPOSIÇÃOO Ministério da Integração Nacio-nal levou a Comissão Externa do Se-nado, responsável por acompanhar oProjeto de Integração do São Francis-co, para uma nova visita às obras doempreendimento. Desta vez, a comiti-va acompanhou a execução das ativi-dades do Eixo Leste, passando pelosmunicípios de Floresta e Sertânia, emPernambuco, e Monteiro, na Paraíba.Ao chegar ao município pernambuca-no de Sertânia, o ministro e sua comi-tiva foram recebidos pelo deputado es-tadual Ângelo Ferreira. No lote 12, emSertânia, a comitiva visitou a exposiçãofotográfica do Programa de Arqueolo-gia, uma das 38 estratégias ambientaisdesenvolvidas pelo Projeto São Fran-cisco. A equipe ainda pode acompa-nhar de perto os trabalhos de mais de360 pessoas.FPNC MOXOTÓUm grande e instigado públicocompareceu à última noite de showsdo FPNC Moxotó. Celebrando a passa-gem do festival por Arcoverde e outrasseis cidades da região, além do legadopositivo que o evento deixa para o fo-mento da cultura local e a circulaçãodos artistas, moradores e visitantesconferiram performances marcantesde alguns destaques da cena musicalcontemporânea.O cantor Otto, que trouxe à cidade oshow da turnê “The moon 1111”, com aparticipação da Jambroband (Fernan-do Catatau e Junio Boca nas guitar-ras, Rian Bezerra no baixo, Carrancana bateria e Toca Ogan, Marcos Axé eMale na percussão). Em seu primeiroshow na cidade, Otto não escondeua alegria por cantar na região que oinspira como artista. Como resultado,além das músicas do novo álbum e al-gumas também do anterior “Certa ma-nhã acordei de sonhos intranquilos”, ocantor abriu espaço no set list para ococo e finalizou sua apresentação con-vidando novamente ao palco o líder deOs Sertões e ex-Cordel, Clayton Barros.PARABÉNSPesqueira, no Agreste de Pernam-buco, completou 133 anos que foi ele-vada à categoria de cidade. Para come-morar a data, o município preparouuma programação especial.Foram realizadas celebrações reli-giosas, mostra de filmes, corte de boloe ainda shows. Entre as atrações que seapresentaram a banda Forró do Muídoe Forró na Mídia.TURISMOSecretário de Turismo de Triunfo– Evanildo Fonseca lançou o Plano deMetas do Turismo de Triunfo – 2013 a2016. O lançamento do Plano de Metasdo Turismo de Triunfo, marca a reto-mada econômica, ao traçar as princi-pais metas para o desenvolvimento daatividade turística. As perspectivas sãoas melhores possíveis com um cenárioerguido em bases sólidas a partir deum esforço conjunto do poder públicoe iniciativa privada para consolidar po-líticas públicas para o turismo.FORRÓ VIPOs nomes mais badalados da socie-dade arcoverdense e da região já estãocom mesas reservadas para o ForróVIP, dia 18 de maio no Esporte Clubede Arcoverde. Toda a decoração do clu-be levará assinatura de WilliandersonAlves, que promete mais uma vez sur-preender.O poeta forrozeiro Petrúcio Amo-rim será uma das grandes atrações dafesta, que terá ainda o Forró TemperoNordestino. No quesito dança, a festatambém vai bombar!As massas Vitarella e os molhosTambaú serão servidos para os convi-dados no jantar. A TV Jornal /SBT vaifazer total cobertura do evento.Quem ainda não reservou mesapode ligar para 87 9159-3661.CASÓRIO Paulo Alexandre e TacianaMelo brindando a noite mais que especialDivulgação
  12. 12. Divulgação/QuitandasdeMinasDivulgação/Sebrae14 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86* Helena Conserva é Professora e JornalistaPor Helena ConservaE-mail hconserva@gd.com.brblog: http://escrevehelena.blogspot.comO talento de Arlindo Lacerda numareprodução do homem sertanejoA pintura de Arlindo Lacerda captura a sensibilidade. Essequadro é um poema.Essa reprodução nos convida a fazer uma leitura poética ondeprocuro visualizar nas linhas e cores da terra seca a rusticidadedo ambiente que envolve o nordeste e seus habitantes, em cenasde descanso, de relaxamento mas, que sua sina é de luta pelasobrevivência e amor a terra.Sou matuto sertanejo,Daquele matuto pobreQue não tem gado nem quêjo,Nem ôro, prata, nem cobre.Sou sertanejo rocêro,Eu trabaio o dia intêro,Que seja inverno ou verão.Minhas mão é calejada,Minha péia é bronzeadaDa quintura do sertão.Patativa do Assaré: Vida SertanejaTurismoVale do São Franciscose destaca em mostrainternacional de turismoO Turismo e a Gastro-nomia do Vale do SãoFrancisco foram destaque na8ª Mostra Interna-cional de Turismo/PE (MIT), realizadaem abril. Durante oevento, que acon-teceu no Centro deConvenções de Per-nambuco, em Olin-da, os visitantesdegustaram vinhostropicais e amos-tras de iguarias daculinária regional,como queijo de ca-bra, risoto de car-neiro, doce de rapa-dura, uvas e licores,oferecidos em um estande daRota do Vinho.Segundo o diretor da 8ºMIT, Jorge Sales, a mostradeixou uma médiade R$ 6 milhões emPernambuco. “Parao Vale, este ano,foram reservadoscinco locais estraté-gicos. Ao entrar nafeira, os visitantesdavam de cara como estande do Vale doSão Francisco. Euvisitei a sala Vip, de-gustei um bom es-pumante, queijo decabra e uvas. Eu soufã de Petrolina”, ressaltou.Durante três dias, maisde 3 mil pessoas visitaram oestande do Vale, apreciandoos vinhos, peças de artesãospetrolinenses e recebendo in-formações sobre os principaisequipamentos turísticos daregião, bem como as opções delazer disponíveis, a exemploda ‘Rota das Águas ao Vinho’.Esse é um passeio ondeos turistas usufruem da vis-ta panorâmica do Projetode Irrigação Senador NiloCoelho, degustam os vinhosproduzidos pelaVitivinícola SantaMaria e desfrutam,ainda, de um pas-seio de catamarã,pelas águas do rioSão Francisco.Aproveitando omomento, secretá-rios de Turismo doVale do São Fran-cisco se reuniramcom o secretáriode Turismo de Per-nambuco, AlbertoFeitosa, para apre-sentar seus projetosde incremento ao turismo noVale e discutir possibilidadesde captação de investimentospara a região.Os gestores apre-sentaram projetospensados para se-rem implementadosna região, como oParque das Lendas,a Escola dos Vinhos,o São João de Petro-lina, a internaciona-lização da cidade e oroteiro enoturístico.Segundo AlbertoFeitosa, a meta é in-vestir ainda mais nainfraestrutura da re-gião, e atrair também investi-dores, como hotéis de grandeporte para Petrolina.Vinhos da região fizeram sucesso no eventoVisitantes degustaram produtos da culinária regional,como a rapaduraDivulgação
  13. 13. DivulgaçãoDivulgaçãoDivulgaçãoDivulgaçãoDivulgaçãoDivulgação15Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86U ma das melhores festas juninas do Sertão de Pernambuco, oSão João de Arcoverde já lançou a sua programação para 2013.Em dez dias de festa, atrações musicais conhecidas nacionalmentevão agradar não somente quem curte forró, mas também para quemé fã do axé e do brega. De 20 a 29 de junho, os artistas se apresenta-rão em dez polos festivos que serão montados na cidade.Esse ano, a prefeitura está investindo R$ 2,5 milhões e esperareceber 700 mil pessoas para movimentar R$ 30 milhões, 50% amais que no ano passado. Nesse período de festa, são gerados 4.000empregos diretos e indiretos, nos setores gastronômico, hoteleiro,de comércio e prestação de serviços.O tema do São João de Arcoverde 2013 é baseado na história daemancipação política do município. O artista plástico Suédson Neivavai narrar e reproduzir parte da história em que Lampião, o Rei do Can-gaço, pediu ao governo do Estado, em 1925, a independência de Arco-verde. Suédson estudou sobre o tema para, então, desenvolver peçasdecorativas que remetem à conquista da cidade pela independência.Veja quem vai movimentaro São João de Arcoverde20/06 - Chambinho do Acordeom, Elba Ramalho, Flávio José21/06 - Geraldinho Lins, Gaby Amarantos, Forró Noda de Caju22/06 - Os Pariceiros, Paulinho Leite, Margareth Menezes23/06 - Mazinho de Arcoverde, Lirinha, participação especial Coco Raízes deArcoverde, Cesár Menotti Fabiano, Forró Santa Dose24/06 - Banda Kartuxo, Santana25/06 - Banda Pinga Fogo, Petrúcio Amorim, Gabriel Diniz Forró na Farra26/06 - Garota Safada, Forró da Curtição, Arreio de Ouro27/06 - Flávio Leandro, Banda Magníficos, Saia Rodada28/06 - Banda Oasis, Alceu Valença, Musa do Calypso29/06 - Valdinho Paes, Wagner Carvalho, Victor Léo, Forró Capim com MelArtistas nacionais vão movimentaro São João de ArcoverdeSão João
  14. 14. 16 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86Equipe pretende disputar competições regionais e nacionais e se preparar bem paraa Rio 2016Petrolina lança time oficialde futebol de cegosObras do IFSertão de SerraTalhada começam em 60 diasU ma modalidade esporti-va carregada de influên-cias do futebol de salão, o “fu-tebol de cinco”, agora tem umaequipe oficial em Petrolina,no Sertão do São Francisco.Conhecido como futebol paracegos, a equipe é formada porcinco atletas, quatro na linha eum goleiro.Um dos integrantes do timeé o atleta Raimundo Nonato,que joga na Seleção Brasileirade Futebol de Cinco e conquis-tou a medalha de ouro pelaseleção na Paralim-píadas de Londres,no ano passado.Nonato também jáganhou os títulos deMelhor Jogador dacategoria, JogadorRevelação e MelhorArtilheiro no Cam-peonato do Nordes-te, em 2011.A equipe estáse preparando paradisputar o Campe-onato do Nordestede Futebol para Ce-gos, que aconteceráentre os dias 1 e 7julho, na Paraíba.O município de Serra Ta-lhada foi contempladocom uma unidade do InstitutoFederal de Educação, Ciênciae Tecnologia de Pernambuco(IFSertão). O início da cons-trução do campus começaráem até 60 dias. A previsão éque o processo licitatório daobra comece em 30 dias. Oedital de construção do CentroTecnológico foi publicado noúltimo dia 15, no Diário Oficialda União (DOU).As aulas no Instituto estãoprevistas para começar em ju-lho de 2013. De acordo com ocoordenador do programa efuturo diretor acadêmico doPor Francys Maya - E-mail francysmaya@hotmail.comSertãoEsportivoEsporteEducaçãoDivulgaçãoTambém é meta do time parti-cipar do Campeonato Brasileirode Futebol para Cegos, que serárealizado de 4 a 10 de novem-bro de 2013, em Salvador - BA.A perspectiva é que a equipetambém participe da Paralim-piada 2016, no Rio de Janeiro.“O time de futsal de cinco éuma realização para nós, poismostramos que somos capazesde praticar esportes. E essa étambém uma oportunidade derepresentar a cidade e o nossoEstado em âmbito regional eIF Sertão na Capital do Xa-xado, professor Júlio César, oInstituto pretende ofertar atémil vagas no município.Alguns cursos já foramdefinidos. Em conjunto coma Secretaria Municipal deAgricultura Familiar, serãooferecidos os cursos de Api-cultor, Bovinocultor, Criadorde Peixes Tanque Rede, In-seminador de Animais, Hor-ticultor Orgânico e Forragi-cultor. O IFSertão tambémabrirá vagas em conjuntocom as secretarias de Edu-cação, Cultura e Turismo, eDesenvolvimento Social domunicípio.nacional”, relata o presidenteda Associação dos DeficientesVisuais de Petrolina (ADVP),Antônio Malan de Carvalho.A iniciativa também tem oapoio da Prefeitura Municipal,através da secretaria de Aces-sibilidade. Para a secretária deAcessibilidade de Petrolina,Rosemary Andrade, a criaçãoda equipe de futebol de cincotraz muitos benefícios para ospraticantes e ajuda, através doesporte, a promover a inserçãosocial dos cegos.A prefeitura municipaldoou parte do terreno de 62hectares localizado às mar-gens da PE 320, que liga SerraTalhada ao município de Afo-gados da Ingazeira. A obra estáorçada em R$ 7,2 milhões.Para ao prefeito LucianoDuque, o município já estávivendo uma revolução no en-sino, o que deve ser comemo-rado. “Já temos um campus daUFRPE, vários cursos profis-sionalizantes sendo oferecidospelo ‘Sistema S’, uma faculda-de de Medicina pela UPE, eagora a chegada do IFSertãono município”, comemora ogestor.Vai começar o maior campeonato da LigaComeça no dia 6 de maio mais uma edição do Campeo-nato Serratalhadense, promovido pela a Liga Desportiva Mu-nicipal. Este ano, o certame será disputado por dez equipesapenas da cidade. Confira os times que disputarão o certamedeste ano:Bom Jesus, Comercial, Caxixola, São Paulo, Real Despor-tivo, Cagepe, Favela, Independente, Fazenda Nova e Náutico.O homenageado deste ano será o saudoso Adriano Duque.São José do Egito vai promover fasemunicipal dos jogos escolaresEm reunião para tratar dos jogos escolares da fase mu-nicipal, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes de SãoJosé do Egito definiu que as inscrições serão entregues pelasescolas até o dia 06 maio de 2013, na diretoria de esportes.Já o congresso técnico será em 10 de maio, com a divulgaçãoda tabela no dia 15 de maio. Os jogos estão programados parainiciar em 20/05/2013.Gramado do Estádio Áureo Bladley temreforma iniciadaA recuperação do gramado do Estádio Municipal ÁureoBladley de Arcoverde já teve início. O estádio que estava emtotal abandono começa a receber as primeiras ações. De acor-do com a Diretoria Municipal de Esportes, até o dia 1º de ju-lho, o antigo Souto Maior será entregue dentro das exigênciasda Federação Pernambucana de Futebol - FPF. (ColaborouBlog do Itamar)Salgueirense conquista troféu em Corridade Jipe no CearáSalgueiro foi muito bem representado na 1ª Corrida Re-gional de Jipe do Crato-CE. O salgueirense Robson RobeiroCarvalho representou o município sertanejo e arrematou umdos troféus da competição. A corrida foi realizada no Parquede Exposições da cidade com a participação de vários clubesde jipe do Nordeste. Além de Salgueiro, estiveram no eventorepresentantes de Serra Talhada, Araripina, Petrolina e Afo-gados da Ingazeira. Também conquistaram troféus Nilson deFloresta e Joãozinho de Araripina. Por intermédio da Liga doSertão, a corrida de jipe percorre periodicamente vários muni-cípios do Nordeste, levando uma nova opção de entretenimen-to e lazer para a população. (Colaborou Blog Alvinho Patriota)Clube CREV já escolheu homenageado dapróxima caminhada EcólogicaO (CREV) Clube Recreativo Vavá Ouro, já definiu a perso-nalidade que será homenageada na caminhada ecológica doano que vem. O cidadão, que ainda não terá o nome reveladonesta edição. é um grande empresário da terra do xaxado.Corrida marcou Dia de Tiradentes emAfogados da IngazeiraA 7ª Corrida Tiradentes foi movimentada. O evento espor-tivo marcou a data que homenageia Joaquim José da SilvaXavier, reconhecido como mártir da Inconfidência Mineira.A Corrida contou com atletas de cidades da região e de outrosestados. O evento é organizado pelo comerciante Tião da Ca-rapuça, que todos os anos aproveita a data para comemorarsua data natalícia. (Colaborou Blog do Itamar).
  15. 15. 17Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86CulturaMayran se dedica agora na criação de doispersonagens inspirados em moradores de ruaDivulgaçãoPoeta comparaCordel complantas do SertãoO poeta pernambucanoIvaldo Batista, apai-xonado por fabricar manu-almente seus livretos, temcomparado o cordel com asplantas do Sertão, é que paraele a literatura tem resistidoao tempo e está brotando nasterras pernambucanas a cadadia. Contribuindo para propa-gação dessa Literatura, Ivaldotem derramado seus livretospor todas as cidades pernam-bucanas com essa literaturaque se caracteriza pelos seusversos, rimas e métrica.Em seu mais recente tra-balho, ele escreveu “Chuva decordel nas cidades pernambu-canas”, onde traz para os lei-tores um pouco dos aspectoshistóricos, geográficos e cultu-rais do Sertão e faz a compara-ção do cordel com a seca e asplantas do Sertão.“Está faltando o preciosolíquido nas cidades pernam-bucanas, a maioria delas jáestá em estado de calamidadee sofrem os efeitos da estiagemprolongada, mas a célebre car-ta de Caminha já dizia que essesolo é bom e em se plantandotudo dá e, mesmo na regiãomais árida, há determinadasplantas que resistem às adver-sidades e permanecem vivas”,disse o poeta, que fez seu maisnovo trabalho baseado nessepensamento.Chuva de Cordel nascidades PernambucanasA água na minha terraEstá faltando no chãoEstá faltando no EstadoE em toda regiãoMas não vai faltar cordelPois temos inspiraçãoCidades do meu sertãoVivem em calamidadeCom a ausência de chuvaTemos a mortalidadeMas folheto de cordelFazemos em quantidadeÉ cordel de qualidadeQue vai chover todo diaHistória versos e rimasOração e poesiaNão importa tempo ruimO clima ou geografiaE nessa topografiaA água não quer chegarMeu sertão esturricadoO solo tá de racharMas poesia de cordelNesse solo vai brotar.Chargista mostraseu talento emSerra TalhadaN atural deT i m b a ú b a(Zona da MataNorte de Pernam-buco), mas resi-dindo em SerraTalhada há doisanos, Mayran Bar-bosa Ramos, 20,está revelando oseu talento comochargista no mu-nicípio. CursandoZootecnia na Uni-dade Acadêmicade Serra TalhadaUAST/UFRPE, onovo artista come-çou a desenvolverseu talento há doisanos.Em entrevistaao Jornal do Sertão, declarouque duas metas para os pró-ximos meses é a criação denovos personagens que eleconheceu na cidade em quemora. “Cheguei há pouco tem-po, mas algumas coisas aqui jáme chamam muito a atenção.Então eu vou reproduzi-lasnas minhas charges”, destacouo jovem, que também é estilis-ta e projetista amador de auto-móveis.Para realizar o seu tra-balho, Mayran busca inspi-ração nas pessoas, nas suasações e nos temas atuais,que é uma das característi-cas desse estilo de ilustração.Buscando sempre represen-tar a sua região, nunca es-quece de Luiz Gonzaga nassuas criações.Mayran já assina chargespara um jornal local, mas nãodesenha só por um fim lucra-tivo. “Sempre que possível,faço desse trabalho o meupassatempo”, afirma Barbosa.Agora, ele está trabalhandona construção dos seus doisprimeiros personagens. “Essacriação é fruto de uma inspira-ção que tive ao conhecer doismoradores de rua em SerraTalhada.
  16. 16. DivulgaçãoDivulgação18 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86SecMulher ofereceu cursos de cidadania, políticaspúblicas e empreendedorismoAgricultura EducaçãoSeguros e emplacamentos em geralCaminhões, Ônibus, Carros,Motos, Imóveis e etcF: (87) 3831.7053 / 9902.6999 / 9940.2941Chapéu de Palhacapacita sertanejasEstudante de Quixabavai à Suíça mostrarcomo se vive com a secaU ma realização da Se-cretaria Estadual daMulher, tiveram início nessemês de abril, as aulas do Cha-péu de Palha Mulher da Fru-ticultura Irrigada, no Sertãode Pernambuco. Estão sendoatendidas 5.425 trabalha-doras rurais dos municípiosde Petrolina, Lagoa Grandee Santa Maria da Boa Vista,com cursos de cidadania, po-líticas públicas e empreende-dorismo e cursos profissiona-lizantes, num total de 217 turmas.As crianças também estão sendobeneficiadas, mais de 1.700 estarão en-volvidas em atividades recreativas en-quanto as mães participam dos cursos.As aulas serão realizadas até o mês dejunho, às sextas-feiras à noite e aos sá-bados, em escolas públicas da região eem espaços alternativos cedidos para arealização do programa.Além da fruticultura irrigada, oChapéu de Palha Mulher ofertará capa-citações para as trabalhadoras da canade açúcar e da pesca artesanal que se-rão desenvolvidas ao longo deste ano.Essa ação visa fortalecer as trabalhado-ras rurais desempregadas no períododa entressafra, oportunizando o acessoa novos conhecimentos e alternativasde trabalho e renda. No caso da fruti-cultura irrigada são considerados osprimeiros meses do ano como a épocada entressafra.Os cursos são realizados em conjun-to entre a SecMulher e doze organiza-ções não governamentais da região doVale do São Francisco, além do Senai eo Sest/Senat, entidades do Sistema S.Pesca ArtesanalCom relação às pescadoras, a Se-cMulher atenderá, na 2ª edição doChapéu de Mulher da Pesca Artesanal,2.975 mulheres. Desse total, 1.750 par-ticiparão de cursos de cidadania, po-líticas públicas e empreendedorismo,distribuídas em 50 turmas e 1.225 mu-lheres em cursos de gestão social, pro-dutiva e econômica, distribuídas em 35turmas. 1.700 crianças serão contem-pladas com atividades recreativas. Ocadastramento para esse segmento estáprevisto para o final de maio. O iníciodas aulas no final de junho do correnteano. Participarão desse processo noveentidades não governamentais.A estudante Maírla Marina FerreiraDias, 14 anos, do 2° ano da EscolaEstadual Tomé Francisco da Silva, emQuixaba, no Sertão do Estado, repre-sentará o Brasil na final mundial doConcurso Internacional de Redação deCartas para Jovens, em outubro, na Su-íça. Maírla está levando até Berna, ca-pital do país que sediará o evento, o diaa dia das comunidades atingidas pelaseca no interior pernambucano.Para a estudante selecionada parair ao exterior, essaconquista do 1º lugarnacional foi uma sur-presa. A aluna con-siderou a sua carta,que retrata os apurosenfrentados pelossertanejos ao longodo período de estia-gem, simples. “Acheique não teria chancee nem iria tão longe.Quando fiz a carta, minha comunida-de (Lagoa da Cruz) sofria com a faltade chuva. O gado estava morrendo e osagricultores, perdendo o plantio. Agoraa situação melhorou um pouco”, conta.No seu trabalho, a sertaneja tambémfalou da importância da água como re-curso precioso para sobreviver.Para o coordenador estadual do con-curso de cartas, José do Carmo Mari-nho, esse título foi inédito para o Brasil.“Vamos torcer para que Maírla vençaessa última etapa. Todos estamos muitofelizes com esse resultado”, afirma.O Concurso Internacional de Reda-ção de Cartas para Jovens está alinhadoa um dos objetivos do milênio da Orga-nização das Nações Unidas (ONU), queé Educação Básica de Qualidade paraTodos. Em 2013, foram 126 cartas en-viadas aos Correios, entidade responsá-vel pela organização do evento no Brasil.A carta da aluna de Quixaba, orien-tada pela professora Rosineide Alves,concorreu com mais 5.150 estudantesde até 15 anos. Mais de três mil escolaspúblicas e particulares, em todo o Bra-sil, participaram. A final do concursoestá agendada para 9 de outubro, DiaMundial dos Correios. Em média 200países, filiados à UPU, estarão na dis-puta pelo 1º lugar.Maírla viaja em outubro para mostrar seu trabalho na Suíça
  17. 17. DivulgaçãoVaqueiros festejam a profissão em Santa Maria da Boa Vista19Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86C om o tema “O vaqueiro,símbolo de dedicaçãoe coragem”, a Festa dos Va-queiros de Santa Maria daBoa Vista, no Sertão do SãoFrancisco, vem, em sua 11ªedição, mostrar que é um doseventos mais tradicionais daregião. A festa acontecerá en-tre os dias 10 e 12 de maio etem como objetivo resgatare valorizar a cultura do va-queiro, além de incentivar asdiscussões sobre o seu papelsocial no Sertão.Desde a sua primeira edi-ção, a festa é promovida pelaAssociação dos VaqueirosJoão Barros de Araújo e serárealizada entre a Orla da ci-dade e o Parque do Vaqueiro.De acordo com o organizadordo evento, José MendonçaFilho, na abertura oficial dafesta haverá uma alvoradafestiva.“Pretendemos acordartoda a cidade para o evento,que atrai muitos visitantes”,Evento é um dos mais tradicionais da região banhada pelo rio São FranciscoCulturade Boi, marcada para o domin-go, dia 12, último dia da festa”,explica.Também já está marcadopara acontecer, como todosos anos, o desfile dos vaquei-ros. Um momento especialacompanhado por toda a ci-dade. Os vaqueiros passampelas ruas do município, de-vidamente caracterizados emontados em seus cavalos.A alimentação e hospeda-gem dos participantes ficampor conta da organização dafesta.Mendonça adianta que aFesta do Vaqueiro é de todaSanta Maria da Boa Vista e jáfoi abraçada pelos sertanejosde todas as partes de Pernam-buco. “O município está pas-sando por um momento deli-cado, mas a festa é de todos”,frisa. Para o idealizador dafesta, o importante é resgataro papel do vaqueiro, um sím-bolo representativo da culturanordestina.disse Mendonça Filho. No se-gundo dia do evento, vaquei-ros de toda parte chegarãoà região para participar damissa campal, dos shows queacontecem na Orla e da Pega
  18. 18. 20 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86DivulgaçãoH omens que perdem cabe-lo no topo da cabeça têmmais chances de sofrer de pro-blemas cardíacos, segundo umestudo conduzido por pesqui-sadores da Universidade de Tó-quio, no Japão.A pesquisa, que analisou37 mil homens, sugere que oscalvos tem 32% mais probabi-lidade de desenvolver males docoração. O estudo foi divulgadona publicação online britânicaBMJ Open.Apesar de terem concluídoque há uma relação entre a es-cassez de cabelos e doenças co-ronárias, os pesquisadores pon-deram que o risco desses malesé maior em fumantes e obesos.“Nós encontramos um elo (en-tre calvície e problemas do co-ração), mas ele não é tão fortequanto outros, como fumo,altos níveis de colesterol, pres-são alta e obesidade”, afirmouà BBC o pesquisador TomohideYamada, da Universidade deTóquio.A mudança da estrutura ca-pilar é uma realidade para mui-tos homens. Grande parte ficacom o cabelo mais ralo aos 50anos e, aos 70, cerca de 80% so-frem de alguma perda capilar.No entanto, o estudo sugereque homens com “entradas” nãocorreriam mais riscos de desen-volver as doenças.Vida saudávelYamada enfatizou que ho-mens jovens com perda de cabelono topo da cabeça deveriam levarum estilo de vida saudável, masdescartou que eles devem serexaminados apenas para tentaridentificar problemas cardíacos.Os pesquisadores afirmamque não há uma explicação cla-ra para os resultados do estudo,acrescentando que entre as pos-síveis causas estariam aumentoda sensibilidade aos hormôniosmasculinos, resistência à insuli-na e inflamação dos vasos san-guíneos.FONTE: BBC BrasilEstudo liga calvíciea problemas docoraçãoCIÊNCIAHomens só precisam sentirgosto de cerveja paraquerer maisU m novo estudo feitopor cientistas america-nos indica que basta que oshomens tomem uma quan-tidade pequena de cervejapara que seus cérebros sejamestimulados e eles queirambeber mais, mesmo antes decomeçarem a sentir os efeitosnormais do álcool.De acordo com a pesquisa,feita com 49 homens pelaEscola de Medicina daUniversidade de India-na, nos Estados Unidos,o gosto de cerveja liberano cérebro a dopamina,neurotransmissor res-ponsável pela sensaçãode recompensa.Os resultados, divul-gados pela publicaçãocientíficaNeuropsychophar-macology, também revela-ram uma maior sensação deprazer em pessoas com umhistórico de alcoolismo nafamília. Os homens que par-ticiparam do estudo foramsubmetidos a exames de to-mografia computadorizadaenquanto sprays com peque-nas quantidades de diferen-tes bebidas eram borrifadosem suas bocas.Os pesquisadores compa-raram os efeitos dos spraysde água, uma bebida isotôni-ca esportiva e a cerveja pre-ferida do participante. Cadaum recebeu um total de 15mililitros de líquido – quan-tidade, no caso da cerveja,insuficiente para causar osefeitos inebriantes do álcool.Os resultados indicaramque uma quantia maior dedopamina foi liberada no cé-rebro após o spray de cervejae que, após esse spray, os ho-mens tinham uma propensãomaior a dizer que queriamtomar uma bebida alcoólica.Alcoolismo“Nós acreditamos que esteseja o primeiro experimentoem humanos a mostrar que ogosto da bebida alcóolicapor si só, sem nenhumefeito narcotizante doálcool, pode desencade-ar esta atividade de do-pamina nos centros derecompensa do cérebro”,explica David Kareken,um dos cientistas envol-vidos no estudo.Ele sugeriu que apresença de efeitos maioresem homens com um históri-co de alcoolismo na famíliapoderia ser um fator de riscopara o alcoolismo herdadodos pais.FONTE: BBC Brasil
  19. 19. 21Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86DivulgaçãoD urante dez dias, a região do Ara-ripe respirou literatura atravésda 2ª edição da Jornada LiteráriaChapada do Araripe. O evento acon-teceu em seis cidades da região, onde102 escritores lideraram atividadescomo oficinas, palestras, recitais ecantorias.O evento, promovido pelo Sesc, teveo objetivo de estimular o intercâmbiocultural e o hábito de ler e escrever e,para isso, levou autores até às escolasda região, dando oportunidade para osjovens conhecerem mais sobre criaçãoliterária. Durante a realização da jorna-da, foram contempladas as cidades deBodocó, Granito, Exu, Ouricuri, Arari-pina e Trindade.Durante a realização do projeto,também houveram algumas exposiçõescomo Poeta João, uma criação a partirda obra de João Cabral de Melo Neto, nomunicípio de Bodocó, e Cem Rosas paraGuimarães, na cidade de Araripina.Entre os escritores que contribu-íram para a realização da troca deconhecimentos literários, estão Rai-mundo Carrero, Chico Pedrosa, CíceroBelmar, Luce Pereira, Xico Sá, LourivalHolanda, Ronaldo Correia de Brito,Miró, Marcelino Freire, Sidney Rochae Meca Moreno.CulturaAraripe se transformou na terra da LiteraturaCurso investe em novos talentos para o teatroA atriz, produtora e pedago-ga Luciana Barbosa inves-te na formação de novos talen-tos para o teatro no interior per-nambucano e Serra Talhada éuma das cidades contempladas.Os interessados devem se ins-crever a partir de 03 de junho,pelo e-mail cursolivre2013@gmail.com ou no Museu doCangaço, local da realização docurso em Serra, onde terá aulasentre 1º e 18 de julho. A inscri-ção é gratuita.O curso visa preparar no-vos artistas do teatro na regiãoe pretende levar o teatro paraum enfoque pedagógico dentroda relação do espectador com aobra teatral, numa contribuiçãopara a formação de novos es-pectadores.Luciana idealizou essaformação teatral para quatromunicípios pernambucanos.Através de projeto aprovadono Funcultura, o “Curso Livrede Teatro – Pedagogias do Es-pectador Contemporâneo”, serátotalmente gratuito e já vemsendo realizado no municípiode São Benedito do Sul. Alémde Serra, a formação aconte-cerá ainda em Belo Jardim, noAgreste e Paulista, região me-tropolitana do Recife.As aulas terão formação deHistória do Teatro, Dramatur-gia, Interpretação, Direção eElementos Visuais e Sonoros doEspetáculo para até 20 alunospor cidade. Tais cadeiras serãoministradas por professores eartistas reconhecidos no cená-rio recifense, como WellingtonJúnior (diretor, ator e professorde teatro), Rodrigo Dourado(jornalista, ator, crítico e diretorteatral), Luciano Pontes (bone-queiro, ator, escritor, diretor dearte, palhaço, diretor teatral econtador de histórias), EdjalmaFreitas (ator e produtor), alémda própria Luciana Barbosa.Os artistas e professores do curso: Wellington Júnior, Luciana Barbosa,Edjalma Freitas, Luciano Pontes e Rodrigo DouradoOficinas e palestras de grandes nomes da literatura atraíram muitos participantesRafaelAlmeida-DivulgaçãoAo final do curso, os alunosirão apresentar um exercíciode conclusão e receberão cer-tificado.
  20. 20. 22 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86ACA lança EmpresaResponsável 2013Arcoverde sorteiavales compra parao Dia das MãesArtesãos de Arcoverdeexpõem talento em FestivalEm busca do cliente comhumor e dramatizaçãoO lançamento do ProjetoEmpresa Responsável2013 aconteceu nesse mês deabril, no salão de eventos doSESC Arcoverde. Para receberos empresários que já partici-pam do projeto e os que de-sejam aderir ao programa, aAssociação Comercial de Ar-coverde – ACA, realizou umcoquetel de boas vindas e umapalestra com um consultorRede Sustentável. Nesse mes-mo evento, a Associação apro-veitou para lançar a campanhado Dia das Mães.A proposta do Proje-to Empresa Responsável édesenvolver ações que for-taleçam o associativismo,promovendo o crescimentodo comércio de Arcoverde,garantindo mais visibilida-E m Arcoverde, quem for às compras de 26 de abril a 11 demaio estará concorrendo a vales compra de R$ 400, R$ 600e R$ 1000. Essa é uma forma de presentear as mães da cidade.Veja o regulamento abaixo.Praça se cobriu de cultura durante o festivalde à região e investir na ca-pacitação do empresário ecolaboradores das empresasparticipantes do projeto. Suaprimeira edição foi realizadaem 2011 e obteve um grandesucesso nos resultados, al-cançando seus objetivos parao comércio e para a região.Os que aderem ao EmpresaResponsável recebem capaci-tações de consultores creden-ciados ao SEBRAE; contri-buem para a divulgação do co-mércio de Arcoverde na cidadee região; ajudam a fortalecer oFestival Arcoverde, Cultura eArte; aperfeiçoam a realizaçãode ações em datas comemo-rativas; dão continuidade aoprojeto de coleta seletiva delixo e plantação de árvores nomunicípio.DivulgaçãoMoveleiros trocamexperiência na Forind NEA Associação Comercial deArcoverde (ACA), jun-tamente com o Sebrae – PE,organizou uma caravana paralevar o Núcleo de Moveleirosde Arcoverde para participa-rem da 5° edição da FORIND– NE, Feira de FornecedoresIndustriais, que aconteceu emabril.Na Forind Nordeste, osmoveleiros tiveram a opor-tunidade de trocar experiên-cia com pequenos, médiose grandes fornecedores deequipamentos, suprimentos eserviços industriais aos gran-des grupos empresariais ins-talados na região Nordeste doBrasil. O evento é uma impor-tante ferramenta de acesso aomercado, ao facilitar a aborda-gem do fornecedor ao consu-midor industrial.O s integrantes do Núcleode Artesãos de Arcover-de tiveram a oportunidadede expor os seus trabalhos noFestival Nação Cultural, umevento realizado em abril, comintensa programação de difu-são cultural, com grandes sho-ws, ações literárias, espetácu-los, mostra de cinema, encon-tros de cultura popular, alémde diversas oficinas culturaisgratuitas. Com um estande napraça da Bandeira, os artistascadastrados na Casa do Arte-são de Arcoverde comercia-lizaram seus produtos juntocom vários outros municípios.O consultor Ricardo Albuquerque estevena Associação Comercial de Arcoverde(ACA) em abril, dando uma palestra de um jei-to diferente e conquistador. Com 10% de teo-ria e 90% de prática, Ricardo passou o assunto“Busca do Cliente Perdido” com muito humor edramatização.Os que participaram puderam entenderum pouco mais sobre Erros comedidos noatendimento; Diferença entre ouvir e es-cutar os clientes; Atitudes para um atendi-mento com qualidade; Perfil dos clientes ea melhor maneira de atendê-los; Fidelida-de dos clientes; e Motivação para servir osclientes.Após a palestra, que aconteceu no Democrá-tico Esporte Clube, em Arcoverde, os partici-pantes receberam certificado.
  21. 21. 2323Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86J uazeiro da Bahia reunirá, entre 3 e11 de maio, todos os municípios doterritório São Francisco, incluídos aí ospernambucanos localizados próximos àcidade baiana, para a 2ª Celebração dasCulturas dos Sertões, que aconteceráno Centro de Cultura João Gilberto. Oobjetivo do encontro é estimular, valo-rizar e dar visibilidade às culturas ser-tanejas através do teatro, cinema, artesplásticas, música e de oficinas artístico--culturais.O lançamento oficial do eventoacontecerá dia 3 de maio, em Salvador,com o espetáculo Culturas Musicaisdos Sertões, dirigido por Targino Gon-dim. Dentro da programação haverámostra de cinema, exposições, feiras,mesa redonda e mostra de música.O evento é uma realização da Secre-taria de Cultura da Bahia, com o apoioda Prefeitura de Juazeiro, através dagerência de cultura da Secretaria deIgualdade, Assistência Social e Cultu-ra (Seiasc). Para mais informações noe-mail cultura@juazeiro.ba.gov.br ounos telefones (74) 3612 3070 – (74)9123 7273.Municípios promovem a cultura do SertãoCulturaTodas as terças de maioMostra Itinerante Cinema e SertõesSão Francisco: Circuito Popular de Cinema e VídeoLocais: Espaços culturais e cidades baianasDia 03/05 – Salvador/BAAbertura Oficial 2ª Celebração das Culturas dos SertõesEspetáculo Culturas Musicais Dos SertõesDireção : Targino GodimLocal: Teatro Castro Alves, às 21hDe 06 a 08/05 – Juazeiro/BAOficinas Artístico-CulturaisMonitores: Chico Liberato, Diogo Carvalho, Edilene Ma-tos, Antônio Barreto, Cássio Nobre.Exposição Carrancas do São FranciscoLocal: Centro de Cultura João GilbertoDia 09/05Chegada dos grupos de Barco, às 09hCortejo das Culturas dos Sertões, às 17hFeira com mostra das Culturas dos Sertões,a partir das 12h2º Encontro de Estudos das Culturas dos Sertões, às 14hCoordenação: Alberto Freire e Roberto DantasAula Espetáculo com Antônio Nóbrega, às 20hLocal: Centro de Cultura João GilbertoDia 10/05Mesa redonda com o tema: “Os Sertões Modernizados e asCulturas”, às 09hCoordenador: Roberto DantasExpositores convidados: Antônio Torres, Frederico Per-nambucano de Melo, Marisa Pires Ferreira (PUC-SP)2º Encontro de Estudos das Culturas dos Sertões – conti-nuação, às 14hCoordenação: Alberto Freire e Roberto DantasEspetáculo “As Culturas do Rio São Francisco”, às 20hDireção: Cléber EluãoLocal: Centro de Cultura João GilbertoDia 11/05Café na Feira, às 08hCoordenação: Professores Alberto Freire eRoberto DantasLocal: Feira LivreMesa Redonda com o tema: “Políticas Culturais para osSertões”, às 15hCoordenação: Prefeito Isaac CarvalhoPROGRAMAÇÃO

×