Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

ANÁLISE
DO
GERADOR
COMB
ÓPTICO
PARA
TRANSMISSÃO DE ALTAS TAXAS...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

1.Introdução
• O advento da internet mudou a infraestrutura de...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

1.Introdução
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

2.Objetivo
• O aumento de demanda estimada para os próximos an...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

3.Superchannel
• Conceito: sinal de varias subportadoras com t...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

3.Superchannel
• Conceito: sinal de varias subportadoras com t...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

4. Técnica RFS
Frequency Shifting)

(Recirculating

• Baseada ...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

4. Técnica RFS
Frequency Shifting)

(Recirculating

• Baseada ...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

4. Técnica RFS
Frequency Shifting)

(Recirculating

Gerador Co...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

5. Software Optisytem
• O software utilizado foi o Optisytem q...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

5. Software Optisytem

• Interface do Optisystem
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

5.1Gerador Comb Óptico no
Optisystem
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

5.1Gerador Comb Óptico no
Optisytem
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

5.1Gerador
Optisystem

Comb

Óptico

no

• Percebe-se que na i...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

5.1Gerador
Optisystem

Comb

Óptico

no

• Percebe-se que na i...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

5.1Gerador
Optisystem

Comb

Óptico

no

• Percebe-se que na i...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

5.1Gerador
Optisystem

Comb

Óptico

no

• Percebe-se que na i...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

5.1.1 Proposta de Simulação no
Optisytem
• Para esse trabalho ...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

5.1.1 Proposta de Simulação no
Optisytem
Espectro do sinal ópt...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

5.1.1 Proposta de Simulação no
Optisytem
• Problema: subportad...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

6. Conclusão
• Baseado na técnica RFS, o gerador comb utiliza
...
Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems

6. Contato

Email: heitorbrungalvao@gmail.com
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ANALISE DO GERADOR COMB ÓPTICO PARA TRANSMISSÃO DE ALTAS TAXAS EM REDES ÓPTICAS DE PRÓXIMA GERAÇÃO

384 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
384
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ANALISE DO GERADOR COMB ÓPTICO PARA TRANSMISSÃO DE ALTAS TAXAS EM REDES ÓPTICAS DE PRÓXIMA GERAÇÃO

  1. 1. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems ANÁLISE DO GERADOR COMB ÓPTICO PARA TRANSMISSÃO DE ALTAS TAXAS EM REDES ÓPTICAS DE PRÓXIMA GERAÇÃO Orientador: Guilherme Enéas Vaz Silva Corientador: Rafael Jales Lima Ferreira
  2. 2. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 1.Introdução • O advento da internet mudou a infraestrutura de comunicação de informações.(Disseminação da internet e seus aplicativos) • Os sistemas de comunicações ópticas constituem a principal solução de transmissão de alta velocidade capaz de atender a essa demanda
  3. 3. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 1.Introdução
  4. 4. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 2.Objetivo • O aumento de demanda estimada para os próximos anos (400 Gbps e 1 Tbps) são incompatíveis com o atual modelo, obrigando a investigação de novas tecnologias. • Nesse contexto, a técnica de multiportadoras ortogonais tem assumido um papel importante e, no presente artigo, investigamos e propomos um gerador óptico de múltiplas portadoras coerentes para aplicação em sistemas de alta capacidade
  5. 5. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 3.Superchannel • Conceito: sinal de varias subportadoras com taxas mais baixas e de alta taxa total resultante, produzido por uma única fonte de laser, • Composto por múltiplas portadoras sincronizadas em fase e moduladas de um modo síncrono, tem sido nomeado “Superchannel”. • Características: quanto maior a quantidade de portadoras menor será a separação entre elas e a taxa de transmissão de símbolos de cada uma.
  6. 6. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 3.Superchannel • Conceito: sinal de varias subportadoras com taxas mais baixas e de alta taxa total resultante, produzido por uma única fonte de laser, • Composto por múltiplas portadoras sincronizadas em fase e moduladas de um modo síncrono, tem sido nomeado “Superchannel”. • Características: quanto maior a quantidade de portadoras menor será a separação entre elas e a taxa de transmissão de símbolos de cada uma.
  7. 7. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 4. Técnica RFS Frequency Shifting) (Recirculating • Baseada na conversão de frequência produzida pela modulação de banda lateral única • Gerador Comb Óptico (gerador óptico de múltiplas portadas ortogonais): é baseado na técnica RFS e constitui a célula básica do transmissor óptico dos sistemas Co-WDM.
  8. 8. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 4. Técnica RFS Frequency Shifting) (Recirculating • Baseada na conversão de frequência produzida pela modulação de banda lateral única • Gerador Comb Óptico (gerador óptico de múltiplas portadas ortogonais): é baseado na técnica RFS e constitui a célula básica do transmissor óptico dos sistemas Co-WDM.
  9. 9. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 4. Técnica RFS Frequency Shifting) (Recirculating Gerador Comb Óptico
  10. 10. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 5. Software Optisytem • O software utilizado foi o Optisytem que é desenvolvido pela empresa canadense Optiwave Corp, com o propósito de realizar simulações de sistemas de telecomunicações e de outras aplicações
  11. 11. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 5. Software Optisytem • Interface do Optisystem
  12. 12. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 5.1Gerador Comb Óptico no Optisystem
  13. 13. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 5.1Gerador Comb Óptico no Optisytem
  14. 14. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 5.1Gerador Optisystem Comb Óptico no • Percebe-se que na implementação do Gerador Comb Óptico no optisytem foram utilizados dois lasers, por causa dos seguintes motivos: • Se na simulação for colocado apenas um laser o sinal gerado no acoplador na primeira volta não vai ter sinal entrando no outro braço do acoplador só a partir da segunda volta que ele passa pelo anel de recirculação,
  15. 15. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 5.1Gerador Optisystem Comb Óptico no • Percebe-se que na implementação do Gerador Comb Óptico no optisytem foram utilizados dois lasers, por causa dos seguintes motivos: • Então precisa daquele laser que fica dentro do anel de recirculação para incidir um sinal no segundo braço do acoplador, para então ele acoplar os dois sinais, caso não tenha esse laser incidindo ele perde o sinal, ou seja, após o acoplador ficar sem sinal algum.
  16. 16. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 5.1Gerador Optisystem Comb Óptico no • Percebe-se que na implementação do Gerador Comb Óptico no optisytem foram utilizados dois lasers, por causa dos seguintes motivos: • A simulação é feita pelo software de forma serial então na primeira volta não tem sinal nenhum no segundo braço • Já no experimento não é feito de forma serial, o sinal esta passando ali frequentemente, e é muito rápido o usuário não controla o tanto de loop no experimento, pois esta sempre passando ali,
  17. 17. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 5.1Gerador Optisystem Comb Óptico no • Percebe-se que na implementação do Gerador Comb Óptico no optisytem foram utilizados dois lasers, por causa dos seguintes motivos: • Já na simulação não, controla-se a quantidade de voltas, se não fica rodando infinitamente sem obter resultado algum.
  18. 18. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 5.1.1 Proposta de Simulação no Optisytem • Para esse trabalho foi proposto gerar 25 portadoras espaçadas a 12.5Hz. Como eu quero produzir 25 subportadoras espaçadas em 12,5 GHz, no filtro óptico eu introduzido uma largura de banda de 312,5GHz.
  19. 19. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 5.1.1 Proposta de Simulação no Optisytem Espectro do sinal óptico ao longo do tempo
  20. 20. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 5.1.1 Proposta de Simulação no Optisytem • Problema: subportadoras geradas estarem com amplitudes diferentes • Solução: deixar o sinal plano atraves da variavel ganho do amplificador EDFA.
  21. 21. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 6. Conclusão • Baseado na técnica RFS, o gerador comb utiliza uma única fonte laser para gerar um grande número de portadoras coerentes amarradas em frequência podendo-se simular vários canais como em uma rede WDM típica com apenas um único laser semente.
  22. 22. Laboratory of Intelligent Robotics, Automation and Systems 6. Contato Email: heitorbrungalvao@gmail.com

×