Jogos e brincadeiras populares

5.169 visualizações

Publicada em

Trata-se de jogos populares, que estão sendo esquecidos com o tempo.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.169
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
131
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jogos e brincadeiras populares

  1. 1. 1. Jogo da verdade ou consequência Bastava surgir alguma fofoca para esta brincadeira entrar em evidência. Era polêmica pura na rua. São poucos os que admitem, mas o interesse maior era na consequência que quase sempre era um selinho no menino (ou menina) mais bonito(a) da turma.
  2. 2. 2. Pega-Pega Esta brincadeira consiste em uma das crianças ser o “pegador”.A pessoa que ela tocar primeiro e pegar, será a próxima a ser o próximo “pegador”.Tem também o “pique”, onde quem está fugindo pode tocar e ficar protegido de ser pego. A brincadeira só termina quando todas as crianças forem pegas.
  3. 3. 3. Cabra-cega Forma-se uma roda e uma criança é escolhida para ficar vendada no centro de todos. Ela gira três vezes e tenta pegar alguém que está na roda. Quando a criança que estiver vendada descobrir quem é a criança que ela pegou e dizer seu nome, essa passa a ser a próxima a ser vendada.
  4. 4. 4. Esconde-esconde Uma criança é escolhida por sorteio e se vira para uma parede, conta até trinta e as outras vão se escondendo. Ela tem que encontrar as crianças e correr até a parede e bater dizendo o nome da criança que ela encontrou. A primeira que ela encontrar será a próxima que vai procurar as outras. Nessa mesma parede é o pique, o local onde crianças que não foram encontradas podem bater um, dois, três e ficar livre de ser a próxima a ter que procurar quem se esconde.
  5. 5. 5. Queimada Divididos em dois times, grandes grupos de crianças suam a camisa (correndo o tempo todo) com o objetivo de eliminar os adversários com boladas e fugir das tentativas deles de eliminá-los.
  6. 6. 6. Amarelinha A amarelinha é uma das brincadeiras de rua mais tradicionais do Brasil. Talvez seja pelo fato de a brincadeira ser tão fácil (e divertida) de brincar. Não são precisos aparelhos ou acessórios caros. Dá para pular dentro de casa, no quintal, na rua, na escola… Basta usar o chão, ter algo para desenhar o riscado e um objeto pequeno para marcar as “casas”. A pedra é lançada na primeira casa e o jogador deve percorrer o trajeto do traçado pulando, evitando o quadrado onde a pedra caiu. A sequência se repete enquanto a pedra avança de casa em casa e o grau de dificuldade aumenta.
  7. 7. 7. Ciranda A famosa dança infantil, de roda, conhecida em todo o Brasil, teve origem em Portugal, onde era um bailado de adultos. O Semelhante a ela é o fandango, baile rural praticado até meados do século XX no interior do Rio de Janeiro (Parati) e São Paulo, em que homens e mulheres formavam rodas concêntricas, homens por dentro e mulheres por fora. Os versos que abrem a ciranda infantil são conhecidíssimos ainda hoje: "Ciranda, cirandinha/ Vamos todos cirandar/ Vamos dar a meia volta/ Volta e meia vamos dar". De resto, há variações regionais que os complementam como "O anel que tu me deste/ Era vidro e se quebrou./ O amor que tu me tinhas/ Era pouco e se acabou".
  8. 8. 8. Pipa (Papagaio) Pipa, papagaio, arraia, raia, quadrado, pandorga... As pipas apareceram na China, mil anos antes de Cristo, como forma de sinalização. Sua cor, desenho ou movimento poderia enviar mensagens entre os campos. Os chineses eram peritos em construir pipas enormes e leves. Da China elas foram para o Japão, para a Índia e depois para a Europa. Chegaram no Brasil trazidas pelos portugueses. Os tipos de pipa mais conhecidos são o de três varas, o de cruzeta e o de caixa. Para confecciona-las bastam algumas folhas de papel, varinhas e linha
  9. 9. Hoje, nas escolas ou mesmo no ambiente familiar a maioria da população infantil desconhecem as letras das cantigas de roda e as brincadeiras foram substituídas por jogos eletrônicos, computadores e televisores. Com o avanço tecnológico á criança é levada ao mundo virtual esquecendo-se de viver o mundo real, passa horas em frente ao computador jogando videogame ou trocando mensagens com os amigos.
  10. 10. Elas nem percebem que estão deixando de lado a melhor fase de sua vida que é o brincar. Infelizmente muitos pais não dão importância a esse momento tão importante da infância, pois acreditam que os brinquedos modernos e os equipamentos eletrônicos são os melhores presentes que podem dar a seus filhos. A realidade é que essas crianças estão cada vez mais sedentárias e as atividades lúdicas como: correr, pular, escorregar, subir e descer em árvores é coisa do passado.
  11. 11. Portanto, vários projetos estão tendo a finalidade de resgatar as brincadeiras de roda entre outras que são de suma importância para o bom desenvolvimento físico, psicológico e intelectual da criança. Estes projetos envolverá um conjunto de fatores indispensáveis para uma melhor qualidade de vida desses alunos e seus familiares, sendo assim são necessárias mudanças de hábitos, vivenciarem novos valores, novas amizades, respeito com o próximo, solidariedade entre outros.

×