FUNÇÕES EXPONENCIAIS f(x) = a x   (a > 0 e a ≠ 1) o gráfico é uma curva chamada de  curva exponencial a  é a base da funçã...
FUNÇÕES LOGARÍTMICAS f(x) = log a x  (a > 0 e a ≠ 1) é a função inversa da função exponencial. *  a > 1  ->  função   cres...
EQUAÇÕES  E INEQUAÇÕES EXPONENCIAIS Procura-se obter, nos dois membros da equação, potências de mesma base e, depois, igua...
EQUAÇÕES  E INEQUAÇÕES LOGARÍTMICAS Numa igualdade de logaritmos na mesma base (equação), os logaritmandos são iguais. Na ...
LOGARITMOS log a b = x ↔ a x  = b (a, b  є  R, a>0, b>0, a ≠ 1) Propriedades operatórias log a (x.y) = log a x + log a y l...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

07 logaritmo funçao

3.809 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.809
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
991
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
83
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

07 logaritmo funçao

  1. 1. FUNÇÕES EXPONENCIAIS f(x) = a x (a > 0 e a ≠ 1) o gráfico é uma curva chamada de curva exponencial a é a base da função * a > 1 -> função crescente , y aumenta enquanto x aumenta * 0 < a < 1 -> função decrescente , y diminui enquanto x aumenta O expoente x pode assumir qualquer valor real, assim D = R. Sendo a x > 0 para x real, o conjunto imagem é R * + O gráfico da função exponencial não toca o eixo x. Os gráficos das funções exponenciais passam pelo ponto (0, 1) (pois todo número elevado a zero é igual a um) f(x) = 2 x e f(x) = (1/2) x
  2. 2. FUNÇÕES LOGARÍTMICAS f(x) = log a x (a > 0 e a ≠ 1) é a função inversa da função exponencial. * a > 1 -> função crescente , y aumenta enquanto x aumenta * 0 < a < 1 -> função decrescente , y diminui enquanto x aumenta D = R * + Contradomínio é R O gráfico da função logarítmica não toca o eixo y. Os gráficos das funções logarítmicas passam pelo ponto (1, 0) (pois o logaritmo de um, em qualquer base, é zero). f(x) = log 2 x f(x) = log 1/2 x
  3. 3. EQUAÇÕES E INEQUAÇÕES EXPONENCIAIS Procura-se obter, nos dois membros da equação, potências de mesma base e, depois, iguala-se os expoentes. a p = a q ↔p = q (a > 0 e a ≠ 1) Na inequação: Se a>1, mantém-se o sinal de desigualdade. Se 0<a<1, inverte-se o sinal. Se a > 1: a p > a q ↔p > q Se 0<a<1: a p > a q ↔p < q
  4. 4. EQUAÇÕES E INEQUAÇÕES LOGARÍTMICAS Numa igualdade de logaritmos na mesma base (equação), os logaritmandos são iguais. Na inequação: Se a>1, mantém-se o sinal de desigualdade. Se 0<a<1, inverte-se o sinal. Se a > 1: log a b > log a c ↔ b > c Se 0<a<1: log a b > log a c ↔ b < c log a b = log a c ↔ b = c (1≠ a > 0; b>0 e c>0)
  5. 5. LOGARITMOS log a b = x ↔ a x = b (a, b є R, a>0, b>0, a ≠ 1) Propriedades operatórias log a (x.y) = log a x + log a y log a b n = n. log a b log a (x/y) = log a x – log a y Mudanças de base

×