Rio Kwanza

339 visualizações

Publicada em

Rio Kwanza - Angola

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
339
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rio Kwanza

  1. 1. O Rio Kwanza é o maior rio exclusivamente angolano. O rio Kwanza nasce em Mumbué, município do Chitembo, Bié, no Planalto Central de Angola. O seu curso de 960 km desenha uma grande curva para Norte e para Oeste, antes de desaguar no Oceano Atlântico, na Barra do Kwanza, a sul de Luanda. Com uma bacia hidrográfica de 152.570 km², o Kwanza é navegável por 258 km desde a foz até ao Dondo. As barragens de Cambambe e de Capanda produzem grande parte da energia eléctrica consumida em Luanda. As barragens também fornecem água para irrigação de plantações de cana-de-açúcar e outras culturas no vale do Kwanza. É no maior afluente do Kwanza, o rio Lucala, que se encontram as grandes Quedas de Kalandula. Junto da foz do rio fica o Parque Nacional da Quiçama. O rio Kwanza foi o berço do antigo Reino do Ndongo, tendo também sido uma das vias de penetração dos portugueses em Angola no século XVI. O rio dá o seu nome a duas províncias de Angola — Kwanza Norte, na sua margem norte, e Kwanza Sul, na margem oposta — bem como, desde 1977, à unidade monetária nacional, o kwanza.
  2. 2. Música: Bonga – Balumukeno Fotografias: Internet Guida Burt (guidaburt@gmail.com)

×