Madeira mat const ii

593 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
593
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Madeira mat const ii

  1. 1. HISTÓRIA  Desde o aparecimento do homem sobre a terra até aos nossos dias, a técnica e a arte de trabalhar a madeira tem evoluído desde o processo manual e primitivo, até à vasta e engenhosa indústria moderna. A madeira esteve sempre ao alcance do homem desde os tempos remotos. A imaginação deste soube tirar proveito dela para a execução de inúmeros objetos e produtos. Foi um dos primeiros materiais utilizados pelo homem; para sua defesa (como arma ou fazendo parte dela) para se aquecer, cozinhar, para a iluminação, nos primeiros abrigos, nas primeiras jangadas e barcos.
  2. 2. O QUE É MADEIRA?  A madeira pode ser definida como sendo o tecido lenhoso das árvores, ela é o principal produto mercantil florestal. É obtida do corte das árvores, é preciso que a extração seja feita em florestas controladas, onde apenas uma pequena fração das árvores é cortada para evitar o desmatamento em larga escala.
  3. 3. TIPOS DE MADEIRA  Amescla: Madeira fácil de serrar, moderadamente fácil de aplainar, apresentando superfícies radiais ásperas. Uso: construção civil, caixas, engradados, móveis, divisórias e outros.  Angelim: Fácil de trabalhar, acabamento de regular a bom na plaina, torno e broca. Uso: peças de decoração para exteriores e interiores, escadas, pisos, vigas, dormentes, estacas, tacos de assoalhos, vigamentos, etc.  Cedrinho: Apresenta retrabilidade linear e volumétrica baixas e propriedades mecânicas entre baixa e média. Uso: venezianas, rodapés, guarnições, cordões, forros, etc.  Champanhe: Madeira muito resistente e firme. Uso: pontes, construção pesada, portos, estacas, obras imersas em ambiente de água doce, vigamentos, carpintaria, tacos, tábuas para assoalho, etc.  Curupixá: Fácil processamento no torno e na broca, resultando em excelente acabamento. Uso: torneados, móveis, artigos domésticos decorativos, utensílios domésticos, produção de chapas e outros.
  4. 4. TIPOS DE MADEIRA  Faveira: Fácil de trabalhar. Uso: embarcações, móveis, artigos domésticos decorativos, brinquedos, artigos domésticos utilitários, compensados e outros.  Garapeira: Madeira considerada fácil de ser trabalhada. Recebe bom acabamento. Uso: construção de estruturas externas, dormentes, postes, estacas, mourões, carrocerias, vigas, caibros, ripas, tábuas, tacos para assoalhos, marcos de portas e janelas, etc.  Guariúba: Madeira fácil de trabalhar. Cola bem. Uso: Construção civil e naval, móveis, torneados, pisos, instrumentos musicais, caixas, engradados, chapas e outros.  Itaúba: De baixa retratibilidade em relação à densidade, resistência mecânica alta a média e durabilidade alta. Uso: assoalhos, postes, pilares e dormentes, carpintaria, tacos, estrutura de pontes, cruzetas, vigas, caibros, tábuas, marcos de portas e janelas, implementos agrícolas, confecção de peças torneadas, etc.
  5. 5. A UTILIZAÇÃO DA MADEIRA  A utilização da madeira em grande escala se deve à razão entre a sua resistência e o seu peso que são altos, por isso é um excelente material de construção. Possui propriedades como durabilidade e solidez que são essenciais para estruturas resistentes. Além disso, a madeira é muito fácil de ser trabalhada, objetos que exigem um trabalho artesanal como mobílias, instrumentos musicais, artigos de arte e painéis são trabalhados em madeira.
  6. 6. UTILIZAÇÃO DA MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL  FORMAS DE PILARES E VIGAS
  7. 7. UTILIZAÇÃO DA MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL  ESCORAS
  8. 8. UTILIZAÇÃO DA MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL  ESTRUTURAS DE COBERTURA
  9. 9. UTILIZAÇÃO DA MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL  REVESTIMENTO DE PISOS
  10. 10. UTILIZAÇÃO DA MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL  ESCADAS
  11. 11. UTILIZAÇÃO DA MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL  PERGOLADOS
  12. 12. UTILIZAÇÃO DA MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL  FORROS
  13. 13. UTILIZAÇÃO DA MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL  REVESTIMENTO DE FACHADAS
  14. 14. UTILIZAÇÃO DA MADEIRA NA CONSTRUÇÃO CIVIL  PORTAS E ESQUADRIAS
  15. 15. VANTAGENS DA MADEIRA  Pode ser obtida a um preço relativamente baixo;  As reservas são renováveis, caso exploradas com responsabilidade;  Pode ser trabalhada com ferramentas simples;  Tem facilidade de afeiçoamento e simplicidade de ligações e emendas;  Primeiro material empregado capaz de resistir tanto a esforços de compressão como de tração;  Resiste excepcionalmente a choques e esforços dinâmicos: sua resistência permite absorver impactos que romperiam ou estilhaçariam outros materiais;  Boas condições naturais de isolamento térmico e absorção acústica;  No seu estado natural apresenta uma infinidade de padrões estéticos e decorativos.
  16. 16. DESVANTAGENS DA MADEIRA  É um material heterogêneo que pode possuir falhas em seu interior;  É bastante vulnerável aos agentes externos, e sua durabilidade, quando desprotegida é limitada;  É combustível;  É muito sensível aos agentes atmosféricos, aumentando ou diminuindo de dimensões com as variações de umidade;  Estas características negativas podem ser eliminadas ou atenuadas através de processos especiais de beneficiamento.
  17. 17. DISCENTES:  DANIELA PAIVA  DIÓRGENES PASSO  LUANA CONCEIÇÃO  VERÔNICA PEREIRA DISCIPLINA: MATERIAIS DE COSNTRUÇÃO CIVIL II DOCENTE: PAULO CURSO: ENGENHARIA CIVIL SALVADOR-2014

×