Amostragens e análise

5.682 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.682
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
97
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Amostragens e análise

  1. 1. INSTITUTO FEDERAL ESPIRITO SANTO Campus Colatina
  2. 2. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão "Para saber se o bolo de chocolate está bom, basta comer uma fatia."  O que é? Exemplos:  Sondagens de opinião pública  Inspeção de Mercado AMOSTRAGEM
  3. 3. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Grade  Técnicas de Amostragens  Amostragem Probabilística  Amostragem Não Probabilística PROCESSO DE AMOSTRAGEM
  4. 4. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Todos elementos tem a chance de participar da amostra  Difícil Aplicação  Maior confiabilidade nos dados  Possibilidade da a aplicação de técnicas estatísticas e inferência AMOSTRAGEM PROBABILÍSTICA
  5. 5. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Todos os elementos tem chances iguais de participar da amostra  Método sem reposição  Método com reposição  Tabela de números aleatórios AMOSTRAGEM CASUAL SIMPLES
  6. 6. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Todos os elementos tem chances iguais de participar da amostra  Certificar-se de que não há nenhum padrão presente na grade  Grupos com quantidade de elementos iguais  Seleção de elementos para a amostra AMOSTRAGEM SISTEMÁTICA
  7. 7. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Todos os elementos tem chances iguais de participar da amostra  Divisão de grupos que ocorrem naturalmente  Grupos podem ser de quantidades de elementos diferentes  Seleção de elementos para amostra  Elementos da amostra em curtas distâncias AMOSTRAGEM POR CONCLOMERADOS
  8. 8. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Estratos  Subconjuntos baseados em características comuns  Em cada conjunto é aplicado a amostra casual simples AMOSTRAGEM ESTRATIFICADA
  9. 9. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Combinação de dois ou mais tipos de amostragens probabilísticos em duas ou mais etapas AMOSTRAGEM POR MÚLTIPLOS ESTÁGIOS
  10. 10. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Amostragens em que o pesquisador escolhe diretamente os elementos inclusos na amostra.  Não é possível estender os resultados da pesquisa a toda a população AMOSTRAGEM NÃO- PROBABILÍSTICA
  11. 11. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Por vezes não temos acesso a toda a população INACESSIBILIADE DA POPULAÇÃO
  12. 12. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Simplifica o processo  Procura ser aleatório sem, no entanto, realizar propriamente o sorteio usando algum dispositivo aleatório confiável AMOSTRAGEM A ESMO OU SEM NORMA
  13. 13. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Impossível realizar amostragem probabilística  Enquartação POPULAÇÃO FORMADA POR MATERIAL CONTÍNUO
  14. 14. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Coleta de opiniões de peritos pré- selecionados  É considerado um processo arriscado  Comumente utilizado em pesquisas qualitativas  Amostragem por cotas AMOSTRAGENS INTENCIONAIS OU POR JULGAMENTO
  15. 15. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Quando os próprios componentes da população se voluntariam para participar da pesquisa  Muito comum para saber a opinião de leitores sobre certo conteúdo. AMOSTRAGENS POR VOLUNTÁRIOS
  16. 16. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Foram utilizados duas amostragens, ambas utilizando o método de amostragem intencional por cotas.  Empresas e seus respectivos escolhidas para análise dos dados: 1. OGX Petróleo – Petróleo, gás e combustíveis; 2. Banco do Brasil – Financeiro; 3. MRV Engenharia – Construção e transporte; 4. Positivo Informática – Tecnologia da Informação; MÉTODO DE AMOTRAGEM UTILIZADO
  17. 17. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  Ser empresa de capital aberto;  Constar na BM&F Bovespa;  Ter tempo o suficiente na BM&F Bovespa, para ser retirado de seus dados uma amostra robusta (mais de 1000 dados);  Cada empresa deve pertencer a um setor diferente;  Constar na amostra, obrigatoriamente, a empresa OGX Petróleo. COTAS – PRIMEIRA AMOSTRAGEM
  18. 18. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão  De cada empresa tem que ser retirado um período capaz de fornecer uma quantidade de dados robusta (mais de 1000 dados);  O fim do período selecionado deve estar próximo à atual. COTAS – SEGUNDA AMOSTRAGEM
  19. 19. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão Gráfico OGX 0 5 10 15 20 25 Cotação Tempo OGX Petróleo
  20. 20. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão Gráfico Banco do Brasil 0 5 10 15 20 25 30 35 40 Cotação Tempo Banco do Brasil AS
  21. 21. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão Gráfico MRV Engenharia 0 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 Cotação Tempo MRV Engenharia
  22. 22. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão Gráfico Positivo Informática 0 5 10 15 20 25 Cotação Tempo Positivo Informática
  23. 23. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão Gráfico Vale do Rio Doce 0 10 20 30 40 50 60 70 Cotação Tempo Vale do Rio Doce
  24. 24. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão ESTATÍSTICA DESCRITIVA Estatística Descritiva OGX BBA MRV POSITIVO VALE Mínimo 0,13 18,2 6,09 2,2 28,39 Máximo 23,27 34,98 18,3 21,85 60,92 Moda 0,24 28 13,4 5,02 37,4 Amplitude 23,14 16,78 12,21 19,65 32,53 Média 10,60 26,03 11,67 8,11 42,98 Mediana 12,89 26,02 11,75 5,69 42,16 Variância 55,23 12,33 7,01 28,30 65,88 Desvio Padrão 7,43 3,51 2,65 5,32 8,12 Coef. de Variação 70,14 13,50 22,69 65,59 18,89
  25. 25. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão Comparação dos Gráficos 0 10 20 30 40 50 60 70 1/7/2010 1/7/2011 1/7/2012 1/7/2013 1/7/2014 Cotação Comparação das Empresas Banco do Brasil OGX Petróleo MRV Engenharia Positivo Informática Vale do Rio Doce
  26. 26.  Mínimo na tabela corresponde ao menor valor de cada empresa que foi apresentado no período referente ao período de 07/01/10 a 11/04/2013  Máximo corresponde ao maior valor nesse mesmo período  É a diferença entre o maior e o menor dos valores da série. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão Mínimo, máximo e amplitude
  27. 27.  Moda é o valor que ocorre com maior frequência em um conjunto de dados.  O valor da mediana encontra-se no centro da série estatística organizada. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão Moda e mediana
  28. 28.  Quociente da divisão da soma dos valores da variável pelo número deles Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão Média
  29. 29.  A variância leva em consideração os valores extremos e os valores intermediários, isto é, expressa melhor os resultados obtidos  A variância é usada para calcular o desvio padrão, que, na prática, é sua maior utilidade  O desvio padrão é a medida mais usada na comparação de diferenças entre conjuntos de dados, por ter grande precisão.  O desvio padrão traz informações reveladoras em relação à oscilação do valor das ações das empresas Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão Variância e desvio padrão
  30. 30.  Coeficiente da variação, trata-se de uma medida relativa de dispersão útil para a comparação em termos relativos do grau de concentração  Baixa dispersão: CV ≤ 15%  Média dispersão: 15%< CV<30%  Alta dispersão: CV ≥ 30% Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão Coeficiente de variação
  31. 31. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão CONCLUSÃO
  32. 32. Amostragem Processo de Amostragem Amostragem probabilística Amostragem não- probabilística Método de Amostragem Estatística Descritiva Conclusão PERGUNTAS
  33. 33. INSTITUTO FEDERAL ESPIRITO SANTO Campus Colatina

×