Ingres

8.913 visualizações

Publicada em

Trabalho elaborado por Cláudia Peralta

Publicada em: Educação, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.913
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
46
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
132
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ingres

  1. 1. Madame Moitessier, sentada, 1856 Banho turco, 1862 JEAN AUGUSTE DOMINIQUE INGRES
  2. 2. Biografia auto-retrato ,1804 Pintor francês do neoclassicismo que nasceu em Montauban, 1780 . Ingres é desde novo incentivado pelo pai no campo da musica e do desenho. Em 1786 Frequenta a Ecole des Frères de l'Education Chrétienne mas os seus estudos são interrompidos pela revolução francesa. Em 1791 viaja para Toulouse , onde se iniciou na Académie Royale de Peinture, Sculpture et Architecture, e foi aluno de jean-Pierre Vigan, jean Briant e Joseph Roques
  3. 3. Édipo e a esfinge, 1808  Em 1797 obtêm um premio na Académie e viaja para Paris onde estuda com jaquecs- louis David , e torna se seu discípulo.  Em 1801, sai vencedor do prémio de Roma, com a obra os embaixadores de agamemnon.  Instala -se em um atelier na villa medici, onde pinta Édipo e a esfinge e a banhista de valpincon, onde é evidente a sua perícia no nu feminino e masculino.
  4. 4. O sonho de Ossian, 1813  Em 1811 termina a sua obra iniciada como estudante, júpiter e Tétis, mas o seu talento não é reconhecido pelos franceses.  Em 1813 pinta Virgílio lendo a Eneida, A vitoria de Rómulo sobre acron e o sonho de Ossian para o governador de Roma.  Em 1817 uma encomenda oficial Cristo dando as chaves a são Pedro.
  5. 5. A entrada de Carlos Vem paris,1820 A Virgem do véu azul, 1827  Em 1820 Ingres mudasse para Florença, lá é lhe solicitado três obras, a entrada de Carlos V em Paris, a virgem do véu azul e um retrato mas o seu tempo foi concentrado na obra o Voto de luís XIII para a catedral de Montauban.
  6. 6.  O voto de luís XIII foi muito aclamada e foi lhe sucessiva a encomenda do governo apoteose de homero.  Em 1852, casa novamente e pinta a apoteose de Napoleão ( infelizmente foi devorado pelo fogo em 1871), realiza também a princesa de broglie e Joana d'arc, termina também a fonte. Voto de luís XIII,1824
  7. 7. Retrato da Princesa de Broglie, 1853  As suas obras são alvo de grande admiração e recebe o titulo de senador do império.  Ingres volta sua atenção para pinturas históricas, fazendo duas versões de Luís XIV e Molière (1857, 1860), bem como para obras religiosas, muitas retratando a Virgem Maria, volta-se também para os retratos -Marie-Clothilde- Inés de Foucauld, Madame Moitessier, Sentada (1856), Auto- retrato com 79 anos e Madame J.- A.-D. Ingres, née Delphine Ramel, ambos de 1859 e também O conhecido Banho turco .  Ingres morre em paris em 1867
  8. 8. Características da sua pintura  O estilo de Ingres revelou-se cedo, os seus primeiros esboços demonstravam uma notável suavidade de traço e segurança dando forma e volume.  Segundo ele, quot;o desenho é a probidade (honestidade)da artequot; . Para ele a cor era um aspecto secundário ao desenho.  Não deixava as suas pinceladas visíveis e não usava dramáticas gradações de cor e luz, dependia antes de um tratamento da cor, modulada por tons suaves, Ingres desprezava assim a recursos técnicos que lhe poderiam ajudar a obter uma sensação de unidade mais eficaz em composições em grande escala, agitadas e com grupos numerosos, como em e no Voto de Luís.
  9. 9. retrato de Broglie  Ingres nos retratos femininos conseguiu uma grande variação de atmosferas, desde o sensualismo ate a um realismo objectivo e descritivo.  Os retratos de Ingres são obras arte de grande minúcia, de autoridade do desenho, brilho da cor e harmonia da personalidade do modelo.  A pintura de Ingres marcada pelo nu feminino cujas as era proporções alongadas e extravagantes na anatomia , um realismo impressionante que fascina o observador.  A pintura de Ingres contém influencias de Rafael.
  10. 10. A banhista de Valpinçon,1808 Ingres aproxima se de uma forma classicamente perfeita e estranhamente bela na banhista de valpinçon, é um quadro sensual Na concepção da obra existe uma procura da perfeição formal, do ideal platónico de beleza e da harmonia presente na pintura de Rafael, que teve grande influencia na pintura de Ingres. As costas nuas descrevem se num cenário artificial constituído pelo cair de uma cortina verde- azeitona e pelas almofadas brancas á beira da cama.
  11. 11.  O nu feminino ocupa um lugar primordial na obra .  O modelo do nu de costas , na banhista de valpinçon elogia a pureza das linhas , a suavidade da luz , o equilíbrio da composição transmite uma sensação singular de sensualidade.
  12. 12. A grande Odalisca,1814  A obra foi apresentada no salão em 1819, e recebeu duras criticas por parte dos críticos, pois argumentavam que a sua anatomia era impossível porque são adicionadas três vértebras , dando um alongamento perfeito ao nu ( da forma que Ingres desejava ).  A obra é inspirada na pintura maneirista, tentando transmitir uma sensação de voluptuosidade e sensualidade.
  13. 13.  A encomenda foi feita por Carolina Murat( irmã de Napoleão), esta obra despertou uma grande admiração e sobressai das outras obras de Ingres pela sua superioridade da linha e do desenho sobre a cor.  A grande curvatura das costas nuas nasce da linha do pescoço , contornando a linha dorsal e terminando nas nádegas voluptuosas e cheias.
  14. 14.  A mulher assemelha-se a uma corrente vítrea (brilhante) que se despenha em cascata na barreira criada pela jóia no cabelo, com o tumulto das mãos e das pernas que verte para o canto da tela.
  15. 15. Tétis implorando a Júpiter, 1811  O dorso pesado e ondulando que Ingres prolonga, criando uma curvatura voluptuosa chama a atenção do observador .  Esta mesma curvatura impossível que Ingres da aos seus nus é o que distingue a Tétis , onde a figura masculina possui uma largura tão impossível como a flexibilidade dada ao corpo de Tétis.
  16. 16. Rogério libertando angélica,1819  Nas poucas obras que Ingres representa momentos de drama e movimento impetuoso, teve grande êxito.  A figura feminina é perfeita em sua postura imóvel e desamparada, mas a face o herói não é totalmente adequada ao embate mortal que se trava, ele parece congelado, sem se expressar de modo convincente a violência do momento .
  17. 17. A fonte,1856 Vênus anadiômene, 1848
  18. 18. A apoteose de homero, 1827
  19. 19. Retratos Madame Marie Marcotte Portrait de Mademoiselle Riviere
  20. 20. Madame Henri Philippe Joseph Panckouke Mademoiselle Antonia De Vaucay,1807
  21. 21. Napoleão no seu trono Imperial,1806
  22. 22. Fim Trabalho elaborado por: Cláudia Peralta

×