DevOps e App Insights

1.089 visualizações

Publicada em

Palestra realizada no Microsoft Management Summit 2014 sobre DevOps e App Insights. Evento realizado em 29/11/2014.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.089
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
667
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

DevOps e App Insights

  1. 1. Adriano Bertucci adriano.bertucci@konia.com.br Konia Tecnologia @adrianobertucci DevOps... O caminho! Monitoria de aplicações com App Insights. Marcus Garcia marcus.garcia@konia.com.br Konia Tecnologia Guilherme Cardoso guilherme.cardoso@konia.com.br Konia Tecnologia @guilhermescard
  2. 2. Agenda • O famoso “DevOps” • A importância do DevOps para o negócio • Application Lifecycle Management (ALM) e o DevOps • Ferramentas • Application Insights • Recursos de Telemetria • Demonstração • Dúvidas, curiosidades e afins.
  3. 3. O Famoso “DevOps”!!
  4. 4. DevOps é... … conjunto de processos, métodos e sistemas para comunicação, colaboração e integração entre os departamentos para Desenvolvimento, Operações. Os desenvolvedores estão sendo integrados aos processos de entrega de serviços operacionais Operações englobou o novo papel de serviço proprietário
  5. 5. DevOps: Drivers Acelerando demandas de produção Satisfação do cliente Redução TCO/COGS
  6. 6. DevOps – Agile Operations “Não se trata apenas de colaboração entre desenvolvimento e operações, trata-se de cada parte do negócio, da empresa trabalhar de maneira colaborativa para atender os objetivos do negócio.” Patrick Dubois, Pai do DevOps
  7. 7. TI Dinâmica “Com TI Dinâmica, estamos reunindo as capacidades da infraestrutura básica e as plataformas de desenvolvimento para ajudar os clientes a construir sistemas integrados que vai torná-lo um parceiro mais forte para em negócio.” Bob Muglia, VP of Server & Tools @ Microsoft, TechEd 2007
  8. 8. Por que DevOps agora? Novas tecnologias Cloud computing gerando novas oportunidades de valor Contato direto com o Proliferação de Agilidadepara competir consumidor dispositivos Modernização do negócio
  9. 9. Por que DevOps agora? Equilibrar agilidade com qualidade, escala e compliance. A TI usada para modernizar o negócio Negócio pensado “pra frente” Maximizar economias em escalas Melhoriano time-to-market Entrega continua de valor
  10. 10. Application Lifecycle Management
  11. 11. Ciclo de Vida das Aplicações Product Backlog Sprint Monitor Ops Backlog DESENVOLVER Idéia de trabalhar o software OPERAR Resolução de Incidentes Gerenciamento de Release Testando Causa Raiz Não é possível reporuzir Incidentes de Produção Não é possível identificar a Causa Raiz Falta de App Não é possível obter Feedback Gerenciamento de Mudanças e Provisionamento
  12. 12. O problema: Desenvolvimento X Operações Desenvolvimento • Dia-a-Dia: Aumentar/Manter a viabilidade do negócio através codificação para suportar as demandas do mercado • Quando ocorre um problema: O objetivo é entender a causa raiz para prevenir futuras ocorrências. • Tempo: Sprints (3-4 semanas) Operações • Dia-a-Dia: Aumentar/Manter a disponibilidade operacional do negócio eliminando/controlando as alterações • Quando ocorre um problema: O objetivo é restaurar o funcionamento – REBOOT! • Tempo: SLA 99.9% (cerca 43 min/mês) Objetivos, prioridades e mentalidade desalinhados!
  13. 13. DevOps: Barreiras de Adoção Necessidade de uma mudança cultural Nenhuma troca de conhecimento Processos dissociados Falta de automação
  14. 14. A solução: Dev + Ops = DevOps • Artefatos compartilhados • A saída do processo de desenvolvimento é nativamente consumida pelo ferramental operacional e vice-versa • Automação • Releases automáticos liberados para qualquer ambiente através de uma experiência “self-service”. • Objetivo comum • Métricas de monitoramento únicas e automatizadas. Cultura colaborativa, onde todas as partes interessadas trabalham em conjunto durante todo o ciclo.
  15. 15. Ferramentas
  16. 16. Automações: Ferramentas
  17. 17. Para refletir... • Sua aplicação está no ar neste momento? • Está funcionando? • Será que está com algum erro? • E o desempenho? • A resposta é.... ???
  18. 18. Tudo mudou. Não Acredita? Força de trabalho 2.6bilhões de dispositivos móveis em 2016; 350M usados no trabalho Consumidores 82% da população mundial online participa de redes sociais Comércio 70% das empresas usam ou estão investindo em soluções de nuvem
  19. 19. Em 2016...
  20. 20. Tudo está conectado... • Usuários • Clientes • Browser • Devices • Desktop • Servidores • Banco de dados • Serviços
  21. 21. Portanto: Um montão de coisas pode dar errado Bug na aplicação Respostas do servidor muito lentas Banco de dados sobrecarregado Serviço de terceiros fora do ar Funcionalidade difícil de usar
  22. 22. Tempo médio para detectar Problem Solution Value
  23. 23. Saiba antes que seu cliente Tenha uma visão 360 graus da saúde de sua aplicação e detecte problemas em produção. Confgure as métricas de saúde Verifique o pulso da sua aplicação Identifique problemas com a aplicação em produção
  24. 24. Saiba antes que seu cliente Receba alertas automaticamente quando sua aplicação não estiver respondendo Alertas automáticos com informações relevantes.
  25. 25. Tempo médio para reparar Problem Solution Value
  26. 26. Melhoria contínua • Identifique problemas que afetam a infraestrutura de sua aplicação. • Priorize novas funcionalidades, correções de bugs e estratégias baseadas em qualidade. Dados valiosos na ponta dos seusc dedos Valorize seu investimento
  27. 27. A solução: Application Insights Disponível Dashboards de Saúde Notificações e Insights Uso dos Dashboards Minha aplicação está disponível e com bom desmpenho para meus usuários ? Dashboard Único Performance Melhorando O quê está errado? Mostre-me os problemas de desempenho, Uso de memória e exceções Onde iremos investir? Mostre-me as principais funconalidades e Utilização dos usuários
  28. 28. Application Insights e o Azure • Até a versão 1.x o Application Insights é gerenciado pelo Visual Studio Online • A partir da versão 2.x ele estará no Microsoft Azure (Visual Studio 2013 Update 3)
  29. 29. Application Insights: Dashboards
  30. 30. Fontes de telemetria aplicação plataforma infraestrutura 1 2 Comportamento do usuário 3 4 5 6 Monitoramento Outside-in Pings de URL e Testes Web a partir de vários pontos de presença globais Como a aplicação está sendo utilizada? Traces gerados pelo desenvolvedor Qualquer coisa que o dev queira mandar para o Application Insights Comportamento da aplicação Dispensa codificação – dependências de serviço, consultas, tempo de resposta, exceções, logs, etc. Desempenho da infraestrutura Contadores de desempenho de sistema “Meta-telemetria” Código-fonte, builds, implantações, mudanças de configuração
  31. 31. Como utilizar o Application Insights? Alterações no código Não invasivo
  32. 32. Plataformas suportadas Server side • .NET & Java • On-prem: MS Monitoring Agent • Azure: VM’s e cloud services • ASP.NET • AppInsights SDK Client side • Browser (JS) • Windows Phone • Windows Store Em breve • Azure Web Sites • iOS • Android
  33. 33. Demonstração Application Insights
  34. 34. Alguma Pergunta pessoal? Nosso muito Obrigado! Até o próximo ano. Adriano Bertucci adriano.bertucci@konia.com.br Konia Tecnologia @adrianobertucci Marcus Garcia marcus.garcia@konia.com.br Konia Tecnologia Guilherme Cardoso guilherme.cardoso@konia.com.br Konia Tecnologia @guilhermescard

×