Modelos inovadores denegócio:Caminho para a diferenciação elucratividade                                 2º Seminário Loca...
O que é inovação?É FAZER O NOVOMaior desafio:ADAPTAR-SE ÀS MUDANÇAS
Pare de mentir pra si mesmo.             O corpo não responde à uma mente mentirosa
PRODUTOPREÇOPRAÇAPROMOÇÃOPROPÓSITO        = HUMANO        P de Pessoas
DescentralizaçãoUm neurônio não toma decisões importantes sozinho                       Miguel Nicolelis “Muito Além do no...
Inovação em modelo de negócio                            Inovação em processos               Inovação tecnológicaInovação ...
The great experience - Thomas Baekdal
COLOCANDO AS IDÉIAS PRA FORA
Inovação digital impactando os modelos de negócios  Utilizando a ferramenta Canvas, de Alex Osterwalder                   ...
Inovação digital impactando os modelos de negócios  Utilizando a ferramenta Canvas, de Alex Osterwalder                   ...
Quem são? Como se agrupam?   Tribos – A inovação digital habilitou o   fenômeno da cauda longa. Agora, os   clientes se au...
PROPOSTA DE VALOR             Convergência na              Comunicação  O cliente não quer saber apenas       de ser atend...
CANAIS Os canais de comunicação vão desde o atendimento presencial    até o celular. O cliente pode    receber informações...
RELACIONAMENTO COM CLIENTES    Como me relaciono com meu   cliente (que faz com que ele não    me troque)? Como o atendo d...
RECEITAS                                    Como obtenho receitas?                             Como entram o recursos para...
RECURSOS - CHAVE                                         Que recursos eu preciso                                  (para at...
ATIVIDADES - CHAVE                              Que atividades preciso cumprir (para                                atende...
PARCEIROS - CHAVE                              Quais são meus parceiros-chave? De quem                                 eu ...
ESTRUTURA DE CUSTOS                                  Quais são todos os meus custos para fazer                            ...
CROWDSOURCING – CROWDFUNDING -       CROWDLEARNING
“Fazendo a mesma coisa                  dia após dia, não há de se“Fazendo a mesma         esperar resultadoscoisa dia apó...
Obrigado !Gustavo Santiagogustavo@laboratorium.com.brtwitter @gustavosanti
Modelos inovadores de negócio - Caminho para diferenciação e lucratividade
Modelos inovadores de negócio - Caminho para diferenciação e lucratividade
Modelos inovadores de negócio - Caminho para diferenciação e lucratividade
Modelos inovadores de negócio - Caminho para diferenciação e lucratividade
Modelos inovadores de negócio - Caminho para diferenciação e lucratividade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Modelos inovadores de negócio - Caminho para diferenciação e lucratividade

1.696 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.696
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
70
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modelos inovadores de negócio - Caminho para diferenciação e lucratividade

  1. 1. Modelos inovadores denegócio:Caminho para a diferenciação elucratividade 2º Seminário Locaweb de Negócios Digitais @Gustavosanti
  2. 2. O que é inovação?É FAZER O NOVOMaior desafio:ADAPTAR-SE ÀS MUDANÇAS
  3. 3. Pare de mentir pra si mesmo. O corpo não responde à uma mente mentirosa
  4. 4. PRODUTOPREÇOPRAÇAPROMOÇÃOPROPÓSITO = HUMANO P de Pessoas
  5. 5. DescentralizaçãoUm neurônio não toma decisões importantes sozinho Miguel Nicolelis “Muito Além do nosso eu”
  6. 6. Inovação em modelo de negócio Inovação em processos Inovação tecnológicaInovação em produtos
  7. 7. The great experience - Thomas Baekdal
  8. 8. COLOCANDO AS IDÉIAS PRA FORA
  9. 9. Inovação digital impactando os modelos de negócios Utilizando a ferramenta Canvas, de Alex Osterwalder Atividades- Chave Proposta de Relacionamento Valor Rede de Segmentos Parceiros de Clientes Receitas Estrutura de Custos Recurso- Canais de chave Distribuição e ComunicaçãoBusiness Model Generation Book.
  10. 10. Inovação digital impactando os modelos de negócios Utilizando a ferramenta Canvas, de Alex Osterwalder Atividades- Proposta de Valor Relacionamento Chave Rede de Segmentos Parceiros de Clientes Receitas Estrutura de Custos Recurso- Canais de chave Distribuição e ComunicaçãoBusiness Model Generation Book.
  11. 11. Quem são? Como se agrupam? Tribos – A inovação digital habilitou o fenômeno da cauda longa. Agora, os clientes se auto-organizam em grupos devido seus hábitos, costumes, gostos e situações.Business Model Generation Book.
  12. 12. PROPOSTA DE VALOR Convergência na Comunicação O cliente não quer saber apenas de ser atendido de forma diferente no telefone, no caixa ou na loja. Ele pode ser atendido na web, pelo site ou pelo próprio celular, recebendo diferentes necessidades informações e orientações que facilitam a sua vida. ServiçoBusiness Model Generation Book.
  13. 13. CANAIS Os canais de comunicação vão desde o atendimento presencial até o celular. O cliente pode receber informações, tomar conhecimento da proposta de valor e realizar uma compra/solicitação de acordo com a sua experiência com os diversos meios de comunicação. Eis a importância de estar presente nas ferramentas em que o cliente está. Site, Mídias Sociais, Smartphone, ecommerce.Business Model Generation Book.
  14. 14. RELACIONAMENTO COM CLIENTES Como me relaciono com meu cliente (que faz com que ele não me troque)? Como o atendo de uma forma única? As mídias sociais dão voz ativa ao clientes, facilitam o relacionamento e fornecem informações relevantes dadas pelo cliente para melhorar a Atendimento dedicado realizado pelas mídias proposta de valor. sociaisBusiness Model Generation Book.
  15. 15. RECEITAS Como obtenho receitas? Como entram o recursos para gerar lucro? O comércio eletrônico (ecommerce) facilita a forma de obter receita no negócio. Com plataformas que facilitam a visualização de produtos e/ou serviços, o cliente pode realizar compras sem sair de casa, em poucos cliques no computador ou pelo celular.Business Model Generation Book.
  16. 16. RECURSOS - CHAVE Que recursos eu preciso (para atender a proposição de valor)? Os novos Recursos de meios de pagamento facilitam a compra do clientes no site/plataforma em que ele encontra os produtos e serviços. Seja via cartão de crédito, boleto ou débito automático, quanto mais opções o cliente tiver, mais chances de venda o negócio tem. A segurança dessas ferramentas é essencial para que o cliente se sinta confiável durante a compra.Business Model Generation Book.
  17. 17. ATIVIDADES - CHAVE Que atividades preciso cumprir (para atender a proposição de valor) São as atividades que “fazem acontecer” a proposta de valor. No caso da comunicação convergente, o marketing digital é necessário par que o cliente tenha conhecimento do produto/serviço, possa se relacionar pelas ferramentas, realizar compras e colaborar com críticas e sugestões sobre a proposta de valor do modelo do negócio.Business Model Generation Book.
  18. 18. PARCEIROS - CHAVE Quais são meus parceiros-chave? De quem eu preciso para conseguir entregar? Uma empresa não vive sozinha. Por isso os parceiros-chave são essenciais na estrutura do negócio. Em convergência digital, os fornecedores de plataformas, hosting de sites, desenvolvedores, programadores e pessoal de criatividade e inovação fazem parte de um time que ajudam a fortalecer a proposta de valor para que o modelo de negócio funcione.Business Model Generation Book.
  19. 19. ESTRUTURA DE CUSTOS Quais são todos os meus custos para fazer acontecer? A estrutura de custos é montada à partir de custos fixos (aluguel, internet, funcionários, etc) e custos variáveis (água, energia, telefone, desenvolvimento, programação de site, aplicativos, etc). Somados todos os custos, eles jamais devem ser maiores do que a fonte de receita do modelo de negócios. Eles são determinantes no sucesso ou insucesso do negócio.Business Model Generation Book.
  20. 20. CROWDSOURCING – CROWDFUNDING - CROWDLEARNING
  21. 21. “Fazendo a mesma coisa dia após dia, não há de se“Fazendo a mesma esperar resultadoscoisa dia após dia, não diferentes.”há de se esperar Einsteinresultados diferentes.”Einstein
  22. 22. Obrigado !Gustavo Santiagogustavo@laboratorium.com.brtwitter @gustavosanti

×