[XPConfBR2014] Desvendando o eXtreme Programming

477 visualizações

Publicada em

Desvendando o eXtreme Programming foi uma palestra realizada no XP Conf BR, abordando o que é o XP, sobre a ótica da gestão, time e do coach. Também foram discutidos pontos como ROI, débito técnico, saúde e bem estar do código.

Publicada em: Software
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
477
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Go Horse, Windows XP (Daniel entende...)
  • Contar a história de porque comecei com XP...
  • Disciplina com um conjunto de práticas de Engenharia de software
  • Natureza dos projetos de software
    Conforme
  • E o time? Como fica?
  • Como medimos o ROI em desenvolvimento de software?
    Tem algum cliente aqui?
  • O que é e, principalmente, o que não é o XP? Como a Engenharia de Software moderna enxerga as Práticas Ágeis? Para onde precisamos caminhar (times, gestores)? Qual o papel de um coach XP? Como posso inserir esta mentalidade no meu dia a dia? Venha discutir sobre estes pontos!
  • Problemas de gestão, mudança que se acumulam...
  • Em alguns casos, como isso é resolvido!
  • XP/Agile Development
  • E o time? Como fica?
  • Menor cuidado com outras coisas, indolência, Descuido, Descaso, negligência, indiferença
  • Menor cuidado com outras coisas, indolência, Descuido, Descaso, negligência, indiferença
  • Menor cuidado com outras coisas, indolência, Descuido, Descaso, negligência, indiferença
  • Menor cuidado com outras coisas, indolência, Descuido, Descaso, negligência, indiferença
  • Menor cuidado com outras coisas, indolência, Descuido, Descaso, negligência, indiferença
  • E o time? Como fica?
  • O que é e, principalmente, o que não é o XP? Como a Engenharia de Software moderna enxerga as Práticas Ágeis? Para onde precisamos caminhar (times, gestores)? Qual o papel de um coach XP? Como posso inserir esta mentalidade no meu dia a dia? Venha discutir sobre estes pontos!
  • O que é e, principalmente, o que não é o XP? Como a Engenharia de Software moderna enxerga as Práticas Ágeis? Para onde precisamos caminhar (times, gestores)? Qual o papel de um coach XP? Como posso inserir esta mentalidade no meu dia a dia? Venha discutir sobre estes pontos!
  • O que é e, principalmente, o que não é o XP? Como a Engenharia de Software moderna enxerga as Práticas Ágeis? Para onde precisamos caminhar (times, gestores)? Qual o papel de um coach XP? Como posso inserir esta mentalidade no meu dia a dia? Venha discutir sobre estes pontos!
  • Este mantra pode ser usado desde o ponto de vista estratégico, como gestão e técnico.
  • Tendências:
    DevOps
    Continuous Deployment, Integration, Delivery
    Automatização
  • Tendências:
    DevOps
    Continuous Deployment, Integration, Delivery
    Automatização
    Práticas que ganharam vida própria: TDD, Refactoring, automatização de build
    Reconhecimento da importância dessas práticas
    Clean Code
    Postura e ética do desenvolvedor profissional
  • Tendências:
    DevOps
    Continuous Deployment, Integration, Delivery
    Automatização
    Práticas que ganharam vida própria: TDD, Refactoring, automatização de build
    Reconhecimento da importância dessas práticas
    Clean Code
    Postura e ética do desenvolvedor profissional
  • [XPConfBR2014] Desvendando o eXtreme Programming

    1. 1. Desvendando o eXtreme Programming Guilherme Lacerda @guilhermeslac www.codingbyexample.org
    2. 2. Primeiramente, o que o XP não é…
    3. 3. Contando uma história…
    4. 4. XP: Gestão e Clientes
    5. 5. A Natureza do Projeto 1) Escopo “congelado” 2) Falta de feedback 3) Mudanças 4) Falta de Qualidade
    6. 6. O Resultado no Produto
    7. 7. ROI em desenvolvimento de software
    8. 8. XP: Time
    9. 9. Débito Técnico
    10. 10. Displicência
    11. 11. XP: Engenharia de Software Moderna
    12. 12. Desenvolvimento + Manutenção = Evolução!
    13. 13. Academia X Indústria
    14. 14. XP: O Coach
    15. 15. Trabalhar com as Pessoas Dar “poder” de decisão para o time ambientes ricos Manter a mente para aprendizado aberta Promover uma cultura de aprendizado
    16. 16. Comunidades de Prática
    17. 17. Comunidades de Prática
    18. 18. Comunidades de Prática
    19. 19. Comunidades de Prática
    20. 20. XP: Próximos passos
    21. 21. Automatização, Monitoria Continuous Integration, Deployment, Delivery Postura e ética do DevOps Desenvolvedor Profissional Reconhecimento pela Gestão
    22. 22. Obrigado! Deixe seu feedback aqui: bit.ly/xp-feed Desvendando o eXtreme Programming Guilherme Lacerda @guilhermeslac Conferência sobre Extreme Programming em Porto Alegre, dez/2014.

    ×