SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
Prof. Hamilton F. Nobrega
Anatomia do
Esqueleto
Apendicular:
Carpo
Ossos do Carpo, Metacarpo e
Falanges
• Esqueleto da mão
Formado pelos ossos
carpais, metacarpais e
falanges.
 O osso trapezoide se articula com o primeiro metacarpal, articulação
móvel diferenciada em relação aos demais (independência do polegar)
 O hamato apresenta um gancho em sua face anterior, denominado
hâmulo do hamato.
• Fileira proximal
(de lateral para medial):
Escafóide, semilunar,
piramidal e pisiforme
Ossos Carpais: Curtos,
pares, em número de oito em
cada mão. Dividem-se em
ossos da fileira proximal e da
fileira distal do carpo.
• Fileira distal
(de lateral para medial):
Trapézio, trapezoide,
capitato e hamato
1a fileira ou fileira proximal (de lateral para medial)
Escafóide: possui anteriormente um tubérculo e posteriormente um sulco.
Semilunar: forma de uma meia lua.
Piramidal: tem a forma de uma pirâmide.
Pisiforme: é o menor dos ossos do carpo, localiza – se na face anterior do
piramidal, em alguns casos esta aderida.
A fileira proximal articula – se com o rádio (exceto pisiforme).
2ª fileira ou fileira distal (de lateral para medial)
Trapézio: recebe este nome pelo formato de um trapézio, possui uma
protuberância (tubérculo) em formato de sela, que se articula com a base do
primeiro metacarpo.
Trapezóide: formato de um trapézio, porém menor, mais largo dorsal do que
ventralmente.
Capitato: é o maior dos ossos do carpo.
Hamato: facilmente reconhecido pelo seu gancho (hámulo)
 Não é incomum a presença de dois ossos sesamóides
próximos à cabeça do primeiro metacarpal.
Ossos Metacarpais: Longos. Apresentam uma base que
se articula com os ossos da fileira distal do carpo, um corpo
de concavidade anterior e uma cabeça que se articula com a
base da falange proximal.
 São numerados de Iº ao
Vº de lateral para
medial.
 Falanges: Longos. Divididas em proximal, média e distal.
Apresentam uma base e um corpo. O primeiro dedo
(polegar) não apresenta falange média.
 Na região distal das
falanges proximais e
médias é observado a
tróclea da falange.
 Nas falanges distais a
tróclea é substituída
por tuberosidade.
 Articulação Radiocarpal
O radio se articula com o escafoide e com o semilunar em
suas respectivas facetas.
Articulação Carpometacarpal
É a articulação das extremidades distais dos ossos da fileira
distal do carpo com a base dos metacarpianos.
• O trapézio se articula com o 1º
metacarpiano (trapézio-metacarpiana);
• O trapezoide se articula com o 2º
metacarpiano (trapezoide-metacarpiana);
• O capitato se articula com o 3º
metacarpiano (capitato-metacárpica);
• O hamato se articula se articula com o 4º e
5º metacarpos (hamato-metacárpica)
Articulação Metacarpofalângicas
É a articulação entre a cabeça do metacarpiano e a base das
falanges proximais.
Formada pela superfície convexa da cabeça dos metacarpianos
e pela superfície côncava da cavidade glenóide das falanges
proximais.
Articulação Metacarpofalângicas
Articulação Interfalângicas
É a articulação entre a região distal (tróclea) de uma falange,
com a base (cavidade glenóide) da falange seguinte.
Articulação
interfalangiana
distal (IFD)
Articulação
interfalangiana
proximal (IFP)
Articulação
interfalangiana
distal (IFD)
Articulação Interfalângicas
Fileira Proximal
• Escafóide: Apresenta anteriormente um tubérculo e posteriormente um sulco.
• Semilunar: faces superior (côncava e lisa), face inferior (côncava), faces
dorsal e palmar, faces lateral e medial.
• Piramidal (triquetal): Faces superior, inferior (concava), lateral e medial.
• Pisiforme: Apresenta apenas uma face articular. Faces dorsal, face lateral
(côncava) e face medial (convexa).
Carpo
Fileira Distal
• Trapézio: Tubérculo
• Trapezóide: Apresenta quatro faces.
• Capitato: Apresenta superiormente uma cabeça (região côncava do escafoide
e semilunar), uma parte com um estrangulamento (colo) e corpo.
• Hamato: Hámulo (processo)
Carpo
• I Metacarpal: Ossos sesamóides
• III Metacarpal: Processo estilóide
• I ao V metacarpais: Cabeça, corpo e base
Metacarpo
• Falanges proximais e médias: Base, corpo e cabeça
• Falanges distais: Tuberosidade
Falanges
Falanges
Encodroma na falange média
Encodroma na falange proximal
1. A mão se divide em três partes. Quais os ossos que compreendem a porção palmar e
dorsal da mão?
2. Qual osso da mão é sesamóide?
3. Qual dos ossos da mão possui uma protuberância semelhante a um gancho,
denominado de hámulo?
4. Qual a articulação do polegar que permite a maior movimentação?
5. Quais ossos da mão possuem um tubérculo?
6. Qual o maior dos ossos do carpo?
7. Para efeito de estudo anatômico, como são nomeados os metacarpos?
8. Qual os metacarpianos podem apresentar ossos sesamóides em sua cabeça?
9. Como as falanges distais são articuladas com as falanges médias e as falanges médias
com as falanges distais?
10. Onde encontramos tuberosidade nos ossos da mão?
11. Quais as grandes articulações existentes entre todo o conjunto punho, mão e falanges?
12. Onde encontramos a articulação mediocárpica?
13. As articulações das falanges deslizam sobre uma placa. Que placa é essa?
14. Qual osso da mão apresenta um processo estiloide?
15. De forma geral, os metacarpos são divididos em três partes. Quais são?
16. Qual osso do carpo se articulam com o 4º e 5º metacarpianos?
17. Quais ossos constituem a articulação entre o radio e o punho?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotoveloCinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotoveloClaudio Pereira
 
Aula 06 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - tarso, metatarsos ...
Aula 06   radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - tarso, metatarsos ...Aula 06   radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - tarso, metatarsos ...
Aula 06 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - tarso, metatarsos ...Hamilton Nobrega
 
Anatomia do membro superior
Anatomia do membro superiorAnatomia do membro superior
Anatomia do membro superiorCaio Maximino
 
Sistema muscular 1º periodo
Sistema muscular 1º periodoSistema muscular 1º periodo
Sistema muscular 1º periodoRodrigo Bruno
 
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO-OSTEOLOGIA
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO-OSTEOLOGIAMORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO-OSTEOLOGIA
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO-OSTEOLOGIAGabrielaSoares07
 
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIAAula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIALeonardo Delgado
 
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdfRodrigoAugustoDalia
 
Anatomia radiológica da coluna vertebral
Anatomia radiológica da coluna vertebral Anatomia radiológica da coluna vertebral
Anatomia radiológica da coluna vertebral Tony Parente
 
Músculos dos membros inferiores
Músculos dos membros inferioresMúsculos dos membros inferiores
Músculos dos membros inferioresBlenda Neiva
 
Idade ossea
Idade osseaIdade ossea
Idade osseaendocbh
 
Anatomia membro superior
Anatomia membro superiorAnatomia membro superior
Anatomia membro superiorAdlem Dutra
 

Mais procurados (20)

Cinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotoveloCinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotovelo
 
Aula 06 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - tarso, metatarsos ...
Aula 06   radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - tarso, metatarsos ...Aula 06   radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - tarso, metatarsos ...
Aula 06 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - tarso, metatarsos ...
 
Anatomia do membro superior
Anatomia do membro superiorAnatomia do membro superior
Anatomia do membro superior
 
Anatomia radiológica
Anatomia radiológicaAnatomia radiológica
Anatomia radiológica
 
Anatomia crânio e face 2016
Anatomia crânio e face 2016Anatomia crânio e face 2016
Anatomia crânio e face 2016
 
Sistema muscular 1º periodo
Sistema muscular 1º periodoSistema muscular 1º periodo
Sistema muscular 1º periodo
 
Anatomia Radiológica
Anatomia RadiológicaAnatomia Radiológica
Anatomia Radiológica
 
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO-OSTEOLOGIA
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO-OSTEOLOGIAMORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO-OSTEOLOGIA
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO-OSTEOLOGIA
 
Sistema óSseo
Sistema óSseoSistema óSseo
Sistema óSseo
 
RM CRÂNIO
RM CRÂNIORM CRÂNIO
RM CRÂNIO
 
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIAAula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
 
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf
 
Anatomia radiológica da coluna vertebral
Anatomia radiológica da coluna vertebral Anatomia radiológica da coluna vertebral
Anatomia radiológica da coluna vertebral
 
Acidentes ósseos
Acidentes ósseosAcidentes ósseos
Acidentes ósseos
 
Músculos dos membros inferiores
Músculos dos membros inferioresMúsculos dos membros inferiores
Músculos dos membros inferiores
 
Estudo de imagens ortopédicas na radiologia
Estudo de imagens ortopédicas na radiologiaEstudo de imagens ortopédicas na radiologia
Estudo de imagens ortopédicas na radiologia
 
Aula 07 ultrassonografia
Aula 07 ultrassonografiaAula 07 ultrassonografia
Aula 07 ultrassonografia
 
EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICAEXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
 
Idade ossea
Idade osseaIdade ossea
Idade ossea
 
Anatomia membro superior
Anatomia membro superiorAnatomia membro superior
Anatomia membro superior
 

Destaque

Nefrologia Principais Patologias Causadoras de IRA e IRC
Nefrologia   Principais Patologias Causadoras de IRA e IRCNefrologia   Principais Patologias Causadoras de IRA e IRC
Nefrologia Principais Patologias Causadoras de IRA e IRCHamilton Nobrega
 
Atlas básico de anatomia
Atlas básico de anatomiaAtlas básico de anatomia
Atlas básico de anatomiaprojetacursosba
 
Aula 04 anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
Aula 04   anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..Aula 04   anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
Aula 04 anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..Hamilton Nobrega
 
Anatomia Punho e mão, Tornozelo e pé
Anatomia Punho e mão, Tornozelo e péAnatomia Punho e mão, Tornozelo e pé
Anatomia Punho e mão, Tornozelo e péHugo Menezes
 
Aula 01 introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...
Aula 01   introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...Aula 01   introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...
Aula 01 introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...Hamilton Nobrega
 
ossos e articulações dos membros inferiores
ossos e articulações dos membros inferioresossos e articulações dos membros inferiores
ossos e articulações dos membros inferioresGiovana Minato
 
Anatomia do membro inferior
Anatomia do membro inferiorAnatomia do membro inferior
Anatomia do membro inferiorCaio Maximino
 
Apostila Sistema Esquelético
Apostila Sistema EsqueléticoApostila Sistema Esquelético
Apostila Sistema EsqueléticoDan Moreyra
 
Articulações e seus movimentos
Articulações e seus movimentosArticulações e seus movimentos
Articulações e seus movimentosJose Roberto Coccki
 
O complexo articular do tornozelo
O complexo articular do tornozeloO complexo articular do tornozelo
O complexo articular do tornozeloMauro Eduardo
 
Noções de Administração Aplicadas a Radiologia
Noções de Administração Aplicadas a RadiologiaNoções de Administração Aplicadas a Radiologia
Noções de Administração Aplicadas a RadiologiaHamilton Nobrega
 
Anatomia radiologica-aula-introdutoria
Anatomia radiologica-aula-introdutoriaAnatomia radiologica-aula-introdutoria
Anatomia radiologica-aula-introdutoriaManu Medeiros
 
Anatomia (músculos) - flexão e extensão do carpo e dos dedos das maos
Anatomia (músculos) - flexão e extensão do carpo e dos dedos das maosAnatomia (músculos) - flexão e extensão do carpo e dos dedos das maos
Anatomia (músculos) - flexão e extensão do carpo e dos dedos das maosIgor Maurer
 

Destaque (18)

Membro superior.pptx
Membro superior.pptxMembro superior.pptx
Membro superior.pptx
 
Nefrologia Principais Patologias Causadoras de IRA e IRC
Nefrologia   Principais Patologias Causadoras de IRA e IRCNefrologia   Principais Patologias Causadoras de IRA e IRC
Nefrologia Principais Patologias Causadoras de IRA e IRC
 
Atlas básico de anatomia
Atlas básico de anatomiaAtlas básico de anatomia
Atlas básico de anatomia
 
Aula 04 anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
Aula 04   anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..Aula 04   anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
Aula 04 anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
 
Anatomia Punho e mão, Tornozelo e pé
Anatomia Punho e mão, Tornozelo e péAnatomia Punho e mão, Tornozelo e pé
Anatomia Punho e mão, Tornozelo e pé
 
Aula 01 introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...
Aula 01   introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...Aula 01   introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...
Aula 01 introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...
 
Tibia e Fíbula
Tibia e FíbulaTibia e Fíbula
Tibia e Fíbula
 
Membro inferior
Membro inferiorMembro inferior
Membro inferior
 
ossos e articulações dos membros inferiores
ossos e articulações dos membros inferioresossos e articulações dos membros inferiores
ossos e articulações dos membros inferiores
 
Anatomia do membro inferior
Anatomia do membro inferiorAnatomia do membro inferior
Anatomia do membro inferior
 
Apostila Sistema Esquelético
Apostila Sistema EsqueléticoApostila Sistema Esquelético
Apostila Sistema Esquelético
 
Articulações e seus movimentos
Articulações e seus movimentosArticulações e seus movimentos
Articulações e seus movimentos
 
O complexo articular do tornozelo
O complexo articular do tornozeloO complexo articular do tornozelo
O complexo articular do tornozelo
 
Sistema esquelético
Sistema esqueléticoSistema esquelético
Sistema esquelético
 
Esqueleto axial
Esqueleto axialEsqueleto axial
Esqueleto axial
 
Noções de Administração Aplicadas a Radiologia
Noções de Administração Aplicadas a RadiologiaNoções de Administração Aplicadas a Radiologia
Noções de Administração Aplicadas a Radiologia
 
Anatomia radiologica-aula-introdutoria
Anatomia radiologica-aula-introdutoriaAnatomia radiologica-aula-introdutoria
Anatomia radiologica-aula-introdutoria
 
Anatomia (músculos) - flexão e extensão do carpo e dos dedos das maos
Anatomia (músculos) - flexão e extensão do carpo e dos dedos das maosAnatomia (músculos) - flexão e extensão do carpo e dos dedos das maos
Anatomia (músculos) - flexão e extensão do carpo e dos dedos das maos
 

Semelhante a Aula 02 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - carpo

Anatomia radiológica
Anatomia radiológicaAnatomia radiológica
Anatomia radiológicaradiologia
 
Esqueleto apendicular
Esqueleto apendicularEsqueleto apendicular
Esqueleto apendicularmagicozoom
 
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdf
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdfApostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdf
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdfAndreaBastosGomes
 
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdf
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdfApostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdf
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdfAndreaBastosGomes
 
Fascículo 6: Semiologia da Mão
Fascículo 6: Semiologia da MãoFascículo 6: Semiologia da Mão
Fascículo 6: Semiologia da MãoBrunno Rosique
 
ANATOMIA-_Anatomia_Radiologica.pptx
ANATOMIA-_Anatomia_Radiologica.pptxANATOMIA-_Anatomia_Radiologica.pptx
ANATOMIA-_Anatomia_Radiologica.pptxEdnilson Silva
 
docsity-anatomia-2977.pdf
docsity-anatomia-2977.pdfdocsity-anatomia-2977.pdf
docsity-anatomia-2977.pdfAnaCHDS
 
Fascículo anatomia da mão
Fascículo anatomia da mãoFascículo anatomia da mão
Fascículo anatomia da mãoGeane Sarges
 
Anatomia Cirúrgica da Mão
Anatomia Cirúrgica da MãoAnatomia Cirúrgica da Mão
Anatomia Cirúrgica da MãoBrunno Rosique
 
Membro superior Parte 2| Medicine
Membro superior Parte 2| MedicineMembro superior Parte 2| Medicine
Membro superior Parte 2| MedicineDiogoSantos462
 
Sistema esqueletico monitoria
Sistema esqueletico monitoriaSistema esqueletico monitoria
Sistema esqueletico monitoriaRuti Santos
 
Osteologia do esqueleto axial e apendicular
Osteologia do esqueleto axial e apendicularOsteologia do esqueleto axial e apendicular
Osteologia do esqueleto axial e apendicularNancy Cabral
 
Apostila de osteologia dos mmss e mmii (1)
Apostila de osteologia dos mmss e mmii (1)Apostila de osteologia dos mmss e mmii (1)
Apostila de osteologia dos mmss e mmii (1)Alexsander Santiago
 
Apostila ´- Osteologia apendicular de membro pélvico.pdf
Apostila ´- Osteologia apendicular de membro pélvico.pdfApostila ´- Osteologia apendicular de membro pélvico.pdf
Apostila ´- Osteologia apendicular de membro pélvico.pdfAndreaBastosGomes
 
embriologia-cabea-e-pescoo-1226407045603139-8.pdf
embriologia-cabea-e-pescoo-1226407045603139-8.pdfembriologia-cabea-e-pescoo-1226407045603139-8.pdf
embriologia-cabea-e-pescoo-1226407045603139-8.pdfAyrttonAnacleto2
 

Semelhante a Aula 02 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - carpo (20)

Anatomia radiológica
Anatomia radiológicaAnatomia radiológica
Anatomia radiológica
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Esqueleto apendicular
Esqueleto apendicularEsqueleto apendicular
Esqueleto apendicular
 
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdf
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdfApostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdf
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdf
 
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdf
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdfApostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdf
Apostila - Osteologia Apendicular de membro torácico.pdf
 
Fascículo 6: Semiologia da Mão
Fascículo 6: Semiologia da MãoFascículo 6: Semiologia da Mão
Fascículo 6: Semiologia da Mão
 
ANATOMIA-_Anatomia_Radiologica.pptx
ANATOMIA-_Anatomia_Radiologica.pptxANATOMIA-_Anatomia_Radiologica.pptx
ANATOMIA-_Anatomia_Radiologica.pptx
 
docsity-anatomia-2977.pdf
docsity-anatomia-2977.pdfdocsity-anatomia-2977.pdf
docsity-anatomia-2977.pdf
 
Fascículo anatomia da mão
Fascículo anatomia da mãoFascículo anatomia da mão
Fascículo anatomia da mão
 
1.2.2 membro superior
1.2.2   membro superior1.2.2   membro superior
1.2.2 membro superior
 
Anatomia Cirúrgica da Mão
Anatomia Cirúrgica da MãoAnatomia Cirúrgica da Mão
Anatomia Cirúrgica da Mão
 
Membro superior Parte 2| Medicine
Membro superior Parte 2| MedicineMembro superior Parte 2| Medicine
Membro superior Parte 2| Medicine
 
Membros superiores
Membros superiores Membros superiores
Membros superiores
 
Sistema esqueletico monitoria
Sistema esqueletico monitoriaSistema esqueletico monitoria
Sistema esqueletico monitoria
 
Osteologia do esqueleto axial e apendicular
Osteologia do esqueleto axial e apendicularOsteologia do esqueleto axial e apendicular
Osteologia do esqueleto axial e apendicular
 
Apostila de osteologia dos mmss e mmii (1)
Apostila de osteologia dos mmss e mmii (1)Apostila de osteologia dos mmss e mmii (1)
Apostila de osteologia dos mmss e mmii (1)
 
Aula de anatomia(resumo)
Aula de anatomia(resumo)Aula de anatomia(resumo)
Aula de anatomia(resumo)
 
Apostila ´- Osteologia apendicular de membro pélvico.pdf
Apostila ´- Osteologia apendicular de membro pélvico.pdfApostila ´- Osteologia apendicular de membro pélvico.pdf
Apostila ´- Osteologia apendicular de membro pélvico.pdf
 
Osteologia 2
Osteologia 2Osteologia 2
Osteologia 2
 
embriologia-cabea-e-pescoo-1226407045603139-8.pdf
embriologia-cabea-e-pescoo-1226407045603139-8.pdfembriologia-cabea-e-pescoo-1226407045603139-8.pdf
embriologia-cabea-e-pescoo-1226407045603139-8.pdf
 

Mais de Hamilton Nobrega

Órgãos internos sistema respiratório
Órgãos internos   sistema respiratórioÓrgãos internos   sistema respiratório
Órgãos internos sistema respiratórioHamilton Nobrega
 
Órgãos internos sistema circulatório
Órgãos internos   sistema circulatórioÓrgãos internos   sistema circulatório
Órgãos internos sistema circulatórioHamilton Nobrega
 
ÓRgãos internos sistema digestório
ÓRgãos internos   sistema digestórioÓRgãos internos   sistema digestório
ÓRgãos internos sistema digestórioHamilton Nobrega
 
Aula Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidade
Aula  Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidadeAula  Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidade
Aula Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidadeHamilton Nobrega
 
Nefrologia: Anatomia e Fisiologia dos Rins
Nefrologia: Anatomia e Fisiologia dos RinsNefrologia: Anatomia e Fisiologia dos Rins
Nefrologia: Anatomia e Fisiologia dos RinsHamilton Nobrega
 
Aula 07 núcleo e cromossomos
Aula 07   núcleo e cromossomosAula 07   núcleo e cromossomos
Aula 07 núcleo e cromossomosHamilton Nobrega
 
Aula 05 membrana plasmática e transportes
Aula 05   membrana plasmática e transportesAula 05   membrana plasmática e transportes
Aula 05 membrana plasmática e transportesHamilton Nobrega
 
Aula 04 Bases Moleculares da Vida
Aula 04   Bases Moleculares da VidaAula 04   Bases Moleculares da Vida
Aula 04 Bases Moleculares da VidaHamilton Nobrega
 
Aula 03 Tipos Básicos de Células e Bases Moleculares da Vida
Aula 03   Tipos Básicos de Células e Bases Moleculares da VidaAula 03   Tipos Básicos de Células e Bases Moleculares da Vida
Aula 03 Tipos Básicos de Células e Bases Moleculares da VidaHamilton Nobrega
 
Aula 02 Microscopio de Luz e Técnicas de Observação e Coloração
Aula 02   Microscopio de Luz e Técnicas de Observação e ColoraçãoAula 02   Microscopio de Luz e Técnicas de Observação e Coloração
Aula 02 Microscopio de Luz e Técnicas de Observação e ColoraçãoHamilton Nobrega
 
Aula 01 Origem da Biologia Celular
Aula 01   Origem da Biologia CelularAula 01   Origem da Biologia Celular
Aula 01 Origem da Biologia CelularHamilton Nobrega
 
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizadoAula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizadoHamilton Nobrega
 
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologiaAula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologiaHamilton Nobrega
 
Aula 11 sistema respiratório
Aula 11   sistema respiratórioAula 11   sistema respiratório
Aula 11 sistema respiratórioHamilton Nobrega
 
Aula 11 Sistema urinário/excretor - anatomia
Aula 11   Sistema urinário/excretor - anatomiaAula 11   Sistema urinário/excretor - anatomia
Aula 11 Sistema urinário/excretor - anatomiaHamilton Nobrega
 
Aula 12 sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologia
Aula 12   sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologiaAula 12   sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologia
Aula 12 sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologiaHamilton Nobrega
 
Aula 06 Sistema nervoso e sensorial - anatomia
Aula 06   Sistema nervoso e sensorial - anatomiaAula 06   Sistema nervoso e sensorial - anatomia
Aula 06 Sistema nervoso e sensorial - anatomiaHamilton Nobrega
 
Aula 04 fisiologia da nutrição - sistema cardiovascular
Aula 04   fisiologia da nutrição - sistema cardiovascularAula 04   fisiologia da nutrição - sistema cardiovascular
Aula 04 fisiologia da nutrição - sistema cardiovascularHamilton Nobrega
 

Mais de Hamilton Nobrega (20)

Órgãos internos sistema respiratório
Órgãos internos   sistema respiratórioÓrgãos internos   sistema respiratório
Órgãos internos sistema respiratório
 
Órgãos internos sistema circulatório
Órgãos internos   sistema circulatórioÓrgãos internos   sistema circulatório
Órgãos internos sistema circulatório
 
ÓRgãos internos sistema digestório
ÓRgãos internos   sistema digestórioÓRgãos internos   sistema digestório
ÓRgãos internos sistema digestório
 
Aula Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidade
Aula  Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidadeAula  Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidade
Aula Bactérias - estrutura - morfologia e patogenicidade
 
Didática Ensino Superior
Didática Ensino SuperiorDidática Ensino Superior
Didática Ensino Superior
 
Nefrologia: Anatomia e Fisiologia dos Rins
Nefrologia: Anatomia e Fisiologia dos RinsNefrologia: Anatomia e Fisiologia dos Rins
Nefrologia: Anatomia e Fisiologia dos Rins
 
Aula 07 núcleo e cromossomos
Aula 07   núcleo e cromossomosAula 07   núcleo e cromossomos
Aula 07 núcleo e cromossomos
 
Aula 06 citoplasma
Aula 06   citoplasmaAula 06   citoplasma
Aula 06 citoplasma
 
Aula 05 membrana plasmática e transportes
Aula 05   membrana plasmática e transportesAula 05   membrana plasmática e transportes
Aula 05 membrana plasmática e transportes
 
Aula 04 Bases Moleculares da Vida
Aula 04   Bases Moleculares da VidaAula 04   Bases Moleculares da Vida
Aula 04 Bases Moleculares da Vida
 
Aula 03 Tipos Básicos de Células e Bases Moleculares da Vida
Aula 03   Tipos Básicos de Células e Bases Moleculares da VidaAula 03   Tipos Básicos de Células e Bases Moleculares da Vida
Aula 03 Tipos Básicos de Células e Bases Moleculares da Vida
 
Aula 02 Microscopio de Luz e Técnicas de Observação e Coloração
Aula 02   Microscopio de Luz e Técnicas de Observação e ColoraçãoAula 02   Microscopio de Luz e Técnicas de Observação e Coloração
Aula 02 Microscopio de Luz e Técnicas de Observação e Coloração
 
Aula 01 Origem da Biologia Celular
Aula 01   Origem da Biologia CelularAula 01   Origem da Biologia Celular
Aula 01 Origem da Biologia Celular
 
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizadoAula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizado
 
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologiaAula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
 
Aula 11 sistema respiratório
Aula 11   sistema respiratórioAula 11   sistema respiratório
Aula 11 sistema respiratório
 
Aula 11 Sistema urinário/excretor - anatomia
Aula 11   Sistema urinário/excretor - anatomiaAula 11   Sistema urinário/excretor - anatomia
Aula 11 Sistema urinário/excretor - anatomia
 
Aula 12 sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologia
Aula 12   sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologiaAula 12   sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologia
Aula 12 sistema reprodutor masculino e feminino - anatomia e fisiologia
 
Aula 06 Sistema nervoso e sensorial - anatomia
Aula 06   Sistema nervoso e sensorial - anatomiaAula 06   Sistema nervoso e sensorial - anatomia
Aula 06 Sistema nervoso e sensorial - anatomia
 
Aula 04 fisiologia da nutrição - sistema cardiovascular
Aula 04   fisiologia da nutrição - sistema cardiovascularAula 04   fisiologia da nutrição - sistema cardiovascular
Aula 04 fisiologia da nutrição - sistema cardiovascular
 

Último

EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxLuisCarlosAlves10
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfaulasgege
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfSandra Pratas
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.pptDaniloConceiodaSilva
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 

Último (20)

EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 

Aula 02 radiologia - anatomia do esqueleto apendicular - carpo

  • 1. Prof. Hamilton F. Nobrega Anatomia do Esqueleto Apendicular: Carpo
  • 2. Ossos do Carpo, Metacarpo e Falanges
  • 3.
  • 4. • Esqueleto da mão Formado pelos ossos carpais, metacarpais e falanges.
  • 5.  O osso trapezoide se articula com o primeiro metacarpal, articulação móvel diferenciada em relação aos demais (independência do polegar)  O hamato apresenta um gancho em sua face anterior, denominado hâmulo do hamato. • Fileira proximal (de lateral para medial): Escafóide, semilunar, piramidal e pisiforme Ossos Carpais: Curtos, pares, em número de oito em cada mão. Dividem-se em ossos da fileira proximal e da fileira distal do carpo. • Fileira distal (de lateral para medial): Trapézio, trapezoide, capitato e hamato
  • 6. 1a fileira ou fileira proximal (de lateral para medial) Escafóide: possui anteriormente um tubérculo e posteriormente um sulco. Semilunar: forma de uma meia lua. Piramidal: tem a forma de uma pirâmide. Pisiforme: é o menor dos ossos do carpo, localiza – se na face anterior do piramidal, em alguns casos esta aderida. A fileira proximal articula – se com o rádio (exceto pisiforme). 2ª fileira ou fileira distal (de lateral para medial) Trapézio: recebe este nome pelo formato de um trapézio, possui uma protuberância (tubérculo) em formato de sela, que se articula com a base do primeiro metacarpo. Trapezóide: formato de um trapézio, porém menor, mais largo dorsal do que ventralmente. Capitato: é o maior dos ossos do carpo. Hamato: facilmente reconhecido pelo seu gancho (hámulo)
  • 7.  Não é incomum a presença de dois ossos sesamóides próximos à cabeça do primeiro metacarpal. Ossos Metacarpais: Longos. Apresentam uma base que se articula com os ossos da fileira distal do carpo, um corpo de concavidade anterior e uma cabeça que se articula com a base da falange proximal.  São numerados de Iº ao Vº de lateral para medial.
  • 8.  Falanges: Longos. Divididas em proximal, média e distal. Apresentam uma base e um corpo. O primeiro dedo (polegar) não apresenta falange média.  Na região distal das falanges proximais e médias é observado a tróclea da falange.  Nas falanges distais a tróclea é substituída por tuberosidade.
  • 9.
  • 10.
  • 11.  Articulação Radiocarpal O radio se articula com o escafoide e com o semilunar em suas respectivas facetas.
  • 12. Articulação Carpometacarpal É a articulação das extremidades distais dos ossos da fileira distal do carpo com a base dos metacarpianos. • O trapézio se articula com o 1º metacarpiano (trapézio-metacarpiana); • O trapezoide se articula com o 2º metacarpiano (trapezoide-metacarpiana); • O capitato se articula com o 3º metacarpiano (capitato-metacárpica); • O hamato se articula se articula com o 4º e 5º metacarpos (hamato-metacárpica)
  • 13. Articulação Metacarpofalângicas É a articulação entre a cabeça do metacarpiano e a base das falanges proximais. Formada pela superfície convexa da cabeça dos metacarpianos e pela superfície côncava da cavidade glenóide das falanges proximais.
  • 15. Articulação Interfalângicas É a articulação entre a região distal (tróclea) de uma falange, com a base (cavidade glenóide) da falange seguinte. Articulação interfalangiana distal (IFD) Articulação interfalangiana proximal (IFP) Articulação interfalangiana distal (IFD)
  • 17.
  • 18. Fileira Proximal • Escafóide: Apresenta anteriormente um tubérculo e posteriormente um sulco. • Semilunar: faces superior (côncava e lisa), face inferior (côncava), faces dorsal e palmar, faces lateral e medial. • Piramidal (triquetal): Faces superior, inferior (concava), lateral e medial. • Pisiforme: Apresenta apenas uma face articular. Faces dorsal, face lateral (côncava) e face medial (convexa). Carpo
  • 19. Fileira Distal • Trapézio: Tubérculo • Trapezóide: Apresenta quatro faces. • Capitato: Apresenta superiormente uma cabeça (região côncava do escafoide e semilunar), uma parte com um estrangulamento (colo) e corpo. • Hamato: Hámulo (processo) Carpo
  • 20. • I Metacarpal: Ossos sesamóides • III Metacarpal: Processo estilóide • I ao V metacarpais: Cabeça, corpo e base Metacarpo
  • 21. • Falanges proximais e médias: Base, corpo e cabeça • Falanges distais: Tuberosidade Falanges
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 32. 1. A mão se divide em três partes. Quais os ossos que compreendem a porção palmar e dorsal da mão? 2. Qual osso da mão é sesamóide? 3. Qual dos ossos da mão possui uma protuberância semelhante a um gancho, denominado de hámulo? 4. Qual a articulação do polegar que permite a maior movimentação? 5. Quais ossos da mão possuem um tubérculo? 6. Qual o maior dos ossos do carpo? 7. Para efeito de estudo anatômico, como são nomeados os metacarpos? 8. Qual os metacarpianos podem apresentar ossos sesamóides em sua cabeça? 9. Como as falanges distais são articuladas com as falanges médias e as falanges médias com as falanges distais? 10. Onde encontramos tuberosidade nos ossos da mão? 11. Quais as grandes articulações existentes entre todo o conjunto punho, mão e falanges? 12. Onde encontramos a articulação mediocárpica? 13. As articulações das falanges deslizam sobre uma placa. Que placa é essa? 14. Qual osso da mão apresenta um processo estiloide? 15. De forma geral, os metacarpos são divididos em três partes. Quais são? 16. Qual osso do carpo se articulam com o 4º e 5º metacarpianos? 17. Quais ossos constituem a articulação entre o radio e o punho?