Jean Antoine Watteau
                                  (1684-1721)




História da Cultura e das Artes
Bruna nº6 12ºF
Biografia
 Jean-Antoine Watteau nasceu em
 10 de Outubro de 1684 em
 Valenciennes, França. As suas
 primeiras pinturas enq...
Biografia
Apesar da fama crescente, Watteau
conservou o temperamento retraído e
viveu isolado e insatisfeito consigo
mesmo...
J.Antoine Watteau
   Pintor Francês do movimento Rococó, tendo sido uma das principais figuras deste
    período artístic...
Watteau
     As suas paisagens campestres graciosas são palco de festas, encontros e
      representações teatrais onde a...
Watteau
   Considerado um dos pintores mais importantes da França no século XVIII, a
    pintura de Watteau deixa transpa...
Watteau
   Os seus mestres, são Rubens e os venezianos. Contudo, sua arte revela pouco
    essas origens: é tipicamente f...
Peregrinação à ilha de Cítera,1717
   Uma das obras mais famosas de Watteau, tem uma grande composição onde se
    encont...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jean Antoine Watteau

11.298 visualizações

Publicada em

Trabalho elaborado por Bruna Zegre

Publicada em: Educação, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.298
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
93
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jean Antoine Watteau

  1. 1. Jean Antoine Watteau (1684-1721) História da Cultura e das Artes Bruna nº6 12ºF
  2. 2. Biografia Jean-Antoine Watteau nasceu em 10 de Outubro de 1684 em Valenciennes, França. As suas primeiras pinturas enquadravam se na tradição flamenga. Em 1702, o artista mudou-se para Paris e pouco tempo depois instalou-se no atelier de Claude Gillot, cenógrafo teatral. Em 1709 tentou sem êxito o Prémio de Roma e decidiu então regressar a sua cidade natal. Voltou para Paris no ano seguinte e obteve sucesso como pintor das festas galantes, cenas de carácter festivo, ao ar livre, protagonizadas por cortesãos
  3. 3. Biografia Apesar da fama crescente, Watteau conservou o temperamento retraído e viveu isolado e insatisfeito consigo mesmo, durante vários anos. Em 1715 travou conhecimento com o rico Pierre Crozat, que acabaria de comprar uma valiosíssima colecção de arte. Com tuberculose, Watteau viajou em 1719 para Londres a fim de receber cuidados médicos, mas voltou um ano depois sem melhora. Watteau morreu em Nogent- sur-Marne, perto de Paris, em 18 de Julho de 1721.
  4. 4. J.Antoine Watteau  Pintor Francês do movimento Rococó, tendo sido uma das principais figuras deste período artístico, destacou-se pelas suas pinturas de temas galantes e pastorais inspirados na commedia dell ’arte.  Italian Comedians - 1720
  5. 5. Watteau  As suas paisagens campestres graciosas são palco de festas, encontros e representações teatrais onde a sua pincelada solta, representa os prazeres quotidianos da sociedade burguesa associados a uma grande variedade de trajes que fizeram moda. Fêtes Vénitiennes - 1718-19 Les Champs Elysées -1717-18
  6. 6. Watteau  Considerado um dos pintores mais importantes da França no século XVIII, a pintura de Watteau deixa transparecer, sob a aparência superficial de suas cenas galantes, a busca de uma harmonia ideal entre o homem e a natureza.  Merry Company in the Open Air - 1716-19
  7. 7. Watteau  Os seus mestres, são Rubens e os venezianos. Contudo, sua arte revela pouco essas origens: é tipicamente francesa, pela extrema delicadeza das linhas e da atmosfera e reflecte a sua época da galanteria, transfigurando-a, criando uma arte intemporal e no centro dessa arte encontra-se a está a mulher. La Gamme d’amour -1717
  8. 8. Peregrinação à ilha de Cítera,1717  Uma das obras mais famosas de Watteau, tem uma grande composição onde se encontram os elementos mais peculiares deste autor como a delicadeza do desenho, a finura e elegância da composição, sentido d harmonia e de ritmo que dão a todo o conjunto uma nostalgia e uma grandiosidade muito próprias.

×