Jealav 2014 - USP

253 visualizações

Publicada em

Presentación a las V Jornada de Ensino e aprendizagem de Límguas em avientes virtuais. Universidad de Sao Paulo, Brasil.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
253
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jealav 2014 - USP

  1. 1. Interação virtual e formação docente: da transmissão à mediação Hebe Gargiulo FL– Universidad Nacional de Córdoba Mônica Ferreira Mayrink FFLCH - Universidade de São Paulo
  2. 2. Mudança na compreensão do papel do docente nos processos de ensino e aprendizagem Perspectiva da mediação Transmissão de conteúdos Impacto no ensino a distancia
  3. 3.  Analisar interações desenvolvidas em um fórum digital de um curso online de capacitação docente e em um grupo de Facebook de um curso de graduação de formação de professores de uma universidade argentina.  Verificar como a função mediadora exercida por seus participantes contribui para a construção de comunidades virtuais de aprendizagem.
  4. 4.  An educational community of inquiry is a group of individuals who collaboratively engage in purposeful critical discourse and reflection to construct personal meaning and confirm mutual understanding.  The Community of Inquiry theoretical framework represents a process of creating a deep and meaningful (collaborative-constructivist) learning experience through the development of three interdependent elements – social, cognitive and teaching presence. coi.athabascau.ca
  5. 5. A linguagem  é o principal instrumento de mediação do indivíduo com o mundo;  exerce um importante papel como mediador entre o indivíduo e o conhecimento novo que este vai construir. (Vygotsky:1930/1998) "os mediadores são meios pelos quais o indivíduo age sobre fatores sociais, culturais e históricos, e sofre a ação deles" (Lobato, 2012, p. 273)
  6. 6. “A forma como se apresenta e se trata um conteúdo ou tema que ajuda o aprendiz a:  reunir informações,  a relacioná-las, organizá-las,  administrá-las,  discuti-las e debatê-las com seus colegas, com o professor e com outras pessoas (inter-aprendizagem), até o momento em que se produz um conhecimento”
  7. 7.  A função mediadora desempenhada pelos diferentes participantes do processo de ensino-aprendizagem é evidenciada na linguagem produzida durante as interações desenvolvidas nos ambientes virtuais
  8. 8. Configuração de comunidades de aprendizagem (GARRISON, ANDERSON e ARCHER, 2003) Três elementos estruturais: presença cognitiva presença social presença docente construção de experiências de aprendizagem significativas
  9. 9. Elementos Categorias Indicadores (somente exemplos) Evento motivador/disparador Sentimento de perplexidade/surpresa Exploração Intercâmbio de informação Integração Conexão de idéias Resolução Aplicação de novas idéias Expressão Emocional Emoticons Comunicação Aberta Expressão sem risco Coesão de Grupo Motivar a colaboração Administração Instrucional Definir & iniciar tópicos de discussão Construção do Entendimento Compartilhar significados/sentidos pessoais Instrução Direta Focalizar a discussão Presença Cognitiva Presença Social Presença de Ensino (Garrison, Anderson & Archer, 2000, p. 4)
  10. 10.  Nos cenários de interação analisados, a função mediadora e de gestão da aprendizagem recai não somente na figura do professor, mas também é assumida espontaneamente pelos estudantes, através de sua prática discursiva.  Esses contextos favorecem uma postura mais ativa do estudante (o que contribui para o estabelecimento de relações simétricas entre os diferentes participantes) e um espaço mais flexível de reflexão e construção de conhecimentos.
  11. 11. Na formação docente é necessário:  capacitar os futuros professores para que possam desempenhar a função de mediadores da aprendizagem em contextos virtuais;  promover o desenvolvimento de competências e estratégias necessárias para administrar e promover a interação e os diferentes tipos de relações nesses espaços;  participar - como estudiante - de experiências de ensino e de aprendizagem em contextos virtuais.

×