Infectologia | Plano de Cuidado.

2.005 visualizações

Publicada em

Plano de cuidado, Infectologia.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.005
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
862
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Infectologia | Plano de Cuidado.

  1. 1. Fabiana Tavares de Almeida E-mail: fabi.dida@ig.com.br
  2. 2. Plano de cuidado SAE- INFECTOLOGIA  Lei nº 9.431- 6 de janeiro de 1997 - Comissão de Controle de Infecção Hospitalar Portaria nº 2.616- 12 de maio de 1998 - Comissão de Controle de Infecção Hospitalar Roteiro de inspeção (Resolução – RDC Nº 48)- 2 de junho de 2000 - Comissão de Controle de Infecção Hospitalar
  3. 3. Plano de cuidado SAE- INFECTOLOGIA
  4. 4. Plano de cuidado SAE- INFECTOLOGIASistematização da Assistência de Enfermagem (SAE): organização da assistência de enfermagem clínica e epidemiológica Processo de Enfermagem Justificativas:  Legais: Decretos, Leis, Resoluções, Códigos profissionais de enfermagem  Políticas de Qualidade: Programas de Acreditação, Padrões Internacionais  Filosóficas: Visão de mundo, modo de pensar a enfermagem, crença ,Valores.
  5. 5. Plano de cuidado SAE- InfectologiaBases de sustentação  Organização administrativa: recursos humanos e materiais  Papel definido do enfermeiro: competência (conhecimento, habilidades, e atitudes autonomia )→  Modelo Assistencial: -Teorias de Enfermagem: enfermagem, saúde, ambiente, cliente (ser humano integral) e focos de atenção - Linguagem: Classificações - Etapas: Histórico, Diagnóstico, Prescrição e Evolução (Resolução COFEN 272/2002)
  6. 6. Plano de cuidado SAE- Infectologia Teoria das Necessidades Humanas Básicas (Horta,1979)
  7. 7. Plano de cuidado SAE- Infectologia CLASSIFICAÇÕES DE ENFERMAGEM  CONSELHO INTERNACIONAL DE ENFERMAGEM (CIE): Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem -CIPE (Internacional): DE,Re, Ações  Classificação Internacional das Práticas de Enfermagem em Saúde Coletiva – CIPESC (Brasil): termos (vocabulário)  Centros de Pesquisa e Desenvolvimento da CIPE: Áustria, Alemanha e Suíça; Austrália; Chile; EEUU(2) e Brasil (PB – Jul/07)  NORTH AMERICAN NURSING DIAGNOSIS ASSOCIATION – NANDA Internacional (EstadosUnidos/Canadá):  DE NURSING OUTCOMES CLASSIFICATION - NOC : (Estados Unidos):  Re: NURSING INTERVENTIONS CLASSIFICATION - NIC (Estados Unidos): Int. PERIOPERATIVE NURSING DATA SET (PNDS) – AORN – (Estados Unidos): DE, Int.
  8. 8. Plano de cuidadoSAE- Infectologia SAE(Sistematização da Assistência de enfermagem): Quatro instrumentos: 1-Ensina 2-Faz 3-Pesquisa 4- Cuida
  9. 9. Plano de cuidado SAE- Infectologia Etapas do processo de Enfermagem: Histórico ( coleta de dados + exame físico ) Diagnóstico de enfermagem Intervenção de enfermagem- Prescrição de enfermagem( plano de cuidado- metas ) Evolução de enfermagem
  10. 10. Plano de cuidado SAE- Infectologia Etapas do processo de enfermagem
  11. 11. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Diagnóstico de: Risco de infecção: risco aumentado de ser invadido por organismos patogêncicos. Fatores de risco: agentes farmacêuticos (imunossupressores); conhecimento insuficiente para evitar exposição a patógenos; defesas primárias inadequadas;defesas secundárias inadequadas; desnutrição; exposição ambiental; procedimentos invasivos, trauma. Resultados esperados: não apresente infecção
  12. 12. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Risco de infecção Intervenções de Enfermagem: - regime interno de normas e rotinas CCIH ( técnico e administrativo – recursos humanos e planta física) - uso de EPI’s de forma correta (evitar disperdicios/ desnecessidades); - -técnica asséptica pré e pós procedimentos ( lavagem das mãos), controle de precauções e isolamentos, rotinas de troca de materiais e dispositivos descartáveis, limpeza, desinfecção, esterelização de artigos-médicos hospitalares, risco ambiental e ocupacional.
  13. 13. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Diagnóstico de: Risco de Contaminação- Risco acentuado de exposição a contaminantes ambientais em doses suficientes para causar efeitos adversos à saúde. Fatores de Risco: externos e internos Resultado esperado : não ocorra contaminação.
  14. 14. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Diagnóstico de: Contaminação- Exposição a contaminantes ambientais em doses suficentes para causar efeitos adversos à saúde. Caractéristicas Definidoras: dependem do agente causador, que podem causar: respostas orgânicas individuaism bem como resposta sistêmica. Tipo: Pesticidas; produtos químicos; agentes biológicos; poluição; dejetos; radiação. Fatores relacionados: externos e internos Resultados esperados: Não apresente contaminação
  15. 15. Plano de cuidado SAE- Infectologia SAE + Enfermeiro = 0 de infecção
  16. 16. Plano de cuidado SAE- Infectologia Vias de transmissão de infecção
  17. 17. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Medidas de controle
  18. 18. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Treinamento sobre: - higienização das mãos - uso correto e racional dos EPIs - dimensionamento de recursos humano, físicos e matériais Enfermagem
  19. 19. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Precauções básicas
  20. 20. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Cinco momento de higienizar as mãos
  21. 21. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Treinamento sobre lavagem das mãos
  22. 22. Plano de cuidadoSAE- Infectologia COMO LAVAR AS MÃOS
  23. 23. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Precauções adicionais de contato Recursos físicos Recursos humanos
  24. 24. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Precauções adicionais de contato Isolamentos Placas de identificação Uso de
  25. 25. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Uso de artigos exclusivos - individuais
  26. 26. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Artigos de uso exclusivo- individuais
  27. 27. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Precauções de isolamento isolamento de: Contato Respiratório Goticulas Preucações padrão
  28. 28. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Placas de identificação Precausões padrão: Sempre: Lave as mãos antes e após contato com paciente Utilize : luvas, aventais descartáveis, óculos e máscara sempre que existir risco de contato com sangue e/ ou secreções, flúidos Descarte o material perfurocortante em recipiente apropriado Indicado para: Todos os pacientes independentes de diagnóstico Em casos de exposição ocupacional notifique imediatamente a CCIH-Tel.: 5576-4001
  29. 29. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Placas de identificação Precauções de Contato Sempre Lave as mãos com solução anti-séptica degermante ( PVP-I ou clorexidina ) antes e após o contato com o paciente Use luvas e aventais ( não estéreis ) para realizar procedimentos que facilitem o contato com os líquidos corporais do paciente  Indicado para:  Diarréias de causa infecciosa(Shigela, Salmonela, Rotavírus);  Hepatite tipo A;  HIV e Hepatite B na vigência de sangramento;  Outras infecções transmitidas por sangue e secreções.  Em casos de exposição ocupacional notifique imediatamente a CCIH-Tel.: 5576-4001
  30. 30. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Placas de identificação Precauções para Aerossóis Sempre: Mantenha a porta fechada Use máscara específica (N95) ao entrar no quarto Use óculos de proteção Luvas e aventais ( não estéries ) para os cuidados com o paciente Lave as mãos ao entrar e sair do quarto Indidado para: Tuberculose, Sarampo e Varicela (Herpes ) Em casos de exposição ocupacional notifique imediatamente a CCIH-Tel.: 5576-4001
  31. 31. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Placas de identificação Precauções Respiratórias Sempre: Lave as mãos ao entrar e sair do quarto Use máscara cirúrgica ao entrar no quarto e em distância inferior a um metro (01m ) do paciente Indicado para: - Rubéola, Caxumba, Meningite meningocócica; Outras infecções de transmissão aérea por gotículas. Em casos de exposição ocupacional notifique imediatamente a CCIH-Tel.: 5576-4001
  32. 32. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Filmes para treinamento COREn-SP
  33. 33. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Filmes para treinamento COREn-SP
  34. 34. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Filmes para treinamento COREn-SP
  35. 35. Plano de cuidadoSAE- Infectologia Filme para treinamento Animação sobre infecção hospitalar x procedimentos de enfermagem Veja no Filme: - não tem lavagem das mãos Visitas Transmissão das bácterias Após o filme faremos uma dinâmica de grupo
  36. 36. Referência Bibliográfica Bates, B. Propedêutica médica. 8 ed., Rio de Janeiro:Guanabara Koogan, 2005. Porto, C.C. Exame clínico, 5 ed., Rio de Janeiro:Guanabara Koogan, 2004. Diagnósticos de Enfermagem da NANDA: definições e classificação 2009-2011. Porto Alegre. Artmed, 2009. Fischbach F. Manual de Enfermagem - Exames Laboratoriais e Diagnósticos 7ª ed, São Paulo, 2005.

×