Motivos para se contratar um corretor de imóveis

227 visualizações

Publicada em

Motivos para se contratar um corretor de imóveis

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
227
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Motivos para se contratar um corretor de imóveis

  1. 1. Í Y ¡ Í n w J _ % _ r"“_'›7 _g g T 1 a É ITIOÍÍVOS paro se à' CN T RATA R Um r, _ Adopfoçõoe tradução í í í í V í 7 de ImOVHS bre/ sm í" [- Í _ ' 1 i 'j
  2. 2. Agentes Auxiliadores Corretores ajudam a diminuir as visitas sem finalidade em seu imóvel, pois levam clientes interessados. Caso você seja um comprador, seu corretor pode ajudar você a escapar dos preços abusivas e taxas surpresas de um negócio. Experiência e Conhecimento Você não precisa saber tudo sobre compra e venda de imóveis, basta contratar um profissional imobiliario preparado e atualizado com as novidades do mercado.
  3. 3. Conhecimento da Região Corretores ou possuem conhecimento íntimo sobre a redondeza ou eles sabem encontrar informações sobre o seu bairro. Preços dos Imóveis Ao contrario do que algumas pessoas acreditam, não são os corretores que definem os preços dos imóveis para os . __ , vendedores ou compradores. _ é e'
  4. 4. _iii-L_ c. é _. _I), (É)_iÍ_I: Í_l°_(_'_GÍ; ›~Í = <i _ ___' 'i'fei_I. l-Li. 'i_, -G: 'i'à~_“ -Qlzi . Í'4.ÍÉJ_Í'. ÍÊ. Í°LÍN' z L , 'i2 9' 'â c. :PJ-J . E : :na _ q* F'_¡'o)íl~$1Í_-)nlqll~'« Íul-lÍ-liifílüsm gioiifáui N* *ÍÍf i «zwei-ir Qlf-'CMIIOÂÍÍÉWA ella * ' i -mil i A É n? _i iaiar-i-_i-ity. gula' ir-Íi t= igi= ir 'J mm _É « _i ü n19* s» - 'lêloliiqi em glíeld= l~$í9i Êta ciçiiuigitqi. Er¡ x , /' " '- _ÍJÍÍMÓÃ 'Í-jiolmñ Êiáíálllnllãllll' d-mlm o r uma' 'mi 3)í0l›-$1=Lgl| n¡. . É g7”
  5. 5. 'ÉUiill-_t-, lr il: ,F', Í=Â$ÍÉÍÉÍÍ¡J: Õ:ÍQ' : e ¡Í! IÚÍÍÉiállmímiitlii* -e- ç ! lui dia» pioipitâla oil; - ! im iieiw 'i d-HíáÍ-li' í» : i-JI-iail iiaigi-i-iiair . J giziikiflil-ílr n19:- Í-, mw »i9 s1=lli / ñ xi dilema, ,oioitgiiiq um «animam x *' iiqi iil-. llciilitl oii# siçii'ileilo. lêieuaki u ' usiii-ilai-: t-itaig, :trai: ,IÍÍIOE Y$l§L1~í| l=iIJ_i _, aaiiiiluiaaií-i: :invioiivlí-ilc» ! (0101 oia. liilñválm (iii ítqlildtlgmoi. 'lfsíwgãífiêíeê i “
  6. 6. .. íhlñíislíllglSJJJÍJLÍJIJShutJ genial. -i ; em iitisisuisia» g i Ma¡ $lI"§]$l0iÍ; l°. (',5Íl§. I› oila 'Íêlâílâlf ei ' I iiilñvâi. ,nllñi-_Iñ elsltglllili-. ln pl-, loláiii W _i »Tilt êlêiealêleiiílgk- ella sairam: italian / ç- ” n ; toma deitei-ir* niuiiT-iiii -i . j «sil-_i-il-iii-_iiiiaioiiw «cmi 9P'- ~1=l| l=< “Ê” i -iihiiiiàtr a* 'fiel-Jun ñaliiigiru ! J giglãiigh : him -JIUI-Zlqio i- ~' _ “iii mrâiissigiiàiáiiâiàêm , fíiàrgñfcxi

×