Psicologia do Trabalho - Parte VIII

733 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
733
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Psicologia do Trabalho - Parte VIII

  1. 1. Curso Técnico em Segurança do Trabalho<br />Psicologia do Trabalho<br />
  2. 2. Ritmo Circadiano <br />ritmo: algo que flui, que se move<br />circadiano: “ciclo de um dia”<br />Como estamos falando de ser humano, então é o....<br />ciclo diário que ocorre no período de 24 horas ou<br />relógio biológico dentro do seu corpo<br />Imagine o corpo humano como um grande relógio, com determinada hora de acordar, conversar, comer, dormir, etc... <br />
  3. 3. Por que isto é importante para a segurança do trabalho?<br />O ritmo influencia à nível de alerta e de desempenho e, portanto, a frequencia de acidentes.<br />Nosso corpo possui mais de 100 ritmos circadianos e a ciência que os estuda é chamada de Cronobiologia.<br />
  4. 4. Cronobiologia<br />Nova área sobre os conceitos básicos da biologia<br />Opções de leitura:<br />Cronobiologia: Princípios e Aplicações<br />Nelson Marques<br />Luiz Menna-Barreto (orgs)<br />Faz uma projeção do futuro da cronobiologia á partir de idéias atuais do desenvolvimento científico e tecnológico.<br />GMDRB – Grupo Multidisciplinar de Desempenho e Ritmos Biológicos<br />Internet<br />Você consegue identificar os seu ritmo circadiano à partir das estratégias estabelecidas pelo site.<br />
  5. 5. ALGUNS PRINCÍPIOS DA CRONOBIOLOGIA<br />Princípios gerais da organização temporal biológica<br />-Caráter endógeno da ritmicidade biológica<br />endógeno: refere-se as forças do planeta (calor, pressão, magmas – rochas fundidas, placas tectônicas)<br />Ou seja, os ritmos diários em condições de isolamento temporal, ocasionando a ausência de fatores do ambiente.<br />-O papel do ambiente<br />Ou seja, os mecanismos, os limites e as relações com os sincronizadores.<br />-O ritmo biológico como expressão de fatores internos e externos<br />Ou seja, “mascaramento”<br />-O conceito de relógio biológico e algumas de suas propiedades<br />Ou seja, controle fotoperiódico (período luminoso - luz)<br />

×