O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
PLANEJAMENTO DE CAMPANHAS 
EM DISPOSITIVOS MÓVEIS
Luana who?
MOBILE MARKETING 
“ CONJUNTO DE AÇÕES PRÁTICAS QUE 
PERMITEM AS EMPRESAS SE 
COMUNICAREM E ENGAJAREM SEUS 
CONSUMIDORES, D...
O ACESSO À INTERNET MÓVEL 
SÓ CRESCE 
Brasil é o 
terceiro país 
que mais 
acessa internet 
móvel, segundo 
pesquisa 
Acce...
E QUANDO FALAMOS EM ACESSO 
MÓVEL NÃO É SÓ PELO CELULAR
E QUANDO FALAMOS EM ACESSO 
MÓVEL NÃO É SÓ PELO CELULAR 
MAS NA REALIDADE BRASILEIRA, 
OS MAIS POPULARES MEIOS DE 
ACESSO ...
NÚMEROS ATUAIS NO BRASIL 
SOBRE CELULARES 
Fonte: IDC/ Abinee / Teleco 
267 milhões 
de celulares 
em 
JUL/2013 
De Abril ...
NÚMEROS ATUAIS NO BRASIL 
SOBRE TABLETS 
Foram 
vendidos 3,1 
milhões de 
tablets em 
2012 
Cresciment 
o 
de 171% 
em 
20...
POR QUE É IMPORTANTE? 
/ PESSOAS ESTÃO EM MOVIMENTO 
/ ESTÃO CONECTADAS 
/ AS MARCAS PRECISAM ESTAR PREPARADAS PARA 
SEREM...
E COMO ENCONTRAR ESSAS 
PESSOAS EM MOVIMENTO?
MÍDIA MOBILE 
É a melhor maneira de 
encontrar e impactar 
toda esta audiência 
conectada e em 
movimento
O PÚBLICO EM GERAL ESTÁ 
FAMILIARIZADO COM MÍDIA 
EM SEUS DISPOSITIVOS 
MÓVEIS
EXISTEM DIVERSOS CAMINHOS 
QUE PODEM SER UTILIZADOS 
COMO MÍDIA MOBILE 
SMS 
REDES 
SOCIAIS 
MOBILE 
SITE 
SEARCH APPS 
MÍ...
MAS, UMA ESTRATÉGIA BÁSICA 
CONTEMPLA 3 PRINCIPAIS 
CAMINHOS 
REDES 
SOCIAIS 
SEARCH 
MÍDIA 
DISPLAY
96% DOS USUÁRIOS DE SMARTPHONES 
PERCEBEM MÍDIA DISPLAY NOS 
DISPOSITIVOS MÓVEIS 
Fonte: Pesquisa Google Our Mobile World ...
MÍDIA DISPLAY É O HOJE O 
MÉTODO MAIS COMUM DE 
SE PERCEBER A MÍDIA
COMO É QUE A GENTE 
PLANEJA ESSA MÍDIA?
4 PRIMEIROS PASSOS 
1/ O produto/serviço precisa ter uma presença móvel 
2/ É preciso determinar a quem se destina 
3/ Seg...
1/ PRESENÇA MÓVEL
Exemplo =(
Exemplo =)
2/ A QUEM SE DESTINA 
Mídia mobile permite alto grau de 
segmentação. Massificar nem sempre 
garante bons resultados 
QUAL...
3/ REGRAS BÁSICAS 
/ Formatos padronizados pelo MMA* e IAB* 
/ Cuidado com a mensagem de Call to Action 
/ Atenção com apl...
3/ REGRAS BÁSICAS 
/ Não ser interruptivo – Em canais como jogos e 
apps de produtividade, veicular formatos que não 
inte...
4/ OBJETIVOS 
/ O resultado que a campanha visa alcançar 
deve estar claro porém, é preciso ser 
flexível para possíveis a...
Case Even 
CTR 0,15% 
CTR 2,3%
E COMO CONTRATAR?
PARA ISSO, TEMOS ALGUNS 
MODELOS DE CONTRATAÇÃO 
DE MÍDIA MOBILE 
/ Rede de display Google / iAd 
/ Diretamente com veícul...
DIRETAMENTE COM VEÍCULO
GOOGLE ADMOB OU iAD
AD NETWORKS
DEPOIS DE DETERMINAR QUAL O 
MÉTODO DE COMPRA, É 
PRECISO DETERMINAR OS 
FORMATOS QUE VAI CRIAR PARA 
A SUA COMUNICAÇÃO
A PRIMEIRA COISA A SE PENSAR É 
SOBRE A VARIAÇÃO DE TELAS DOS 
DEVICES
IAB –MMA 
IAB- Interactive advertising Bureau / MMA – Mobile Marketing Association
PRINCIPAIS FORMATOS EM 
ADNETWORK 
/ BANNER TRADICIONAL 
/ RICH MEDIA 
/ MÍDIA INTERATIVATABLETS
BANNER TRADICIONAL 
• Os banners neste formato são imprescindíveis para uma campanha. 
Eles são rápidos para passar a mens...
OS FORMATOS TRADICIONAIS 
TAMBÉM PODEM VARIAR 
• “Banner Pré-Roll” é uma variação do Banner Tradicional 
• Usado para veic...
RICH MEDIA 
• Maior engajamento 
• Permite diferentes interações 
• É mais atrativa visualmente. 
• É possível fazer desde...
PEÇAS INTERATIVAS DE 
TABLET 
• Este formato também gera 
bastante engajamento por ser 
atrativo e interativo. 
• Veiculad...
EXISTEM TAMBÉM OUTROS 
FORMATOS QUE SÃO UTILIZADOS 
COMO MÍDIA E DEVEM SER 
CONSIDERADOS PARA UMA 
CAMPANHA COMPLETA
SEARCH E REDES SOCIAIS
ALÉM DOS FORMATOS MAIS 
ELABORADOS QUE INCENTIVAM 
O ENGAJMENTO E GERAM BUZZ
/ CROSS MEDIA 
/ PATROCÍNIO 
/ PARTICIPAÇÕES EM PLATAFORMAS 
PRONTAS
CROSS MEDIA 
• É o mix de dois ou mais canais que 
se completam. 
• Proporciona experiência e conteúdo. 
• É muito usado p...
CROSS MEDIA 
“E aí, beleza? Aqui é o Neymar. Dei mole com o telefone, mas foi 
legal! Muita gente mandou recado de apoio p...
PATROCÍNIO DE PLATAFORMA 
• Este ainda é um formato pouco 
explorado como mídia. Se trata de 
patrocinar ou licenciar uma ...
PARTICIPAÇÃO EM 
PLATAFORMAS 
• Este formato também é pouco explorado. 
Trata-se de incluir a marca de forma 
contextualiz...
PARTICIPAÇÃO EM 
PLATAFORMAS
ALGUNS APRENDIZADOS 
/ Todo produto/serviço precisa de uma campanha de 
divulgação 
/ Se possível, inclua o valor de inves...
LEITURA RECOMENDADA 
Advertising mobile 
/ MMA e IAB 
http://www.mmaglobal.com/ 
http://iabbrasil.net/
LEITURA RECOMENDADA 
Pesquisa e Dados 
/ Teleco 
http://teleco.com.br/ 
/ ComScore 
http://www.comscore.com/por/ 
/ IDC 
h...
LEITURA RECOMENDADA 
Cases e Tech 
/ The Next Web 
http://thenextweb.com/ 
/ Mobilizado 
http://mobilizado.com.br/ 
/ Goog...
LEITURA RECOMENDADA 
AdNetworks 
/Google Adwords mobile 
http://www.google.com.br/ads/adwords/?sou 
rceid=awo&subid=br-pt-...
OBRIGADA =) 
luana.hazine@gmail.com 
luanahazine.tumblr.com 
@hazine
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula Mobile Marketing Trespontos - Como planejar campanhas de mídia mobile

753 visualizações

Publicada em

Aula realizada na Trespontos sobre como planejar uma campanha de mídia mobile ministrada por Luana Segatto.

Publicada em: Celular
  • Seja o primeiro a comentar

Aula Mobile Marketing Trespontos - Como planejar campanhas de mídia mobile

  1. 1. PLANEJAMENTO DE CAMPANHAS EM DISPOSITIVOS MÓVEIS
  2. 2. Luana who?
  3. 3. MOBILE MARKETING “ CONJUNTO DE AÇÕES PRÁTICAS QUE PERMITEM AS EMPRESAS SE COMUNICAREM E ENGAJAREM SEUS CONSUMIDORES, DE FORMA INTERATIVA E RELEVANTE, ATRAVÉS DE DISPOSITIVOS MÓVEIS” Mobile Marketing Association
  4. 4. O ACESSO À INTERNET MÓVEL SÓ CRESCE Brasil é o terceiro país que mais acessa internet móvel, segundo pesquisa Accenture Fonte: accenture / teleco 2013/ Telebrasil 69 milhões, equivalente a 67% destes acessos, são via dispositivos móveis Brasil atingiu 110 milhões de acesso à banda larga em junho 2013.
  5. 5. E QUANDO FALAMOS EM ACESSO MÓVEL NÃO É SÓ PELO CELULAR
  6. 6. E QUANDO FALAMOS EM ACESSO MÓVEL NÃO É SÓ PELO CELULAR MAS NA REALIDADE BRASILEIRA, OS MAIS POPULARES MEIOS DE ACESSO SÃO CELULARES E TABLETS
  7. 7. NÚMEROS ATUAIS NO BRASIL SOBRE CELULARES Fonte: IDC/ Abinee / Teleco 267 milhões de celulares em JUL/2013 De Abril a Junho foram vendidos aproximadamente 15 milhões de celulares no país; desse total, 54% foram smartphones, contra 46% de telefones celulares tradicionais . Sistema operacional Android é mais comum do que iOS 79% destas linhas são de aparelhos pré – pagos, a grande maioria com acesso à internet também
  8. 8. NÚMEROS ATUAIS NO BRASIL SOBRE TABLETS Foram vendidos 3,1 milhões de tablets em 2012 Cresciment o de 171% em 2012 Quase 50% Custaram menos de R$500 reais 77% do Sistema Operacion al Android 88% foi Comprado para uso doméstico e 12% para mercado corporativo Espera-se venda de quase 6 milhões de tablets em 2013. Fonte: IDC- Brasil Mobile / Abinee / Teleco/ ComScore
  9. 9. POR QUE É IMPORTANTE? / PESSOAS ESTÃO EM MOVIMENTO / ESTÃO CONECTADAS / AS MARCAS PRECISAM ESTAR PREPARADAS PARA SEREM ENCONTRADAS, A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR ATRAVÉS DE QUALQUER DISPOSITIVO
  10. 10. E COMO ENCONTRAR ESSAS PESSOAS EM MOVIMENTO?
  11. 11. MÍDIA MOBILE É a melhor maneira de encontrar e impactar toda esta audiência conectada e em movimento
  12. 12. O PÚBLICO EM GERAL ESTÁ FAMILIARIZADO COM MÍDIA EM SEUS DISPOSITIVOS MÓVEIS
  13. 13. EXISTEM DIVERSOS CAMINHOS QUE PODEM SER UTILIZADOS COMO MÍDIA MOBILE SMS REDES SOCIAIS MOBILE SITE SEARCH APPS MÍDIA DISPLAY CONTEÚDO EXPERIÊNCIAUSABILIDADE PERTINÊNCIARECURSOS
  14. 14. MAS, UMA ESTRATÉGIA BÁSICA CONTEMPLA 3 PRINCIPAIS CAMINHOS REDES SOCIAIS SEARCH MÍDIA DISPLAY
  15. 15. 96% DOS USUÁRIOS DE SMARTPHONES PERCEBEM MÍDIA DISPLAY NOS DISPOSITIVOS MÓVEIS Fonte: Pesquisa Google Our Mobile World Brazil – mar 2013
  16. 16. MÍDIA DISPLAY É O HOJE O MÉTODO MAIS COMUM DE SE PERCEBER A MÍDIA
  17. 17. COMO É QUE A GENTE PLANEJA ESSA MÍDIA?
  18. 18. 4 PRIMEIROS PASSOS 1/ O produto/serviço precisa ter uma presença móvel 2/ É preciso determinar a quem se destina 3/ Seguir regras básicas de boas práticas da publicidade móvel nos criativos 4/ Os objetivos da campanha devem ser claros mas, o caminho a se seguir deve ser flexível
  19. 19. 1/ PRESENÇA MÓVEL
  20. 20. Exemplo =(
  21. 21. Exemplo =)
  22. 22. 2/ A QUEM SE DESTINA Mídia mobile permite alto grau de segmentação. Massificar nem sempre garante bons resultados QUALIDADE > QUANTIDADE
  23. 23. 3/ REGRAS BÁSICAS / Formatos padronizados pelo MMA* e IAB* / Cuidado com a mensagem de Call to Action / Atenção com aplicação de imagens para não poluir / Botões com tamanho ideal para o toque / Simplicidade e mensagem rápida / Permitir a opção de fechar a peça
  24. 24. 3/ REGRAS BÁSICAS / Não ser interruptivo – Em canais como jogos e apps de produtividade, veicular formatos que não interrompam a atividade do usuário; / Ser contextualizado – Adequar o tom da comunicação aos tipos de canais que a peça será veiculada e aproveitar ao máximo os recursos do aparelho; / Utilizar formatos pertinentes e atrativos – criar formatos diferenciados para proporcionar experiência ao usuário.
  25. 25. 4/ OBJETIVOS / O resultado que a campanha visa alcançar deve estar claro porém, é preciso ser flexível para possíveis ajustes ao longo do caminho. / O comportamento do usuário é diferente no mobile, precismos entender qual formao performa melhor para cada caso.
  26. 26. Case Even CTR 0,15% CTR 2,3%
  27. 27. E COMO CONTRATAR?
  28. 28. PARA ISSO, TEMOS ALGUNS MODELOS DE CONTRATAÇÃO DE MÍDIA MOBILE / Rede de display Google / iAd / Diretamente com veículos / Ad Networks ALCANCE E FREQUENCIA OPORTUNIDADE DE FORMATOS E CONHECIMENTO DE CANAL SEGMENTAÇÃO E ALCANCE
  29. 29. DIRETAMENTE COM VEÍCULO
  30. 30. GOOGLE ADMOB OU iAD
  31. 31. AD NETWORKS
  32. 32. DEPOIS DE DETERMINAR QUAL O MÉTODO DE COMPRA, É PRECISO DETERMINAR OS FORMATOS QUE VAI CRIAR PARA A SUA COMUNICAÇÃO
  33. 33. A PRIMEIRA COISA A SE PENSAR É SOBRE A VARIAÇÃO DE TELAS DOS DEVICES
  34. 34. IAB –MMA IAB- Interactive advertising Bureau / MMA – Mobile Marketing Association
  35. 35. PRINCIPAIS FORMATOS EM ADNETWORK / BANNER TRADICIONAL / RICH MEDIA / MÍDIA INTERATIVATABLETS
  36. 36. BANNER TRADICIONAL • Os banners neste formato são imprescindíveis para uma campanha. Eles são rápidos para passar a mensagem e rodam em todos os sites e apps das redes de conteúdo. Eles podem ser estáticos ou animados. /Click to Landing Page / Click to Mobile Site / Click to Call / Click to Mapa / Click to Vídeo / Click to Redes Sociais / Click to Lead / Click to SMS / Click to Download Imagem meramente ilustrativa
  37. 37. OS FORMATOS TRADICIONAIS TAMBÉM PODEM VARIAR • “Banner Pré-Roll” é uma variação do Banner Tradicional • Usado para veiculação em jogos e apps. • Aparece entre os intervalos das interações com apps por isso é menos intrusivo e permite maior flexibilidade criativa por possuir maior espaço. Abre o veículo Antes do conteúdo oficial, aparece um anuncio em tela cheia Após a interação o usuário vai para o conteúdo oficial
  38. 38. RICH MEDIA • Maior engajamento • Permite diferentes interações • É mais atrativa visualmente. • É possível fazer desde interações simples até uma peça com mini jogo . / Banner expansível / Efeitos de transição / Vídeo Banner (embedado ou não) / Scratch-off (imagens e efeitos recortados, sobrepostos e afins) / Interação 360º / Utilizar recursos do dispositivo ( geolocalizar, touch, uso de microfone, reconhecimento de áudio, acelerômetro, sensor de movimentação e outros) Imagem meramente ilustrativa
  39. 39. PEÇAS INTERATIVAS DE TABLET • Este formato também gera bastante engajamento por ser atrativo e interativo. • Veiculado sempre em revistas e jornais digitais que possuem espaços de mídia para este formato. • Aqui é onde os recursos dos devices móveis podem ser melhor explorados.
  40. 40. EXISTEM TAMBÉM OUTROS FORMATOS QUE SÃO UTILIZADOS COMO MÍDIA E DEVEM SER CONSIDERADOS PARA UMA CAMPANHA COMPLETA
  41. 41. SEARCH E REDES SOCIAIS
  42. 42. ALÉM DOS FORMATOS MAIS ELABORADOS QUE INCENTIVAM O ENGAJMENTO E GERAM BUZZ
  43. 43. / CROSS MEDIA / PATROCÍNIO / PARTICIPAÇÕES EM PLATAFORMAS PRONTAS
  44. 44. CROSS MEDIA • É o mix de dois ou mais canais que se completam. • Proporciona experiência e conteúdo. • É muito usado para entregar conteúdo extra, levar para um canal on line da marca, criar diferentes interatividades contextualizadas. / QR Code / SMS / Ativação por vídeo/ Mídia OOH/ material impresso/ Embalagens / Integração com redes Sociais e outras plataformas digitais / Realidade aumentada / Multidevices conectados http://www.youtube.com/watch?v=xOKo82AcTVY
  45. 45. CROSS MEDIA “E aí, beleza? Aqui é o Neymar. Dei mole com o telefone, mas foi legal! Muita gente mandou recado de apoio pra gente. Então, se quiser aproveitar, deixe sua mensagem que eu mostro pro pessoal antes do jogo. É isso aí, tamo junto Brasil! Valeu!” / Logo depois da ligação, um SMS com o link para o novo comercial da Nike com a Seleção Brasileira foi enviado.
  46. 46. PATROCÍNIO DE PLATAFORMA • Este ainda é um formato pouco explorado como mídia. Se trata de patrocinar ou licenciar uma toda uma plataforma ou app já desenvolvido que tenha um tema ou funcionalidade compatível com uma campanha ou marca. • Nele, toda a aparência do canal tem a identidade da marca . • O patrocínio também permite que este app possa ser utilizado como canal de comunicação e interação com os usuários, além de poder oferecer serviços, vantagens, novidades e diversas soluções customizadas de acordo com cada projeto.
  47. 47. PARTICIPAÇÃO EM PLATAFORMAS • Este formato também é pouco explorado. Trata-se de incluir a marca de forma contextualizada dentro das funcionalidades do app. • Chamamos de ações “in-app” ou “in-game”, quando se trata de um jogo. • A participação pode ser exclusiva ou também compartilhada com outras marcas de diferentes categorias / Ações especiais criando funcionalidades patrocinadas / Inclusão de produtos no contexto / Publicidade no cenário Jogo Autorama digital com Participação da Fiat
  48. 48. PARTICIPAÇÃO EM PLATAFORMAS
  49. 49. ALGUNS APRENDIZADOS / Todo produto/serviço precisa de uma campanha de divulgação / Se possível, inclua o valor de investimento de mídia no início do projeto, acredite isso evita MUITOS problemas futuros / Crie a maior variedade de formatos possível, isso garante maior alcance na sua rede de display e ajuda nos resultados / Acompanhe a campanha em tempo real, assim é possível fazer ajustes e otimizar os resultados
  50. 50. LEITURA RECOMENDADA Advertising mobile / MMA e IAB http://www.mmaglobal.com/ http://iabbrasil.net/
  51. 51. LEITURA RECOMENDADA Pesquisa e Dados / Teleco http://teleco.com.br/ / ComScore http://www.comscore.com/por/ / IDC http://www.idc.com//home.jsp
  52. 52. LEITURA RECOMENDADA Cases e Tech / The Next Web http://thenextweb.com/ / Mobilizado http://mobilizado.com.br/ / Google Think Mobile http://www.google.com/think/
  53. 53. LEITURA RECOMENDADA AdNetworks /Google Adwords mobile http://www.google.com.br/ads/adwords/?sou rceid=awo&subid=br-pt-ha-aw-bkhp0~ 26918000815 /Apple iAD http://advertising.apple.com/
  54. 54. OBRIGADA =) luana.hazine@gmail.com luanahazine.tumblr.com @hazine

×