Prof. Albano Novaes - Reino   1
           Animal
Prof. Albano Novaes - Reino   2
           Animal
Conhecem-se cerca de um milhão de
   espécies de animais viventes e
 espécies novas são constantemente
  descobertas. Algu...
Para maior facilidade de estudo e
para indicar as afinidades entre os
diferentes tipos, o Reino Animal é
dividido em diver...
Cada tipo de animal exige certas
      condições para viver,
determinadas por sua estrutura
   e por suas necessidades de
...
Cada espécie animal é influenciada pelo meio
    físico e pelas plantas e outros animais que
           constituem seu mei...
Os animais diferem grandemente em
      seus hábitos alimentares.
Alguns insetos alimentam-se dos tecidos
ou sucos de uma ...
Os animais necessitam, como
alimento, de substâncias orgânicas
complexas obtidas pela ingestão de
   plantas ou de outros ...
O gás oxigênio (O2) geralmente é
    necessário à respiração.
    Os produtos finais do
       metabolismo são,
  principa...
Os animais conforme o seu padrão
     nutricional, isto é, o tipo de
alimentação, podem ser diferenciados
         em três...
Os animais herbívoros são
    aqueles que se alimentam
   exclusivamente de plantas.
  Como por exemplo: o gado, os
 elefa...
Os animais carnívoros são
 aqueles que se alimentam de
 outros animais, ou seja, das
   vísceras ou de tecidos de
        ...
Os animais onívoros são
 aqueles que se alimentam de
 plantas e de outros animais.
Por exemplo: o urso, o homem,
        o...
O Reino Animal reúne organismos
     heterótrofos, multicelulares
 (pluricelulares) que possuem tecidos
       corporais b...
A evolução dos animais foi fortemente
marcada por sua estratégia alimentar,
         que é heterotrófica.
     Desenvolver...
Durante a evolução dos animais ocorreu
grande aumento da complexidade corporal,
surgindo sistemas de órgãos especializados...
De acordo com a organização
básica do corpo, os animais são
classificados em mais de 35 filos
   (grupos), que em função d...
Os filos (grupos) menores são
representados por poucas espécies,
sem grande importância direta ou
   aparente para o homem...
Os filos (grupos) maiores são
aqueles que apresentam em torno
      de 4 a 5 mil espécies.
   Possuem larga distribuição
g...
A divisão do Reino Animal em
“vertebrados” e “invertebrados” é
 artificial e reflete uma tendência
humana histórica em fav...
A artificialidade do conceito de invertebrado
   fica especialmente manifesta quando se
 considera a vasta e heterogênea r...
Leia com muita atenção e
   procure entender a
 classificação do Reino
Animal, mais utilizada....



        Prof. Albano ...
É imensa a variação no
tamanho, na diversidade e na
adaptação a diferentes modos
de existência entre os animais.




     ...
Assim, para facilitar o estudo
   sobre o Reino Animal,
agrupa-se, preferencialmente,
    nos seguintes grupos:




      ...
Os principais grupos ou FILOS do
       Reino Animal, são:
    Poríferos ou Espongiários,
   Cnidários ou Celenterados,
  ...
A partir dos próximos
 slides, estudaremos um
      pouco sobre as
características principais
de cada grupo (FILO) do
    ...
Filo dos Poríferos ou Espongiários




           Prof. Albano Novaes - Reino   27
                      Animal
Os Poríferos são animais
 multicelulares, mas em um sentido
     mais estrito, não possuem
verdadeiros tecidos, por isso t...
São exclusivamente aquáticos,
predominantemente marinhos, mas
existem espécies que vivem em água
               doce.
 Os ...
As esponjas podem ser encontradas desde as
      regiões mais rasas das praias até
 profundidades de aproximadamente 6 mil...
O corpo de um porífero possui células
 que apresentam uma certa divisão de
 atividades. Algumas dessas células são
   orga...
O esqueleto das esponjas é
   formado por diversos tipos de
substâncias. Entre elas, destacam-
  se as espículas de calcár...
Células que
formam o corpo
 dos poríferos.




            Prof. Albano Novaes - Reino   33
                       Animal
Células que
formam o corpo
 dos poríferos.




            Prof. Albano Novaes - Reino   34
                       Animal
A reprodução dos poríferos pode ser
  agâmica (assexuada) ou gâmica
            (sexuada).
A reprodução assexuada, ocorre,...
Na reprodução sexuada (gâmica), os
 espermatozóides (gametas masculinos)
quando maduros, saem pelo ósculo, junto
 com a co...
Reprodução
   sexuada
(gâmica) das
  esponjas.




           Prof. Albano Novaes - Reino   37
                      Animal
Cnidários ou Celenterados




       Prof. Albano Novaes - Reino   38
                  Animal
Os Cnidários ou Celenterados, são animais que
 possuem células urticantes, os cnidoblastos.
É o primeiro grupo a apresenta...
Os cnidários podem apresentar-se sob duas
        formas: pólipo ou medusas.
  O corpo dos cnidários possui uma única
  ab...
A figura ao lado
        está
representando um
cnidoblasto, isto é,
 a célula urticante
   dos cnidários.




            ...
A figura ao
     lado
representa a
morfologia de
um cnidário
  (pólipo).




           Prof. Albano Novaes - Reino   42
 ...
Observe,
 também este
exemplo sobre
 a morfologia
 de um pólipo
   e de uma
   medusa.



            Prof. Albano Novaes ...
A reprodução dos cnidários ou celenterados pode
 ser agâmica (assexuada) ou gâmica (sexuada).
A reprodução assexuada, ocor...
Na reprodução sexuada (gâmica), os
 espermatozóides (gametas masculinos) são
   liberados na água e nadam em busca de
game...
Os cnidários ou celenterados
 dividem-se em três classes:
Hidrozoários, Cifozoários e
       Antozoários.




         Pro...
Hidrozoários, representados pelas
       hidras e caravelas.
Cifozoários, representados pelas
          águas-vivas.
Antoz...
A figura ao
    lado
 representa
 um tipo de
reprodução
sexuada dos
 cnidários.



              Prof. Albano Novaes - Rei...
Águas-vivas
ou Medusas




              Prof. Albano Novaes - Reino   49
                         Animal
Água-viva:
 caravela.




             Prof. Albano Novaes - Reino   50
                        Animal
Anêmona-do-mar




             Prof. Albano Novaes - Reino   51
                        Animal
Hidra




        Prof. Albano Novaes - Reino   52
                   Animal
Corais




         Prof. Albano Novaes - Reino   53
                    Animal
Prof. Albano Novaes - Reino   54
           Animal
Os platelmintos são animais que possuem o
       corpo geralmente achatado.
  Medindo desde alguns milímetros até
    algu...
Os platelmintos dividem-se
     em três classes: os
Trematódeos, os Turbelários e
        os Cestódeos.




         Prof....
Os Turbelários estão representados pelas
                planárias.
 Os Trematódeos estão representados pelo
  esquistosso...
Esta figura
representa um casal
 de esquistossomo.




             Prof. Albano Novaes - Reino   58
                     ...
Esta figura
representa um
 turbelário: a
   planária.




            Prof. Albano Novaes - Reino   59
                   ...
Na figura ao
 lado, observe
os exemplos de
tênias, também
 chamadas de
   solitárias.




            Prof. Albano Novaes ...
Prof. Albano Novaes - Reino   61
           Animal
Prof. Albano Novaes - Reino   62
           Animal
Os nematelmintos ou nematódeos
  são animais que possuem o corpo
cilíndrico e afilado nas extremidades.
  Muitas espécies ...
Os nematelmintos, ao contrário dos
      platelmintos, apresentam tubo
 digestório completo, com boca e ânus.
      Normal...
Os principais exemplos são: a
        lombriga (Ascaris
  lumbricoides), o ancilostómo
   (Ancylostoma duodenale), a
filár...
Prof. Albano Novaes - Reino   66
           Animal
Os anelídeos compreendem cerca de
15 mil espécies, com representantes
 que vivem no solo úmido, na água
doce e na água sal...
São animais triblásticos, celomados,
 com o corpo segmentado (em anéis ou
  metâmeros). A superfície do corpo é
   revesti...
Nos poliquetos essas cerdas são numerosas e
    desenvolvidas e estão implantadas em
      expansões laterais, os parapódi...
Os anelídeos dividem-se em
três classes: os Oligoquetos,
      os Poliquetos e os
         Hirudíneos.




       Prof. Al...
Os Oligoquetos, são os animais anelídeos
    que possuem poucas cerdas, estão
      representados pela minhoca.
Os Polique...
Figura
exemplificando
um hirudíneo:
a sanguessuga.




            Prof. Albano Novaes - Reino   72
                      ...
Figura
exemplificando
 um poliqueto:
    nereis.




            Prof. Albano Novaes - Reino   73
                       A...
Figura
exemplificando
um oligoqueto:
   minhoca.




            Prof. Albano Novaes - Reino   74
                       A...
Prof. Albano Novaes - Reino   75
           Animal
Os moluscos são animais que possuem o
       “corpo mole”. São animais,
    basicamente, marinhos; algumas
espécies são te...
O tubo digestório é completo e, em
muitos moluscos, a boca apresenta uma
estrutura semelhante a uma língua com
pequenos “d...
Os moluscos dividem-se
    em cinco classes: os
Bivalves, os Gastrópodes, os
      Cefalópodes, os
     Escafópodes e os
 ...
Os Bivalves estão representados
   pelas ostras e mexilhões, são
   aquáticos; possuem a concha
 dividida em duas valvas; ...
Os Gastrópodes estão representados
 pelos caramujos, lesmas e caracóis; o
 nome deve-se ao fato de o pé situar-se
  na reg...
Os Cefalópodes estão representados
    pelos polvos, lulas, as sépias e o
náutilus; são aquáticos, deslocam-se por
propuls...
Os Escafópodes estão representados
    pelos “dentálios” (Dentallium),
  aquáticos, possuem uma concha em
            form...
Moluscos
Bivalves.




            Prof. Albano Novaes - Reino   83
                       Animal
Moluscos
Cefalópode:
 náutilus.




              Prof. Albano Novaes - Reino   84
                         Animal
Moluscos
Gastrópode:
 caramujo




              Prof. Albano Novaes - Reino   85
                         Animal
Moluscos
Cefalópode:
  polvo.




              Prof. Albano Novaes - Reino   86
                         Animal
Moluscos
Cefalópode:
   lula.




              Prof. Albano Novaes - Reino   87
                         Animal
Prof. Albano Novaes - Reino   88
           Animal
Os artrópodes formam um dos
mais numerosos e diversificados
   grupos de animais: há mais
espécies de artrópodes que todos...
Tradicionalmente, o filo do
artrópodes era dividido em
   cinco classes: Insetos,
  Crustáceos, Aracnídeos,
 Quilópodes e ...
Hoje se considera que os crustáceos formam um
    filo separado, o Crustacea; os aracnídeos
      formam uma classe do fil...
Exemplo de
aracnídeos:
 escorpião.




              Prof. Albano Novaes - Reino   92
                         Animal
Exemplo de
aracnídeos:
 escorpião.




              Prof. Albano Novaes - Reino   93
                         Animal
Exemplo de
aracnídeos:
  aranha.




              Prof. Albano Novaes - Reino   94
                         Animal
Exemplo de
aracnídeos:
  aranha.




              Prof. Albano Novaes - Reino   95
                         Animal
Exemplo de
aracnídeos:
  aranha.




              Prof. Albano Novaes - Reino   96
                         Animal
Exemplo de
aracnídeos:
  aranha.




              Prof. Albano Novaes - Reino   97
                         Animal
Exemplo de
aracnídeos:
  acarina.




              Prof. Albano Novaes - Reino   98
                         Animal
Exemplo de
crustáceo:
 lagosta.




             Prof. Albano Novaes - Reino   99
                        Animal
Exemplo de
 crustáceo:
caranguejo.




              Prof. Albano Novaes - Reino   100
                         Animal
Exemplo de
  insetos:
 formigas.




             Prof. Albano Novaes - Reino   101
                        Animal
Exemplo de
 insetos:
  barata.




             Prof. Albano Novaes - Reino   102
                        Animal
Exemplo de
  insetos:
 percevejo.




              Prof. Albano Novaes - Reino   103
                         Animal
Exemplo de
 insetos:
bicho-pau.




             Prof. Albano Novaes - Reino   104
                        Animal
Exemplo de
 insetos:




             Prof. Albano Novaes - Reino   105
                        Animal
Exemplo de insetos:
coleópteros – besouros.




               Prof. Albano Novaes - Reino   106
                         ...
Exemplo de insetos:
coleópteros – besouros.




             Prof. Albano Novaes - Reino   107
                        Ani...
Exemplo de
insetos: cigarra.




            Prof. Albano Novaes - Reino   108
                       Animal
Exemplo de
  insetos:
 gafanhoto




             Prof. Albano Novaes - Reino   109
                        Animal
Exemplo de
  insetos:
 gafanhoto




             Prof. Albano Novaes - Reino   110
                        Animal
Exemplo de
 insetos:
 libélula.




             Prof. Albano Novaes - Reino   111
                        Animal
Exemplo de
 insetos:
mariposa..




             Prof. Albano Novaes - Reino   112
                        Animal
Exemplo de
 insetos:
 lagarta.




             Prof. Albano Novaes - Reino   113
                        Animal
Exemplo de
 insetos:
  casulo.




             Prof. Albano Novaes - Reino   114
                        Animal
Exemplo de
 insetos:
  môsca.




             Prof. Albano Novaes - Reino   115
                        Animal
Exemplo de
 insetos:
  piolho.




             Prof. Albano Novaes - Reino   116
                        Animal
Exemplo de
quilópodo:
  lacraia.




             Prof. Albano Novaes - Reino   117
                        Animal
Exemplo de
diplópodo:
 gongolo.




             Prof. Albano Novaes - Reino   118
                        Animal
Exemplo de
insetos: larva
 de mosca –
    berne.




                 Prof. Albano Novaes - Reino   119
                  ...
Prof. Albano Novaes - Reino   120
           Animal
Os equinodermas são animais marinhos e de
 vida livre. O nome desse grupo decorre da
      presença de espinhos na pele. S...
Esses animais apresentam um sistema
        ambulacrário (aquífero ou
     hidrovascular), formado por um
  sistema de can...
O tubo digestório é completo.
Os sexos são separados e a fecundação é
externa, com desenvolvimento indireto.
 Os equinoder...
Os Asteróides estão representados pelas
           estrelas-do-mar.
Os Equinóides estão representados pelos
  ouriços-do-m...
Os Holoturóides estão representados
 pelos pepinos-do-mar ou holotúrias.
Os Crinóides estão representados pelos
          ...
Exemplo de
 equinoderma:
serpente-do-mar
   ou ofiúro.




            Prof. Albano Novaes - Reino   126
                 ...
Exemplo de
 equinoderma:
estrela-do-mar.




            Prof. Albano Novaes - Reino   127
                       Animal
Exemplo de
equinoderma:
ouriço-do-mar.




           Prof. Albano Novaes - Reino   128
                      Animal
Exemplo de
equinoderma:
pepino-do-mar
 ou holotúria.




           Prof. Albano Novaes - Reino   129
                    ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A.Apres.Reino.Animal.Ppoint

7.279 visualizações

Publicada em

Resumo sobre os animais invertebrados.

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
187
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A.Apres.Reino.Animal.Ppoint

  1. 1. Prof. Albano Novaes - Reino 1 Animal
  2. 2. Prof. Albano Novaes - Reino 2 Animal
  3. 3. Conhecem-se cerca de um milhão de espécies de animais viventes e espécies novas são constantemente descobertas. Algumas são muito abundantes, outras ocorrem em número moderado e outras, ainda, são raras. Prof. Albano Novaes - Reino 3 Animal
  4. 4. Para maior facilidade de estudo e para indicar as afinidades entre os diferentes tipos, o Reino Animal é dividido em diversos grupamentos, pequenos e grandes. Prof. Albano Novaes - Reino 4 Animal
  5. 5. Cada tipo de animal exige certas condições para viver, determinadas por sua estrutura e por suas necessidades de alimento, abrigo e para a reprodução. Prof. Albano Novaes - Reino 5 Animal
  6. 6. Cada espécie animal é influenciada pelo meio físico e pelas plantas e outros animais que constituem seu meio biológico. A maioria dos animais é afligida por “inimigos”, doenças e competidores. A soma total dessas interações forma “a rede da vida” ou “equilíbrio da natureza”, um complexo dinâmico de forças físicas e biológicas que atua sobre todos os organismos, inclusive o homem. Prof. Albano Novaes - Reino 6 Animal
  7. 7. Os animais diferem grandemente em seus hábitos alimentares. Alguns insetos alimentam-se dos tecidos ou sucos de uma única espécie de planta ou do sangue de uma só espécie de animal, mas a maioria dos animais utiliza-se de alguns ou de muitos tipos de alimentos. Prof. Albano Novaes - Reino 7 Animal
  8. 8. Os animais necessitam, como alimento, de substâncias orgânicas complexas obtidas pela ingestão de plantas ou de outros animais. O alimento é decomposto (digerido) e reorganizado quimicamente no interior do corpo. Prof. Albano Novaes - Reino 8 Animal
  9. 9. O gás oxigênio (O2) geralmente é necessário à respiração. Os produtos finais do metabolismo são, principalmente, dióxido de carbono (gás carbônico – CO2), água (H2O) e uréia (NH2)CO. Prof. Albano Novaes - Reino 9 Animal
  10. 10. Os animais conforme o seu padrão nutricional, isto é, o tipo de alimentação, podem ser diferenciados em três categorias: Os animais herbívoros; Os animais carnívoros; e Os animais onívoros. Prof. Albano Novaes - Reino 10 Animal
  11. 11. Os animais herbívoros são aqueles que se alimentam exclusivamente de plantas. Como por exemplo: o gado, os elefantes, os veados, os eqüinos, os caprinos, as ovelhas, os coelhos e etc. Prof. Albano Novaes - Reino 11 Animal
  12. 12. Os animais carnívoros são aqueles que se alimentam de outros animais, ou seja, das vísceras ou de tecidos de animais. Como exemplo, temos: os gatos, os tubarões, os leões e etc. Prof. Albano Novaes - Reino 12 Animal
  13. 13. Os animais onívoros são aqueles que se alimentam de plantas e de outros animais. Por exemplo: o urso, o homem, os ratos e etc. Prof. Albano Novaes - Reino 13 Animal
  14. 14. O Reino Animal reúne organismos heterótrofos, multicelulares (pluricelulares) que possuem tecidos corporais bem definidos. A origem dos animais é ainda obscura, porém tudo indica que eles surgiram a partir de primitivos “protozoários coloniais”, provavelmente flagelados. Prof. Albano Novaes - Reino 14 Animal
  15. 15. A evolução dos animais foi fortemente marcada por sua estratégia alimentar, que é heterotrófica. Desenvolveram-se estruturas corporais especializadas em localizar e capturar alimento e também um sistema nervoso que coordenava essas e outras atividades. Prof. Albano Novaes - Reino 15 Animal
  16. 16. Durante a evolução dos animais ocorreu grande aumento da complexidade corporal, surgindo sistemas de órgãos especializados na digestão, na reprodução, na excreção e na respiração, entre outros. A presença e estrutura desses órgãos e sistemas variam nas diferentes espécies, constituindo um dos principais critérios para a classificação do reino animal. Prof. Albano Novaes - Reino 16 Animal
  17. 17. De acordo com a organização básica do corpo, os animais são classificados em mais de 35 filos (grupos), que em função do número de suas espécies podem agrupadas em filos maiores e filos menores. Prof. Albano Novaes - Reino 17 Animal
  18. 18. Os filos (grupos) menores são representados por poucas espécies, sem grande importância direta ou aparente para o homem, mas certamente com um papel ecológico bem definido no ambiente em que vivem. Prof. Albano Novaes - Reino 18 Animal
  19. 19. Os filos (grupos) maiores são aqueles que apresentam em torno de 4 a 5 mil espécies. Possuem larga distribuição geográfica, populações numerosas e estão relacionados ao homem sob os mais diferentes aspectos. Prof. Albano Novaes - Reino 19 Animal
  20. 20. A divisão do Reino Animal em “vertebrados” e “invertebrados” é artificial e reflete uma tendência humana histórica em favor de seus próprios semelhantes. Uma característica de um único subfilo (subgrupo) animal é usada como base para separar todo o Reino Animal em dois grupos. Prof. Albano Novaes - Reino 20 Animal
  21. 21. A artificialidade do conceito de invertebrado fica especialmente manifesta quando se considera a vasta e heterogênea reunião de grupos que são amontoados nesta categoria. Não há uma característica positiva comum a todos os invertebrados. É imensa a variação no tamanho, na diversidade e na adaptação a diferentes modos de existência. Prof. Albano Novaes - Reino 21 Animal
  22. 22. Leia com muita atenção e procure entender a classificação do Reino Animal, mais utilizada.... Prof. Albano Novaes - Reino 22 Animal
  23. 23. É imensa a variação no tamanho, na diversidade e na adaptação a diferentes modos de existência entre os animais. Prof. Albano Novaes - Reino 23 Animal
  24. 24. Assim, para facilitar o estudo sobre o Reino Animal, agrupa-se, preferencialmente, nos seguintes grupos: Prof. Albano Novaes - Reino 24 Animal
  25. 25. Os principais grupos ou FILOS do Reino Animal, são: Poríferos ou Espongiários, Cnidários ou Celenterados, Platelmintos, Nematódeos ou Nematelmintos, Anelídeos, Moluscos, Artrópodes, Equinodermas e Cordados. Prof. Albano Novaes - Reino 25 Animal
  26. 26. A partir dos próximos slides, estudaremos um pouco sobre as características principais de cada grupo (FILO) do Reino Animal. Prof. Albano Novaes - Reino 26 Animal
  27. 27. Filo dos Poríferos ou Espongiários Prof. Albano Novaes - Reino 27 Animal
  28. 28. Os Poríferos são animais multicelulares, mas em um sentido mais estrito, não possuem verdadeiros tecidos, por isso também não possuem órgãos e sistemas. Externamente a inúmeros poros para a entrada de água. Prof. Albano Novaes - Reino 28 Animal
  29. 29. São exclusivamente aquáticos, predominantemente marinhos, mas existem espécies que vivem em água doce. Os poríferos vivem fixos a rochas ou outras estruturas submersas, como conchas, onde podem formar colônias de coloração variada. Prof. Albano Novaes - Reino 29 Animal
  30. 30. As esponjas podem ser encontradas desde as regiões mais rasas das praias até profundidades de aproximadamente 6 mil metros. Alimentam-se de restos orgânicos ou de micro-organismos que capturam filtrando a água que penetra em seu corpo. Por sua vez, servem de alimento para algumas espécies de animais, como certos moluscos, ouriço-do-mar, estrelas-do-mar, peixes e tartarugas. Prof. Albano Novaes - Reino 30 Animal
  31. 31. O corpo de um porífero possui células que apresentam uma certa divisão de atividades. Algumas dessas células são organizadas que formam pequenos orifícios, denominados poros, em todo o corpo do animal. Internamente, a parede do corpo é revestida por células chamadas de coanócitos. Prof. Albano Novaes - Reino 31 Animal
  32. 32. O esqueleto das esponjas é formado por diversos tipos de substâncias. Entre elas, destacam- se as espículas de calcário ou de sílica, com formas variadas, e uma rede de proteína denominada de espongina. Prof. Albano Novaes - Reino 32 Animal
  33. 33. Células que formam o corpo dos poríferos. Prof. Albano Novaes - Reino 33 Animal
  34. 34. Células que formam o corpo dos poríferos. Prof. Albano Novaes - Reino 34 Animal
  35. 35. A reprodução dos poríferos pode ser agâmica (assexuada) ou gâmica (sexuada). A reprodução assexuada, ocorre, por exemplo, por brotamento. Neste caso, formam-se brotos, que podem se separar do corpo do animal e dar origem a novas esponjas. Prof. Albano Novaes - Reino 35 Animal
  36. 36. Na reprodução sexuada (gâmica), os espermatozóides (gametas masculinos) quando maduros, saem pelo ósculo, junto com a corrente de água, e penetram em outra esponja, onde um deles fecunda um óvulo (gameta feminino). Após a fecundação, que é interna, forma-se uma célula-ovo, originando o zigoto, que se desenvolve e forma uma larva. Prof. Albano Novaes - Reino 36 Animal
  37. 37. Reprodução sexuada (gâmica) das esponjas. Prof. Albano Novaes - Reino 37 Animal
  38. 38. Cnidários ou Celenterados Prof. Albano Novaes - Reino 38 Animal
  39. 39. Os Cnidários ou Celenterados, são animais que possuem células urticantes, os cnidoblastos. É o primeiro grupo a apresentar uma cavidade digestiva. Podem ser pólipos ou medusas, podem viver isolados ou constituindo colônias. Os principais representantes são: as hidras, os corais, as anêmonas e as águas-vivas. Prof. Albano Novaes - Reino 39 Animal
  40. 40. Os cnidários podem apresentar-se sob duas formas: pólipo ou medusas. O corpo dos cnidários possui uma única abertura – a boca. Essa abertura fica em contato com uma cavidade denominada de cavidade digestiva. A parede do corpo é revestida externamente pela epiderme. Algumas célula epidérmicas apresentam-se modificadas: são os cnidócitos. Prof. Albano Novaes - Reino 40 Animal
  41. 41. A figura ao lado está representando um cnidoblasto, isto é, a célula urticante dos cnidários. Prof. Albano Novaes - Reino 41 Animal
  42. 42. A figura ao lado representa a morfologia de um cnidário (pólipo). Prof. Albano Novaes - Reino 42 Animal
  43. 43. Observe, também este exemplo sobre a morfologia de um pólipo e de uma medusa. Prof. Albano Novaes - Reino 43 Animal
  44. 44. A reprodução dos cnidários ou celenterados pode ser agâmica (assexuada) ou gâmica (sexuada). A reprodução assexuada, ocorre, geralmente por brotamento. Neste caso, formam-se brotos em certas regiões do corpo do animal; cada broto se desenvolve e origina um novo indivíduo. Esse novo animal, pode se manter unido ao indivíduo que o originou, formando colônias, ou se destacar e apresentar vida independente. Prof. Albano Novaes - Reino 44 Animal
  45. 45. Na reprodução sexuada (gâmica), os espermatozóides (gametas masculinos) são liberados na água e nadam em busca de gametas femininos (óvulos). Dependendo da espécie, o óvulo pode também ser liberado na água ou permanecer aderido na superfície do corpo do animal em que foi produzido. Após a fecundação do óvulo. O zigoto formado se desenvolve e origina um embrião. Prof. Albano Novaes - Reino 45 Animal
  46. 46. Os cnidários ou celenterados dividem-se em três classes: Hidrozoários, Cifozoários e Antozoários. Prof. Albano Novaes - Reino 46 Animal
  47. 47. Hidrozoários, representados pelas hidras e caravelas. Cifozoários, representados pelas águas-vivas. Antozoários, representados pelas anêmonas-do-mar e pelos corais. Prof. Albano Novaes - Reino 47 Animal
  48. 48. A figura ao lado representa um tipo de reprodução sexuada dos cnidários. Prof. Albano Novaes - Reino 48 Animal
  49. 49. Águas-vivas ou Medusas Prof. Albano Novaes - Reino 49 Animal
  50. 50. Água-viva: caravela. Prof. Albano Novaes - Reino 50 Animal
  51. 51. Anêmona-do-mar Prof. Albano Novaes - Reino 51 Animal
  52. 52. Hidra Prof. Albano Novaes - Reino 52 Animal
  53. 53. Corais Prof. Albano Novaes - Reino 53 Animal
  54. 54. Prof. Albano Novaes - Reino 54 Animal
  55. 55. Os platelmintos são animais que possuem o corpo geralmente achatado. Medindo desde alguns milímetros até alguns metros de comprimento, os platelmintos possuem tubo digestório incompleto, ou seja, têm apenas uma abertura – a boca -, por onde ingerem alimentos e eliminam as fezes; portanto, não apresentam ânus. Prof. Albano Novaes - Reino 55 Animal
  56. 56. Os platelmintos dividem-se em três classes: os Trematódeos, os Turbelários e os Cestódeos. Prof. Albano Novaes - Reino 56 Animal
  57. 57. Os Turbelários estão representados pelas planárias. Os Trematódeos estão representados pelo esquistossomo (Schistosoma mansoni) e pela fascíola (Fasciola hepatica). os Cestódeos estão representados pelas solitárias ou tênias (Taenia solium e Taenia saginata). Prof. Albano Novaes - Reino 57 Animal
  58. 58. Esta figura representa um casal de esquistossomo. Prof. Albano Novaes - Reino 58 Animal
  59. 59. Esta figura representa um turbelário: a planária. Prof. Albano Novaes - Reino 59 Animal
  60. 60. Na figura ao lado, observe os exemplos de tênias, também chamadas de solitárias. Prof. Albano Novaes - Reino 60 Animal
  61. 61. Prof. Albano Novaes - Reino 61 Animal
  62. 62. Prof. Albano Novaes - Reino 62 Animal
  63. 63. Os nematelmintos ou nematódeos são animais que possuem o corpo cilíndrico e afilado nas extremidades. Muitas espécies são de vida livre e vivem em ambiente aquático ou terrestre; outras são parasitas de plantas e de animais. Prof. Albano Novaes - Reino 63 Animal
  64. 64. Os nematelmintos, ao contrário dos platelmintos, apresentam tubo digestório completo, com boca e ânus. Normalmente, possuem sexos separados, e as diferenças entre o macho e a fêmea podem ser bem nítidas. De modo geral, o macho é menor do que a fêmea e sua extremidade possui forma de gancho. Prof. Albano Novaes - Reino 64 Animal
  65. 65. Os principais exemplos são: a lombriga (Ascaris lumbricoides), o ancilostómo (Ancylostoma duodenale), a filária (Wuchereria bancrofti) e o oxiúro (Enterobius vermicularis). Prof. Albano Novaes - Reino 65 Animal
  66. 66. Prof. Albano Novaes - Reino 66 Animal
  67. 67. Os anelídeos compreendem cerca de 15 mil espécies, com representantes que vivem no solo úmido, na água doce e na água salgada. Podem ser parasitas ou de vida livre. Alguns são hermafroditas, mas também existem os que apresentam sexos separados. Prof. Albano Novaes - Reino 67 Animal
  68. 68. São animais triblásticos, celomados, com o corpo segmentado (em anéis ou metâmeros). A superfície do corpo é revestida por uma epiderme, com cutícula externa, e pode apresentar pequenos “pêlos” duros (cerdas), de quitina, que funcionam como âncoras e dão apoio ao animal. Prof. Albano Novaes - Reino 68 Animal
  69. 69. Nos poliquetos essas cerdas são numerosas e desenvolvidas e estão implantadas em expansões laterais, os parapódios, funcionando como “patas rudimentares”. As sanguessugas possuem ventosas de fixação na região anterior e na posterior do corpo; com a ventosa anterior sugam o sangue de vertebrados aquáticos. o tubo digestório é completo e a digestão é extracelular. Prof. Albano Novaes - Reino 69 Animal
  70. 70. Os anelídeos dividem-se em três classes: os Oligoquetos, os Poliquetos e os Hirudíneos. Prof. Albano Novaes - Reino 70 Animal
  71. 71. Os Oligoquetos, são os animais anelídeos que possuem poucas cerdas, estão representados pela minhoca. Os Poliquetos, são os animais anelídeos que apresentam muitas cerdas, estão representados pelos vermes marinhos como a nereis ou nereida. Os Hirudíneos, estão representados pelas sanguessugas. Prof. Albano Novaes - Reino 71 Animal
  72. 72. Figura exemplificando um hirudíneo: a sanguessuga. Prof. Albano Novaes - Reino 72 Animal
  73. 73. Figura exemplificando um poliqueto: nereis. Prof. Albano Novaes - Reino 73 Animal
  74. 74. Figura exemplificando um oligoqueto: minhoca. Prof. Albano Novaes - Reino 74 Animal
  75. 75. Prof. Albano Novaes - Reino 75 Animal
  76. 76. Os moluscos são animais que possuem o “corpo mole”. São animais, basicamente, marinhos; algumas espécies são terrestres e outras de ághua doce. Possuem uma simetria bilateral, são triblásticos e celomados, com o corpo dividido em três partes: cabeça ou região cefálica, pé e massa visceral. Prof. Albano Novaes - Reino 76 Animal
  77. 77. O tubo digestório é completo e, em muitos moluscos, a boca apresenta uma estrutura semelhante a uma língua com pequenos “dentes” de quitina, chamada de rádula. Com esse órgão, o animal raspa algas e outros alimentos presos nas pedras e nas conchas de outros moluscos. Prof. Albano Novaes - Reino 77 Animal
  78. 78. Os moluscos dividem-se em cinco classes: os Bivalves, os Gastrópodes, os Cefalópodes, os Escafópodes e os Anfineuros. Prof. Albano Novaes - Reino 78 Animal
  79. 79. Os Bivalves estão representados pelas ostras e mexilhões, são aquáticos; possuem a concha dividida em duas valvas; o pé em forma de “machado” é usado para cavar, por isso também são denominados de Pelecípodes. Prof. Albano Novaes - Reino 79 Animal
  80. 80. Os Gastrópodes estão representados pelos caramujos, lesmas e caracóis; o nome deve-se ao fato de o pé situar-se na região ventral (gástrica); alguns possuem concha enrolada em espiral; outros, como certas lesmas terrestres, não possuem concha. Em outros, como a lesma-do-mar, a concha é interna e reduzida. Prof. Albano Novaes - Reino 80 Animal
  81. 81. Os Cefalópodes estão representados pelos polvos, lulas, as sépias e o náutilus; são aquáticos, deslocam-se por propulsão de jatos de água emitidos por um sifão; nas lulas a concha é pouco desenvolvida e nos polvos está ausente; o nome está relacionado a presença dos tentáculos (”pés”) na região cefálica (cabeça). Prof. Albano Novaes - Reino 81 Animal
  82. 82. Os Escafópodes estão representados pelos “dentálios” (Dentallium), aquáticos, possuem uma concha em forma de dente. Os Anfineuros estão representados pelos quítons, animais marinhos com o corpo coberto por oito placas dorsais; também chamados de Poliplacóforos. Prof. Albano Novaes - Reino 82 Animal
  83. 83. Moluscos Bivalves. Prof. Albano Novaes - Reino 83 Animal
  84. 84. Moluscos Cefalópode: náutilus. Prof. Albano Novaes - Reino 84 Animal
  85. 85. Moluscos Gastrópode: caramujo Prof. Albano Novaes - Reino 85 Animal
  86. 86. Moluscos Cefalópode: polvo. Prof. Albano Novaes - Reino 86 Animal
  87. 87. Moluscos Cefalópode: lula. Prof. Albano Novaes - Reino 87 Animal
  88. 88. Prof. Albano Novaes - Reino 88 Animal
  89. 89. Os artrópodes formam um dos mais numerosos e diversificados grupos de animais: há mais espécies de artrópodes que todos os outros organismos animais reunidos. São animais que se caracterizam por apresentarem apêndices articulados. Prof. Albano Novaes - Reino 89 Animal
  90. 90. Tradicionalmente, o filo do artrópodes era dividido em cinco classes: Insetos, Crustáceos, Aracnídeos, Quilópodes e Diplópodes. Prof. Albano Novaes - Reino 90 Animal
  91. 91. Hoje se considera que os crustáceos formam um filo separado, o Crustacea; os aracnídeos formam uma classe do filo Chelicerata (quelicerados, “portadores de quelíceras”); os insetos formam o subfilo Hexapoda (seis patas), do filo Uniramia (“dotados de apêndices unirremes”, isto é, sem ramificações), que inclui também o subfilo Myriapoda (miriápodes, “muitas patas”), com as classes Chilopoda (quilópodes) e Diplopoda (diplópodes). Prof. Albano Novaes - Reino 91 Animal
  92. 92. Exemplo de aracnídeos: escorpião. Prof. Albano Novaes - Reino 92 Animal
  93. 93. Exemplo de aracnídeos: escorpião. Prof. Albano Novaes - Reino 93 Animal
  94. 94. Exemplo de aracnídeos: aranha. Prof. Albano Novaes - Reino 94 Animal
  95. 95. Exemplo de aracnídeos: aranha. Prof. Albano Novaes - Reino 95 Animal
  96. 96. Exemplo de aracnídeos: aranha. Prof. Albano Novaes - Reino 96 Animal
  97. 97. Exemplo de aracnídeos: aranha. Prof. Albano Novaes - Reino 97 Animal
  98. 98. Exemplo de aracnídeos: acarina. Prof. Albano Novaes - Reino 98 Animal
  99. 99. Exemplo de crustáceo: lagosta. Prof. Albano Novaes - Reino 99 Animal
  100. 100. Exemplo de crustáceo: caranguejo. Prof. Albano Novaes - Reino 100 Animal
  101. 101. Exemplo de insetos: formigas. Prof. Albano Novaes - Reino 101 Animal
  102. 102. Exemplo de insetos: barata. Prof. Albano Novaes - Reino 102 Animal
  103. 103. Exemplo de insetos: percevejo. Prof. Albano Novaes - Reino 103 Animal
  104. 104. Exemplo de insetos: bicho-pau. Prof. Albano Novaes - Reino 104 Animal
  105. 105. Exemplo de insetos: Prof. Albano Novaes - Reino 105 Animal
  106. 106. Exemplo de insetos: coleópteros – besouros. Prof. Albano Novaes - Reino 106 Animal
  107. 107. Exemplo de insetos: coleópteros – besouros. Prof. Albano Novaes - Reino 107 Animal
  108. 108. Exemplo de insetos: cigarra. Prof. Albano Novaes - Reino 108 Animal
  109. 109. Exemplo de insetos: gafanhoto Prof. Albano Novaes - Reino 109 Animal
  110. 110. Exemplo de insetos: gafanhoto Prof. Albano Novaes - Reino 110 Animal
  111. 111. Exemplo de insetos: libélula. Prof. Albano Novaes - Reino 111 Animal
  112. 112. Exemplo de insetos: mariposa.. Prof. Albano Novaes - Reino 112 Animal
  113. 113. Exemplo de insetos: lagarta. Prof. Albano Novaes - Reino 113 Animal
  114. 114. Exemplo de insetos: casulo. Prof. Albano Novaes - Reino 114 Animal
  115. 115. Exemplo de insetos: môsca. Prof. Albano Novaes - Reino 115 Animal
  116. 116. Exemplo de insetos: piolho. Prof. Albano Novaes - Reino 116 Animal
  117. 117. Exemplo de quilópodo: lacraia. Prof. Albano Novaes - Reino 117 Animal
  118. 118. Exemplo de diplópodo: gongolo. Prof. Albano Novaes - Reino 118 Animal
  119. 119. Exemplo de insetos: larva de mosca – berne. Prof. Albano Novaes - Reino 119 Animal
  120. 120. Prof. Albano Novaes - Reino 120 Animal
  121. 121. Os equinodermas são animais marinhos e de vida livre. O nome desse grupo decorre da presença de espinhos na pele. São triblásticos, celomados e apresentam endoesqueleto. A maioria dos equinodermas possui simetria pentâmera ou pentarradial. A superfície do animal é recoberta por epiderme, sob a qual está o esqueleto, formado por placas calcárias ou articuladas e com espinhos. Prof. Albano Novaes - Reino 121 Animal
  122. 122. Esses animais apresentam um sistema ambulacrário (aquífero ou hidrovascular), formado por um sistema de canais, pelo qual circula a água do mar, e pela placa madrepórica, que fica próximo ao ânus. Os canais comunicam-se com os pequenos tubos, os pódios ou pés ambulacrários, que auxiliam no deslocamento do animal. Prof. Albano Novaes - Reino 122 Animal
  123. 123. O tubo digestório é completo. Os sexos são separados e a fecundação é externa, com desenvolvimento indireto. Os equinoderma dividem-se em cinco classes: os Asteróides, os Equinóides, os Ofiuróides, os Holoturóides e os Crinóides. Prof. Albano Novaes - Reino 123 Animal
  124. 124. Os Asteróides estão representados pelas estrelas-do-mar. Os Equinóides estão representados pelos ouriços-do-mar e pela bolhacha-da- praia. Os Ofiuróides estão representados pelas serpentes-do-mar ou ofiúro. Prof. Albano Novaes - Reino 124 Animal
  125. 125. Os Holoturóides estão representados pelos pepinos-do-mar ou holotúrias. Os Crinóides estão representados pelos lírios-do-mar. Prof. Albano Novaes - Reino 125 Animal
  126. 126. Exemplo de equinoderma: serpente-do-mar ou ofiúro. Prof. Albano Novaes - Reino 126 Animal
  127. 127. Exemplo de equinoderma: estrela-do-mar. Prof. Albano Novaes - Reino 127 Animal
  128. 128. Exemplo de equinoderma: ouriço-do-mar. Prof. Albano Novaes - Reino 128 Animal
  129. 129. Exemplo de equinoderma: pepino-do-mar ou holotúria. Prof. Albano Novaes - Reino 129 Animal

×