SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Helena Felizardo & Fernando A. Costa
Perspetiva de formadores na área das TiC
sobre a formação que desenvolvem
2 de fevereiro de 2017
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
CONTEXTUALIZAÇÃO
DO ESTUDO
Perspetiva de formadores na área das TiC
sobre a formação que desenvolvem
A Formação de professores na área das TIC:
Que perfil de formador?
Formadores da área TIC – CFAE (Focus Group);
Professores dos 1º, 2º , 3º ciclo e Sec. (Questionário);
Diretores de CFAE (Entrevistas individuais).
Estudo prévio:
Caraterização dos formadores na
área das TIC em Portugal.
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
Formadores de professores na área
das TIC ligados aos Centros de
Formação de Associação de Escolas
(CFAE)
3 etapas de
recolha de dados
Método: Focus Group
Data: 3 de dezembro de 2015
Local: Escola Básica da zona centro
Duração: 85 minutos.
Perspetiva de formadores na área das TiC
sobre a formação que desenvolvem
Participantes
6 formadores de um Centro de Formação
da zona centro com grande experiência e
oriundos de diferentes grupos disciplinares
e diferentes níveis de ensino
Objetivo geral
Recolher as perspetivas de formadores
sobre a formação contínua de
professores na área das TIC e sobre a
formação que desenvolvem
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
O ESTUDO (2ª fase)
A perceção dos formadores sobre:
• O propósito da formação contínua (FC) de professores em TIC
• As competências dos professores para a integração das TIC
• A eficácia do trabalho do formador da FC de professores
• A Identidade/estatuto do formador da FC de professores
• A preparação/formação dos formadores da FC de professores
• A visão estratégica para a FC de professores na área das TIC
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
Temas/tópicos do Focus Group
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
RESULTADOS
Perspetiva de formadores na área das TiC
sobre a formação que desenvolvem
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
O propósito da formação contínua de professores em TIC
Capacitação
técnica dos
professores
Induzir novas
metodologias
Reflexão sobre
potencialidades
das tic
Mudança
relação
professor-aluno
Criar confiança/
quebrar
barreiras
“gosto de
aprender”
(aluno)
Nota: Única referência que se
aproxima da melhoria das
aprendizagens dos alunos
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
As competências dos professores para a integração das TIC
Nota: Não há nenhuma referência à
competência técnica ou técnico-pedagógica
FAVORÁVEIS:
- Sentir necessidade
- Abertura;
- Confiança, autoestima;
- Ousadia (aceitar desafios);
- Motivação;
- Autoaprendizagem.
DESFAVORÁVEIS:
Barreiras psicológicas:
- Medo;
- Insegurança…
Competências atitudinais
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
A eficácia do trabalho do formador na área das TiC
Obstáculos Estratégias
• Descontextualização da formação
• Falta de recursos materiais
(equipamentos, internet…)
• Tempo da formação (pós-laboral)
• Heterogeneidade dos formandos
• Falta de formação de formadores
(para os formadores dos CFAE)
• Mais oferta de formação fora dos
grandes centros (a distância)
• Formação integrada nas didáticas
especificas
• Formação em contexto de escola
direcionada para os projetos da
escola
• Outros formatos de formação –
workshops para públicos
específicos
Nota: A eficácia do trabalho do formador parece
depender mais da conceção e da configuração da
formação.
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
A identidade/estatuto do formador na área das TiC
Indefinível…
Bombeiro
os que acodem quando
há problemas técnicos
Professor
da sua
disciplina
Pessoas que
encaram desafios
(…)
Mas…
Avaliação
entre pares:
CONFLITOS
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
A identidade/estatuto do formador na área das TiC
FORMAÇÃO ENTRE PARES
APENAS ASPECTOS
POSITIVOS:
- Proximidade,
- Cumplicidade;
- Conhecer os
problemas, as
escolas, o trabalho
com os alunos
“Na sala de
formação, deixo
de ser colega,
sou o líder,
quem manda e
impõe as
regras”
Ninguém admitiu ter
tido um problema
desta natureza…. No
entanto…
“Todos nós já tivemos
um recurso, Não já?”
E se alguém deixar de
falar… que já
deixaram…”
(…)
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
A preparação/formação dos formadores na área das TiC
Requisitos necessários Competências relevantes Formação de formadores
Ao identificarem os
requisitos necessários,
nas expressões utilizadas
denota-se que
consideram fracas as
exigências para a
acreditação dos
formadores pelo CCPFCP
Denota-se que nunca houve
reflexão nem discussão
sobre esta temática, pelo
silêncio inicial… a hesitação
(alguns formadores não
fizeram nenhuma
intervenção).
Destaque para a
COMUNICAÇÃO
(Empatia, envolver, motivar,
equilíbrio técnico-
emocional)
Pouca / inexistente
Descontextualizada das suas
reais necessidades.
Destaque para:
- A formação por iniciativa
própria (contínua, mestrados)
- A formação informal e o
autodidatismo
Entidade formadora?
Os CFAE (com eventual recurso
a especialistas)
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
A visão estratégica para a formação contínua na área das TiC
Constrangimentos Medidas
• Sistema educativo
• Organização da escola
• Currículo (metas /programas
/conteúdos)
• Metodologias Tradicionais (Escola-
fábrica)
• Formação massificada (plano de
formação e certificação nacional)
• Falta de tempo para reflexão e
avaliação
• Formação centrada nas
necessidades da escola
• Contágio – profs inovadores
• Visão estratégica das lideranças
(perceção da importância das TIC)
• Necessidade de mudança de
paradigma na educação (repensar
a escola)
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
A visão estratégica para a formação contínua na área das TiC
 Modelo
 Apoio de retaguarda
 Facilitador
Aquele que faz o acompanhamento não apenas em
contexto de formação formal, mas também no contexto da
aprendizagem informal
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
REFLEXÃO FINAL
Perspetiva de formadores na área das TiC
sobre a formação que desenvolvem
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa
Ideias
Claras e precisas
Ideias
pouco claras
e superficiais
Propósito da formação
Competências dos professores
Eficácia do trabalho do formador
Visão estratégica
Identidade/estatuto do formador
Preparação/formação dos formadores
Ideias
contraditórias
Perspetiva de formadores na área das TiC
sobre a formação que desenvolvem
2 de fevereiro de 2017
Obrigada pela sua atenção
Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ensino online em situacao de emergencia: passado e futuro
Ensino online em situacao de emergencia: passado e futuroEnsino online em situacao de emergencia: passado e futuro
Ensino online em situacao de emergencia: passado e futuroNeuza Pedro
 
PERSPECTIVAS FUTURAS SOBRE PESQUISA EM TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM ...
PERSPECTIVAS FUTURAS SOBRE PESQUISA EM TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM ...PERSPECTIVAS FUTURAS SOBRE PESQUISA EM TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM ...
PERSPECTIVAS FUTURAS SOBRE PESQUISA EM TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM ...Neuza Pedro
 
Defesa do projeto de tese - Tecnologias Móveis no ensino da Língua Inglesa no...
Defesa do projeto de tese - Tecnologias Móveis no ensino da Língua Inglesa no...Defesa do projeto de tese - Tecnologias Móveis no ensino da Língua Inglesa no...
Defesa do projeto de tese - Tecnologias Móveis no ensino da Língua Inglesa no...Sílvia Roda Couvaneiro
 
Aprender Digital: Metodologia de investigação
Aprender Digital: Metodologia de investigação Aprender Digital: Metodologia de investigação
Aprender Digital: Metodologia de investigação Fernando Albuquerque Costa
 
Inovação pedagógica e tecnologias no Ensino Superior: um framework
Inovação pedagógica e tecnologias no Ensino Superior: um frameworkInovação pedagógica e tecnologias no Ensino Superior: um framework
Inovação pedagógica e tecnologias no Ensino Superior: um frameworkNeuza Pedro
 
1 -formacao_pte_-_pressupostos[2]
1  -formacao_pte_-_pressupostos[2]1  -formacao_pte_-_pressupostos[2]
1 -formacao_pte_-_pressupostos[2]alziram
 
Projeto TEA, IBL e Aprendizagem Ativa
Projeto TEA, IBL e Aprendizagem AtivaProjeto TEA, IBL e Aprendizagem Ativa
Projeto TEA, IBL e Aprendizagem AtivaJosé Moura Carvalho
 
E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...
E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...
E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...Neuza Pedro
 
Apresentação do projeto TEA: Tablets no Ensino e na Aprendizagem
Apresentação do projeto TEA: Tablets no Ensino e na AprendizagemApresentação do projeto TEA: Tablets no Ensino e na Aprendizagem
Apresentação do projeto TEA: Tablets no Ensino e na AprendizagemJosé Moura Carvalho
 
Defesa da tese 09 12-2010
Defesa da tese 09 12-2010Defesa da tese 09 12-2010
Defesa da tese 09 12-2010João Piedade
 
Os 4P`s das Metas de Aprendizagem na área das TIC
Os 4P`s das Metas de Aprendizagem na área das TICOs 4P`s das Metas de Aprendizagem na área das TIC
Os 4P`s das Metas de Aprendizagem na área das TICElisabete Cruz
 
Ativ10 apresentacao maria-georgina
Ativ10 apresentacao maria-georginaAtiv10 apresentacao maria-georgina
Ativ10 apresentacao maria-georginageorginamacedo
 
Apresentação pré projeto de Doutoramento
Apresentação pré projeto de DoutoramentoApresentação pré projeto de Doutoramento
Apresentação pré projeto de DoutoramentoSusana Lemos
 
Capacitação para professores e professoras Centro Universitário Sumaré 2º sem...
Capacitação para professores e professoras Centro Universitário Sumaré 2º sem...Capacitação para professores e professoras Centro Universitário Sumaré 2º sem...
Capacitação para professores e professoras Centro Universitário Sumaré 2º sem...Cleide Muñoz
 
Integração do digital no currículo e práticas pedagógicas: Para quê
Integração do digital no currículo e práticas pedagógicas: Para quêIntegração do digital no currículo e práticas pedagógicas: Para quê
Integração do digital no currículo e práticas pedagógicas: Para quêNeuza Pedro
 

Mais procurados (20)

Ensino online em situacao de emergencia: passado e futuro
Ensino online em situacao de emergencia: passado e futuroEnsino online em situacao de emergencia: passado e futuro
Ensino online em situacao de emergencia: passado e futuro
 
PERSPECTIVAS FUTURAS SOBRE PESQUISA EM TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM ...
PERSPECTIVAS FUTURAS SOBRE PESQUISA EM TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM ...PERSPECTIVAS FUTURAS SOBRE PESQUISA EM TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM ...
PERSPECTIVAS FUTURAS SOBRE PESQUISA EM TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM ...
 
Apresentação curso Elaboração de Projetos
Apresentação curso Elaboração de ProjetosApresentação curso Elaboração de Projetos
Apresentação curso Elaboração de Projetos
 
Defesa do projeto de tese - Tecnologias Móveis no ensino da Língua Inglesa no...
Defesa do projeto de tese - Tecnologias Móveis no ensino da Língua Inglesa no...Defesa do projeto de tese - Tecnologias Móveis no ensino da Língua Inglesa no...
Defesa do projeto de tese - Tecnologias Móveis no ensino da Língua Inglesa no...
 
Curso elaboração de _projetos
Curso elaboração  de _projetosCurso elaboração  de _projetos
Curso elaboração de _projetos
 
Aprender Digital: Metodologia de investigação
Aprender Digital: Metodologia de investigação Aprender Digital: Metodologia de investigação
Aprender Digital: Metodologia de investigação
 
Inovação pedagógica e tecnologias no Ensino Superior: um framework
Inovação pedagógica e tecnologias no Ensino Superior: um frameworkInovação pedagógica e tecnologias no Ensino Superior: um framework
Inovação pedagógica e tecnologias no Ensino Superior: um framework
 
1 -formacao_pte_-_pressupostos[2]
1  -formacao_pte_-_pressupostos[2]1  -formacao_pte_-_pressupostos[2]
1 -formacao_pte_-_pressupostos[2]
 
Papel do Tutor (a) na EAD
Papel do Tutor (a) na EADPapel do Tutor (a) na EAD
Papel do Tutor (a) na EAD
 
Projeto TEA, IBL e Aprendizagem Ativa
Projeto TEA, IBL e Aprendizagem AtivaProjeto TEA, IBL e Aprendizagem Ativa
Projeto TEA, IBL e Aprendizagem Ativa
 
E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...
E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...
E depois do ensino remoto de emergência: que espaços e que ferramentas (digit...
 
Apresentação do projeto TEA: Tablets no Ensino e na Aprendizagem
Apresentação do projeto TEA: Tablets no Ensino e na AprendizagemApresentação do projeto TEA: Tablets no Ensino e na Aprendizagem
Apresentação do projeto TEA: Tablets no Ensino e na Aprendizagem
 
Defesa da tese 09 12-2010
Defesa da tese 09 12-2010Defesa da tese 09 12-2010
Defesa da tese 09 12-2010
 
Os 4P`s das Metas de Aprendizagem na área das TIC
Os 4P`s das Metas de Aprendizagem na área das TICOs 4P`s das Metas de Aprendizagem na área das TIC
Os 4P`s das Metas de Aprendizagem na área das TIC
 
TEA abril 2015
TEA abril 2015TEA abril 2015
TEA abril 2015
 
Ativ10 apresentacao maria-georgina
Ativ10 apresentacao maria-georginaAtiv10 apresentacao maria-georgina
Ativ10 apresentacao maria-georgina
 
Apresentação pré projeto de Doutoramento
Apresentação pré projeto de DoutoramentoApresentação pré projeto de Doutoramento
Apresentação pré projeto de Doutoramento
 
Capacitação para professores e professoras Centro Universitário Sumaré 2º sem...
Capacitação para professores e professoras Centro Universitário Sumaré 2º sem...Capacitação para professores e professoras Centro Universitário Sumaré 2º sem...
Capacitação para professores e professoras Centro Universitário Sumaré 2º sem...
 
Projeto de tese wannise lima
Projeto de tese  wannise limaProjeto de tese  wannise lima
Projeto de tese wannise lima
 
Integração do digital no currículo e práticas pedagógicas: Para quê
Integração do digital no currículo e práticas pedagógicas: Para quêIntegração do digital no currículo e práticas pedagógicas: Para quê
Integração do digital no currículo e práticas pedagógicas: Para quê
 

Destaque

Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)EB 2,3 Rainha Santa Isabel - Carreira
 
Digital activities for creative and performing arts
Digital activities for creative and performing artsDigital activities for creative and performing arts
Digital activities for creative and performing artsFernando Albuquerque Costa
 
Literacia Digital de Adultos: Contributos para o desenvolvimento de dinâmicas...
Literacia Digital de Adultos: Contributos para o desenvolvimento de dinâmicas...Literacia Digital de Adultos: Contributos para o desenvolvimento de dinâmicas...
Literacia Digital de Adultos: Contributos para o desenvolvimento de dinâmicas...Lidia Proj
 
6 Passos com TIC para @prender ou Desenvolver a autonomia dos alunos para ger...
6 Passos com TIC para @prender ou Desenvolver a autonomia dos alunos para ger...6 Passos com TIC para @prender ou Desenvolver a autonomia dos alunos para ger...
6 Passos com TIC para @prender ou Desenvolver a autonomia dos alunos para ger...EB 2,3 Rainha Santa Isabel - Carreira
 
Apresentação da obra
Apresentação da obraApresentação da obra
Apresentação da obradigitalescola
 
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.  Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação. Conectando Saberes
 
(re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning
(re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning(re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning
(re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learningIdalina Lourido Santos
 
Superpoderes da-leitura
Superpoderes da-leituraSuperpoderes da-leitura
Superpoderes da-leituraeb23acoliveira
 

Destaque (20)

Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuroLiteracia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro
 
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)
 
Poster no Seminário Internacional LITERACIA DIGITAL (ULisboa)
Poster no Seminário Internacional  LITERACIA DIGITAL (ULisboa)Poster no Seminário Internacional  LITERACIA DIGITAL (ULisboa)
Poster no Seminário Internacional LITERACIA DIGITAL (ULisboa)
 
Poster "Seis Passos com TIC para @prender" no Callenges 2015
Poster "Seis Passos com TIC para @prender" no Callenges 2015Poster "Seis Passos com TIC para @prender" no Callenges 2015
Poster "Seis Passos com TIC para @prender" no Callenges 2015
 
escol@21 - um espaço pessoal de aprendizagem
escol@21 - um espaço pessoal de aprendizagemescol@21 - um espaço pessoal de aprendizagem
escol@21 - um espaço pessoal de aprendizagem
 
Digital activities for creative and performing arts
Digital activities for creative and performing artsDigital activities for creative and performing arts
Digital activities for creative and performing arts
 
Literacia Digital de Adultos: Contributos para o desenvolvimento de dinâmicas...
Literacia Digital de Adultos: Contributos para o desenvolvimento de dinâmicas...Literacia Digital de Adultos: Contributos para o desenvolvimento de dinâmicas...
Literacia Digital de Adultos: Contributos para o desenvolvimento de dinâmicas...
 
Costa pdw corfu 2014
Costa pdw corfu 2014Costa pdw corfu 2014
Costa pdw corfu 2014
 
Costa2013 Recursos Educativos Digitais
Costa2013 Recursos Educativos DigitaisCosta2013 Recursos Educativos Digitais
Costa2013 Recursos Educativos Digitais
 
6 Passos com TIC para @prender (comunicação TIC@Portugal2014)
6 Passos com TIC para @prender (comunicação TIC@Portugal2014)6 Passos com TIC para @prender (comunicação TIC@Portugal2014)
6 Passos com TIC para @prender (comunicação TIC@Portugal2014)
 
6 Passos com TIC para @prender ou Desenvolver a autonomia dos alunos para ger...
6 Passos com TIC para @prender ou Desenvolver a autonomia dos alunos para ger...6 Passos com TIC para @prender ou Desenvolver a autonomia dos alunos para ger...
6 Passos com TIC para @prender ou Desenvolver a autonomia dos alunos para ger...
 
6 Passos com TIC para @prender, no ticEDUCA2014
6 Passos com TIC para @prender, no ticEDUCA20146 Passos com TIC para @prender, no ticEDUCA2014
6 Passos com TIC para @prender, no ticEDUCA2014
 
Mapas Conceituais e Aprendizagem
Mapas Conceituais e AprendizagemMapas Conceituais e Aprendizagem
Mapas Conceituais e Aprendizagem
 
LIVRO
LIVROLIVRO
LIVRO
 
Kahoot e QR code - aprendizagem móvel e gamification
Kahoot e QR code - aprendizagem móvel e gamificationKahoot e QR code - aprendizagem móvel e gamification
Kahoot e QR code - aprendizagem móvel e gamification
 
Game ON -CCBB Bsb2012
Game ON -CCBB Bsb2012Game ON -CCBB Bsb2012
Game ON -CCBB Bsb2012
 
Apresentação da obra
Apresentação da obraApresentação da obra
Apresentação da obra
 
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.  Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.
Aprendizagem Móvel: Desafios e Potencialidades na educação.
 
(re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning
(re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning(re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning
(re)Inverter a aprendizagem e a sala de aula com apps e mobile learning
 
Superpoderes da-leitura
Superpoderes da-leituraSuperpoderes da-leitura
Superpoderes da-leitura
 

Semelhante a Perspetiva de formadores na área das TIC sobre a formação que desenvolvem

Impacte da Formação em Quadros Interativos Multimédia no CFAE de Sousa Nascen...
Impacte da Formação em Quadros Interativos Multimédia no CFAE de Sousa Nascen...Impacte da Formação em Quadros Interativos Multimédia no CFAE de Sousa Nascen...
Impacte da Formação em Quadros Interativos Multimédia no CFAE de Sousa Nascen...Daniela Eduarda Guimarães
 
CGF - 0 - Apresentação.pptx
CGF - 0 - Apresentação.pptxCGF - 0 - Apresentação.pptx
CGF - 0 - Apresentação.pptxAliceSoares89
 
Certificação em TIC, uma forma de valorização dos docentes.
Certificação em TIC, uma forma de valorização dos docentes.Certificação em TIC, uma forma de valorização dos docentes.
Certificação em TIC, uma forma de valorização dos docentes.Fernanda Ledesma
 
Competências para aprender e competências para ensinar COM TIC
Competências para aprender e competências para ensinar COM TICCompetências para aprender e competências para ensinar COM TIC
Competências para aprender e competências para ensinar COM TICFernando Albuquerque Costa
 
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...Flavia Nascimento
 
Saberes e Praticas da Inclusão - Coordenação
Saberes e Praticas da Inclusão - CoordenaçãoSaberes e Praticas da Inclusão - Coordenação
Saberes e Praticas da Inclusão - Coordenaçãoasustecnologia
 

Semelhante a Perspetiva de formadores na área das TIC sobre a formação que desenvolvem (20)

Provas públicas de doutoramento
Provas públicas de doutoramentoProvas públicas de doutoramento
Provas públicas de doutoramento
 
referencial detalhado do curso formação pedagógica inicial de formadores | CCP
referencial detalhado do curso formação pedagógica inicial de formadores | CCPreferencial detalhado do curso formação pedagógica inicial de formadores | CCP
referencial detalhado do curso formação pedagógica inicial de formadores | CCP
 
Formação docente
Formação docenteFormação docente
Formação docente
 
Apres projeto
Apres projetoApres projeto
Apres projeto
 
Apresentação defesa mestrado
Apresentação defesa mestradoApresentação defesa mestrado
Apresentação defesa mestrado
 
Apresentacao Doutorado
Apresentacao DoutoradoApresentacao Doutorado
Apresentacao Doutorado
 
Impacte da Formação em Quadros Interativos Multimédia no CFAE de Sousa Nascen...
Impacte da Formação em Quadros Interativos Multimédia no CFAE de Sousa Nascen...Impacte da Formação em Quadros Interativos Multimédia no CFAE de Sousa Nascen...
Impacte da Formação em Quadros Interativos Multimédia no CFAE de Sousa Nascen...
 
Ativ03
Ativ03Ativ03
Ativ03
 
Biblioteca Escolar
Biblioteca EscolarBiblioteca Escolar
Biblioteca Escolar
 
CGF - 0 - Apresentação.pptx
CGF - 0 - Apresentação.pptxCGF - 0 - Apresentação.pptx
CGF - 0 - Apresentação.pptx
 
Certificação em TIC, uma forma de valorização dos docentes.
Certificação em TIC, uma forma de valorização dos docentes.Certificação em TIC, uma forma de valorização dos docentes.
Certificação em TIC, uma forma de valorização dos docentes.
 
Accao de formacao
Accao de formacaoAccao de formacao
Accao de formacao
 
Projeto "Seis passos com tic para @prender" em Vila de Rei
Projeto "Seis passos com tic para @prender" em Vila de ReiProjeto "Seis passos com tic para @prender" em Vila de Rei
Projeto "Seis passos com tic para @prender" em Vila de Rei
 
Gatti, barreto e andré aula 5
Gatti, barreto e andré aula 5Gatti, barreto e andré aula 5
Gatti, barreto e andré aula 5
 
Implementar práticas pedagógicas promotoras do pensamento crítico nos curricu...
Implementar práticas pedagógicas promotoras do pensamento crítico nos curricu...Implementar práticas pedagógicas promotoras do pensamento crítico nos curricu...
Implementar práticas pedagógicas promotoras do pensamento crítico nos curricu...
 
Metodologias do Ensino Superior.pdf
Metodologias do Ensino Superior.pdfMetodologias do Ensino Superior.pdf
Metodologias do Ensino Superior.pdf
 
Guia do Aluno
Guia do AlunoGuia do Aluno
Guia do Aluno
 
Competências para aprender e competências para ensinar COM TIC
Competências para aprender e competências para ensinar COM TICCompetências para aprender e competências para ensinar COM TIC
Competências para aprender e competências para ensinar COM TIC
 
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...
TECNOLOGIA NAS MÃOS DOS PROFESSORES - UM RECURSO DIDÁTICO DE ACELERAÇÃO E ENG...
 
Saberes e Praticas da Inclusão - Coordenação
Saberes e Praticas da Inclusão - CoordenaçãoSaberes e Praticas da Inclusão - Coordenação
Saberes e Praticas da Inclusão - Coordenação
 

Mais de EB 2,3 Rainha Santa Isabel - Carreira

Uma História na Ponta da Língua - duas escolas, duas professoras... um Projeto.
Uma História na Ponta da Língua - duas escolas, duas professoras... um Projeto.Uma História na Ponta da Língua - duas escolas, duas professoras... um Projeto.
Uma História na Ponta da Língua - duas escolas, duas professoras... um Projeto.EB 2,3 Rainha Santa Isabel - Carreira
 

Mais de EB 2,3 Rainha Santa Isabel - Carreira (18)

Word Art 4.pdf
Word Art 4.pdfWord Art 4.pdf
Word Art 4.pdf
 
Trabalhar em rede
Trabalhar em redeTrabalhar em rede
Trabalhar em rede
 
Comunicar e colaborar com murais digitais
Comunicar e colaborar com murais digitaisComunicar e colaborar com murais digitais
Comunicar e colaborar com murais digitais
 
Workshop Podcast: Audacity e Souncloud
Workshop Podcast: Audacity e SouncloudWorkshop Podcast: Audacity e Souncloud
Workshop Podcast: Audacity e Souncloud
 
Workshop 07: Padlet e Tricider.... para pensar e comunicar
Workshop  07: Padlet e Tricider.... para pensar e comunicarWorkshop  07: Padlet e Tricider.... para pensar e comunicar
Workshop 07: Padlet e Tricider.... para pensar e comunicar
 
Podcast nas Línguas
Podcast nas LínguasPodcast nas Línguas
Podcast nas Línguas
 
Aprender com Tecnologias
Aprender com TecnologiasAprender com Tecnologias
Aprender com Tecnologias
 
Curso de Formação "Seis Passos com TIC para @prender"
Curso de Formação "Seis Passos com TIC para @prender"Curso de Formação "Seis Passos com TIC para @prender"
Curso de Formação "Seis Passos com TIC para @prender"
 
Podcast no ensino das línguas
Podcast no ensino das línguasPodcast no ensino das línguas
Podcast no ensino das línguas
 
Projeto "Seis passos com TIC para @prender" na ESECS (Leiria)
Projeto "Seis passos com TIC para @prender" na ESECS (Leiria)Projeto "Seis passos com TIC para @prender" na ESECS (Leiria)
Projeto "Seis passos com TIC para @prender" na ESECS (Leiria)
 
Workshop "Pensar Agir e Interagir com a web 2.0" em Vila de Rei
Workshop "Pensar Agir e Interagir com a web 2.0" em Vila de ReiWorkshop "Pensar Agir e Interagir com a web 2.0" em Vila de Rei
Workshop "Pensar Agir e Interagir com a web 2.0" em Vila de Rei
 
Balanço do Projeto "6 Passos com TIC para @prender"
Balanço do Projeto "6 Passos com TIC para @prender"Balanço do Projeto "6 Passos com TIC para @prender"
Balanço do Projeto "6 Passos com TIC para @prender"
 
Literacia SocioDigital
Literacia SocioDigitalLiteracia SocioDigital
Literacia SocioDigital
 
25 de Abril 1974 em Debate na Biblioteca Escolar
25 de Abril 1974 em Debate na Biblioteca Escolar25 de Abril 1974 em Debate na Biblioteca Escolar
25 de Abril 1974 em Debate na Biblioteca Escolar
 
Pensar, agir e interagir com a Web 2.0
Pensar, agir e interagir com a Web 2.0Pensar, agir e interagir com a Web 2.0
Pensar, agir e interagir com a Web 2.0
 
Uma História na Ponta da Língua - duas escolas, duas professoras... um Projeto.
Uma História na Ponta da Língua - duas escolas, duas professoras... um Projeto.Uma História na Ponta da Língua - duas escolas, duas professoras... um Projeto.
Uma História na Ponta da Língua - duas escolas, duas professoras... um Projeto.
 
Desenvolver a autonomia dos alunos para gerar conhecimento
Desenvolver a autonomia dos alunos para gerar conhecimentoDesenvolver a autonomia dos alunos para gerar conhecimento
Desenvolver a autonomia dos alunos para gerar conhecimento
 
Partilhar, Comunicar e Colaborar com a Web 2.0
Partilhar, Comunicar e Colaborar com a Web 2.0Partilhar, Comunicar e Colaborar com a Web 2.0
Partilhar, Comunicar e Colaborar com a Web 2.0
 

Último

Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfFbioFerreira207918
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 

Último (20)

Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 

Perspetiva de formadores na área das TIC sobre a formação que desenvolvem

  • 1. Helena Felizardo & Fernando A. Costa Perspetiva de formadores na área das TiC sobre a formação que desenvolvem 2 de fevereiro de 2017
  • 2. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa CONTEXTUALIZAÇÃO DO ESTUDO Perspetiva de formadores na área das TiC sobre a formação que desenvolvem
  • 3. A Formação de professores na área das TIC: Que perfil de formador? Formadores da área TIC – CFAE (Focus Group); Professores dos 1º, 2º , 3º ciclo e Sec. (Questionário); Diretores de CFAE (Entrevistas individuais). Estudo prévio: Caraterização dos formadores na área das TIC em Portugal. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa Formadores de professores na área das TIC ligados aos Centros de Formação de Associação de Escolas (CFAE) 3 etapas de recolha de dados
  • 4. Método: Focus Group Data: 3 de dezembro de 2015 Local: Escola Básica da zona centro Duração: 85 minutos. Perspetiva de formadores na área das TiC sobre a formação que desenvolvem Participantes 6 formadores de um Centro de Formação da zona centro com grande experiência e oriundos de diferentes grupos disciplinares e diferentes níveis de ensino Objetivo geral Recolher as perspetivas de formadores sobre a formação contínua de professores na área das TIC e sobre a formação que desenvolvem Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa O ESTUDO (2ª fase)
  • 5. A perceção dos formadores sobre: • O propósito da formação contínua (FC) de professores em TIC • As competências dos professores para a integração das TIC • A eficácia do trabalho do formador da FC de professores • A Identidade/estatuto do formador da FC de professores • A preparação/formação dos formadores da FC de professores • A visão estratégica para a FC de professores na área das TIC Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa Temas/tópicos do Focus Group
  • 6. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa RESULTADOS Perspetiva de formadores na área das TiC sobre a formação que desenvolvem
  • 7. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa O propósito da formação contínua de professores em TIC Capacitação técnica dos professores Induzir novas metodologias Reflexão sobre potencialidades das tic Mudança relação professor-aluno Criar confiança/ quebrar barreiras “gosto de aprender” (aluno) Nota: Única referência que se aproxima da melhoria das aprendizagens dos alunos
  • 8. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa As competências dos professores para a integração das TIC Nota: Não há nenhuma referência à competência técnica ou técnico-pedagógica FAVORÁVEIS: - Sentir necessidade - Abertura; - Confiança, autoestima; - Ousadia (aceitar desafios); - Motivação; - Autoaprendizagem. DESFAVORÁVEIS: Barreiras psicológicas: - Medo; - Insegurança… Competências atitudinais
  • 9. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa A eficácia do trabalho do formador na área das TiC Obstáculos Estratégias • Descontextualização da formação • Falta de recursos materiais (equipamentos, internet…) • Tempo da formação (pós-laboral) • Heterogeneidade dos formandos • Falta de formação de formadores (para os formadores dos CFAE) • Mais oferta de formação fora dos grandes centros (a distância) • Formação integrada nas didáticas especificas • Formação em contexto de escola direcionada para os projetos da escola • Outros formatos de formação – workshops para públicos específicos Nota: A eficácia do trabalho do formador parece depender mais da conceção e da configuração da formação.
  • 10. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa A identidade/estatuto do formador na área das TiC Indefinível… Bombeiro os que acodem quando há problemas técnicos Professor da sua disciplina Pessoas que encaram desafios (…)
  • 11. Mas… Avaliação entre pares: CONFLITOS Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa A identidade/estatuto do formador na área das TiC FORMAÇÃO ENTRE PARES APENAS ASPECTOS POSITIVOS: - Proximidade, - Cumplicidade; - Conhecer os problemas, as escolas, o trabalho com os alunos “Na sala de formação, deixo de ser colega, sou o líder, quem manda e impõe as regras” Ninguém admitiu ter tido um problema desta natureza…. No entanto… “Todos nós já tivemos um recurso, Não já?” E se alguém deixar de falar… que já deixaram…” (…)
  • 12. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa A preparação/formação dos formadores na área das TiC Requisitos necessários Competências relevantes Formação de formadores Ao identificarem os requisitos necessários, nas expressões utilizadas denota-se que consideram fracas as exigências para a acreditação dos formadores pelo CCPFCP Denota-se que nunca houve reflexão nem discussão sobre esta temática, pelo silêncio inicial… a hesitação (alguns formadores não fizeram nenhuma intervenção). Destaque para a COMUNICAÇÃO (Empatia, envolver, motivar, equilíbrio técnico- emocional) Pouca / inexistente Descontextualizada das suas reais necessidades. Destaque para: - A formação por iniciativa própria (contínua, mestrados) - A formação informal e o autodidatismo Entidade formadora? Os CFAE (com eventual recurso a especialistas)
  • 13. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa A visão estratégica para a formação contínua na área das TiC Constrangimentos Medidas • Sistema educativo • Organização da escola • Currículo (metas /programas /conteúdos) • Metodologias Tradicionais (Escola- fábrica) • Formação massificada (plano de formação e certificação nacional) • Falta de tempo para reflexão e avaliação • Formação centrada nas necessidades da escola • Contágio – profs inovadores • Visão estratégica das lideranças (perceção da importância das TIC) • Necessidade de mudança de paradigma na educação (repensar a escola)
  • 14. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa A visão estratégica para a formação contínua na área das TiC  Modelo  Apoio de retaguarda  Facilitador Aquele que faz o acompanhamento não apenas em contexto de formação formal, mas também no contexto da aprendizagem informal
  • 15. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa REFLEXÃO FINAL Perspetiva de formadores na área das TiC sobre a formação que desenvolvem
  • 16. Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa Ideias Claras e precisas Ideias pouco claras e superficiais Propósito da formação Competências dos professores Eficácia do trabalho do formador Visão estratégica Identidade/estatuto do formador Preparação/formação dos formadores Ideias contraditórias
  • 17. Perspetiva de formadores na área das TiC sobre a formação que desenvolvem 2 de fevereiro de 2017 Obrigada pela sua atenção Felizardo & Costa, IE da Universidade de Lisboa

Notas do Editor

  1. Escolhemos como técnica de pesquisa o focus group por permitir aprofundar a discussão e troca de opiniões entre os participantes a partir de questões sugeridas pelo investigador. Com esta estratégia, procurámos aprofundar o nosso conhecimento sobre aqueles que têm a seu cargo a formação contínua dos professores na área das tecnologias digitais.