Terceira fase do modernismo no Brasil

549 visualizações

Publicada em

e um conjunto de coisas olhem ai

Publicada em: Internet
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
549
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Terceira fase do modernismo no Brasil

  1. 1. Terceira fase do modernismo no Brasil
  2. 2. O modernismo foi um movimento literário e artístico do início do séc. XX, cujo objetivo era o rompimento com o tradicionalismo (parnasianismo,simbolismo e a arte acadêmica), a libertação estética, a experimentação constante e, principalmente, a independência cultural do país. Apesar da força do movimento literário modernista a base deste movimento se encontra nas artes plásticas, com destaque para a pintura. No Brasil, este movimento possui como marco simbólico a semana da arte moderna, realizada em 1922, na cidade de São Paulo, devido ao Centenário da Independência. No entanto, devemos lembrar que o modernismo já se mostrava presente muito antes do movimento de 1922. As primeiras mudanças na cultura brasileira que tenderam para o modernismo datam de 1913 com as obras do pintor lasar segall; e no ano de 1917, a pintora Anita Malfatti , recém-chegada da Europa, provoca uma renovação artística com a exposição de seus quadros. A este período chamamos de pré-modernismo (1902-1922), no qual se destacam literariamente, Lima Barreto, Euclides da Cunha,Monteiro Lobato e augusto dos anjos; nesse período ainda podemos notar certa influência de movimentos anteriores como realismo/naturalismo, parnasianismo e simbolismo.
  3. 3. Principais autores e suas obras
  4. 4. Mario Quintana (1906 A 1994) Poesias:A Rua dos Cataventos,1940 Canções,1946 Sapato florido,1948 Literatura Infantil:O batalhão das letras, 1948 Pé de pilão,1968 Lili inventa o mundo,1983 Frases: - "Quem pretende apenas a glória não a merece." - "A amizade é uma espécie de amor que nunca morre." - "O que faz as coisas pararem no tempo é a saudade."
  5. 5. Clarice Lispector (1920 A 1977) Romances:Perto do Coração Selvagem (1943); O Lustre (1946); A Cidade Sitiada (1949) Contos:Alguns Contos (1952); Laços de Família (1960); A Legião Estrangeira (1964) Crônicas e entrevistas: De Corpo Inteiro (1975), entrevista; Visão do Esplendor (1975) crônicas; A Descoberta do Mundo (1984) crônicas. Infantil: O Mistério do Coelho Pensante (1967); A Mulher que Matou os Peixes (1969); A Vida Íntima de Laura (1973)
  6. 6. Dalton Trevisan Antologias:Contos em antologias alemãs (1967 e 1968), argentinas (1972 e 1978), americanas (1976 e 1977), polonesas (1976 e 1977), sueca (1963), venezuelana (1969), dinamarquesa (1972) e portuguesa (1972). Filmes:A Guerra Conjugal - histórias e diálogos do autor, roteiro e direção de Joaquim Pedro de Andrade, 1975.
  7. 7. Rubem Fonseca PRÊMIOS LITERÁRIOS:Pen Club do Brasil, A coleira do cão. Fundação Cultural do Paran? Lucia McCartney Fundação Cultural de Brasília, Lucia McCartney ROMANCES: o caso do morel, a grande arte CONTOS: A COLEIRA DO CÃO, FELIZ ANO NOVO, O COBRADOR
  8. 8. Lêdo Ivo (1924 A 2012) Poesia: As imaginações (1944); Ode e elegia(1945); Acontecimento do soneto(1948) Romance: As alianças,O caminho sem aventura, O sobrinho do general Crônica: A cidade e os dias 1957 O navio adormecido no bosque Paulo 1971, As melhores crônicas de Lêdo Ivo
  9. 9. João Guimarães Rosa 1936: Magma 1946: Sagarana 1947: Com o Vaqueiro Mariano 1956: Corpo de Baile 1956: Grande Sertão: Veredas 1962: Primeiras Estórias 1964: Campo Geral 1965: Noites do Sertão 1967: Tutaméia – Terceiras Estórias 1969: Estas Estórias 1970: Ave, Palavra
  10. 10. Acontecimentos no brasil • No Brasil, o ano de 1945 é marcado pela queda de Getúlio Vargas e o fim do Estado Novo. Porém ele volta ao poder através do voto popular, em 1950, onde permaneceu até suicidar-se, em 1954. No plano literário, destaca-se a morte de Mário de Andrade, em 1945 e da publicação de O Engenheiro, livro de João Cabral de Melo Neto que apresenta características inovadoras do fazer poético e indica o futuro surgimento do Concretismo, movimento artístico que promovia, entre outras coisas, a retomada do rigor formal (neoparnasianismo). É também a data do I Congresso Brasileiro de Escritores, que ocorreu em São Paulo e pôs em prova a maturidade do sistema literário brasileiro. Aparecem novas revistas literárias em todo o país, dentre as quais se destacam a paulista Clima, para a qual escrevem os críticos Antônio Cândido e Décio de Almeida Prado, a cearense Clã, a carioca Orfeu, a curitibana Joaquim, a mineira Edifício. Nas revistas e jornais, a crônica vive fase de ouro. Rubem Braga e novos escritores mineiros, como Paulo Mendes Campos e Fernando Sabino renovam o gênero, exercitado pelos grandes prosadores e poetas do período.
  11. 11. Acontecimentos no mundo • O ano de 1945 é marcado pelo final da Segunda Guerra Mundial. O conflito, que já havia dizimado várias vidas, termina de forma violenta, com a explosão das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, promovida pelos Estados Unidos. Mesmo com o fim da guerra, a tensão existente no mundo continuava, agora através de um confronto ideológico entre os países capitalistas (sob a liderança dos Estados Unidos) e os socialistas (guiados pela União das Repúblicas Socialistas Soviéticas – URSS), chamado de Guerra Fria. O medo de que a guerra entre os dois blocos se tornasse armada era muito forte, visto que os dois lados possuíam um grande estoque de armas nucleares que se usadas, poderiam destruir o mundo. Esta divisão definiu os rumos políticos e econômicos no cenário mundial.
  12. 12. Arte Moderna • Principais movimentos e correntes artísticas da Arte Moderna: • - Impressionismo • • - Pós-impressionismo • • - Fauvismo, • • - Cubismo • • - Expressionismo • • - Surrealismo • • - Concrestismo • • - Futurismo • • - Pop Art
  13. 13. • Introdução • Em oposição às formas clássicas, a arte moderna surgiu no final do século XIX em várias expressões artísticas como, por exemplo, pintura, escultura, literatura, arquitetura, fotografia e música. Embora não haja consenso sobre a datação deste período, muitos especialistas em arte, consideram que o movimento vai até a década de 1970. • Os impressionistas, primeiros pintores modernos, geralmente escolhiam cenas de exteriores como temas para suas obras: paisagens, pessoas humildes, etc. • Principais características da Arte Moderna: • Objetivando romper com os padrões antigos, os artistas modernos buscam constantemente novas formas de expressão e, para isto, utilizam recursos como cores vivas, figuras deformadas, cubos e cenas sem lógica. O marco inicial do movimento modernista brasileiro foi a realização da Semana de Arte Moderna de 1922, onde diversos artistas plásticos e escritores apresentaram ao público uma nova forma de expressão. Este evento ocorreu no Teatro Municipal de São Paulo. • Não foi fácil para estes artistas serem aceitos pela crítica que já estava acostumada com padrões estéticos bem definidos, mas, aos poucos, suas exposições foram aumentando e o público passou a aceitar e entender as obras modernistas. • A Arte Moderna está exposta em muitos lugares, em São Paulo ela pode ser vista no Museu de Arte Moderna, nas Bienais e também em outras formas de exposições que buscam estimular esta forma de expressão. •

×