RESENHA CRÍTICA
Química e sociedade: uma experiência de abordagem temática para o
desenvolvimento de atitudes e valores
SA...
A obra de Widson com demais autores, que fazem parte do Projeto de Ensino de
Química e Sociedade - PEQUIS, desenvolvido no...
Trata-se de um texto de muita relevância na medida em que sugere ao leitor-
professor ou pesquisador em Ensino de Ciências...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

RESENHA CRÍTICA Química e sociedade: uma experiência de abordagem temática para o desenvolvimento de atitudes e valores

422 visualizações

Publicada em

RESENHA CRÍTICA
Química e sociedade: uma experiência de abordagem temática para o desenvolvimento de atitudes e valores

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

RESENHA CRÍTICA Química e sociedade: uma experiência de abordagem temática para o desenvolvimento de atitudes e valores

  1. 1. RESENHA CRÍTICA Química e sociedade: uma experiência de abordagem temática para o desenvolvimento de atitudes e valores SANTOS, W.L.P. et al. Química e sociedade: uma experiência de abordagem temática para o desenvolvimento de atitudes e valores. Química nova na escola. Nº 20, nov. 2004. Wildson Luiz P. dos Santos graduado em Licenciatura em Química pela Universidade de Brasília (1984), Especialista em Educação Brasileira pela Universidade de Brasília (1992), Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1992), Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2002). Realizou Doutorado sanduíche como bolsista da Capes na área de Ensino de Ciências na Universidade de Leeds na Inglaterra (2001). Desenvolveu estágio de Pós-Doutorado como bolsista do CNPq no Instituto de Educação da Universidade de Londres e na Escola de Educação da Universidade de Southampton na Inglaterra (2010). Atualmente é professor do Instituto de Química da Universidade de Brasília - UnB, atuando no Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da UnB e no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências dos Institutos de Ciências Biológicas, Física e Química da UnB; é um dos editores da Revista Química Nova na Escola desde 2007, é membro da Comissão Executiva da Associação Ibero-Americana CTS; e é um dos coordenadores do Projeto Pequis que publicou vários livros didáticos para o ensino médio. Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Aluno(a): Heitor Rodrigues Neto Data: 11/03/2015 Turma: Q53 Curso: Licenciatura em Química Disciplina: MPEQ 1 Professora: Natany Assai
  2. 2. A obra de Widson com demais autores, que fazem parte do Projeto de Ensino de Química e Sociedade - PEQUIS, desenvolvido no Laboratório de Pesquisas em Ensino de Química (LPEQ), do Instituto de Química da Universidade de Brasília, onde esta está relacionada com o planejamento/construção de livros didáticos com o intuito de reordenar os conteúdos de forma com que o aluno estabeleça uma abordagem no inicio do processo, fazendo assim com que ele construa e elabore seus próprios conceitos. Os livros constituem de diversas atividades de construção do conhecimento, o que inclui atividades experimentais e de manipulação de materiais que possibilitem ao aluno estabelecer analogias e relações entre fatos observados e modelos científicos abordados. O confronto é perceptível quando os autores relatam que professores ao adotarem esse método de ensino-aprendizagem perceberam o alcance de resultados significativos, onde esses passaram a incorporar mudanças em sala de aula. Aulas expositivas seguidas de resolução de exercícios, professores passaram a adotar atividades interativas em sala de aula, que possibilitaram uma maior participação dos alunos, facilitação da aprendizagem e interação entre professor e alunos. Os livros constituem de questões, textos e informações que relata os principais desafios para a sociedade sobre o tema e articulando-os com conceitos químicos que são explorados e significados no estudo do capítulo, possibilitando que todos tenham a oportunidade de manifestar suas ideias a respeito do assunto. Essa perspectiva de inovação nos materiais didáticos coloca o aluno em destaque, pois o objetivo principal é que este tenha uma compressão mais aprofundada do tema em relação aos processos químicos, e enfatizar assim os valores e atitudes que possam ser transmitidos. Dessa forma os aspectos sóciocientíficos possibilitam uma abordagem contextualizada servindo de ferramenta para o aluno participar ativamente no processo de construção de uma sociedade que seja cada vez mais inclusiva, preservando a vida das futuras gerações. A presente obra enfatiza que mudanças metodológicas se fazem necessária, por isso o texto é direcionado a profissionais que atuam na área de Ensino de Ciência, e tem como proposta sugerir novas práticas pedagógicas com vistas ao letramento científico e tecnológico e às correspondentes funções sociais.
  3. 3. Trata-se de um texto de muita relevância na medida em que sugere ao leitor- professor ou pesquisador em Ensino de Ciências uma reflexão acerca do que vem a ser uma abordagem temática. Logo o percurso desse projeto é positivo, pois quando se diz respeito à inovação, tecnologia, e ciência a escola tem-se restringido a conteúdos básicos, geralmente prescritos em livros didáticos que enfatizam a memorização de equações. Faz-se enorme contribuição á Educação de cicências, sobretudo aos iniciantes como professores, aos quais passam a dispor de novos elementos motivacionais em sua forma de trabalhar/pesquisar.

×