Faculdade Estácio de Sá      Comunicação Social – Publicidade & Propaganda       COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIAAnúncio do Governo...
DIEGO QUINTÃO               IDÊNIO RODRIGUES                JÉSSICA ROCHA               PÂMELA GUIMARÃES               SHE...
1. BriefingO Briefing proposto traz como desafio o planejamento de uma peça publicitáriaque desconstrua as imagens que os ...
Aeroporto Internacional Pinto MartinsAeroporto Internacional Eduardo Gomes – ManausAeroporto São Gonçalo do Amarante – Nat...
conceito e técnicas utilizados mais dinâmicos e possibilitando a eficácia dacampanha. Esses vídeos de curta duração são at...
o Rio de Janeiro (praia) como ponto turístico. Futebol, para pessoastrabalhando (em outras atividades) e carnaval (represe...
VT 30” – As verdadeiras belezas – Governo do Brasil / Copa 2014(Trabalho/Futebol) Cena Tempo               Vídeo          ...
VT 30” – As verdadeiras belezas – Governo do Brasil / Copa 2014(Educação/Carnaval)     Cena   Tempo                  Vídeo...
VT 30” – As verdadeiras belezas – Governo do Brasil / Copa 2014(Mulheres/Belezas Naturais)Cena Tempo              Vídeo   ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Roteiro de VT para Copa 2014 -Estereótipo do Brasileiro

1.442 visualizações

Publicada em

Orientadora: Profª Vanessa Lacerda
COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA

  • Seja o primeiro a comentar

Roteiro de VT para Copa 2014 -Estereótipo do Brasileiro

  1. 1. Faculdade Estácio de Sá Comunicação Social – Publicidade & Propaganda COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIAAnúncio do Governo – Estereótipo do Brasileiro DIEGO QUINTÃO IDÊNIO RODRIGUES JÉSSICA ROCHA PÂMELA GUIMARÃES SHEILA GONÇALVES Belo Horizonte 2012
  2. 2. DIEGO QUINTÃO IDÊNIO RODRIGUES JÉSSICA ROCHA PÂMELA GUIMARÃES SHEILA GONÇALVES COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIAAnúncio do Governo – Estereótipo do Brasileiro Trabalho apresentado à disciplina Comunicação Comunitária, do Curso de Publicidade & Propaganda/8º Período, da Faculdade Estácio de Sá, orientado pela professora Vanessa Lacerda. Belo Horizonte 2012
  3. 3. 1. BriefingO Briefing proposto traz como desafio o planejamento de uma peça publicitáriaque desconstrua as imagens que os estrangeiros têm sobre o Brasil e osbrasileiros. A peça deverá ser veiculada durante a realização da Copa doMundo de 2014, que será sediada pelo Brasil, tendo como público-alvo osturistas que virão ao país nesse período.2. Planejamento2.2 Local de Veiculação: Aeroportos / Hall de Hotéis / ElevadoresCom base no briefing, entendeu-se que a peça deveria ser algo que o público-alvo tivesse contato logo que chegasse ao Brasil, ou antes de vir, sendo asegunda hipótese pouca viável. Tendo em vista a necessidade de umalocalização estratégica, os aeroportos brasileiros seriam os locais maisapropriados. Exemplificamos, assim, a veiculação em aeroportos, hall dehotéis, elevadores que já possuem um aparelho de TV capaz de transmitir esseconteúdo e que estão localizados em ambientes com grande concentração dopúblico-alvo.Portanto escolhemos os aeroportos correspondentes às 12 cidades (Rio deJaneiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza,Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife e Salvador) que sediarão os jogos, comolocais de veiculação. São eles:Aeroporto Internacional Tancredo Neves – ConfinsAeroporto de Belo Horizonte/ Pampulha – Carlos Drummond de AndradeAeroporto Internacional de Brasília – Presidente Juscelino KubitschekAeroporto Internacional Marechal RondonAeroporto Internacional Afonso Pena
  4. 4. Aeroporto Internacional Pinto MartinsAeroporto Internacional Eduardo Gomes – ManausAeroporto São Gonçalo do Amarante – NatalAeroporto Internacional Salgado Filho – Porto AlegreAeroporto Internacional do Recife – Guararapes – Gilberto FreireAeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão – Antonio Carlos JobimAeroporto Santos DumontAeroporto Internacional de Salvador – Deputado Luis Eduardo MagalhãesAeroporto de Congonhas - São PauloAeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos – Gov. André Franco MontoroAeroporto Internacional de Viracopos/Campinas2.3 Idioma: InglêsCom base no público-alvo, estrangeiros, optou-se pela utilização de legendasem inglês. Embora os turistas sejam oriundos de locais diversos, o inglês é oidioma global. Portanto o inglês será utilizado como uma forma complementarpara transmitir a mensagem. A linguagem é clara e de fácil entendimento,possibilitando uma leitura rápida e dinâmica, visto que esse público não estarácom sua atenção voltada exclusivamente para o vídeo.2.4 Formato: VT - 30”A escolha do formato VT se deu por diversos fatores, a distribuição de papéis(flayer, panfleto e folderes), se não for acompanhada de uma ação localatrativa é muito arriscada, uma vez que a maioria das pessoas tendem a pegaresses papéis e depositá-los na lixeira em seguida, ou jogá-los no chão, o quegeraria outro problema. Considerando o conceito da campanha, que trazimpressões iniciais transformando-se em outras imagens não poderia ser bemexpressa e não causaria o efeito pretendido se utilizada em peças gráficas ouexclusivamente de áudio. O VT (vídeo) proporciona maior exemplificação dasimagens por possuir movimento de imagens e o som, se adequando ao
  5. 5. conceito e técnicas utilizados mais dinâmicos e possibilitando a eficácia dacampanha. Esses vídeos de curta duração são atrativos para o target epossuem uma maior visibilidade e alcance coletivo, uma vez que nãonecessitam de instalações novas para sua veiculação.3. Conceito“A construção da boa imagem de um país é uma tarefa árdua e complexa, queexige estratégias bem concebidas de médio a longo prazo, e que exige, antesde mais nada, uma profunda noção de autocrítica, que permita identificarfraquezas e virtudes de uma nação ou de um povo aos olhos de umestrangeiro.” Roberto Giannetti da Fonseca, economista e empresário.Durante muito tempo, a imagem do Brasil no exterior foi, em alguns momentosainda é, associada a alguns estereótipos como futebol, carnaval, mulher(normalmente mulata e com comportamento semelhante ao de prostitua), alémde mostrar os pessoas pouco civilizados. O posicionamento que é assumidoem alguns momentos pode reforçar ou atuar como fator modificador dessesestereótipos.Um momento para atuar de forma a desconstruir essas imagens é nesseevento, onde uma quantidade significativa de turistas do mundo inteiro estaráno país.Embora os estereótipos sejam muitos, recortarmos alguns que de forma gerallevam os visitantes a voltarem seus olhares as reais características do Brasil.Os vídeos apresentam em um primeiro momento o estereótipo escolhido – deforma fosca e desforme - e em um segundo momento apresenta umacaracterística, fator ou lugar – ponto positivo real - do Brasil.Os três estereótipos são: mulher (vulgarizada), futebol e carnaval. A ”indução”para mudança de foco se dará da seguinte maneira, mulher (vulgarizada), para
  6. 6. o Rio de Janeiro (praia) como ponto turístico. Futebol, para pessoastrabalhando (em outras atividades) e carnaval (representado por confetes eserpentinas) para alunos de uma escola (educação).Os vídeos não se propõem a mostrar o contrário do estereótipo, mas a induzirum olhar para outras áreas, para outros pontos positivos do país.
  7. 7. VT 30” – As verdadeiras belezas – Governo do Brasil / Copa 2014(Trabalho/Futebol) Cena Tempo Vídeo Áudio 1 6” Dia – Interna BG: Câmera em plano conjunto Vozes tumultuadas, captando sombras de mãos barulho de cornetas. balançando e jogadores andando no campo. 2 8” Dia – Interna/Externa BG: Câmera em zoom out, Vozes e cornetas vão se mostrando os objetos de forma transformando em mais aberta e com mais nitidez. passos e buzinas. 3 12” Dia – Externa LETTERING: O país do Câmera em plano geral futebol trabalha duro mostrando pessoas com pastas todos os dias e ainda andando pela rua e no trânsito. comemora quando você chega. LETTERING: The countrys Aproveite nossas football works hard every day verdadeiras belezas. and still celebrate when you arrive. Enjoy our real beauties 4 4” Logos do Ministério do Turismo LETTERING: Brasil, um e Educação. país de todos. LETTERING: Brazil, a country of all.
  8. 8. VT 30” – As verdadeiras belezas – Governo do Brasil / Copa 2014(Educação/Carnaval) Cena Tempo Vídeo Áudio 1 6” Dia – Interna BG: Marchinhas de Câmera em contra-plongée Carnaval captando objetos coloridos caindo, remetendo a confetes e serpentinas 2 8” Dia – Interna BG: Marchinhas de Câmera em zoom out, Carnaval mostrando os objetos de forma mais aberta e com mais nitidez. 3 12” Dia – Interna LETTERING: Nós não Câmera em Plano Americano vivemos um carnaval o mostrando crianças em sala de ano todo. Aproveite aula apontando lápis, nossas verdadeiras revelando que os objetos belezas. coloridos são as pontas caindo na lixeira. LETTERING: We don’t live a carnival all the year. Enjoy our real beauties 4 4” Logos do Ministério do LETTERING: Brasil, um Turismo e Educação. país de todos. LETTERING: Brazil, a country of all.
  9. 9. VT 30” – As verdadeiras belezas – Governo do Brasil / Copa 2014(Mulheres/Belezas Naturais)Cena Tempo Vídeo Áudio 1 6” Dia – Externa BG: Instrumental Garota Imagem fechada captando de Ipanema sombras que formam silhueta feminina, sentada com ombros e joelhos arqueados. 2 8” Dia – Externa BG: Instrumental Garota Câmera em zoom out, as de Ipanema sombras começam a revelar-se como Pão de Açúcar, RJ. 3 12” Dia – Externa BG: Instrumental Garota Imagem panorâmica do RJ (Pão de Ipanema de Açúcar, Cristo e Praia). LETTERING: Nossas LETTERING: Our women are mulheres são lindas, mas beautiful, but the curves of our as curvas do nosso país country are wonderful. Enjoy our são magníficas. Aproveite real beauties. nossas verdadeiras belezas. 4 4” Logos do Ministério do Turismo LETTERING: Brasil, um e Educação. país de todos. LETTERING: Brazil, a country of all.

×