Aula 07 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - tíbia e fíbula

1.544 visualizações

Publicada em

Radiology - Anatomy tibia and fibula

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Aula 07 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - tíbia e fíbula

  1. 1. Prof. Hamilton F. Nobrega Anatomia do Esqueleto Apendicular
  2. 2. Tíbia e Fíbula
  3. 3. Osso par, longo, situado póstero-lateralmente à tíbia. Não possui função de sustentação de peso. Serve principalmente para fixação de músculos.
  4. 4. Articula-se com a tíbia (proximalmente e distalmente) e o tálus (distalmente). A fíbula não faz parte da articulação do joelho, entretanto, participa da formação da articulação talocrural (formada pela extremidade inferior da tíbia e fíbula com o dorso do tálus)
  5. 5. Em suas extremidades a fíbula articula-se com a tíbia, esse tipo de articulação é do tipo sindesmose (fibrosa e praticamente não possui movimentos). • Articulação tíbiofibular proximal • Articulação tíbiofibular distal
  6. 6. Mantem-se ligada a tíbia por uma membrana fibrosa chamada de membrana interóssea, dando suporte para alguns músculos.
  7. 7. A extremidade distal por ser alargada, pode ser palpada como uma protuberância na face lateral da articulação do tornozelo, sendo denominada maléolo lateral.
  8. 8. Osso par, longo, localizado na parte medial da perna, facilmente sentida ao se palpar essa região por cima da pele. Sua face ântero-medial não é revestida por músculos estando recoberta (de profundo para superficial) pelo: periósteo, tela subcutânea e pele (conhecida popularmente como canela).
  9. 9. Articula-se: • Superiormente com os côndilos do fêmur, formando a articulação do joelho; • Inferiormente com o tálus (osso do tarso), para formar a articulação talocrural (tornozelo).
  10. 10. • As uniões entre a tíbia e a fíbula se dão pelas articulações tibiofibular proximal, tibiofibular distal e pela membrana interóssea que se estende entre os ossos em quase toda sua extensão.

×