SlideShare uma empresa Scribd logo

Doc1 calendário projetos_15-16

quadro síntese de candidatura para 2015-2016 Setembro de 2015

1 de 1
Baixar para ler offline
Helena Duque – Coordenadora Interconcelhia: Rede Bibliotecas Escolares – 2015-2016
Projetos para 2015-16 – candidaturas - sistematização
1
No arranque do ano letivo 2015-2016 encontram-se abertas candidaturas para as escolas/agrupamentos, ainda não integradas nos seguintes projetos:
Projeto Destinatários Calendarização
Projeto Ler+ Mar
3ª edição
Parceria - Plano Nacional de Leitura (PNL) com a Estrutura
de Missão para a Extensão da Plataforma Continental
(EMEPC) e com a Aporvela
Para todos os agrupamentos ou escolas não agrupadas,
do ensino básico e do ensino secundário, expecto aos/às
que já integraram o Projeto em edições anteriores
Criar projetos originais em que se articule a leitura com
diversas áreas do saber relacionadas com o MAR
Projeto para biénio 2015-17
Até 30 de setembro de 2015 - Apresentação das candidaturas
(no SIPNL - Sistema de Informação do Plano Nacional de
Leitura) ·
Ver calendário -
http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/escolas/
Projeto Leituras d’Oriente e d’Ocidente 2014-15
Parceria entre o Plano Nacional de Leitura (PNL) e a
Fundação Oriente Museu
Agrupamentos ou escolas não agrupadas) dos ensinos
básico e secundário
A equipa dinamizadora não poderá ser constituída por
mais de trinta e cinco elementos (alunos e docentes ou
outros técnicos ligados à educação).
Até 30 de setembro de 2015 - Apresentação das candidaturas
(no SIPNL - Sistema de Informação do Plano Nacional de
Leitura) ·
Informações em PNL http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/escolas/
Ler+ jovem |4ª Edição
Parceria: Plano Nacional de Leitura e Rede de Bibliotecas
Escolares
Dirige-se a todas as escolas ou agrupamentos que não
integraram já as edições anteriores
Alunos do Ensino Secundário e população Sénior
Projeto para biénio 2015-17 (seguindo as orientações
fornecidas)
Até ao dia 9 de outubro de 2015 - a candidatura ao Projeto
deverá ser apresentada em formulário disponibilizado no
SIPNL (Sistema de Informação do Plano Nacional de Leitura)
Esta informação não exclui a consulta do Portal RBE e do PNL
(08 de setembro de 2015)

Recomendados

Avaliacao Be Contexto Escola Manuela Varejao
Avaliacao Be Contexto Escola Manuela VarejaoAvaliacao Be Contexto Escola Manuela Varejao
Avaliacao Be Contexto Escola Manuela VarejaoManuela Varejao
 
Análise e comentário crítico à presença de referências a respeito das BE nos...
Análise e comentário crítico à presença de referências a respeito das BE  nos...Análise e comentário crítico à presença de referências a respeito das BE  nos...
Análise e comentário crítico à presença de referências a respeito das BE nos...Teresa Gonçalves
 
2ª SessãO Tarefa 1.AnáLise CríTica Maabe
2ª SessãO  Tarefa 1.AnáLise CríTica Maabe2ª SessãO  Tarefa 1.AnáLise CríTica Maabe
2ª SessãO Tarefa 1.AnáLise CríTica MaabeBibJoseRegio
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3ª SessãO Ppt Para Cp, Modelo De Aabe
3ª SessãO   Ppt Para Cp, Modelo De Aabe3ª SessãO   Ppt Para Cp, Modelo De Aabe
3ª SessãO Ppt Para Cp, Modelo De AabeBibJoseRegio
 
O Modelo De Auto Avaliacao Das Bibliotecas Escolares Filo E Vete
O Modelo De Auto Avaliacao Das Bibliotecas Escolares Filo E VeteO Modelo De Auto Avaliacao Das Bibliotecas Escolares Filo E Vete
O Modelo De Auto Avaliacao Das Bibliotecas Escolares Filo E Veteguest49f68f
 
Apresentação do Modelo Auto-avaliação da BE ao CP
Apresentação do  Modelo  Auto-avaliação da BE ao CPApresentação do  Modelo  Auto-avaliação da BE ao CP
Apresentação do Modelo Auto-avaliação da BE ao CPLurdes Meneses
 
Auto Avaliação BE Conselho Pedagógico
Auto Avaliação BE Conselho PedagógicoAuto Avaliação BE Conselho Pedagógico
Auto Avaliação BE Conselho PedagógicoSoraya Oliveira
 
Powerpoint Workshop Formativo
Powerpoint Workshop FormativoPowerpoint Workshop Formativo
Powerpoint Workshop FormativoLucas Fernando
 
Projeto ler+ jovem 2016 18 (1)
Projeto ler+ jovem 2016 18 (1)Projeto ler+ jovem 2016 18 (1)
Projeto ler+ jovem 2016 18 (1)Ana Lourenço
 
Auto AvaliçãO Da Be Eb 2,3 Dr. A.R.P.
Auto AvaliçãO Da Be   Eb 2,3 Dr. A.R.P.Auto AvaliçãO Da Be   Eb 2,3 Dr. A.R.P.
Auto AvaliçãO Da Be Eb 2,3 Dr. A.R.P.rbento
 

Mais procurados (15)

Mabe
MabeMabe
Mabe
 
3ª SessãO Ppt Para Cp, Modelo De Aabe
3ª SessãO   Ppt Para Cp, Modelo De Aabe3ª SessãO   Ppt Para Cp, Modelo De Aabe
3ª SessãO Ppt Para Cp, Modelo De Aabe
 
Mabe 2014 2017
Mabe 2014 2017Mabe 2014 2017
Mabe 2014 2017
 
O Modelo De Auto Avaliacao Das Bibliotecas Escolares Filo E Vete
O Modelo De Auto Avaliacao Das Bibliotecas Escolares Filo E VeteO Modelo De Auto Avaliacao Das Bibliotecas Escolares Filo E Vete
O Modelo De Auto Avaliacao Das Bibliotecas Escolares Filo E Vete
 
Workshop MAABE
Workshop   MAABEWorkshop   MAABE
Workshop MAABE
 
Apresentação do Modelo Auto-avaliação da BE ao CP
Apresentação do  Modelo  Auto-avaliação da BE ao CPApresentação do  Modelo  Auto-avaliação da BE ao CP
Apresentação do Modelo Auto-avaliação da BE ao CP
 
Auto Avaliação BE Conselho Pedagógico
Auto Avaliação BE Conselho PedagógicoAuto Avaliação BE Conselho Pedagógico
Auto Avaliação BE Conselho Pedagógico
 
Um olhar... MABE
Um olhar... MABEUm olhar... MABE
Um olhar... MABE
 
Powerpoint Workshop Formativo
Powerpoint Workshop FormativoPowerpoint Workshop Formativo
Powerpoint Workshop Formativo
 
MABE
MABEMABE
MABE
 
Projeto ler+ jovem 2016 18 (1)
Projeto ler+ jovem 2016 18 (1)Projeto ler+ jovem 2016 18 (1)
Projeto ler+ jovem 2016 18 (1)
 
MAABE
MAABEMAABE
MAABE
 
Auto AvaliçãO Da Be Eb 2,3 Dr. A.R.P.
Auto AvaliçãO Da Be   Eb 2,3 Dr. A.R.P.Auto AvaliçãO Da Be   Eb 2,3 Dr. A.R.P.
Auto AvaliçãO Da Be Eb 2,3 Dr. A.R.P.
 
avaliacao_esffl_BE_2009-2010
avaliacao_esffl_BE_2009-2010avaliacao_esffl_BE_2009-2010
avaliacao_esffl_BE_2009-2010
 
Workshop Ppt
Workshop PptWorkshop Ppt
Workshop Ppt
 

Destaque

Portugal nos dias de hoje
Portugal nos dias de hojePortugal nos dias de hoje
Portugal nos dias de hojecruchinho
 
Palestra
PalestraPalestra
Palestratmocho
 
InstitutoNun'Alvres.BibliotecaGeral.Planodeatividades.2014.15
InstitutoNun'Alvres.BibliotecaGeral.Planodeatividades.2014.15InstitutoNun'Alvres.BibliotecaGeral.Planodeatividades.2014.15
InstitutoNun'Alvres.BibliotecaGeral.Planodeatividades.2014.15INAbiblioteca
 
Diagnostico biblioteca 20
Diagnostico biblioteca 20Diagnostico biblioteca 20
Diagnostico biblioteca 20ceumoco
 
Relatório diagnóstico
Relatório diagnósticoRelatório diagnóstico
Relatório diagnósticoRaissa Salum
 
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca EscolarRelatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca EscolarCarlos Pinheiro
 
Espelho da saúde oral
Espelho da saúde oralEspelho da saúde oral
Espelho da saúde oralcruchinho
 
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades.15.16
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades.15.16Biblioteca Geral.PlanodeAtividades.15.16
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades.15.16INAbiblioteca
 
João Manuel Ribeiro
João Manuel RibeiroJoão Manuel Ribeiro
João Manuel Ribeirocruchinho
 
Galileu Galilei - Paula Cardoso de Almeida
Galileu Galilei - Paula Cardoso de AlmeidaGalileu Galilei - Paula Cardoso de Almeida
Galileu Galilei - Paula Cardoso de Almeidacruchinho
 
A girafa que comia estrelas
A girafa que comia estrelasA girafa que comia estrelas
A girafa que comia estrelascruchinho
 
PAA HGP AESCD 2016.2017-História local-Sta. Comba Dão
PAA HGP AESCD 2016.2017-História local-Sta. Comba DãoPAA HGP AESCD 2016.2017-História local-Sta. Comba Dão
PAA HGP AESCD 2016.2017-História local-Sta. Comba Dãocruchinho
 
Amores de d. pedro e d. inês
Amores de d. pedro e d. inêsAmores de d. pedro e d. inês
Amores de d. pedro e d. inêscruchinho
 
Relatório anual -2010
Relatório anual -2010Relatório anual -2010
Relatório anual -2010jsaltmann
 
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011Fundação Victor Civita
 
Amores de D. Pedro e D. Inês
Amores de D. Pedro e D. InêsAmores de D. Pedro e D. Inês
Amores de D. Pedro e D. Inêscruchinho
 
GestãO OrganizaçãO Biblioteca Escolar Tema2
GestãO OrganizaçãO Biblioteca Escolar Tema2GestãO OrganizaçãO Biblioteca Escolar Tema2
GestãO OrganizaçãO Biblioteca Escolar Tema2guest6f8de4
 

Destaque (20)

Portugal nos dias de hoje
Portugal nos dias de hojePortugal nos dias de hoje
Portugal nos dias de hoje
 
Palestra
PalestraPalestra
Palestra
 
InstitutoNun'Alvres.BibliotecaGeral.Planodeatividades.2014.15
InstitutoNun'Alvres.BibliotecaGeral.Planodeatividades.2014.15InstitutoNun'Alvres.BibliotecaGeral.Planodeatividades.2014.15
InstitutoNun'Alvres.BibliotecaGeral.Planodeatividades.2014.15
 
Diagnostico biblioteca 20
Diagnostico biblioteca 20Diagnostico biblioteca 20
Diagnostico biblioteca 20
 
Relatório diagnóstico
Relatório diagnósticoRelatório diagnóstico
Relatório diagnóstico
 
Dispositivos móveis para aprender: o que é preciso saber?
Dispositivos móveis para aprender: o que é preciso saber?Dispositivos móveis para aprender: o que é preciso saber?
Dispositivos móveis para aprender: o que é preciso saber?
 
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca EscolarRelatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
 
Espelho da saúde oral
Espelho da saúde oralEspelho da saúde oral
Espelho da saúde oral
 
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades.15.16
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades.15.16Biblioteca Geral.PlanodeAtividades.15.16
Biblioteca Geral.PlanodeAtividades.15.16
 
João Manuel Ribeiro
João Manuel RibeiroJoão Manuel Ribeiro
João Manuel Ribeiro
 
Galileu Galilei - Paula Cardoso de Almeida
Galileu Galilei - Paula Cardoso de AlmeidaGalileu Galilei - Paula Cardoso de Almeida
Galileu Galilei - Paula Cardoso de Almeida
 
A girafa que comia estrelas
A girafa que comia estrelasA girafa que comia estrelas
A girafa que comia estrelas
 
PAA HGP AESCD 2016.2017-História local-Sta. Comba Dão
PAA HGP AESCD 2016.2017-História local-Sta. Comba DãoPAA HGP AESCD 2016.2017-História local-Sta. Comba Dão
PAA HGP AESCD 2016.2017-História local-Sta. Comba Dão
 
Amores de d. pedro e d. inês
Amores de d. pedro e d. inêsAmores de d. pedro e d. inês
Amores de d. pedro e d. inês
 
Relatório anual -2010
Relatório anual -2010Relatório anual -2010
Relatório anual -2010
 
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Coordenação Pedagógica - Prêmio Victor Civita 2011
 
Amores de D. Pedro e D. Inês
Amores de D. Pedro e D. InêsAmores de D. Pedro e D. Inês
Amores de D. Pedro e D. Inês
 
Aprendizagem por projetos: experiências de mobile learning
Aprendizagem por projetos: experiências de mobile learningAprendizagem por projetos: experiências de mobile learning
Aprendizagem por projetos: experiências de mobile learning
 
GestãO OrganizaçãO Biblioteca Escolar Tema2
GestãO OrganizaçãO Biblioteca Escolar Tema2GestãO OrganizaçãO Biblioteca Escolar Tema2
GestãO OrganizaçãO Biblioteca Escolar Tema2
 
Relatório de avaliação intermédia da Biblioteca Escolar
Relatório de avaliação intermédia da Biblioteca EscolarRelatório de avaliação intermédia da Biblioteca Escolar
Relatório de avaliação intermédia da Biblioteca Escolar
 

Semelhante a Doc1 calendário projetos_15-16

Bibliotecas Escolares - Orientacoes cibe outubro_2015
Bibliotecas Escolares - Orientacoes cibe outubro_2015Bibliotecas Escolares - Orientacoes cibe outubro_2015
Bibliotecas Escolares - Orientacoes cibe outubro_2015Ministério da Educação
 
Apresentação do projeto justificada
Apresentação do projeto   justificadaApresentação do projeto   justificada
Apresentação do projeto justificadaMaria Souza
 
Comunicado COPED 21 janeiro
Comunicado COPED 21 janeiroComunicado COPED 21 janeiro
Comunicado COPED 21 janeiroGelson Rocha
 
Pacto nacional pela alfabetiza+ç+âo 28-jan pnaic revisado
Pacto nacional pela alfabetiza+ç+âo   28-jan pnaic revisadoPacto nacional pela alfabetiza+ç+âo   28-jan pnaic revisado
Pacto nacional pela alfabetiza+ç+âo 28-jan pnaic revisadoHeloiza Moura
 
REA como política pública de educação
REA como política pública de educaçãoREA como política pública de educação
REA como política pública de educaçãoREA Brasil
 
Apresentação Projeto "A vida também se lê - Ler+jovem"
Apresentação Projeto "A vida também se lê - Ler+jovem"Apresentação Projeto "A vida também se lê - Ler+jovem"
Apresentação Projeto "A vida também se lê - Ler+jovem"beaescd
 
Apresentação - Projeto "A Vida também se lê - Ler+jovem"
Apresentação  - Projeto "A Vida também se lê - Ler+jovem"Apresentação  - Projeto "A Vida também se lê - Ler+jovem"
Apresentação - Projeto "A Vida também se lê - Ler+jovem"beaescd
 
Apresentação - Tempo de Aprender.pdf
Apresentação - Tempo de Aprender.pdfApresentação - Tempo de Aprender.pdf
Apresentação - Tempo de Aprender.pdfrosemeirebarbosa31
 
Projetos europeus no Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté - Portugal ecg
Projetos europeus no Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté - Portugal ecgProjetos europeus no Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté - Portugal ecg
Projetos europeus no Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté - Portugal ecgJoão Paulo Proença
 
Português como segunda língua ppt
Português como  segunda língua pptPortuguês como  segunda língua ppt
Português como segunda língua pptleoniocpi180
 
Projet RECIPE - Presentation at the III ciclo de conferências do convento dos...
Projet RECIPE - Presentation at the III ciclo de conferências do convento dos...Projet RECIPE - Presentation at the III ciclo de conferências do convento dos...
Projet RECIPE - Presentation at the III ciclo de conferências do convento dos...João Paulo Proença
 
Pacto apresentacao padrao_06_jul12_com_mapa
Pacto apresentacao padrao_06_jul12_com_mapaPacto apresentacao padrao_06_jul12_com_mapa
Pacto apresentacao padrao_06_jul12_com_mapaRosemary Batista
 
Tics na alfabetizacao_e_letramento_de_jovens
Tics na alfabetizacao_e_letramento_de_jovens Tics na alfabetizacao_e_letramento_de_jovens
Tics na alfabetizacao_e_letramento_de_jovens Bete Almeida
 

Semelhante a Doc1 calendário projetos_15-16 (20)

Bibliotecas Escolares - Orientacoes cibe outubro_2015
Bibliotecas Escolares - Orientacoes cibe outubro_2015Bibliotecas Escolares - Orientacoes cibe outubro_2015
Bibliotecas Escolares - Orientacoes cibe outubro_2015
 
LER + O MAR
LER + O MARLER + O MAR
LER + O MAR
 
Apresentação do projeto justificada
Apresentação do projeto   justificadaApresentação do projeto   justificada
Apresentação do projeto justificada
 
Ebook PPI
Ebook PPIEbook PPI
Ebook PPI
 
Comunicado COPED 21 janeiro
Comunicado COPED 21 janeiroComunicado COPED 21 janeiro
Comunicado COPED 21 janeiro
 
Pacto nacional pela alfabetiza+ç+âo 28-jan pnaic revisado
Pacto nacional pela alfabetiza+ç+âo   28-jan pnaic revisadoPacto nacional pela alfabetiza+ç+âo   28-jan pnaic revisado
Pacto nacional pela alfabetiza+ç+âo 28-jan pnaic revisado
 
REA como política pública de educação
REA como política pública de educaçãoREA como política pública de educação
REA como política pública de educação
 
Apresentação Projeto "A vida também se lê - Ler+jovem"
Apresentação Projeto "A vida também se lê - Ler+jovem"Apresentação Projeto "A vida também se lê - Ler+jovem"
Apresentação Projeto "A vida também se lê - Ler+jovem"
 
Apresentação - Projeto "A Vida também se lê - Ler+jovem"
Apresentação  - Projeto "A Vida também se lê - Ler+jovem"Apresentação  - Projeto "A Vida também se lê - Ler+jovem"
Apresentação - Projeto "A Vida também se lê - Ler+jovem"
 
Apresentação - Tempo de Aprender.pdf
Apresentação - Tempo de Aprender.pdfApresentação - Tempo de Aprender.pdf
Apresentação - Tempo de Aprender.pdf
 
Projetos europeus no Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté - Portugal ecg
Projetos europeus no Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté - Portugal ecgProjetos europeus no Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté - Portugal ecg
Projetos europeus no Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté - Portugal ecg
 
Informacoes CIBE_rbe novembro_2015
Informacoes CIBE_rbe novembro_2015Informacoes CIBE_rbe novembro_2015
Informacoes CIBE_rbe novembro_2015
 
Português como segunda língua ppt
Português como  segunda língua pptPortuguês como  segunda língua ppt
Português como segunda língua ppt
 
Projet RECIPE - Presentation at the III ciclo de conferências do convento dos...
Projet RECIPE - Presentation at the III ciclo de conferências do convento dos...Projet RECIPE - Presentation at the III ciclo de conferências do convento dos...
Projet RECIPE - Presentation at the III ciclo de conferências do convento dos...
 
Pacto apresentacao padrao_06_jul12_com_mapa
Pacto apresentacao padrao_06_jul12_com_mapaPacto apresentacao padrao_06_jul12_com_mapa
Pacto apresentacao padrao_06_jul12_com_mapa
 
Apresentação pacto brasil
Apresentação pacto brasilApresentação pacto brasil
Apresentação pacto brasil
 
Tics na alfabetizacao_e_letramento_de_jovens
Tics na alfabetizacao_e_letramento_de_jovens Tics na alfabetizacao_e_letramento_de_jovens
Tics na alfabetizacao_e_letramento_de_jovens
 
Pnaic caderno
Pnaic cadernoPnaic caderno
Pnaic caderno
 
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca EscolarPlano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
 
Learningshift divulgacao fevereiro 2019 - workshops
Learningshift divulgacao fevereiro 2019 - workshopsLearningshift divulgacao fevereiro 2019 - workshops
Learningshift divulgacao fevereiro 2019 - workshops
 

Mais de Ministério da Educação

Mais de Ministério da Educação (11)

Breve tutorial Educaplay
Breve tutorial EducaplayBreve tutorial Educaplay
Breve tutorial Educaplay
 
Educaplay geral
Educaplay geralEducaplay geral
Educaplay geral
 
Biblioteca(s) - Trilhando caminhos.com ciência (S)
Biblioteca(s) - Trilhando caminhos.com ciência (S)Biblioteca(s) - Trilhando caminhos.com ciência (S)
Biblioteca(s) - Trilhando caminhos.com ciência (S)
 
2017 18 informacoes_cibe_rbe_setembro
2017 18 informacoes_cibe_rbe_setembro2017 18 informacoes_cibe_rbe_setembro
2017 18 informacoes_cibe_rbe_setembro
 
2015 marco reuniao_interconcelhia_final_final
2015 marco reuniao_interconcelhia_final_final2015 marco reuniao_interconcelhia_final_final
2015 marco reuniao_interconcelhia_final_final
 
Soltar a língua - as bibliotecas escolares e a aprendizagem da língua
Soltar a língua - as bibliotecas escolares e a aprendizagem da línguaSoltar a língua - as bibliotecas escolares e a aprendizagem da língua
Soltar a língua - as bibliotecas escolares e a aprendizagem da língua
 
2013 14 prioridades-rbe_bibliotecas
2013 14 prioridades-rbe_bibliotecas2013 14 prioridades-rbe_bibliotecas
2013 14 prioridades-rbe_bibliotecas
 
Conhecer cidade
Conhecer cidadeConhecer cidade
Conhecer cidade
 
Escolas voluntariado leitura_sintese_janeiro2013
Escolas voluntariado  leitura_sintese_janeiro2013Escolas voluntariado  leitura_sintese_janeiro2013
Escolas voluntariado leitura_sintese_janeiro2013
 
A Biblioteca como centro de aprendizagem
A Biblioteca como centro de aprendizagemA Biblioteca como centro de aprendizagem
A Biblioteca como centro de aprendizagem
 
O papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informação
O papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informaçãoO papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informação
O papel da Escola e da BE no contexto da sociedade da informação
 

Último

ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIAHisrelBlog
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdfJanielleCristina1
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfCuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfsuplementocultural1
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdfCuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
Cuidados Essenciais para um Cachorro Feliz e Saudável-e-book-sc.pdf
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 

Doc1 calendário projetos_15-16

  • 1. Helena Duque – Coordenadora Interconcelhia: Rede Bibliotecas Escolares – 2015-2016 Projetos para 2015-16 – candidaturas - sistematização 1 No arranque do ano letivo 2015-2016 encontram-se abertas candidaturas para as escolas/agrupamentos, ainda não integradas nos seguintes projetos: Projeto Destinatários Calendarização Projeto Ler+ Mar 3ª edição Parceria - Plano Nacional de Leitura (PNL) com a Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental (EMEPC) e com a Aporvela Para todos os agrupamentos ou escolas não agrupadas, do ensino básico e do ensino secundário, expecto aos/às que já integraram o Projeto em edições anteriores Criar projetos originais em que se articule a leitura com diversas áreas do saber relacionadas com o MAR Projeto para biénio 2015-17 Até 30 de setembro de 2015 - Apresentação das candidaturas (no SIPNL - Sistema de Informação do Plano Nacional de Leitura) · Ver calendário - http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/escolas/ Projeto Leituras d’Oriente e d’Ocidente 2014-15 Parceria entre o Plano Nacional de Leitura (PNL) e a Fundação Oriente Museu Agrupamentos ou escolas não agrupadas) dos ensinos básico e secundário A equipa dinamizadora não poderá ser constituída por mais de trinta e cinco elementos (alunos e docentes ou outros técnicos ligados à educação). Até 30 de setembro de 2015 - Apresentação das candidaturas (no SIPNL - Sistema de Informação do Plano Nacional de Leitura) · Informações em PNL http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/escolas/ Ler+ jovem |4ª Edição Parceria: Plano Nacional de Leitura e Rede de Bibliotecas Escolares Dirige-se a todas as escolas ou agrupamentos que não integraram já as edições anteriores Alunos do Ensino Secundário e população Sénior Projeto para biénio 2015-17 (seguindo as orientações fornecidas) Até ao dia 9 de outubro de 2015 - a candidatura ao Projeto deverá ser apresentada em formulário disponibilizado no SIPNL (Sistema de Informação do Plano Nacional de Leitura) Esta informação não exclui a consulta do Portal RBE e do PNL (08 de setembro de 2015)