Ostentação - Mercado de Luxo

1.704 visualizações

Publicada em

Publicada em: Marketing
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.704
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ostentação - Mercado de Luxo

  1. 1. Mercado de Luxo  O consumo do luxo esteve sempre presente na sociedade.  Tal uso foi o principal responsável pela demarcação de uma fronteira intransponível entre as classes favorecidas e o resto da população.  A evolução do Luxo fez com que este deixasse de ser apenas um es tilo de vida exclusivo das classes dominantes Ostentação: cliente encomenda moto folheada a ouro e com 268 diamantes
  2. 2. Mercado de Luxo  Mas hoje em dia, ao contrário do que ocorreria no passado, que somente nobres teriam acesso ao luxo, a classe média no país está em ascensão.  Tendo como características, por exemplo, a qualidade superior (muitas vezes artesanais ou de alta tecnologia) de seus bens e serviços.  Seu preço, invariavelmente muito acima da média do praticado para elementos semelhantes;  Sua raridade, tanto no número de objetos disponíveis, quanto em sua distribuição exclusiva e seletiva e a apresentação esteticamente elaborada.  Por fim, quando estes quatro elementos são atendidos, A MARCA por trás do objeto final, deve ser famosa e reconhecida em vários lugares do mundo.
  3. 3. Mercado de Luxo  O luxo está na moda. As marcas, também. E o mercado do luxo é o paraíso das marcas.
  4. 4. • • • • • • • •
  5. 5. Níveis  O mercado do luxo é dividido em três níveis:  Pessoas pertencentes à classe mais alta de consumo.  Pessoas de alto poder aquisitivo e bastante consumistas.  Pessoas da classe média que seguem as tendências ditadas pelas grifes de luxo
  6. 6.  Os produtos e objetos de luxo são classificados de acordo com seu nível de concepção, elaboração e composição, e obedecem a uma hierarquia.  • Luxo inacessível:  • Luxo intermediário  • Luxo acessível: Produto:
  7. 7. Preço:  O preço de mercado de um produto é determinante para sua vinculação no mercado de luxo. É uma forma de segmentação de mercado, já que os preços altos restringem o consumo de bens de luxo às classes mais privilegiadas.  O preço de um produto de luxo é diretamente proporcional à raridade dos materiais empregados na sua fabricação, ao nível de habilidade requerida na sua produção.  Nos produtos e objetos de luxo inacessível e luxo intermediário, o preço final muitas vezes não é importante.  Já no mercado do luxo acessível, a fixação do preço demanda muito cuidado.
  8. 8. Distribuição (PRAÇA)  Ao contrário dos demais segmentos, a proximidade do mercado consumidor não é um fator de importância primária para o setor do luxo, pois seus clientes não têm empecilhos financeiros que os privem de se deslocarem - muitas vezes a qualquer lugar do país ou do mundo.
  9. 9. Comunicação (PROMOÇÃO)  Os consumidores do luxo – como consumidores - não são tão diferentes na maior parte do mundo. Muitos deles têm os mesmos hábitos e cultivam as mesmas noções. Sendo assim, não há necessidade de um plano de marketing diferenciado.  Quanto ao luxo inacessível, a comunicação é extremamente fechada, voltada especificamente às classes mais altas.  O luxo intermediário faz uso da publicidade, porém muito pouca e seletiva. Procura manter a marca em destaque, colocando em evidência o talento do criador e o renome da casa.  No luxo acessível, a publicidade é essencial, já que sua clientela é extremamente sensível a esse tipo de apelo. São elaboradas campanhas completas, através de diversas mídias: mídia impressa, televisão, cartazes, etc.
  10. 10. Mercado de Luxo  O mercado de luxo, de fato, está se tornando um mercado massificado, pelo menos do ponto de vista das principais empresas do setor. Os grandes conglomerados do luxo estão interessados, dentro da lógica capitalista do lucro, em expandir suas operações tanto quanto possível, ainda que isso signifique comprometer os valores que tornaram o bem de luxo especial.  A China, com seu crescimento invejável e população numerosa, já ostentava, em 2006, uma sociedade com trezentos mil milionários.  Ainda que de forma mais modesta, Rússia e Índia também já aparecem como destino certo para o mercado de luxo, impulsionado pela desigualdade social.  O Brasil é outro mercado bastante promissor, como já exposto, mas que precisa derrubar a elevada barreira tributária que ainda afasta grandes empresas do setor.

×